Cuidado com o Rafeiro! Não é que morda, mas podes pisá-lo sem querer...

quarta-feira, 25 de junho de 2008

Silêncio, por favor, que eu não falo “elevadorês”!

Haverá idioma oficial para falar nos elevadores?

Texto tão brilhante que teve de ser removido para um local mais seguro, mais precisamente o livro Agarrem-me ou dou cabo desses palhacitos!

166 comentários:

*Joana* disse...

É justamente por isso que moro num prédio sem elevador :S

*Joana* disse...

YUPIII. Pela 2ª vez consecutiva fui a 1ª a comentar! Haja pontaria pa vir aki sp na hora certa :p

RiC_aRd0_ disse...

Eh lá, hoje sou dos primeiros :D

Ora, como (felizmente) vivo no primeiro de quatro andares do meu prédio, não sinto a necessidade de utilizar esse cubículo muitas vezes. Aliás, só na faculdade é que ando de elevador. Mas o que mais me chateia neste acto (sem contar com as situações em que ele pára, obrigando as pessoas a passar lá a tarde) não é as conversas sobre o tempo, é mesmo aquele silêncio desconfortável quando não há nada a dizer.

Mas nesse caso particular, agradeço ao shôr Nuno Markl por ter popularizado os míticos DESBLOQUEADORES DE CONVERSA! Infelizmente ou não, neste momento não me lembro de nenhum...

Ah, já sei! "Sabia que nenhum ser humano consegue lamber o seu próprio cotovelo...?"

Quer dizer, agora que penso melhor, este é capaz de não ser boa ideia, nesta altura do ano, pois é provável que se assista ao deprimente momento de assistir a um vizinho a tentar, de forma ineficaz, a proeza...

RAUF!

mundo azul disse...

...ahahahaha!!! Muito bom!
Não tenho muito conhecimento do assunto, pois nunca morei em apartamento...
Beijos de luz e muita alegria no seu coração!!!

Teté disse...

Tive um vizinho assim: nem deixava ninguém entrar no mesmo elevador. Tinha desculpa, que era velhote e resmungão, a malta até ficava aliviada... :)

Mas a mim nunca me fazem essas conversas da selecção ou do Benfica. Talvez porque tirando um bom dia ou boa tarde, não costumo manter conversas com a vizinhança. Muito esporadicamente um desabafo de "que caloraça!", um sorriso e fim de papo!

Mas acho que fazes bem em começar a subir e a descer pela corda da varanda - sabe-se lá se não lanças moda - até para os teus vizinhos continuarem a apreciar a tua elegância... :D

RAUF, RAUF!

Rosi Gouvea disse...

Eu sonho com um poema
Cujas palavras sumarentas escorram
Como a polpa de um fruto maduro em tua boca,
Um poema que te mate de amor
Antes mesmo que tu saibas o misterioso sentido:
Basta provares o seu gosto...
.
.
Mario Quintana
.
.
Estava com saudade desse pedacinho de nuvem...
.
.
Beijos doces
.
.

Catwoman disse...

Pensava que por estas alturas o elevadorês já tivesse evoluido da metereologia para as subidas da euribor e o preço dos combustiveis... Pois, se calhar já é demais... Mas vê bem... quando a tua jove estiver com aquelas duvidas complicadas de resolver sobre o que vestir de manhã porque este verão nem faz calor, nem faz sol, nem chove, nem nada, podes sempre ir a correr até ao elevador e perguntar a um vizinho os prognosticos para o dia. Com sorte, ainda te responde que prognosticos só no fim do jogo. lol

Sorrisos em Alta disse...

A esta hora, já deves ter alguns, nos vários patamares ou à janela, a dizer coisas do género: "está aí o verão, hein? mesmo bom para subir as escadas a pé" ou ""Então e o cebola sempre vai para o Porto? Oh, vizinho, cuidado onde po~e o pé, ainda me suja a roupa que acabei de estender!!!!"

Canephora disse...

Ainda bem que o meu prédio não tem elevador...
mas olha que se te apanham na escada, é ainda pior, mas pelo menos o exercício deixa-te mais elegante (ups! lá está um "gaijo" a fazer comentários melindrosos).
Mas voltando aos "ascenssores"... essa de pular feito louco para ver se desce mais rápido... não aconselho. Costuma bloquear. Depois é que são elas. Até se encontrar o administrador que trás a chave para desbloquear, aí sim vais ter mesmo de arranjar conversa de circunstância... a não ser que tenha acontecido com a "jove"... aí...

Diabba disse...

Solarengas é?? hihihihihi
(tenho cá pra mim que vais ser fustigado com um chicote de couro com bolas de metal na ponta. hehehehe)

beijo d'enxofre

Lyra disse...

A influência do asfalto na cultura de espargos na Zâmbia...imagino q o asfalto condicione tal cultura, lol. :P
Pinguins e caracóis... sabes q mais Rafeirito? Esquece os pinguins, esquece os elevadores, junta umas imperiais aos caracóis e aproveita o bom tempo ;)
Bjos e festinhas :)*

Sandra disse...

:))

inda benhe q num sou tua bizinha senaum colocaba te um processo por difamação em cima :)

Pensei sériamente em meter um elevador na minha casa, mas óspois mui pensamentos axei kera mihor naum, afinal seriamos os unicos utilizadores do mesmo :))

besuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuus

nb - "Façam-me lá um favor, carreguem na porra do andar para onde querem ir (de preferência depois do meu) e PEXIU!" - ólha lá, se sairem óspois do teu terás sempre companhia pah, sabes longoooooooooooooooo, tu tensé medo de o subir alone. (pudera um elevador sem rebisão há 4 anos...bai lá bai)

Afrodite disse...

E...a problematica dos "gases" que soltam nos elevadores??? Uiiii...prefiro que falem pela boca que pelo rabo :).

Abreijos

Ignota disse...

Parece-me que os meus vizinhos serão extremamente mais anti-sociais que esses a que te referes... Eu subo os quatro andares de elevador, muitas vezes com os vizinhos do mesmo andar, e somos capazes de ir todos constrangedoramente silenciosos... Ou então, falam das férias, ou de ser época de exames, ou... também falam do calor, sim, mas não é regra! Acho que acontece mais vezes mesmo é passar do "Boa tarde" quando entramos todos e "Com licença" quando fechamos a porta de casa.

Muda de prédio... Sim?

Rita disse...

Realmente não há nada mais "parvo" que inventar o que dizer no elevador. Porque não vão caladinhos a olhar para o espelho? sempre dá para verem se estão bem aprumados ou não. Melhor melhor é trabalhar mesmo no piso térreo, eu aqui não tenho sorte, estaciono no -3 e depois tenho uma longa caminhada até ao 3º...
Festas

mjf disse...

Olá!
Eu vivo há 12 anos no mesmo prédio...tenho conhecidos com quem faço conversa interessante...outros...pronto, lá vêm os tais silêncios constrangedores...;=)
Fala baratos..não tenho!!!!

Beijocas

Cláudia disse...

Eu gosto de ir de escadas, mas confesso que adoro as conversas que se fazem no elevador!
Uma pessoa ri depois de sair :))
E quando sao as velhas?
Ou os pintas com a mania que sabem tudo???

