Cuidado com o Rafeiro! Não é que morda, mas podes pisá-lo sem querer...

quarta-feira, 24 de outubro de 2007

Bravo, Sr. Motorista!


É um costume tão lindo, não é, bater palmas quando o avião aterra...

Este texto, tão lindo que dá vontade de chorar, pode ser encontrado no livro
Rafeiro Perfumado - Are you ladraiting to me?!?

204 comentários:

1 – 200 de 204   Mais recente›   Mais recente»
Aorta disse...

ah ah ah ah
Tu lembras-te de cada uma...

É verdade, as várias vezes que andei de avião sempre se bateu as palmas na aterragem, salvo a vez que fui à Itália e apanhamos uns poços de ar, ou lá como lhes chamam e andamos ali aos tombos, a malta a gritar, outros a chorar... enfim... no fim, não houve palmas para ninguém, nem vénias e muito menos ramos de flores... Ainda chingaram o piloto.

June disse...

Eu por acaso já ouvi bater palmas várias vezes, mas eu própria só bati uma vez. Estava um mau tempo do caraças nos Açores, uma ventania que dobrava as árvores, o avião muito instável e para quem já estava à espera que ele se desfizesse na pista e "adeus ó vidosca que se faz tarde", a aterragem até não foi nada má.
Bati palmas à perícia mas penso que também ao facto de estar inteirinha.

Festinhas e lambidelas

mjf disse...

Sr� Rafeiro!
Eu acho que temos duas atitudes diferentes, quando se anda de avi�o: h� pessoas que utilizam o avi�o como simples meio de transporte para o trabalho, e aqui n�o vejo motivo de alegria para no final da viagem baterem palmas.As outras pessoas que o utilizam como transporte, mas para fazerem viagem de lazer, talvez ,batam palmas, pois est�o empolgadas com as f�rias...Eu em nenhum dos casos bato palmas...mas eu devo ser do contra...sei l�!!!
At� breve

Just Me... disse...

Nunca vi ng bater palmas na aterragem... mas se o fazem é certamente porque chegaram inteirinhos ao seu destino quando por algum motivo pensaram que não chegariam...

bjs**

carvoeirita disse...

Acho que ter literalmente nas mãos as vidas de tanta gente não deve ser fácil..é uma responsabilidade acrescida..não sei se escreveste isto tendo em atenção os protestos dos pilotos para que não lhes seja reduzida a idade da reforma...eu concordo com eles..não se trata somente de uma regalia social mas sim de um atender as circunstâncias especiais, em que as nossas capacidades, sentidos, reflexos vão ficando menos apurados com a idade...
Eu pelo menos que detesto viajar, só lá vou com vomidrine para dormir uma boa soneca, não queria que o piloto do avião fosse um velho de bengala, muito pitosga mesmo com óculos e a queixar-lhe das cruzes....
E sim eles são muito bem pagos...mas pensa...as possibilidades de terem uma vida familiar são reduzidas pois só começam a ter três dias em casa a medida que vão subindo na carreira..e que de que adianta passar a noite em Nova York ou Paris se já não se vê a familia a que tempos...

Não deve ser assim tão fácil quanto isso...
Beijinhos!!

P.S. e não, não me estou a tentar candidatar a um lugar no sindicato dos pilotos aeronauticos...:)

tavguinu disse...

bato palmas é para lá não entrar !

nem com carradas de lexotans !

contudo só bato palmas ás hospedeiras !

Crestfallen disse...

Dass, nunca vi tal coisa. Mas fico muito irritado quando estou confortávelmente a ler o meu livro ou prestes a adormecer e o sacana do piloto me vem com merdas daquilo que está a fazer... a que altura vai, a velocidade, etc.

O trabalho dele é levar-me ao meu destino, eu estou-me a cagar para o que ele faz, desde que eu chegue ao local desejado à hora desejada!

Schlumpy disse...

Parece-me que isso só acontece em voos da TAP ou de outras companhias quando transportam portugueses (ou malta dos países de leste) em número elevado.

Estou farto de viajar de avião na BA, KLM, Lufthansa, Virgin e outras e é raríssimo ouvir as palmas.

Mas sabes? Eu até acho que se devem bater palmas. Pilotar uma aeronave, apesar de ser o trabalho dos pilotos, é uma responsabilidade muito grande.

Em determinadas companhias, o piloto à saída vem para a cabine junto à saída para se despedir dos passageiros. Sempre que isso acontece dirijo-lhe algumas palavras simpáticas (a não ser que tenha deixado as unhas cravadas no banco da frente)

Stuckinha disse...

Quanto ao bater palmas, acho que concordo com o Rafeiro, se toda a gente anda para aí a bater palmas aos pilotos, deveriam também bater aos motoristas do Metro, da Carris (cujas viagens são sempre bem atribuladas, principalmente AV. da Liberdade acima ou a baixo, por entre aquelas bermas danificadas, onde chegamos ao fim da Av. tipo acabadinhos de sair da liquidificadora), da CP, dos TST, dos TCB's, Soflusa e Transtejo (que é sempre difícil dar com os pontões em dias de nevoeiro) ou outros demais que se os mensionasse todos nunca mais daqui saia.
Quanto ao diminuir a idade da reforma porque com a idade vamos perdendo as capacidades de concentração, ora isso é que não é justo, deixarem de fazer voos de longo curso ainda vá, agora deixarem de pilotar, então aí eu também quero, porque com o avançar dos anos também eu me posso despistar ao conduzir o meu carrito e posso por centenas de pessoas em perigo.
Isto de regalias, ou é para todos ou não é para nenhuns.

julie disse...

Como eu ainda não andei de avião (pois não tenho vida para isso), não fazia ideia disto!
Eu já saí uma vez de um autocarro em andamento e infelizmente ninguém bateu palmas pelo meu acto de coragem, é claro que torci o pé!
Por isso deixo um aviso: nunca saiem de um autocarro em andamento!

E concordo contigo, o piloto só está a fazer o seu trabalho por isso não deviam bater palmas. Por essa lógica, ninguém devia bater palmas aos artistas (bandas de música)porque eles quando dão um espectáculo só estão a fazer o seu trabalho e estão a ser pagos por isso, e os apresentadores também foram pagos para apresentar, no teatro a mesma coisa.
bjs
julie

Fallen Angel disse...

Eu batia palmas era ao corajoso ou ao suicida que ousassem enfiar-me numa coisa dessas.. pois dessas de metal...

( Porra Raf, tira lá esse sorrisinho parvo. Refiro-me ao avião! )

Toma lá um abraço. :-)

eu mesma! disse...

são uns pirosos, esses que batem palmas!
isso acontece mais frequentemente nos voos fretados do que nos outros o que me leva a pensar que os que batem palmas são pessoas que viajam pouco e quando o fazem vão de férias e ficam todos contentes do avião não ter caído... pirosos!

Headache disse...

It's funny because it's true

inês disse...

rafeiro, não sejas mau, as pessoas batem palmas em sinal de aprovação!

é lindo! ahahhaah

(já agora e nos funerais? aprovam o quê???)

Bxana disse...

Olá Rafeirito!

Sabes, eu acho piada à situação!:)

Nunca bati palmas depois de uma aterragem, confesso, mas é giro ver a figura das pessoas. Dá um ambiente de festa, descontraido, e dá para a gente se rir. Proponho passar esta manobra a todos, todos, todos os transportes públicos.

Porque o avião é um transporte público, certo?;)

Miaus grandes!

Vício disse...

será que essas pessoas também apludem ao parceiro depois de um orgasmo?

Sara disse...

Eu não me lembro de ver ninguém bater palmas quando o avião da série Lost aterrou...
Assim sendo, concordo que toda a gente bata palmas. Clap clap clap! Yupi, não nos partimos ao meio nem caímos numa ilha deserta ou talvez não!! Clap clap clap!

Likas disse...

Acreditas que nunca fiz uma viagem em que tivessem batido palmas???
Não... não... não é por viajar pouco... lol

Kissekes

Lusófona disse...

Também acho uma atitude um tanto exagerada, afinal, se estão a pilotar um avião é porque aprenderam (?) e são profissionais, ganham pra isso..
Mas, és mesmo um batota =0)

Bjs

Blossom disse...

Bem se vê que nunca andaste de metro aqui na Imbicta carago. Os motoristas (ou lá como se chama aos individuos que os manobram) são uns loucos...tou sempre a ver quando é que aquela merda descarilha com a velocidade...e as paragens/ arranques? É ver os tripeiros todos aos trambolhões, a cairem uns em cima dos outros (já tive o desprazer de levar com um em cima que me lixei)...palmas? palminhas? é que é já a seguir

quanto às palmas aos pilotos, acho que é mais a exteriorização do pensamento da maioria dos passageiros :ufa! já nos safemos!!!"

Sol disse...

Ha, ha, ha, ….
Eu não sou muito viajada, e quando fiz a minha viagem de lua-de-mel, fiquei pasmada quando aterramos e começaram a bater palmas. Eu pergunto ao meu ôme : “O que se passa, porque é que estão a bater palmas? (e eu, com a cabeça inclinada para olhar pelo corredor, a ver se via alguma coisa ou alguém, daaaaaaa)”
Ele: Eu sei lá, deve ser porque aterramos são e salvos!!
Eu: Não entendo porquê!!!!!!! Qual é a lógica?!!!!

Boa semana.

Andreia do Flautim disse...

LOL!
Por acaso já assisti a coisas assim em algumas viagens! hehehe

conchita disse...

Hahhaahhaha!! O que eu me ri com este post!!
Eu acho ridiculo as pessoas aplaudirem, até já tinha comentado isso com o meu marido, mas enfim.
Continuação de uma boa semana :)

Arcanjo disse...

Deixa lá amigo... também nunca percebi muito bam essa das palmas... mas também há "tanta" coisa estranha que não se entende!!!

Beijocas e vira lá a barriguita para umas festinhas vá, vá! ;-)

Belzebu disse...

eheheh!! É bom sinal! Não consta que alguém tenha batido palmas ou feito a onda, depois de um avião falhar a pista!

Aquele abraço infernal!

Joana disse...

Só vi bater palmas uma vez, das vezes que fui pro Egipto, eram só árabes. Eu não bato palmas eu apenas rezo para chegar sã e salva ao destino, tenho pavor de aviões.
Beijos

Cati disse...

O pessoal bate palmas de alívio... do estilo "ufa!!! chegámos inteiros a terra!"

