Cuidado com o Rafeiro! Não é que morda, mas podes pisá-lo sem querer...

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Profissional a tempo inteiro o catano!

Trabalho é trabalho, bagaço é bagaço. É que não aprecio muito o conhaque...

Texto tão brilhante que teve de ser removido para um local mais seguro, mais precisamente o livro Agarrem-me ou dou cabo desses palhacitos!

57 comentários:

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Pior que dar conselhos de borla é mesmo ser interrompido a meio do almoço.... isso sim deixa-me de cabelos em pé e com a comida a arrefecer na mesa!

Inês disse...

Começa a cobrar pelos conselhos que te pedem.
Mas, porra...falar de taxas de juro ao almoço é motivo para tirar o apetite a qualquer pessoa.

Mie disse...

E nestes casos que se devia aplicar aquela maxima de quando se come nao se fala, ou pelo menos nao se fala de trabalho ;)
Por aqui e a mesma coisa, ja desisti de almocar com determinadas pessoas, porque nao sabem falar de outra coisa e pelo menos enquanto almoco quero paz.
Boa semana rafeiro :)

Petra disse...

Aqui isso também acontece....
Já cheguei a responder que quando tou a comer ou a gozar de tempo livre desligo um botão que tenho na pinha que me permite por o cérebro a funcionar...
Digo isto porque sou uma moça querida porque a vontade é dizer...
Vá pro caralhinho tenha respeito.

the big fox disse...

este mundo está mesmo perdido...
já nem o FMI nos salva...
perguntar a ti é o mesmo que perguntar ao BEAN...dá sempre resultado... e do bom...
abraço

rouxinol de Bernardim disse...

A alma lusa terá cotação na bolsa?!

tronxa disse...

faz assim, rafeiro, deixa de almoçar!!!

assim ja ninguem te incomoda na hora que nao existe!!

:DD

bjnhs de boa semana

Sun Iou Miou disse...

Eu não sei disso. Nunca ninguém me perguntou pelo que iria acontecer com as taxas de juro nem na hora do almoço nem em horário de trabalho. Mas o Periquita esse ia bem... até sem nódoas em gravata de seda.

Abracinho!

Patrícia disse...

Essa ideia de trocar sabedoria à hora do almoço não me parece nada mal. É o regresso à troca directa. Talvez seja uma boa oportunidade. A próxima vez que me fizerem perguntas relacionadas com a minha profissão vou exigir esclarecimentos sobre outra coisa qualquer....
bjs

Utena disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Utena disse...

Pois carissimo Rafeiro,
Isso é mesmo motivo para rosnar em alto e bom som!
A verdade é que é comum isso acontecer! Podes sempre responder de uma forma dura e definitiva. Ou então fazer-te de desligado como se nem ouvisses!
Melhor ainda é no fim do almoço não pagares a conta e dizeres que fica pelos teus honorarios e cabelos brancos adquiridos no infimo descanso que tens entre a metade do teu dia laboral.
Latidas para ti

sentaqui disse...

Podes sempre atolhar a boca de picanha até o interlocutor se aperceber que é de mau tom falar de boca cheia e se cansar de esperar pela tua resposta.
Boa semana Rafeiro
Beijinhos

S* disse...

Por isso é que as pessoas stressam... fora do trabalho não deixam de pensar nele.

TERESA SANTOS disse...

Picanha ao almoço?

Gravatinha de seda?!...

Sálario pago a horas?

Sabes o que nos vai acontecer com as "abençoadas" taxas de juros?

Bem podes continuar a trabalhar enquanto engoles a malfadada picanha!

Cacarol disse...

