Cuidado com o Rafeiro! Não é que morda, mas podes pisá-lo sem querer...

sábado, 4 de junho de 2011

Isto não tem nada a ver com as eleições!

Imaginem que vivem num galinheiro onde é necessário escolher um líder. Por motivos obscuros, uma raposa entra na corrida. Pouco se sabe sobre ela, nunca se viu um ovo que tenha posto, mas em contrapartida é bem-falante, promete milho em abundância e que os ovos colocados pelas galinhas não lhes serão tirados. E as galinhas acreditam. No entanto, após ser escolhida, a raposa mostra o que realmente é. Dá o milho a membros da sua matilha, racionando o destinado às galinhas e ainda se afiambra aos ovos que estas colocam, afirmando que são necessários para o funcionamento do galinheiro. E as galinhas, tirando um ou outro cacarejo, aceitam o seu destino, afinal foram elas que escolheram a raposa.

Chegada a altura de escolher novamente o líder do galinheiro, eis que as galinhas se esquecem do que sofreram e, fazendo jus à fama de terem cérebro pequeno, voltam a escolher a raposa como líder, acreditando na promessa de que agora tudo será diferente. Mas não é, e a história repete-se. Ainda menos milho, mais ovos surripiados, mais poder para os membros da matilha. E os cacarejos do costume.

E eis que surge novamente a época da escolha do líder. A raposa já não consegue convencer tantas galinhas, mas mesmo assim continua com o seu discurso, prometendo aquilo que já sabe que não irá cumprir. Não faço ideia de qual o bicho que vai ser escolhido, mas sei que a raposa tem de levar um valente pontapé no cu.

Até sempre,
Galo Perfumado

44 comentários:

FATifer disse...

Que linda alegoria que escolheste para nós no dia de reflexão… tenho pena que não tenhas particularizado os outros bichos pois, como te tenho vindo a dizer, preocupa-me que haja tantos como tu tão preocupados em lixar a raposa que não vêem que pode haver muito pior que a raposa (continuo a dizer que isto não quer dizer que eu goste de raposas!).

Tu que gostas tanto de ditos fica um em inglês (porque é mais chique), para o que antevejo que vai sair destas eleições:

“out of the frying pan and into the fire“

Abraço,
FATifer

Me,myself & I! disse...

Não... rigorosamente NADA a ver!
:)

Me,myself & I! disse...

E também não tem nenhuma mensagem subliminar escondida...

Nês disse...

Qual política qual quê.. Eu li apenas uma história para crianças ahaha :D

ADLuxor disse...

Isso merece levar sim! Um valente pontapé no cu! O pior é que na campanha da "raposa", ela ainda andou a oferecer bilhetes para o oceanário às galinhas para que elas votem nele!!!
Um à parte engraçado, a "raposa" é bastante baixinha, eu que sou baixo tenho quase a altura dele ahahahahah!!!
Abraço!

Cat disse...

Eu que ando tão desanimada com estas eleições, sei em quem não votar... provavelmente em nenhum deles!
(bem, na raposa não voto nem obrigada, credo!!!)

beijinhos

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Pode-se sempre guisar a raposa em vez das galinhas! Dizem é que tem de ficar em água corrente uns dias porque cheira maalllll como tudo... blérck....

Eva Gonçalves disse...

Olha, eu dE galinheiros percebo poUco... dado que não teNho gAlinhas nem ovOs...mas Vou-te cOntar uma coisa, se esTivesse nO lugar delas, teNdo que escOlher um líder, aPostava em qualquer um menoS nessa raposa...

Utena disse...

Lindo... sim senhor...
Só por essa mereces uma bela lambidela ser Rafeiro mensageiro subliminar

Magia da Inês disse...

Olá!
Passei para uma visitinha.
Raposa... galinhas... rafeiro perfumado?!...
Bom fim de semana!
Beijinhos.
Brasil

Ardnaxela disse...

Oh rafeirito então não sabes que hoje é dia de reflexão e não se fala de politiquices? Aiai... Rafeiro mau, a quebrar as regras xD

Nota: esteja descansado que eu não nessa raposa não voto, mas no meio de todos os outros bichos que habitam no meio daquele jardim zoológico venha o Diabo e escolha.

cuca disse...

Por momentos, julguei que estava a ler Miguel Torga mas entendi perfeitamente a mensagem. Ainda bem que não sou galinha...

Mie disse...

Muito bom, evitar raposas de negrito :)

Julie D´aiglemont disse...

Paradoxo português: em equipa que está a perder não se mexe! Essa é grande vitória da propaganda socrática.

ianita disse...

Falta sublinhar o "d" em "perfumado" ;)

Rui Pascoal disse...

Rafeiro,
Senta!
Fica!
Quieto!!!

Cacarol disse...

Não tem nadinha mesmo...As raposas são matreiras*

Teté disse...

Não voto em raposas nem em coelhos, mas encontrar um galo que mereça o poleiro também não é tarefa fácil, porque a meu ver nenhum tem perfil para a tarefa... Fazer o quê? Do mal o menos!

