Cuidado com o Rafeiro! Não é que morda, mas podes pisá-lo sem querer...

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Busca, Internet, busca!


A forma como alguns desgraçados fazem pesquisas na Internet, mais precisamente os critérios de busca que inserem, tem sido tema para numerosos textos, tal o sumo que este tema tem. Eu, apesar de ser mais bonito, inteligente e modesto, não fico indiferente a este maná informativo, pelo que durante algum tempo andei a compilar as pesquisas que conduziam as pessoas até à minha casota virtual. Era minha intenção exibir as mais sumarentas, mesmo correndo o risco de voltar a atrair as aves raras que as digitaram. Infelizmente, e após umas arrumações ficheirais no meu computador, o arquivo foi-se, levando a que o trabalho de meses e meses tenha desaparecido para parte incerta. Mas sabem o que mais me preocupa? Bastou uma semanita e tinha novamente uma lista enorme, o que me veio demonstrar que diariamente existem milhares de broncos a fazerem pesquisas na Internet, sendo que uma ínfima parte vai desaguar a um blog escrito por um rafeiro.
Tudo bem, eu sei que a minha avó se farta de dizer que tem um neto brilhante, mas daí a confiarem na minha opinião sem me conhecerem de lado nenhum, vai um grande passo! Repararam no itálico que ornamentou a palavra opinião? É que a blogosfera, tal como muitas outras aplicações na Internet, é um espaço de opiniões, onde cada um escreve o que lhe dá na plebeia gana, não devendo portanto ser encarada como um conhecimento irrefutável. Estou mesmo a ver alguém cortar um dedo e fazer uma pesquisa com «estancar sangue do dedo indicador direito» e ir parar ao blog www.gosto-bue-de-cortar-dedos-a-torto-e-a-direito.blogspot.com! Atenção, é que nem todos os blogs são como o meu, no qual todas as opiniões são fundamentadas e alvo de pesquisas quase frenéticas, sempre com fontes para lá de credíveis (isto se a minha imaginação for considerada credível, claro).
Debrucemo-nos então sobre a ave rara que está do outro lado do computador. Quase gostaria de ser um neurónio errante para poder passar uma temporada no cérebro desta gente, apesar de eu não apreciar propriamente ambientes áridos e pouco habitados. Mas talvez fosse a única forma de conseguir perceber a motivação que está por detrás das pessoas que fazem da Internet o seu guia espiritual, a resposta para todas as suas dúvidas, desde o achar a frase ideal para uma dada situação ou a melhor receita para cozinhar o gato que atropelaram na estrada secundária de Alguidares de Baixo.
Intriga-me a forma como as pesquisas são feitas, utilizando frases completas e, em alguns casos, colocando um ponto de interrogação no fim, para transmitirem claramente ao motor de busca que estão a fazer uma pergunta, e não uma afirmação. Desconfio que algumas pessoas até acrescentarão um «se faz favor», mas infelizmente nunca tive o privilégio de apanhar um desses educadinhos. Outras pessoas, de tanto confiarem na Internet, aposto que antes de fazerem uma pesquisa até acendem uma velinha ou sacrificam algum boi, para que o resultado seja do seu agrado.
Vou falar-te, e isto é só para as pessoas que fazem da Internet a sua lanterna na escuridão da ignorância, de uma palavra que te pode parecer estranha, mas que em certas culturas é tida como uma fonte importante de conhecimento: refiro-me ao «livro», L-I-V-R-O. Trata-se de um objecto constituído por várias folhas, normalmente escritas dos dois lados, que dissertam sobre os mais variados assuntos. Podem ser encontrados numa infinidade de locais, mas são mais numerosos em bibliotecas, onde podes dirigir-te a uma senhora com óculos e pouco simpática para solicitar quais os livros que pretendes sobre determinado assunto. É giro, um dia hás-de experimentar. E espero que neste momento não estejas a fazer uma pesquisa na Internet «mas que raio é uma biblioteca?»...
Será que quem faz estas pesquisas tem consciência que está a introduzir palavras chave num programa informático ou pensará que a mesma é entregue a um grupo de velhinhos, com longas barbas e óculos na ponta do nariz, que folheiam livros (cá está a palavra estranha outra vez) e pergaminhos poeirentos para depois escreverem o resultado? Se calhar até era uma forma gira de ocupar a terceira idade, se bem que o resultado de algumas pesquisas poderiam ser decepcionantes:
Pesquisa: como saber se o namorado quer fazer sexo
Resposta: isso só depois de casar, sua galdéria!
Pesquisa: como fazer cábulas para o teste de matemática do 8º ano
Resposta: vai estudar, malandro, que tens de suar para conseguires ser alguém na vida. Quando eu tinha a tua idade...
Pesquisa: o que posso fazer com a herança do meu avô Januário
Resposta: Etelvino Manuel, és tu? Vou-te já riscar do testamento, neto desnaturado!
Por outro lado, quando o resultado da pesquisa fosse «não encontrado», isso não se referiria à pesquisa em si, mas aos velhinhos, que estariam a trocar de fralda ou à procura dos óculos, pelo que convinha voltar a tentar mais tarde!