Lindo!

Salto-Alto disse...

Ok, é a primeira vez que reflicto no assunto e que vejo o lado positivo de não ter elevador no meu prédio... Só de imaginar a conversa que teria com as velhotitas que proliferam o meu prédio (porque vão visitar outra velhotitas) - MEDO!

Este teu blog é só verdades absolutas (adoro adoro adoro e tou viciada)! ;p

Beijocas!!!

Cadinho RoCo disse...

Mas pior do que o puxar assuntos incovenientes nos elevadores é deparar com isso ao subir as escadas. Com o fôlego em desafio surge alguém para perguntar se vai bem, ou a questionar sobre a possibilidade de usar o elevador. Aí, a salvação será mesmo a corda na varanda.
Cadinho RoCo

Sun Iou Miou disse...

Sim, já reparei que é apenas nos filmes que acontecem coisas realmente interessantes nos elevadores. Na vida real é só conversa.

Stuckinha disse...

Tás a ver as vantagens de ter filhos, normalmente ando sempre com a pirralha para baixo e para cima e então sempre que apanho alguém no elevador preferem meter-se com ela do que entrar numa conversa de elevadorês sobre o tempo

Andreia do Flautim disse...

Essa língua para alem de ser elevadorês, também é Taxiês!

Francisco Castelo Branco disse...

Nao tem nada a ver com o post, mas nao me importava de viver no mundo dos canídeos

ou pelos menos conhecê-los

Bichodeconta disse...

Valeu passar por aqui, há sempre algo inteligente e com humor, duas coisas que escasseiam no nosso meio.. Essas conversas de circunstancia, nos elevadores e não só, todas as conhecemos, e claro como bom rafeiro é bom que imponhas ai o respeitinho.. Um abraço, ell

Parisiense disse...

Por isso é que eu não tenho elevador na m/casa.....não fosse ter que me cruzar com os tres homens que lá vivem e ainda os ter que aturar no elevador!!!!!
Irra!!!!!Já me basta aturá-los em casa....hihihihih

E já agora simples curiosidade minha " Que tempo vai fazer amanhã?" e " qual vai ser o n/plantel do benfica?"

Beijokitas grandes

jasmimdomeuquintal disse...

moro no r/c; que bom!. Mas já murei num 4º andar de um prédio cheio de "tias"; uffa!

Vício disse...

Num hotel caro em Lisboa, uma velhota com os seus 80 anos vai a descer no elevador e no 7º andar entra uma rapariga dos seus 23/24 anos de idade que cheirava a um perfume especial e caro, volta-se para a velhota, abana a blusa e diz, petulante:
- Giorgio Armani, dez contos por grama...
Quando o elevador pára no 5º andar, entra outra rapariga com cerca de 25 anos de idade, também a cheirar a perfume raro e caro, vira-se para a velhota e diz:
- Safari, 21 contos a grama...
O elevador para no 2º andar, a velhota prepara-se para sair do elevador, dá um valente peido, sacode a saia para arejar, volta-se para as petizes e diz:
- Feijão encarnado de conserva "COMPAL", 1 euro a lata... Esta semana, no Pingo Doce...


é uma sugestão!

PsYcHo_MiNd disse...

Tens uma vizinhança muito estranha é o que é ou será mesmo de ti que o pessoal tem tanto respeitinho que nem pensa em falar contigo ou nem saber o que dizer :)
Sorte a minha de não ter que ter essas conversas de circunstancia.

Miriamdomar disse...

Oh rafeiro!Se tu soubesses, como eu adoro, o elevadorês meteorológico!
Nem te queixavas! Sempre preferi esse dialecto, ao da conversa de chacha ,fofoquices ou perguntas (tipo tirar nabos do púcaro)"Então já vieram de férias...?"!
Geralmente ,ao sair de casa ,tento ter o elevador só pra mim! Para puxar as meias p/a cima, ajeitar a blusa , pintar os lábios,etc, etc.;)
Beijos de bom tempo

sílvia disse...

Há pessoas que são mesmo picuinhas e arreliadoras…tudo as incomoda!!

Sinceramente Rafeiro!
Não gostas do Saramago, evacuas no acordo ortográfico, implicas com as pessoas que lêem o teu jornal no metro (cumulo da picuinhice, principalmente porque é algo que eu faço)..agora são as pessoas no elevador. Ficas a saber o estado da meteorologia e do país num curto espaço de tempo e ainda reclamas?

Continua assim continua..quando chegares a velho ou na altura da menopausa e ninguém te atura.
Qualquer dia estás a implicar porque a tua jove compra a marca de pão errada ou espeta com a reciclagem tão bem lavadinha no contentor de lixo normal!

Beijinhos da Sílvia (further known as carvoeirita..o que é?????se o Prince pode porque é que eu não posso???)

LeniB disse...

Benditas sejam as escada do meu prédio, hoje e para sempre, Ámen!
Não tenho que me preocupar com despesas de manutenção, além de poupar dinheiro nos ginásios. Quando estou com mais pressa recorro ao corrimão...pena que seja só nas descidas!!

piggy disse...

Pá proxima nem bom dia te digo!!
Que mau feitio miúdo! pôssas...
Vá la uma pessoa tentar ser simpática com o perrito.
Desce pla corda, sim...
Se te escarrapachares cá em baixo com 3 ou as 4 patitas magoadas vais a ver quem te acode, ó bicho comichozo!!!

bj

Peter of Pan disse...

Quando uma coisa é má (a conversa de elevador) eu penso sempre que poderia ser pior (testemunhas de Jeová dos elevadores). Que venham os comentários sobre o tempo ou sobre o futebol!

Francis disse...

eu conhecia a música de elevador...a conversa de elevador não faço ideia.

Dualidades disse...

É nestas alturas que dava jeito um gajo ter fobia de andar de elevador.

Até os podia ir coçando pelas escadas!

Dualidades JP

Atlantys disse...

Mas tu hoje mandas calar toda a gente??? Ai o catano =P

PS: Elevadorês é du best =D***

A Grafonola disse...

LOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL,de mim não levavas mais que um "para que andar? e boa tarde com licença". Isto se tiver o azar de ir acompanhada no elevador, porque geralmente tento evitar esses encontros imediatos, precisamente por não saber falar elevadorês.
Juro que já cheguei a ficar no carro meia hora só para não ter de subir com a dona noémia, a tal velhota simpática mas muito faladora...é que aí acho que ficava doutorada em Línguas Elevadoresas...
Mas, e que fixação é essa com os espargos,páh!

Casemiro dos Plásticos disse...

os bloquadores de conversa dão sempre jeito...
abraço e boa semana.

Elefante das Neves disse...

É sobre o tempo e sobre a saúde, do próprio, dos descendentes, dos ascendentes, dos animais de estimação...

Bongop disse...

O meu prédio não tem ninguem a falar elevadorez, visto não ter território propicio a essa linguagem! LooL

nile santos disse...

Olá amiga.São muitos os inconvenientes nos elevadores e em horas importunas.O pior é que parecem que querem aparecer comentanto tudo que não deve.Que chatice. Cansei dessas baboseiras todas e agora mora em uma casa.bjtos.nile.

