Cuidado com o Rafeiro! Não é que morda, mas podes pisá-lo sem querer...

quarta-feira, 7 de maio de 2008

Nada se perde, nada se cria, tudo se transforma? O catano, vê-se logo que quem disse isto não conhecia as Companhias de Aviação!

Com tanta tecnologia, como é que se explica que tantas malas sejam diariamente perdidas nos aeroportos?

Este texto, tão lindo que dá vontade de chorar, pode ser encontrado no livro
Rafeiro Perfumado - Are you ladraiting to me?!?

186 comentários:

Gata Verde disse...

Até que enfim...

Rp disse...

Põe-te na posição deles, o trabalho deve ser tão aborrecido que é assim que se divertem. Depois no jantar de família, então querido, que fizeste hoje? "Hoje mandei mais uma mala americana para o Iraque!!" =|
Abraços

Teté disse...

Ah, e já te devolveram as malinhas, não??? Deves de ir carregadíssimo, se tens uma para sapatos, outra para roupa interior e possivelmente ainda uma terceira para calças, camisas e casacos (digo eu)!

São uma cambada de invejosos (os que trabalham nos aeroportos), por verem a malta sorridente a ir de férias... e depois pronto, fazem umas "partidinhas" inocentes destas...

A malta que fica em terra não viaja, mas ri-se que nem perdida!!! "O totó vai andar com as mesmas cuecas durante pelo menos uns 5 dias", apostam entre eles!

Uns bacanos, cheios de sentido de humor...

Beijocas, latidos e miados aí para as tuas bandas! :)

Amsilva disse...

eu que o diga, saio de Manchester com ligação em Frankfurt para o Porto, e a bagagem que deveria de acompanhar... chegou dois dias depois a casa...
mas isso não é ciência nenhuma, é incompetência... e não são só os tugas a meter as patas...
Sou da opinião que os Pcs nos ceckins não devem ter MSN...
Abraço

Mimo Azul disse...

Aquilo é suposto ser lido pelo código de barras e ao longo daquelas passadeiras intermináveis são feitas muitas leituras, não percebo a razão de tantas trocas! Só mesmo incompetência, dor de cotovelo e msn...

Mas malas desfeitas, riscadas, sem rodas... bem... ALGUM ENGº por aí "inventa" uma forma de isso não acontecer? É que as malitas ainda são caras!!! ( Se não formos ali ao Lelo ao Sábado de manhã :p)

bjca xL

Balbino disse...

Ahaha! Muito bom! Um humor muito bom! =D Parabéns!

carvoeirita disse...

o meu pai foi emigrante durante muitos anos, mas vinha de férias em Agosto e no Natal. Quando as companhias low cost começaram a imperar ele passou a vir de avião...nem imaginas as histórias de bagagens perdidas que ele tem para contar, após o 11 de Setembro a quantidade de vezes que teve que ir ao controlo de bagagem só porque levava azeite e vinho lá da terra...para mim a melhor foi uma vez que perdeu a bagagem e passado duas semanas a ligar para saber se já tinha aparecido lá disseram que sim que a podíamos ir levantar ao Porto.
Quando lá chegámos a mala não tinha nada a ver com a do meu pai, que era azul escura, aquela era bege e cheia de coisas de senhora..um regalo!!!perfumes, cremes, loções hidratantes com cheiro de fruta....tive que apelar ao mais profundo sentido de integridade para não dizer ao senhor que aquela era mesmo a mala do meu pai..muito obrigado por a reaver...é que ele é travesti e tem sido com muita dificuldade que tem feito o seu show diario sem os seus produtos!

Bem vindo de volta!!!já tinha saudades!
beijinhos!!!!!

Dualidades disse...

Parece que o de Lisboa é um dos que etsão no top das malas "era uma vez".

Já me aconteceu uma vez e só 3 dias depois me foi devolvida. À conta disse tive de ir comprar roupinha.

Dualidades JP

Pecadormeconfesso disse...

O Catano mesmo!!!

ines disse...

com conjunto "louis vuitton" o que estavas á espera, e vá lá não te pedirem para justificar o conteúdo! Pensavas que só acontecia ao José Castelo Branco????

Dual disse...

Ainda não tive malas a vaguear pelo mundo mas já estive muito perto de entrar para o guiness naquela que foi uma das mais longas esperas pela bagagem da História (esqueceram-se de colocar as malas no tapete) e já vi as nossas malas, numa curva mais apertada do reboque que as transportava, serem arremessadas a vários metros de distância! Vale muito andar a comprar malas Louis Vuitton... pois pois...

Queruby disse...

Devem-te ter confundido com algum Vip :) talvez com o Castelo Barnco, lol

Beijufas de Luz!!

Stuckinha disse...

Isto há com cada caso, tenho familiares que trabalham em companhias aéreas e eles têm com cada história para contar, não sei se o fazem de propósito, se por distração ou se é realmente pura diversão, mas acho sinceramente que deveriam ter avaliação de desempenho.

Wellcome back !!!

eu mesma! disse...

deves ter andado a correr atrás das malas, demoraste tanto! que saudades...

olha, eu já perdi 4 vezes as malinhas, uma delas fiquei durante 8 dias (os 8 dias de férias) com a roupa que tinha levado vestida, nem uma coisinha mais, nem pente, nem escova de dentes..também quem me mandou ir para onde Judas perdeu a mãe, onde não havia mesmo nada para comprar

Parisiense disse...

Não metas um advogado para pedir a indmização senão ficas tambem sem a massa....porque eles levam mais do que a companhia te indeminiza..
Fui emigrante e isso era o pão nosso de cada viagem!!!!!
E olha que os teus irmãos rafeiros faziam um melhor trabalho.....mas a quem iam eles oferecer as sapatilhas NIKE, o perfume Coco Channel ou as malas Loius Vitton????A quem?????
Beijokitas e muitas lambidelas de boas vindas.

Hands of Time disse...

lol realmente é bizarro! Á melhor foi uma que aconteceu à minha irmã que ao chegar ao japão! Ela chegou da mala nem nada, então deram-lhe uma idemnização pois só tinha a roupinha do corpo! Fartei-me de rir quando ela entrou numa loja de lingerie para comprar um soutien e NADA lololol as japonocas tem "bubbies" pequenas e a minha irmão NÃO lololololol foi o desespero! lololol Lá apareceu depois de 3 dias! Imagina a minha irmã lá 3 semanas sempre com o mesmo soutien... lolol morri a rir

Patrícia disse...

Devia ser giro, cães à procura das malinhas do pessoal.
toca a reclamar, não só com a companhia aérea mas também com o respectivo handling agent.
beijinhos
Pat

Francis disse...

é uma merda pá...olha, a mim nunca me aconteceu, sou um abençoado.

não tinhas já escrito uma cena parecida com esta ?

Cati disse...

LOL

Eu também não compreendo... Graças à providência divina, a Deus, aos santos ou aos orixás - sei lá! - nunca me perderam a bagagem. Também sou verdinha nas viagens de avião... só fiz 4... mas sempre com as malinhas a viajar para o mesmo sítio que eu!

Mas só de pensar na possibilidade de se extraviarem... a malta à espera da bagagem está sempre muito caladinha, a roer as unhas com ansiedade... será?! Será?! É a minha?!? Não... Ahhh!

Mas porquê? Provavelmente acertaste na mouche...

Festinhas nesse cachaço... Beijocas também!

Cati disse...

Ah! E já assinei a petição no mês passado... partilho da tua opinião! A nossa pátria é mesmo a Língua Portuguesa...

Cold disse...

A primeira vez que andei de avião a bagagem teve um destino diferente do meu! Se não queria fazer férias comigo, podia ter dito logo! Humpf...

BlueVelvet disse...

Ora então o canito voltou:))))
Agora é que percebi: andaste à procura das malas depois de uma viagem!
O que eu já me ri.
Nada melhor para começar o dia do que vir aqui.
Uma imaginação delirante.
Vou-me abanando o rabinho
Beijinhos e veludinhos azuis

BlueVelvet disse...

Lá no meu bloguesito está o selinho da Campanha, para todos assinarem.
Veludinhos azuis

Atlantys disse...

Não me digas que toda esta ausência se deveu ao desaparecimento das tuas malinhas =D
Beijokas Rafeirito ;-)***

Sol disse...

O quê?! Estas a insinuar que fostes de férias, é isso?!! E as tuas malas desapareceram?!!
Bem-feita :)
Que invejaaaa....

Beijinho

julie disse...

Isso não é ir de férias, mas sim uma aventura com suspense (será que a mala vai ter o mesmo destino que eu?), drama (a mala não veio? e agora, vou andar com esta roupa durante uma semana?), comédia (para o pessoal do aeroporto que adoram pregar partidas), terror (a mala efectivamente desapareceu, e não sabem dela), acção (chatear o pessoal dos aeroportos e pensar em processa-los e pedir uma indemnização por danos materiais e psicológicos) e por fim se chegar a tanto....porrada neles!!

bjs
julie

Pintinho disse...

Além da bagagem perdida há ainda as malas destruídas e até abertas e com artigos em falta lá dentro.

É realmente de lamentar.

Abraço

Carimbo Azul

turbolenta disse...