Mas ninguém pensa que corremos mais riscos noutros transportes do que no avião!

Acho essa cena das palmas uma piroseira, como acho mal dar gorgeta aos motoristas de autocarro que são pagos para fazerem o que fazem. Aliás, sou contra as gorgetas!!! Nunca ninguém veio à minha beira com 5 euros na mão e disse "olha, sr. professora, aqui tem 5 euros por ter tomado conta do meu Asdrúbal e por ter evitado que ele batesse nos colegas e mandasse o Tino para o hospital outra vez..."

Abaixo as gorgetas!

Desculpa lá Rafeiro, hoje estou um bocado "virada às avessas"...

Adorei! (como já é habitual!)

Festinhas no lombo (e atrás das orelhitas)!

Formiguinha disse...

Hehehe!!!

Esse teu amifo tem mesmo mau perder, bolas!!!!

Bêjos

carvoeirita disse...

cara Caty

Ve-se mesmo que és da cidade, nós aqui na terreola no fim do ano escolar, as mãezinhas todas com ovos e galinhas e bolinhos para dar as professoras...
Tens que pedir transferência!!

Marisa disse...

Costumo fazer uma observação parecida mas no que diz respeito aos casamentos. Quando os noivos dão a beijoca toda a minha gente bate palmas! Também já disse que só falta fazerem a onda em plena igreja, qual estádio em noite de Derby.

Girafa cor de rosa disse...

Fartei-me de rir com este poste!!Estávas bem disposto quando o escreveste! Deixa lá baterem palmas, pessoas alegres e contentes com a vida nunca é mau, mas de facto deviam ser coerentes...qdo chegam ao destino pelas mãos de um motorista de metro, autocarro, carro particular, ou táxi, deveriam tb bater palmas! É que a probabilidade de terem acidentes de carro é bem maior do que a probabilidade de terem acidentes de avião! Mas sucede que toda a gente se sente mais segura de pés colados à terra!! Continua a fazer-nos rir!! O rafeiro da tua foto merce palmas tb, está o máximo com as orelhas a voar ao sabor do vento!!

Atlantys disse...

Hahahahahaha só tu para te lembrasres disto... Mas por acaso tens razão... Também acho um bocado esquisito esse hábito =D

Rita disse...

Eu cá acho que são as pessoas que vão mais tensas e preocupadas (medrosas mesmo) que, para libertar a tensão em que viajam batem palmas (quando se calhar tinham vontade de bater nos pilotos ou nas hospedeiras). Ultimamente não tem acontecido e até fiz uma viagem bem grande no início do ano e ninguém aplaudiu, será que não gostaram? Para quando vaias e tomates podres???
Festas

Teté disse...

Por acaso também nunca ouvi bater palmas num avião, mas quando o raio do aparelho aterra, a mim até o pino me apetece fazer...

Realmente, esse teu amigo tem mesmo mau perder!

Latidos (e miados) de continuação de boa semana!

Yashmeen disse...

Por acaso, nunca me aconteceu esse espectáculo todo num avião... Hei-de prestar mais atenção ;)

RAUF!

Hydrargirum disse...

Ora aqui esta algo que me deixa com os nervos em franja (e num lindo corte de cabelo!)...

Qd o povo bate palmas, como se estivesse em algum comicio politico, so me apetece puxar duma cacadeira, desviar o aviao e desatar aos tiros...

E dizer:
-Clap this!!!!

_E se eu fosse puta...Tu lias?_ disse...

Bem me diverti neste teu voo;)

Sabes que digo penso sempre isso...claro que apenas comento com o parceiro de viagem... mas concordo absolutamente!

Ah...e qt às gorgias...tb há mt que se lhe diga...

Pq só os empregados de mesa e secretárias de médicos é q recebem???

A mim ninguém me dá nestes!!! E sou bem simpática...rsrsrs

beijossss

Bongop disse...

Não sabes o porquê das palmas ?
Então eu explico... esse costume vem dos americanos que é o povo mais maricas e com mais medo de voar que eu conheço !! Eles vão sempre tão apertadinhos ao fundo das costas que quando o avião aterra e eles verificam que ainda estão vivos aplaudem freneticamente o facto de irem pisar terra firme durante mais uns tempos ! Esse costume generalizou-se...

Ka disse...

Caro Rafeiro,

È nos aviões e dentro das igrejas...parece que é moda!!!

Quanto aos aviões ainda me lembro de ninguém bater palmas no fim, mas hoje em dia a moda pegou. Eu cá só bati uma vez e foi também à perícia do piloto pois apanhamos uma bela tempestade e ahcei mesmo que aterrar na pista seria pura sorte...lol

Beijinho

NiNa disse...

Tb nunc apercebi muito bem de onde esse cotume começou, mas a verdade é que apesra de estarem a ser MUITO BEM pagos e a fazer o serviço deles, sinto sempre alívio qdo vou no avião e oiço as palmas a bater dpois de aterrar :D
***

Stephen King disse...

Os três segundos que precedem o toque do trem de atterragem no chão, aposto eu, deixam toda a gente a suar frio. É que são muitas toneladas a retornar ao solo, e quando isso acontece, é o milagre da física que se aplaude. :)
E claro está, o desaparecimento mágico do cagaço, pois claro...

Abraço :)

Tere disse...

Bateram palmas???? Eram portugas sem duvida....só nós para aplaudir um gajo muito bem pago que até fez as coisas bem....não estivesse tb a pele dele em jogo...mas se formos a ver, mas a ber ber....batemos palmas a gajos que nos andam a lixar há montes de tempo no governo com novos votos...não haveriamos de bater palmas aos pilotos...conclusão o puabo gosta é de bater palmas....
Bjokas

Marrie disse...

Rafeirito........
Vc é um caso perdido!
kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Adorei o PS.

Kapikua disse...

dou-te toda a razão no que falas!

mas a cultura das palmas anda por aí;
- no parlamento qq gajo que diga uma baboseira qualquer é aplaudido e incentivado ao tom do "mto bem, mto bem..."
- na televisão qualquer coisa é pretexto para as palmas, até o simples facto de alguém ser apresentado

Bate-se palmas por tudo e por nada, não há paciência!!!

Quanto ao teu amigo, deve ter mesmo muita mau perder, hehehe!

Abraço

paula disse...

hehehe!!! Perfeito! sentido de humor nato! mais RAUFS para mim!!!

maria cunha disse...

eheh também já assisti... aliás na TAP é prática comum... será por ser uma empresa portuguesa?

da próxima vez que for à cidade grande (vulgo Lisboa) vou tentar não me esquecer de bater palmas em todas as paragens do metro... obrigada pela dica :)

Gata Verde disse...

BIS BIS?
És louco? Agora que tinha os pezinhos em terra? Vai tu....

Van Dog disse...

Não seriam para mim?

Satine disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Satine disse...

lolaaadaa... prego a fundo? quer dizer, o bichinho tem pedais então? Qualquer dia lembram-se de fazer habilidades, ora vamos lá sacar um pião q até faz pó na lama, de seguida domina só com uma asa, dez pontos e pa terminar uma egua de 180 graus!! nada de panicar, ta tudo controlado!
i tu... és um batoteiro pah! Comigo era logo de catana, palmas? quem se atreve?.. ha realmente gente com mau perder..

NARNIA disse...

Só vi bater palmas uma vez, e como desconhecia que isso pudesse acontecer, na altura fiquei meio baralhada :))

Sofia disse...

Sacanagem!!! Incentivar a malta é significativo!!! LOLOOOOL

Mary disse...

aaaaah!!! eu disse eu disse!!! e eram todos portugueses e era um voo da SATA, de certezinha! obrigada por me dares uma certeza daquilo que desconfiava: nem só eu ja assisti a tamanha baboseira. é isso e nos cinemas......

beijinhos

Amsilva disse...

por acaso sempre achei isso estranho
e mais estranho deve ter achado o piloto alemao da luftansa quando jhlo fizeram no voo charter da tap de manchester porto

tambem havia de ser giro baterem palmas cada vez que eu chego ao destino...

Gata disse...

Eh pá!
Concordo contigo! Há gente com um feitio de cão!!!!

;)

Anónimo disse...

Eu cá estou convencida que não é para o piloto (pq provavelmente nem ouve), mas sim para tds os que estão no avião e arriscaram fazerem a viagem, sim pq o facto de ser piloto não quer dizer que não seja doido!!!!

É realmente uma reacção muito estupida!!!!

"Anónima"

HM disse...

Clap, clap, clap....também bato palmas ao teu escrito o que é uma imbecilidade suprema! Esta é a tua obrigação, provocar umas boas gargalhadas no pessoal que te lê, mainada!

E, oh decepção, eu sou pirosa e ridícula e parola e....eu bato palmas sim! Mais, levo sempre comigo uma bandeirinha nacional, abro a janelita e lá vai a dita a esvoaçar. É lindoooooo! Choro sempre de emoção!
E depois, sim depois porque o ritual ainda não tá completo, depois atiro-me nos braços do hospedeiro, finjo um desmaio e com alguma sorte tenho direito a respiração boca a boca....Quando não há hospedeiro, levanto-me, olho em volta e amando-me pro colo do passageiro mais jeitoso do plane.
Pronto. Clap, clap, clap....yupiiiiii! lollololol

Bjs rafeirosos

HM

Inha disse...

Pedir BIS? AHAHAHAHAHAHAHAH

Nunca assisti a essa das palmas, mas lá que ia morrer de riso, isso podes crer!...LOL


BeijInha Repenicada, Rafeirøsen.*

Um Momento disse...

Opah, já estava a estranhar de ñ dar uma gargalhada com o teu post!!!
Então depois das palmas, da velhinha e tal...
Tu lembras-te de ser o primeiro a bater palmas!?!?
Ahahahahahhaha
És demais
Beijo em ti k adoro ler caraguh
Dia lindo:O)))))))
(*)

Carracinha linda! disse...

É verdade... nunca percebi o porquê das palmas depois de uma aterragem...


E nunca assisti a um "Bis" para se poder voltar a aterrar! Mas quem sabe se um dia a malta não começa a pedir? Tipo "só mais uma, só mais uma" :D

Bjs

asdrubal tudo bem disse...

1º isso já é um hábito um bocado em desuso.

2º as pessoas que o fazem é claramente por alivio do medo que estavam a sentir

3º O teu amigo tem toda a razão as pessoas que te acompanharam nas palmas foi em solidadriedade com a tua triste figura.