Até sempre,
Rafeiro Perfumado

51 comentários:

LM disse...

Apesar de tu seres bué bonito, modesto e inteligente, eu não vou clicar no blogue de cortar dedos nem ponho os olhos por aqui até este post desaparecer da tua página principal,tá?
(Mas a semente está plantada: já me estou a ver uma madrugada destas a procurar pelo pessoal que corta dedos a torto e a direito...rais'te partam.)

Maria disse...

Ahahah, muito bom.

Boop disse...

Ehehehe
Já fiz esse exercício em tempos e acabei por contar uma historia acho que a propósito de "feitiço para agarrar um homem"
Fiquei com vontade de ir espreitar as pesquisas outra vez!

Eva Gonçalves disse...

oooopsss.... desculpe... eu pesquisei na internet "pontapé na peidola" e vim cá ter... aproveitei para ler ... muito obrigada pelo conselho sobre o livro...vou ver se pesquiso o que isso é já a seguir! rrsssss Beijo e boa semana!

Vício disse...

tens algum irmão ou a tua avó referia-se a algum primo teu?

em relação à primeira pesquisa, podia ser "como saber se um cego quer ver"

Bongop disse...

Áhhh...
Nunca te esqueças que o Google é o Oráculo dos nossos dias! E nunca se deve ofender o Oráculo!

PS. Se não souberes o que é "o" Oráculo faz uma busca pela wikipedia, tipo:
"O que é o Oráculo?"
:D

Abraço

Utena disse...

E eu a pensar que a pesquisa como rir bastante pela manha iria parar a algum site de anedotas...
=)
Fabuloso como sempre

A. disse...

A Internet é um manancial de sabedoria democrática, em que outra fonte de informação podes encontrar indormação completamente tendenciosa, não fundamentada e com o mesmo interesse e importância de uma revista "Maria"?

(Ups... estava a ler o que escrevi e começa a ser válido para certas páginas de (mau) jornalismo impresso e televisionado)

:)

S* disse...

Há gente mesmo chanfrada e que precisa de ajuda para tudo. :P

Malena disse...

Pois...
Acabei de ser "encontrada" com a seguinte pérola: "malena suada de tanto meter"!!!!! PODEEEEEE!!??

Pitanga Doce disse...

Ó Rafeiro, esqueceste de encaixar nesta tua eloquente narrativa (olha que não procurei o "eloquente" na Internet), as pessoas que assim que chegam do médico, vão ao pc para ver se as conclusões do profissional casam com as do Google. E mais! Esmiúçam, ali, as bulas do remédios e depois trocam impressões com a vizinha do 1º esquerdo!hehehe

Fernanda disse...

Rafeirinho...Que é um menino mal
comportado e amigo de gozar com as dificuldades de quem não é capaz de seguir,o seu raciocinio quando apresenta os seus temas, (pois nem todos teêm a sua inteligencia canina) sem ofensa para os canitos.Numca fiz as pesquizas a que alude porque não sei Mas creio que as palavras são ofensivas, para quem gosta de seguir o seu blog.
Um abraço.

Anna^ disse...

Um início de semana em grande!!! ahahahahahahahahah

Teté disse...

Devo dizer que fiquei muito desapontada com o link que fazes para o blogue "gosto bué de cortar dedos a torto e a direito", que à partida me pareceu bastante sugestivo e interessante. Imaginei-o com uns 20 comentadores todos a elogiaram o seu autor, alguns aludindo a sua grande profundidade. E aí ficarmos na dúvida se a profundidade era dos golpes nos dedos ou da fritura do indivíduo... :D

Mas nada! O dito blogue não foi encontrado. Ou o seu autor teve receio da tua publicidade e, timidamente, ausentou-se para parte incerta... Ai, ai!:)))

Beijocas!