Muitas pessoas não têm cuidado com as bagagens. Gostam de mostrar que são muito viajadas e não tiram tudo quanto é etiqueta e autocolante antigo(mesmo uns muito pequeninos rectangulares e muito pouco autocolantes)
Basta haver algum antigo e zás.......é tiro e queda!
A malita vai para outro destino.
Ainda na última viagem, quando cheguei ao tapete que ainda estava parado, havia lá 2 malas abandonadas.
Ninguém as procurou e quando levantei as minhas, ainda lá ficaram às voltas.Claro que, passado um bocado, chega lá algum esperto, que já se apercebeu daquilo e pega nelas....sempre pode haver lá dentro alguma coisa que lhe sirva além da roupita.Essas malas abandonadas e às voltas, são depois retiradas pelos serviços competentes e vão para a bagagem perdida.Ora isto leva tempo a que o dono a volte a ter na mão.
Também tenho por hábito levar sempre, na bagagem de mão, 2 mudas de roupa,um par de sapatos e escova de dentes. Se o resto se perder, sempre me safo!
Mas felizmente, e o diabo seja cego, surdo e mudo, nunca tal me aconteceu.
E espero que assim seja, agora e para sempre
Amem

boa semana

Maga disse...

parece-me quetens mesmo um "malapata" com a aviação... ihihih
são uns incompetentes, é o que é. a desgraça é não são os únicos... estamos cercados! aaarrrggg...
beijufas e welcome back

Vício disse...

assumo a minha ignorância no assunto porque nunca andei de avião!
mas estou tentado a experimentar passar no detector de metais por causa duma placa que tenho no fémur! (aquilo deve dar um som fixe!)

Blossom disse...

Pois a mim tb nunca aconteceu...a ver se nem nunca acontece...é que ficar sem nada, mesmo que num destino paradisiaco...é dose. Porque eventualmente acabas por ter de regressar...e não tens roupa!

hierra disse...

Quando a malinha chega ao destino e quando ainda levantamos as maozinhas para o céu em sinal de agradecimento por não andarmos a pedir peúgas emprestadas, constatamos que, estão todas desfeitas ou faltam cadeados...aqui não há canídeo que nos valha, salvo um cão raiva e dente afiado...

Nuno disse...

Olá! Eu nunca passei por isso, porque sempre me recusei a viajar de avião. Aliás, sempre me recusei a viajar para fora do país. Nunca andei de avião, mas faz-me afilição e ir lá em cima, e não poder sair á rua, mas já tenho lido textos como o teu, de pessoas a queixarem-se do extravio das malas. Essa dos cães está gira! abraço

Lyra disse...

Olá,

Venho pedir desculpas por não vir cá há algum tempo, mas a verdade é que o meu filhote esteve doente e, como estive com ele em casa, o trabalho acumulou e agora o tempo é escasso.

Hoje apenas venho agradecer a tua amizade e simpatia e dizer que voltarei brevemente, com mais tempo, para pôr a merecida leitura do teu blog em dia, sim?

Beijinhos e até breve.

;O)

bjecas disse...

Lembraste dos sapatinhos pretos de fivelinha dourada que se usavam há uma década e tal atrás? Foi com eles que fiz metade de umas férias em Cuba (calção, t'shirt e sapatinho fashion, um verdadeiro mimo), até que me decidi a comprar uns chinelitos. A mala nunca apareceu.

Abraço pá

\m/

piggy disse...

O que a maioria não sabe é que pode (à pala da maluca do check-in e da companhia aérea) comprar o que não lhe for entregue no destino... escovita de dentes, cuequinha, boxer, roupa necessária, se a demora das malas for superior a 24 hrs... eheh
Ah pois é ...
Depois é apresentar à companhia e esperar (mtas vezes sentado) pelo reembolso. Demora pa caraças, mas vem.
A malta na tem culpa de só haver lojitas D&G, Boss's e afins perto do hotel, poi não ?!?!?!

good to see U back
Bj

Belzebu disse...

Um grande rauf para ti! Estás pulguento de razão, meu amigo! Já me aconteceu ir de férias e a bagagem ter desaparecido durante um mês. No final vim a saber que nunca tinha saído do aeroporto da Portela!

Aquele abraço infernal!

Rita disse...

Eu acho que faz parte do divertimento/inveja, se eu trabalhasse no Check-In fazia o mesmo era muito mais divertido. Ah vais para Bora Bora??? Então toma lá, ficas sem malinhas que elas vão direitinhas para a Sibéria...
Isso já para não falar do modo como são tratadas que às vezes de dentro do avião bem vemos como as desgraçadas são lançadas sem apelo nem agravo umas para cima das outras sem falar daquelas que vão caindo pelo caminho.
Festa

Xisko the kid disse...

há muitos anos que aprendi a viajar com uma mala de cabine bem recheada.

Rocket disse...

a única forma de evitar extravios é viajar...dentro da mala...

paulofski disse...

A solucção pra isso tá clara pá. Vais dentro das malas! Assim elas não te perdem.

Ahhh que inbeja, foste de férias pro estranjeiro enquanto aqui ficamos a lutar contra o défice e o raio do acordo ortográfico.

Raufs

paulofski disse...

O diacho do rocket foi mais rápido que eu, raios.

a casa da mariquinhas disse...

Impecável, esta descrição das trocas e baldrocas com as malas nos aeroportos!
Muitos de nós já o sentiram na pele, ou conhecem alguém a quem tal aconteceu. É lamentável que com tantas verificações, tanta vigilância, tanto tudo, ainda aconteçam estas situações.
Quanto ao acordo ortográfico, assinei a petição e vou divulgar por email a todos os meus contactos.
Acho que com este acordo TODOS devemos estar em desacordo!
É das maiores aberrações que tenho visto. Se alguém tem que fazer acertos, que sejam os que falam e escrevem "pretuguês".
Beijos
Mariazita

lurainbow disse...

Rafeiro podes voltar la já ñ estou a cantar :)

K saudades de te ler beijinhos

PsYcHo_MiNd disse...

Não sei como se processa a passagem do terminal onde se juntam as malas até à sua entrada nos aviões, mas é capaz de haver muita mala que se torne apetitosa, principalmente claro está o seu conteúdo. E será mais fácil fazer desaparecer uma mala do que ela aparecer sem uns quantos itens.

lurainbow disse...

Rafeiro tens Destinção lá no meu canto. Vai mas ñ mija tá?

Beijinho

Francisco Castelo Branco disse...

Nos aeroportos a situação das malas demora horas, horas, horas, mais horas

É doentio...

cris disse...

Eheheheh ainda não se lembraram de as mandar para ... Saturno. Olha a tua sorte!!!! É precisamente or essa razão... cof...cof...cof... que eu me recuso a viajar!


beijocas larocas e boa semana e já agora... até que enfimmmmmmmmmmmmmmm!

Rosi Gouvea disse...

"Mesmo que as pessoas mudem e suas vidas se reorganizem,
os amigos devem ser amigos para sempre,
mesmo que não tenham nada em comum,
somente compartilhar as mesmas recordações.
A gente não faz amigos, reconhece-os."

Vinícius de Moraes


E é sempre muito bom passar por aqui,
meu dia fica mais alegre!

Beijos doces

Gonçalo disse...

Oube lá ó rafeirito de aeroporto, isso será alguma tentativa frustrada de me impedires de viajar no final deste mês???

Ahhhh????

De qualquer das formas irei na mesma, mas espero bem que não haja trocas de bagagem senão terei de trocar as camisas pelas burcas :S

Um abraço, pá;)

jasmimdomeuquintal disse...

Querido rafeiro
à parte esta verdade, falta ainda acrescentar o vasculhar das nossas malas. Não quero caluniar, nem ser presa mas o pessoal responsável por esta parte por vezes abusa ou ou abusava mais; sei com cada história...

Sandra disse...

:))

ó psiuuuuuuuu!! nera mais: nada se perde, tudo se cria??

dahhhhhh

bejuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuus

Tobias disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Enfim... disse...

loool é verdade, das 3 vezes que viagei de avião tenho sempre historias para contar dessas coisas, da primeira fui para marrocos com 20 amigos graças a deus a minha mala vinha :D mas a de uma rapariga que foi ficou sem a mala dela onde tinha os seu produtos de higiene e etc escova de dentes, champo enfim...uma mala recheada de coisas boas lol e que fazim falta para os 24 dias que la fomos, fizemos uma reclamação já no aeroporto de marrocos esperamos para ver se aparecia enfim nada.

Já na segunda vez que fui para a madeira um amigo tambem lhe espatifaram a mala toda, ele foi reclamar embora eu não acahsse muito bem acho que tinha era de dar graças a Deus lol de a mala estar ali lol.

e por ai fora...

tambem acho que as malas muitas vezes desaparecem já no ultimo tapete rolante porque quando tu chegas muitas vezes já estão um montão de gente em cima da passadeira a apanhar malas e a dizer esta é minha ai esta não esta é minha ai esta não lol e nunca se sabe se não te agarram na mala e lá vai ela loool

bem eu hoje falei demais loool
mas tb n disse nada de jeito eheheh
apetece me so dar o dedo
e olha eu é que me podia enganar e enviar a enfim directamente para as caraibas eheheheh mas pronto ah que trabalhar lol

beijinhooooooooos

Cláudia disse...

Hum...conta lá, oonde é que as tuas malas andaram a passear :)

GK disse...

Partilho dessa tua indignação. Especialmente depois de FOTOGRAFAR os senhores que ATIRAM COM VIOLÊNCIA as malas dos aviões. Não é extra sensibilidade feminina. Tenho FOTOS da MINHA mala a ser VIOLENTA E DELIBERADAMENTE ATIRADA CONTRA o contentor de aço da camioneta. Não é atirada PARA o contentor, é CONTRA!!! Apeteceu-me armar-me em terrorista e ir lá atirar-lhes com a mala à tromba! Ficava na mesma toda partida, mas era por uma boa causa! Filhos da p***!!! :(

Thiago disse...

E vivam os Rafeiros!! que ocupem as suas posições nos corredores aerolíneos!!

um abraço

MRPereira disse...

Bem me pareceu que isto tinha solução! Afinal era só isso...

Tá explicado! Obrigado!

Aquele abraço de "retornado" ao teu blog

Afrodite disse...

Posso??? Com a sua licença vou meter a colherada :).

