Cuidado com o Rafeiro! Não é que morda, mas podes pisá-lo sem querer...

quarta-feira, 14 de maio de 2008

Ai Jesus credo nosso Senhor!


É sabido que os portugueses gostam de assistir a desgraças, ou não fosse o fado a nossa canção nacional e o Benfica o clube com mais adeptos. É haver alguém com a unhaca encravada e estão logo dois ou quatro mirones a observar a angústia alheia. Dá-se um acidente automóvel, onde quer que seja, e toca de encostar o carro, muitas vezes impedindo o resto do trânsito, para poder ver melhor. E quem é que nunca ouviu a frase “Ai que horror, mas porque é que eu fui olhar”? OLHASTE PORQUE QUISESTE, MINHA BESTA! AGORA VOLTA LÁ PARA O TEU CARRINHO E DESAMPARA A LOJA QUE ESTÁS A IMPEDIR A AMBULÂNCIA E OS BOMBEIROS DE CHEGAREM AQUI!!!

O talento dos portugueses para farejar desastres é de tal ordem que, quando há terramotos ou catástrofes do género, acho que as equipas de salvamento deveriam substituir os cães de busca por este género de mirones. O pior é que quando encontrassem sobreviventes em vez de os ajudarem ainda lhes tiravam fotografias, enquanto diziam”Epá, isso está mesmo mal. Essa viga em cima do aparelho reprodutor deve pesar como o catano!” ou mesmo “já agora vire-se lá para mim, para eu captar melhor o seu esgar de dor. Não desmaie, pá, colabore comigo, que a Maria vai adorar ver isto”.

Dentro deste género, existe uma subespécie curiosa, os que se benzem quando passam ou vêem passar um carro acidentado. No outro dia deram uma traulitada no carro do meu pai, que não o impediu de continuar a circular, deu-lhe só um aspecto menos aerodinâmico. À terceira benzidela que vimos ser dada na nossa direcção, parámos apressadamente o carro e precipitámo-nos para o exterior. Mas não, não havia ninguém agarrado ao pára-choques, era mesmo só a carroçaria amolgada. Só ainda não percebi bem é se o pessoal que faz aquele gesto se está verdadeiramente a benzer ou à procura do telemóvel para comentar com os amigos o que acabaram de ver… podia desenvolver mais isto, mas ouvi um estrondo lá fora e vou ver o que se passa!

Até sempre,
Rafeiro Perfumado

187 comentários:

Cristiana disse...

O pessoal gosta logo de fazer os orçamentos é essa a verdade! O que não deixa de ser apreciar a desgraça alheia ...

Rp disse...

Quantas não são as vezes que olham para o lado e quando dão por isso estão estacionados no banco traseiro do carro que à sua frente vai...
Abraços

Teté disse...

Querem ver que a minha 12ª costela (espanhola) tem assim tanta influência???

Não páro, não olho (não é preciso, normalmente já lá estão milhentos mirones em volta) e não me benzo! E muito menos tiro fotos...

A "viga em cima do aparelho reprodutor" até a mim me doeu! :)))

Beijocas, Rafeirito!

Post-scriptum - Depois não te esqueças de contar que estrondo foi esse lá fora, OK???

vita disse...

"A desgraça da vizinha é sempre melhor que a minha"
É um ditado adaptado mas que podia muito bem ser verdadeiro neste belo país à beira mar plantado..;)

jasmimdomeuquintal disse...

"O talento dos portugueses para farejar desastres é de tal ordem que, quando há terramotos ou catástrofes do género, acho que as equipas de salvamento deveriam substituir os cães de busca por este género de mirones". Desculpa mas tens um humor divinal.
O teu blog foi o ultimo. Vou dormir mais animada, memsoq ue o tema seja acidentes (não me benzi porque não sei...)

Silvia F. disse...

Ah mas isso é típico, faz parte dos nossos costumes :))
Na TV, nem me lembro em que canal, estão a pedir aos telespectadores que enviem vídeos ou fotos de qualquer coisa que possa ser notícia. Bonito, agora é que vão ser atropelamentos só para ter o privilégio de tirar a foto do moribundo em primeira mão. Arghhhh!
Beijos :)

Oliver Pickwick disse...

”Epá, isso está mesmo mal. Essa viga em cima do aparelho reprodutor deve pesar como o catano!”

Amigo, Rafeiro, voto neste post para o melhor do ano. Mesmo sem ler os próximos. Não que considere que vais piorar, bem entendido? Mas, é por que este está muito engraçado mesmo.
Um abraço!

P.S.: Se por acaso ler o meu último post e não gostar, não se preocupe, compreenderei.

Sol disse...

No Domingo passado vi uma cena dessas.... ao Domingo é que dá mesmo jeito, imagina a quantidade de pessoas. Quase não consegui passar e mal vi o carro acidentado...

Beijinhos

Lyra disse...

Hoje estou muito bem disposta, por isso quero apenas partilhar esta emoção deixando aqui um grande beijinho. Quero desejar-te uma excelente semana e agradecer as palavras e amizade que tens depositado no meu...caos.

Até breve!

;O)

ines disse...

e Fátima!
a desgraça do vizinho é sempre melhor que a minha, eu vi melhor que tu, eu estava lá! beijo gaijo

Patrícia disse...

O que me deixa quase à beirinha das lágrimas e completamente transtornada é quado a 2º circular ou a A1 pára, porque há um acidente... na berma. Ver uns carritos amachucados faz com que todas as pessoas que estejam nos carros atrás cheguem tarde ao emprego/escola/casa.
Acho é que quem trava para ver um acidente devia ser multado. talvez lhes passasse a mania... hummpfff
beijinhos

Canephora disse...

Pois parece que os Portugueses são eximios na arte de meter o bedelho... e eu até comentáva mais, mas... realmente vou dar a minha opinião ali forÉ que houve alguém que se meteu onde não devia e está a maior confusão.

Queruby disse...

loooooooooool e então o que era o estrondo? uma cabeça que bateu na janela, lol

beijufas

piggy disse...

... e eu tão perto da EN125...
Aqui é o pão nosso de cada dia.
E quanto mais sangue na estrada mais pamonhas param pa ver.
Talvez porque já tenha estado do lado de lá me seja ainda mais difícil perceber porquê.

Se o abutre já é feio cmó caraças, um mirone destes nem imaginam.

Afrodite disse...

Eu costumo parar para ajudar :). Mas ajudo mesmo mesmo mesmo, ajudo a que o transito tome a forma quase normal, ajudo a acalmar vitímas, ajudo a afastar os mirones que nada fazem, ajudo no que posso, quando a missão está cumprida lá vou eu feliz no meu caminho. Um dia, ia na auto estrada sentido sul norte, via Vasco da Gama..acompanhada pela familia :)...e eis que vemos um automóvel espatifado, eu e o meu pai saimos em socorro da rapariga...o meu pai tomou o lugar dele a parar os outros automobilistas e a ajudar a que o transito fluisse e eu fiquei a acalmar a rapariguita que só dizia "ainda não paguei o meu carrinho, que faço à vida?"...e eu a dizer "isto é só chapa, o que interessa é que está bem. Vá, calma que tudo passa!"...um estúpidozinho dos que descreves chegou-se a nós e diz muito alto "XIII ESTÁ CHEIA DE SANGUE!!!"...ela desata a chorar aflita e a perguntar se estava muito mal. Lá tive o trabalho todo novamente de a acalmar, dizendo: "Aquele senhor é estúpido, nem sabe o que diz...tem uns arranhões como é normal num acidente mas não é nada de grave, vá acalme-se que a ambulancia está a caminho para a tirar dai em segurança. Vá, calma!". O tótó continuou "XIII COITADA DA MIUDA, TODA PARTIDA". Afastei-me da rapariga e já um pouco exaltada tive de dizer "olhe amigo, já ajudou o suficiente, ponha-se a andar. JÁ!". Não sei que tipo de cara fiz ou deixei de fazer mas o senhor tótó foi-se embora. Entretanto apareceu a policia e ambulancia, eu e o meu pai fomos para o nosso carrito e...missão cumprida.

Com isto quero dizer que não acho bem que se pare a ver e a "gozar" a desgraça alheia mas ainda acho mais absurdo que não se pare e ajude.Hoje em dia com os medos dos assaltos as pessoas nem querem olhar, ignoram tudo o que se passa em redor...somos humanos e andamos cá uns para os outros...digo eu digo eu :).

Adorei o teu texto, infelizmente caracteriza a população portuguesinha e muitos dos que criticam estes seres acabam por fazer o mesmo. Olha, tenho esperança num mundo melhor portanto continuarei a lutar por isso :). É bom saber que há pessoas como tu que ajudam neste Abrir de Olhos...apetece gritar: ACORDEMMMMM, há mais umbigos que não os vossos. O sol quando nasceu nasceu para todos...facilitem.
Hoje na 2º circular, caótica como habitual...uma ambulancia fartou-se de buzinar e fazer sinais porque as pessoas simplesmente não facilitam...se fossem os paizinhos deles de certeza que eram os primeiros a chegar-se para o lado. O egoísmo mundial em que vivemos assusta...muito!