Brown Eyes disse...

Eheheheheh!

maria teresa disse...

Eu digo sempre muito obrigada, e coloco o assunto seguido de um se faz favor!
Já agora o que é para ti Rafeiro um velhinho? Estão a chamar-me para mudar a fralda!
Chuaccc desculpa a baba que me escorre da dentadura

elvira carvalho disse...

Passei. Sem palavras para comentar um texto deste quilate fiz uma busca na internet que me deu esta resposta:
"não encontrado"
E esta hem?
Um abraço e uma boa semana

Marta disse...

Duhhhhhhh e eu ainda fui tentar seguir o link!!!
LOL

Já devia saber melhor...

TERESA SANTOS disse...

Mas diga lá, Sr. Rafeiro, como é que é V.ª Senhoria tem acesso a esses elementos?

Como entra no computador do vizinho, diga lá!

Isto é preocupante, muito preocupante!

Ui, vou-me embora.

AmSilva® disse...

Confesso que uso a internet para procurar moradas... de clientes, quando estas vêm incompletas pra descarga...
Confesso também que no estrangeiro aparecem resultados diferentes,
mas em Portugal costuma aparecer quase sempre o mesmo...:"" Sem resultados, pretende alterar a sua pesquisa ?? ""

Mas deixa ir ali procurar : como limpar a nódoa do café que a Rita entornou por cima de mim??

Abraço

São disse...

Ora ainda bem que conservas o sentido de humor.

Só uma coisa: não te esqueças que também serás velho e que se assim não for será muito mau, rrss

Fica bem

A Minha Essência disse...

Risos... temos que pensar que, enfim, pois... são pessoas que gostam de tudo mas, tudo miudnho. É isso! :S

paulofski disse...

Eheheh... óh pá, vai-te catar. Ok, achei giro e decidi pesquisar L.I.V.R.O. e como o Google acha que sou bom filho (!) mandou-me para casa!

Acho que vou dizer ao meu pai para doar as enciclopédias que tem para lá a ganhar caruncho a esse grupo de velhinhos, com longas barbas e óculos na ponta do nariz!

Janita disse...

Ahh Rafeirinho, mê rico menino!

Vieste inspirado e com a pedalada toda...
...as avós têm sempre razão!
És bonito, brilhante e inteligente...aqui vamos pôr a modéstia um niquito de lado, tá bem?

Tens toda a razão, há malta que não pesca nada de pesquisa e nem quer aprender. ( eu quero, eu quero)

Li prá aí algures, que há palavras ofensivas aqui. Aonde... aonde??

Busca, internet, busca...

Beijiiiinhos.

bee disse...

permite-me discordar.

'toda a gente sabe' que o google não se engana... tal como 'toda a gente sabe' que só começamos uma frase com 'toda a gente sabe' quando não temos ideia nenhuma de onde vem a informação que vamos despejar a seguir...

um bom dia!

LopesCa disse...

Hummm acho que esse blog sugerido deve ser demasiado forte para o meu gosto :)

Agora as perguntas e respostas estão um must.

Tio do Algarve disse...

Essa ideia dos motores de respostas é fantástica. Os tipo em acumulação tinham um PC por cada reforma...

Maria Santos disse...

Sabes... a Gata Verde é uma Jove de sorte: tem um cão inteligente e bem humorado!E GIRO!!!
Adorei o post... como tudo o que escreves!

Maria Flausina disse...

Olha... e eu que punha sempre um ponto de interrogação no fim. Pensava que o meu Google era um deus nórdico, alto, louro e musculado, que sabia tudo e estava lá só pra mim!
Bolas, se é pra me calhar o avô Januário do Etelvino, mais vale ir pela palavra da Avó do Rafeiro e começar a colocar-lhe a ele as minhas dúvidas existenciais... e sem ponto de interrogação!

George Sand disse...