Pois bem, o software não permite msn nos postos de check in, nem internet nem nada que o valha, por uma questão de segurança como é óbvio. Quando teclam é mesmo porque estão a trabalhar, há vários tipos de código a inserir... por exemplo se um passageiro simpático (sim que o sorriso dos bons profissionais mantém-se mesmo quando são mal tratados) pede uma refeição vegetariana + um lugar à janela mas no lugar perto da saída de emergência que tem mais espaço para as perninhas e já agora que não fique muito longe da casa de banho que tem de urinar várias vezes...o profissional de check in acede aos lugares do avião disponiveis...cada voo tem o seu tipo de avião, não são todos iguais muito menos do mesmo tamanho...e lá tentam agradar a gregos e a troianos...NÃO há tempo para conversar e não haveria tempo para msn se lá estivesse instalado.

Quanto a perderem-se malas...a maioria das vezes está mesmo relacionado com o que li num comentário qualquer, o passageiro esquece-se de retirar etiquetas passadas...as etiquetas que são coladas em cada bagagem têm um código de barras que ao passar pelo tapete são identificadas como pertencentes a determinado passageiro e direccionadas para o tapete do voo respectivo. O que acontece para que se percam algumas bagagens??? Pois pode acontecer falta de profissionalismo lá dentro, por parte dos bagageiros, não digo que não mas a maioria das vezes é porque essas bagagens são todas submetidas a rastreio de aparelhos de raios-x...ora se aparecem objectos proibidos (que as pessoas ainda não se consciencializaram do que podem ou não podem levar, para o bem do voo...o terrorismo existe e não acontece só nos voos dos outros)...a bagagem fica retida, o passageiro é chamado, se por acaso não comparecer porque já embarcou ou porque se atrasou em demasia...essa bagagem já não segue...portanto...vai para o Lost and Found e até o passageiro dar autorização para a abertura da mesma, ela ali fica. Não perdida mas sim retida até se ter certeza do objecto no seu interior...para segurança do voo.

Estou a ser longa mas embora tenha gostado do que escreveste porque como sempre tens um humor extraordinario...gostava de deixar bem claro que se as bagagens se perdem não é porque as pessoas do check in estão na brincadeira ou são pouco profissionais. Alguns deles nem tempo têm para comer durante o turno tal é o trabalho a que são sujeitos.
As bagagens perdem-se também muitas vezes em transferências e isso já nem está relacionado com o trabalho nos nossos aeroportos.

Há muito trabalho a envolver uma simples bagagem ...acredito que quem está de fora nem se apercebe.

Espero ter ajudado a desmistificar esta coisa das malas perdidas e em caso de dúvidas, tenho um e-mail no meu cantinho que com todo o gosto poderei esclarecer o que for preciso.

Não não sou uma menina do check-in...mas sei MUITO bem como se processam as operações a quase todos os níveís dentro de um aeroporto ;).

Abreijos e espero não ter sido chata nesta explicação.

Afrodite disse...

Ah e outra coisa, se me permites. As pessoas que trabalham no aeroporto, na sua grande maioria, não precisam de invejar quem viaja pois têm ao seu dispor descontos muito bons para vários sitios do mundo. Algumas companhias até viagens oferecem aos seus funcionários. Por este motivo a situação da inveja de o passageiro ir para algum destino de férias agradável não incomoda de todo um profissional que no aeroporto trabalhe.

Mais ainda, se o funcionário do check in se enganar a enviar bagagem ou passageiro para algum lado que não o que deveria, é penalizado e até pode ser despedido se repetir a "graça" mais do que uma vez. O sistema regista tudo o que um operador faz, por isso cada um entra com o seu ID e password.

Abreijos e melhores viagens das próximas vezes...

Afrodite disse...

;) Se eu contasse histórias de passageiros, entenderias o outro lado da coisa ;)....e dava uma triologia...de factos totalmente reais! Há sempre dois lados...

Abreijinhos...e pronto...vou parar aqui, se bem que tenho muito para partilhar neste campo...há bons e maus profissionais em todo o lado, felizmente não somos máquinas...somos humanos ;)

cassamia disse...

pensei armar-me em boa - tenho a mania que sou filósofa - e contrariar-te... mas como sempre terminas em total stile e eu calo-me caladinha... ahahaha larguei-me a rir com a ilustração mental da coisa

Andreia do Flautim disse...

LOL, felizmente nunca tive esse problema!

Olá!! disse...

Nunca fiquei sem uma mala, mas que os grandes #%$&# dão cabo delas todas, ai isso dão...

De futuro, não levo malas, não custa nada chegar ao destino, comprar 3 ou 4 pares de cuecas, 2 t.shirts e um bikini ... afinal férias são férias...
No caso dos senhores que viajam por questões de trabalho, o mesmo fatinho serve para uma semana, é só comprar um perfumeco mais forte para disfarçar o cheiro a suor da camisa e mais 2 gravatas para variar o esquema... tá feito...

Sem stress, viajar de abión é fixe ;))))

Pior é quando te enfiarem um saco com extasy na mala .... ui ui
hahaha

Beijoossssssssssssssssss

Tita disse...

Tives-te de férias foi? :P

Eu não gosto de andar de avião, não gosto de aeroportos mas acho que nunca fiquem sem uma mala!

RAUF!

Carla disse...

sem malas nunca fiquei, mas com elas todas lixadas e algumas perdidas por dois ou três dias já perdi a conta
valha-nos o teu humor corrosivo, para nos rirmos destas tristezas que não pagam dívidas
beijos

Anónimo disse...

Tá tá bem tá. Eu acho é que o recrutamento está pela hora da morte. O problema está no people que não conhece o codigo dos paises ou não sabe mesmo ler, i.é; LIS pode ser Lisboa mas tb pode ser outra coisa qq. O problema está na formação. E eu cá acho que é tb para dar mais emoção à viagem...!!! E o ENORME PROBLEMA dos liquidos dentro do avião???? Já estou a ver o liquido das lentes por exemplo a fazer explodir o avião e irem todos pelos ares inclusivé o desgraçado que a unica coisa que tem é secarem-lhe as lentes de contacto!!! RIDICULO!!!!!

Beijos
"Anónima"

Afrodite disse...

Posso responder à Anónima??? Então lá vai...

Ridiculo é as pessoas ainda pensarem que acontece só aos outros. Não é o liquido das lentes que explode obviamente mas o liquido que pode ser por ele substituido, liquidos explosivos...e é permitido levar liquidos para as lentes - 100 ml de liquido para as lentes numa viagem, não chega??? Eu uso lentes, eu viajo com o meu liquido na bagagem de mão... www.inac.pt é um site agradável e que mata a ignorancia que por ai anda e evita problemas de se ficar sem "coisas" pelo caminho quando se passa pelo posto de rastreio.

Abreijos
Quem sabe do que fala ;)

P.S. - E os liquidos não são proibidos nos autocarros, no carro nem em navios...portanto é uma questão de opção, quer-se ir de avião, sujeita-se às regras. E isto tudo é feito não para chatear as pessoas mas sim para garantir a segurança dos PASSAGEIROS. Quem vê caras não vê terroristas portanto são todos tratados da mesma forma.

P.S.2 - Rafeiro, desculpa lá utilizar o teu espaço para estes esclarecimentos mas custa-me que não se entenda o outro lado do cenário. Compreensível que quem não está lá dentro não saiba o que se passa, por este motivo estou a tentar ajudar à compreensão da "coisa".

Afrodite disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Afrodite disse...

Esse site www.inac.pt ajuda-nos a saber direitos e deveres enquanto passageiros. Mais...ajuda a saberem como reclamar em caso de serem mal tratados pelas companhias aéreas (inclusivé desaparecimento de bagagens). Esta é uma boa ferramenta para o passageiro.

Espero que seja útil.

Abreijos e o pessoal do aeroporto é como outro qualquer...pessoal porreiro, pessoal menos porreiro, pessoal profissional, pessoal menos profissional...generalizar como sempre não é a melhor coisa a fazer.

Dragão Azul disse...

Já á algum tempo que não passava por aqui tens uns textos bem geitosos por ai...

Quanto ás malas quandop começar as viagens á Lua muitas delas vão ser enviadas para lá... eheheheheh

Agora esta a começar a moda de colocar nos carros sistemas de localização, deviam de inventar um para as malas, até era engraçado um gajo estar no avião que vai para as caraibas e a ver no GPS as malas a ir para Marrocos... eheheheh.

Abraço.

Leonor disse...

Louis Vuitton para viajar de avião???
Hela, desse lado do écran ganha-se bem e não se tem tido muito em conta as notícias sobre os desaparecimentos de malas...

Aposto que no teu caso, nem chegaram a por a etiqueta certa... estavam demasiado ocupados com o msn...

agora a sério, também nunca percebi como é que se perdem tantas malas em qualquer parte do mundo... é um fenómeno sem explicação e, às vezes, com implicações tramadas. A mim já me aconteceu várias vezes, mas a pior foi quando cheguei a Angola (ia em viagem profissional com um colega) e nada de minha mala... Era sábado á tarde, as lojas estavam fechadas. Foi muito giro. Estava um calor do caraças, que não tem outro nome, e eu ali feita estúpida sem ter onde comprar nada... Há certas zonas do mundo em que é (ainda) mais chato...

agora então com as questões da segurança, em que anda tudo meio louco com isso, nem sequer ouso viajar para alguns países: sou asmática e qualquer viajenzinha de 15 dias implica levar três bombas (as que uso todos os dias), e a restante medicação. Mesmo com uma indicação do médico em inglês e francês, sou olhada como uma potencial terrorista, até porque as mostro logo, por causa das restriºões aos líquidos...

conchita disse...

LOL!! Parece-me que foste viajar, não?!, se foste, espero que não te tenha acontecido a ti!!
Continuação de uma boa semana :)

Bongop disse...