O uso de moluscos gastrópodes (caracóis) para estudos neurobiológicos é vantajoso porque o seu sistema nervoso e comportamentos são intermediários em complexidade quando comparados a outros animais. Os padrões de atividade derivados do sistema nervoso central são modulados por informações periféricas provenientes de vários quimio e mecanorreceptores, os quais desempenham funções importantes na manutenção da homeostase interna. Assim, juntos, elementos centrais e periféricos permitem ao animal modular seu comportamento respiratório de acordo com suas demandas metabólicas. O objetivo deste trabalho originou-se da necessidade da compreensão da atividade respiratória do caracol pulmonado terrestre Megalobulimus abbreviatus, da identificação dos neurônios do sistema nervoso central envolvidos no seu controle, bem como da organização da inervação de uma estrutura-chave envolvida no comportamento respiratório deste animal, o pneumóstoma. Realizou-se a identificação dos neurônios do SNC que controlam o PNEUMÓSTOMA através de marcação retrógrada pelo nervo parietal posterior direito com cloreto de cobalto e biocitina; a descrição da morfologia e da histologia da região do PNEUMÓSTOMA, assim como a análise da presença de monoaminas, atividade acetilcolinesterásica e de imunorreatividade a FMRF-amida nesta região. Também foi realizada a investigação sobre uma provável relação entre o sistema dopaminérgico, serotoninérgico e peptidérgico com os neurônios identificados por marcação retrógrada nos gânglios nervosos centrais, através da comparação entre os neurônios retrogradamente marcados com neurônios imunorreativos à tirosina hidroxilase, serotonina e FMRF-amida. Neurônios retrogradamente marcados foram encontrados nos gânglios pedais, pleural direito, parietal direito e visceral. Encontrou-se na superfície do tegumento do PNEUÓSTOMA um epitélio constituído de uma única camada de células cilíndricas, com microvilosidades ou cílios como terminação apical, envolvido por uma camada muscular bem desenvolvida. Foi possível verificar que a organização da inervação na região do PNEUMÓSTONA está constituída de uma rede neural para suprir a camada muscular e ramos neurais mais finos que estão mais densamente distribuídos em um plexo na camada epitelial e subepitelial adjacente, onde corpos celulares neuronais foram identificados. A análise do padrão de inervação do PNEUMÓSTONA, juntamente com os dados da comparação entre neurônios retrogradamente marcados e imunorreativos no SNC, permitiu concluir-se que o neuropeptídeo FMRF-amida parece ter uma grande importância na regulação motora da região do PNEUMÓSTOMA, assim como a 5-HT, que provavelmente possui uma função motora ou modulatória nesta região, enquanto que a participação da dopamina no controle respiratório deve ser principalmente sensorial, responsável pelas informações provindas do tegumento do PNEUMÓSTOMA.

Brown Eyes disse...

Então e quando eu decido abdicar da minha hora de almoço para organizar a pasta dos pendentes e o telefone toca, toca, como que me fazendo lembrar que alguma alma demoníaca adivinhou que eu estava no batente??

Malena disse...

Faz como a Caracol! Dispara um discurso sobre Rafeiros que pode ser que resulte!! ;)

TERESA SANTOS disse...

Ui, Cacarol...

Felina disse...

A hora do almoço não é só para comer também é para conviver, enquanto a picanha grelha na pedra até é bom falares para não te zangares com o grelhador, tu agora dizes mal de tudo e de todos, estás mesmo a ficar cota

Cat disse...

Experimenta pôr uma placa na mesa onde estiveres a comer a dizer "encerrado para almoço".

Nanny disse...

Deves achar que és especial... se a mim até á noite me perguntam pelas taxas de juro... ainda um dia destes (sábado) até a esteticista me perguntava pelo FMI...

Vai ao Macdonalds que já encontras menos colegas :P

Pitanga Doce disse...

Então e...se fossem dúvidas sobre como engatar gaijas já tinhas conversa pra metro e meio? Deixa a jove saber disso. Corta-te a ração.

Teté disse...

Já viste a tua sorte? E se fosses médico, ahn? Ainda te iam interromper a refeição para te falar de um problema de hemorróidas... :)))

Beijocas!

ps - o que não falta nesta terra é gente chatinha, com conversinha a condizer... :S

Ti Coelha disse...

A) Arranja um 2º número de telemóvel e dá só aos amigos e familiares mais próximos.
B) Desliga o 1º telemóvel quando queres estar descansado.

Por isso é que eu não acho muita graça a telemóveis da empresa. :P
Acham sempre que tens que estar sempre contactável.

Cacarol disse...

PNEUMÓSTOMA é uma palavra bonita~~~~

Janita disse...

Pensavas que isto de se ser super-deslumbrante, super-inteligente, lindo, charmoso, cativante, meigo, atencioso e com um sentido de humor capaz de fazer rir o R.E. te trazia só vantagens?

Fica bem e passa uma Páscoa Feliz.

Evanir disse...

Estou pela primeira vez em seu blog
vejo com tristeza o clamor de Portugal .
Tenho muitas amizades nesse Pais que amo desde minha infância sou brasileira mais amo essa Pátria irmã.
Com muito carinho estou seguindo seu blog convido você a conhecer meu blog Brasil e Portugal.
Um beijo carinhoso ,Evanir.

www.aviagem1.blogspot.com

cassamia zaratustra das metamorfoses disse...

como eu te compreendo...
optei por almoçar sozinha, sempre e nas poucas vezes que abro exceção arrependo-me :(

ψ Psimento ψ disse...

