Cuidado com o Rafeiro! Não é que morda, mas podes pisá-lo sem querer...

segunda-feira, 18 de setembro de 2006

Cultura quatro-pisqueira

Não se atrevam a parar aqui com os quatro piscas ligados. E sim, o desenho está foleiro como o catano!

Texto disponível no livro
Rafeiro Perfumado - a minha vida dava um blog

36 comentários:

Pedro disse...

Caro Amigo,

Mais grave do que a "Cultura quatro-pisqueira" é o facto de uma grande maioria da população portuguesa aderir ao fim de semana ao traje e passeio obrigatório de fim de semana. Ou seja, o fato de treino cor-de-rosa (choque) com o fio de ouro por fora, com o belo "têne", sendo que a cereja no topo do bolo é a meia branca felpuda com as raquetes cruzadas e as duas riscas e o facto de chamarem a família aos gritos... Se bem que não contentes com isso, ainda vão "desfilar" nos centros comerciais aos fins de semana e fazer os passeios domingueiros, nos quais usam e abusam da famosa "cultura quatro-pisqueira"...

Cumprimentos

BIGMAC disse...

Desculpa lá mas adjectivo impedido é do meu pelouro, e dele me APOSSAREI, nesta dilecção sobre manobras urgentes. Isso dos piscas, blerrr...., é tão habitual e corriqueiro que vamos deixá-los estacionados em segunda fila numa autoestrada para presenciar os "peçonhentos sodomizados" espectadores de espectaculos sodomizantes como um simples acidente onde se parte um desses piscas e atrasa 2 ou três horas os transeuntes do alcatrão de chegar a horas ao seu andaime, trabalho, compromisso no monsanto, ou mesmo a casa depois do monsanto.

Deixo aqui uma refeirosa mijadela para quem fica a olhar para os acidentes que se passam na estrada, enquanto não existirem acidentes com menos de 50 carros envolvidos, onde 26 peguem fogo, 3 explodidos com esses piscas a servir de ninho aos passaros sem abrigo numa qualquer arvore perdida à beira da estrada, 78 mortos, 14 tias a chorar porque lhes estragaram as meias, 18 pessoas a dizer que o pai dos outros não é o que os outros conhecem, 1 actor gay sem subsidios governamentais e o céu limpo para podermos olhar para o senhor. Peço que seja promulugada uma lei para punir essa infracção do olhar. Mas em prole do desenvolvimento económico, peço aos pilotos portugueses que se debatem em tunnings de embelezamento de carroças, que se dediquem a explodirem-se à beira da estrada numa vedação construída para o efeito e que o dinheiro das entradas reverta para a igreja dos "peçonhentos sodomizados".

Esta é a formula para reverter a situação negativa das finanças em que o país se encontra. O que é isso dos Piscas....

Bigmac

BIGMAC disse...

Retiro tudo o que disse após ter ido ao site ciberduvidas promologar a ortografia e estacionando com 3 piscas, um não piscava.

Filipa Sousa disse...

Peçonhentos sodomizados? Ó Rafeiro, mas que mauzinhos que nós estamos hoje! Eu confesso k tb já tenho deixado uma ou outra vez o carro assim, espero que isso não me inclua nessa categoria. Tá muito giro, continuo é sem perceber os comentários do Big Mac, mas enfim...
Beijinhos!

Anónimo disse...

Ai, Ai, esta tocou-me. Eu sou daquelas que os 4 ou 3 pisquinhas às vezes são ligaditos, mas é raro. E confesso que são mto mais ligados para avisar os mocinho ou mocinha que vem "colado" que posso travar a fundo e dp lá se vão meter em despesas, portanto sou civilizada. Eu acho que o problema não é ligar os 4 piscas ou parar num lugar qq, o que incomoda mesmo é a falta de civismo, é o não se ter respeito pelos outros e achar que eu preciso de parar os outros que esperem. Será que é dificil de perceber que os sitios publicos são de todos???

Boa Rafeiro, continua a escrever assim.

Anónimo disse...

Não sei como a tua "gaija" te atura, Rafeirinho. Isso são formas de a tratar? E os pobres condutores que apenas se querem intoxicar? Tu tens mesmo jeito para me fazer rir!
Muitos beijinhos,
Lara Silva

Anónimo disse...

Rafe:

Para que fiques mais culto, consulta o art.º 63º do Código da Estrada. Irás ficar a saber que NÃO se diz piscas, mas sim luzes avisadoras de perigo ou quatro indicadores de mudança de direcção em simultâneo.


Também tu amigo cão.

Tu também fazes parte dos peçonhentos sodomizados.

Essa má raça que quando vai alçar a pata num qualquer poste, diz para a sua jove:

- Olha filha, liga aí os quatro indicadores de mudança de direcção em simultâneo que o pai vai verter águas naquelas couves e já vem.