Rafeiroso, um pormenor importante... não são as companhias aéreas que normalmente tratam e perdem as bagages... são as empresas que gerem os aeroportos! No nosso caso a ANA (aeroporto) e a GroundForce (handling) são os responsáveis típicos pela perda/extravio de bagagens!

a casa da mariquinhas disse...

Agradecida, viu? - também de acordo com o Desacordo...:))))
O "também" pressupõe que a resposta foi dada ao visitante.
Beijos
Mariazita

Diabba disse...

Solução: Pára de viajar!

Queixas, só queixas... bofff

beijo d'enxofre

Animal Candy Sugar disse...

Acho que ainda nã te disse, mas tenho dois hamsters e uma história por contar *-*

foryou disse...

Isso é castigo por andares sempre a galderar!!! Porque é que não vais a nado, por exemplo, ou de burro ou de patins??? :P
Ou então... candidata-te para trabalhar num check in... já estou a imaginar "o quê? vai para onde??? espere lá... que se lixe o check in... vou consigo!!" isto é claro se a passageira for a Nicole!

expressodalinha disse...

O texto está bem esgalhado na perspectiva da comicidade, mas o pior é que a dispensa de pessoal de "handling" que tem vindo a ser apanágio da gestão das companhias, associado aos atrasos nas ligações faz perder milhares de malas (em Londres é de fugir: com a abertura do terminal 5 chegaram a estar 10 000 bagagens extraviadas). Como este estado de coisas, é pouco provável que o pessoal tenha tempo para brincar com as etiquetas. Consta que nem para tirar macacos do nariz têm tempo!

marco disse...

ir de ferias é perigoso, para mais ir de aviao!
perder malas...aviao cair!

é por isso que so vou visitar a madeira quando fizerem a linha ferrea para lá!

abraçooooooooo!

marco disse...

ir de ferias é perigoso, para mais ir de aviao!
perder malas...aviao cair!

é por isso que so vou visitar a madeira quando fizerem a linha ferrea para lá!

abraçooooooooo!

Tiago disse...

Já para não referir as voltas, e pancadas que a mala dá, quando os funcionários do aeroporto as "amandam" para as carrinhas!É um amor, que nem com os sacos de batatas!

Parabéns por mais um excelente post, de uma pessoa/escritor que é, para mim, um ídolo na blogosfera!

Continua... Rauf!

Casemiro dos Plásticos disse...

Sempre em grande e digo-te mais uma coisa finalmente já tinhamos saudades tuas.
abraço e bom fds.

C Valente disse...

Tem razão o serviço aeroportuário é uma vergonha
Saudações amigas

Kunta disse...

Mais um texto divino! Já tinha saudades...

Mil lambidelas

Oliver Pickwick disse...

Um diagnóstico preciso, caro Rafeiro. Pelo visto, tem mais hora de vôo do que um condor.
A única maneira de resolver este problema universal é a eliminação dos assentos em todos os aviões, substituindo-os pelas próprias malas dos passageiros; isto é, cada um vai sentado na sua.
Um abraço!

lua prateada disse...

Ehehehehehe és demais rafeiro!!!...
Saboreando com meu olhar
Este imenso rio
Sinto seu cheiro,
Sua grandeza, imensidão
Sua pureza...quando enche ...desvastidão
Mas como é bom saborear com o olhar
Toda esta imensa natureza e
Sua grande beleza.
Vamos todos este fim de semana saboreá-lo e que seja óptimo...
Beijinho prateado
SOL

Mahira disse...

Isto está animado :) Nunca me aconteceu mas (batendo na madeira: lagarto lagarto lagarto) mas deve ser muito desagradável...

Queruby disse...

Ola sr Vip passei para desejar um excelente fim de semana :)

Beijufas de Luz!!

Rafeiro Perfumado disse...

Gata Verde, até parece que eu andava a ser chato, não?

RP, o pior é se eu um dia os caço no meu trabalho! Ok, não lhes consigo fazer nada de mal, mas dou-lhes uma seca de morte! Abraço!

Teté, por acaso tive o pressentimento que iam ligar este poste à minha pessoa. Estás-me a ver de malinha Gucci e cor-de-rosa?!? Ainda só me perderam a mala uma vez, e foram levá-la ao hotel passadas 4 horas, nem deu para pedir indemnização! Beijocas para ti!

AMSilva, eu sou da opinião que nem deviam ter computador. Pegavam na malinha e iam meter no avião, nem demoravam assim tanto tempo como isso, ainda mais se fossem a correr! Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

Mimo Azul, da próxima vez que eu comprar uma mala vou tirar-lhe fotografias. É que, olhando para a que tenho hoje, custa a crer que alguma vez tivesse tido bom aspecto! Beijoca!

Balbino, se bem que neste tema seja quase humor negro. Isto atendendo às cuecas da malta que tem de as usar durante uma semana seguida... Abraço!

Carvoeirita, o sermos honestos tem esse tipo de inconvenientes, não é? Só não percebi mas é o porquê de irem ao Porto buscar a mala, eles tinham obrigação de vos levar a dita a casa. A não ser que quisessem conhecer a dona do material! ;) Beijos!

Dualidades, mas claro que quando te devolveram a mala também devolveste a roupinha, certo? ;)

Rafeiro Perfumado disse...

Pecador me confesso, nem mais, para quê mais explicações?

Inês, pela vista de olhos que dei aos comentários, já sei que vou ter de dizer isto várias vezes... EU USO UMA MALA AZUL FATELA DE MARCA DESCONHECIDA, PÁ!!! Outra comparação com esse rasgadão e acho bem que te metas numa mala e te percas!

Dual, eu já observei, da janela do avião, uma mala no meio da pista, e o avião a parar para a irem buscar. Felizmente não era a minha, era dos meus pais...

Queruby, chamar VIP ao Castelo Branco só se a denominação mudar para “Very Imbecil People”. E eu já tenho sorte de não me meterem numa caixinha no porão... Beijo!

Rafeiro Perfumado disse...

Stuckinha, espero que esses teus familiares nunca leiam isto, és capaz de ser riscada de uns quantos testamentos! Beijoca!

Eu Mesma!, espero que ao menos tenhas evitado mexer-te, para não suares! E já devias saber que esses sítios onde Judas perde familiares são lixados para as compras! Beijo!

Parisiense, se houvesse uma equipa canina a procurar malas, eu sei bem a quem seriam oferecidas os pertences encontrados... que foi, as espécies têm de ser solidárias! Beijo!

Hands of Time, é assim, se queres continuar a ser minha amiga, não me peças para imaginar a tua irmã, com umas glândulas mamárias grandes e de soutien... é que a malta tem a imaginação um bocado acelerada, sabes?

Rafeiro Perfumado disse...

Patrícia, seria uma visão bem gira, o terminal cheio de cães a correrem de um lado para o outro, com malas na boca! Beijinhos!

Francis, não? Tens tido sorte, então, ainda mais com as viagens que fazes. E não, pá, já falei de revistas corporais, palmas na aterragem, outro tipo de dúvidas agora este ponto nunca! Quase que juro!

Cati, dizer que nunca te perderam as malas em 4 viagens é o mesmo que tirar o carro da garagem e dizer que nunca tiveste um acidente, pá! Beijocas!

Cold, alguma tu lhe terás feito, certamente. Terás misturado a roupa interior com os sapatos, por exemplo? Ouvi dizer que as relações entre eles não são as melhores...

Rafeiro Perfumado disse...

Blue Velvet, felizmente não me perderam nada, desta vez, o poste ter sido este foi mera coincidência, acredita. Mas é bom estar de volta, de facto. Beijocas!

Atlantys, podias ter dito que eu fazia parte da equipa de busca, daí o meu atraso, mas nãaaaaaao, preferes tentar envergonhar-me, não é? Eu te digo... Beijo!

Sol, eu não insinuo, eu afirmo que fui de férias, mas as malinhas nunca me largaram, felizmente são umas carentes! Beijo!

Julie, na tua descrição só te esqueceste de meter a bolinha vermelha no canto, por causa da linguagem utilizada nas reclamações e da violência física empregue se não nos resolvem o problema! Beijo!

Rafeiro Perfumado disse...

Pintinho, já vi uma vez aparecer na passadeira, completamente espalhado, o conteúdo duma mala. Foi fácil de saber de quem era, uma senhora que só à segunda volta é que conseguiu fechar a boca e começar a recolher a lingerie e afins... Abraço!

Turbolenta, sempre me meteu impressão essas malas a rodarem sem ninguém as reclamar. Claro que os seus donos podem estar no outro lado do mundo, a perguntarem-se onde elas andarão. Também tenho essa mania, na bagagem de mão levo sempre o essencial para sobreviver uns dias e ter um aspecto que me permita entrar numa loja sem ser expulso! Beijoca!

Maga, pior mesmo é quando começarem a perder passageiros, a mala sempre se resolve! Beijo!

Vício, confessa, tu queres é ser sujeito às revistas corporais. Olha que há com cada mânfio a fazer isso que quando os vires até extrais a placa a sangue-frio! Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

Blossom, bem, não sei para que destinos viajas, mas na pior das hipóteses ainda terias a roupa com que foste! ;)

Hierra, pois é exactamente nessa altura que o canídeo seria necessário, de preferência daquelas raças perigosas, se não para protestar pelo menos para intimidar os passageiros a partilharem a sorte de terem as malas.

Nuno, é uma recusa que tens de ponderar mudar, pois apesar deste cantinho ser muito giro, lá fora há sítios incríveis. Até aqui ao lado, onde nem avião é preciso, pá! Abraço!

Lyra, mas qual desculpas, jove! Espero que o teu filhote já esteja bem, volta sempre que quiseres/puderes, aqui não há consumo mínimo obrigatório! Beijocas!

Rafeiro Perfumado disse...