Rocket disse...

um dente de alho não afasta só vampiros...

foryou disse...

É assim mesmo oh mal humorado: vai pela escada que só te faz bem, a ver se abates essas banhas!!!!!

Viajante disse...

Olá!
Até que enfim, já tinha saudades de vir à tua casota, ou melhor, ao teu elevador, saber como vai o tempo :))
Partilho do teu repúdio, conversa de ocasião no elevador é uma chatice. Sou partidário do "bom dia", "boa tarde" e "boa noite", eventualmente mais alguma coisa se Deus nosso senhor for generoso e vamos à vida...

Abraço!
Ci sentiamo doppo Roma ;)

fotógrafa disse...

Como sempre adorei ler as tuas histórias..obrigada pela visitinha
abraço

cris disse...

Sou claustrofóbica, odeio elevadores, particularmente. Quanto ao plantel do benfica eheheheheheh não deve haver é muita conversa. :)

Muda-te, prédio, Lisboa e elevador... hum!!!! Faz mal à saúde!

beijoca e boa quinta

Queruby disse...

Ainda não e desta que tenho o prazer de te conhecer :(
Quem sabe não nos conhecemos no elevador mais proximo lol

Beijufas de Luz!!

GK disse...

Tens várias hipóteses para contrariar a situação:

1. Tentas introduzir os temas de conversa que sugeres SEMPRE que alguém te dirigir a palavra no elevador;

2. Colas o boletim meteorológico do Weather.com no elevador todos os dias de manhã e se te perguntarem algo sobre o tempo apontas para lá, mudo e quedo;

3. Como as conversas começam sempre pelo tradicional "Bom dia, como está?", podes sempre fazer o relatório completo do que se passa na tua vida, exagerando os pormenores chatos como as unhas encravadas e o papel higiénico áspero que a tua jove comprou...

Estas coisas costumam ser tiro e queda para que ninguém te volte a dirigir a palavra... Experimenta!
;)

Nanny disse...

Ahhhh

Tu andas a viajar de elevador para receberes piropos de gajos... já percebi tudo!!!!!!!!!!

Isabel-F. disse...

eu cá tenho sorte ... não preciso de andar de elevador nem de aturar vizinhos ....



bjs

Bxana disse...

Rafeirito,

Trabalhas num oitavo andar, e os vossos elevadores são daqueles que param em todos os 7 andares antes?

Ainda bem que trabalho mais pertinho do chão :)

Miaus!!!

cassamia disse...

ahahahah adorei este teu post, adorei adorei e exprico-te em elevadorês, senão explicava-te em português, claro, ahahaha. Pois eu sou adepta do elevadorês e tenho 2 truques: se sozinha eu digo: dasculpa na cumprinder ou simplesmente uma cara mto má e feia(coisa mto fácil pa mim:(
ou então, se acompanhada digo tantas barbaridades e/ou caralhadas e/ou obscenidades que quem vai de viagem comigo sai no primeiro andar onde a porta se abrir ahahaha é um riso.
e pronto! olha podia ser pior né?? ;)

Carla disse...

...conclusão és parte integrante dos elevadores, ou seja o eleito para as conversas de ocasião...sorri estás no sítio certo, na hora certa...provavelmente com as pessoas erradas!
boa sorte na próxima viagem
beijos

Moi disse...

Bem!!! Não me digas nada!!! Tenho um tipo no meu prédio com quem me cruzo várias vezes no elevador. O raio do homem pergunta sempre: "Para que andar? Para o sétimo, respondo eu. Também eu, diz ele. Olha, somos vizinhos, diz ele."

E isto vezes sem conta... ou o homem é coxo, cego, vesgo ou eu sou tão ínsignificante que nunca se lembra de mim. Irra!!!

Festinha no dog

diabo no corpo disse...

assino por baixo do coemntário da/o gk.
e se tiveres um ar tresloucado na altura, melhor ainda!

NARNIA disse...

Ias gostar dos meus vizinhos e olha que são imensos, mas no elevador é só bom dia ou boa tarde e não se diz mais nada ;)

Festinhas no pêlo

Kapikua disse...

hehehe
há assuntos que só fazem sentido serem debatidos nos elevadores. A metereologia é claramente um desses temas.

conselho de amigo, vai mais vezes pela escada. Correrás é o risco de levar mais piropos masculinos acerca da tua condição física :)

Grande abraço

eu mesma! disse...

ahahahah a mim, se forem gajos, só me tentam apalpar as mamas ou olham com olhos gulosos! (hoje aqui vai um pouco de publicidade) e a proposito nunca deste uma queca no elevador? tenta, mas acho que no teu predio vai ser dificil....bloquear o elevador, para não parar nos outros andares!

Amsilva disse...

porque será que as pessoas nã fazem como eu???
entrada:
Bom dia!
saída:
Continuação de bom dia!

é muito mais simples!!!

vita disse...

Bendito elevador o meu, moro num quarto andar e raramente apanho alguém no elevador.;)
Cada um tem o que merece..eh eh

Crystal disse...

Epa, eu hoje não devo estar boa...é que de repente ocorreu-me uma ou outra coisinha tão mais agradável de se fazer num elevador...Ops, claro que a companhia teria que ser bem escolhida, rsrs.

Bem, em relação á corda até que seria giro, mas faz-me um favor quando optares por esse método: Avisa-me e ensina-me onde moras, quero estar lá para filmar a descida e de seguida fazer a reportagem...

Saio sempre daqui farta de rir : )

Marrie disse...

Sabe q nunca.......... no elevador??? Acho q qualquer dia vou experimentar! rs
Duvido q neste dia fique alguma "gralha" a perturbar! rs
rauf, rauf

Rafeiro Perfumado disse...

Joana, é feio gozar com os outros, especialmente quando os “outros” me inclui! Beijoca, e se conseguires essa proeza durante 37 semanas seguidas terás direito a um prémio!

Ricardo, silêncio desconfortável?!? Abençoado silêncio! Claro que após as primeiras duas horas começas a ficar com a boca seca, mas tirando isso é o paraíso! Grande abraço!

Mundo Azul, há gente com sorte. Mas olha que estas situações são aplicáveis ao emprego. Já sei, nunca trabalhaste num apartamento... Beijoca!

Teté, eu esse comentário “que caloraça” evito, pois é demasiado parecido com “que louraça”, podendo levar a actos mais irreflectidos por parte de tu sabes quem... ;) Beijocas!

Rafeiro Perfumado disse...

Rosi Gouvea, “que te mate de amor” não me parece uma prática muito saudável, pá... Beijoca!

Catwoman, mas tu queres que a malta termine a viagem de elevador a chorar e abraçados uns aos outros? E nem pensar em deixar a jove ir para o elevador, que ela no outro dia disse que o do 5º Esquerdo era jeitoso!

Sorrisos em Alta, o vizinho que fizer o comentário sobre o cebola convém escolher o timing, pois se for na altura que os meus pés estiverem à altura da sua boca, vai precisar duma prótese dentária! Abraço!