Bem,lá estou eu a escrever um mega comentário...

Abreijinhos e continua assim ;)...

alguém disse...

ols ola ola
era so para avisar que como sei que adoras estas coisas (not) levaste um selo lá no meu blog.
Beijinhos

carvoeirita disse...

É verdade cão mor, bem verdade..

O meu rapaz é voluntário do INEM e já lhe aconteceu de tudo..até ser agredido por uma velhota com uma bengala que lhe gritava “despachem-se seus desgraçados..”.
Segundo ele conta as pessoas passam por duas fases: quando eles chegam está toda a gente aglomerada, a espreitar o que estão a fazer, eles querem mexer-se a vontade, trazer a maca e tudo o que é necessário para estabilizarem a vítima, e tem que andar “com licença, deixem-nos passar, com licença…”, Depois quando conseguem estabilizar a pessoa e a estão a levar para a ambulância, todos os mirones se transformam em Dr. House “é um traumatismo craniano não é? Eu mal cheguei vi logo que isto estava mau…”

A forma de dispersão mais eficaz é pedir o nome das pessoas para serem testemunhas do acidente na polícia e se for preciso em tribunal….desaparecem todos num instantinho!

Beijinhos!

Dualidades disse...

Aquelas filas todas que apanhamos no trânsito apenas se justificam porque algures houve um acidente e a malta foi abrandando ou parando para espreitar e a fila foi aumentando.

A malta quer é ver mortes na estrada!

Dualidades JP

Cocas disse...

Tens toda a razão...até chegam a sair de casa se for preciso!!!

beijos

Parisiense disse...

"É sabido que os portugueses gostam de assistir a desgraças, ou não fosse o fado a nossa canção nacional e o Benfica o clube com mais adeptos." ahahahhahaha
Está tudo dito...nem vou gastar mais tinta a escrever.....mas já agora que foi o estrondo?????conseguitse ver????mete aqui uma foto para a gente ver!!!!!!!!

Beijokitas

tavguinu disse...

"mas ouvi um estrondo lá fora e vou ver o que se passa!"

já me benzi !

carla granja disse...

ola amigo! as pessoas teem pouco que fazer e pouco para falar e depois aproveitam as desgraças dos outros para logo terem assunto para o resto do dia o que não deixa de ser triste.
Amigo e que tal vires ver o que se passa no meu blog eh,eh,eh
tenho andado ausente pois 2 meses no canada foi muito e agora tenho muitos assuntos a resolver

bjo e cá espero por ti
carla granja

Safira disse...

Li bem? Associaste Benfica a desgraça nacional? Epá, olha que a pancada no carro do teu pai foi mais violenta do que pensavas...
;)

cosmic girl disse...

esse pessoal era ortodoxo... talvez estivesses a passar por uma igreja e nem reparaste, eles benzem-se sempre. eu na grécia estava sempre a ver o pessoal benzer-se por todo o lado, mesmo a conduzir.

aqui em frente ao meu local de trabalho existe um meco entre duas linhas de eléctrico, volta e meia um carro vai contra o dito-cujo e sai de dentro alguém desesperado com a mão na cabeça...

e o pessoal na rua benze-se todo. lol

Sandra disse...

:)))))

lolollllllll, os mirones, tanto haveria pa falar sobre isso :))

nunca reparei em ppl a benzer se pah, tens a certeza??

Mas é normal olhar quando se vÊ um acidente, axo mal é a redução dramática de velocidade, mas debe ser pq o meu gajo n liga a isso e passa sempre a andar :)))

bejuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuus

nb - o teu pai está bem?

Casemiro dos Plásticos disse...

É verdade sim senhora. os mirones são criaturas realmente interessantes e cómicas. qualquer dia até descontam para a segurança social e têm um programa de tv...
abraço e boa semana.

Anónimo disse...

A Lyra repete o mesmo comentário em todo o lado.
Chiça...

Sandra disse...

ó silbiaaaaaaaaaaaa, mai giro ainda é por um lado castigarem os alunos por publicarem videos na internet e por outro incentivarem a malta a fazer gravações...isto realmente :))

ahhhhh e qm tem incentivado é a TVI :)) (sou tum xiba...ihihihihi)

BlueVelvet disse...

ES PEC TA CU LAR!!!!
Se precisares de quem te adopte, tens lugar cativo na minha casota.
Beijinhos e veludinhos azuis

Marrie disse...

Ai Rafeirito..........
CReio que, amanhã, nos meus "segredos" possa lhe "dar" algo melhor p/se ocupar! rsrs
Rauf, rauf

Viajante disse...

Tanto virou desporto nacional que sou de parecer mudarem a letra do hino para:
Mirones do mar, nobre povo
Nação de valentes...

Esta nossa vetusta tradição de "mirar" a desgraça de braços cruzados remonta aos tempos idos do século XVI, quando o senhor D. João III achou que o povo trabalhava demais, dando ordens para que este se divertisse a denunciar os vizinhos e depois vê-los a arder na fogueira.
O costume ficou... Não há pachorra!

Abraço!

PsYcHo_MiNd disse...

Há é muitos mecânicos de esquina! 'Grande acidente pah!' 'E o carro era de que marca?! Ficou muito amolgado?!' A preocupação são sempre os carros. Quem morreu!? Que se lixe. 'Era um Audi novinho em folha pah, que desperdício!'

Vício disse...

essa gente das benzidelas deve ter pensado que o teu pai tinha atropelado algum pelingrino...

cris disse...

Eheheheh Rafeiro, benziam-se porque.... não eras mesmo tu quem ia a conduzir????? Confessa lá!!!!


beijocas larocas e boa metade de semana!

Klatuu o embuçado disse...

Nã... devem ter pensado que viajavam a caminho de Fátima! :)

eu mesma! disse...

sou tão distraída que nunca vi ninguém benzer-se, já quanto aos mirones não posso dizer o mesmo pois volta e meia aparecem-nos pela frente...mas o melhor foi mesmo a viga em cima do aparelho reprodutor, presumo que do masculino, pois no nosso a dor não era pior do noutro sitio qualquer!

fotógrafa disse...

...são piores que furões....rsrsrs
abraço

julie disse...

Só fazem isso, para além de terem assunto de conversa para uma semana, param para assistir de mais perto o "espectáculo" e nem sequer ajudam.

bjs
julie

Menina do Rio disse...

Olha que a curiosidade matou o gato! Ops...esqueci que és um rafeiro, au au, rss...

Beijo

paulofski disse...

É mesmo Rafeiro, até tenho aqui uns binóculos pra ver melhor as desgraças na VCI.

Ouve lá, porque achas que muitos carritos têm um terço pendurado no retrovisor?

Diabba disse...

Não percebes nada disto. Não sabes que vives num país de gente infeliz, onde todos têm a profissão errada? O que eles gostariam mesmo era de serem orçamentistas. Nada de muito trabalho, só lápis e bloco para apontar danos e os custos do arranjo.

beijo d'enxofre

Rocket disse...

Adorei a referência ao...porque lhe chamam aquilo, glorioso? é um novo sinómimo para trágico...isto agora com as gramáticas em polvorosa...

aorta disse...

É a chamada curiosidade mórbida dos portugueses. Há um tempo tive um acidente com um tipo que vinha em contra-mão. Eu fiquei esborrachada num muro, o tipo fugiu, montes de gente parou para ME ver, mas a matrícula do outro, que era o que eu queria que vissem, tá bem tá... onde é que ela já vai... ninguém viu nada. Só a minha desgraça é que todos viram.

Então, o que foi o estrondo lá fora? Não me digas que te amolgaram o carro todo. E fotos disso, não há para a malta ver?
;)

Nuno disse...

É isso mesmo! O Português tem muito esse hábito, de reduzir a velocidade e andar devagarinho para poder ver os incidentes ( quando não existem feridos ) e os acidentes. Parte do trânsito advém do facto das pessoas pararem as viaturas para observarem tudo. É típico! Um abraço

Ivo disse...

sim é das coisas que me mete mais dó. Ainda mais do que ver as pessoas envolvidas num acidente; é ver os mirones que se amontoam quais reporteres de televisao à procura da ultima noticia bombástica.

Mimo Azul disse...

:)
Fico furiosa quando percebo que há fila por causa de um acidente no sentido contrário... quase que me dá vontade de sair do carro e bater no condutor que segue "quase parado" na minha frente! Assim que posso desapareço dali lol não sei o que tanto as pessoas olham :(

mas diz lá (;p) o que se passou lá fora?!?!

bjca xL

mjf disse...

Olá!
Eu fico vermelha de raiva,quando uns "anormaizinhos" começam a abrandar e a olhar ....e a tentar farejar sangue, e eu uns bons metros atrás cheia de pressa...
Ainda ontem em Pina Manique isso aconteceu...que raiva!!!