Tenho que discordar.
Não há forma de não discordar.
Fiz a experiência.
Coloquei na pesquisa a coisa mais idiota que consegui:
-Homens do melhor que há.(que por definição, não existem)
A resposta foi claríssima e está aqui:

http://www.dn.pt/inicio/ciencia/interior.aspx?content_id=1258439&seccao=Sabia+que

Agora isto não é importante? É importantissimo! Da maior importancia! Vou comprar umas litradas de fairy, um pano do pó, um aspirador, uma varinha mágica...
Eu e as leitoras deste espaço, certamente...afinal até há. O que é preciso é pô-los a trabalhar no duro!

Sofia disse...

Não será tudo isto fruto do calor fora de época?! Acho que a "chave" mais bonita para o meu blog que alguma vez tive foi a de um cibernauta que, pelo Google, perguntou: "Onde é que há mulheres jeitosas em Lisboa e, já agora, que queiram ter filhos?". Conclusão: temos aqui pessoas muito selectivas!
No fundo, medo, muito, muito medo...!
Beijinhos e deixa-me ser a tua seguidora nr 801 ;)

Magia da Inês disse...

Amigo,

Livro? Boa dica...

FELIZ DIA DAS CRIANÇAS!!!

Beijinhos.
Brasil.

♥ •˚。
°° 。♥。
●/ ♥•˚。˚

Rafeiro Perfumado disse...

LM, tenho treze textos na página na página principal, coloco em média dois por semana... FELIZ NATAL!

Maria, espero que não te estejas a referir ao blog do cortanço dos dedos...

Boop, aquilo dava material para eternizar a escrita. Ainda hoje uma das principais pesquisas que traz malta ao blog é sobre os vídeos do Taveira!

Eva Gonçalves, se precisares posso mandar-te imagens de livros, para auxiliar na tua pesquisa! Beijoca!

Rafeiro Perfumado disse...

Vício, há pessoas que fazem perguntas tão básicas que o resultado da pesquisa deveria ser acompanhado de um clarão, do óbvio!

Bongop, não digas essas coisas, ainda começa a haver pessoal a fazer sacrifícios para agradarem ao Oráculo! Abraço!

Utena, eu quando quero rir vou até ao site onde está o memorando da troika, o desespero dá-me para gargalhar. Beijoca!

A., o que me preocupa é que as pessoas tomam como certa a informação que encontram na net, o que pode ser comprovado pela quantidade de chain letters que fazem circular. Ou seja, não fazem qualquer análise crítica ao que encontram...

Rafeiro Perfumado disse...

S*, certas pessoas estão fora do alcance da ajuda.

Malena, falta saber “meter o quê”, para poder fazer uma avaliação séria do resultado dessa pesquisa!

Pitanga Doce, tive um professor que fazia contas no Excel e depois confirmava à mão, queres melhor?

Fernanda, quem não conseguiu seguir o teu raciocínio foi eu. Não critico quem faz pesquisas, critico quem aceita os resultados das mesmas sem duvidar da sua validade, só isso. E logicamente que os leitores deste blog são uma espécie à parte, pois a sua preferência denota um QI acima da média. Beijoca!

Rafeiro Perfumado disse...

Anna^, gosto de começar a semana com a corda toda!

Teté, acho que o autor desse blog se retirou ao fim de 20 posts, por falta de material! Beijoca!

Brown Eyes, não te rias, o assunto é sério!

Maria Teresa, para mim um velhinho é alguém que perdeu o encanto com a vida, que só encontra nesta motivos de amargura, que não gosta de explorar coisas novas. Como vês, cara amiga, não te vejo nesse grupo. Beijoca!

Rafeiro Perfumado disse...

Elvira Carvalho, pois então o teu comentário passará a figurar como primeiro resultado nessa pesquisa! Beijoca!

Marta, estive mesmo para criar o dito blog, só para ver quem lá ia cair. Obrigado por te denunciares! ;)

Teresa Santos, não tenho de entrar em nenhum computador, tenho um link lá em baixo que faz a compilação dessas pesquisas! Beijoca!

AmSilva, procura é a morada da 5aSec mais perto e dá à Rita! Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

São, e não seria nada mau arranjar emprego como motor de busca, teria garantida a diversão! Beijoca!

A Minha Essência, são pessoas que se vivessem uns séculos, acabavam por deixar de pensar.

Paulofski, vá lá, não te ter mandado para outro lado foi uma sorte! E não faças isso, quem sabe o teu pai não abre uma concorrente do Google?

