Cuidado com o Rafeiro! Não é que morda, mas podes pisá-lo sem querer...

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Cadê o bife?!?

Imaginem que compram o direito a uma jantarada num restaurante super concorrido, onde pelo preço que pagaram têm direito a deleitar-se com três tipos de entradas diferentes, seguidas por um bife suculento e culminando o repasto com uma sobremesa magistral. Caso entendam, poderão servir-se igualmente da mesa de queijos e do buffet de salada, que também estão incluídos no preço.

Chegados ao restaurante à hora indicada, sentam-se e esperam. E esperam. E desesperam, pois não só não vos servem como não dizem que raio se passa. Vão dando umas voltinhas pelo restaurante, debicando aqui e ali na mesa dos queijos e das saladas, mas sem grande vontade, pois a vossa atenção está mesmo virada para a refeição prometida.

Até que, após muitas horas de espera, vos dizem finalmente que existe um problema com o fogão, pelo que as entradas nem vê-las e apenas vos vão servir um hambúrguer raquítico, seguido de uma sobremesa feita à pressão. Agora digam-me lá, não acham que o restaurante vos deveria pedir desculpa e devolver o dinheiro? É que eu paguei para comer uma refeição completa e não uma amostra da mesma, ainda mais após seis horas de espera!

Pois foi isto que me aconteceu no Optimus Alive, no dia do concerto do 30 Seconds to Mars. Inicialmente os meus pedidos de esclarecimento junto da entidade organizadora tiveram o mesmo tratamento do que no dia do espectáculo, isto é, um silêncio ensurdecedor, como se ignorando o problema ele caísse no esquecimento. Posteriormente lá veio a resposta típica de desenrascanço português, onde são debitadas normas que supostamente os ilibam de qualquer responsabilidade.


Caros vigaristas da EIN, continuaremos a falar, pois se há coisa que me tira do sério é quando alguém faz asneira e opta por assobiar para o ar, como se nada fosse com ele. É que se estão à espera que eu fique satisfeito com a porra do hambúrguer, estão muito bem enganados...

Até sempre,
Rafeiro Perfumado

60 comentários:

Rui Pascoal disse...

Tu és um animal de muito alimento...
:)

(Conheces a anedota do papagaio que pagou "para ir às papagaias"? Estava ele nos preliminares e começa a depená-la... ela não gostou mas ele argumentou que por aquele preço queria-a completamente nua).

Faz isso. Depena-os!

Táxi Pluvioso disse...

Por isso é que deixei de ir a concertos ou festivais. good week

Barroca disse...

Css css, vait-te a eles rafeiro! :P

Petra disse...

Enervante essa do assobiar para o ar.... Sim é possível que aconteçam imprevistos.... há em todo o lado....
Mas ao menos que os assumam e saibam pedir cdesculpa e claro devolver o que as pessoas gastaram.... Pouca responsabilidade....

Je Vois la Vie en Vert disse...

E como é que cozinharam os hambúrguer, então ? Encomendaram no Mc Donald's ????
Também fico irritada com a injustiça, a falta de respeito e educação e o que contas é todo isso !
Refila até te fazer justiça, Rafeiro !
Fui aos States e comi sempre bem. O meu único hambúrguer foi no Mc Do no aeroporto !
Beijinhos
Verdinha

Eva Gonçalves disse...

Os Portugueses ainda não perceberam que haveriam muito menos reclamações e pedidos de indemnizações, se houvessem mais pedidos sinceros de desculpas e uma atenção redobrada para voluntariamente solucionar ou remediar justamentente os imprevistos... assumir responsabilidades é também uma questão de educação cívica e nós nesse campo, ... numa escala de rating, somos lixo ... Beijinho

Manuela disse...

Querido Rafeirinho, acho que fazes muito bem em pedir satisfações e levara avante a tua indignação.
É por nos calarmos, que alguns assobiam par o ar!
Uma abraço.

paulofski disse...

Foi então um Hell's Kitchen à tuga.
Acho engraçado quando nos querem comer por lorpas, servindo fast food insípido e nojento em troca do prometido menu. Depois, ao ouvirem as palavras mágicas "quero o livro de reclamações", que se não tiverem efeito podem se substituir por quatro letrinhas apenas: Ah Sim, Então Amanhem-se, podem não vir comer à nossa mão e devolver a massa, mas ó menos a gente digere isso melhor.

Utena disse...