Beijocas

Enfim... disse...

todos temos a nossa dose de curiosidade...eu sou um pouco assim, não, não me benzo pk n sei mas geralmente quando POSSO paro, primeiro porque sou obrigado por lei visto ser socorrista e tripulante de ambulancias, quando a equipa medica ja se encontra no local optimo n precisam de mim mas posso sempre aprender mais qualquer coisita...

pronto e tu andas a ler os meus posts n???fui alertada pelo nuno que me disse que era umas das portuguesas referidas neste teu post eheheheh

enfim mas ja expliquei as minhas razoes mais obvias

depois disso passa por tirar fotos para colocar no blog eheheheh

beijinhos grandes :D

Enfim... disse...

n é porque n me sei benzer, o que quero dizer é "porquê não sei" loool so quando reli é que vi que se podia interpretar de ambas as formas lol

beijinhooos

muito querida disse...

olá rafeiro, não te conhecia e fiquei surpreendida..rauf rauf..

gostei mto, posso cá voltar para partilhar um belo e suculento osso ctg?

lambidelas..

Andreia do Flautim disse...

Ohbalhamedeusss que ainda vão pensar que eu sou maluquinha aqui a olhar para o pc e a rir-me que nem uma perdida com este post!!

A Grafonola disse...

Podia comentar isto, mas ouvi um estrondo lá fora e também quero ir ver o que se passa...onde raios puz a maquina fotográfica?...

;-p

A inspiração não acordou bem disposta, por isso, optou por te roubar a frase que mais a fez rir... ;-)

A Grafonola disse...

Mentira, a frase que a fez rir mais foi logo a primeira... :D

GK disse...

Os portugueses só param para olhar porque não custa dinheiro. Se os acidentados começassem a cobrar bilhete resolvia-se o assunto!

(Não sei porque me ocorreu este comentário... Mas ocorreu... LOL)

Rafeiro Perfumado disse...

CristiAna, essa de fazer orçamentos não me tinha ocorrido. E haverá relação entre os acidentes e a proximidade de oficinas? ;)

RP, e a quantidade de vezes que encostam e levam com um carro que na estrada vem... Abraço!

Teté, pelo que eu ouço falar das costelas espanholas, podia dar-te para parar e mexer nos feridos e na chapa amolgada! Quanto ao estrondo, nem sei porque é que fui ver, aquilo era horrível! ;) Beijo!

Via, a tua não sei, mas a minha vizinha é uma autêntica desgraça, então quando lhe dá para gritar à uma da manhã... ;)

Rafeiro Perfumado disse...

Jasmim do Meu Quintal, e vê lá se não tens pesadelos com mirones a correrem desalmados por cima de escombros fumegantes! ;) Beijoca!

Sílvia F., não sabia dessa “promoção”. E logo agora que a minha máquina de filmar foi para arranjar! É que ia meia hora para um viaduto por cima do IC19 e ficava rico! Nem que tivesse de atirar uns baldes com pregos lá para baixo... ;) Beijo!

Oliver Pickwick, aceito o elogio, apesar de discordar do mesmo. Tenho este texto em conta de muito normalzinho, se quiseres ver um que acho bom, vem cá dia 28 de Maio. Abraço!

Sol, mal viste? Porque raio é que não estacionaste para tirar umas fotos, pá? A malta quer saber o que se passa por esse Portugal fora! Beijos e que não se volte a repetir!

Rafeiro Perfumado disse...

Lyra, eu logo vi que um sorriso desse tamanho só poderia significar uma coisa boa. Beijoca!

Inês, viste melhor porque te empoleiras-te no bombeiro, pá! Ainda por cima cabeçuda, tapa a vista à malta cá atrás!

Patrícia, isto não vai lá com multas, era mas é tirar-lhes a televisão por uma semana, como aos putos. Até ganiam, sem terem a dose diária de desgraças na TVI... Beijocas!

Canephora, não estás a insinuar que fui eu que armei a confusão, pois não? Eu só queria tirar uma foto, custava muito chegar a ambulância um bocadinho atrás? Pfff...

Rafeiro Perfumado disse...

Queruby, não foi nada, nem um bocadinho de sangue nem nada, um pombo que se esborrachou contra um poste. Mas era grande, o pombo...

Piggy, tenho de discordar de ti. Os abutres, ao pé dos mirones dos acidentes, são lindos de morrer, literalmente! ;)

Afrodite, up-grades à parte, gosto mesmo de te ter por aqui. E não me incomoda minimamente o tamanho dos teus comentários, pois são mais valias ao texto. Aliás, desconfio que até tem mais palavras que o próprio texto! Claro que alguém tem de parar para ajudar, não discuto isso, mas em segurança para quem é socorrido e para quem socorre. Agora os simples mirones, esses era correr com eles ao pontapé até entrarem no carro e apedrejá-los até desaparecerem de vista! Beijo!

Alguém, mas claro que adoro, apesar de nisso ser egoísta, gosto de receber mas fico com ele todinho para mim! Beijocas!

Rafeiro Perfumado disse...

Carvoeirita, mas ainda nos falta um passo no processo de degradação, que é os advogados a correrem atrás das ambulâncias para poderem representar os acidentados. Aí sim, estará tudo perdido... Beijinhos!

Dualidades JP, qualquer dia temos uma campanha a dizer “SINISTRALIDADE SIM, PREVENÇÃO NÃO”, que é para manter os índices de felicidade dos mirones em alta! Abraço!

Cocas, só quando não dá para espreitar da janela, como foi o meu caso! ;) Beijos!

Parisiense, foi um pombo que bateu num poste, até tive vontade de o pontapear, para aprender a não me fazer sair de casa em vão. É que nem uma fractura exposta, nem nada... Beijocas!

Rafeiro Perfumado disse...

Tavguinu, e eu nunca saio de casa sem o terço!

Carla Granja, para o resto do dia? Dependendo do acidente, aquilo dá tema para semanas! Se ainda há malta que fala do Tolan! Beijo!

Safira, ao contrário de OUTRAS pessoas, eu sei ver a desgraça que vai no meu clube. Mas a pancada foi suave, se fosse forte tinha mudado de clube, adivinhas qual? ;)

Cosmic Girl, atendendo ao modo dos gregos conduzirem, é normal que se benzam. Cá estaria mais adequado darem a extrema unção a quem entra num carro, nunca se sabe se chegam ao destino! Beijo!

Rafeiro Perfumado disse...

Sandra, o meu pai está bem, obrigado, e isto já sucedeu há uns bons dois anos. Eu também não reduzo, excepto quando o animal à minha frente mete travões a fundo, não vá escapar-lhe algum pormenor. Beijo!

Casemiro dos Plásticos, eu acho que eles já têm um programa de TV, aliás têm um TV, a TVI! Abraço!

Anónimo, não sejas mau, hoje já consegui encontrar dois blogs em que ela não meteu este comentário! Eram russos, mas não deixam de ser blogs!

Sandra, está explicado o porquê da aluna querer tão desesperadamente o telemóvel, tinha ouvido um estrondo na rua e queria ir filmar!

Rafeiro Perfumado disse...

Blue Velvet, eu, ser adoptado? Bem, é sempre uma questão de discutir os termos. Quais seriam os teus planos para a minha educação, por exemplo? Beijocas!

Marrie, vais ter um acidente no teu blog? ;) RAUF!

Viajante, mas olha que certos costumes foi pena terem sido banidos, os Autos de Fé foram um deles. Claro que haveria de adequá-los aos tempos modernos, destinados a crimes a sério, mas garanto que tornaria o Terreiro do Paço num lugar “brilhante”! Abraço!

Psycho Mind, então era essa a razão das benzidelas! “Coitado, já viste que aquele pobre tipo tem um reles Honda Civic?”, “E já tem mais de 16 anos!”. Obrigado pelo esclarecimento!

Rafeiro Perfumado disse...

Vício, só se fosse algum que ia em contra-mão, porque a batidela era do lado de dentro da estrada! Mas vendo como alguns andam, não seria impossível! Abraço!

Cris, se fosse eu a conduzir, quem se benzesse seria a última coisa que faria... Beijos!

Klatuu, as únicas velas que iam a bordo estavam dentro do motor! ;) Abraço!

Eu mesma!, sim, a ideia era ser do aparelho reprodutor masculino, que sei bem ser sensível a levar com coisas em cima... ;) Beijo!

Rafeiro Perfumado disse...

Fotógrafa, os furões são fofinhos, os mirones são cretinos. Beijo!

Julie, e ainda bem que não ajudam, na maior parte dos casos quando chegasse a ajuda a sério já o acidentado estaria a levar soro a partir dum pacote de Compal! Light, claro, que os tipos não são estúpidos! Beijos!

Menina do Rio, porque é que achas que eu me arrisco a sair para espreitar? ;) Beijo!

Paulofski, eu acho que é porque dá um toque fashion ao espelho. Sim, porque à quantidade de acidentes que existem, não deve ser para proteger, de certeza! Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

Diabba, lápis? Bloco? Apontar? Aquilo é mesmo a olho, pá! Ou acreditas que os valores que constam nos orçamentos têm alguma relação com a realidade? Anjinha... Beijo!

