Cuidado com o Rafeiro! Não é que morda, mas podes pisá-lo sem querer...

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Cunhing, o passado e o futuro da gestão!

Os termos técnicos usados em gestão são giros, mesmo que utilizem o inglês. O último chavão que aprendi, por exemplo, foi o mentoring, que na prática é o mesmo que coaching, mas com pequenas diferenças que é para justificar o dinheiro pago às consultoras encarregues de implementar estes programas.

Como eu hoje até me sinto simpático, vou dizer-vos, em traços estreitos, o que trata este mentoring. Na prática resume-se a alguém que, usando a sua posição e experiência adquiridas, transmite a outra pessoa preciosos conhecimentos que lhe permitam ter mais sucesso na sua carreira. Giro, não é? As coisas que eu sei...

Ora dentro desta onda, eu proponho a criação de outro nome pomposo para uma actividade muito em voga no nosso país, especialmente nas empresas: o cunhing. Claro que não lhe podemos atribuir as habituais conotações negativas, pelo que vou tentar descrever esta expressão em linguagem de gestor:
Cunhing: filosofia empresarial que visa potenciar os colaboradores que partilham valores comuns à chefia, nomeadamente a consaguinidade. Se aplicada correctamente, a cunhing permitirá uma transferência importante de know-how empresarial, possibilitando uma continuidade no modelo de negócio, integrando com sucesso elementos que se identificam com a empresa, promovendo em simultâneo a sua ascensão vertical.

Dito desta maneira, têm de reconhecer que a velhinha cunha ganha um certo estilo, até parecendo que desempenha um qualquer papel de importância estratégica!

Até sempre,
Rafeiro Perfumado

60 comentários:

Vício disse...

será que ao adoptar esse nome não se estará a praticar uma injustiça laboral para com os lambedores extra-consanguinidade?
tens alguma proposta para eles?

BlueShell disse...

hahahaha...e o "cunhing" prolifera; sendo um fenómeno transversal no tempo é certo que se dissemina com mais facilidade nos tempos que correm.
Mas deixa que te diga que o "cunhing" associado ao "culambyng"...produzem efeitos soberbos.(não que eu o saiba por experiência própria mas pelo que vejo à minha volta".
Culambyng: capacidade que alguém tem, de "fazer das tripas coração" e, através de expressões e actos aduladores, bajuladores e outras lisonjas...a quem detém o poder,
auferir de vantagens inauditas...podendo mesmo culminar em promoções e gabinetes com assessores.
Assim, a expressão "o gajo anda a lamber o cu ao chefe" ganha outra dimensão...mais erudita!

Isabelices disse...

Pois....

Termos técnicos giros...estrangeirismos....seja lá o que for eu equiparo-os à mais velha profissão do mundo!

Um Bom dia para ti!

Rui Pascoal disse...

Bem se isso acabar com as promoções horizontais... coitadas das "grandes superfícies" e das outras...
:)

bee disse...

infelizmente, o 'cunhing' deve ser a filosofia mais bem implementada no nosso mundo empresarial, ainda que não restrito a relações familiares.

(nunca tinha comentado no teu blog, e adorei a mensagem! prometo que quando tiver uma treta qualquer para promover eu venho aqui. lamentavelmente, hoje não estou com tempo para investigar :D)

the big fox disse...

olha lá já te disseram que é 2ª feira e ainda é manha?
mentoring, coaching, cunhing, já para não falar em consultoras e implemantar, são "palavras" impossiveis para esta hora do dia...
em todo o caso haverá nome para quem "sobe na horizontal" ou na "bajuliçe" ? e para quem os tem no sitio para dizer a verdade e, honestamente, avançar e crescer conjuntamente?
abraço e boa semana

Lótus disse...

A par do cunhing acrescento o annoying e ainda o paining...É que não há cunha que não acabe em real sofimento...sim, lá onde o sun don't shine!

Petra disse...

Ahahhaha muito bom rafeiro... e vê-se tanto mas tanto esse modelo do cunhing....

Margarida disse...

E uma ramificação no cunhing, especial para a consaguinidade, tipo nepoting?
Também soava muito empresarial!