Canephora, nas escadas raros são os vizinhos que conseguem acompanhar o meu passo. Quanto ao ter ficado fechado no elevador, já aconteceu, e com a jove, uma horinha. Estava a ver que a tinha de abater, de tão instável que ela ficou...

Rafeiro Perfumado disse...

Diabba, solarengas = solar = casa senhorial = realeza = rei sol. Convencida? ;) Beijoca!

Lyra, aproveitar o bom tempo? E achas que vai durar? Vou ali dar uma voltinha de elevador para saber a opinião dos vizinhos! Beijos!

Sandra, se fosses minha vizinha de certeza que colocava a corda. Mas uma ponta no lustre e a outra no pescoço, porque aturar-te devia ser demasiado para mim! Beijos!

Afrodite, e quando estás para entrar no elevador e sai de lá um tipo com ar aliviado, deixando atrás de si uma atmosfera esverdeada? ;) Beijos!

Rafeiro Perfumado disse...

Ignota, isso é um sonho, tens conhecimento de algum andar à venda no teu prédio? Depois até podíamos começar a falar dos espargos, de pinguins e da Zâmbia! Vai ser tão bom!!!

Rita, o único senão de ir a olhar para o espelho é quando a vizinha boazona repara que estamos a reparar num reflexo que não o nosso. Não que me tenha acontecido, bem entendido, ouvi dizer! Beijos!

MJF, se quiseres posso enviar-te uns quantos. Então a cusca do R/C Dto, ui, tinhas conversa até o inferno gelar! Beijocas!

Cláudia, adoras as conversas? Já podias ter avisado, vou começar a fazer umas gravações e envio-tas! Beijo!

Rafeiro Perfumado disse...

Salto-Alto, estás viciada? Bom, se precisares de uma sala de blogagem, conheço um cyber-café onde fazem troca de teclados! ;) Beijocas!

Cadinho RoCo, a vantagem dessas conversas chatas surgirem nas escadas é que no elevador não podes empurrar as pessoas... Abraço!

Sun Lou Miou, podes crer. Eu que fiquei todo contente quando uma vez fiquei preso no elevador com a minha jove. Quando ela começou a tentar trepar pelo poço do elevador mudei de ideias...

Stuckinha, podes estar é a traumatizar a criança, já pensaste bem nisso? Ainda por cima com as velhas, que lambuzam as crianças todas... ;)

Rafeiro Perfumado disse...

Andreia do Flautim, mas tu queres estragar-me o poste de dia 9 de Julho, é? Ai...

Francisco Castelo Branco, talvez mudasses de ideia quando visses a traseira do carro dos teus donos a ficar cada vez mais distante...

Bicho de Conta, claro que por algo inteligente e humor te estás a referir aos comentários que a malta aqui vai deixando! ;) Beijo!

Parisiense, relativamente às duas questões que me fizeste, só respondo na presença dum advogado. E não, o Vale e Azevedo não conta! Beijocas!

Rafeiro Perfumado disse...

Jasmim do meu Quintal, e isso não se tinha resolvido com uma desparasitação? ;)

Vício, pelo menos a actividade de suster a respiração seria incompatível com fazer conversa de chacha! Abraço!

Psycho Mind, está bem que já tenho colocado música a altos berros em que as letras incentivam a massacres, mas daí a terem medo de mim...

Miriam do Mar, essas actividades são efectivamente para fazer sozinha, e de preferência em casa. Quanto a essas perguntas cretinas, gosto delas, pois permitem-me dar respostas igualmente cretinas! Beijos!

Rafeiro Perfumado disse...

Sílvia “Prince”, pois sou picuinhas, e com muito orgulho. E picuinhas ao ponto de te fazer ver que no texto do espreitar eu reclamo contra quem não deixa, e não contra quem espreita! TOMA! INCHA! EMBRULHA! Quanto ao eu vir a ser impossível de aturar, tinha esperança de já ter conseguido atingir esse estado... Beijocas!

LeniB, os corrimões também são bons nas subidas, dá mas é trabalho, mas garantidamente ficas cá com um caparro... ;)

Piggy, a culpa é tua! Eu quero lá saber que ontem choveu ou que a Ermengarda da novela das 21:37 vai casar com o Zé Pintas? Queres conversar comigo lê primeiro “A Bola”, que é para teres assunto! Beijo!

Peter of Pan, mas com essas pessoas até se conseguem ter conversas interessantes. Nunca me esqueço uma que me apareceu à porta quando eu morava no Barreiro, aquilo era Copa F à vontade!

Rafeiro Perfumado disse...

Francis, é retirares a parte da música e ficares só com a letra. Por exemplo aquela música “oh no, it’s raining again”, é uma típica música / conversa de elevador!

Dualidades JP, ou então friccioná-los no corrimão!

Atlantys, já devias saber que eu no fundo sou uma besta tirânica! ;) Beijo!

A Grafonola, tens alguma coisa contra os espargos? Meia-hora? Agora já percebo porque é que te queixas que tens pouco tempo! ;)

Rafeiro Perfumado disse...

Casemiro dos Plásticos, então se houvesse uns aparelhos semelhantes aos que se metem nos carros, seria a loucura! Abraço!

Elefante das Neves, não podiam guardar esses assuntos para as reuniões de condomínio? Como raramente lá ponho os pés...

Bongop, mas não percas a esperança, talvez encontres alguém que fale “escadez”! Abraço!

Nile Santos, já percebi, o assunto é dinheiro, não é? Quanto é que queres para deixares de me tratar por “amiga”? Até 3 euros, o mundo é teu! Beijos!

Rafeiro Perfumado disse...

Rocket, tratando-se dos meus vizinhos, só se fosse com balas de prata...

Foryou, banhas? Está bem que os meus lóbulos das orelhas são rechonchudos, mas daí a terem banha... Beijoca!

Viajante, sabes que no teu caso isto é um mero piso térreo, sem conversa de circunstância. Boa sorte para a escrita e cuidado com os elevadores romanos! Abraço!

Fotógrafa, obrigado eu, é sempre um prazer ter-te por cá e ir até lá! Beijo!

Rafeiro Perfumado disse...

Cris, o problema é exactamente o contrário, há conversa a mais! ;) Beijoca!

Queruby, minha grande cortes, vai a malta até ao Porto e tu fazes-me uma desfeita dessas! ;) Beijoca!

GK, concordo com a maioria das coisas que disseste, excepto a parte do papel higiénico e respectiva aspereza. É que isso seria levar a conversa para zonas pouco aconselháveis, ainda mais tratando-se dum espaço reduzido! Beijocas!

Nanny, percebeste nada, e não, não te digo qual é o meu prédio! Arranja os teus próprios “piropadores”! ;)

Rafeiro Perfumado disse...

Isabel F., sua sacana, e ostentas essa felicidade assim, sem respeito pelo desgosto dos outros? ;) Beijoca!

Bxana, felizmente onde trabalho actualmente não tenho grandes problemas com elevadores, ainda mais porque a opção de ir pelas escadas é quase impossível. Se um dia há cá um incêndio vai ser uma desgraça a duplicar... RAUF!

Cassamia, quase que fiquei curioso em fazer uma viagem de elevador contigo. O mais certo seria sair da cabine a benzer-me e a gritar “VADE RETRO, SATANÁS”, mas acho que valeria a pena o risco... Beijoca!