Rocket, nesse ponto não há Acordo que altere certas coisas, será Glorioso até ao fim, mesmo se associado esporadicamente a tragédias. Antes a isso do que a corrupção, penso eu de que...

Aorta, eras tu?!? Podias ter dito, pá, tinha tido mais cuidado ao usar a espátula para te tirar do muro! A matrícula do outro? Epá, sei que tinha duas letras e quatro números, agora a ordem... ;) Beijos!

Nuno, é isso mesmo, típico. Infelizmente o pitoresco confunde-se com bimbalhice com uma facilidade incrível! Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

Ivo, e não te esqueças que a época de incêndios está quase aí, o que seria do entretenimento das famílias sem isso? Ainda se metiam a ler algum livro, ou a ir ao teatro, Deus nos livre!

Mimo Azul, não faças isso, porque o saíres e bateres no tipo (apesar dele merecer) iria fazer com que do outro lado também parassem para ver o espectáculo. Lá fora foi um mísero pombo, nem uma pinguinha de sangue nem nada! ;) Beijo!

MJF, e o que era, e o que era?!? ;) Beijocas!

Enfim, benzer é fácil, com o polegar tocas na testa, depois a meio do peito, depois na glândula mamária esquerda e por fim na direita (atenção ao grau de flacidez). Pois, agora é que vi o teu segundo comentário, mas vou ficar pela minha primeira interpretação! ;) Beijo!

Rafeiro Perfumado disse...

Muito Querida, voltares cá claro que podes, és muito bem vinda, quanto ao partilhar o osso, não leves a mal mas eu prefiro um belo bifinho! Beijocas!

Andreia do Flautim, ainda vais acabar por atrair mirones, jove...

A Grafonola, decide-te, foi a primeira ou a última? Raios parta a cachopa...

GK, põe-te a dar ideias que ainda começam a viajar com caixas registadoras a distribuidores de senhas! Beijo!

Irritadinha disse...

Prefiro muito mais o estilo, "Ia ali na A23, vi um Caynne agarrado a um clio. Pare no meio das duas faixas para ver se precisavam de ajuda, e hoje em dia vamos os três juntos ao futebol e as nossas gaja vão às compras. Já temos bilhestes para o Euro!".

:)

beijoca

cassamia disse...

por causa desses palhaços perdi um irmao na estrada... este é um tema muito delicado pra mim...

Kris disse...

De facto o belo do portugês gosta de parar, olhar, mandar uns bitaques. E quando dizem "podia ter sido pior"....
Irra
Beijocas amigas

Nitrox disse...

Não é bem assim. Acho que os tugas gostam de estar à beira do abismo, assim ao verem um acidente, uma desgraça vá de tentar estar o mais próximo possível.

Uma espécie de faena à desgraça! Como socorrista e como voluntário da protecção civil já vi de tudo. Inclusivamente ao solicitar a um bando de mirones que se afastassem de um determinado lugar pois havia sérios riscos de derrocada, fui apaparicado com a frase -O Sr. é um irresponsável!
E quando a fase imediatamente anterior à coacção física foi interrompida pelo estrondo da derrocada, olharam para mim com uma fúria acusadora e ainda exclamaram -Está a ver o que fez! Agora já não pudemos ir ver como estava a falésia!

Deve ser bom, ser-se assim tão pobre de espírito.

Fica Bem!

Irritadinha disse...

Cunhado, estava aqui a pensar, tens que fazer um texto cujo título seja "Deus ma mim livre!". Que tal?

Marrie disse...

Rafeirito...........
A não ser q sofras do coração, acidente não haverá! Usa melhor essa tua imaginação, vai! Sei q consegues!!! rs
beijinhos provocadores

Brigitte disse...

olá,
o tuga tá sempre na primeira fila, seja lá fora ou cá dentro.....´
beijos

MRPereira disse...

São os chamados orçamentistas!

Conheço uma história engraçada com isso...

Um senhor bateu com o carro e vem o meu primo e pára na berma DO OUTRO LADO da estrada, sai do carr e diz: Isso tá aí pra 200 contos mais ou menos (ainda no tempo do escudo).

É multado por ter passado um traço contínuo pelo polícia e ainda é gozado! "Quero ver o meu amigo a passar outra vez sem pisar o traço contínuo..." Teve que voltar a pé pra casa (cerca de dois km. e no dia a seguir ir à boleia buscar o carro, porque a polícia demorou 4 horas a "evacuar" da zona!

Já me ri!

Aquele abraço

wednesday disse...

Por acaso parece mesmo que só estamos contentes quando as coisas correm mal... Isso não se vê só nos acidentes. Nas empresas ou outras organizações, as pessoas que não estão em cargos de gestão só sabem criticar negativamente quem "manda" e depois se de facto as coisas correm mal, vêm com o eu bem disse... Mas para ajudar ou fazer melhor, tá quieto...

Alzira do PVC disse...

É pá.... só tu!

















































































































































































































































































































































LOLOL























































































































































































































Ainda me estou a rir...


















































































































































































































































LOLOL

































































































































































































































































Beijoca pá!

jeanny disse...

a associação benfica/desgraça foi a melhor!
como sempre é de ir ás lágrimas.
e o pombo?nem sangue deitou?mas afinal que espécie de pombo é essa?
algum modificado genéticamente..
beijo(se o pêlo estiver limpo)

marco disse...

nos somos assim!

nos somos preocupados, essa é que é essa!

preocupamos nos se partiram alguma coisa, se a cabeças desfeitas....dedos espalhados...nos somos morbidos!


ver se cobras por cada linha aqui comentada,...um dos ultimos posts roubou me aqui espaço para escrever, eu ia desenvover mais o assunto, mas ouvi travagens e estrondos ali fora..ja venho

Eduarda disse...

Verdade verdadinha ... e quanto maior a desgraça alheia, maior o prazer em descascar o infurtunio, faço aqui saber que no funeral da minha mãe houve alguem que perguntou "E qual das 3 (somos 3 irmãs) estava mais triste??" Fiquei estarrecida... por cem anos que viva não me esqueçerei desta!

Rauf...

NARNIA disse...

Nunca vi ninguém a benzer-se... Não seriam peregrinos a caminho de Fátima?

Pedro disse...

Olá, amigo Rafeiro! Quanto tempo... Bem, mas estou de volta e isso é que interessa...
Quanto a comentário, deixo esta anedota:

O menino Carlinhos, aparece no dentista, acompanhado de 4 amigos.
Quando é chamado, entra no consultório com os 4 amigos em fila pirilau atrás...
O Médico, admirado com a multidão, pergunta: - "Então, menino carlinhos, o que o trás por cá?", o que ele responde: - "Ó Sr, Dr... Eu vim arrancar um dente..:"
"Então e estes seus amigos", pergunta de novo o médico, ao que um deles responde: "Nós viemos para o ouvir gritar!"

Abraço.

Dragão Azul disse...

É pá não digas isso do Benfica deixa lá estar que ele esta BEM... EHEHEHEHEHEEH

Quanto ao resto o pessoal só esta bem com o mal dos outros e depois uma desgraça nunca bem só, uma pessoa para além de bater com o carro ainda tem que levar com os comentários dos mirones.

(....pom tras pim pararararapum tchumg.... é pá, o gajo em vez de abrir a porta queria entrar com a porta fechada, acavou agora mesmo de partir a porta de vidro e a cabeça também... tenho que ir.... fui.....eheheheh)

Abraço.

Kok disse...

Pois é! Até parece que estamos num país de metalúrgicos com tantos "orçamentistas" que circulam por aí.
Akele abraço, pah!

ps.:tinha mesmo que ser uma viga? Não podia ter sido somente um berbequim ou um balde de massa? Chiça!

Belzebu disse...

Benzer? Como podes imaginar isso é algo que me faz alguma confusão! Não é que me furte a uma boa "benzidela", mas nunca na via pública!

eheh!! Aquele abraço infernalmente benzido!

carvoeirita disse...

não rafeiro, pode ser muito pior!!!

Pior do que advogados irem a correr atrás das ambulâncias para conseguirem representar o sinistrado só mesmo um rafeiro chamado perfumado fazer chacota de um gatinho que se chama mijocas!
Aí sim é o que o nosso mundo estaria perdido!!!!

robina disse...

Assinei ó rauf ;-)

Stephen King disse...

Além de já ter votado na petição, acrescento apenas que nisso do voyeurismo desgraceiro somos bons, mas competimos arduamente com os americanos, que andam a levar a espectacularização da desgraça a limites impensáveis. Recomendo o filme/documentário American Cannibal sobre os reality shows, e então... Medo!

Abraço

Bongop disse...

Sim... nós somos orçamentistas compulsivos do ramo automovel, para além de uma certa queda para a anatomia da desgraça!

Francisco Castelo Branco disse...

Acho que os cães continuam a ser essenciais na busca de salvamento

São mesmo imprescindiveis

Cláudia disse...

Giro giro é quando começam a fazer orçamentos.
Não só do carro mas dos membros partidos das pessoas que bateram.

O Tuga consegue ser tão estupido!

Hands of Time disse...

onde onde?? desgraça? ohhh não vi nada! lol

julie disse...