Rafeiro,

Os portugueses tendem a ter a mania de comer mal e não reclamar...
Quebra já a merda do ciclo e vai-te a eles tem de assumir as responsabilidades

Imperator disse...

tu és um gajo estranho, vais a um sitio para ver uns gajos que tocam só 30 segundos... e em Março, tendo em conta o mês em que estamos... os tipos já vêm atrasados...

quanto ao resto o livro de reclamações serve para alguma coisa e deve ser usado

não há livro ou não querem dar... a PSP deve ter andado por lá, e um fax para a entidade promotora a reclamar com cópia para a entidade que a fiscaliza também aborrece...

Pi lar disse...

Talvez porque a malta rosna mas acaba por não fazer nada é que há malta a assobiar para o ar...
Que isto o português reclama é com o empregado que não tem culpa e depois já não tem fôlego para reclamar com quem de direito.
Vai-te a eles!

Vício disse...

everything is new... tu tiveste direito a algo novo...

Sandra. disse...

:))

Q má disposição pah!!!! num lhes foste à tromba logo no momento???

besuuuuuuuuuuuuuuuuuus

Felina disse...

Para a próxima levas um Nunchaku... se não te derem o bife... ameaças partir aquela merda toda, porque aquele pessoal já não entende a linguagem da boa educação... e não te esqueças de fazer um ar feroz

Je Vois la Vie en Vert disse...

Respondi-te no meu blog.
Bjs
Verdinha

Malena disse...

Fazes tu muito bem em protestar! O problema em Portugal é que as pessoas resmungam mas depois desistem de se queixar! Toca a rosnar e a morder as canelas aos gajos, Rafeirinho! :))

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

É reclamar, reclamar, reclamar....

conchita disse...

Sem comentários!!, eu também estaria super, hiper, macro revoltada!!!
Beijos:)

cuca disse...

Optimus Alive? NUNCA MAIS!

Orquídea Selvagem disse...

Imagino que esse dia tenha sido mesmo para esquecer!...
Então não foi também esse dia que houve problemas com o palco e que os 30 seconds to mars actuaram já tardíssimo (e os concertos antes deles cancelados)?
Diz-se que um azar nunca vem só... está provado que sim.
Tinhas ficado melhor se tivesses escolhido uma qualquer esplanada onde, rodeado de amigos, te deliciasses com uns caracóis à maneira e umas jolas fresquinhas!

Beijos

PS: quando li no título falares em "bife" pensei que te ias meter com os ingleses... lol

Bongop disse...

Era o menu surpresa! Eles só queriam agradar!
:D

Abraço

Brown Eyes disse...

Realmente, grande banhada!

Janita disse...

Oh meu crédulo Rafeirinho!

Então não pensaste logo que isso era fruta e comida a mais?
Desde quando em Portugal há palavra, sentido de responsabilidade e se cumprem promessas, hã?

Atira-te-lhe às canelas! Vão lá gozar com o raio que os parta...

Beijinhos...


PS- Com seis horas de espera se calhar eles já estavam a servir o pequeno-almoço.

Já pensaste nisso?-))

Maria Santos disse...

Isso faz lembrar a minha aquisição de 9 noites por 15 € no Let's Bonus...
Melhor é nem lembrar, porque me causa pensamentos negativos e eu recuso-me a tê-los!
Abreijos!!!

Marta disse...

Não podia estar mais de acordo. Eu também comi esse hamburger e fiquei furiosa com aquela porra!

S* disse...

Inadmissível. E que bem me sabia um bife...

Lótus disse...

Eu pegava-lhes uma leishmaniosesita!!!

Kok disse...

E não te lembraste (mesmo) de pedir o livro de reclamações?
E não havia mais ninguém à espera?
Esperaste mesmo 6 horas pela comidinha? Grande paciência...
Pelo que se sabe, este ano os festivais têm corrido mal.
Acho que o "desenrascanço" português está a ficar enrascado...

Vai-te a eles rafeiro, e não falhes nem uma canela ou de preferência, uma "nalga".

1 abraço pah!

carol disse...

Isso é mesmo à portuguesa! Toca a reclamar, a reclamar, a reclamar para todos os lados. À dentada. Não basta rosnar...

Good luck, Raufie...

Bigmac disse...

6 hours to mars, mas vale a pena!

Um grande abraço.

ψ Psimento ψ disse...

Eu também não ficaria nada satisfeito, parece-me que no minimo se deveria devolver o dinheiro. Se a organização está com problemas isso nada tem a ver com o cliente que pagou "sem problemas". Um abraço

Carolina Tavares disse...

Bom saber que existem pessoas que brigam por seus direitos e que não tem sangue de barata, portanto. Que tenha bom êxito.

Maria Papoila disse...

Rafeiro, tu tens ali de lado referência a um blog de Portalegre. terás tu ligação a essa linda localidade?

Teté disse...