Foi giro mandar o primeiro rauf!

TM disse...

Já pensaste em patentear essa ideia?
Ainda és capaz de fazer uns trocos.... :P

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Tanto que eu precisava duma cunhing hahahaha

Sandra. disse...

:D

Ó deixa lá ver sintendi; cunhing = cunha bem metida?? ó iééé??

Neste sabado, na feira medieval, encontrei um amigo q me presenteou numa exposição q fiz, ele faz parte da organização e tal e tal, quando me viu lá na feira, disse alto: ólhártista!!! ficou tudo a olhar pa mim :$ Agora, pq te conto isto?? N SEI!! ehehehehe

besuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuus

nb - n axas q tou fexada à tempo demais?? (imagina o q o mundo anda a perder)

Anna^ disse...

Este é o exemplo fidedigno do célebre ditado "Todo o burro come palha,desde que lha saibam dar."
Uma boa semana :)

Kok disse...

O que "eles" inventam...
Mas tens razão, o cunhing dás seguramente mais garantias a quem trabalha (kof kof kof) do que esses outros english terms.

A Minha Essência disse...

Risos... envia para um jornal XPTO, pode ser que tenhas a tua sorte com essa ideia da batata!

Kiss

Utena disse...

E consegues dizer isso sem dares um nó na língua?
Há valente

Carolina Tavares disse...

Nada como um bom Português para dar um ar pomposo à questão. Sem dúvida um resquício dos tempos da corte, ¨voilá monsieur¨.

Gonçalo disse...

Aqui está o mote para uma nova rubrica: dicionário canino!

Um abraço :)

turbolenta disse...

Pois eu não vejo a quem meta uma cunhing para a minha filha começar a trabalhar cá no burgo, pois a enviar montanhas de currículos não se safa e nem respondem sequer.Sempre houve cunhas mas de momento está bem pior.Nem sei que diga e não posso dizer tudo quanto penso.
beijos rafeirosos.

Malena disse...

Cunhing=lamber! Certo?

LEANA disse...

Ahahahahahahh! Fiz uma pós-graduação há pouco tempo e houve um dia que a aula foi quase toda dedicada ao Cunhing :)

Às tantas ainda foste meu colega (ou professor!!!) e eu não sei!

Bjocas

cassamia zaratustra das metamorfoses disse...

ahahahahaha tu não existes!!

Marta disse...

Resta saber se na prática resulta ;)

TERESA SANTOS disse...

Cunhing,

A ascensão não pode ser horizontal?
Não é por nada, mas é muito mais confortável.

As melhoras...

Até sempre? Mesmo, mesmo? SEMPRE?
Que seja em desconto dos nossos pecados!
Serão assim tantos?!

Isis disse...

"ascensão vertical" bota vertical nisso!O que me ri :)

Teté disse...

Claro que cunhing é muito mais selecto e apelativo do que a vulgar cunha, mas não deixa de ser um "modelo" de gestão muito habitual entre o empresariado tuga. A começar pelos nossos governantes, desde... hummmm... não tou certa... sempre?!?

Beijocas!

Pitanga Doce disse...

Eu acho que estás sendo radical e injusto com a classe que abriga e pratica o "cunhing". Vê por outro ângulo: não é muito mais trabalhoso ensinar aos de fora a arte da "mão grande", por exemplo, quando esta propriedade já está instalada na familia geneticamente? Ora vê se não é?

És tão implicante, ás vezes, pá!

Felina disse...

Acho que estás a enquadrar mal o cunhing, para mim adapta se mais aquelas sociedades secretas, com interesses muitos próprios de um grupo muito restrito, com códigos de acesso secretos em que todos negam que existem … mas que os há há … é como as bruxas

paulofski disse...

É assim uma espécie de tuning chunging a acelerar na ascensão vertical: quanto mais se sobe maior é o tombo.

Orquídea Selvagem disse...

Sabes bem que a riqueza dos teus post não se encerra em si mesmo; Os comentários que despertam são autênticas delícias (por isso eu não gosto de comentar logo no início).
Isto para dizer que essas designações são muito interessantes, muita pinta... até falam inglês e tudo, mas a que a BlueShell sugeriu também está uma autêntica delícia.