Ainda ontem ao sair do comboio, lá vi um carro todo amachucado à frente, não tive lá muito tempo para ver. Só vi a fila enorme de carros, ninguém saiu do carro para ver, nem percebi bem como foi o acidente. É a vida!

bjs
julie

Blossom disse...

é bem verdade...como faço muitas vezes a A1 (Albergaria-Porto) vejo cada uma. O tuga consegue a habilidade de provocar gigantescos engarrafamentos porque resolve travar para ver melhor o acidente que houve em sentido cotrário (travando, tipo efeito dominó...acaba por fazer com que apareça uma fila monstra)...e quando não é um acidente, já se contentam com o carro avariado na berma, mas travar, têm todos. E as verdadeiras romarias que se vêm em cima dos viadutos quando aconteceu alguma coisa na estrada que passa por baixo???
É que não consigo compreender a necessidade inata de terem de abrandar e/ou parar para ir ver a desgraça alheia...porra!!! Se vamos a conduzir, temos mais de nos concentrar na estrada e não nos acidentes. Quando vou de co-piloto, aí sim, viro-me para trás, observo tudo, mas porque não interfiro com a condução de mais ninguém

rais parta esta sede de sangue...morreu? sim? vou já lá ver... :|

fotógrafa disse...

O QUE SOU


Sou pássaro que voa,
sou voz que ecoa,
sou riso, sou choro,
sou mulher feliz!


Sou ar, sou terra,
sou carinho, sou lua,
sou sol que alumia,
o caminho que sigo,
para ser PESSOA!

Sou alma, sou água
sou riso, sou flor
tudo faço porque quero,
faço por AMOR!

(Euzinha)

Bom fds.com muito sol, calor e harmonia…
abraço

Bxana disse...

Olá Rafeirito!

Sabes que nunca me tinha apercebido de como um acidente causa tanto mirone, até ao dia que tive um!

Juro que tive vergonha, encolhidinha no meu colete reflector XL :(

Miaus!!!

conchita disse...

Fizeste-me lembrar há muitos anos átras estava eu no Algarve numa esplanada de um café com o meu marido a minha irmã e o meu cunhado, de repente ouve-se um estrondo e vi um carro a voar com o impacto, sai todo o mundo do café a correr para ver o accidente, todo mundo menos eu, eu fiquei completamente sozinha no café (se soubesse tinha fugido do café sem pagar), isto para dizer que não gosto de ver accidentes, só se souber que não há gente ferida, caso contrário não tenho estomago para isso.
Mas de qualquer maneira há sempre uma ponta de curiosidade em todos nós, não há?!
Um grande fim de semana :)

Pacanherros disse...

Que dizer sobre essa gente?

Ao fim ao cabo, ainda que não há por cá tantos acidentes, ao menos assim os transportes públicos não se atrasam tanto com as bich...com as filas.

Miriamdomar disse...

Olá rafeiro
Adorei o tema !E pela adesão ,não fui a unica! E verdade, sim senhor"rafeiro"!Eles só se mexem quando é desgraça, fora isso ,tá quieto !É preciso ajudar , mudar alguma coisa,dizer não ao governo ou contestar alguma coisa!!! Na , tá quieto ,dá mto trabalho !Em relação aos acidentes, o zé povo ,tem é dor de cotovelo dos rafeiros ! Pois esses, quando trabalham é pra ajudar,pra salvar e pra descobrir ,eles são incansáveis!
Bjs

Inha disse...

Ai Doggy, que já ganhei o dia com o teu post. Tou cheia de me rir. A estupidez, de facto, não tem limite.E que me dizes daqueles peregrinos que foram atropelaos à ida para Fátima? Ainda agradeceram à santa e vão outra vez a pé para o ano a agradecer o milagre.É da minha vista ou está tudo doido?:D)))))

BeijInha no focinhito.*

Afrodite disse...

Ena ena...gostares de me ter por aqui sabe bem ler. Assim olha que ainda me sinto à vontadinha :).
Eu às vezes nem penso na minha segurança, a vontade de ajudar é tanta que só me lembro dos contra no fim e friamente. ;) sou uma impulsiva :).

Abreijinhos e bom fim de semana

Rita disse...

O mais engraçado foi quando eu tive um acidente no IC19 e alguém ligou para a minha sogra a dizer que a filha tinha chegado atrasada porque uma estúpida tinha adormecido ao volante. A estúpida era eu e tinha literalmente adormecido ao volante...
Festas

Nanny disse...

O pessoal que pára, são os orçamentistas das companhias de seguros, pá!

É para ver se o estrago é grande...

Essa de benzer só conhecia para os carros funerários... agora se tb se benzem para os estampados... muita benzedura há por aí!!!

Beijocas, rafeirote

Stuckinha disse...

Puxa, isto uma pessoa distrai-se e leva horas para chegar à caixinha do comentário. Em relação ao teu post só tenho a dizer "Estamos em Portugal, né!!!" falta ainda refires a outra espécie de mirones, os mirones da faixa contrária que contribuem sempre para as estatisticas e provocam pelo menos mais um ou dois acidentes, pois distraídos como estavam CABUMMM, mais uma amolgadela na lata. É curioso, mas é caso para dizer que um acidente nunca vem só, já reparaste que talvez em 90% dos casos se há um acidente no sentido Norte/Sul, há sempre mais outro, com apenas alguns metros de distância no sentido Sul/Norte.
Bem, deixa-me ir que já me alonguei e se o patrão vê o que faço nas horas de serviço dá-me conta da cabeça. Hehehe !!!

Marisa disse...

Looool, adorei a parte de poderem estar a procura do telemovel :P
As pessoas são assim mesmo, não conseguem evitar não olhar para a desgraça alheia. Só é pena pararem o transito com essa brincadeira.

**Je Vois la Vie en Vert ** disse...

É só lata !
Gostas de chocolate ?
Tenho uma tentação no meu cantinho verde...
Bom fim de semana !
Beijinhos verdinhos

Joana disse...

Bom fim de semana!

lua prateada disse...

Nas amarguras da vida
Há sempre um quê de nós
Que nos avisa, que nos diz
"Como és querida"!...

Mas tais palavras são suficientes
Para não me sentir perdida.
E assim por aqui te deixo um feliz
fim de semana e um carinho de amiga.

Beijinho prateado
SOL

bjecas disse...

Além de gostarmos de fazer o nosso orçamentozinho, temos a extraordinária capacidade de ver o lado bom das coisas:
"Epá, ganda sorte!... Ficou sem uma perna... já viste se fossem as duas?!!!"

Abraço pá

\m/

KNOPPIX disse...

Amigo rafeiro, devias saber que tuga que se preze adora ver a desgraça alheia, quando vires um ajuntamento de pessoas já sabes, não é para comemorar nada mas sim para mostrar solidariedade pela desgraça alheia e dar palpites, outra bela tradição tuga, o tuga tem sempre algo a dizer sobre tudo, mesmo que não perceba nada do assunto e não tenha visto o que aconteceu :P

Outra coisa curiosa são os maluquinhos dos bombeiros, são aquelas pessoas que mal vêm um carro de bombeiros a cruzar-se com eles, vão logo atrás dele para ver os soldados da paz em acção, são os fãs dos fogos e dos acidentes e agora com a TVI que aceita fotos de quem assista ou veja acidentes, eles multiplicam-se como coelhos...

Este post vai longo, eu sei, mas apeteceu-me, manias :P

Um grande abraço e bom fds

P.S.: não faças "tunning" ao teu carro, conduz com cuidado (risos)

silvinha disse...

Olá Canino!

Já vi que continuas a ladrar sem parar, enquanto eu ando meio caladinha visto o nosso povinho andar mais preocupado em ver e comentar as desgraças dos acidentes do que arranjar o meu computador ;P

Podemos estar numa fila de horas, e resmunhar o tempo inteiro, chamar nomes aos vizinhos do lado,etc! É pá mas quando passamos por o lugar do acidente, pronto...tudo compensou "Xiiiiiiii, ganda acidente! Xiiiiiiiiii, olha como ficou o carro, Xiiiii já não tem arranjo, Xiiiiii"

E com sorte não temos um acidente por olhar para todo o lado menos para a estrada...

Beijos pá

Laura disse...

E quem foi a alma que deu a carta a esse rafeirito? Ou o dono foi fazer uma mija atrás do post e levou com ele em cima? das duas uma...Beijinhos nino...

Pecadormeconfesso disse...

CUM CATANO.

mariam disse...

lindo, lindo mesmo, é quando há um acidente num sábado, tipo, "carro e mota chocam na rotunda X, não houve feridos, só estragos materiais".Na segunda-feira, no cafézinho perto do serviço, ouve-se "foi foi, um deles ficou muito mal e acabou por morrer no Hospital", depois, no serviço "parece que a senhora condutora do carro estava grávida e abortou" ou ainda "o gajo da mota não se safou"...

bom fim-de-semana

um sorriso :)

Pedro disse...

