Cuidado com o Rafeiro! Não é que morda, mas podes pisá-lo sem querer...

segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Mas que cambada

O ser humano gosta de ser complicado. Na sua busca pela sofisticação, tenta introduzir diversidade em temas que, sinceramente, deveriam era ser simplificados.

O nome que se dá aos agrupamentos de animais, por exemplo. Existem manadas, alcateias, bandos, cardumes, varas e mais não sei o quê. Então mas não era mais simples dizer “conjunto de bichos X”, ou em alternativa ser tudo terminado em “ada”, com o nome do bicho no início?

Teríamos as vacadas, as peixadas, as avestruzadas, as cagadas (não sejam maldosos, é um conjunto de cagarras) e por aí adiante! Se por acaso existisse um grupo de animais de espécies diferentes, nada mais simples, era uma molhada (não confundir com uma mistura de molhos). Digam lá se não se complica desnecessariamente?

Até sempre,
Rafeirada Perfumada

40 comentários:

FR disse...

Então um conjunto de cães seria.....?

Pink Poison disse...

Sim, tens razão, "pombalhada" soa tão bem, e nossa amiga "peixeirada"... Delicioso Bom ano

Golimix disse...

É que nem mais! Plenamente de acordo!
��
Bom Ano ��

Maria Santos disse...

"Cagada" um conjunto de cagarras??? Não será... CAGARRADA???
Parece-me que "CAGADA" é mais um conjunto de "CAGADOS" ...
Resumindo, expremendo e concluindo, concordo ctg!
Bjs e Bom ano... ;)

paulofski disse...

mulherada...

Manu disse...

Que grande rafeirada :)
Gostei das "cagadas" o que não é o caso deste blogue, onde anda tudo à molhada com muito humor.
Bom ano Rafeiro!

Ricardo Santos disse...

Cagadas, desculpa a correcção, é um conjunto de políticos ! Essa é que é uma verdadeira cagada !

Kok disse...

Afinal tudo se resumiria a uma extensa e numerosa macacada, mesmo sem macacos presentes.
Eu por acaso gosto de dizer:
-cáfila quer referindo-me a camelos, e récua para jumentos, mas que tanto uma como outra é bem aplicada a políticos!
Mas isto são ideias minhas... parvoíces é o que é!

1 abraço pah!

Gaja Maria disse...

Homensada? Ó pá, gostei :))

esperto que nem um alho disse...

E uma "piçada" era o quê? eheheh

Teresa Durães disse...

Não sei se a Humandada ia gostar!

Teté disse...

Tens razão, para quê tanta complicação? E no dia em que fosses roer ossos com os teus amigos, nós podíamos dizer que era uma rafeirada,certo? :)

Beijocas

nêspera disse...

Sorry… mas desta vez não posso estar de acordo contigo.
Achas bonito dar uma patada a alguém? Ou ter uma pintada apenas amarelinha? Ou, ainda, apresentar uma cobrada a alguém sem dinheiro? Não acho bem.

Bjis :)

Portuguesinha disse...

A língua inglesa é mais simplificada que a nossa.
Mas também não sei que nomes dão a essa bicharada toda, rsss.

gota de vidro disse...



Muito bem falado....É assim mesmo...E lá estão as manadas... :)

Bom fim de semana

bjokas da Gota

O afectado do quadril disse...

Em termos futebolísticos, vai ser o ano da Benficada. Espero bem que sim, eheh.

Forte abraço !!!

mz disse...

Depois já não tinhas tema para esta reflexão e era tudo muito mais pobrezinho...

Rafeiro, desejo-te um Bom Ano!
Beijinhos

Elvira Carvalho disse...

E eu a pensar que cagadas eram as fêmeas do cagados.
Não está mal pensado.
Pensei que tinha abandonado o blogue.
Um abraço e bom fim de semana

► JOTA ENE ◄ disse...

Apesar dos 11/12 mandamentos de boa educação, felizmente, aqui não há censura ou há ?

Abraço!

redonda disse...

Que boa ideia, talvez num próximo acordo ortográfico? :)

Vânia disse...

Verdade, seria tão mais fácil!

luisa disse...

E para a poesia também seria bom. Facilitava sobremaneira a rima. :)

Jaime A. disse...