Um Momento disse...

Nem imaginas!!:o)))
Aquilo foi por não estares la:o))

Beijo sorridente:))))))

(*)

Cláudia disse...

Eheheh tu Rafeiro não existes :)))
Essa do avião, já estou a ver o cesto das ofertas (como na igreja) a passar de banco em banco!

Eheheh tu és um batoteiro :))))))))


(acho que vou fazer uma aposta parecida da proxima vez que andar de avião :)))) )

Cláudia disse...

Eheheh tu Rafeiro não existes :)))
Essa do avião, já estou a ver o cesto das ofertas (como na igreja) a passar de banco em banco!

Eheheh tu és um batoteiro :))))))))


(acho que vou fazer uma aposta parecida da proxima vez que andar de avião :)))) )

inês disse...

vim cá bater mais umas palmas!!!

(o cheiro a "trabalho" que por aqui anda, "Canito" sofre!)

Som do Silêncio disse...

Olá Rafeirito!

Pois é, já assisti a esse ritual, e achei um pouco estranho.
E ainda ouvi coisas do tipo " Ena...boa", "Esta correu bem". Com esta do correu bem não achei muita piada, mas enfim...
Mas que a verdade seja dita, se eu tivesse que aplaudir também, seria complicado, pois teriam que me ajudar a largar a cadeira, pois eu tenho pavor de aviões, e casa vez que ando, agarro-me à cadeira (como se me servisse de alguma coisa), e não largo!
:)

Beijo Silencioso

Simone disse...

Ainda me lembro de quando se batia palmas em aterragens complicadas (como na Madeira, antes de ser feita a extensão da pista).
Hoje em dia pelos vistos virou moda, cada vez que ando de avião, vá de palmas (eu não alinho, sorry!)

Vanadis disse...

Ai, ui! Aiiii! Pô, larga-me a canela, larga-me a canela! Pronto...mea culpa...ando desaparecida, eu sei...larga-me a canela, já disse!! Ai! Au!
Sorry, ando a mil à hora com a formação. Alteraram-me os horários tantas vezes que quase me esqueci do meu próprio nome, tal era a confusão! AU! Ainda estás com a dentuça ferrada na minha canela??? Aiii!
Mas pronto, arranjei um tempinho para te vir ler, e, já agora, fazer alguma aeróbica abdominal, activar o sistema cardio-vascular, e, porque não, cair da cadeira. É que rir é mesmo o melhor remédio!

Olha, olha, por acaso não fazia a minima que o pessoal bate palmas aquando de uma aterragem bem sucedida! Talvez seja por não entrar num avião há coisa de 13 anos...confesso, confesso, sou aviãofóbica! Andei 3 vezes, tinha uns 17 anos. E não bati palmas! Nem vi bater. Quer dizer, ouvi muitos aiii uh lálá uh lálá aiii! Mas bater palmas? Ná. Mas como também já foi no século passado, é normal que os costumes tenham mudado.
Mas, se pensarmos bem, só o facto de não se ir contra um prédio qualquer ou de não se afocinhar no chão é digno de bate-palma (e, secalhar, para alguns, de bate-pé com hospedeiras e hospedeiros, pelo que eu já li por aí...!!)! Eu é mais agradecer a todas as forcinhas superiores do Universo e afins por me deixarem respirar por mais um tempinho...é uma razão válida, né??
Ó meu jove tb tem o hábito de bater palmas, nem que mentalmente, quando se enfia no meu 4 rodas aqui com a gaija ao volante. Ele é agradecer por não ter atropelado a velhota (obrigado pela ginástica abdominal, mas olhó respeitinho plos mais velhos!!), por não me ter engalfinhado com a traseira do da frente, por não ter ido em marcha atrás disparada para ensinar uma liçãozinha ao de trás (simplesmente odeio os engraçadinhos que se colam à traseira forçando-me ou a sair da frente ou a andar mais depressa...como raramente lhes saio da frente...muahahahaha), por não ter esticado o dedo do meio ao do lado, por não ter passado por cima de um compincha do Quaresma...enfim! Gajos! Borram-se todos qd a jove vai ao volante (mesmo que ela conduza melhor e tudo! ;-p)!!
Não te quis pagar??? Rafeiro que se preze já lhe tinha ido às canelas!! Por falar nisso,já podes largar as minhas e parar de mostrar os dentes, já me redimi!! =)

Rauf rauf! E miau miau!

Vanadis disse...

Xiii..agora reparei no tamanho do comentário...mais poste que comentário...mas pronto, é mais forte que eu!! Vá, já me podes largar a canela...

Por falar nisso, por acaso bato palmas em aterragens bem sucedidas! De helicópteros!! Mesmo em frente à janela do meu quarto! Pois...bato palmas de alívio, por não ter sido desta que me entrou um Heli pelo quarto adentro...

JP disse...

Brutal! O Jorze, uma vez fomos ao "rossaio" não sei se te lembras onde é... lá para os lados da Mata do Maxial! Éramos praí ums 10 gajos num Jipe TATA da Salvador Caetano (era para ver se era mesmo bom!) e a cada obstáculo (leia-se pedrita)ultrapassado havia uma salva de palmas para o Xibinha (Filho do antigo presidente da JF) mais conhecido por Gonçalo Nabo. Isso sim foi uma viagem em que era importante galvanizar o piloto! Tememos pelas nossas vidas a viagem toda! E tememos também os vómitos de todos, uma vez que era notório o nível de embriagamento sentido naquele momento!
Akele Abraço
PS. Quando voltares a Brasfemes, levo-te ao Roçaio ou Rossaio, é pá não sei como é que se escreve mas sei lá ir ter. (Para quem não sabe é um Lago que existe a norte da freguesia de Brasfemes no extremo sul da Mata do maxial), não tem dada a ver co Roça Roça nem nada que diga respeito a paneleiragem!

Azul disse...

Olá Rafeiro,

já há muito tempo que deambulo por aqui, mas hoje atrevi-me a comentar.
1º relativamente ao bater das palmas aquando da aterragem do avião, experimenta fazer Tel Aviv - Eilat! Depois vem-me cá dizer se aquilo merece ou não que se lhe bata palminhas!!!...
2º ERA MESMO PARA TE INFORMAR( embora já devas ter tomado conhecimento) DOJANTAR DE BLOGERS NO DIA 10 DE NOVEMBRO, SÁBADO.
CONTAMOS CONTIGO!

bjufas!

Play Girl disse...

Eu nunca vi ninguém a bater palmas em aviões. Já viajei bastantes vezes. Se calhar sou extra-terrestre. Mas de facto já ouvi alguns relatos.

Sandra disse...

:))

Primeiros, eu nunca aboei per isso reserbo me o direito de dubidar do q contas ihihihihihi

Segundos, cumporta te rafeirola duma figa, q o meu bimbinho bai ser piloto okis?

Terceiros, benze te pq tenho um amigo piloto pah, e num tademitio estas cenas ;)))))))))

quartos, num é cabine pah , é cóke pite...troooollllllllllllllllllll

lolollllllll

:PP

beijuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuus pa tu da lua

Rafeiro Perfumado disse...

Aorta, nesse caso era bater palmas mas no costado do gaijo, para ver se da próxima apanhava outro caminho menos atribulado!

June, vê-se logo que nunca andaste de táxi no IC19. No fim da viagem até te agarravas ao pescoço do motorista! Beijocas!

MJF, teoria que poderia ser perfeita, não fosse as pessoas de férias baterem palmas também na volta. Não me digas que estão entusiasmados por voltarem ao trabalho... ;)

Just Me, lá está, então também têm de bater palmas em todos os outros transportes, ainda mais porque estatisticamente em terra é mais provável teres um acidente do que no ar! Beijos!

Rafeiro Perfumado disse...

Carvoeirita, não escrevi, e não concordo com eles. Sabes porquê? Porque muitos deles reformam-se e depois vão trabalhar para outras empresas, acumulando rendimentos. Aliás um dos cavalos de batalha dos pilotos é o poderem continuar a acumular reformas por invalidez com rendimentos de trabalho, o que só por si é incongruente. Quanto ao estilo de vida que têm, são muito bem pagos para isso, e foi uma opção que fizeram, opção essa que não pode justificar favorecimentos. Beijocas, ó sindicalista! ;)

Tavguinu, cagufa de andar de avião? Quanto às palmas às hospedeiras, olha que em certos voos é cá com cada bacalhau seco... Abraço!

Crestfallen, no fundo o piloto está apenas a provar que vai alguém lá à frente. Ou isso ou está mesmo a fazer-se à gorja. Basicamente, tu e eu pensamos na mesma, conduzam lá o passaroco e bico calado!

Schlumpy, pois, eu só posso falar do que conheço, e nos voos baratuchos onde ando, é quase uma tradição. Quanto ao facto dele vir cá atrás, acho que é para se certificar que a malta sai mesmo toda, para poder ficar a sós com as hospedeiras... ;)

Rafeiro Perfumado disse...

Stuckinha, camarada, estou contigo! Isso é que era bom! E eu, quando começar com as tremideiras e a babar-me em cima do teclado, quem é que me reforma? Vão mas é trabalhar, pá, se existe um co-piloto, por alguma razão é, nem que seja para nos voos de longo curso ir mudando a algália do piloto e dizer “ó senhor comandante, olhe que a pista é ali ao lado... mais...mais... isso”.

Julie, eu aos artistas só bato palmas se eles vierem agradecer ao palco. Agora se eles apenas metessem uma gravação com som metálico a dizer “obrigado por terem vindo cá, esperamos voltar a vê-los em breve”, levavam era com um tomate na tromba! Beijos!

Fallen Angel, um anjo com medo de voar, o mundo está perdido. Quanto aos “objectos de metal”, o pior é se te enfiassem num e aquilo começasse a vibrar por todos os lados... com a turbulência, seu tarado, quem é que está com um sorriso parvo agora?!? Abraço!

Eu mesma!, ainda vamos descobrir que é malta contratada, para dar a entender que o piloto foi um espectáculo, como ele pessoal que em certos espectáculos são colocados estrategicamente pela plateia para baterem palmas! ;)

Rafeiro Perfumado disse...

Headache, and it’s true because it’s bimbe...

Inês, não é ser mau, é defender a coerência! Vão é bater palmas para... nos funerais, dependendo da herança, até percebo que se bata palmas!

