Cuidado com o Rafeiro! Não é que morda, mas podes pisá-lo sem querer...

terça-feira, 13 de junho de 2006

Rock in Rio Lisboa 2006


Relato de algumas das experiências vividas no... vejam a imagem, pá!

Texto disponível no livro
Rafeiro Perfumado - a minha vida dava um blog

7 comentários:

Tentini disse...

catchunga e glandulas mamárias... devo confessar que senti algum frisôm... e conseigo imaginar tal tortura!
Agora anastácia... boa é, muito boa mesmo.... mas cantar? parece mais uma vaca esganiçada que so me levaria ao delirio noutra posição... de resto!

Anónimo disse...

Não espalhes essa cena das tampas, pá! Keres arruinar um esquema perfeito???

Anónimo disse...

Mas que comentariozinho tao machista... se a Anastacia nao fosse "boa" já não era boa cantora?

Rafeiro Perfumado disse...

Como é que eu vou dizer isto duma forma diplomática? NÃO, NÃO ERA!

Anónimo disse...

Curti a cena do catchunga-catchunga! Alguém sabe do nome dessa jovem? É que como o namorado está no hospital se calhar precisa de companhia...
VD

Anónimo disse...

Eu tb fui ao RR, mas fico afastado, exactamente por causa dos apertos. Mas tenho muita pena de não ter visto a "jove" do catchunga-catchunga!
Assinado:
Verde para Sempre

Rafeiro Perfumado disse...

E ainda mais anónimos...