Claro! E assim a "canzoada" já não soava tão pouco chique. :)

Abraços.

LopesCa Blog disse...

lol só tu

mas pois seja
sempre era mais simples

Blogadinha disse...

Mainada!!! lol

Maria Sem Limites disse...

Quando se ouve não parece bem. Sei la. Não gosto. Patada ou cadelada, não obrigada.

Rafeiro Perfumado disse...

FR, seguramente que uma rafeirada! Ou pedigrada, conforme o caso.

Pink Poison, é todo um universo de léxico que se abre perante nós. Beijoca!

Golimix, ainda bem, assim sempre se evita um espancamento. Bom Ano!

Maria Santos, um conjunto de cágados terá de ser uma cagadada, para evitar confusões com os bichinhos de estimação do futuro ex-presidente. Beijoca!

Rafeiro Perfumado disse...

Paulofski, prefiro não ir por aí, aqui em casa só há uma mas é violenta.

Manu, obrigado, um excelente ano (sem molhadas) para ti!

Ricardo Santos, aceito completamente a correcção!

Kok, quanto a ajuntamentos de políticos podemos sempre avançar com a definição “calamidade em potência”. Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

Gaja Maria, obrigado, ó elemento de uma gaijada!

Esperto que nem um alho, um ajuntamento de piaçabas?

Teresa Durães, tenho pouco respeito por esse grupo, portanto siga a procissão!

Teté, nesse caso seria uma jantarada ou caracolada! Beijoca!

Rafeiro Perfumado disse...

Nêspera, não concordas mas as tuas palavras só me dão razão. Vá, dá cá uma beijocada!

Portuguesinha, lots of animals?

Gota de Vidro, e tantas que andam por aí, essas e as carneiradas. Beijoca!

O Afectado do Quadril, já somos dois a desejar isso! Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

MZ, dado o país em que vivemos, o que não faltarão são assuntos para reflectir. Beijoca!

Elvira Carvalho, o blog é que me ia abandonando a mim, mas já fizemos as pazes. Beijoca!

Jota Ene, claro que não, se até aceito comentários de anónimos que me querem fazer a folha! Abraço!

Redonda, tu nem me fales em acordos ortográficos, é um bom exemplo de uma merdada! Beijoca!

Rafeiro Perfumado disse...

Vânia, e se a nossa vida necessita de se tornar mais fácil, certo?

Luísa, se bem que isso não atrapalha os milhares de poetas que por aí andam.

Jaime A., a mim soa-me sempre a bacanal. Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

LopesCa Blog, e o grande objectivo da minha vida é tornar as coisas simples. Este é o caminho!

Blogadinha, isso é um conjunto de que bichos?

Maria sem Limites, não sejas assim, arriscas-te a pertencer a uma melgada!

Catarina disse...

Isso aconteceria se os inventores da língua não fossem portugueses, o mesmo que complicados!!!
Repara no nome das árvores. Não acabam todas em “eira”? Bem, aqui deixaram de o ser... : )
Ao menos cáfila tem a primeira sílaba em comum com o nomes dos animaizinhos... : ))

Catarina disse...

Sabias que os passeadores de cães ganham aqui muito dinheiro? E não têm que declarar! Cash!!!!

Esse da foto com 8 cães provavelmente fez entre $136 e $160 por hora.

Rafeiro Perfumado disse...

Catarina, tirando umas honrosas excepções, sim, no domínio das árvores é tudo mais simples. E mesmo o conjunto das mesmas é quase tudo terminado em "al". Para quê ocupar o cérebro com tretas, não achas? Beijoca!

Jaime A. disse...

Meu caro Rafeiro, para além do Esperanto e do Volapuk, estás também a caminho de te tornares o criador de uma nova língua: para já, os nomes colectivos simplificaram-*se e tornaram-se mais lógicos.

In hoc signo vinces!

Rafeiro Perfumado disse...

Jaime A., faço (quase) tudo para que a nossa vida se simplifique! Abraço!

Táxi Pluvioso disse...

E um grupo de deputados: chamar-se-ia uma deputada?

Rafeiro Perfumado disse...

Táxi Pluvioso, aí é putaria, mesmo. Abraço!