Bxana, e proque não a malta abraçar-se, beijar-se, trocar emails? É que aquilo parece que se cria um laço de amizade para a vida! Beijos!

Vício, depende onde tiverem as mãos na altura...

Rafeiro Perfumado disse...

Sara, isso porque, tecnicamente, o avião não aterrou. Mas se tivesse chegado ao destino, e eu fosse ao lado da Kate... é melhor ficar por aqui.

Olha a Likas!!! Nunca? Nem sabes o que tens perdido, jove! Aquilo é melhor que um episódio dos Gatos, mas dos antigos! Beijos!

Lusófona, confessa lá, quanto é que o meu amigo te pagou para dizeres isso? É que ainda hoje o ando a ameaçar se ele não pagar a aposta! Beijos!

Blossom, já andei de metro por aí, mas aquilo ia tão devagar que adormeci. Não estarás a confundir com a emoção do pessoal que insiste em entrar com o carro nos túneis do metro? ;)

Rafeiro Perfumado disse...

Sol, a primeira vez que presenciei a cena também fiquei com cara de ponto de interrogação, simplesmente deu-me para rir. Agora continuo a rir, mas costumo acrescentar comentários do género “epá, foi mesmo bom, é que na semana passada, com este piloto, íamos morrendo todos!”. Beijoca!

Andreia do Flautim, e não te dá vontade de espancar o pessoal? Serei só eu?

Conchita, ridículo. Sim, acho que essa será a designação mais acertada para essas palmas. Boa semana para ti também!

(colocando a barriguita a jeito)
Arcanjo, calma, tudo terá direito a explicação, dá-me tempo! Beijo grande!

Rafeiro Perfumado disse...

Belzebu, olha que algumas caixas negras parece que têm uns sons estranhos, do tipo “clap-clap-clap-HAAAAAAAAAA-BUUUMMMM!!!!” ;) Abraço!

Joana, sua mariquinhas. Eu num voo para o Egipto cheio de árabes a minha menor preocupação seria o avião e o piloto! Beijos!

Cati, parabéns, quase que acertaste no tema do próximo texto, mas por umas semanas! E não, não levas prémio! Beijoca e não há problema em estares às avessas, é da maneira como vemos a tua beleza interior!

Formiguinha, é uma autêntica besta. Posso mostrar-lhe o teu comentário? Bêjos!

Rafeiro Perfumado disse...

Carvoeirita, se isso fosse no início, quase que poderia considerar-se como suborno!

Marisa, mas aí até se aceita, afinal, é um espectáculo que se inicia... ;)

Girafa Pink, eu ando “sempre” bem disposto, pelo menos quando aqui escrevo. E eu deixo, afinal se não houvesse tanta gente a fazer estas coisas deliciosas, em menos de 3 horas ficava sem assunto para escrever! Beijoca para ti!

Atlantys, é daqueles hábitos que deviam pagar multa. Começavam a bater palmas e aparecia logo um agente da autoridade, a aplicar a multa por imbecilidade! Beijo!

Rafeiro Perfumado disse...

Rita, bater nas hospedeiras? Esse sentimento nunca tive, e não, não vou falar dos outros sentimentos, tenho amor ao meu pêlo. Essa das vaias e tomates podres era bem pensada, especialmente aos pilotos que confundem o avião com um canguru! Beijo!

Teté, olha que entre bater palmas e fazer o pino, ainda prefiro as palmas, sempre perturbava menos a evacuação do avião! Beijos!

Yashmeen, nunquinha? Não percas, nem que seja necessário iniciares tu o show! Um grande RAUF para ti!

Hydrargirum, nervos em franja também é daquelas expressões que merecem uma atenção mais pormenorizada... quanto à tua reacção, eu apetecia-me ter a mesma no próprio comício político! Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

E se eu fosse puta, tu lias? Essa de seres simpática não basta a tua palavra. Quem me garante que por entre o sorriso não se ouve um rosnar ameaçador? Beijoca e força!

Bongop, pelos vistos generalizou-se para outro povo que também deve andar com tremores sub-costais. Nós, como raça de marinheiros, só deveríamos andar por água! Abraço!

Ka, achas mesmo que o piloto está preocupado contigo? Ele quer é salvar o próprio coiro, o dos passageiros é um bónus! Beijinho!

NiNa, (porquê só os “n” em maiúscula?), então e os coitados dos motoristas dos autocarros, que ainda por cima levam com o fumo dos tubos de escape? Esses deviam ser levados em ombros, por enfrentarem de peito aberto os engarrafamentos! Beijos!

Rafeiro Perfumado disse...

Stephen King, com a excepção daqueles que aterram bem e depois vão parar às couves ou dentro de algum edifício. Alívio, alívio, só quando calço as pantufas lá em casa! Abraço!

Tere, não faças grupos, jove, que eu para bater palmas a alguém é preciso muito! Quer dizer, às vezes basta terem umas camisolas vermelhas e enfiarem um pedaço de couro numa baliza, mas isso é uma excepção! Bjokas!

Marrie, qual perdido, sei perfeitamente onde estou! ;)

Kapikua, também tens razão, realmente o acto de bater (palmas) está de tal modo generalizado que serve para tudo. Quanto ao meu amigo, anda a precisar é dumas palmadas! Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

Paula, sendo assim, mais um RAUF para ti! ;)

Maria Cunha, talvez seja por admirarem como é que uma companhia com tanto prejuízo consegue continuar a voar! E pela dica, nada a agradecer, mas gostava de ver!

Gata Verde, como se tu te atrevesses a ir a algum lado sem mim... Incha, que é para não te armares em felina independente!

Van Dog, a avaliar como alguns pilotos aterram, não me admirava que fosse um canídeo que estivesse a tripular o avião!

Rafeiro Perfumado disse...

Satine, já agora o piloto a fazer marcha-atrás, com o bracinho em cima da cadeira e a espreitar para trás! E batoteiro, eu? O outro é que é mau pagador! ;)

Narnia, confessa lá, deixaste-te contagiar e alinhaste na comemoração. Vá lá, prometo que não gozo (muito) contigo... ;)

Sofia, que eu saiba no regulamento da aposta não havia nada que o impedisse! Logo, azar! :D

Mary, é verdade, no cinema também já assisti a isso! Então num filem em que o herói deu um pontapé no vilão, houve malta a gritar “YESS”, “TOMA” ou “INCHA, DROMEDÁRIO!”. Esta última talvez tenha sido eu... beijinhos!

Rafeiro Perfumado disse...

Amsilva, no teu caso seria mais complicado, pelo menos se quisesses fazer a onda! O alemão dever ter pensado “outras culturas”, mas pensou em alemão, claro! Abraço!

Gata, são piores que cães, a minha raça pelo menos cumpre com as apostas, especialmente quando ganha! ;)

“Anónima”, queres tu dizer que no fundo as pessoas estão a bater palmas a si mesmas? Já agora abraçavam-se, não? ;)

HM, eu li bem? Tu afirmas que o meu escrito é uma imbecilidade suprema? Finalmente alguém que me dá o devido valor! YES!!! Palmas para ti! CLAP-CLAP-CLAP! E agora se pensas que estou a falar a sério, em vez de palmas levas palmadas, ouviu? Beijos, ó doida!

Rafeiro Perfumado disse...

Inha, a malta pode sonhar, não? Diz lá que não gostavas de ver o comandante de rosa na boca, a fazer vénias? Isto é a minha imaginação parva, deixa lá... Beijo!

Um Momento, lembro-me sempre dos motivos que me levam a ganhar apostas, podem ser úteis mais tarde, em Tribunal! Beijo!

Carracinha Linda, também era fixe! Seria particularmente válido nas viagens de volta das férias, sempre dava a sensação que ainda não tinha terminado! Beijos!

Asdrúbal Tudo bem
1º Em desuso o caraças, em 78% dos voos que faço acontece
2º Eu acho que é mais por serem bimbas
3º Figura triste? Até posso ter exagerado um bocado quando me meti em pé a gritar “Então, malta, para o piloto nada? TUDO!”, mas tirando isso foi só classe!

Rafeiro Perfumado disse...

Um Momento, já devias saber que um rafeiro é útil em qualquer ocasião! ;)

Cláudia, mau, voltas a insinuar que eu não existo e a malta chateia-se! Beijoca!

Inês, o cheiro a suor por estas bandas começa a tornar-se quase insuportável! Beijo!

Som do Silêncio, e como é que depois te tiram do avião, desaparafusam a cadeira? Beijoca ruidosa!

Rafeiro Perfumado disse...

Simone, não peças sorry, eu também só bato se for necessário para ganhar alguma aposta! ;)

Bnadiz, euuu axo guee du éz uba doidaaa... PTUIIII! Desculpa, mas estava com uma canela na boca! Com efeito, se contasse o teu comentário, acho que era maior que o texto em si, mas que isso não te iniba, rapariga. Quanto ao teu jove, como eu o percebo. Tinha um amigo que era mais ao menos assim. Uma vez, numa viagem entre o Barreiro e Setúbal íamos morrendo umas 7 vezes. Só sei que quando cheguei ao destino fiz como o papa, ajoelhei-me e beijei o chão! Beijos! E cuidado com o heli... CATRAPUMMMMM! Tarde demais...

JP, atão não haveria de conhecer o Rossaio? Tanta e tanta vez, pelo menos duas, que lá fiz BTT! E nunca, mas nunca, por lá vi paneleiragem, mas como já não moro aí há uns anos, desconheço os costumes actuais! Abraço macho!

Azul, “hoje atrevi-me a comentar”? Terias tu medo que eu mordesse? Quanto ao jantar, vai ser complicado, mas depois explico-te porquê. Bjufas!

Play Girl, há maneiras mais simpáticas de me chamares mentiroso, pá. Mas peço-te que acredites em mim, e para te provar, da próxima vez que acontecer vou filmar e mando-te o vídeo! ;)

Sandra, vai ser piloto? Hum, eu começava por trancar as janelas lá de casa, não vá ele quererfazer testes! E também se diz cabine, ó bimba! Queres bater, é? Anda cá!

Morsa disse...

Boa tarde Raf... Eu tou de acordo com a minha jove lá em cima... Acho que tu não existes! Por acaso já me tinha lembrado disso! Mas garanto-te que no dia em que ela se lembrar de apostar, não é comigo de certeza. A menos que estejamos a viajar do Sri Lanka pró Turquemenistão ou algo parecido... :)

Um abraço

Vanadis disse...

hah? Hello? ;-p agora mordo eu...