Mas pronto, claro, isto não tem nada a ver com eleições. Concordo com a chique frase do Fatifer... ;)

Beijocas!

Barroca disse...

Ha ha, muito bom! As mensagens sublimes são as melhores! ;)

Amanhã vamos votar para eleger uma nova raposa, que tem a mesma escola da outra mas simplesmente vem de outro bosque (talvez onde morava o bambi, que ainda há quem acredite em fábulas!...)

Carolina Tavares disse...

Percebo que quem consegue escrever por meio de fábulas e parábolas é dotado de uma inteligência especial. Minha admiração portanto.

A. disse...

É sempre bom saber que podemos confiar num bom cão de guarda para tomar conta do galinheiro.
Bj

Bongop disse...

Não voto PS
Não voto PSD
Não voto BE
Não voto CDS
Não voto PCP
Não voto VERDES
Não voto ...

Anna^ disse...

Mas tu agora contas histórias infantis,é?
(eu rezo para que no entretanto o cérebro das galinhas tenho crescido e parem de deixar que lhes metam o dedo no c@ para ver se têm ovo).

bom domingo e que a "coisa" corra bem :)

Lima e Tequilla disse...

É impressão minha ou tu chamaste-me de galinha? ;) Como tu gostas muito de provérbios deixo-te aqui um:
À primeira caem todos. À segunda só cai quem quer. À terceira só cai porque se gosta mesmo de ser burro.
Beijoca ;)

Bácoro disse...

A ver se desta vez conseguem escolher um galo para por ordem no galinheiro, o que olhando para a oferta não será fácil...

Há ai muita raposa com pele de cordeiro por cima...

e faltam 08h 03m e alguns segundos para a escolha e que ganhe o mais cordeiro possível.

carol disse...

Achei muita graça à fábula, mas não gostei da mensagem...

Vota bem, Rafeiro, anyway....

hesseherre disse...

Rafeiro, procura o HADDAD, nosso ministro da Educação, ele terá na certa uma experiência nova a te propor em merchandising cultural...
Abraços

Maria Santos disse...

Galo Perfumado??? Porra!!!
Pondero o teu conselho... acho que vou seguir... mas de resto... nada de novo... posso fazer uns corninhos e uns oculos e uns bigodes no boletim de voto???

Há.dias.assim disse...

Ainda bem que não tem a ver com eleições...
Feliz dia Mundial do Ambiente!

Carlos II disse...

Se a raposa vier acompanhada com um bom ministro das Finanças, ainda vá! tipo Salazar.

Um abraço!

Inês disse...

Eu mais a minha mãe acabámos de dar o nosso real pontapé no traseiro da raposa.
Mas o mais interessante (ou não) no meio de tudo isto é que existem pessoas que vão na conversa da raposa e acreditam nela.

Sérgio Pontes disse...

Daqui a pouco logo o saberemos

Abraço

Sofia disse...

Nada tendencioso...! Que ideia!
Beijo,
Sofia

Marta disse...

Lindo!!!
Ah ah ah, simplesmente lindo!
Missão cumprida aqui por este lado.

PetiteLarousse disse...

Afinal deixei passar o vencedor.. e ganhou o coelho.. a raposa teve de se recolher! Agora vamos ter novos galos e galinhas... mas os cacarejos serão outros... e vêm da Alemanha...afinal as galinhas ainda têm cérebro para se virarem à direita...e o milho vai ter outros destinatários...
Fica-te bem o disfarce de galo!

Nuno e Paula disse...

E nao e que levou mesmo?! O problemas e que muitas galinhas, como bem dizes, tem o cerebro pequeno...
Ainda votaram na raposa, mesmo assim...
Santa Galinha nos valha...
:)

Isis disse...

Bem "escrevido" ;) Agora é só aguardar quão bom vai ser...

Petra disse...

O problema rafeiro é que as raposas comem sempre as galinhas....

paulofski disse...

E prontos, lá voltamos a cair que nem um patinhos!

Luis disse...

Meu Bom Amigo,
Bom artigo para o dia de reflexão,
cheio de ironia e muito bem idealizado!
Um abraço amigo e solidário.

Kok disse...

É com lágrimas nos olhos que escrevo este comentário, que é o que acontece sempre que leio textos sobre galinhas, galinheiros e raposas.
É mais forte do que eu...

(pausa para limpar as lágrimas).

Corrida a "raposa" sucede a entrada em cena do coelho que há quem acredite ser melhor, nem mesmo por trazer uma porta...

1 abraço pah. e pachorra!!

Kok disse...

* quem NÃO acredite ser melhor...

Fábio Paulos disse...

fantástica alegoria :D abraço

Táxi Pluvioso disse...

O povo quer é votar e pronto. Então o povo não agraciou com duas presidências o político que nos meteu nesta alhada, que destruiu a agricultura e as pescas e agora só fala em agricultores e mares? É verdade que ele foi bom político e enriqueceu os amigos e quem soubesse percorrer os corredores. Agora aparece com aquela cara, discursa, e nem pede desculpa pelo que fez. Farto-me de rir com o Cavaco, é pena ele não ter outro mandato.