Cuidado com o Rafeiro! Não é que morda, mas podes pisá-lo sem querer...

segunda-feira, 20 de abril de 2015

Não lhe chamemos mentir mas sim fantasiar!

No outro dia encontrei um colega meu no elevador, tendo reparado que ele vinha de muletas. Movido mais pela educação do que pela curiosidade, lá lhe perguntei o que tinha acontecido:
Colega: Epá, por acaso foi uma coisa bem estúpida. Estava a calçar as meias na casa de banho, desequilibrei-me e dei uma castanhada no bidé com o dedo mindinho.
Rafeiro: Olha, posso dar-te um conselho?
Colega: Sim, claro!
Rafeiro: Não contes isso a mais ninguém.
Colega: Então porquê?!?
Rafeiro: Porque justificações que envolvam as palavras mindinho e bidé só servem para te arruinar a reputação. Ouve, diz que estavas a dar uma trancada numa tipa, apareceu o marido e tiveste de saltar do 4º andar, ou então que fizeste uma maratona e te magoaste a subir ao pódio, mas nunca por bateres com o mindinho no bidé!

Não olhem assim para mim, estava só a zelar pelo futuro sexual do moço! Olhem o meu exemplo: tenho uma cicatriz com 5 pontos nas costas. Quando for interrogado na praia sobre o que causou aquilo, acham que vou dizer que foi a extrair um quisto sebáceo ou numa rixa de bar?

Até sempre,
Rafeiro Perfumado

20 comentários:

Boop disse...

olha o rafeiro!!!
:) ) :)
Toma lá uma festinha!

Anónimo disse...

Eheheheh...Eu olho para ti mas é com admiração, Rafeirinho!
Quéqué isso de miudezas?? Se é para fantasiar que seja em grande!

Já agora...como é que fizeste essa ferida nas costas? Diz a verdade!!

:)))

Beijocas

Janita

Elvira Carvalho disse...

Olha só voltou. Ou temos andado desencontrados ou há muito tempo não lia as suas crónicas tão cheias de humor.
Um abraço e uma boa semana

Teté disse...

Hummm... aposto na rixa de bar, se bem que a verdade deva andar pelo quisto! :)))

Beijocas

Paula Santos disse...

Rafeiro, rafeiro, rafeiro... Deixa lá o mocito dizer a verdade.
Vais ver que ainda apela ao lado fofinho e sensível das miúdas e acaba por encontrar a cara metade.
Bom fim de semana!
:)

Carlos Vieira disse...

Melhor ainda era só usar as muletas para conseguir as benesses de acidente de trabalho e lugar nos transportes públicos 😉

Teresa Durães disse...

A minha cicatriz em forma de V de vitória que desce pela minha face nada tem a ver com o garfo desdentado da cozinha enquanto fazia os hamburgueres para os putos mas foi numa rixa com um bacano que não me vendia uma branquinha pelo preço do mercado

myrelate disse...

Muito bom!! Eu demoro a visitar, mas quando o faço sempre me divirto por aqui. Abraço

luisa ribeiro disse...

:) Voltei

Boo disse...

Eu tenho uma cicatriz no cotovelo resultante duma subida aos himalaias… nunca foi por ter tropeçado numa bola de basquete e deslocado um osso…

Táxi Pluvioso disse...

Foi exatamente o que Cavaco Silva fez. bfds

disse...

Já tinha saudades destes textos!!!!
Fizeste muito bem...só cá para nós ;)
Ninguém aleija o dedo mindinho no Bidé!!!!!!
Acho que o teu amigo não quis dizer a verdade!
Bjufas

Kok disse...

Sejas bem aparecido pá. Não sei o que vos deu (sim porque tu não és o único) que se debandaram para outras paragens deixando à míngua os blog's.
Adiante, que não foi para isto que aqui vim.
Concordo que bidés e artefactos mínimos se prestam a más interpretações.
Mas uma rixa de bar provocar uma cicatriz nas costas também não me parece melhor; cá p'ra mim estavas mas era a fugir da rixa!
Sempre a considerar-te. Akele abraço pah!

§-este ano vais estar na feira do livro?

Utena Marques disse...

Vendo as coisas dessa forma és capaz de ter razão vá!

Beijo Rafeiro

Jaime A. disse...

Oh tempos, oh costumes!...

myrelate disse...

Muito bom conselho!!! Acho que vc já pode se candidatar a ser o próximo Hitch - O conselheiro amoroso rsrs

Rafeiro Perfumado disse...

Boop, toma lá outra festinha, sempre respeitadora!

Janita, eu digo a verdade, foi a desmantelar uma bomba, mas a coisa não correu como eu queria... Beijoca!

Elvira Carvalho, acho que estive muito tempo ausente, mas estou a tentar compensar isso. Beijoca!

Teté, e se eu disse que foi numa rixa com um quisto? Beijoca!

Rafeiro Perfumado disse...

Paula Santos, uma cara metade que ache fofinha uma história com a palavra bidé não é de fiar. Beijoca!

Carlos Vieira, ou para usar nas filas da Expo!

Teresa Durães, isso sim, é uma história de que te podes orgulhar! Espero que o bacano tenha ficado com uma cicatriz em forma de D. Beijoca!

Myrelate, e serás sempre bem vinda! Beijoca!

Rafeiro Perfumado disse...

Luísa Ribeiro, também eu!

Boo, e espero bem que tenhas concluído a subida, nem que tivesses uma fractura exposta!

Táxi Pluvioso, bem me parecia que o tipo do bar era familiar... Abraço!

Bé, quanto muito parte o bidé com o dedão! Beijoca!

Rafeiro Perfumado disse...

Kok, prefiro pensar no cenário que fui atacado à traição. O que até é verdade, quando vi o quisto já estava nas costas. Abraço!

Utena Marques, alguma vez não tenho? Beijoca!

Jaime A., ó rapazinhos com as vistas curtas. Felizmente viu a luz da sabedoria a tempo.

Myrelate, candidatar? Tenho um mestrado nessa área!