Amigo Rafeiro,
Voltando a este teu canto / post, não deixo de me perguntar se ele foi uma felicidade, ou um acidente...
eheheh. Já viste a quantidade (ajuntamento) de comentários?
LLLLLLLLooooooooLLLLLLLLLLLLLLL

Orgásmica disse...

Visita-nos em http://audaciosos.blogs.sapo.pt/

missixty disse...

Esqueceste-te de referir que a maioria dos acidentes graves, são provocados pelos imbecis dos homens e tal facto, faz com que lixem por vezes, a vida de muita gente que já vai atrasada para o trabalho! Se eles conduzissem melhor, não havia tantos papalvos depois à espreita! Grunfff!!
Não sou de parar a ver acidentes,detesto ver desgraças!
Se quiseres ver alguns idiotas(homens) a tentarem partir o pescoço, vai ao meu blog!

Como vai isto de rafeiras ciumentas?? Uma vez deu-me a sensação que a minha vinda aqui, provocou alguns uivos e rosnadelas!eheheheh!

Papoila disse...

SEmpre com humor este rafeiro....

Bjs
BF

Um Momento disse...

Ai jajus noxa xinhora... e bateram em alhuém ( lá o estrondo???)

Olha lá... essa coisa de mirones... é um bichinho carpinteiro que não tem mainada que fazer...
Mas sabes?... já me fez bem um mirone uma altura...pois viu o (meu)acidente, e o tipo que "beijou" a chapa ao meu carro "pirou-se"e... o tal de "mirone" foi atrás dele... e por incrivel que possa parecer... voltou com a matricula( que eu na altura fikei K.O!)
Ainda há "mirones"que são boa gente:))))

OLha lá mais uma coisa...mais duas:P
Tens aqui uns miminhos para ti( há muito tempo que não te oferecia assim uns miminhos :P)

http://momentosmimados.blogspot.com/2008/05/liberdade-florida-berta-helenagrata.html

E ainda:

http://momentosmimados.blogspot.com/

Um beijo muito grande e espero que os aceites:)))))))
São oferecidos com muito carinho e Amizade

[*]

lady.bug disse...

eu já bati assim por trás e à bruta, num moço muito simpático... mas ele não me quis fazer nenhum orçamento ou mesmo tirar as medidas! É oficial: não tenho sorte nenhuma e a minha vida é um banho de ácido!

Pisces Girl disse...

Concordo plenamente com tudo o que disseste no teu post. Alguns portugueses são mesmo muito cuscos e, infelizmente, gostam de assistir às desgraças alheias... :o|

Um beijinho grande e bom resto de fim-de-semana,

Pisces Girl.

Gata Verde disse...

Dão a carta a rafeiros e depois é isto...

rascunhos disse...

Pois pois Rafeirovski isso aprende-se desde "pequenino".Que o digam as manchetes de abertura dos telejornais...é só desgraças...

Mas olha, um destes dias um quadrúpede qualquer limpou-me o beirado do telhado e nem parou e tenho pena q na altura ñ tenha havido um mirone qualquer a tirar-lhe a matricula... só para lhe mandar a conta dos prejuízos para casa.

beijinhos e boa semana pla kaptal

Rafeiro Perfumado disse...

Cunhada, o chamado “mirovivio”, isto é, o convívio entre mirones. Nem sei como é que não fundam uma Cooperativa, para depois partilharem experiências! Beijoca!

Cassamia, lamento sabê-lo, mas infelizmente só vem dar razão à critica presento no texto. Beijo.

Kris, “ena, ficou sem pescoço”, “podia ser pior, já viste que não rebolou para longe?”. Como tens razão... Beijocas!

Nitrox, desculpa lá, mas nessa situação era gritares “ai podem, podem!” e correr com eles ao pontapé falésia abaixo! Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

Cunhada, às vezes tens com cada ideia que Deus ma mim livre!

Marrie, ir ao teu blog é sempre um desafio para o coração! Beijo!

Brigitte, pena não usarem isso no desenvolvimento... Beijos!

MRPereira, tens de admitir que o polícia tinha um humor bem apurado. Quanto ao teu amigo, sempre poupou no ginásio! Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

Wednesday, o giro mesmo é quando se tem oportunidade de promover um desses rezingões e ver a transformação que fazem na atitude... Beijoca!

Alzira do PVC, tens consciência que um dia te vou apanhar, não tens?

Jeanny, o pombo ficou bem, o mesmo não se pode dizer do poste... Beijo!

Marco, onde, onde? Espera por mim, que vou contigo!!!

Rafeiro Perfumado disse...

Eduarda, essa pergunta é das mais cretinas que já ouvi. E passados uns tempos não foste fazer uma visita à autora? Só para ela ver ao vivo... Beijo.

Narnia, só se adorarem carros amolgados... Beijo!

Pedro, e eu que gosto de chegar em cima da hora ao dentista, já para não ouvir a gritaria lá dentro... Abraço!

Dragão Azul, estou a escrever este comentário no fim da Taça de Portugal, portanto caladinho em relação ao Benfica, ok? Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

Kok, acho que a partir de um certo peso, a diferença já não importa muito...Abraço!

Belzebu, as coisas que se fazem às vezes na via pública até a mim dão vontade de benzer! Um grande RAUF para ti!

Carvoeirita, caladinha, que o gato até deve sofrer sempre que lhe chamas isso, já para não falar no gozo que os colegas devem fazer quando o apanham no café!

Robina, sê bem aparecida, e logo com uma notícia tão boa! Beijo!

Rafeiro Perfumado disse...

Stephen King, já ouvi falar sobre esse filme / documentário, vou ver se o consigo arranjar. Mas em termos de estupidez, não tenho vergonha nenhuma de ficar atrás, e muito distanciado, dos americanos. Abraço.

Bongop, eu por acaso não me preocupo muito com os orçamentos, é mais com o facto de ficarem a impedir a (minha) via... Abraço!

Francisco Castelo Branco, tratando-se duma operação tão delicada, é natural que se queira o melhor... Abraço!

Cláudia, não me digas que orçamentam o gesso e as talas?!? O que eu ando a perder...

Rafeiro Perfumado disse...

Hands of Time, ali, corre, que ainda consegues ver a traseira da ambulância!

Julie, isso é quase imperdoável. Um acontecimento desses e tu sem uma mísera máquina fotográfica? Mirone reles... ;) Beijo!

Blossom, essa de te virares para trás, até te imaginei no espaço ao pé do vidro, por cima da bagageira, a tentar captar os ângulos todos! :D Beijoca!

Fotógrafa, serias tu o pombo? Beijoca!

Rafeiro Perfumado disse...

Bxana, seria por ser XL ou por ser o modelo rosa? Beijoca!

Conchita, e quantos morreram? Qual era a marca do carro? E estavas a beber o quê? Não, não acho que haja curiosidade em toda a gente... Beijo!

Pacanherros, vocês para atracção já têm os turistas, pá, o que não é muito diferente de alguns acidentes. Abraço!

Miriam do Mar, olha que uns quantos rafeiros ainda são capazes de tirar umas fotos, como é que achas que os jornais as conseguem? ;) Beijos!

Rafeiro Perfumado disse...

Inha, ligares o “estou cheia de rir” e “a estupidez não tem limite” quase me leva a pensar que estás a insinuar algo sobre mim... ;) Beijoca!

Afrodite, à vontadinha mas nada de naturalismos, que o meu sobrinho costuma vir cá e ainda não tem idade para algumas coisas! ;) Beijo!

Rita, e tens a certeza que a parte da “estúpida” não foi acrescentada pela tua sogra? Beijo!

Nanny, eu benzo-me sempre que olho para o salário, e olha que não é por ser um milagre e nem por ser religioso, é para tentar perceber como é que me vou arranjar! Beijo!

Rafeiro Perfumado disse...

Stuckinha, também podemos ver isso como “solidariedade estampatória”, onde do outro lado pensam “ai coitado, o que lhe aconteceu. Deixa-me mostrar-lhe que não é o único” e tungas, na traseira do outro carro! Beijo!

Marisa, infelizmente ficaria caro um viaduto ao longo de todas as estradas, para o pessoal apreciar à vontade... Beijo!

Je Vois la Vie en Vert, não gosto de chocolate, adoro! Beijo!

Joana, boa semana, que o FDS já lá vai!

Rafeiro Perfumado disse...

Lua Prateada, se alguém me disser “como és querida”, garanto que vai ter um momento amargo... Beijinhp!

Bjecas, estou a descobrir agora essa faceta orçamenteira das pessoas, o que por um lado me alegra, é sinal que tenho passado ao lado dessa realidade. Abraço, pá!

Knoppix, e se eu te dissesse que conheço casos dos próprios bombeiros atearem o fogo para depois poderem passar a abrir pela aldeia com a sirene a dar a dar? Lindo, não é? Grande abraço!

Silvinha, estás viva!!! Consertar o PC? Manda-o é janela fora e arranja um novo, é capaz de te ficar mais barato e não te faz ausentar daqui tanto tempo! Beijos, pá!

Rafeiro Perfumado disse...

Laura, a minha carta veio na Farinha Amparo, sou fã desse petisco! Beijo!