Janita, não se pode agradar a todos (nem o tento fazer), e poderá sempre haver interpretações do que escrevo que possam ser consideradas ofensivas. A única coisa que posso dizer é que quem me vai conhecendo sabe que a minha intenção é sempre brincar com as situações, pese a minha costela de bestiago por vezes dar sinal de si. Beijocas!

Rafeiro Perfumado disse...

Bee, eu desde que vi o percurso do Google maps ligando Alasca ao Japão onde era sugerido o uso de um barco a remos, fiquei de pé atrás. Beijoca!

LopesCa, contém imagens muito violentas, não aconselho.

Tio do Algarve, era uma óptima forma de ocupar os desempregados. As respostas poderiam era ser um tudo nada sarcásticas...

Maria Santos, farto-me de lhe dizer isso, mas acho que ela não me leva a sério. Beijoca!

Rafeiro Perfumado disse...

Maria Flausina, deus nórdico? O google é americano, com sorte tens um daqueles obesos que enquanto te está a responder está a abocanhar um Big Mac e a chupar uma cola de 5 litros!

George Sand, a explicação para essa notícia é simples, é a forma das mulheres motivarem os seus parceiros. Qual foi o homem que nunca ouviu “amorzeco, se lavares a louça e aspirares a sala logo és capaz de ter sorte”?

Sofia, e tens a certeza que isso foi um cibernauta? Podia ser uma, a tentar ver onde se podia inscrever! Beijoca!

Magia da Inês, e de preferência sem bonecos, costumam ser mais ricos em conteúdo. Beijoca!

Maria Flausina disse...

Ui, ca nojo! Tás contente por me teres plantado essa linda imagem no cérebro? Rafeiro mau...

Vox Maris disse...

Coloquei a palavra "rafeiro" na pesquisa do Google e não é que me apareceu logo o teu blog na 2ª linha ?
Afinal, estou a ver que era isso que querias : fazer publicidade !

Beijinhos
Verdinha

BlueShell disse...

Meu rafeirinho delicioso...hummmm...esta foi de "maître"...cada vez estás melhor!
Gostei dessa da pesquisa "mas que raio será uma biblioteca?".


Mas a questão é que, seja apenas opinião, ou não...a verdade, dizia eu...é que tens razão: (Diz a concha para o cão!)LOL...

Bj salgado (típico de concha)

ψ Psimento ψ disse...

Infelizmente os livros são algo que daqui a uns meses só existirão é em museus. A quantidade de informação que existe na internet é imensurável. Pena que, infelizmente, a maioria das pessoas não faça ideia de onde a ir buscar e de como a usar. Um abraço

Felina disse...

Olha no meu a palavra chave que bate todos os recordes é "mulher gulosa" ainda não percebi porquê

LopesCa disse...

Vi logo que não era para mim mas obrigada pelo aviso :)

Mz disse...

O título das minhas pesquisas por vezes até davam um livro... acho que andas a espiar-me!
:)

Ti Coelha disse...

Admito que sou uma grande utilizadora dos motores de busca quando ando à procura de informações de todo o género, mas confesso que sinto a falta de uma ida a uma biblioteca. E livros? Adoro livros! Só me vais ver a ler e-books no dia em que o papel desaparecer!

André Miguel disse...

"algumas pessoas até acrescentarão um 'se faz favor"!!!
AHAHAHAHAHAHAH

Rafeiro Perfumado disse...

Maria Flausina, estou para lá de contente, por vezes penso que é isso que me faz levantar de manhã! ;)

Vox Maris, já são bastantes anos com este nome, é normal que até o Google o vá conhecendo. Beijocas!

BlueShell, mas claro que tenho razão, alguma vez no meu espaço isso estaria em causa? ;) Beijoca!

Psimento, além de ser potencialmente perigoso a informação que aceitamos como verdadeira, ainda mais quando sabemos que existem critérios economicistas na génese dos resultados dos motores de busca. Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

Felina, aposto que escreveste esse comentário enquanto afinfavas os dentes numa tablete de chocolate...

LopesCa, não tens nada que agradecer, sabes que gosto de ajudar os amigos.

Mz, claro que ando, eu e o Google!

Ti Coelha, esse dia não vai ser no nosso tempo. E quem não sabe o prazer que é folhear um livro nem sabe o que perde.

André Miguel, duvidas? Já para não dizer “e despache-se, que tenho pressa”.