Bjecas, se esses sapatitos eram uma amostra do que usavas, talvez te tenham feito um favor em desaparecerem com a mala, pá. E a tua sorte foi não teres adormecido, senão até esses voavam! Abraço, pá!

Piggy, eu tenho é sempre preparado o discurso para o caso da minha mala desaparecer para sempre. Tenho culpa de gostar de viajar levando sempre a PS3 e um plasma de última geração na mala?!? Beijo!

Belzebu, um caso típico de bagagem com medo de viajar, aposto que se tivesses ido de comboio ela não se recusava! Um grande RAUF para ti!

Rita, eu também acho que se trabalhasse no Check-in teria material para fazer um blog a sério. Então com garinas jeitosas, elas que recusassem ir beber um copo, nunca mais sabiam da malinha! Beijo!

Rafeiro Perfumado disse...

Xisko the Kid, ficas mas é sem ter aquela descarga de adrenalina quando se vê o tapete das bagagens a parar e tu sozinho no terminal, de mãos a abanar...

Rocket, o pior é se em vez de ires parar às Seicheles vais parar ao Seixal...

Paulofski, por alguma coisa ele se chama de Rocket! Quanto à inveja, vá eu para onde for, lutarei sempre contra essa aberração. E contra o Acordo também! Abraço!

A Casa da Mariquinhas, da última vez que espreitei já tinha ultrapassado as 20.037 assinaturas, o que é de louvar. Só espero que tenhamos acordado a tempo.. Beijos!

Rafeiro Perfumado disse...

Lurainbow, prometes? ;) Agora só não prometo não me aliviar, sabes que a vontade dá mais forte quando sabemos que não podemos! Beijo!

Psycho Mind, vi há uns tempos um vídeo em que mostravam como abrir uma mala que tinha um cadeado, usando apenas uma caneta. Aviso já que eu só lavo a minha roupa interior quando chego ao destino!

Francisco Castelo Branco, já me aconteceu fazer uma viagem de uma hora e estar hora e meia à espera da bagagem... Não é doentio, é incompetência, mesmo.

Cris, antes para Saturno que para Plutão. É que desde que não o consideram planeta, a periodicidade das carreiras para lá diminuiu bastante! ;) Beijos!

Rafeiro Perfumado disse...

Rosi Gouvea, não concordo muito com essas palavras do tio Vinicius, sempre achei que quando temos um amigo com o qual só conseguimos falar do passado, algo está mal. Beijo!

Gonçalo, ai vais de férias? Então não te esqueças da T-Shirt a dizer “I love Bush” ou “Eu quero é que o Maomé se...”, ouvi dizer que são muito populares por essas bandas! ;) Abraço!

Jasmim do Meu Quintal, também já ouvi algumas dessas histórias. E a avaliar pelos gritos de pavor que uma vez ouvi, acho que abriram a minha... Beijo!

Sandra, quem disse? Eu avacalho os ditos como bem me apetece, percebeu? ;) Beijo!

Rafeiro Perfumado disse...

Enfim, faltou a história sobre a terceira vez que viajaste de avião! Quanto à última situação, tenho um amigo que uma vez agarrou numa mala igual à dele e pirou-se, só dando pelo erro quando chegou a casa. Lá voltou ao aeroporto, onde estava o outro “trocado” a espumar. O que o safou era ser maior... ;) Beijo!

Cláudia, as malinhas andaram ali para os lados da Toscana, mas quase não saíram do quarto, têm uma pele muito sensível! ;)

GK, esses tipos são uns malistas (racistas de malas), e o giro é que fazem isso com malas que dizem “frágil” e tudo. Devia haver um bocadinho mais de respeito para com os nossos pertences, sem dúvida. E agora limpa lá a cara, pá, até espumaste ao escrever isto... ;) Beijo!

Thiago, desculpa lá mas os rafeiros que ocupem as suas posições nos aviões que vão para as Caraíbas, os que têm pedigree que procurem as malas! Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

MRPereira, sabes que aqui tento sempre explicar os grandes mistérios que nos consomem. Um dia até me estico e tento explicar o porquê das gaijas irem aos pares ao WC. Grande abraço!

Afrodite, colherada? Isso foi mais uma retro-escavadora, mas são comentários assim que eu gosto, de malta que demonstra claramente que não só leu o texto como pensou sobre ele. Deixas-me é numa posição delicada, como conseguir responder ao mesmo nível da qualidade dos teus comentários? Bom, começo por dizer que logicamente nunca escrevo sobre assuntos que domine, pois para além de serem inexistentes, ainda me arriscava a escrever coisas acertadas, o que está claramente fora do espírito deste blog. Mais a sério, adorei o teu comentário, aprendi algo e só tenho pena que não sejas uma menina do Check-in, pois assim sempre me podias conseguir um up-grade da classe chunga para a executiva! Uma grande beijoca e obrigado pelo teu contributo!

Cassamia, também sorrio quando imagino a cena. Isso é que era, até os aeroportos teriam mais animação, com tanto cão a correr de um lado para o outro! Beijo!

Andreia do Flautim, não percas as esperanças, ainda és novinha...

Rafeiro Perfumado disse...

Olá!!, essa do perfumeco mais forte não era para mim, não? E não acredito que uma gaija use o mesmo bikini durante uma semana, é que nem pensar! ;) Beijo!

Tita, com essa atitude, não faltará muito para que fiques sem uma ou mais malinhas, jove! E sim, estive! :D RAUF!

Carla, olha que estas parvoíces também não pagam, aliás se não me ponho a pau qualquer dia criam dívidas! Beijos!

“Anónima”, podias ter evitado dizer que o problema estava na “formação”, pá, que eu saiba nessa área só estão soluções, podem ou não ser aplicadas. Quanto aos líquidos, continuo a achar que deviam obrigar a malta a mijar antes de entrar no avião, para respeitarem o limite dos 10 centilitros! Beijoca!

Rafeiro Perfumado disse...

Afrodite, só apenas uns reparos à tua resposta... é que a anónima, além de usar lentes, treme muito, logo há uma grande perda de líquidos até conseguir acertar nos olhos. Por outro lado, ir de carro, autocarro ou comboio para o Brasil é capaz de ser complicado. E tens de reconhecer, que há uma certa paranóia com os líquidos, isso há. É como não deixarem entrar corta-unhas e depois servirem vinho em garrafas de vidro. E não peças desculpa, só espero é que não me peças dinheiro por estares a animar isto! ;) Beijoca!

Dragão Azul, não poderias ver porque não te deixam usar essas geringonças no avião, levavas logo um calduço por parte da hospedeira! Abraço!

Leonor, até tu? E eu lá sou rafeiro de ter malas com nomes pomposos? Tomara eu ter dinheiro para viajar! Ainda no outro dia desatei a rir, quando vi um trolley, já nem sei de que marca, por 1.600 euros. Claro que quem tem dinheiro para comprar isto nem precisa ir de férias, manda vir a praia! Quanto à segurança, claro que ela é precisa, mas deviam eliminar as incoerências, que são mais do que muitas. Beijo!

Conchita, não, não me aconteceu a mim, felizmente. A única infelicidade foi ter metido este texto a seguir às férias! ;) Beijo!

Rafeiro Perfumado disse...

Bongop, vou-me lembrar disso quando for a privatização da ANA. Ana é nome de hospedeira, não achas? No fundo vai dar ao mesmo! ;) Abraço!

A Casa da Mariquinhas, qual agradecida, estou aqui para ajudar! :D Beijo!

Diabba, lá por algumas pessoas seguirem essa linha de raciocínio relativamente ao engordar... ;) Beijo!

Animal Candy Sugar, espero bem que um dos Hamsters (o mais giro) se chame de Tio Rafeiro! ;) Beijoca!

Rafeiro Perfumado disse...

Foryou, se fosse a Nicole, o mais certo era a bagagem dela chegar ao destino, já ela ia extraviar-se de certeza! Beijo!

Expresso da Linha, 10.000 bagagens já não é extravio, é uma debandada geral. E acredito que eles tenham pouco tempo, se bem que a avaliar pelo estado em que me devolvem a mala, não só tiram os macacos do nariz como os espalham na dita! Abraço!

Marco, e enquanto não constroem a linha férrea, vai treinando a respiração, cheira-me que vais ter de prender a respiração durante um tempinho! Abraço!

Tiago, um ídolo?!? Não me vais pedir um autógrafo, pois não? Abraço, pá!

Rafeiro Perfumado disse...

Casemiro, assim ainda me comoves, jove. Abraço!

C Valente, o que os safam de serem espancados é haver por lá umas moçoilas todas giras! Abraço!

Kunta, tanta gente com saudades! Mas eu só estive sem postar duas semanas! Assim até desconfio que gostam de mim a sério! Beijoca!

Oliver Pickwick, essa tua ideia roça a genialidade! Vamos ver quem corre mais depressa para patentear a mesma? Grande abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

Lua Prateada, a tua poesia é um bocado ousada! “Sua grandeza, imensidão, quando enche devastidão...”! :D Beijo e bom FDS!

Mahira, um dia ainda me hão-de explicar o que é que o pobre lagarto tem a ver com a madeira. Ou será bater com a madeira no lagarto? ;)

Queruby, eu te digo o VIP! A tua sorte é ser sexta e eu estar bem disposto! Beijo!

expressodalinha disse...

Não deves ter percebido. O problema não está nos macacos, por mais piada que isso possa ter. O problema começa a montante quando o negócio turístico passa a ser de massas e qq destino está ao alcance da "mulher a dias". As agências, os hotéis, as companhias aéreas tratam-te como mais um entre milhões. Dantes a concorrência diferenciava-se pela qualidade do serviço. Agora, é pelo preço mais baixo. O pessoal, ao contrário, é dispensado para permitir melhor concorrência. O serviço de bordo é pago, as malas desaparecem e a segurança cada vez é mais precária. Se fosse a ti deixava de andar de avião. Quanto aos pormenores técnicos remeto para o texto da Afrodite. E já agora, de vez em quando não faz mal falar a sério.