Foi Bom disse...

Bah, eu nunca andei de avião...eu sei, muito mau...:(

Lilith disse...

Recebi por mail a seguinte noticia, que achei assim qualquer coisa a rondar o repugnante, o absurdo, o cruel...
Por favor assinem a petição:

"Um artista (não sei como o consideram como tal) da Costa Rica, Guillermo Habacuc Vargas, expôs um cão vadio faminto numa galeria de arte (mais uma vez ultrapassa-me como tal 'instituição' considera o sofrimento e a tortura para gáudio público uma forma de arte). O cão estava preso por uma corda curta. Ninguém alimentou ou deu água ao animal, que inevitavelmente acabou por morrer durante a exposição. Este ser humano foi, imagine-se, o 'artista' escolhido para representar o seu país na 'Bienal Centro americana Honduras 2008'."

Existe uma petição onde é pedido que ele não receba este prémio:

http://www.petitiononline.com/13031953/petition.html

Para quem conseguir ver as imagens da exposição:

http://www.marcaacme.com/blogs/analog/index.php/2007/08/5_piezas_de_habacuc

Rafeiro Perfumado disse...

Morsa, atão tu que até já me viste em carne e osso dizes uma coisa dessas? Cá para mim isso é o amor a provocar efeitos colaterais! ;) Abraço!

Vanadis, só se eu deixar...

Foi bom, mau? Nada disso, pelo menos se tiveres menos de 13 anos, claro...

Lilith, já vi essa notícia. Que posso dizer? Há animais em todo o lado, e outros animais que lhes permitem comportar-se como tal.

o_cao_que_morde disse...

Um tipo que se diz artista provocou a morde de um cão numa exposição
Existe uma petição na Internet, com mais de 92 mil assinaturas, a exigir que ele não representar o seu país, a Costa Rica, na bienal de arte centro-americana de 2008
está tudo no meu Blog – O Cão que Morde
assina a petição e divulga

LopesCa disse...

Isso das palmas é lindo, completamente Tuga.

Concordo contigo.
Só bati palmas uma vez na mini pista da madeira... foi assustador (ok fui apanhada), mas exceptuando situações críticas só bateria palmas para ganhar uma aposta ;)))

amelinha disse...

eu que julgava que as palmas eram sempre para mim!

bjecas disse...

Adaptar essa cena dos aplausos à profissão de cada um é que era giro.
De cada vez que a fotografia de interiores saísse bem, a malta toda da sala de espera unia-se em forte aplauso aqui ao artista. Bem, todos todos não podia ser... há sempre a rapaziada do gesso que não pode bater palmas. Olha, faziam a hola mexicana...

\m/

Satine disse...

porra Rafeiro, mas q coisa mais descabida, braço em cima da cadeira pa fazer marcha atras?? Toda a gente q isso não é possivel, olha q tu, tens cada ideia... Olha, falar em ideia, sabes o q é um pontinho amarelo no céu? YELLOWCOPTERO... Mas como tava a dizer, quando me responderes novamente rasura o meu nick com duas listas a vermelho e brincamos ao "onde tá o wally?" porra ... u know What i mean? Beijoca

HM disse...

Eu disse isso!!!
Ohhhh, desculpa Raf, o que pretendia dizer era o oposto, que tu és o máximo, que não existes, que este blog é fantástico, aproveitando para referir que também tenho um cantinho à espera de uma visita tua.........lololololool ;))

Não tendo a intenção de transformar este espaço numa espécie de fórum, gostaria apenas de dizer que o noticiado sobre o cão, a galeria e o artista não é exactamente o que andam a enviar por mail...

http://jornal.publico.clix.pt/main.asp?dt=20071025&page=44&c=A

Perante tudo o que se tem escrito e descrito na minha modestíssima opinião, a atitude de Vargas, por mais excêntrica que possa parecer, contribuiu mais para a defesa dos animais do que algumas pseudo associações proteccionistas.
Como afirmou o próprio artista "Um animal transforma-se no centro das atençőes, quando o coloco num lugar branco onde as pessoas văo para ver arte, mas năo quando anda pelas ruas esfomeado."
Por acaso também gostava de apreciar as reacções de alguns assinantes quando passam por um bichareco esfomeado deambulando pelo passeio........

Para terminar: Lilith, sabias que eu sou fã incondicional da mulher que representa esse teu nick? Yes sir, às vezes até penso que estou possuída pela própria...;))

Bjs pa todos e desculpem qualquer coisinha.

HM

Ouriço-Cacheiro disse...

Bater palmas não, embora qunado era miuda, nos anos oitenta, era muito comum isso acontecer. Mas por vezes j´+a me tem apetecido ir ter com o sr piloto e dar-lhe uma beijoca bem repenicada...

Ás de Copas disse...

Por acaso essas palmas sempre me irritaram, costumo sempre espreitar por cima dos bancos para ver se os outros viram alguma coisa que eu não tenha prestado a devida atenção...

dragao azul disse...

Bater palmas a quem esta a ser pago para fazer o seu trabalho é dar merito a quem fez esse trabalho, diz-me que que quando apresentaste o teu livro nimguém te beteu palmas ou te comprimentou, por essa ordem de ideias também esta mal, Rafeiro o problema é que só fazem isso a uns profissionais e não a todos, é mis facil inçultar do que bater palmas.
E para finalisar porquê que quando o Rui osta marca o golo começam a bater palmas e a gritar o nome dele, ele não é pago para marcer golos, ganha mais do que os pilotos de avião e tem mais regalias do que ele.... este comment foi só para meter nojo..... eheheheheheheheheheheheheheheheheheheh.... porque lá no funda acabas por ter razão.

Bom fim de semana.

São disse...

Olha o meu cão ao volante ;-p

São disse...

Essa é umas das razões porque ainda não cobritas lá em casa... Comem ratos LOL
PS: Acho que ninguém vai pereber o significado deste comentário. Mas quem te manda abrir caminho às pulgas? LOL

Cati disse...

LOL
Obrigada Rafeiro, não preciso de prémio!!! Basta-me um comentário simpático como este!!! Cá ficarei à espera desse post...

Festinhas no lombo!!! Bom fim de semana!

Marta disse...

ehhhhhhhhhhhhhhhhhh

Mas olha que era animado isso o metro! E podíamos ter musica gospel, para acompanhar as palmas! Que dizes? :)

beijoquinha

carvoeirita disse...

Querido Rafeiro

O giro deste mundo é ninguem conhecer ninguem...mas se eu algum dia vier a saber que és piloto de aviões daqueles muito vaidosos, de fatinho e tal... com o boné na cabeça que acenam quando lhes batem palmas no aeroporto e dão beijinhos aos bébes podes ter a certeza que quem leva uma mordidela és tu....

Laura disse...

Ehhh, eu e o nuno quando vinhamos de Pretória para cá, mal aterrávamos batiamos os dois com os polegares um no outro e diziamos entre nós (fixe...) mas nunca batemos palmas, é que eles os pilotos nem deviam ouvir com aquela roncadela que se sente ehhh.
beijinho a ti e tamém quero ir pa lá páquele lugar lindo daqui a uns anitos..entendes a mim? caluda senão vai tudo e aquilo afunda-se...

rascunhos disse...

... quando eu for grande quero ser uma pestinha doce e divertida como tu !

beijoooooooooooooooooooo


eheheheheheeh

GK disse...

Eu tb nunca percebi esse hábito! Será que o pessoal, na verdade, está à espera que corra mal e batem palmas porque afinal correu bem...??!
...Um beijito à tua "jove".

Sandra disse...

vai ser piloto? baiHum, eu começava por trancar as janelas lá de casa, não vá ele quererfazer testes!ele é meu filho pah né teu, debes pinsar debes q a tua doença sapega assim sem mais nem menos...pfffff...ihihihihih E também se diz cabine, ó bimba! diz se?? num sabia...sabes pk?? pq só lido cum gente fina ké tra loicinhaQueres bater, é? nera má indeia, sempre mixercitaba Anda cá! queres apanhar e eu é kía aí?? tás bem?? anká tu oya meste


beijuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuus pa tu da lua ca telha

nb - os pilotos são nossozamigos :))

Cusco disse...

Não vejo realmente motivo para palmas …Para agradecer terem chegado cá abaixo?
Que me conste ainda ninguém ficou lá em cima..!
Um abraço!
(Fnac Albufeira??)

Maga disse...

ora bolas... a mim, quando chego sã e salva e com o carro inteiro ninguém bate palmas! e olha que merecia, com os cromos que se me atravessam à frente!

D*ana disse...

Eu tenho medo de andar de avião! :Z
...
Ha! Também fazes apostas é? E sim ! Isso é batotice oh ! As outras pessoas não te íam deixar bater palmas sozinho né?! --' xD

Beijinho bom *

Ps. Já estou de volta! ...

NARNIA disse...

Rafeiro, por momentos pensei que podia ser aniversário do piloto LOOl

Ana Maggie disse...

Já vi muito boa gente a bater realmente palmas para o motorista dos autocarros..mas foi a bater as palmas das mãos contra os vidors do autocarro pró senhor parar o autocarro e deixar entrar a malta!!

Cumprimentos Ursosos

Teresa disse...

:)))... bem observado, aliás como sempre, caro Rafeiro. Eu penso que um fenómeno igualmente surreal é o de oferecer prendas (por vezes bastante caras) aos médicos por altura do Natal. Já tenho perdido imenso tempo a explicar ás pessoas que os médicos 8à semelhança de outro profissional) apenas fazem o seu trabalho e nós pagamos-lhes para isso. Qual quê? Parece haver o receio, ainda que inconsciente, de virem a ser "premiados" com uma maleita adicional, caso não lhes ofereçam nada ... enfim, mais um dos mistérios da mente humana que não vale a pena continuar a explorar :(. Beijos e bom fim-de-semana

Tiago disse...

Eu uma vez fiz uma viagem de avião em que não bateram palmas!

MILAGRE!!!

Mas de facto é estúpido, pá!

Porta-te

Teresa disse...

Já me aconteceu, sim senhor!
Uma vez, a aterrar em Lisboa (eu sou do mais descontraído que há em aviões, sou capaz de ir a limar as unhas no meio da maior turbulência), detectei de repente que o barulho dos motores parecia mais alto do que o habitual. Virei-me para o Victor, ao meu lado (apesar de viajar muito mais do que eu, nunca conseguiu perder o medo aos aviões, e como tal está sempre super-atento a tudo, ao menor ruído ou movimento suspeitos) e perguntei: "Isto não é muito normal, pois não?"

