Cuidado com o Rafeiro! Não é que morda, mas podes pisá-lo sem querer...

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Helloooooo, o sofá está ali!

Não compliquem, pá!

Texto tão brilhante que teve de ser removido para um local mais seguro, mais precisamente o livro Agarrem-me ou dou cabo desses palhacitos!

49 comentários:

Manuela disse...

Rafeirinho, mas há pessoas que não gostam de sofás à sua esquerda, preferem sofás à sua direita. Ainda não deu para entender? Que tal colocar o sofá ao centro? Parece mais bem posicionado, nos dias de hoje.
Beijinhos e boa semana.

the big fox disse...

bom dia
não me fales de sofá que me lembro deles.... e foram 5...
meu amigo olha lá se ele é como o JJ? não via nem á esquerda, nem á direita, simplesmente não via...
é como aquele anuncio " e eu a ver passar..."
abraço e boa semana

Fa menor disse...

Também se pode dar o caso de a pessoa não querer esperar sentada :)

Boa semana!

Sandra. disse...

:))

Assim de repente só mócorre dizer q dês gráçádeus de n indicarem o teu colinho como baloiço dispera :)) eu sei q tenho ideias ternurentas, ás vezes sou capaz :O)))

besuuuuuuuuuuuuuuuuuuuus

Diabba disse...

Hummm posso mandar a Flor para ser entrevistada no teu departamento? Acaba-se já com essa história do "sofá à esquerda", aliás, acaba-se já com o sofá.

enxofre

Janita disse...

Vejo que no teu trabalho existe muita gente com falta de sensibilidade!!
Indicar ao candidato, aspirante a membro dessa fabulosa equipa, o espaço aonde deve sentar-se, estando ele bem visível na frente do nariz é, no mínimo, discurso tipo cassete "Carvalhas".
Eu começava por demitir a/o recepcionista...

ajoaninha disse...

Então se começam a vaguear pela empresa é bom!!! Querem conhecer as instalações! lololol

Felina disse...

Que insensível... achas que com o nervoso da entrevista eles conseguem ver alguma coisa a uma palmo de distância ainda para mais são atendidos por uma voz vinda nem sabem de onde... é aterrador

Dragão Azul disse...

Tanto emervanço só por causa de um sofá, ainda se fossem 5 sofás....

Tem calma não te enerves só foram 5 podiam ser mais.

Ti Coelha disse...

Bem bem, como isso está! :) Isso é tão enervante ou tão cómico como as indicações de subir para cima ou descer para baixo. Ou de dizer (e esta é que me enerva) "há não-sei-quantos anos atrás". Se "há" anos, é claro que são "atrás"! E acho que é muito mais grave que o sofá à esquerda. ;)

Kapikua disse...

não me digas que é um do IKEA?

já agora responde-me a uma dúvida: quem aí vai tem de se sentar no sofá? Não pode aguardar em pé? :)

grande abraço

TM disse...

Bem... se eles não vêm o sofá, isso não é muito bom auspício.... principalmente sobre a sua visão... e funcionários ceguetas ninguém quer... :P

Maria disse...

Entre e aguarde no sofá atrás de si. :P

Baralhar a malta é que era.
Mas sabes que é recorrente dizer o que é obvio. Tipo meter conversa.

Hoje:

Uma chuva do catano lá fora
uma colega para mim
já viste, está a chover
e eu que adoro manhãs....not
Juras? Pensei que estavas a deitar perdigotos!

Maria disse...

Porra detesto ser o número 13.Grunf

Vício disse...

sem deixar de referir que serve para se sentarem e que o podem fazer!

Salete Cattae disse...

Eu me divirto com vc!kkkkkkk
Eu tb me irrito com a bestialidade humana as vezes e vai saber quem é o mais besta...se são eles ou se sou eu por me irritar com coisas bestas assim!rs

bjs querido e ótima segundona para vc.

fj disse...

AHAHAH!!
sofá..de pele e com 4 patas??

sortudos por aqui só temos daquelas cadeiras novas mas de madeira escorregadia e coladas umas às outras...
qd se sentam lá, caso tenham mais de 80kgs já não cabem ao lado um do outro ;)

Tulipa Negra disse...

Olha lá, e o candidato não pode ser invisual (diz que cego é ofensivo)? Quem atende só está a precaver essa possibilidade. Nos dias que correm, não convém discriminar!
Beijinhos (hoje podem ser pequenos, vá)

Vani disse...

Se vamos pensar na possibilidade de um invisual, temos de pensar na possibilidade de um candidato surdo. E dizer isso em lingua gestual, hã? ou pelo menos com uma dicção correcta e uma voz cristalina...

E se o candidato por paraplégico?...


E se o candidato dor de extrema direita?

turbolenta disse...

De pele foleira?
Então já ía sendo tempo de a empresa o substituir.
É um mau cartão de visita um objecto assim de duvidosa qualidade.
E com a crise de empregos, prepara-te, pois os teus "insubordinados" cada vez mais vão ter necessidade de dar essas indicações a uma maior quantidade de pessoas que batem à porta.
Mas eu até acho que alguns candidatos estão tão nervosos que não acham qualquer tipo de assento a menos de 1 km da porta pela qual entraram.
beijos

Marta disse...

O melhor é pedir para colocar uma sinalética iluminada, tipo seta, não vá o pessoal mesmo assim falhar com o sítio :P

Bjs

centro das marradas disse...

...pior seria se o hipotético candidato, voltasse atrás ao intercomunicador e perguntasse:
- Tem a certeza que existe um sofá na sala!? É que eu tenho um lá em casa e não encontro nada parecido na divisão que referiu!...