Irritadinha disse...

é pá... Isto está mais moderno, está... A pessoa dá à sola, melhora logo as condições do blog. Nunca me enganaste!

Sabes o que é eu acho mal? Se o cão cheirar droga está a prestar um serviço à comunidade, se for eu a cheirar droga sou uma agarrada... a vida é lixada... :)

Charlie disse...

Vim parar ao teu blog já nem sei bem como, mas gostei bastante do que li. Principalmente este último post, visto que tenho um amigo que é comissário de bordo e lida diáriamente com o stress tão habitual dos aeroportos, dos quais tem sempre histórias hilariantes para contar (outras nem tanto...).

Vou voltar mais vezes :)

Beijinho*

Charlie

www.vende-se-t2-avenida.blogspot.com

KNOPPIX disse...

Raios! Maldição! Cheguei tarde de novo grrrrrr

Rafeirão, perderem-me as malas no aeroporto foi coisa que nunca me aconteceu, devo ser um sortudo :P

Assim tenho mais tempo para apreciar as poses de modelo com que algumas das comissárias de bordo se passeiam pelos aeroportos, se a vaidade pagasse imposto,a maioria delas já tinha sido penhorada pelas Finanças, porque porque o que ganham não dava para pagar tanto imposto :P

Abração e bom fds ;)

Canephora disse...

Já percebi então o histerismo, quando uma mala vinda do oriente fica a passar durante 15 minutos na passadeira... toda a gente pensa logo que é uma bomba... e o desgraçado a 8000km a chorar a roupa que não chegou, e que dos 15 dias de férias só terá 3 ou 4 de descanço...

Sónia Miranda disse...

tou com a irritadinha!! mto bom!

Hands of Time disse...

Não sei se já conheces mas dá uma olhadela no meu blog no seguimento do acordo ortografico! Demais!

tulipa disse...

OLÁ MEU AMIGO
mas que tema tão a propósito:
aconteceu-me isso há 10 dias atrás, fui para a Noruega (por falar nisso, convido-te para veres o meu novo blog, com fotos exclusivas, só minhas...) e fiquei 4 dias sem mala, sem nada, roupa, etc...os 4 dias com a roupa que tinha levado vestida, nem uma coisinha mais, nem pente, nem escova de dentes..andei os primeiros 4 dias por lugares que não havia lojas para comprar os bens de primeira necessidade que precisava...onde não havia mesmo nada para comprar!!!

Bom fim de semana.
Beijos.

Afrodite disse...

Rafeiro...

Ufffaaa...não te zangaste com os meus comentários...boa! :)

Paranóia há e mais te digo, o terrorismo ganhou ao fazer-nos viver neste estado de alerta permanente. A missão deles foi cumprida...infelizmente.
Não é um trabalho facil pois eles andam sempre à nossa frente, não sabemos onde atacam, como atacam e como pensam...sabemos sim que não poupam seja que vida for, nem a sua própria vida. Com ou sem virgens! É simplesmente assustadora a mente desta gentinha. Pessoalmente prefiro que pequem por excesso na segurança do que por falta. Por mim e agora sim vais pensar que sou uma radical qualquer...as pessoas viajavam somente com o estritamente necessário junto a si...porque não voos naturistas? Todos nús! Facilitava o trabalho e o aeroporto seria um espaço muito mais agradável e divertido :).

Quanto aos dividendos por ter animado o espaço...podemos conversar em sede própria? ;)

Abreijinhos e desculpa lá ter invadido assim o teu espaço...sempre que fores viajar já sabes...contacta-me que terei todo o gosto em mostrar-te como aquilo funciona e depois terei muito gosto em ler o que escreves...do outro lado do aeroporto...é um bom titulo :).

Afrodite disse...

Ahh quanto aos upgrades, não preciso de trabalhar no check in para te arranjar disso ;)...mas shiuuu nada de espalhar por ai ou a minha caixinha de e-mail transborda pelas bordas e afins ;).

Ahhh e a visita VIP é a sério...terei todo o prazer (ou gosto) em te mostrar o outro lado da coisa :). Vais ver que é um mundo fascinante e que até podes escrever com conhecimento de causa que saiem textos do mais hilariante possível...o mundo aeroportuário é muito engraçado. Quando reparares que há passageiros que perguntam onde é o check up para deixarem as bagagens :)...tudo o resto é sempre a somar. Claro está que o passageiro tem sempre razão e indicamos o hospital mais perto ehehehhehehe. Brincadeira! :)

Abreijinhos e renovo os meus elogios à tua escrita...sabe bem ler-te.

Marisa disse...

Lol, eu so andei de avião uma vez e era muito pequena por isso não tinha essas preocupações com as malas, mas de certeza que agora ia ficar com o coração aos saltos a pensar se a minha bagagem ia para o mesmo sitio que eu!
Realmente, porque é que eles se enganam tanto? Será assim tão dificil digitar no teclado o destino para onde a pessoa diz que vai?

fotógrafa disse...

COM AS MÃOS SE FAZ A PAZ SE FAZ A GUERRA.
COM AS MÃOS TUDO SE FAZ E SE DESFAZ.
COM AS MÃOS SE FAZ O POEMA - E SÃO DE TERRA.
COM AS MÃOS SE FAZ A GUERRA - E SÃO A PAZ.

COM MÃOS SE RASGA O MAR, COM AS MÃOS SE LAVRA.
NÃO SÃO DE PEDRAS ESTAS CASAS MAS DE MÃOS. E ESTÃO NO FRUTO E NA PALAVRA,
AS MÃOS QUE SÃO O CANTO E SÃO AS ARMAS.

E CRAVAM-SE NO TEMPO COMO FARPAS,
AS MÃOS QUE VÊS NAS COISAS TRANSFORMADAS.
FOLHAS QUE VÃO NO VENTO, VERDES HARPAS.
DE MÃOS É CADA FLOR CADA CIDADE.
NINGUÉM PODE VENCER ESTAS ESPADAS:
NAS TUAS MÃOS COMEÇA A LIBERDADE.

(Manuel Alegre)

abraço e bom fds

mariam disse...

acordei tardito... abri aqui a "geringonça", deu uma voltinha e parei aqui... e.... diverti-me e muito, foi o que foi ...

bom fim-de-semana

um sorriso :)

jasmimdomeuquintal disse...

Vim só dizer olá, gosto de cães, mesmo rafeirosos. O meu andava abandonado e é uma mistura de serra da estrela, pastor alemão e de mais não sei quantos, porque nunca se sabe com quantos rafeiros uma cadela andou. mas gosto muito dele, mesmo estando velho, bufento e que ressone que nem um porco...
Boa semana

jeanny disse...

depois de tanto tempo de ausência este teu post ta DEMAIS!
e afinal,trouxeste a pasta prometida?ou extraviou-se?sim,perguntaste se pagava,e eu pergunto:de que tamanho queres o osso?lol
abraço,se o pêlo estiver limpo...

Rosi Gouvea disse...

"Fosse eu Rei do Mundo,
baixava uma lei:
Mãe não morre nunca,
mãe ficará sempre
junto de seu filho
e ele, velho embora,
será pequenino
feito grão de milho."

Carlos Drummond de Andrade

Mais uma vez, encanto-me na sua presença...

Beijos doces

Silvia F. disse...

Infelizmente nunca me aconteceu, digo infelizmente porque aí teria um bom argumento para pedir uma indemnização choruda! Temos que fazer pela vida, certo? O que está a dar é o negócio das funerárias e o negócio das indemnizações, mai nada!
Também há sempre a hipótese de ficarmos com uma das malas com melhor aspecto que ninguém recolheu como desenrascanço! hihihihi

Já estava com saudades de te ler rafeiro!!
Beijo

HM disse...

tststs

A culpa é de quem viaja carregado de malas e maletas. Mania de culpar quem trabalha tão duramente, carago!! Se viajassem como a outra, com uma simples mala de cartão de certeza que não haveria desvios....
Mas, não me sentiria bem com a minha consciência se não denunciasse aqui e agora que, no meio de tantas profissionais, há duas que se destacam pela distração: A Sandra e a Turbolenta (espero que a Turbo seja a que julgo conhecer, se não for esse o caso desde já as minhas desculpas antecipadas). A Sandra, pela sua linguagem estranha confunde qualquer teclado o que é normal, passa o tempo a forumiar, a Turbolenta, além de estoirar qualquer ligação com as mudanças constantes de ritmo, leva a vida a chatar....portanto, não me surpreende nadinha que os serviços funcionem ao troncário e muita sorte em não haver colisões de rota.

Beijos rafeirosos
HM

Restelo disse...

Cães ao Terminal 5 de Heathrow!!!

ternura disse...

Numa das minhas muitas idas do Porto para S. Miguel, uma houve em que fiz escala por Lisboa, e as minhas malas não chegaram, encontraram-se perdidas durante duas semanas. O pior mesmo foi que isso aconteceu-me logo na primeira ida e como ia para ficar a trabalhar, podes prever o que aconteceu. Tive de comprar inúmeras coisas, pois só fiquei com o saco do calçado que levei comigo em cima.
Tive uma aterragem em grande em S. Miguel, e quanto a viagens por Lisboa, never.
Beijinho.

aorta disse...

Nunca me aconteceu nada com as bagagens. Ufa! Mas conheço muito boa gente que só as viu passados uns 2 dias.

carvoeirita disse...

Ah tu és assim???estás trinta meses de férias e quando voltas o que tens para me dizer é que o meu rico bolinho de muesli está partido e que meto medo aos senhores dos serviços do aeroporto…és assim não és?
Vais ver!Um dia vais ver como faço bem bolos partidos….mas daqueles com muito chantili para ter mais gracinha!!!