Pecador me confesso, dos melhores comentários que já vi...

Mariam, ai ritmo que os acidentes acontecem em Portugal, é bem provável que estejam a falar de situações diferentes! Beijo!

Pedro, a criação do canto foi um acidente, o aglomerado para mim é uma felicidade! Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

Orgásmica, a pedir com tanta educação, é já!

Missixty, eu preferia não ir por aí porque, felizmente ou infelizmente, a imbecilidade não escolhe o sexo. Quanto à tua sensação, nunca me apercebi de tal, jove, e se houve uivos e rosnadelas não foram daqui de casa! ;) Beijo!

Papoila, e há outra alternativa? Beijo!

Um Momento, e o outro condutor não deu por falta dela, da matrícula? Beijos e já fui ver os meus mimos, obrigado!

Rafeiro Perfumado disse...

Lady Bug, diz-me só uma coisa, essa batidela foi com ou sem carro? Beijo!

Pisces Girl, quanto ao teu comentário, só não concordo com o “alguns”. Os gaijos são muitos, pá! Beijos!

Gata Verde, eu pelo menos não risco o carro porque “tinha de ser”...

Rascunhos, o beirado do telhado?!? Foi um avião, ou quê? Beijos!

Capriccio disse...

Os portugueses têm uma curiosidade mórbida por desgraças alheias, é impressionante!!
Tiveste um acidente, foi?
Eu não vi!
Abraço ternurento :)

Eduarda disse...

Rafeirinho, a visita teria de ser feita ao autor, já que de um Homem se trata..sim que os Homens ao contrário do que se possa pensar são infinitamente mais cuscos que as Mulheres... raça desgraçada :D

robina disse...

Antes de ires...não será benzeres-te?

Afrodite disse...

Rafeiro não te preocupes...o teu sobrinho está a salvo...só pensei em tirar as botas :). Apertam-me o pensamento :).

Abreijos

Cati disse...

Sim, este estranho fetiche português é um bocado enervante! E o igualmente estranho hábito da "benzedura"... valha-me Deuszzzzz!!!

Felizmente só tive um acidente na minha vida. Mas foi logo um daqueles com direito a carro para a sucata e tudo. Não sofri ferimentos de maior e agradeço a uma família espanhola que parou para me prestar auxílio. Aos restantes tugas que pararam na A1 só para ver o meu carrinho amolgado e eu a chorar baba e ranho sentada no rail, a esses eu não agradeço! Nem agradeço ao estupor que provocou o acidente e fugiu... e desses também há muitos em Portugal!

Se as pessoas em vez de se benzerem começassem a conduzir como deve ser... com certeza Deus teria muito menos trabalho!

Um beijinho e festinhas nesse cachaço*

Sofia disse...

E se os acidentados forem peregrinos a caminho de Fátima: "Jasus! Creeedo!" Benzem-se e rezam um terço logo no local, antes de chegar a ambulância!

veni_vidi_scribi disse...

Ai Jesus, Credo, Cristo e todos os Santos que me possam acudir!!! Ai... ai... doí tanto... não me faças mais rir!!! Lolol :)

Senti falta destas boas risadas nas férias!!! Mas agora que voltei, já me vou deliciar também com o post de baixo... já lá vou... agora este!

Desconfio que os ditos das benzidelas andam mesmo à procura do telemóvel para enviar filmagens para a TVIgreja!
Cá eu devo ter origens diferentes... Sou Tuga mas a reacção a tais acontecimentos é mesmo a de fuga... :p Mas não estejas já para aí a pensar que é porque fui a causa do acidente!!!

Beijufas

Jose Martins disse...

Bem eu como gosto de rafeiros e dar-lhe umas biqueiradas no traseiro (note-se os de duas patas) linquei o "Rafeiro Perfumado" ao VIROSOS
Abraço

Safira disse...

O Desportivo da Covilhã?

Carlos II disse...

É isso! Lembro-me que há uns tempos atrás, uns bons anos, voltou-se um barco no Tejo, suponho que se chamava "Tollan". junto ao ex-cais das colunas. Ali esteve durante anos. Eu que tinha que passar por ali todos os dias, também estacionava. Era uma romaria diária de pessoas. E o gozo era ouvir os comentários dos "engenheiros" ali prostrados de serviço. Todos, ou quase todos,tinham uma técnica especial para voltar o barco.
Não sei como é que os verdadeiros técnicos o conseguiram fazer. Sei que o barco desapareceu dali.
Tornou-se mais um ex-libris da cidade.

D.Antónia Ferreirinha disse...

Adorei o texto mas este inicio assenta-nos que nem uma luvinha.


"É sabido que os portugueses gostam de assistir a desgraças, ou não fosse o fado a nossa canção nacional e o Benfica o clube com mais adeptos."
Beijinho.

Animal Candy Sugar disse...

Se as pessoas soubessem aproveitar a existência dos cavalos, aí sim, as coisas poderiam ser diferentes.

Rafeiro Perfumado disse...

Capriccio, não?!? Vê-se logo que ainda não estás bem treinada nas artes miratórias! Beijo!

Eduarda, não somos nada cuscos! Então mas conta lá, era da família? ;) Beijo!

Robina, só se vir que me poderá acontecer alguma coisa!

Afrodite, poderia fazer comentários jocosos sobre o tirares as botas, mas prefiro dar-te os parabéns atrasados. Beijoca!

Rafeiro Perfumado disse...

Cati, espero que não tenhas enferrujado o rail, sabes que depois vai lá parar um motard e ainda apanha tétano, ou coisa do género. Beijoca!

Sofia, são movidos pela fé, isto quando não são movidos pelo pára-choques de algum carro, claro... ;)

Veni, Vidi, Scribi, demasiado tarde, já pensei! Fujona, e o dever de assistência, onde fica?!? Beijo!

Jose Martins, pois se o fizeste, caro bloguista, te garanto que levarás o mesmo tratamento. Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

Safira, perto, o Benfica Castelo Branco...

Carlos II, aposto que houve muita gente a protestar pelo facto de lhes terem tirado um divertimento tão grande. Mas aposto que o era porque havia a história dos mergulhadores mortos no seu interior! Abraço!

D. Antónia Ferreirinha, e tinhas-me em conta de ser mau alfaiate, é? Beijinho!

Animal Candy Sugar, isso e se começassem a dar com as esporas em muita cavalgadura que por aí anda! Beijo, sobrinha!

veni_vidi_scribi disse...

Ahah!!! Aí é que te enganas!!! Nada como uma benzidela em busca do telemóvel para ligar ao 112!!! :p Mas também já assisti... ao chegar a ambulância e prestar tds os esclarecimentos à assistência, aí sim, fugi! :)

Beijufas!!!

Bxana disse...

Rafeirito:

Por mais que procure, não encontro colete rosinha! Mas o que eu queria mesmo mesmo mesmo era um da Hello Kitty. Nice, hum?=)

Miaus!

LeniB disse...

Vim parar aqui por acidente.
Gostei do choque e das de mais refeirices!

Bitchy Lady disse...

No fundo, mas bem lá no fuuundo, os tugas até são uma malta religiosa, vão à missa, sabem as ladainhas de cor, benzem-se, mas no que toca a ajudar o próximo a maior parte deles saltaram esse capítulo nas aulas de catequese.

Marrie disse...

Boa resposta!
Com esta, até me calo! rs
rauf, rauf

Dragão Azul disse...

Rauf, Rauf,..... quetinho Rafeiro que o Dragão hoje tem um presente....


Quenn, diz-te alguma coisa? Se sim passa pela casa do Dragão.... Rauf, Rauf,... queto Rafeiro....

Um Abraço!

Simplesmente eu... disse...

Agora que mudei de escritório e que estou na rua principal da minha cidade com varanda no 1º andar sobre a rua...
ups! Só hoje já ouvi 3 travagens a fundo e 1 discussão no trânsito. Confesso que ao fim de dois dias deixei de ligar!
Abraço

Afrodite disse...

Parabéns atrasados????? Porquoi???

Abreijos

Eduarda disse...

Meu querido rafeiro,

Bem se ve que não conhece esta especiezinha...a ser da familia já não o era :D

hotaskim disse...

LOLOLOLOLOLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLL

Rafeiro Perfumado disse...

Veni, Vidi, Scribi, bem me parecia que tinha visto a tua fotografia numa parede da esquadra lá do sítio… beijocas!

Bxana, mete um desses mete, que aí é que vais ver o pessoal a tentar passar-te com os rodados por cima! E a fazer marcha-atrás para voltar a passar! RAUF!

LeniB, acidente?!? E eu que não vi, pá! ;)

Bitchy Lady, o mal dos tugas é que os ensinamentos recebidos na Igreja tendem a ser esquecidos assim que se benzem e saem porta fora…

Marrie, alguma vez te dei más respostas? ;)

Rafeiro Perfumado disse...

Dragão Azul, o teu blog vai disparar em termos de popularidade. Melhor só se lá metesses a águia Victória! ;) Abraço!