Só então reparei que ele estava lívido, os nós dos dedos brancos da força com que apertava os braços do assento. Acenou-me que não.

O que tinha acontecido? O avião fizera-se à pista com demasiada velocidade (terríveis desastres já aconteceram por causa disto). "Travões a fundo", nem queiras saber o que foi a confusão de sacos, saquinhos e objectos incríveis a deslizarem corredor fora cá para a frente, onde nós vínhamos. Claro que tinha sido nabice do piloto.

Sabes o que aconteceu, quando finalmente o avião se imobilizou na pista, e tudo são e salvo?

Adivinhaste!!! Uma gigantesca e colectiva salva de palmas. Que não foi unânime, escusado será dizer que eu e o Victor ficámos muito sossegadinhos...

Beijo grande para ti, ex-vizinho.
Porque não vêm tu e a tua jove almoçar comigo um dia destes? Mudas o teu percurso rotineiro só um nadinha... E tenho, nas traseiras do colosso, um chinês com um fantástico Pato à Pequim...

wednesday disse...

POr acaso esse hábito vai-se perdendo... Mas quando ainda batem palmas, eu não me pronuncio exactamente por achar o mesmo que tu: o pilot faz o que tem a fazer, mais que não seja porque ele também vai no avião e quer pôr o seu rabiosque bem pago a salvo...

Laura disse...

Olá, já respondi em verso à sua citação sobre os espargos a estrada e a cotação do dólar eur..enfim, há-de estar a gosto já que era um pedido e peras e como não dou parte de fraca..toma lá ehhhhhhhh...

Blayer disse...

E porque não bater palmas a um taxista?

Um Momento disse...

Passei para te desejar um lindo fim de semana

Beijo ... bem em ti
(*)

Just Me... disse...

Então esta semana n mereço palmas :-(....

ps: Bom fim de semana

bjs**

sexy hot disse...

Pois... ganham bem, mas mesmo assim fazem greves... bagggh!

ternura disse...

Já fiz algumas viagens de avião, por lazer e por motivos de trabalho , e não foi em todas que presenciei as palmas depois da aterragem.
De facto presenciei algumas vezes, e nesses momentos o avião ia com muitos estudantes, que fizeram farra durante todo o voo.
Á parte disso , houve duas situações especiais, uma na ilha da madeira e ainda o aeroporto não tinha sofrido o aumento, e uma outra na ilha de s. miguel, que eu própria o fiz, juntamente com os restantes passageiros, porque os voos foram péssimos devido ao mau tempo e as aterragens dentro da medida do possivel foram excepcionais.
Penso que o pessoal bate palmas porque tem muito mais medo de viajar de avião do que nos restantes transportes e o fim da viagem é motivo de alegria.
:-)
Bom fim de semana.

sveronica disse...

Estar suspenso no ar, para alguns é é como estar tenso numa platéia, esperando o desfecho final.
Quanto ao teu amigo, bem...tu "armou" pra cima dele e te destes - quase...bem...

Beijinho perfumado

Menina do Rio

Maybe a day u know... disse...

Grande Rafeiro!!!=D

Rafeiro Perfumado disse...

O Cão que Morde, eu sou mais apologista de reconhecer o “bom” trabalho dele, convidá-lo a vir a Portugal e depois dar-lhe uma carga de porrada. E já assinei.

LopesCa, em situações críticas, mal aterrasse, eu bateria era com os pés no chão, para bem longe do avião! ;)

Amelinha, para isso tens de ir para pilota... ;)

Bjecas, pessoal com gesso a fazer a hola tem associado um elevado potencial de desastre. Toca a incentivar isso! :D

Rafeiro Perfumado disse...

Satine, não percebi a ponta dum corno do que escreveste. Como tal, ficas com carta branca para me fustigar até eu compreender. Mas com jeitinho, ok? Beijoca!

HM, sinto que anda no ar um certo mal entendido entre nós. Acho que andamos a levar demasiado a sério a ironia que ambos lançamos. Já percebeste que vamos ter de resolver isto num duelo, não percebeste? Escolhe as armas... E espero que percebas que estou a gozar!

Ouriço-Cacheiro, e essa beijoca tem alguma coisa a ver com a perícia dele a pilotar ou é por outros motivos mais... mais carnais? ;)

Ás de Copas, começa então a gritar “onde está o artista, onde?!?”, só para ver a reacção do people!

Rafeiro Perfumado disse...

Dragão Azul, lá estás tu com o teu mau feitio. O Rui Costa não é um artista, é O artista, pelo que todas as palmas se justificam. Já quando eu apresentei o livro, as palmas foram todas de familiares meus, espalhados estrategicamente pela sala e muito bem pagos para o fazerem! Grande abraço, amigo azul.

São, até eu primeiro que me fizesse luz fiquei que tempos a olhar para o comentário! Beijocas!

Cati, ainda bem, porque também não havia prémio! E esse deve ser em Dezembro, se os patrocinadores do blog não tiverem nada contra! Beijos!

Marta, isso era fantástico, mais uns quantos músicos a baterem nos varões de forma ritmada. Aposto que haveria mais pessoas a utilizarem os transportes públicos! Beijoca!

Rafeiro Perfumado disse...

Carvoeirita, não te preocupes com isso, sou apenas um bancário vaidoso, de fatinho e tal, gravata no pescoço que acena quando lhe batem palma e ocasionalmente dou umas beijocas em bebés! Safei-me da mordidela?

Laura, acho que “aquilo” ainda aguenta com mais uns milhares, ainda mais porque o pessoal que lá está muito dele está desejoso de vir para o pé de nós... Beijo!

Rascunhos, olha que isso requer muitos anos de sacrifício pessoal. Estás preparada para isso? ;) Beijo!

GK, eu continuo a pensar que de todas as teorias, a mais acertada é o mundo estar cheio de bimbos... E eu, não levo beijo?!?

Rafeiro Perfumado disse...

Sandra, lua que ladra não morde. Já tinhas ouvido falar deste provérbio? Beijos!

Cusco, bem observado. Às vezes custa é a achar os bocados todos, mas chega cá tudo abaixo, efectivamente. E foi o que me disseram, Albufeira! Abraço!

Maga, nem os teus passageiros? Se calhar tens de esperar que eles recuperem a mobilidade...

Sobrinha Diana, claro que faço apostas, mas apenas quando sei que as vou ganhar. Beijocas! E por me chamares de batoteiro, acho que não levas prenda no Natal...

Rafeiro Perfumado disse...

Narnia, essa desculpa quase que me convenceu! ;)

Prima Ursa, agora conhecida por Ana Maggie, e se o gaijo parar, bem merecia umas palmadinhas nas costas, ou não? Beijocas!

Teresa, acho que as pessoas no fundo ainda consideram o médico como um ser superior, ao qual se fazem ofertas, para garantir as suas boas graças. Só não lhe sacrificam um cordeiro porque não calha e na sala de espera não há nenhum altar! Beijo!

Tiago, eu já fiz algumas, mas por enquanto, as viagens “palmadas” estão em grande vantagem! Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

Teresa, o maior cagaço que tive num avião foi quando o avião se preparava para aterrar no meio de um temporal e o piloto anunciou que para descontrair ia colocar música. Só que a música era o Requiem de Mozart! Quando aterrou, lá se bateram as palmas, mas a minha vontade era de bater no palhaço! Beijo! Quanto ao almoço, é só uma questão de combinarmos!

Wednesday, exactamente, não acredito que o piloto seja tão altruísta que pense primeiro nos passageiros e só depois nele. Só não concordo que seja um hábito em desuso, pelo menos quando eu ando, e nem sempre é por causa de apostas!

Laura, era um pedido tão simples! Ainda estive para pedir um poema sobre a complexidade da comercialização de milho transgénico e a sua influência no consumo de papel higiénico de folha dupla, mas optei pelo outro. Beijo!

Blayer, se andares num táxi no IC 19 e chegares inteiro, até beijocas lhe dás!

Um Momento, um grande beijo e igualmente grande FDS para ti! Essa do beijo bem em mim... ;)

Rafeiro Perfumado disse...

Just Me, não, esta semana levas apenas um beijo repenicado... ;)

Sexy Hot, coitaditos, atão querem que os rapazes tenham as mesmas obrigações dos comuns mortais, é claro que têm de partir para a greve!

Ternura, temos de pensar o seguinte, se não fosse normal o avião aterrar num aeroporto, aí tudo bem, seria motivo para palmas. Olha, como aquele caso dum piloto que teve de largar todo o combustível e planou o avião até ao aeroporto. A esse até eu lhe batia palmas, e até mesmo um abraço! Beijo!

Menina do Rio, são uma cambada de mariquinhas. Está bem que o nosso lugar natural não é lá em cima, mas também não custa assim tanto! Beijinho!

Maybe a day u know, amigas da minha prima ursa são minhas amigas. Um grande RAUF para ti!

Casemiro dos Plásticos disse...

pois realmente isso das palmas é uma grande mariquice enfim... parvos!
abraço e continuação de boa vida e disposição!

Nanny disse...

eheheheh

Eu já sabia que tinhas batido as palmas 1º... tenho um dedo que adivinha, sei lá!

À dias no 26, aliás 726, bem me apeteceu foi atirar uns ovos podres ao motorista... nem faltou chiar os pneus nas curvas... eu devia era ter jantado antes e aproveitar para lhe vomitar em cima... irra!

Beijocas, cachorro

AEnima disse...

Rafeiro,


Bater palmas 'a aterragem e' um habito muito portugues, que admito que acho de uma ternura incrivel... um "obrigado" por nos levar a salvo ao destino. Ja ha muito tempo nao viajo na tap, e ate tenho saudades das palminhas.

Quanto 'a coerencia, verdade que nao ha palmas aos motoristas de autocarros, mas ate se cantam ladainhas aos motoristas das camionetas em viagens turisticas, para ele nao adormecer: "Sr chofer por favor... nao sei que nao sei que mais acelerador!" Isto sim, consegue ser do maior possidonismo... mas e dai que e' ternurento tambem.

Eu devo dar aqui muito achagada de humanitarismo, recentecemente. Dizem que quando da nos caes, mata.

AEnima disse...