M. disse...

Ou muito me engano ou são orientações do/a psicólogo/a...

Vera, a Loira disse...

O melhor é colocar um aviso em cima do dito sofá. Aguarde aqui, este é o sofá à sua esquerda.

paulofski disse...

É tudo uma questão de perspectiva, senão vejamos: Por exemplo, se uma equipa ataca para a baliza da esquerda, isso significa que a equipa adversária, ao sofrer golos, terá de ir buscar a bola à baliza da direita!

Kássia Kiss disse...

Lol!

Na verdade, se há pessoas perspicazes, há outras a quem se tem que dizer tudo. É do estilo das instruções americanas, que podem chegar ao cúmulo de, por exemplo, ao comprar um cachorrinho ou um gatinho a sério (sem ser de peluche), ele vir com uma etiqueta a avisar: "Não meta na máquina de lavar"!

Kotta1947 disse...

Tirem o sofá e ponham uns bancos tipo balcão e umas cervejolas à frente enquanto esperam para a entrevista e observem o comportamento dos candidatos e a entrevista será divertida e rápida.

Tulipa disse...

Os hábitos são difíceis de mudar, desiste! :)

Maria Santos disse...

Desconversando... eu preciso de comprar um sofá!!!

Maria Santos disse...

Desconversando... eu preciso de comprar um sofá!!!

Kok disse...

Costumam haver pessoas a vaguear pela empresa onde trabalhas?
Dár-se-á o caso de trabalhares num jardim público?
Assim já se justificaria que um sofá se possa perder entre canteiros de flores e lagos com patos; como tem 4 pernas...

1 abraço pah!

Teté disse...

Candidatos à procura do sofá perdido, nem sempre é distracção! Pelo menos num caso que conheço, o sujeito dedicou-se a gamar umas carteiritas alheias nos vários departamentos... e nem ficou à espera da entrevista! :p

Mas acho uma falha enorme não terem um sofá colado ao tecto! Para verificarem se o candidato era polivalente e trepava paredes qual homem-aranha... :D

Beijocas!

rouxinol de Bernardim disse...

De sofá em sofá... este Rafeiro lições nos dá!... porreiro pá!

maria teresa disse...

Sem dúvida nenhuma! Quando se dá uma "explicação" ela tem que ser completa, completíssima ou então não se dá.
Isto faz-me lembrar a descrição de uma vela a arder, tarefa que tive que fazer no meu estágio, na década de 70. Uma descrição inventada pelo diabo...

Olhos Dourados disse...

LLLLOOOOLLLL
tu és demais!

The one you know disse...

Acho que sim. Deve-se fazer um rastreio logo à entrada.

Não esquecendo claro os atributos fisicos... Se não encontrar o sofá mas tiver umas mamas riginhas e espetadas, acho que se pode abrir uma excepção...

ψ Psimento ψ disse...

Como adepto da objectividade, parecem-me indicações perfeitamente pertinentes para os mais distraídos mas realmente esse método de recrutamento de pessoal que sugeriste também me parece interessante. De facto se não conseguirem encontrar um sofá de dois metros numa sala dificilmente estarão preparados para qualquer tarefa mais complexa!! Sugiro um: "Entre e procure o sofá."

ψ Psimento ψ disse...

Eu não disse no Blog para não fazer spoiler mas dado que aquela “homenagem” foi feita no funeral do Hercules, ele não terá direito a grande opinião! Eheheh :p

Sofia disse...

Rafeiro: eu acho a ideia do sofá estupenda! É bem melhor do que um "Entre e aguarde de pé (até se cansar)".
Beijinhos,Sofia

aespumadosdias disse...

E pelo menos conseguem juntar-se à equipa?

Mie disse...

Mas alguem ja se perdeu do sofa? Essa e que era :))

Nanny disse...

Tinha logo de ser um sofá azul, de pele foleira e com 4 pernas... não podia ser nada mais bonito???

Se fosse eu também vagueava a ver se encontrava alguma coisa mais bonita para me sentar...

:P

Beijocas rafeirote

p.s. - já não dá para os bifes, que já está frio, mas podiamos sempre repetir a experiência do brasileiro, que tal?? Vê lá se dás notícias, pá!!!

Só sedas disse...

Opah, manda-me essa recepcionista para o meu consultório. Cada vez que entra um paciente, deixa as coisas à esquerda (na minha cadeira), senta-se à frente (na cadeira dele) e a cadeira da direita (prás coisas dele) fica vazia... digo-te eu que ás vezes as orientações óbvias são necessárias!

Luis disse...

Meu Caríssimo Amigo,
Por via das dúvidas tenho 3 sofás, um ao centro e os outros dois, um à esquerda e o outro à direita...Há para todos os gostos...
Um grande abraço muito amigo.

Táxi Pluvioso disse...

Mas as pessoas podiam ir para a direita à procura de um sofá e só pararem no escritório do patrão.

Pitanga Doce disse...

Eu até acho que o sofá deveria ficar do lado de fora da porta. Vá que não acertem com a campanhia???

AmSilva® disse...

Agora de repente nem me lembro do nome que se dá a quem não define direita de esquerda...
para essas pessoas seria ainda necessário indicar com a mão ou coisa parecida o local...
para as outras... indiquem a saída!!

conchita disse...

LOL!!! Ainda bem que nunca fui ao teu local de trabalho pedir emprego!!, não me fosse acontecer o mesmo e tu estares prái a rogar-me pragas, fogooo, lol!!, mas também te digo se algum dia for ai pedir trabalho, deito logo fogo ao maldito sofá e acabou-se a conversa, lol!!
Beijos :)

C Valente disse...

Bom domingo
Saudações amigas