Mas olha que no "cunhing" não é tudo mau... pois pelo menos há uma pessoa feliz neste processo todo! :P

Festinha junto à orelhinha... :)

Rafeiro Perfumado disse...

Vício, claro que tenho, esses serão praticantes do lambing peidoling!

BlueShell, de onde é que achas que surgiu a expressão “a cara de um é o cu do outro”? Foi exactamente através da observação desse comportamento!

Isabelices, eu tenho mais respeito por essa profissão do que pelo cunhating... Beijoca!

Rui Pascoal, se virmos os preços que praticam, entramos mais no nível da verticalidade!

Rafeiro Perfumado disse...

Bee, estás à vontade para cá vir, com ou sem promoções. E espero que saibas falar romeno... ;)

The Big Fox, é por isso que eu escrevo os textos à noitinha, e os agendo, achas que a uma segunda de manhã eu consigo articular palavras? Abraço!

Lótus, o pior é que esse sofrimento acaba por afligir mais os que não praticam o cunhing!

Petra, e com múltiplas variações, para mal dos nossos pecados!

Rafeiro Perfumado disse...

Margarida, nepoting é muito fofo, até sinto vergonha de não me ter lembrado dele! Beijoca e que se sigam mais!

TM, tentei, mas alguém com cunha no Departamento de Patentes conseguiu passar-me à frente.

Especialmente Gaspas, não olhes para mim, acho que o melhor é tentares filiar-te num partido político.

Sandra., eu imagino o que o mundo perderá é se começares a sair mais... :D Beijocas!

Rafeiro Perfumado disse...

Anna^, e se a malta tiver mais alma de pónei? ;) Beijoca!

Kok, garantias e resultados, basta ler os jornais! Abraço!

A Minha Essência, para isso precisava de praticar o cunhing nesse jornal, e sou dos tipos com menos conhecimentos que há. Kiss!

Utena, nem te passa o que sofri para o desatar...

Rafeiro Perfumado disse...

Carolina Tavares, acredita que poderia dar um ar mais elaborado à questão, mas ainda tenho pesadelos com os termos que tive de decorar durante o curso, pelo que me fiquei por isto.

Gonçalo, mais uma rubrica? Epá, eu já me custa manter as actuais, não me queiras mal! Abraço!

Turbolenta, esta altura que vivemos é lixada para nos mantermos no mercado laboral, entrar ainda pior. Boa sorte para a filhota e beijoca para ti!

Malena, sim, no final vai dar ao mesmo, apesar da cunha ser metida noutro sítio. ;)

Rafeiro Perfumado disse...

Leana, depende. Gostaste da aula? ;) Beijoca!

Cassamia e mais uma data de nomes, tu não coloques em dúvida a minha existência, pá!

Marta, se resulta? O contrário é que me levanta sérias dúvidas!

Teresa Santos, isso é uma especialização do cunhing, conhecida nos meios académicos como sleeping with the right person. E sim, até sempre ou até que o teclado me doa!

Rafeiro Perfumado disse...

Isis, só é pena que não subam, subam até entrarem em órbita. E sem oxigénio!

Teté, mas não são os consultores que dizem que devemos apostar no que somos bons? E nós somos bons na arte da cunha, é só questão de a estilizar um pouco! Beijocas!

Pitanga Doce, só não concordo contigo na última frase. Sou implicante às vezes? Eu tento ser sempre!

Rafeiro Perfumado disse...

Felina, nem pensar, é que o cunhing é praticado à vista de todos, só não vê quem não quer!

Paulofski, o pior é que quem costuma amparar o tombo é o nosso lombo.

Orquídea Selvagem, e é esse o motivo pelo qual eu continuo com os comentários abertos, o saber que muitas vezes até aportam mais conteúdo que o texto em si. Beijocas!

Anónimo disse...

Tristeza, como cada vez tem menos comentários até voltou a responder. Fecha esta merda!

Orquídea Selvagem disse...