Carla, definitivamente com as pessoas erradas, no outro dia ainda pensei que a vizinhança tinha melhorado, mas era a menina do gás... Beijos!

Rafeiro Perfumado disse...

Moi, o que deves fazer é simples. Da próxima vez que ele disser isso, é responderes numa voz alta e esganiçada “POIS É, JÁ VIU QUE NENHUM DE NÓS SE MUDOU DESDE ONTEM?!? MUUUHAHAHAHAH”, enquanto o sulfatas com perdigotos. Vais ver como não repete a gracinha...

Diabo no Corpo, por acaso assinaste por baixo do comentário da “Moi”, mas pronto...

Narnia, se são imensos, algo me diz que não iria gostar deles. Se ainda fossem imensas vizinhas... Beijoca!

Kapikua, se assim é, nem sei porque é que o Boletim Meteorológico não é emitido a partir de um! Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

Eu Mesma!, eu se fosse a ti pensava era em mudar de prédio, porque tens uns vizinhos nitidamente perigosos! Beijocas!

AMSilva, mas isso também resulta quando tens mais pessoas no elevador? ;) Abraço!

Vita, cada um tem o que merece? Não sei porque é que hás-de merecer andar sozinha no elevador, pá! ;)

Crystal, a reportagem sobre a descida não teria grande interesse, porque eu sei fazer rappel. Já a subida podia arruinar a minha reputação de macho pujante! Beijo!

Marrie, nunca?!? Isso é uma falha imperdoável no teu curriculo! O que é que estás aqui a fazer? Já para o átrio das escadas, rápido! RAUF!

diabo no corpo disse...

foi para evitar ir de elevador até baixo do comentário da gk...

Tita disse...

LOL eu não gosto de andar no elevador com pessoas desconhecidas, não falo e baixo a cabeça, e fujo a sete pés daquelas que falam pelos cotovelos ou são mães de ex-colegas meus de escola, vou de escadas!

RAUF!

jeanny disse...

para não variar o teu post tá o máximo!
haja alegria e bom tempo!
quanto a ti é mesmo bom ires pelas escadas,a época balnear aproxima-se e a que queimar calorias.
beijo no pêlo rafeiro

mariam disse...

"ganda post" LOL

raramente ando de elevador... uma das últimas "viagens" foi traumática, num Hospital, estava no 8º piso para descer, entrei "aérea" no elevador errado, paragem no 7º entra um Sr. de verde e uma maca, na maca um morto... foi uma descida muito silenciosa!

bom resto de semana
um sorriso :)

nile santos disse...

Oi amigo.Não sei onde dá este reflexo de coração batendo.Poderia me explicar?No meu blog tem mimos para voce,espero que goste.bjtos.nile.

BlueVelvet disse...

Por isso é que levo sempre o meu cão, teu primo afastado.
Ele impõe um respeitinho que ninguém abre a boca.
Ás vezes ainda perguntam: morde??
E eu repondo logo: morde, morde.
É remédio santo.
Nunca mais ninguém os ouve.
Rauf Rauf

C Valente disse...

Por isso, e não só não tenho elevador,
saudações amigas

_E se eu fosse puta...Tu lias?_ disse...

Saravá!!

Pois...eu cá quase nem respiro!!

Tenho pavor... ainda recentemente fiquei presa, até que eu tranpirando e tremendo ía carregando no alarme do "dito" sem parar, mas não veio ninguém do hotel 5 estrelas... a sorte foi ficarmos presos num piso e o meu jove ter conseguido abrir uma frincha e eu safar-me;)


ai ai ai...

Beijinhos rafeiro

Marisa disse...

Também não tenho paciencia para essas conversas! Quase que entro em panico quando vejo a pessoa que me está a acompanhar no elevador a carregar para o 4º ou 5º andar, é que eu moro no 6º o que singnifica que vai ser uma looooooonga viagem a dizer: sim... pois... é verdade... hum hum!
Boring.

bjecas disse...

Certa vez, já a horas bastante tardias e depois de uma noitada de copos na casa de um amigo, eu e mais 4 mangas, todos eles muito elegantes, ficámos encravados no elevador uma hora e tal. Se aquela cena dizia lotação para 4, por alguma razão era.
5 marmanjos meio zarolhos, encostadinhos uns aos outros a meio da noite... fusga-se, garanto-te que nem nos passou pela cabeça falarmos do tempo.
Que fique bem claro que não houve cá paneleirices.

Abraço pá

\m/

ines disse...

converas de ir ao "dito", convenhamos! e os cheiros ?!?!?!? "perfumes"???

Acalma-te Rafeirolas, é quase fim de semana!

Gabriela disse...

Safa! Já nem num elevador a malta tem paz e sossego... conversas da treta é com o António Feio e com o José Pedro Gomes. Ao menos essas fazem-nos chorar a rir.
Festina na orelhinha e bom fim-de-semana!

Francis disse...

mais do género...
give it to me baby oh oh ah ah

Nogs disse...

AHAHAHAH!

Oh Rafeiro!
Ainda não descobriste a maravilha do i-Pod?
Eu moro num 5.º, 2.ª aqui em Barcelona, que é o mesmo que para nós, seres menos complicados que os catalães (:P), num 7.º andar... Logo as vezes que subi até casa pelas escadas foi muito doloroso.

Geralmente, o que faço para me escapar disso é sair de casa logo com os fones nas orelhas (ah, pois é!). E não me chamem antipática, pois cada pessoa que entra e sai eu cumprimento e despeço-me igualmente.


O pior é quando há esses teimosos que insistem em perguntar-nos coisas mesmo vendo perfeitamente que estamos "noutra onda".


Beijocasssssssssss

Afrodite disse...

Rafeirinho...

Quando isso acontece e levam canídeos, são sempre eles que pagam "raio do cão que já se descuidou!"...eheheheh, estás tramado ;).

Abreijos e bom fim de semana

julie disse...

Não moro num prédio, raramente ando de elevador....não conheço essa lingua.

Não gosto nada de comentar um assunto ao qual não sei nada!!

bjs

julie

ines disse...

fatelosa..?!?!? ahahahahah

Menina do Rio disse...

Se me encontrares num elevador, só vais ouvir mim: Bom dia, boa tarde e boa noite. Também se não responderes, nem vou estranhar, pq já é habitual...

Desce o levador e vem comer bolo lá em casa

Um beijo

carla granja disse...

Ainda bem que moro numa vivenda so tenho que subir 14 escadas eh,eh,eh ja a casa da praia é que é apartamento e vou de elevador :)
Bem venho te desejar um bom fim de semana e passa por cá
bjo
carla granja

C Valente disse...

Pois governattes tem lei dferente, mas podiam fazer como em Italia, não é encoberto, para os 4 altos cargos do país, faz-se uma lei para os proteger, em especial o 1º ministro.
Bom fim de semana,com saudações amigas

Laura disse...