Gata Verde disse...

E quando a nossa malita apareceu com uma peça de roupa de fora? Foi uma emoção!!!

Carecaloira disse...

Ah! Pois é!
Só acontece a quem é fino e pode ir para fora, deixando aqui o pessoal desesperado
á espera da volta!!!

Já tinha saudades de me rir com as tuas coisas.
E já agora esqueceste-te do caminho para o meu blog??? Tenho sentido a tua falta!
Lá porque virei estrela continuo a dar-te atenção e até te dou um autógrafo!!! Hi,Hi..

Beijocas semi carecas

Viajante disse...

O que eu me divirto a observar as malas que correm nos tapetes e a imaginar o perfil dos donos ou das donas.
Acho um piadão às fitas coloridas, aos atados, aos plásticos, até já vi ursinhos e outros tantos bonequinhos. A minha coroa de glória foi ver uma Vuitton rasgada... (a inveja é terrível..., bem sei). Podes perguntar se já fiquei sem a minha trouxa? Já, é claro, e durante cinco dias fiquei apenas com a roupa do corpo. Uma maravilha! Foi há mais de 20 anos e estava num país de leste, por isso não havou lugar a grandes reclamações. Foi a minha primeira viagem e de tão bem que correu que até hoje fui sempre poupado a outra cena do género. Mas sempre que passo à frente do Lost & Found benzo-me em sinal de respeito pelas pragas alheias :))))

O tema interessa-me sobremaneira e por isso não resisto em contar algumas histórias de aeroporto que aconteceram comigo:

1- São Paulo, voo para Lisboa: chego à porta de embarque e deparo-me, bem ao lado da porta, com uma senhora em pranto agarrada a um quadro da Senhora das Dores. Comentei para o lado que aquilo iria dar mal resultado, que ela não estava em condições para embarcar, etc. À conta de me ter divertido com a situação, Deus nosso senhor castigou-me e lá fui sentado ao lado da senhora, da Virgem e dos santos todos que saíram das ladainhas que entoou durante as nove horas do voo. Escusado será dizer que a Virgem entrou e saiu da bagageira uma série de vezes, quantas o catering passou por aquelas bandas...

2- Aterragem de emergência em Dubrovnik: avião a cair de podre da antiga JAT, ainda com as paredes forradas a papel. Estava mau tempo, ventos fortes e trovoada. Tive de gritar para o lado que queria morre em paz. É que uma senhora não parava de berrar que antes preferia ter um filho. Ainda pensei em resolver-lhe o problema mas não havia condições, definitivamente...

3- Atenas, voo para Lisboa: caia um dilúvio no antigo aeroporto da capital grega. Mesmo assim, enfiaram o pessoal no autocarro em direcção ao voo da TAP. Fui o último a entrar no autocarro e tinha de ser o primeiro a sair. Assim fiz, a alta velocidade para não me molhar muito, só não contava com óleo na pista bem em frente à escada do avião. Resultado, estatelei-me ao comprido e quase fiquei com a cabeça debaixo da escada. Bem, um tombo... Fiquei com os joelhos que nem um Cristo. Requeri os cuidados de enfermagem das assistentes de bordo que me levaram para o cantinho delas e foi de champagne e refeição VIP para cima, enquanto me iam fazendo o curativo :))) Viagens de sonho!!! Eram estagiárias recrutadas à pressa para aquele voo. A coisa correu tão bem que lavrei um voto de louvor que fiz chegar à administração da TAP. Semanas depois recebi um postal das meninas muito agradecidas por terem tido boa nota do estágio ;) Há gente com sorte :p

P.S. Já agora, posso meter uma cunha à Afrodite? É que os meus upgrades costumam ser pagos a peso de milhas... E se há alma fascinada pelo outro lado da coisa, entenda-se pelo mundo aeroportuário, é a minha. Errei na profissão!

Abraço e desculpa o testamento!

Lyra disse...

Puxa, até que enfim que voltaste! Essas malas perdidas devem ter dado cá uma trabalheira para encontrar que nem tiveste tempo de passar por aqui, né? (risos).

Mas olha, concordo plenamente com a abertura de uns lugaritos para cães farejadores de malas desaparecidas! Xi xinhor! Venham eles para felicidade dos próprios e de muita, muita gente, que de repente se vê desprovida dos seus pertences num qualquer aeroporto de uma cidadezita em nenhures, ehehhehhe

Beijinhos e até breve.

;O)

O Urso disse...

Um abraço, amigo Rafeiro Perfumado.

Capriccio disse...

É verdade! Numa viagem que fiz a Porto Santo, descobri que a minha mala tinha ido parar a Ilha do Pico não sei porquê.
Foi por isso que o menino demorou a escrever no blog? Foi de férias e depois andou a procura das malas, foi?
Um beijinho de saudade :)

LopesCa disse...

Lindo LOL
Já passei por essa esperiência:
"Vamos lá a ver como esse coração se porta quando chegares a Barcelona e descobrires que a tua roupa interior foi para a América do Sul"
Ainda bem que desta vez não te perderam nada :)

Lucy disse...

Olá Rafeiro!
Encontrei-o na cova do urso... lugar não apropriado a um cachorrito!? Eu já adoptei duas cadelas e uma delas muito 'carracenta'.
Desculpe, vim só dar-lhe as novidades de alguns da sua espécie - salvo seja, que nem é abandonado, nem carracento!?
Feliz em ler as suas crónicas rafeiras - de faro apurado!!!

Rafeiro Perfumado disse...

Expresso da Linha, até percebi, simplesmente é difícil ser sério num blog escrito por um rafeiro e com um texto cuja última imagem nos leva a um cenário onde cães correm por um terminal em busca de malas perdidas. A vida já é demasiado séria, ao menos aqui gosto de brincar com os assuntos. E não concordo com o que dizes, por essa linha de pensamento só os ricos teriam direito a viajar e a expandir os seus horizontes. Fui suficientemente sério? Abraço.

Cunhada, bons monitores te vejam! E quem te manda não escolher a personagem a encarnar na blogosfera? Deves pensar que a minha foi por acaso, não? Beijo!

Charlie, vais voltar? Prometes? Posso espancar-te se não cumprires? É que tenho apanhado com cada desilusão... Beijoca!

Knoppix, deixa-as passearem, tadinhas, olha que há algumas que até dá gosto. Outras deviam ser conservadas no porão, ao pé dos canídeos, mas enfim... Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

Canephora, a sorte é que a 8000 km o detonador não deve ter alcance... ;)

Sónia Miranda, a Irritadinha não me disse que tinha malta a morar lá em casa!

Hands of Time, já conhecia, mas isso não é o seguimento, é o presente, mesmo!

Tulipa, onde é que pensas que eu me inspirei? Li os jornais locais e vi o berreiro que por lá armaste! ;) Beijoca!

Rafeiro Perfumado disse...

Afrodite, no dia em que eu me zangar com comentários como os teus, é sinal que fui raptado por aliens e substituído por um ser amorfo! Quanto à tua sugestão de viajarmos todos nus, eu por mim alinho, só estou preocupado com as correntes de ar que por vezes há lá em cima! Quanto à oferta dos up-grades, olha que se insistires mais uma vez vou começar a pensar que estás a falar a sério! Beijo!

Marisa, eu respondia-te, mas depois tenho medo que a Afrodite me negue os up-grades. Que se lixe, pode ser que ela não veja... Claro que é fácil, aquilo são eles a gozar com quem viaja! ;)

Fotógrafa, com as mãos se faz muita coisa, efectivamente... Beijo!

Mariam, chama muitas vezes geringonça ao teu PC e vais ver os virus que ele apanha... Beijo!

Rafeiro Perfumado disse...

Jasmim do meu Quintal, os rafeiros são os mais encantadores, pois não têm aqueles ares de importante que o pedigree dá a alguns e outros que por aí andam! Beijo!

Jeanny, trouxe, logicamente, infelizmente vinha na mala que se extraviou. Mas deixa lá, deve ter enchido de felicidade algum zimbabwiano! E venha de lá esse abraço!

Rosi Gouvea, fosse eu Rei do Mundo e muita porrada mandava distribuir... Beijoca!

Sílvia F., seja bem aparecida, pá! Olha que essa de escolher uma mala ao calhas pode dar para o torto, ainda escolhes a de algum Escobar e tens a vida feita num sete! Beijo!

Rafeiro Perfumado disse...

HM, com as pancadas que o clima tem, é arriscado viajar com uma mala de cartão, não vão as peúgas escapulirem-se por algum buraco. Quanto às tuas recomendações à Sandra e Turbolenta, estou fora! Beijos!

Restelo, há lá ruivaças jeitosas?!?

Ternura, mas acontecendo aqui ainda é menos traumatizante, porque ao menos sabemos as palavras exactas para praguejar com quem leva com a reclamação. Agora lá fora, eu sei lá se não estou a chamar alguma coisa à família do tipo? Beijinho!

Aorta, não percas a esperança, pode ser que um dia elimines esse lapso curricular! Beijo!

Rafeiro Perfumado disse...

Carvoeirita, e muita sorte tens tu de eu ter dito que estava apenas partido. Sim, porque coisas de muesli, Jesus, antes ouvir o telejornal! Beijoca, pá!

Gata Verde, o mais triste em saber que nos abriram a mala é saber que não tinhamos nada que valesse a pena roubar...

Carecaloira, minha cara amiga famosa, longe de mim tal coisa! E quanto ao autógrafo, só se for na nádega direita! ;) Beijocas!