Ah Rafeiro conheço bem a sensação, espero que tenhas conseguido acabar o almoço. Felizmente nos empregos que já tive sempre tive a felicidade de não me incomodarem nas horas livres. Já na faculdade há sempre alguém que durante o fim de semana me apanha online na net quando normalmente estou a namorar(viva as novas tecnologias) para me perguntar sobre algum trabalho…
Abraços.

Maria Santos disse...

Vou contar-te um segredo:
- mudei recentemente nas funções la do serviço. Sai do atendimento e "estou" com os tribunais (diga-se de passagem que nesta altura não é bom estar no atendimento!!!).
Mas as queridas la do serviço que foram para o meu lugar (foram 2!!!) não me largavam com duvidas e perguntas de cáca...
Resumindo: não fazia o meu, nem o delas, nem deixava trabalhar quem está no gabinete...
SAbes o que fiz?
Escarrapachei uma folha A4 no PC (quem entra assusta-se e dá meia volta!)
O que diz?
"ASSESSORIA INFORMATICA EM AS: PERGUNTAS DIFICIEIS E PARVAS 0,23 €; PERGUNTAS FACEIS MAS TB PARVAS:0,06 €"
Resultou... Não fiz "migalheiro", mas deixaram de me chatear!!!
Custa a pagar!!!
Bjocas

Isis disse...

Fiz uma "limpeza". Agora só almoço com malta que não fala de trabalho. É proibido e se alguém se esquece da regra, paga o almoço aos outros. Periquita!!! Ai que bom! Beijocas e rauf

redonda disse...

Tive uns colegas e companheiros de almoço que estabeleceram a regra que durante o almoço não se falava de trabalho...talvez possas tentar também consagrar esta regra.

Luis disse...

Meu Bom Amigo,
Mas ainda almoça? Hoje em dia já vai rareando quem almoça por isso não deixe que lho estraguem!
Mas infelizmente há sempre um "rafeirote" que para mostrar serviço nos torpedeia com perguntas de que ele próprio nada entende! É o "Faz-de-Conta" a funcionar!
Um abraço amigo e desejo de uma Santa Páscoa.

Dragão Azul disse...

Como eu te entendo.....

No meu caso como não tenho hora para o almoço e jantar aparecem sempre pessoar nestas altura e o que mais me inerva é aqueles perguntam coisas que não tem nada a ver tipo..

Se faz favor tire-me um café...

Olhe tenho aqui uma camara de ar do pneu da minha bicicleta queria que o reparaçe....

Comprei esta bemgala para o meu pai mas é grande não se emporta de a cortar 5cm....

Mas sera que estes palhaços ainda não perceberam que em nenhuma publicidade da loja diz que é um café, que se repara pneus ou se faz reparações em bengalas.....

(isto é só 3 exemplos daquilo que me aparece por aqui... digamos que isto tinha muito que escrever.)

Abraço!

aespumadosdias disse...

Muito bem visto. Mas há algo bem pior que é ter de levar trabalho para casa.

hesseherre disse...

Que pena que o polvo Paul morreu....se estivesse vivo, levavas-lo a almoçar contigo e enquanto ingerias tua ração balanceada ele responderia à Inquisição inevitável....
Quem manda ser popular? Usasses um capuz tipo KU-KLUX -KLAN;

Nuno Medon disse...

olá! nem a almoçar, tens descanso. tens que mudar de restaurante ou então, não respondes a questões dessas...finges-te de surdo-mudo... um abraço e boa Páscoa

MARGE SIMPSON disse...

Isso em tempo de trabalho ainda é sofrível.. agora fazer uma ceia de Natal, um Jantar de Carnaval com pessoas da mesma profissão.. aí sim perdes o apetite porque a conversa gira à volta do mesmo...por essas e por outras deixei simplesmente de ir.. farta da Escola estou eu ainda vou ter de gramar um jantar a falar de alunos, o mesmo acontece no jantar do rapaz que ainda não há muito papei com uma conversa sobre leis, Código penal e desancar no Bastonário.. senti-me mesmo fora do contexto.. o que me valeu foi ter ficado ao lado de alguém que estava como eu!
Não é por acaso que tenho dois telemóveis.. o de trabalho chega a casa e é desligado até ao dia seguinte.. o outro fica caladinho e lá vejo quando passo quem ligou ou mandou sms... haja paciência!
Há almoços e jantares completamente secantes que por muito boa que esteja a comida metade fica no prato, para sair mais rápido!