Olá meu querido rafeirinho! Já demorava, mas...
Graças a Deus que é mais uma que nem de perto me incomoda. Por vezes bem me considero uma sortuda por não ouvir. Seja no cabeleireiro, nos lociais de muita gente que fala e fala, e nos elevadores então! E na verdade ontem fui a casa de uma amiga e..o elevador não tinha luz, a casa dela na entrada não tinha luz, poças... e disso não falam e nada resolvem pois já há duas semanas que lá fui e estava tudo na mesma ontem...assim, conversas de elevador e outras não me afectam...Ai a tua jove gosta de saber como está o tempo? simples, leva-a à janela e abre a vidraça e...que ponha a mão de fora ehhhhh, da janela pois...
Beijinhos e mais vale levares auscultadores e muisca rap... nem os ouves.
ji da laura..

mariam disse...

só p`ra desejar
bom fim-de-semana,
e deixar-lhe um pedacinho de Lua lá do sítio...

um sorriso :)

Ninja! disse...

Hehe, está bem visto sem dúvida. Eu tenho um vizinho que sempre que apanha alguém seja onde for passa horas a dissertar sobre a diferença subtil entre as palavras cavalo e cabelo, quando pronunciadas em francês.

lalisca.cs-life disse...

Não tenho que usar elevador e das raras vezes que o faço, não abro a boca, mas pronto se forem vizinhos ou colegas ou ainda conhecidos, inicia-se sempre uma conversinha parva!!
beijo

expressodalinha disse...

Os elevadores são locais de embaraço social. Ficamos a olhar para as luzinhas de subida, todos ao molho sem nada para dizer... ou falamos do tempo que é sempre aquele tema inóquo. É a metereologia e elevador!

fotógrafa disse...

Um fds cheio de calor,alegria e harmonia…



A ave corre feliz pelo ar,
O pensamento corre veloz pelo firmamento,
Vôo igual, mas diferente,
Vôo tranquilo e feliz!
Pois tudo ela faz por amor,
E o nosso pensamento porque quiz!!!

(Euzinha)

vita disse...

Porque sou boazinha.;P

Fragmentos de Elliana Alves disse...

Estou com saudades...rsrss...Perde a senha do antigo blog,então fiz outro,bjssssss e bom dia!!!

vem me visita!

conchita disse...

Ainda bem que moro num rés do chão, porque sinceramente também não tenho pachorra para conversas de "chacha".
Continuação de um bom fim de semana :)

D.Antónia Ferreirinha disse...

Eu felizmente não preciso de elevador, mais uma vantagem de se viver numa tranquila aldeia transmontana.
ó "gaijo" deram-te um beijo por mim, no jantar?
E eu que ainda tentei ligar à olá para falar com alguns de vocês.
Fiquei tristinha, mas ela não ouviu. Seus brutamontes barulhentos, rsrsrsrs.
Beijoca e bom descanso.

Gata Verde disse...

Já não basta ter claustrofobia como ter de aturar conversa da treta...tou contigo!!!

Capriccio disse...

Não moro em nenhum prédio, mas às vezes ao sair de casa também encontro pessoas na rua a querer meter conversa de "chacha" que eu odeio de morte. Não é preciso ter um elevador, Rafeiro!
Um abraço apertado nesse pescoso lindo sem pulgas :)

Laura disse...

Ahh claustrofobia não, gracias que não sofro dela, e claro sem ouvir olho para os lados ou para o chão e... ouvidos moucos não ouvem tretas loucas...

Rafeirito; como disse, acho que me lembro da senhora tua mãe no lançamento do teu livro no Porto..eram umas senhoras e se for a tua pareceu-me alta e magra, seria? estavam todas sentadas à frente de lado, ai que me lembro tão bem...
Beijinho de mim..

silvinha disse...

Só te dou uma próxima ideia:

E se houvesse uma camâra atrás do espelho do elevador???

O que eu pagava para ver, jasus! :P

C Valente disse...

Acabei de ver como se joga a bola
Temos de dar os parabens a Espanha
Saudações amigas

Um Momento disse...

Ah...olha lá... amanhã vai estar bom tempo para ir para a praia?
( Fechando a porta do elevador e...fugindo escada abaixo...ops...ele vai pela escada:D!!!)

Iiihihihiih

Beijo!!!!!!!!!

(*)

Sunshine disse...

Olá!!! o prazer de vos conhecer tb foi meu. Já por aqui andei hoje, no elevador, e achei a situação um "must" realmente há cada conversa de elevador.... xxiiiii
caluda gente .....

Chegaste a ver o video?? ficou bué nice (olha a kota a falar a "jove")


Bjinhos e boa noite

paulofski disse...

Foi um enorme prazer conhecer-te Rafeiro.

Vou pressionar tantas vezes o botão deste elevador para que viajemos junto nele e tenhamos uma conversa agradável, ou elevadorês se preferires.

Um grande abraço. Até à próxima vez.

Ka disse...

Olha eu que sou claustrofóbica assumida nem ouço nada que me digam dentro de um elevador (quase nada...lol)

Gostei muito qe tenham subido de elevador até à invicta e foi um prazer enorme conhecer-te :)

Beijinhos e boa semana

Olá!! disse...

Tu vê lá se mandas por um elevadoriiii aqui no bilogue que fico arrasquinha dos dedos para chegar cá abaixuuuuu....


Adorei e sei que deliraste ver-me assassinar a música dos Queen LOL

Beijocas e obrigada mesmo :)

Sol disse...

É PÁ!!! Não sabia que tinhas tantos fãs.

Tu querias era a Nicole Kidman no elevador :)

Beijinho também de uma fâ

Sol

Carracinha Linda! disse...

"Pexiu"!!!!

Eu cá não tenho (ainda) esse problema... nunca me cruzo com os vizinhos!!!

:D

Bjs

ines disse...

hoje lá estavam eles, escondidinhos, debaixo do tapete!


Beijo grande

Silvia F. disse...

Engraçado, isso raramente me acontece... afuguento qualquer falador(a), deve ser da minha cara de felicidade sempre que me cruzo com alguém no elevador hehehehe

Beijos :)))

Xanda disse...

Passei apenas p/ deixarum olá mas ainda escrevo mais qualquer coisinha: o texto está excelente!
Boa semana!

ci disse...

Elevadorês??uiaaaaaaaaaaaa

beijos da ci...:)

Fragmentos de Elliana Alves disse...

Seu space é simplesmente o máximo! Parabéns!!! Eu amo visitar este lugar... Aproveito para deixar... .....{\......._____....., ....{*.\.....(*~*~*).../} ...{.~.*\....////^^\../~} UM ANJINHO ...{*....\..(((/.6.6./.*} PARA TE ...{..*.~.\.)))c..=.)*..} PROTEGER.. ....{*...*.////'_/~`.~.} .....{~.*.((((.`.`\.*}' ......`{.~.)))`\.\))_.-: .........`{.(()..`\_.-'`.`:' ...........`)/.`..| ...........(....\' \ .............\....\ .\ ........_ .__\...| / .......|` `'...``Y; .......|./``-../../ Bjinhus xau xau

Blayer disse...

Os unicos sitios onde existem elevadores na Terceira são hotéis e hospitais, no primeiro caso a maioria dos utentes são estrangeiros por isso podemos sempre fazer o papel de grunho e dizer que não falamos inglês, no hospital a maioria dos utentes tem maiores causas de preocupação doq ue o tempo

missixty disse...