Por essas e por outras é que os restaurantes só se pagam no fim... :)

Quanto a esses vigaristas, concordo absolutamente contigo! Vendem gato por lebre e ainda sacodem a água do capote, como se não tivessem responsabilidade nenhuma?!? Vão-se catar!!! :P

Beijocas!

Tio do Algarve disse...

Quem paga antes da refeição, infelizmente corre esses risco, cá nesta terra onde não se respeitam os clientes. É lamentável,

Isis disse...

Reclama, rosna, ladra e morde-lhes se for preciso. Estás no teu direito.

LopesCa disse...

Auch!!! Inadmissível :s

Rafeiro Perfumado disse...

Rui Pascoal, não pretendo depená-los, quero apenas que sejam homenzinhos e assumam o erro. De preferência vestidos!

Táxi Pluvioso, tenho tido a sorte de ir a vários, e este foi o primeiro onde me senti verdadeiramente enganado. Abraço!

Barroca, e logo agora que actualizei as vacinas...

Petra, e todo o processo durante o festival, de afastarem o pessoal tipo gado, com pouca ou nenhuma informação. Ainda por cima assobiam mal.

Rafeiro Perfumado disse...

Je Vois la Vie en Vert, o hambúrguer era feito da carne do bife, depois deste ter caído uma data de vezes ao chão. Claro que o sabor não é o mesmo... Beijocas!

Eva Gonçalves, pois foi precisamente isso que me revoltou nesta história, o facto de não pedirem desculpas e ainda se tentarem escudar em normas para se desculpabilizarem, quando é mais que evidente que fizerem asneira, e da grossa. Beijoca!

Manuela, muitas vezes não reclamo, faço bem pior, que é deixar de utilizar os serviços que me desagradaram. Neste caso quero ir até ao fim, apesar de saber que o mais certo é dar em nada. Beijoca!

Paulofski, nem sei se a empresa em questão tem o livro, mas quero ir lá pedi-lo. Pena é que os milhares de pessoas que estiveram no festival não façam o mesmo, e ao mesmo tempo. Eram capazes de apanhar um cagaço...

Rafeiro Perfumado disse...

Utena, estou a quebrar, estou a quebrar!

Imperator, é minha intenção levar isto até todas as partes envolvidas (entidade promotora, fiscalizadora, etc.) mas o que enerva é ser uma situação tão evidente de vigarice e acharem que se podem safar na boa. E terem razão...

Pi lar, garanto que não pertenço a esse grupo. Ou me calo e simplesmente corto com o fornecedor de serviços ou então levam comigo até ao fim!

Vício, infelizmente não, é algo muito tradicional na nossa cultura.

Rafeiro Perfumado disse...

Sandra, não sou um gaijo de instintos violentos (fisicamente), além de que os tipos eram bem maiores do que eu! Beijos!

Felina, ar feroz até consigo fazer, saber o que é um nunchaku é que não!

Je Vois la Vie en Vert, e eu já re-respondi! Beijos!

Malena, eu acho que também é porque o processo de reclamar é tão complicado e oferece tão poucas hipóteses de êxito que as pessoas preferem evacuar no assunto.

Rafeiro Perfumado disse...

Especialmente Gaspas, e assim farei, farei, farei...

Conchita, eu estou bué revoltado, assim a roçar o mega revoltado! Beijoca!

Cuca, só se lá forem os MUSE, mas vou disfarçado!

Orquídea Selvagem, foi exactamente nesse dia, ainda por cima estava de férias. Meter-me com os ingleses? Ná, já têm quem goze com eles... Beijos!

Rafeiro Perfumado disse...

Bongop, lá surpresa conseguiram eles fazer! Abraço!

Brown Eyes, bota banhada nisso.

Janita, pois foi um pequeno-almoço feito à base duma carcaça com manteiga rançosa. E é bem verdade, que vão gozar com o raio que os parta... Beijocas!

Maria Santos, 15€ por 9 noites soa a patranha à distância, jove! Beijos!

Rafeiro Perfumado disse...

Marta, então junta-te a mim, pá, a união faz a força!

S*, ainda por cima pirei-me sem comer a sobremesa, pois já estava mal da barriga!

Lótus, e isso é mau?

Kok, acho que ali no meio do “restaurante” não existe tal coisa. E conheço outros clientes insatisfeitos, mas pelos vistos somos uma minoria. Abraço!

Carol, não sou de rosnar, ou mordo ou lixo as jantes do carro! Tks!

Rafeiro Perfumado disse...

Bigmac, e quase seis anos sem te ver por aqui, jove! Grande abraço!