Blogadinha disse...

Não há vingança possível - só funciona entre colegas e estes vivem disso. Da próxima, usa o teu "label" como desbloqueador: "Ó tu, e gaijas?" :)

nacasadorau disse...

Manda-os calar :)

Tinha um problema semelhante. Como trabalhava com turistas, quando ia de férias não os podia ver ... muito menos conversar :)

Páscoa Feliz

Anónimo disse...

O que eu já me ri com este post... Por aqui sofremos do mesmo, com o mesmo tipo de perguntas. Às vezes dá vontade de fugir e ficar fechado em qualquer lado durante o almoço de forma a que NINGUÉM ouse sequer fazer alguma pergunta relacionada com trabalho!
Isso e fazerem perguntas quando não estamos lá, como se soubéssemos todo o o rol de produtos decor e salteado, números das contas e afins...

MEU DOCE AMOR disse...

Rafeiro, olá:

Olha, o melhor é comprares a comidita, botas num cestinho e vais para um jardim, parque...etc, almoçar ao som dos passaritos e prontos!Vais ver que é bem bom e ninguém te aborrece.

Eu cá vou a um sítio que ninguém gosta de ir.Não conheço ninguém e é uma maravilha:)))é um tempo para mim.

Beijo doce:) e páscoa feliz

Elisabete Lira disse...

Seu blog é muito interessante...
Estou te seguindo.... Tenha um Lindo Dia!
Siga meus Blogs: http://cartasdeumcoracao.blogspot.com/
E
http://deusemminhaalma.blogspot.com/

Táxi Pluvioso disse...

Pausas para almoço? hmmm parece-me luxo que acabará lá para o PEC XLI. É possível alimentar o trabalhador com um tubo, dando-lhe a liberdade democrática, do orifício de inserção. boa semana

Me,myself & I! disse...

Eh,eh,eh,eh,eh,eh!!!

Bongop disse...

Bem...
Posso-te perguntar ao meu "cãoráculo" preferido se me vão cortar mais no ordenado?
:P

Abraço

JP disse...

Bem se no ordenado estiver incluído disponibilidade 24 horas!

Um abraço

nacasadorau disse...

Amigo Jorge!

Vem daí que eu prometo proporcionar-te não só a visita como as provas.

Sabes o que comprei na Brejoeira? Uma aguardente velha. Wow!!!!
Vale cada cêntimo.


Beijo
e Feliz Páscoa

Anna^ disse...

Custa lá alguma coisa elucidar e opinar sobre as calamidades do país,entre uma garfada ou outra?Mas que mau feitio :P

LopesCa disse...

LOL ossos do oficio ;)

Anjo De Cor disse...

Como te entendo e de apertar o pescoço ao gajo... despois dizem que estou magra, nem comer em paz se pode.... heheheheh ;)
Beijinhos*

turbolenta disse...

Passei só para desejar uma Páscoa muito, muito Feliz.
beijos

Ana disse...

É como os meus colegas da loja... "Olha, tu não és licenciada em Direito? Então diz-me lá [enquanto estás aí a dobrar roupa e a pensar noutras coisas], recebi agora uma multa de há um ano e meio atrás, achas que devo pagar?". E eu "Pá... sei lá! Eu não as pago!". lol

Kok disse...

De facto...
Interromperem uma garfada não está bem; pode mesmo ser perigoso.
Mas afinal qual é mesmo o problema?
É que não esclareces se é pelo tipo de pergunta ou se é pelo tema abordado.
Não que eu esteja a contradizer-te (livra...), mas é só para esclarecer a coisa!

coisas minhas disse...

LOLOLOL.... sim de facto é bem verdade...

Estas na banca ne?

nao percebem que a hr de almoco é para desanuviar

Narizinho Lunático disse...

Não é agradável, não senhor! Já perdi muitos intervalos e já fui almoçar muito mais tarde, por causa de formandos que, sem fome e sem xi-xi, decidiram questionar-me acerca do sexo dos anjos... Ora, eu que de anjos nada percebo, acabo por arranjar uma desculpa e pisgo-me dali para fora... Mas que é complicado, sim é!! :p Bjitos e Boa Páscoa!

Fátima Santos disse...

Oh rafeiro, ler textos assim vale a pena!! aquilo que eu andava a perder! mto bom, e sim concordo, há que desanuviar durante a horinha que temos durante o tempo laboral a falar de outros assuntos!