Roteviller

Poste scriptum : Mea culpa. Tambem eu já fui vitima desse acto pouco macho, mas AQUI JURO QUE PEÇONHENTO SODOMIZADO NUNCA MAIS.
ARRE QUE ISSO DOÍ COMO O CARAÇAS.

Rafeiro Perfumado disse...

Caro Rotecoiso,
é com muito agrado que constato a tua preocupação com a minha cultura geral e automobilística em particular (onde é que tu estavas aquando do episódio da Sonda de Oxigénio?). Quanto ao fazer parte dos peçonhentos sodomizados, aí tenho de discordar, porque eu de peçonhento nada tenho, que cá em casa a higiene é ponto de honra, sob pena de ficar à porta. Mas fica-te muito bem admitires episódios menos agradáveis do teu passado, sempre ajuda a ultrapassar a coisa e se poupa na conta do psicanalista.

Um grande RAUF para ti!

Sandra Figueiras disse...

Obrigado pela visita.
Eu só não gostei de ler o Código, por causa do final do livro, pq o autor levanta uma série de questões (verdadeiras ou não), mas no final não te dá nenhuma resposta concreta. Quanto aos manuscritos sobre a vida de Jesus e dos 1ºs cristãos, foi editado recentemente Os Manuscritos do Mar Morto, ainda não li, mas é a transcrição desses manuscrtitos. Se gostas de romances históricos exprimenta ler A Lenda de Martim Rego (passa-se na época dos descobrimentos).
Quanto ao problema da condução em Portugal, o que podemos dizer.....
Sandra

BIGMAC disse...

Ó filipa Sousa eu explico... Sabes o que é um circo, é uma barraquinha onde se paga bilhete para ver um espectaculo. Sabes o que os Portugueses gostam de ver? Acidentes na estrada, param, fazem marcha atrás, quanto maior for o espéctaculo mais param, mesmo que já lá estejam 400 ambulâncias e 200 carros da policia, e isso porquê? Eles lá sabem, por isso deveria ser montado um espectaculo desses para o pessoal ver. Da proxima vez que te encontre a olhar para um acidente não te explico mais nada.

Rui Sousa disse...

Rafeiro, para não serem só elogias, apresento uma critica: acho k este tema podia ter sido mais explorado, não achas? A vida na estrada tem tanto que se lhe diga que falar apenas dos quatro piscas como problema cultural parece-me pouco. Não deixa de estar com piada, mas penso que podias ter ido mais longe. Grande abraço.

Vitor Dias disse...

Pipinha, não vês k o Big Mac te está a dar um baile brutal? Até doi só de ver! Big, não sejas tão mauzinho com a Pipinha, ela promete que da próxima quando parar para ver o acidente mete os quatro piscas!

Anónimo disse...

Tava a ver k não vinhas tirar o carro, Rafeiro. Já tava com a mão dorida de tanto buzinar! lol!
Assinado,
Verde para Sempre

Irritadinha disse...

Quando era pequenina os meus pais contavam-me que os quatro piscas ligados assinalavam que alguma emergência estava a ocorrer. Deixei de acreditar no Pai Natal e vi que os meus também me mentiram quanto a isto! O maior sinal de que um acidente outra situação de emergência ocorreu vê-se logo peça fila de 10km iniciada por um gajo qualquer que está embasbacado a olhar para o dito sinistro.
Acredito que os piscas sejam usados simultaneamente como bode-expiatório e objector de consciência. Se alguma coisa corre mal a culpa é dos piscas, se sabe usar os piscas isso atesta que é bom condutor...

KNOPPIX disse...

Hummm rafeiro, ao ler o teu post fiquei a ranger os dentes de raiva e indignação, porque essa ideia ia ser a do meu próximo post!!!!! E agora???????? Tens espiões blogueiros a teu soldo? Quanto à brigada quatro-pisqueira, o que é que esperavas? Sendo os tugas fervorosos adeptos do desenrascanço, os 4 piscas são a solução para tudo, afinal se eles existem no carro, devem ser usados para tudo menos para aquilo para que foram pensados.
Um abraço

P.S. Ouve lá, ao ler atentamente o teu post, fiquei estarrecido!!!! Então tu agora falas da tua jove como gaja, porque eu li:"...depois da minha gaija...".
Olha que te arriscas a dormir hoje na garagem!!!!!
Vai já pedir desculpas à jove e leva-lhe um belo bife do lombo e uma rosa roubada do jardim do vizinho, sff!!!!!

Rafeiro Perfumado disse...

Rafeiro educado como penso ser, vamos lá ver se consigo das resposta aos amáveis comentários aqui postados:
1º Rui Sousa - a condução dos portugueses tem muito que se lhe diga, a questão dos 4 piscas, ou luzes avisadoras de perigo ou quatro indicadores de mudança de direcção em simultâneo, não é mais que uma gotinha no oceano, ou mesmo um planeta anão neste universo em que flutuamos
2º Verde para Sempre
Ai eras tu? Então peço desculpa pelos pneus vazios!
3º Knoppix
Eu respondia-te, mas doi-me o corpo todo de ter dormido na garagem. Quanto ao te ter gamado o tema, digo-te já que o meu próximo poste vai ser sobre as férias, assim se te quiseres "vingar", tás à vontade.