Ó amigo... mas nem sempre... porque aparecem sempre uns idiotas que se esquecem [de propósito] de assinar os comentários e escrevem cobardemente o que não têm tomates de afirmar de "cara destapada"!

AmSilva® disse...

Confesso que á primeira vista ia pra outra definição desse Cunhing...
mas é melhor nem falar nisso!!!
Abraço

AEnima disse...

oh mengue... estas a confunding cunhing com nepotising! Nao prestas para nada... foi com cunhing que abriste o blog nao foi?


(ihih)

AEnima disse...

hahahahahahahahhahahha agora reli o que escrevi... confunding???? Eu para apanhar o lingo e' logo! :)

Rafeiro Perfumado disse...

Anónimo, estás com azar, pá, as coisas asquerosas e chatas demoram a desaparecer. E sim, estou a referir-me a ti. Vá, dá cá um abracinho, porque tanta raiva acumulada só pode ser fruto de uma infância com muita sodomização à mistura.

Orquídea, por momentos pensei que estavas a falar comigo, que susto!

AMSilva, deixa-me adivinhar, pensaste num derivado do peidoling! Abraço!

AEnima, c’est tout la même bosta, pá! ;)

Je Vois la Vie en Vert disse...

Pois é, o cunhing é a chaving do êxiting para chegaring ao chefing no empreging...

Beijinhos
Verdinha

Anna^ disse...

Rafeirolas,
tenho a praia a jeito,posso-te arranjar uns saquitos de areia qundo quiseres ahahahahahahahah

beijoca

TERESA SANTOS disse...

Ah!
Ai é?
Pois, só os meios eruditos é que compreendem estas coisas. Horizontal, vertical, diagonal, etc., etc. é...?
É uma grande confusão!

Só mais uma coisinha. Tenho um óptimo remédio para o reumático teclical, portanto, até já.

Brown Eyes disse...

Mais um excelente conceito com que nos brindas!

jardinsdeLaura disse...

Rafeiro,
Estava mesmo a precisar de me rir! Obrigada!

Paulo Sempre disse...

Você é o meu «mentoring»...afinal já me transmitiu muitos conhecimentos.

Abraço

Paulo

Tio do Algarve disse...

GENIAL!!!! E sugestão de culambyng que aqui foi deixada,para estas atitudes que cada vez vamos vendo mais mais, também está excelente...

Acho que as vou passar a citar, se os autores não se importarem (refiro sempre as fontes, claro!).

Orquidea selvagem penso como tu!!!

Orquídea Selvagem disse...

Tio do Algarve,
:)

Vítor Fernandes disse...

Quando não há consanguinidade o amiging também funciona, ou bosscolorcarding também é alternativation.

lady.bug disse...

isto tem que ser alvo de dissertação académica!

Rafeiro Perfumado disse...

Je Vois la Vie en Vert, o que só significa que nos estão fecundating ! Beijocas !

Anna^, promessas leva-as o vento ou outra corrente de ar! ;) Beijoca!

Teresa Santos, eu não lhes chamaria eruditos, mas pronto. Beijoca!

Brown Eyes, obrigado, e este até faz sentido!

Rafeiro Perfumado disse...

JardinsdeLaura, não tens de agradecer, é um prazer saber que achas piada às minhas divagações.

Paulo Sempre, e espero que alguns se aproveitem. Abraço!

Tio do Algarve, claro que podes citar, desde que a transferência caia na conta, tás à vontade!

Vítor Fernandes, o que falta em produtividade ao tecido empresarial português sobre em imagining de formas para nos tramating!

Lady.bug, ou mesmo de várias dissertações, não esquecer o benchemarketing!

pink poison disse...

Quanto a mim, está tudo escrito na "Arte da Guerra"... Aqueles ensinamentos aplicam-se a tudo.
Beijo

Táxi Pluvioso disse...

Já há o troiking, quando acabar também muitos estarão doridos.

Táxi Pluvioso disse...

Já há o troiking, quando acabar também muitos estarão doridos.

André Miguel disse...

Só acrescentaria onde terminaste: "a qual pode ser, substancialmente, mais célere através de práticas de gestão horizontais entre colaboradores e chefias de sexos opostos."