Cuidado com o Rafeiro! Não é que morda, mas podes pisá-lo sem querer...

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

E tudo a cinza levou...

Uma vez que a cremação está cada vez mais em voga, é tempo de alterar a expressão "de caixão à cova" para "de caixão à chama".

Até sempre,
Rafeiro Perfumado

20 comentários:

apenas umas letras disse...

Olá. Com a crise, creio que a cremação tenha mais saída, porque se formos enterrado, damos mais trabalho aos vivos.. Esse cão tem cara tristonha...um abraço

Boop disse...

Ai rafeiro!
Que pensamentos os teus!
Será que isso também traz uma nova perspectiva sobre o destino final... É que toda a gente passa a arder nas chamas... iremos todos para as tórridas terras de Satanás?
Vez o que tu fazes!!! Provocas associações macabras na cabeça das tuas plácidas leitoras. Logo hoje que eu estava numa mais de.... alcofa!

Felina disse...

Antes da chama tem de ir a reciclagem para tirar os metais e as borrachas

Marta disse...

Gostei mais do titulo do post.
Também podia ser de caixão ao forno :o ...foi demais?

Graça Sampaio disse...

Ora nem mais!

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Mas de preferência em lume brando. Pode ser?

Teté disse...

Bem visto! Até porque de caixão ao forno podia haver quem achasse que se tratava de uma espécie de churrasco... :)))

Beijocas!

Kok disse...

Isso é coisa para deixar um gajo em brasa!

1 abraço pah!

S* disse...

Ai c'órror!

Ricardo Santos disse...

Absolutamente de acordo !

Carolina Tavares disse...

Não sou adepta, mas a vontade do morto prevalece, ou melhor, do vivo.

Beijocas

Golimix disse...

É uma boa ideia sim senhor!
;)

Eu quero ser cremada, uma das razões é,porque não quero romarias para o cemitério, quem me quiser visitar e trazer flores que o faça agora que eu gosto muito delas. E até podem trazer daquelas velinhas de cheirinhos bons que eu espalho cá por casa.

hesseherre disse...

Há já algum tempo resolvi fazer de meu corpo, ao chegar a dama da foice, um baita churrasco sem convidados, meu amigo jorge...
Um abraço em chamas

O afectado do quadril disse...

"caixão à chama". És benfiquista? lol

myrelate disse...

Olá, voltei a te visitar e como sempre me divirto lendo seus posts.

Táxi Pluvioso disse...

De caixão ao forno, sempre se podia aproveitar na Bairrada.

Rafeiro Perfumado disse...

Apenas umas letras, a cara do cão representa o peso do tema. Não é de forma ligeira que se faz churrasco de pessoas. Beijoca!

Boop, suspeito que as terras de Satanás são bem mais apetecíveis do que as pintam. Chama-lhe de psicologia invertida!

Felina, espero que isso seja procedimento que o mundo nunca mais veja…

Marta, desde quando é demais abardinar o tema em discussão? Dá-lhe, miúda!

Rafeiro Perfumado disse...

Graça Sampaio, e fogo na peça, perdão, no forno!

Carlos Barbosa de Oliveira, daqui a pouco estás a sugerir que seja regado com molho barbecue!

Teté, sempre dava outro encanto ao lanche pós-funeral! Beijoca!

Kok, sem dúvida que é um tema quente. Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

S*, qual horror, há que encarar a realidade!

Ricardo Santos, começamos a ser muitos!

Carolina Tavares, então se mostrarem a diferença de preços… beijoca!

Golimix, romarias? És uma moçoila popular e não dizias nada?!?

Rafeiro Perfumado disse...

Hesseherre, lixado vai ser acender o fósforo. Abraço!

O Afectado do quadril, mas isso não é óbvio?!?

Myrelate, eu também tentei, mas aquilo está mais ao abandono que o meu.

Táxi Pluvioso, e achas que aquilo é tudo porco?