Cuidado com o Rafeiro! Não é que morda, mas podes pisá-lo sem querer...

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Fazer uma vaquinha? E eu lá sou boi?


A malta que me rodeia tem o péssimo defeito de fazer anos. Quando isso acontece, é garantido que lá vem uma alma mais entusiasta dizer “bora fazer uma vaquinha e comprar uma prenda?!?”.

Fazer uma vaquinha? Isso é o quê, exactamente? Cada um trazer uma parte de uma vaca, cosermos tudo, ligar à corrente e esperar que aquilo ganhe vida? A mim, pelo menos, esta expressão leva-me sempre para cenários frankensteinianos. Como, mas como é que o acto de cada um contribuir com uma pequena parte para fazer um todo assumiu contornos ruminanto-bovinos?

Outra situação em que esta expressão é utilizada é no restaurante, quando dois comensais decidem partilhar os seus pratos. Mais uma vez é estúpido. Então uma das pessoas está a comer porco e a outra chicharro, e fazem uma vaquinha?!? Quanto muito fazem um porcharro, ou um chichorco, agora vaquinha nunca!

E os vegetarianos que decidem partilhar pratos, será que também usam esta expressão ou têm uma mais apropriada à sua religião? Será que se vira um para o outro e diz:
- Queres fazer uma marmelada comigo?!?

E depois arrisca-se a levar um murro nos cornos ou, uma vez que se trata de vegetarianos, uma pêra nos tomates!

Até sempre,
Rafeiro Perfumado

57 comentários:

F Nando disse...

Só tu para te lembrares dum assunto destes!
Um abraço

Gingerbread Girl disse...

Tu és é um sovina!

S* disse...

Pêra nos tomates é uma expressão altamente!

Maria disse...

Divertido para o dia de hoje, com um calor que assa canas...

:))

TM disse...

Eu não acho justo que só os vegetarianos possam fazer marmelada... não é justo... :(

FATifer disse...

É sem dúvida uma expressão intrigante…
…já “pêra nos tomates” é mais para o arrepiante, que forma de acabar um texto! :P

Abraço,
FATifer

MRPereira disse...

Tá bonito por aqui tá!

Põe-te a brincar com expressões já implanmtadas na cabeça das pessoas e depois queixa-te de levares tu uma pêra nos tomates! Ou um borracho na boca, se for uma gaja!

Abraço

Felina disse...

Tem haver com o jogo do bicho a vaquinha vale mais e só para que saibas o animal que vale menos é o cachorro por isso porta te bem porque quando fizeres anos os teus colegas ainda pedem para fazer um cachorro

Tulipa Negra disse...

No teu caso, para festejar o aniversário de alguém, suponho que em vez de fazer uma vaquinha prefiras apanhar uma cadela... :)

Dragão Azul disse...

Bela maneira de começara semana, com expressões como vaquinha, marmelada ou pêro nos tomates.

Kássia Kiss disse...

Por acaso, há expressões "tradicionais" de que não gosto e me recuso a usar e "fazer uma vaquinha" é uma delas. Não me lembro agora de mais nenhuma, mas assim que me venham à memória, ainda regresso a esta janela...
"Fazer marmelada" é boa, sim senhora!

Storm disse...

Leva uma pêra nos tomates quem tem tomates quem não tem leva com uma pêra na pêssega ou então nas "melonas" usando a expressão do Gunther o sueco mais macho latino do momento lol
e agora vou-me embora que hoje já vi que estou muito ordinária lol

Sandra. disse...

:))

A perâ nos tomates é só se os vegetarianos forem gajos né?? Mas há gajos vegetarianos??

:O))

besuuuuuuuuuuuuuuuuuus

Vício disse...

essa malta que te rodeia gosta mesmo de complicar!
se olhassem bem à volta talvez encontrassem uma vaquinha já feita...

Nuno Medon disse...

olá! Só tu para estudares ao pormenor, as frases e perguntas que vais ouvindo. És tipo Hércule Poirrot... Aqui é costume, falar-se em " vaquinha " quando se quer oferecer uma prenda a alguém. Pelo menos, quando estive na Junta de Freguesia, passava-se o mesmo. Um abraço e uma boa semana.

Noviça disse...

Seguindo a prosa da caixa de comentários, estou a escrever-te simplesmente para elogiar a poesia, eloquência do texto e, consequentemente, pedir-te em casamento.

Rafeiro Perfumado disse...

