Cuidado com o Rafeiro! Não é que morda, mas podes pisá-lo sem querer...

terça-feira, 26 de abril de 2011

Deixa-me lá meter a cabeça a ver se mordes

O título talvez não seja o mais feliz, mas retrata na perfeição um dos mistérios da natureza que mais me fascina. Sempre me maravilhou ver aqueles programas sobre a natureza em que uns animais limpam os outros, como por exemplo uns peixinhos que se metem na boca de uns peixões para lhes limparem as cáries e outras bichezas, ou mesmo uns pássaros que se metem dentro da boca de crocodilos para lhes removerem parasitas. Isto pode ser a minha faceta humana a falar, mas se eu fosse um crocodilo com a boca aberta e um pássaro lá se metesse dentro, NHAC, o lanche estava servido.

O que me causa verdadeira impressão é saber o processo que levou ao estabelecimento destas relações. Será que havia espécies que se juntavam em assembleia e enviavam voluntários à boca de vários bichos para ver onde é que podiam trabalhar em paz?
- Olha, o Penas vai entrar ali no leão. Ui, já era...
- Agora é o Plumoso, que vai tentar a hiena. Fosca-se, até voaram penas!
- Topa ali o Bicadas, a afiambrar-se na boca do crocodilo! Bora, malta!

Seria assim? E se por azar calhassem com um bicho empalhado, transmitindo-lhes uma falsa sensação de segurança e depois quando chegassem ao vivo marchavam para o estômago do bicho para observarem o funcionamento dos sucos gástricos? Aposto que muitas espécies se extinguiram à conta destas experiências.

E já imaginaram se esta prática fosse aplicada na nossa sociedade? Permitíamos que a malta se chegasse ao pé de nós e nos começasse a mexer, espremendo as borbulhas, sacudindo a caspa, fazendo uma massagem. O lixado era se não topássemos que eram políticos e quando se iam embora lá ia a nossa carteira...

Até sempre,
Rafeiro Perfumado

49 comentários:

Besta Artista disse...

Tenho de concordar...
Seria impossível de aplicar isto na nossa sociedade. Ninguém dá nada a ninguém sem querer algo em troca x)

the big fox disse...

mas como é possivel depois de um título destes...
é mesmo deixar-nos a salivar por mais e despois pimba, acabou, não ha nada p´ra ninguem....
não se faz e ainda por cima depois da Pascoa....
abraço....

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Eu cato o meu marido e filho... hihihihi.... Quanto à carteira, o meu filho ainda não usa!!!!

MARGE SIMPSON disse...

Por acaso nunca tinha pensado nisso e vejo imenso o National Geographic Wild...mas vou começar a pensar no caso... no entanto é a lei da sobrevivência.. que um dia quem sabe chega à espécie humana.. já houve um caso.. há uns anitos ( acho) quando um avião se despenhou e como não foi detectado assim num curto espaço de tempo houve ali uma cena como a que retratas.. e as tribos canibais.. como farão.. será que preparam bem as carnes?? Usarão bem os temperos???
Claro não falando nos políticos que levam quase tudo...afiambram as carteiras sem aviso...

Barroca disse...

UI, o pior é que nem precisam ser políticos! Quem não tem um amigo/familiar que chega, todo doçuras e miel, manso, de mansinho e depois se vai, com um favor garantido ou um empré$timo no bolso.

Porém, como a espécie vai apurando e transmitindo formas de se esquivar às manhas, a informação vai passando e por mais que o bichinho vá pondo a cabeça na goela, não há forma de levar nada. ;D

Paulo disse...

Nos recifes de coral da grande barreira da Austrália, existem verdadeiras "estações de serviço", onde peixinhos de limpeza limpam o dorso e até a boca a toda a espécie de peixes de grande porte, inclusive de tubarões. Talvez a natureza nos queira mostrar que "não vale tudo" no que se refere à competição, há pausas em que um bem maior (remoção de parasitas) se sobrepõe ao instinto!

No seio da sociedade pode existir este tipo de limpezas, de um modo diferente convenhamos, em que o político de grande porte permite que aquilo que não pode arrecadar (as migalhas) sejam removidas pelos políticos-parasitas de pequeno porte e até se associam na "limpeza" dos fundos ehehehehehehe

Grande Abraço ^_^

AmSilva® disse...

Estava aqui a pensar no caso dos macacos... em que se catam uns aos outros!
Na verdade não estamos muito longe dessa mesma realidade, vejamos:
No nosso caso em particular, somos todos "macacos", onde os que catam são do governo, vasculham-nos o pêlo procurando tudo quanto nos possam catar... do bolso!!
Abraço

Maria Santos disse...