Ah... e ja agora tb te digo que e' habito internacional (US, Inglaterra, Alemanha - so para nomear assim alguns sitios onde la estive temporadas largas), e' frequente dizer-se "obrigado" ao motorista do autocarro antes de se descer, e muitas vezes ate Ola ao entrar.

kalua disse...

da forma como contas as coisas... olha que chegar ao fim da viagem ileso é sem dúvida uma grande feito!!! há que agradecer o facto dos passageiros continuarem vivos!!! lol
mas agora a sério, a boa educação também não fica mal a ninguém...
bjs

Dragonfly disse...

Beijinhos :) e que os vôos acabem sempre em festa! Pelo menos isso...

Skynet disse...

Realmente há gente com mau perder lol

Laura disse...

Vim apenas desejar-te um domingo muito feliz com a mãe pai e sobrinhos tias e primos e amigos e por ai fora..precisas mesmo de uma casa tipo olha Açoreana..para caber lá tudo e todos..
Eu queria dar-te um poema, ams nãos ei do que ão ão gosta..és de uma complexidade transgénica ehhhhhhhhhh...

Margarita de Limão disse...

Isso é porque nunca apanhaste um "cagaço" (desculpa a expressão) numa viagem, de tal forma que vês toda a tua vida a passar diante dos teus olhos. Logo, eu aplaudo.

Nada se perde disse...

ha sempre alguem a fazer anos..lol
e la se bate palmas ao aniversariante, nao é ao piloto..lol..so não ha bolo de aniversario :P lol
e ja agora se todos batessemos palmas ao blog?? ao ao post..merece..

clap..clap..clap..
fiquem bem

Teresa disse...

Lembro-me perfeitamente dessa história, contaste-ma num post da Gota justamente sobre o Requiem de Mozart.
Lancei-te um repto nos cometários ao post de ontem. Cheira-me que deste és capaz de gostar, tu me dirás...

Grande beijo. Quanto ao almoço... que tal esta semana... é questão de combinarmos...

Beijo grande.

inês disse...

sabes que mais? bato palmas ou castanholas, o que eu não dava para sentir uma dessas ( de avião, que o português é uma lingua muito traiçoeira) aterragens!
boa semana, experimeta entrar com o pé esquerdo, já que o direito, só te tem dado trabalho!

um beijo amigo

Afrika disse...

Mister eu ca estou com a Aenima 100%!
Mas ja agora tu nunca aterraste no aeroporto da Madeira pois não? ahhhh pois bem que o cestinho ate dava jeito!
Beijocas

Metamorfose disse...

ah ah ah ah, boa essa das palmas, eu cá quando viajo e lá tenho de andar de avião algumas vezes, nem penso em palmas, só me quero sentir no chão novamente...gosto pouco de andar nas núves. Excelente humor.

Beijocas.

Paulo Sempre disse...

Quando fui tropa (Pará-quedista) ninguém batia palmas....
Apostas havia muitas mas...alguns tinha, de facto, mau perder...
Outros tempos...
Abraço
Paulo

Satine disse...

Vá, tas co bloquinho de notas na mão? Borracha e lapizeira, all set? GO! se te referes ao wally, lets pretend im wally... Where am i?? consegues ver-me nas tuas respostas? ... ok, aposto q tas a desenhar uma gaja nua... RUA!! Trocando por miudos, é tanto comentario e tanta resposta q perco-me, até me doi a testa de frisar tanto tempo cos olhos bem abertos... Se rasurares com duas linhas vermelhas podemos brincar ao wally...
ou pera ai... foi a do yellowcoptero que tu não entendeste???? lol brincadeirinha. Fica bem

Silvia F. disse...

Hahahahaha!! Só falta o piloto tipo padre dizer "aterramos! saudai-vos na paz do Senhor" e o pessoal abraçar-se comovido ;)))
Beijo rafeiro!!

Just Me... disse...

Não mereço palmas não sr. a não ser que quando se fique pelo caminho haja prémio lol!!!

bjs**

ps: uma boa semana para ti

HM disse...

Aheee?!!!!

Se percebi? Nadaaaaa!!!!
O que n�o percebi? Tudo!!!!!!
lolololololololol, ;))))))

Tamb�m sinto no ar qualquer coisa...., bah, pela hora � a vizinha do 5C a adiantar a dobrada pro almo�o.

Um duelo?!?! Adorooooo, duelos, trielos n�o aprecio muito.
Ora benhe, pensando nas armas....depois digo, pode ser?

Notas finais:
Falo sempre ironicamente a s�rio, eheheh.
N�o respondas a este, homi, inda tens alguma correspond�ncia atrasada.....

E se pensas que estou a falar a s�rio....................................................................................................


fazes bem. Toueeeee!!!! lolololol

Beijossssssss rafeirosos

HM

Estrellinha disse...

Olha o que eu sei é que cada vez que ando de autocarro tenho vontade de agredir o motorista por não ligar o ar condicionado.
Não sei se os motoristas e demais funcionários da Carris são adeptos da Sauna, pois eu cá não sou concerteza.

Bjos

zé (do beco) disse...

As palmas mais ridículas que eu já vi, foram em funerais de figuras públicas. Desde o funeral da Amália que a moda parece ter pegado. Também estou à espera que um dia o morto se levante e comece a agradecer os aplausos. Nestes casos até vai haver flores com fartura eheheh.

Mr.M disse...

5 estrelas;)

Vanadis disse...

Ah rafeiro, mea culpa pela falta de neurónios...
Quanto ao meu gaijo, mais sustos apanho eu qd vai ele ao volante!!

Bernardo Banana disse...

Sim, realmente nunca percebi bem essa mania. Até porque muitas das vezes o avião apesar de já ter tocado com as rodas no chão, ainda está em andamento quando alguém solta umas palmas antecipadas.

Ora, quem é que me garante que já nada irá acontecer? O avião ainda não está parado!! O facto de já se baterem palmas não significa que tudo já passou.

Laura disse...

Nino, o papel higiénico transgénico é feito de folha que protege as espigas, basta alisar na maquineta e está pronto a funcionar ecológicamente. poupa-se em tudo.

Rafeiro Perfumado disse...

Casemiro dos Plásticos, eu não lhe chamaria mariquice, olha que há uns quantos machos peludos que se fartam de bater palmas! Abraço!

Nanny, tinhas era de acertar na curva para o lado certo para lhe mandares o jacto certeiramente. Mas depois imagina a chiadeira de pneus que não seria... Beijocas, gata!

AEnima, obrigado e adeus não digo, mas o belo do “Bom Dia”, isso os meus paizinhos sempre me ensinaram a dizer. Resposta de volta é que raramente levo... ;)

Kalua, um grande feito? Proeza é conseguir andar de táxi na 2ª circular sem ter um ataque cardoso! Beijos!

Rafeiro Perfumado disse...

DragonFly, em festa é optativo, terminar, ai isso terminam sempre! ;) Beijocas!

Skynet, o gaijo é uma besta, pá, não fosse ser do Benfica e já lhe tinha dado sumiço!

Laurinha, não gastes a tua veia poética comigo.
Sou um rafeiro que lhe custa captar
a beleza das palavras ditas em verso
prefiro avacalhar,
sou um grande perverso.
Beijo!

Margarita de Limão, acredita que já apanhei alguns, daqueles de desejar ter fralda. Simplesmente ao aterrar a minha preocupação foi dar à sola, não às palmas!

Rafeiro Perfumado disse...

Nada se perde, ainda bem que não é o piloto que faz anos, era da maneira que em dois meses de viagens o gaijo dizia logo que já não tinha idade para continuar a pilotar. Um grande RAUF para ti!

Teresa, também achava que te tinha contado, ainda bem, é prova que não inventei a história! Quanto ao teu repto, será respondido, sem dúvida! Beijoca!

Inês, a cena do pé não funcionou... Beijo!

Afrika, já aterrei, e não achei nada de mais. Experimenta aterrar no de S. Jorge, com vento. Até uivas! Beijocas!

Rafeiro Perfumado disse...

Metamorfose, só que há pessoas que entre a descolagem e a aterragem consideram estar nas mãos de algum ser divino. Qualquer dia fazem-lhe um sacrifício, ou parecido. Beijocas!

Paulo Sempre, mas tinhas a vantagem que se não estivesses a gostar da viagem podias simplesmente pirar-te a meio... Abraço!

Satine, ok, a luz começa a iluminar o meu pobre espírito. Queres um conselho, que é o que eu faço? CTRL + F, com o teu nome. Desde que eu não invente na resposta, encontras o que queres num segundo! Quem é amigo, quem é?

Sílvia F., benzerem-se já muita gente, e aposto que em algumas viagens há muita malta que redescobre a religião. Beijo, maníaca das mudanças!

Rafeiro Perfumado disse...

Just Me, nesse caso, vais ter de te contentar mesmo só com o beijinho... ;)

HM, responder vou continuar a fazê-lo, e agora bem mais satisfeito, uma vez que nos entendemos. Quanto às armas, o que achas de almofadas? ;) Beijocas!

Estrellinha, é sinal que os motoristas são todos defensores da camada de ozono. Ou isso ou querem ver os passageiros a despirem-se! Beijos!

Zé do Beco, uma vez que a Amália foi alguém que viveu para as palmas, não me choca tanto. Ou então foi alguém que ficou contente de a ver partir! Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

Mr. M, obrigadinho! Abraço e boa sorte para a tua orelha esquerda!

Vanadis, por esta passa, pá, mas tive eu um trabalhão do caraças a imitar uma boca com canela e fazes-me uma desfeita dessas! ;)

Bernardo Banana, pior é a malta que solta logo o cinto e começa a tirar as malas das bagageiras. Esses era travar a fundo para baterem com a cornadura no chão! Abraço!

Laura, as coisas que tu me ensinas. E eu a pensar que era simplesmente milho mutante, que ao fazer pipocas em vez de “pop-pop” fazia “pum-pum”! ;)

Betty Coltrane disse...

hahahahahahha!!!!!

Muito bem apanhado, como sempre.... ;P

Teresa disse...

Repito o desafio, vê o meu últio post, mesmo à tua medida...

Um Momento disse...

E aqui estou eu a desejar-te um lindo dia aplaudindo... opssss...soprando um beijo sorridente...em ti:o))))

(*)

Insert Name Here disse...