Seguindo a prosa do teu Nick, já não estás prometida a Jesus? Bigamia é crime, jove...

Kapikua disse...

sem dúvida uma análise pertinente!

Se bem que eu acho que os vegetarianos fazem os mesmos pratos que os não vegetarianos mas substituindo a carne por tofu!

Logo, a vaquinha para vegetariano será vaquinha de tofu ou tofinha!

Caia disse...

Em vez de pensarem em dar uma vaquinha, vão à farmácia e compram logo os minerais, as vitaminas e as proteínas. Mais prático e ocupa menos espaço...

Noviça disse...

Recusas o meu pedido, baseando-te em falsas premissas. O noviciado é o período da formação que precede a emissão de seus votos, portanto ainda estou a tempo de sair do convento de descuriosar-me deste mundo!
Portanto, arranja outra desculpa, ou diz-me logo que não.

Rafeiro Perfumado disse...

Mesmo assim, competir com um tipo que ressuscita mortos e anda sobre a água parece-me demasiada areia para a minha trotinete. E depois ainda haveria o problema da bigamia pelo meu lado!

Marta disse...

Pois que aqui no trabalho há vaquinhas a torto e a direito...são mais que as mães ;)
O que vale é que para o próximo mês sou eu a fazer anos e certamente vou receber um ruminante.

Meio Cheio disse...

Realmente é uma expressão um tanto estranha...
Quanto aos vegetarianos, não devem precisar de fazer vaquinhas porque rabanetes não são assim tão caros.

Boa semana*

Parisiense disse...

Estás com ciumes de quem está de férias, é????
Para acordares com esse bom humor logo a uma segunda......:)

Pois aqui para os n/lados, ou seja dentro deste antro que se chama local de trabalho com 50 mulheres a trabalhar e um homem(motorista) chamasse a isso uma "colheita"....
Estamos numa região onde se colhe um pouco de tudo....hihihihihi

Beijokitas e vá arreganda lá esses dentes para a fotografia....

conchita disse...

LOL!! Com a tua "memória de elefante" lembraste de cada uma, mas não contem comigo para "fazer uma vaquinha", nem pensar, "nem que a vaca tussa" e não adianta chorar "lágrimas de crocodilo" e ficar a "pensar na morte da bezerra", porque não faço mesmo!,lol!!
Uma boa semana, de preferência sem falar em animais, ok?!,LOL!!

MEU DOCE AMOR disse...

Ai Rafeiro Perfumado...tu andas tão violento!Credo!Só murros,pontapés e coisas por trás,etc e tal...

Ser vesgetariano não quer dizer q seja de religião diferente,não é? Agora o que dizem quando vão ao restaurante...acho que nada,pois poucos vegetarianos há e vão sós aos restaurantes...etc e tal!

Beijo doce :)))

Nanny disse...

Deve ser, deve...!

Até te armavas logo em vegetariano... depois ías a correr comer um bife, pois, pois!

:P

Beijocas, rafeirote!

p.s. - para quando um bife na esplanada? :-)

Olhos Dourados disse...

É daquelas expressões estranhas.

Nuvem disse...

bem, vamos fazer uma vaquinha pode ser em relação a alguém... porque há muitas vaquinhas por aí.
E muitas formas de fazer vaquinhas (mas estou ao pé de uma menor por isso não me vou alongar sobre isso...)
Mas depois daquela cena da casa-de-banho eu tinha cuidado com quem te pede para fazeres uma vaquinha... e como a quer fazer ;)

beijocas

.I. disse...

Permite-me lançar alguma luz sobre a origem dessa expressão...

Ora vejamos, tudo começou com... oh, a quem é que estou a tentar enganar, não há nada aqui, é mesmo uma expressão imbecil.

BS of Life disse...

Espero que o senhor não tenha nada contra o vegetarianismo!!!

Tulipa disse...

Bem visto :)

Há.dias.assim disse...

Se não fosse já habitual a tua imaginação diria que era do calor...
;) :)

Sónia Caires disse...

Muito bem argumentado.

Maria Santos disse...

O calôr anda a afectar-te... Vai de férias... não de vaquinhas, mas de vacaciones... essas são bem melhores!

Kok disse...

Pelas minhas penas te juro que jamais entrei em vaquinhas.
Eu é mais galinhas...

Abraço, pah!

§-não sou vegetariano mas a cena da marmelada parece-me interessante...

Táxi Pluvioso disse...

Os vegetarianos sempre podem fazer uns tomates em vea da vaquinha.