Quanto aos outros, espero ter respondido nos respectivos blogs e muito obrigado pelos comentários. Estou a sentir-me muito simpático hoje, não deve vir aí nada de bom...

BIGMAC disse...

Vitor Dias, juro que não estava com mais de 10% de ironia nas palavras que dirigi à Filipa, normalmente quando comento algo, tento sempre ir aos 50% no mínimo, mas existe algo que tem de ser respeitado que é o espaço dos amigos como este e as amigas dos amigos como a Filipa.

Já não posso abrir a boca?

Abraço Rui, Filipa e Rafeiro, e aos outros

Por falar disso Rafeiro onde se meteu o indiano?

BIGMAC disse...

Ando com a cabeça estragada, o abraço era para o Vitor Dias e para os outros.

BIGMAC disse...

Ouve lá ó RAFEIRO o que é que andas a fazer para aparecer nas NOTICIAS DO CHUPA? AHH?

www.asnoticiasdochupa.blogspot.com

Sandra Figueiras disse...

Se a comissão poder ser paga através de dicas de leitura por mim tudo bem.
Sandra

marta disse...

que chatice...revi me neste post....eu uso os quatro piscas como quem usa o cartão FBI...assim que as luzes vao e veem, eu sinto me dona do mundo...maquilho me, penteio me no meio da auto estrada, cheguei a ler um livro na faixa esquerda da auto esrada...e sem medo porque afinal tinha os quatro piscas ligados.....se calhar ando a abusar um pouco...

Pedro disse...

Bolas!!!! As confusões que 4 simples luzinhas intermitentes colocadas em cada um dos extremos dos carros e não só fazem....

Lília disse...

Concordo com o que disseste no meu blog. Mas para esses existem os geradores de elctricidade.
E já agora, liga os 4 piscas!

FG disse...

Posso afirmar que nunca usei os "quatro piscas"

Ari disse...

segui os teus passos...

Adorei o teu sentido de humor :)

beijokas

teresa disse...

Hahahaha!! Vou ver ao Google Earth se lá aparecem os 4 piscas nos cantos do nosso Portugal! Adorei! :)

Miudaaa disse...

bem... que transito para hoje entrar Aqui... estava tanta gente de 4 piscas ligados(?) acesos(?)... só percebi quando consegui entrar, o porquê... estavas tu aqui a falar deles mesmos... dos 4 Piscas, cultura quatro-pisqueira!!!
espero que lhes tenha servido de lição, ou é preciso enviar para a imprensa??? hummm ??? hummm ???

beijo da miudaaa_curiosa

DaMulaRussa disse...

De 4 piscas ligados e, acho que vou estacionar aqui, enquanto o canito "xeroso" não se aproximar da jumenta. Cuidado com a ferraduras, aviso já.
Já sei que vai demorar (canito "têmozo"!)
Ficam ligados os piscas, vou almoçar, volto dentro de 2 horas.

jumentasoviética

Rafeiro Perfumado disse...

Estacionar neste blog com 4 piscas dá direito a uns desenhos a chave (ao estilo do Bordalo Pinheiro) na carroçaria da viatura. Mai nada!
Duas horas para almoçar... e depois admiram-se da URSS ter colapsado.

DaMulaRussa disse...

Cheguei.
Pontualidade damula.

DaMulaRussa disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
DaMulaRussa disse...

A do bordalo só se forem os bules de chá, outros não quero, que não gosto de naturezas mortas.

Canino "Xêroso," se te arriscas a uns riscos na viatura da je, ofereço-te umas peugas de gesso, escolhe a côr.Quem é amiguinha quem é?
:-)

Rafeiro Perfumado disse...

Eu faço várias figuras, sempre ligeiramente diferentes. Assim quando o carro for em movimento, dará a sensação de um filme! Que tal? Quem é amiguinho, quem é?

DaMulaRussa disse...

Um figurinista assumido, este xêroso.

Saindo (não sem antes pagar o estacionamento)

Plim..plim (2 ossos)

Mag'Ana Nefertiti disse...

Este assunto lembrou-me a Rute Marlene, no seu Pisca-Pisca desaustinado, que nos mostra que mais desorientador que os 4 piscas ligados é não saber se vão para a direita ou a esquerda... Se paradinhos denunciam posição, a andar só arranjam confusão! Portuguezisses...

Saudações desnorteadas

Rafeiro Perfumado disse...

Mas isso está em vias de solução, Nefertiti. Eu suspeito que a maior parte dos carros já vem sem piscas de série. É para não quebrar o suspense de saber para e quando irão virar...