Simplesmente, pelo sim pelo não eu teria uma câmara à mão, ainda podes ganhar uns cobres com isso. Abraço!

Afrodite, não fizeste anos um destes dias? :D

Eduarda, não conheço, mas aprecio essa faceta purgadora de membros familiares desqualificados! ;)

Hotaskim, então, ando com pouca inspiração e levo uma gargalhada dessas?

Balbino disse...

Teatralmente, isso é apenas a katharsis. Um sentimento de complacência e uma curiosidade por uma situação que eventualmente poderá acontecer a nós. Mas depois vês mendigos caídos no chão e ninguém tem coragem de lhes tocar...

Há coisas que não se explicam.

Marrie disse...

Não, Rafeirito, apenas estava a provocar-te! Todas as tuas respostas são ótimas, mas essa me conquistou!
"lambidelas" pra vc rauf, rauf
rsrs

Afrodite disse...

Rafeiro fiz...o ano passado em Novembro :)...ahhh mas ainda vais a tempo...muito obrigado ehehhehehe.

Abreijinhos

Pretazeta disse...

É bem verdade, espreito sempre, mas não paro!!!
MAs que cruzo os dedos sp q ouço a sirene de uma ambulancia..

Laura disse...

Meu; diz-me onde compras a farinha Amparo que essa era do meu tempo e aind ame lembro quando morava na Pontinha a mãe me mandava buscar (a mercearia era no mesmo passeio, mais abaixo.) e eu sentava-me no passeio, abria aquilo para ver o brinde, depois chegava a casa e o brinde caia por acidente... e levava umas chineladas por não cumprir o que a mãe mandou; não abrir a caixa..mas o catano da farinha era boa pa caraças...Beijinhos.

SILÊNCIO CULPADO disse...

Rafeiro Perfumado
Então e a nossa TV não tem ensinado nada aos mirones? Vê os jornalistas a exporem a dor alheia com um àvontade e falta de pudor que é obra.
"Ora diga lá o que senhor sentiu quando viu o seu filho morrer com as tripas de fora...." E perante o choro e os soluços lá vão acrescentando mais umas farpas.
Com comunicação desta, incusive a da RTP paga com o nosso dinheiro,que podemos esperar do portuga?
Abraço

peace_love disse...

É mesmo de tuga... Deve estar nos nossos genes ou assim lol

Anonymous disse...

Realmente o que não falta nas estradas são os mirones. Para fazer orçamento ou para ver mais de perto os acidentados.

Mas para ajudar ou para serem testemunhas.... tá quieto!

A Grafonola disse...

Cachopa, eu?????????? LOOOOOOOL, nem imaginas como isso soube bem... ;-D

Rafeiro Perfumado disse...

Balbino, se calhar o truque passaria por dar sacos-cama aos mendigos com um padrão que simulasse um acidente, podia ser que assim lhes dessem atenção. Abraço!

Marrie, também eu te estava a provocar... Beijo!

Afrodite, não dizem que mais vale tarde do que nunca? Não me consegui escapar lá muito bem, pois não? ;) Beijo!

Pretazeta, o não parares significa que andas a uma velocidade de 7 km/hora? É que se for assim, vais apanhar...

Rafeiro Perfumado disse...

Laura, eu por acaso era mais a farinha 33, que trazia uns bonecos do Vicking! Beijinhos!

Silencio Culpado, é o chamado sofrimento em directo, o mais preocupante é que esse tipo de lixo televisivo tem audiência garantida. Beijo!

Peace_Love, então eu sou uma aberração genética, e com orgulho! ;)

Anonymous, acho que quando tiver um furo e não houver ninguém à vista para me ajudar, vou gritar “Aiii, que esta fractura exposta dói tanto!”. Pode ser que resulte...

A Grafonola, já devias saber que de vez em quando exagero um bocado... :D

HM disse...

Raufadaaaaaaaaaa

Tu realmente!!!! Ainda não sabes que aqueles gestos não são benzeduras?!?! São ticuras, de um tiquedo franciscano que anda por aí....estamos no país dos tiques, e é muito chique ter tique.

Agora, pergunto: quem vos manda comprar carros no estrangeiro, hein??? Com matrículas assim, só um cego não ficaria tiquento. Pfffffffff

http://i28.tinypic.com/dvipon.jpg

Beijos rafeirosos
HM

turbolenta disse...

Juro que estava a pensar que já tinha deixado aqui a minha modesta opinião sobre este assunto.
Mas cá vai:
Pela foto agora já sei quem estava no outro dia espetado no IC 19 contra um poste da EDP.

Eu vi ! EU vi !

Passei e não disse nada !
E logo agora aparece aqui a foto!
lol lol

Bem: agora a sério: uma coisa com que eu "engalinho mesmo" é vir cheia de pressa numa auto-estrada que tem uma fila até dizer chega e andar naquele para arranca....arranca...para, até que por fim, assim, do nada, começa um autêntico rally. Aparentemente ninguém sabe o que originou aquela fila. Mas lá está um carrito na berma, com a tampa do motor levantada, o motorista lá dentro, recostado no banco e, claro que era aquilo o causador de tamanha desgraça momentos antes.
É que na fase em que o homem ainda estava cá fora, todos reduziam para ver se descobriam o porquê de tal paranço.
A mim pouco me interessa o que lá fazem.Quero é andar.
Quem vai....vai....
quem está..... está....
Mas já me aconteceu na marginal, mesmo ao pé da curva do Mónaco, ver que o carro da frente começou a deitar imenso fumo. O homem parou.Saiu a correr do carro. Eu parei atrás. Sacamos do extintor e evitamos que o carro se incendiasse. Trabalho feito....adeus amigo...antes que algum curioso me bata a mim.
Mas há um pormenor engraçado....
Todos abrandam....
Todos miram....
mas em caso de necessidade, ninguém testemunha o que viu, porque nessa altura, dão de froskes e a toda a velocidade.
bom fim de semana

Humorista disse...

Isto anda tão mal que já nem sei se tinha comentado este post!
Por isso aqui vai:
1-Desgraças
2-Inaugurações
3-"Cenas" à borla
São estas as 3 principais causas de multidão em Portugal!
Cumprimentos!

Papay dream disse...

Aiii como isto me é tão familiar!Há sempre algum mirone à solta que por sua vez atrai mais mirones. Mirone é o segundo nome do verdadeiro Português

Rafeiro Perfumado disse...

HM, mas olha que o tipo safou-se bem, apesar de não acreditar que se livre dumas quantas buzinadelas! Beijo!

Turbolenta, já houve situações dessas na auto-estrada que eu chego a casa e vou à net, acendo a televisão, o que seja, para tentar saber o que se passou, e nada. É impressionante a facilidade com que as pessoas abrandam para ver um pneu furado. Se ainda fosse alguma boazona... Beijo!

Humorista, então e o Fado, Futebol e Fátima? Abraço!

Papaya Dream, nisso tens razão, é das famílias mais numerosas que conheço. Beijoca!

dri disse...

Pergunta de uma loira:foi intencional a escolha do cão ou cadela loiro(a) para se estampar alegre e fumegantemente contra a árvore?
au,au!!!

Rafeiro Perfumado disse...

Dri, obrigado pela gargalhada. É que nem me passou pela cabeça tal associação! Mas agora que dizes, sim, foi intencional! ;)

Iveta disse...

Tenho este blog classificado como O MELHOR REMEDIO PARA CRISES EXISTENCIAIS, na verdade ando a resistir a' minha curiosidade natural, e a guardar os posts mais antigos para os momentos em que a depressao/tristeza teima em aproximar-se. Gosto tanto do teu texto quanto dos comentarios que se seguem, normalmente dou a primeira gargalhada no primeiro paragrafo, e termino com um sorriso no rosto.
Neste post chamou-me a' atencao o comentario da Afrodite, nao pela extencao mas pelo conteudo, e' bom saber que ainda existe quem se predesponha a ajudar, fazer o bem sem olhar a quem.
Parabens AFRODITE! nao desistas de acreditar que podes transformar o mundo com o teu exemplo.
Parabens Rafeiro! que com os sorrisos que destribuis fazes o mesmo.
Bem hajam!
Beijo

Rafeiro Perfumado disse...

Iveta, esses comentários são daquele tipo que me fazem sentir bem, mas não por vaidade, percebes? Dá gosto saber que uma brincadeira minha pode servir para alegrar, nem que seja por uns instantes, alguém. Também eu te agradeço. Beijo!

dri disse...

Senhor Rafeiro
Quero perguntar-lhe se o facto de a condutora do veículo sinistrado que ilustra o seu post ser loura tem algum significado.
Quem pergunta é uma ruça de raça
Dri

dri disse...

Senhor rafeiro
Não enterre esse osso.Desmemoriei-me e esqueci que já lhe havia feito a pergunta.Sugiro-lhe que o envie antes para reciclagem numa fábrica de ração canina rafeira ou selecta.
Uma loira, às vezes burra, como qualque morena de fino recorte...
Dri

Rafeiro Perfumado disse...

Dri, e eu que tinha ficado com tão boa impressão tua com a primeira questão... :)