A malta também usava essa expressão, quando íamos acompanhar, intimamente, depois do marido sair, uma vizinha no 4º esq.

paulofski disse...

E como estamos em tempos de vacas magras o mais certo é não haver prenda.

- Ó pá, entras na vaquinha para o chefe? Estamos a contar contigo.

- E se fosses dar banho ao cão?

Little Tomato disse...

GráçÁDeuz que não te lembraste de entrar nesta dissestação pelo lado da procriação...

Teté disse...

Eu cá gosto de vaquinhas nos restaurantes: um partilha um bife da dita, enquanto o outro um arroz de pato ou um bacalhau "à brás". Para gáudio de paladares... :)))

Beijocas!

os dogmas da Rita disse...

'Porcharro' merecia uma petição para ser colocado no dicionário. Definitivamente.

Careca sem travões disse...

Hmmmm... marmelada.

Malena disse...

Se aparecesse uma vitelinha jeitosa ai não que não fazias uma vaquinha! :P

redonda disse...

:))

Sandra disse...

Vou fazer aqui um copy past do que li sobre essa expressão (apenas por curiosidade):

"A expressão “fazer vaquinha” surgiu na década de 20 e tem sua relação de origem com o jogo do bicho e o futebol. Nas décadas de 20 e 30, já que a maioria dos jogadores de futebol não tinha salário, a torcida do time se reunia e arrecadava entre si, um prêmio para ser dado aos jogadores.

Esses prêmios eram relacionados popularmente com o jogo do bicho. Assim, quando iam arrecadar cinco mil réis, chamavam a bolada de “cachorro”, pois o número cinco representava o cachorro no jogo do bicho. Como o prêmio máximo do jogo do bicho era vinte e cinco mil réis, e isso representava a vaca, surgiu o termo popular “fazer uma vaquinha”, ou seja, tentar reunir o máximo de dinheiro possível para um fim específico."

Já viste rafeiro...também és contemplado no jogo do bicho. Ainda bem que a expressão que ficou não foi o "vamos fazer o cachorro!" senão estavas tramado...de qualquer forma aquele teu colega do puxador da casa-de-banho era bem capaz de gostar...o pior era se ele levava a frase a sério!!!

;)

Mia Capgras disse...

Nunca percebi porque é que fazemos uma vaca e nunca uma cabra.Acho mais fofo! :/
Penso que os vegetarianas optam por:fazes um tofu comigo? Oo

Beijo,
Mia

Laura disse...

Bem, para quem veio de fora onde essa expressão não se usava...bem podes ver o meu espanto quando nas férias me disseram; vamos fazer uma vaquinha pra levar prás férias!
Já imaginava levar vacas pla mão daqui aos Algarves, enfim...
Essa da pera nos tomates é arriscada.
Beijinho da laura

MRPereira disse...

Tens um selo no meu blog para ti! Eu sei que tu te estás evacuando para isso, mas apeteceu-me!

Abraço

MRPereira disse...

Tens um selo no meu blog para ti! Eu sei que tu te estás evacuando para isso, mas apeteceu-me!

Abraço

Vera, a Loira disse...

"Uma pêra nos tomates", foi lindo.

Joaninha disse...

Boas férias rafeiroso, quando fores de férias.

festinhas!

os dogmas da Rita disse...

Rafeiro,
foi de bom grado que soube que alguém lê algo que ocupe mais que cinco segundos.
Claro que, com vuvuzelas, até eu preferia um long(o) silêncio, pelo menos não põe em risco a paz de espirito.
Agradeço ainda que me tenhas aberto os olhos - a minha descrição é um bocado repelente (e vou aprimorar isso).

Beijinhos :)

os dogmas da Rita disse...

Oh pa! Sou florzinha de estufa

aespumadosdias disse...

Não sou vegetariano mas a marmelada parece-me bem, com a pessoa certa.
:)

ψ Psimento ψ disse...

Ehehe, embora já tenha feito dessas vaquinhas continuo sem compreender o porque da expressão. Se calhar alguém antigamente ofereceu de prenda uma vaca a alguém cujo valor foi dividido por um grupo. Disseram: “Olá fizemos-te uma vaquinha pega lá.” Enfim expressões do “Arco da Velha”… O Arco de quem??
Abraços

Paula Raposo disse...

Só tu para me fazeres rir, hoje!!

Francisco Castelo Branco disse...

essa da marmelada é das que eu gosto mais

boas ferias!