Mais uma vez... concordo contigo!
Vermes abestalhados, esse espécie que deveria estar em extinção - os politicos - que nos limpam tudo...
Ca#$%#s... de me#$%...
Bem... vou á praia e já volto!

Isabelices disse...

Olá

Engraçado, este teu post fez-me lembrar o último livro que li "O perfume de Adão", que é sobre guerra bactereológica numa abordagem muito interessante acerca da sobrevivência da espécie.

Não concordo contigo quando aludes a que na sociedade não existe esse tipo de permuta, existe e exactamente com o mesmo espiríto.

Agora em relação á classe politíca aí concordo.
A verdade é que esses são uma mutação da espécie humana e urge exterminá-los.

Utena disse...

E se pussemos os politicos a substituir os passaros que tratam da limpeza oral dos corcodilos?
Isso é que era

S* disse...

Sou muito cricas, em mim ninguém tocava, que eu faço a minha higiene sozinha. :P

Orquídea Selvagem disse...

Ora ora...
Caro rafeiro: once again I desagree...
Nunca ouviste aquela expressão... «You scratch my back and I'll scratch yours»?

Beijocas perfumadas :)

Marta disse...

Cá em casa quem cata sou eu!
E não me parece nada bem ser catada assim sem mais nem menos por estranhos. Por mim dispenso ;P

Frida disse...

Bom dia !
Olha se isso fosse aplicado na nossa sociedade não sobraria um ser vivo. Até o ar que respiramos iria acabar, não sobraria nada, seria um vazio, devido ao egoísmo dos seres humanos. Beijos de cá do Brasil.

Cat disse...

o título é tão soft porno... :P

(eu as massagens ainda aceitava, cá o resto, xô)

Rui Pascoal disse...

Se antigamente, quando isto estava menos mal, já nos "espremiam" daqui para a frente até esquecem os preliminares.
:)

Inês disse...

Escravatura animal é o que é!!!

Dragão Azul disse...

Depois de ler o titulo do texto pensei que ias falar de posições sexuais ou algo relacionado com o Kamasutra, afinal bens a falar de bichos que se comem uns aos outros.

...bem pensado.

Felina disse...

Eu só deixo se aproximar se for para fazer massagem mas não pode ser um bicho qualquer

Tio do Algarve disse...

Meu caro,
São as novas aves de rapina...Levam tudo.
Abraço

turbolenta disse...

Pois... mas mesmo sem nos massajarem, espremer borbulhas ou sacudir a caspa, os políticos limpam-me a carteira cá com uma pintarola! E não é preciso estarem junto a mim...a ti... a nós... a vós...
a todos menos a eles!
Hoje estou com pouca inspiração. Resultado de uns dias passados lá na santa parvónia.

Beth/Lilás disse...

Ah, Rafeiro, tu és muito criativo!
Idéia genial esta e se tivéssemos um bichinho para limpar-nos diariamente eu iria adorar.
grande abraço, carioca

palavrasasolta disse...

Como de costume já venho tarde e o que te queria dizer já foi dito por uns quanto que se adiantaram a mim.
Mas só para personalizar, cá em casa tenho o especialista das massagens e que bem que sabem!, mas são só para mim.
Quanto à classe politica... achas que eles acreditariam se lhes chegasse aos ouvidos que ganhariam votos se fossem fazer limpeza aos dentes dos crocodilos do Zoo?

Janita disse...

Olá Rafeirinho...!
Tens toda a razão, no sentido de entre os humanos, essa prática ser impensável.
Na Natureza há essa espécie de entre-ajuda, entre os animais, ditos irracionais.
Assim tipo:uma mão lava a outra, percebes?

Os pássaros metem o bico nos ouvidos dos rinocerontes e outros que tais, para lhes tirar os parasitas que os incomodam e que por sua vez alimentam os passaritos.

Ora, como seria possível introduzir essa prática na nossa sociedade, se os parasitas, mais os rinocerontes, estão todos a ser alimentados pelos pobres passarinhos...já todos depenadinhos?

Fica bem.
Espero que não te tenhas enchido de doçuras...

pink poison disse...

Falas de relações inter-especificas entre animais de diferentes espécies...
Comensalismo e outras... Politicos, eu faço-lhes uma massagem.

Sandra disse...