Mas que anti-social!! Como moro agora numa moradia, não tenho esse tipo de problemas, mas quando morava num andar e estava naqueles dias que nem boa tarde me apetecia dizer, espreitava à sucapa, para ver se a costa estava livre e depois saía em passo rápido pelas escadas abaixo.
Penso que as pessoas falam nos elevadores, para evitar o constrangimento do silêncio e a situação de ficarem parvas a olhar o vazio, ou então umas para as outras, enquanto o elevador desce e sobe! O meu maior melga é na bomba onde costumo meter gasolina, bem que tento escapar, mas ele apanha-me sempre. Você hoje é que está uma rosa!!! Então conte coisas!!etc. etc.
Resumindo, toda a gente tem a sua cruz....

Laura disse...

Olá; não queres ir para a a lista do meu dança comigo daqui a meses? é que já estou a apontar no meu bloco...é que depois não vou parar...com os ouvidos que vou ter...
Beijinhos de mim...

rascunhos disse...

deve ser mm fastidioso Rafeiróvski

ai ai que bem se está na "parvónia"

LOL

beijinho

Rosario Andrade disse...

Bom dia Rafeiro!
Oh, como tens razao! Eu odeio elevadores! Quando sai da aldeia para viver na cidade tinha pesadelos com os ditos!... evito-os sempre que possivel!

Beijicos

Blossom disse...

usa as escadas, para além de aproveitares para fazer um exerciciozito, evitas os cromos dos vizinhos...certo?

RbyR disse...

De facto uma reflexão profunda sobre algo que nos atinge logo de manhãzinha...nada como abrir a porta do doce lar e começar com um conversa em "elevadorês"!!! Socooorro!!!!
Nota: Aconselho uma pesquisa em elevadores de hospital!

Abraço

D.Antónia Ferreirinha disse...

Rafeiro, quando temos post novo?
Beijinho.

sp disse...

Há quanto tempo não sei nada de ti!!!
Ainda te lembras das nossas visitas frequentes???

abelhinha disse...

Hoje é terça feira, meio da semana e a abelhinha por aqui andou a recolher algum nectar,para digerir e fabricar os favos que irá distribuindo pelos amigos…
bzummmzummmm

Rafeiro Perfumado disse...

Diabo no Corpo, tivesses vindo de escadas ou de corda...

Tita, explica lá isso melhor das mães de ex-colegas... RAUF!

Jeanny, vê-se logo que não me conheces, eu fui feito para a época balnear! Beijo!

Mariam, isso é o meu sonho, especialmente com a vizinha que não descalça os sapatos altos quando entra em casa! Beijo!

Rafeiro Perfumado disse...

Nile Santos, devia ou ser defeito do monitor ou defeito do meu cérebro, qualquer das explicações é bem possível! Beijo!

Blue Velvet, e tens a certeza que eles estão a referir-se ao cão? ;) Beijo!

C Valente, és um sortudo! Abraço!

E se eu fosse puta, tu lias? E voltaste a ouvir falar do teu jove? Ao menos vai lá levar-lhe uma garrafinha de água... ;) Beijoca!

Rafeiro Perfumado disse...

Marisa, solução simples, tenta trocar de andar com um deles ou então toca a ir pelas escadas! É que conversas já são chatas, então com muitas paragens, fosca-se! Beijo!

Bjecas, claro que fica claro, se bem que a imagem que me vem à cabeça é a porta a abrir-se e o espelho todo embaciado, com marcas de dedos... Até arrepia! Abraço, pá!

Inês, só me incomodam quando apanho vizinhos que julgavam que iam fazer a viagem sozinhos...

Gabriela, se as conversas fossem como as desses dois gaijos, até me mudava para o elevador! Beijo!

Rafeiro Perfumado disse...

Francis, pior é quando é Jorge Palma, com “encosta-te a mim”!

Nogs, dizes isso porque não tens como vizinha a velha do R/C Dto, que era bem capaz de te arrancar os phones das orelhas e gritar “Ó menina, estou a falar consigo!”. Beijo!

Afrodite, a raça canina é conhecida por ter as costas largas. Mesmo alguns dos presentes que se encontram nos passeios desconfio que não são nossos! Beijos!

Julie, podes sempre comentar o que achas da influência do asfalto na cultura de espargos na Zâmbia... ;) Beijos!

Rafeiro Perfumado disse...

Inês, bué fatelosa!

Menina do Rio, já é habitual eu não dizer nada?!? Mentira, eu sou muito simpático, apesar da expressão facial dar a entender que me estou a aborrecer de morte! Beijo!

Carla Granja, então não te atrases no pagamento de impostos, para não perderes essa casa livre de vizinhos parladores! Beijo!

C Valente, a Itália não é exemplo para ninguém, então o Berlusconi é uma autêntica anedota. Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

Laurinha, que bom ver-te por aqui! Em breve vais ver o que é bom falar no elevador, nem te vais importar de aturar a D. Suzete que te perguntará todos os dias se sabes o que aconteceu com o casal que mora no 3º dto! Beijo!

Mariam, obrigado, uma boa semana para ti! Beijo!

Ninja, é altura de lhe responderes com as diferenças subtis entre as palavras folha e doodie, quando pronunciadas em inglês! ;)

Lalisca.cs-life, são exactamente essas conversinhas parvas que me enervam, do género “então, por cá?”... chiça! Beijo!

Rafeiro Perfumado disse...

Expresso da Linha, não seria mais giro fazermos a contagem dos andares em coro? “UM, DOIS, TRÊS, PAROU!”. Abraço!

Fotógrafa, uma grande beijoca para ti!

Vita, só acredito nisso com o arrolamento de várias testemunhas... ;)

Fragmentos de Elliana Alves, era bom é que dissesses o blog antigo, jove...

Rafeiro Perfumado disse...

Conchita, o teu tempo há-de chegar, ou julgas que vais ser “resdochãozense” para sempre?!? ;) Beijo!

D. Antónia Ferreirinha, acho que me deram vários beijos, mas não sei se algum foi por ti! Beijocas e vê se apareces no próximo!

Gata Verde, e aturar-te com claustrofobia então...

Capriccio, mas na rua podes sempre fugir, ou empurrá-los para debaixo de um carro! Beijo!

Rafeiro Perfumado disse...

Laura, já foi magrinha, agora começa a crescer para os lados, mas era uma das moçoilas da primeira fila, sim. Beijoca!

Silvinha, e quem te diz que já não há? MUUUAHAHAHAHAHA!!!

C Valente, pelo menos pode dizer-se que ganhou o futebol! Abraço!

Um Momento, nem uma coisa nem outra, fui ao weather.com! Beijo! E sim, vai estar!

Rafeiro Perfumado disse...

Sunshine, qual cota? Eu só vi gente bem disposta! E sim, vi o vídeo, até mete dó! Beijo e mais uma vez obrigado pelos bolinhos!

Paulofski, contigo a conversa nunca será de chacha e dificilmente será sobre o tempo. Grande abraço e obrigado pela hospitalidade!