Xiça, há gente que não precisa de comentários lol

Eu cá acho que pronto, a questão é mesmo que, num autocarro, se se espetar, normalmente sobrevive alguém, e a queda não é assim muito dura. No metro, as coisas são quase automáticas (penso eu.). Num Taxi ainda acho que se devia bater palmas, aquela gente é louca. Mas um avião é uma panela de gente a voar alto demais para alguém alguma vez pensar "bem, se acontecer alguma coisa, eu safo-me". Acho que vale a pena bater palmas a qualquer pessoa que faça bem o seu trabalho. Também dou gorgetas num restaurante se a comida está boa ou se o serviço é bom. Se pudesse bater palmas em vez disso, fa-lo-ia, porque sempre me poupava uns tostões :P

E às tantas, será que não ficam mais satisfeitos com um aplauso sincero do que com uns centimos a mais?

Sub-Lodo disse...

Se eu chegar um dia à rua e não encontrar um papelito que seja à porta de casa, devo efectuar um requerimento à Câmara Municipal com um aplauso "cum laude" para o varredor responsável? Estou triste. Quero aplaudir o Paulo Bento no final da época :(

Sara disse...

Boa, boa! Tu ficavas com a Kate e eu ficava com o Sawyer. XD

Sara disse...

Boa, boa! Tu ficavas com a Kate e eu ficava com o Sawyer. XD

inês disse...

lá ando eu andiantada! e um pontapé? ou começar a fazer aviões de papel?

Marrie disse...

Rauf, Rauffffffffffff

Tenho uma coisinha nos meus "segredos"........... quero vê agora o q vais dizer! Cuidado, hein! Olha a língua. rsrsrs

bjs poéticos

carla granja disse...

sabes! eu sempre tive horror a aviao e só consegui entrar no aviao parealizar a minha viagem de sonho k era ir a roma ,mas nem me apercebi k pa ir a roma e voltar tinha k entrar em varios avioes :) mas sabes! amei ,adorei e uma das aterragens fantasticas k o piloto fez foi de lisboa a faro nem se sentiu nada ,mas ninguém apladiu,mas foi de um profissionalismo k nem te conto. kuando aterrei em roma se sentiu bem,mas de lisboa a faro nada .
agora já nao tenho medo ,mas tens razao em tudo o k dizes
bjsssssssssssssss
carla granja

Ana Luar disse...

Sinceramente acho ´que as palmas apenas querem dizer: Bom trabalho! Tal como quando um construtor acaba uma casa, ou quando um escritor acaba um livro ou até mesmo quando um bebé nasce.
Se virmos bem todos eles fazem um excelente trabalho e são pagos para tal... o que não significa que não mereçam ser acarinhados pelo que fazem.
De qualquer forma eu acho que as pessoas batem palmas pk chegaram sãs e salvas ao local de chegada... é o tal medo de voar. Medo que tb eu tenho. :) e nem sequer me interessa que seja o meio de transporte mais seguro... tenho medo e pronto.

Patrícia disse...

olá olá

Eu diria que o pessoal de bordo não deve achar piada a que batam palmas de pé... é perigoso qb tirar o cinto antes do avião parar definitivamente....
qto a mim, já apanhei mais sustos de autocarro que de avião.... e os pilotos/comandantes são bastante mais competentes que qualquer condutor manhoso que por aí anda...
Nos aviões, só não acho piada a quem batam palmas porque nessa altura, porque geralmente ainda estou a dormir... :)

por isso voto a que se passe a bater palminhas aos condutores dos taxis lisboetas. isto qdo eles conseguem parar antes de se enfeixar no carro da frente...

have fun

Intimo Misterio disse...

ahaha admite que insentivaste as palmas :p

No fugaz e eterno momento
da consumação de nosso amor
gritam gargantas no gozo do prazer
da quase dor desse explodir...

Desejo de um bom feriado...

www.intimomisterio.blogs.sapo.pt

GK disse...

Um beijo "pa" ti!!! ;)

São disse...

Até que enfim, cheguei ao espaço de Comentário...
Na minha modestíssima opinião(que ninguém pediu), as palmas significam puro alívio de estarem , finalmente, com os pés no chão, isto é, quase no chão.
Mas pessoalmente nunca ouvi ovações.
Saudações!

DarkMorgana disse...

É ridículo, mas é de alívio!!!
Quanto mais longa ou mais instável for a viagem mais palmas se batem!
E com uma viagem cheia de poços de ar, até as solas dos pés se batem!

E é claro...que há sempre um maluco que começa!

beijos

Laura disse...

Essa dos barulhos já não sei, mas tanto faz, ehhh papel transgénico, a ver se vêm cá rasgar isto tudo quando souberem que somos transgénicos..
Ai não entendes poesia? só queres avacalhar frases? bem, para isso és rafeiro...

Rafeiro Perfumado disse...

Betty Coltrane, eu gostava era de apanhar os batedores de palmas... ;)

Teresa, será respondido, está prometido. Aliás, acho que nos comentários já dei uma boa ideia de como vai ser! Beijo!

Um Momento, acho bem, porque palmas aqui só o autor tem direito a bater, e só quando há alguma aposta envolvida! Beijo!

Insert Name Here (belo nick), olha que essa ideia de bater palmas no restaurante, chega a roçar o brilhantismo. Claro que nunca mais lá podias voltar, mas que era giro ver a cara deles, lá isso era!

Rafeiro Perfumado disse...

Sub Lodo, cheira-me que qualquer dos teus dois pedidos é assim a modos que impossível. A não ser que o Paulo Bento e o varredor troquem de funções, claro!

Sara, combinado! Se bem que a loirinha que teve o “ranhoso” também não é de se deitar fora...

Inês, ainda não te adaptaste à mudança da hora, estou a ver...

Marrie, quando vou ao teu cantinho tenho sempre cuidado com a língua e não só! ;) RAUFS poéticos, seja lá o que isso for!

Rafeiro Perfumado disse...

Carla Granja, a única coisa estranha é chamares “profissionalismo” ao facto do piloto fazer aquilo para que é pago. Eu chamava-lhe antes competência, mas pronto, são pontos de vista! Beijos!

Ana Luar, ponho-me logo a imaginar o nascimento do bebé, todos a começarem a bater palmas. “Se todos estamos a bater palmas, quem está a segurar o bebé?!? BONC!”. Humor negro, eu sei...

Patrícia, olá, olá para ti também! Subscrevo o teu pedido de palmas para os taxistas, lisboetas e não só (para não nos acusarem de centralismo). Mas se colocas como condição o não enfaixar no carro da frente, raramente vais fazer o gosto às mãos... Beijos!

Íntimo Mistério, claro que admito, mas nunca foi dito que não o poderia fazer! Beijoca!

Rafeiro Perfumado disse...

GK, assim está bem... era o que mais faltava, vir aqui mandar beijocas a outros e eu ficar sem nada! ;)

São, nunca ouviste ovações porque ainda não viajaste num avião onde houvesse um rafeiro a incentivá-las... Um grande RAUF para ti!

Dark Morgana, gostei da maneira subtil como me chamaste maluco... ;) Beijo!

Laura, estás mais que correcta. Rafeiro e daqueles reles, que só se sentem bem a meter o dente em texto alheio e estraçalhar tudo. Mas com respeitinho! ;)

Mulheka disse...

É verdade! É verdade sim senhora!
A primeiro vez que andei de avião, tinha 16 anos e fui sozinha. Quantdo aterrámos começou tudo a bater palmas e eu, feita para a olhar p pessoal com cara de "Que se passa?" mas pronto, lá comecei também a juntar as minhas maos pausadamente... mas sempre com cara de parva por não saber o porquê de tar a bater palmas.

cris disse...

batoteirooooooooooo!
Havia um padre lá na freguesia que depois da celebração do domingo, quando havia baptizados batia palmas. Ainda não havia a cena da onda...
agradecer ao motorista do autocarro e do metro está bem visto sim... malta que é maltratada todo o dia e sem a qual metade do país pararia. metade...metade... não mas pronto, estava lançada a escrever.
Sabes o que ouvi ontem? Que a malta, tuga, clar, ultimamente se exalta e casca nas pessoas que trabalham em caixa de hipermercado... acho que os ânimos vão mudar e de aplausos, passaremos a murros não tarda.

beijocas

Kitty disse...

Só ouvi bater palmas uma vez. Mas com aquele exagero de turbulência, até eu bati umas discretas palminhas (se bem que no fundo me apetecia era gritar de alegria e dizer ao mundo que estava viva). Bolas nunca tinha visto tal coisa assim. :-D

zekarlos disse...

Eu uma vez entrei no metro sem pagar e o sr. guarda tb bateu as palmas... na minha cara!!!
(Concordo, deve ser mesmo um vício português!)

C Valente disse...

Tambem se pode pensar, que o bater palmas será para os proprios, para aliviar o stress, descontrair os musculos, mesmo que assim não seja não vem mal ao mundo, e ficamos aliviados " desta jáme safei"
Saudações amigas

Arcanjo disse...

Por onde andas béu-béu que nem te vejo lá minha casita...
Pelo menos a gatita é mais minha amiga ;-)

Beijocas***

Rafeiro Perfumado disse...

Mulheka, só que o people agora não tem cara de parvo, tem cara de feliz... bom, com um sorriso parvo, é certo!

Cris, como é possível? Quer dizer, há umas muito nhó-nhós, mas como eu só escolho as gir... as competentes, safo-me sempre!

Kitty, foram discretas, foram, aposto que até te penduraste nas bagageiras a gritar "I'm alive!!!"

Rafeiro Perfumado disse...

Zecarlos, mas nesse caso, até foram bem empregues, pá. É que a mim custa-me a pagar a porra do passe...

C Valente, essa explicação é demasiado lógica, continuo a preferir chamá-los de bimbos! Abraço!

Arcanjo, minha cara, qualquer dia nem consegues entrar na tua casota, tanto pêlo que eu lá largo! Beijos!

Rute disse...

Eu nunca bato palmas aos pilotos. Acho uma coisa completamente parva.

Da 1ª vez que andei de avião, ia sozinha e não percebi o que se estava a passar, tinha adormecido. Desmanchei-me a rir quando despertei de vez. As hospedeiras não acharam muita piada. Mas olha, azarote!

Rute disse...

Eu nunca bato palmas aos pilotos. Acho uma coisa completamente parva.

Da 1ª vez que andei de avião, ia sozinha e não percebi o que se estava a passar, tinha adormecido. Desmanchei-me a rir quando despertei de vez. As hospedeiras não acharam muita piada. Mas olha, azarote!

«O mais antigo ‹Mais antiga   1 – 200 de 204   Mais recente› Mais recente»