Pois rafeiro...parece mesmo que não demos conta...porque as carteiras já se foram....o pior é que estes parasitas são valentes e geneticamente modificados (atribuo talvez a estas mudanças climatéricas e alimentos criados à base de antibióticos) é que meia duzia de parasitas limparam bem cerca de 10.000.000 portugueses...valentes estes parasitas e desempenham bem a função deles....

;)

LopesCa disse...

LOL ai pois é temos de ter muito cuidado ... com os políticos :)

Susana Gatita disse...

Uma coisa é certa, por muito que uns deixem e outros não, em todo o prempre os bichos se comeram uns aos outros e normalmente são os grandes que comem os pequenos, não? está tudo dito!

Fábio Paulos disse...

por acaso não conheço resposta para isso, mais um mistério da natureza. abraço

hesseherre disse...

Eu não sabia que o meu amigo era um zoo-biólogo de respeitado cú rrículo junto aos políticos da zona de meretrício local...
Feliz Páscoa pro ano que vem - se sobrarem ovos, já que o FMI vem aí...

redonda disse...

:))) Gostei muito do "Topa ali o Bicadas, a afiambrar-se na boca do crocodilo! Bora, malta!"

Miss Murder disse...

É com grande agrado que vejo que ainda não vivemos num verdadeiro mundo animal, para sorte dos animais!

MAR disse...

Está demais! nos políticos é que não cofiaria não! bjs

Táxi Pluvioso disse...

Um serviço parecido tem sido prestado pelos políticos destes 37 anos, a minha carteira está limpinha, é um mimo.

Kok disse...

Até tu, Rafeiro...
Será que "estás de olho" na rapariga das limpezas e se a apanhas a jeito a limpar-te qualquer coisita, NHAC??
(grnhgrnhgrnhgrnhgrnh...)
O pessoal das limpezas que não para de lavar, polir, limpar, arrumar, não tem direito a melhor post?

1 abraço pah!

Candybabe disse...

ahahahhahahahahahahahahahaha
Confesso que me ia sentir mal, não curto malta que não conheço andar muito perto de mim, quanto mais a tocar-me... Na bicheza... Foi encontrar um equilíbrio, afinal funcionou bem para ambos.

Laura Ferreira disse...

Olha que era capaz de ser bem engraçado. Eu sei perfeitametne quem "cataria" e "espremeria"!

Anjo De Cor disse...

aqui em sociedade mas limpos do que estamos é impossível heheheheh ;) de caminho andamos todos sem roupa ...

paulofski disse...

Diz-se que os lusitanos é um pobo hospedeiro, mas cuidado que isto de ficar só com as migalhas é dar de comer aos tubarões. Por essas e por outras é que estamos assim!

Teté disse...

Bom, se já não é grande ideia a dos bichinhos se enfiarem na boca de bichões para os aliviar de parasitas, essa de deixar os políticos aproximarem-se demais ainda é pior: nunca se sabe se seria só a carteira a voar, alguns mais gananciosos ainda levavam os anéis, relógio e até a roupinha... :P

Beijocas!

TERESA SANTOS disse...

Eh Rafeiro, andas muito distraído com a bicharada!
Esta prática aplicada à nossa sociedade?
Rafeiro, Rafeirozito, a nossa carteira?...
Ui, ui, onde é que ela já vai!
Aves de rapina? Não conheces?...

Gata2000 disse...

Eu gosto mais da ideia de os deixares aproximar e depois comê-los! Á socapa :)

Malena disse...

Tu és lixado!! Então tu comias qualquer bichinha mesmo que ela só te quisesse limpar a boca, pá???

ψ Psimento ψ disse...

Também sempre foi um quadro que me fascinou, mas eles cá para mim fazem um contracto de prestação de serviços, possivelmente com remuneração a recibos verdes…
Abraços

Sun Iou Miou disse...

Mas nós deixamos fazer isso tudo e ainda pagamos para isso, Rafeiro, e bem.

Vício disse...

espremer borbulhas, sacudir a caspa e fazer massagens?
com a Joana Amaral do BE até era capaz de usar uma carteira vazia...

gota de vidro disse...

Parece-me bem que os políticos fazem isso mas longe de vontades benévolas....Sugam sim....Ahhhhhhhh pois sugam.....Mas não pròpriamente o que deviam.
Esta fantástico

bjitos de gota em recuperação

Fátima Santos disse...

Muito bom!!! fazes umas analogias mto engraçadas! bjs

Sérgio Pontes disse...

Realmente há coisas esquisitas, de facto o teu pensamento está muito bem, como é que se evoluiu para "combinações do género pássaro + corcodilo, etc..."

Abraço