Psimento, sim, o mínimo seria isso, normal seria a devolução e um pedido de desculpas. Mas, guess what, por eles está tudo porreiro... Abraço!

Carolina Tavares, as baratas têm sangue?!? Uma vez pisei uma e aquilo parecia mais uma pasta....

Maria Papoila, só lá estive uma vez, e gostei, mas a minha ligação resume-se mesmo ao link.

Rafeiro Perfumado disse...

Teté, sacodem a água do capote e ainda afirmam que a chuvinha foi bem boa! Beijocas e boas férias!

Tio do Algarve, já viste o que seria se a malta só pagasse depois dos concertos? Era a loucura...

Isis, morder talvez saia um bocadinho do meu direito, sei lá se os tipos têm alguma doença?

LopesCa, isso queria eu, que fosse inadmissível, mas estamos em Portugal.

Tio do Algarve disse...

Devia ser lindo, quando já nem acertássemos a contar...

AmSilva® disse...

Pelo que vejo o Optimus foi apenas para os organizadores, foi Óptimu o dinheiro do lado deles...
Livro de reclamações e não contente com isso é encaminhar também um pedido de indemnização!
Assim se faz quando não nos fornecem um serviço contratado, ainda pra mais pago em avanço...
Abraço

Francisco Castelo Branco disse...

e havia livro de reclamações?

normalmente só acontece oferecerem outro, quando se trate de café.

mai nada

Gata2000 disse...

Tenho duas palavras para ti: Livro de Reclamações!!! :)

Pode não ter resultados práticos, mas aborrece que se farta :)

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Cheirosamigo

Pelos vistos, já voltaste de férias. Foram cinco ou seis meses? Todos os malandros têm sorte, éoké.

E não te esqueceste de raufar os gajos do Optimus Alive; okékekerias? Faisão ao metro? Lagosta transpirada? Ostras descascadas? Ovas de estrujinho?

Pois não lhes perdoas o amburguére. Mas foste tu que quiseste lá ir. A mim - não me doeu nada, juro pela minha virgindade (1941/09/20, não te esqueças, para mandares a prenda).

Abç

Nuno e Paula disse...

Mais nada. E quem ladra assim, não é gago!
:)

Patrícia disse...

Como quis ir ao Optimus Alive para ver os 30 Seconds to Mars... No entanto, já esperava que houvesse reclamações deste género. A comida servida em festivais é boa para meter num saco e passear com um sorriso amarelo pelos organizadores para esconder a fome, (também pode servir para esconder o instinto assassino de lhes apertar as goelas).
Lamento que não tivesses direito ao teu precioso bife, mas gabo-te a paciência. Se fosse comigo, muitas bocas irónicas, prato especial da casa, teriam rolado.

Beijinhos=)
Patrícia

Ardnaxela disse...

6 horas à espera para comer?! 6 horas? Mas foram mesmo 6 horas? 6 horas? Sim, ainda não estou em mim. 6 horas à espera e só ao fim de 6 horas é que se lembram de dizer que o fogão está avariado? Mas que grande FODA-SE!!!

aespumadosdias disse...

É a vida! O melhor é comer em casa. Nesse caso não podemos protestar pois somos nós que fazemos o comer. Bons almoços e jantares.

Sérgio Pontes disse...

Fazes bem, rosna com os gajos...

Laura disse...

E nem me digas que chamas a tua jove de (pá) ... ai que vassourada não levavas agora...

beijitos.

laura

Rafeiro Perfumado disse...

Tio do Algarve, mas era olhar para o tamanho dos seguranças e aprendias logo!

AMSilva, e têm a típica mentalidade do lucro a curto prazo, pois perderam dois clientes. Abraço!

Francisco Castelo Branco, irei em breve às instalações deles, requerer o dito. Naquele dia queria era pirar-me...

Gata2000, assim farei. E se isso falhar, conheço uns romenos porreiros...

Rafeiro Perfumado disse...

Henrique Antunes Ferreira, eu espero é que os sacanas se engasguem com o faisão, mas garanto que da minha parte nem batatas conseguirão comprar. Abraço!

Nuno e Paula, p-p-pois n-n-n-não!

Patrícia, vou protestar até onde puder e até quando não tiver que meter dinheiro. É que em Portugal vigaristas como estes estão protegidos, e ainda se dão ao luxo de rirem na nossa cara. Beijocas!

Ardnaxela, e só serviram metade da porção!

Rafeiro Perfumado disse...

Aespumados dias, só que eu queria mesmo “comer” naquele restaurante...

Sérgio Pontes, rosnar o catano, é mesmo abocanhar!

Laurinha, também tenho outros nomes mais carinhosos, mas ficam só para nós... ;) Beijocas!