KA, de elevador o caraças, fomos do carro. Felizmente as meninas não desataram a falar de cortinados e de unhas, pelo que a viagem até foi porreira. E gostei de conhecer o teu olho esquerdo! ;) Beijocas!

Olá!!, ainda hoje me custa falar no assunto, tenho de falar com o FM para ele eliminar aquela página do cardápio! Beijo e obrigado eu!

Rafeiro Perfumado disse...

Sol, nem eu sabia! E com a Nicole não haveria certamente conversa de chacha... nem conversa! Beijo!

Carracinha Linda, e como consegues isso, estudas os seus horários? Beijos!

Inês, os óculos ou os vizinhos? Beijo!

Sílvia F., ou isso ou do machado ensanguentado que insistes em trazer... Beijos!

Rafeiro Perfumado disse...

Xanda, obrigado, uma grande beijoca para ti!

CI, “uiaaaaaaa” é parecido com o som que o alarme do elevador faz! Beijo!

Fragmentos de Elliana Alves, não quero deixar-te triste, mas o teu anjinho tem pinta de ter sido atropelado por um TIR. E várias vezes! Beijo!

Blayer, e ao menos as enfermeiras são giras? E quanto é que dá a maca por cada litro de soro? Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

Missixty, mas bombas há muitas, agora elevador lá no prédio há só um! E se algum vizinho me disser isso, leva uma joelhada na fruta! Beijos!

Laura, já lá vou ver que lista é essa. Mas aviso já que não canto! Beijos!

Rascunhos, não me faças inveja, rapariga, que isso é feito! Beijo!

Rosário Andrade, eu quando comecei a viver num andar com um ficava lá preso quase todos os dias, nem sei como não ganhei claustrofobia! Beijicos!

Rafeiro Perfumado disse...

Blossom, o pior é quando venho do supermercado com as compras do mês...

RbyR, nos hospitais procuro só entrar na posição horizontal, o que felizmente tem sido raro! Um grande RAUF para ti!

D. Antónia Ferreirinha, daqui a umas horas, topa ali a informação na barra lateral! Beijinho!

SP, há quanto tempo! A culpa não é minha, jove, eu retribuo sempre as visitas que me fazem, é política da casa! Abraço!

Abelhinha, espero que tenhas deixado algum dinheiro para pagar o néctar! Beijum para ti!

alx disse...

Quando fôr assim, manda uma farpa e acusa o outro, tu vais ver que ele não volta ao elevador rsrs

Tenho um prémiozinho para ti no meu blog, se quizeres vai ver é o post que diz " Um presentinho"
hug
Alx

Patti disse...

Eu estou sempre feita! Moro no último andar. Digo bom dia ou boa tarde e ponho-me a olhar a para agenda.

JoAnInHa disse...

LOOL mais outro belissimo texto!!!

Tenho um novo post, se quiseres passa por la! =P

Beijinho no fundinho da tua alma =)

D.Antónia Ferreirinha disse...

Rafeiro, pois o próximo cumbibio vai ser no Douro, ai vai.
Não pude mesmo, tive a festa de final de ano dos putos.
Quanto ao post, tinha esquecido que tu tens a informação toda ali ao ladinho.
Beijoca.

Iveta disse...

inteligente e bem humorado?!
só podias ser um cao virtual...!!!

roof roof

Andy disse...

dedica-te à queda livre ou ao rapel

Silvia F. disse...

Hahahahahaha!! Que exagero, só me faço acompanhar de um bastão e gás pimenta, nada de violência comigo pá!

Beijos

Leonor disse...

elevador é coisa de burguês: faz como eu Rafeiro, prédio sem elevador, e suas despesas de manutenção, passeio a pé, poupanças no ginásio...

Oliver Pickwick disse...

Um artigo preciso sobre a conversa monossilábica dos elevadores. Entretanto, uma boa solução seria espalhar no condomínio que está com uma doença tropical misteriosa e altamente contagiosa.
Um abraço!

Nitrox disse...

Já passei por isso. Fugi e vim para o meio de um pinhal. Pelo menos as conversas antes de entrar em casa são mais edificantes: "Raios dos +*# dos cães já sujaram o jardim outra vez!

Sem contar que o elevador é bem mais arejado. Acho que se voltar a viver num prédio vou tentar ficar pelos andares mais baixos e nunca usar o elevador.

Rafeiro Perfumado disse...

ALX, ou então voltaria, para prolongar a discussão! Obrigado pelo prémio e abraço!

Patti, se moras no último andar, espero que tenhas uma agenda grande. E nunca esqueças de a abrir... ;)

Joaninha, beijo no fundinho da minha alma? Aquilo está tudo negro, rapariga, ainda apanhas alguma doença! Beijoca!

D. Antónia Ferreirinha, acho que o próximo devia ser ou aqui por baixo ou no Centro, mas deixa primeiro assentar a poeira deste! Beijoca!

Iveta, virtual?!? AUCH! Mentira, ainda agora me belisquei e sou bem real! Beijo!

Rafeiro Perfumado disse...

Andy, queda livre é demasiado radical, e podia confinar-me a uma cama no hospital e receber a visita dos vizinhos! Beijo!

Sílvia F., mas ao menos podias retirar esse prego da ponta do bastão, pá! Beijos!

Leonor, no ginásio já eu poupo, e havendo alternativa entre escada pedonal ou rolante, sempre a pedonal! Beijo!

Oliver Pickwick, estás louco? Isso era dar assunto às vizinhas para no mínimo uma década! “Eu bem me parecia que havia algo de estranho com aquele rafeiro, tanta inteligência e beleza juntas não podiam ser normais” e outras frases do género! Abraço!

Nitrox, e tinhas de escolher o exemplo dos cães, não é? Eu te digo... Abraço!

Laura disse...

Cão atento...cãozinho com talento... ...observador...trocista...
Cão que tem razão!
Eu gosto do cão! :)

Safira disse...

Eu cá gosto do elevador, tem um espelho ENORME e posso narcisicamente gozar da minha imagem até ao sexto andar. Especialmente útil em dias ventosos, para colocar a meleina em ordem. E é só grunhir um bom dia quando entro, e fulminar com o olhar quem se atrever a dirigir-me a palavra, para gozar uma viagem descansada. A não ser que seja um gajo extremamente giro, claro. Ou o meu chefe, que aí tenho de ser muito cínica e fingir que me interesso pela conversa da tanga dele. O que a malta não faz pelo santo tostão...
Beijocas

Maga disse...

não te percebo rafeiro, a construção do plantel do Benfica para a época 2008/2009 parece-me um tema tão bom como qualquer outro... ihihih

Rafeiro Perfumado disse...

Laura, o canito também gosta da menina!

Safira, e com o teu chefe também fazes o tal ajeitar do cabelo? Está explicado o porquê de receberes peixes em vez de aumentos, não receberes uma escova estás com sorte!

Maga, mas é um tema loooooongo, eu só moro no 3º! Beijocas!

Mimo Azul disse...

heheheh, são uns encontros estranhos são...

é por isso que uso regularmente as escadas :)
bjca xL

Rafeiro Perfumado disse...

Mimo Azul, mas as escadas são escuras, nunca sabes quem por lá encontras! Beijo!