Viajante, diga-se de passagem que se tivesses reclamado nesse país de leste ainda hoje lá estavas, a trabalhar nalguma mina de carvão. Quanto às tuas histórias, chamou-me particular atenção à tua recusa em fazer um filho à senhora. Então, pá? Aquilo com a turbulência nem custava nada! Grande abraço e até sexta! E não penses que me passou despercebido o teu interesse pelo “outro lado da coisa”...

Rafeiro Perfumado disse...

Lyra, as minhas malas estão todas localizadas, felizmente. Já quanto ao trabalho dos cães, seria mas é complicado quando existe um oceano a separar o dono da mala. Pelo sim pelo não, convinha meter umas bóias nos bichinhos! Beijo!

O Urso, de vez em quando lembro-me de ti, sempre com grande respeito. Um abraço!

Capriccio, felizmente não, estive mesmo de férias blogueiras, que me andavam a doer os dedos. Quanto à confusão, até se aceita, afinal têm ambas a primeira e última letra e são as duas ilhas! Beijo!

LopesCa, nesse caso impõe-se exigir que vás pessoalmente buscar a mala! ;) Beijo!

Lucy, pois então sê bem vinda, se vens de um sítio tão requintado como a Toca do Urso, só podes ser boa pessoa. Beijoca!

luafeiticeira disse...

A bagagem nos aeroportos e as meias que pomos a lavar, se soubesses as que tenho cá em casa sem o par...
beijos

Lucy disse...

Rafeiro, já vi que não te lembras de mim. Também já passou 1 ano e tal. Foi no blogue do "Postais da Novalis", do António. Eu tinha um blogue com dois cachorros em diálogo, a Bonny (que já morreu) e o Scooby - que já perdeu a virgindade. Até o BigMac pegava com o desgraçado do cachorro...

São tantos os teus comentários que seria quase impossível lembrar.
Um abarço e obrigada por passares lá no sítio.
Lucy

Humorista disse...

Estou a ver que tenho que começar a viajar mais, pois parece-me que é uma boa maneira de pesquisar material para depois originar boa comédia! Abraço!

Bigmac disse...

Já não estou habituado a isto...Realmente tudo se transforma.

Grande abraço.

HM disse...

Estás fora?!?!
Ora essa! Então as duas meninas em vez de etiquetarem as maletas como deve ser passam a vida na teclagem e tu estás fora?!
Para a próxima não te venhas queixar que as tuas malas foram dar uma volta ao bilhar grande, pffff!!!

Beijos rafeirosos
HM

Zé do Cão disse...

Rafeiro, parece que és bruxo. Cá ao Zé já aconteceu tudo.
Mala sem fecho, outra sem asa, desaparecida e aparecer intacta, Idem
despedaçada, nunca mais aparecer, roupa já a saír.
Um outro passageiro com a minha mala
na mão a pirar-se.
E até, vê lá...... Tenham compaixão.
Vir tudo direitinho, passar na ponte rolante e ser eu a pegar na minha querida.
Um abraço e força.......

julie disse...

A bolinha é usada nas cenas que podem ferir a sensabilidade de algumas pessoas, no caso que eu falei , as pessoas ficariam bem-dispostas de tanto rir. É verdade , eu não gosto de violência.

Surgiu me uma dúvida após reler o post, que raio significa hercúleo?
Tem alguma coisa haver com o Hércules?

bjs
julie

Afrodite disse...

Hmmm raptado por Aliens não me parece bem :)...se bem que às vezes dava-me jeitinho que um me raptasse, principalmente quando as desculpas para chegar ao trabalhito atrasada já se esgotam...ficaria sempre bem dizer "ah, ia na vasco da gama e não é que um Alien posicionou a sua nave por cima do meu carrito e me raptou? Por isso cheguei agora, peço desculpa". :)...isto tudo para dizer que fico feliz que os meus comentários não tenham sido inconvenientes.

Há sempre aquelas mantinhas que as assistentes de bordo amavelmente colocam à disposição :).

Insisto, insisto, insisto, insisto, insisto....infinitos :). (esta dos infinitos fez-me lembrar o tempo de escolinha, ui que saudades).

Abreijos e de um rafeiro só aceito...hmmm...uma lambidela? :) (esta soou mal...hoje estou numa de soar mal)

Afrodite disse...

Aquilo ali ao lado de conselhos sobre assuntos, desde física quântica à previsão do tempo para o fim de semana é a sério??? :)...é que ando para aqui com umas dúvidas...upa upa - Os senhores Niels Bohr, Erwin Schrodinger, Werner Heisenberg e o Paul Dirac não tinham mais nada que fazer de agradável que criar a porra da física quântica? Mais os quanta? E os fótons e cócós afins???? :)...tanta coisa boa para se fazer. :). Digo eu digo eu!
Já agora...e este fim de semana o tempo? Já sabes? :)

Abreijos :)

Pacanherros disse...

Não há como levarmos a bagagem toda nos bolsos...

Lucy disse...

~Rafeiro,
Não se prive da sobremesa porque este meu blog só tem um mês e tal...

Obrigada pela sua atenção. Não há que afligir, foi só uma pequena 'lembrança' minha, mais nada.

Lucy

Viajante disse...

Meu caro, essa da turbulência foi uma cena e tanto. Nem por caridade, nem por caridade. Aquilo era motor de explosão. Irra, só ao estalo :)

Abraço e até sexta,
Rafeiro perspicaz ;)

Francis disse...

porra pá, venho eu todo lampeiro responder ao teu comment...e logo a seguir está tua resposta à cati....desatei-me a rir e esqueci-me do que ía dizer...daç.........................
....................................
....................................
....................................
....................................
ah já sei...........................
....................................
..................................
..................................
espero que isto não sej desculpa para dizeres que te perderam a mala onde trazia a nossa "encomenda", ok ?

AcidoCloridrix disse...

1º Aniversário do Sexo com Arte e Humor, 13 de Maio de 2008,,,, aqui fica o CONVITE para a “festa”, o “bolo” e o “Presente” virtual solicitado!!!!
Agradecido também pela colaboração prestada em visitas e comentários ao longo deste ano, sem blogueiros como tu seria impossível comemorar agora este 1º ano,,,, OBRIGADO!!!!! HCL
(http://sexohumorprazer.blogspot.com/)

expressodalinha disse...

Percebo perfeitamente que é irónico. Nunca tive dúvidas. Aliás o meu blogue tb. vai por aí como sabes. É interessante verificar como um texto "a brincar" pode suscitar tantos comentários e alguns de muito bom nível. Dou-te os meus parabéns. Pequeno esclarecimento:
O meu comentário não ia no sentido elitista de viajar, mas antes no total desfazamento entre a actual realidade de massificação turística e a organizaçõa de infraestruturas, de metódos e meios de trabalho nos aeroportos. A baixa de preços e os ganhos de produtividade para os accionisrtas são feitos à custa do teu desespero nas filas de check-in, nas inspecções exaustivas , nos extravios de malas. Por isso, sempre que posso, não viajo!

São disse...

Bem regressado!
Pelos vistos, andou a passear-se e transviaram-lhe as bagagens...
Espero que esteja enganada ou que, no caso de ter acertado, a coisa não fosse muito grave!!
Feliz semana.

Restelo disse...

Darling, estamos a falar do UK, aqui é só ruivaças e louraças!

SILÊNCIO CULPADO disse...

Rafeiro Perfumado
Não me fales em malas.A mim ainda não aconteceu (e longe vá o agouro) perderem-me as malas mas já aconteceu a amigos meus. E pior ainda quando se sai cá de Inverno, com camisolas de lã, e se chega a um País com 40 ºC à sombra e sem roupa para a muda.
Abraço

Sofia disse...

Sei do que falas... já fui um dos "à beira de um ataque de nervos"!

Um Momento disse...

Ah poizé!!
Cada vez pior e tudo se perde... ai!!

Beijo!!!!

(*)

Storm disse...

hum... 1 malinha para os sapatinhos e 1 para a roupinha interior????? eh lá! vais carregado!
Este post não é aconselhado a quem está prestes a fazer check in.~
beijo

carvoeirita disse...

olha e se tu soubesses dar-te com malta jeitosa, e te soubesses emiscuir em acampamentos de gente como deve ser é que tu ganhavas..até batimentos cardiacos tive em pensar que já tinhas ido acampar com o rodrigozinho e que talvez eu..um dia...não sei..também pudesse ir acampar..agora assim...
pffff...

carvoeirita disse...

tu és como aquelas velhas fofoqueiras que andam pelas casas das outras pessoas a falar mal!!!
shame on you!!!!!!!!!!!!!!!!!
morcão és tu oh cão mor!!!!!!!
RAUF para ti!!!

Rafeiro Perfumado disse...

Lua Feiticeira, se calhar tens aí alguns pares que são meus, eu também tenho vários sozinhos! Espera, isto não soa lá muito bem... Beijos!

Lucy, desgraçadamente não me lembro, sabes que a idade também já me começa a pesar. Mas obrigado pela lembrança, e talvez agora possamos falar mais vezes. Beijo.

Humorista, é que nem te passa o material que se arranja para fazer rir. Então em Amesterdão... ;) Abraço!

Bigmac, até demasiado, em muitas coisas sou um saudosista, acredita. Basta ler as trocas de galhardetes que já tivemos... Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

HM, pois claro que estou fora, isso em conversas de mulheres já aprendi que é preferível ficar distante, nem que isso signifique depois ter de improvisar umas cuecas com a cortina do chuveiro! Beijoca!

Zé do Cão, o meu maior orgulho foi quando nas primeiras 5 malas a saírem na passadeira vinham as minhas duas. A cara de superioridade com que eu saí daquele aeroporto... Abraço!

Julie, fizeste a pergunta e deste a resposta, é isso mesmo, alguém que faz algo digno de Hércules. Sabes que eu por vezes gosto de meter um toque de classe no blog, razão pela qual introduzo umas palavras mais elaboradas, mesmo que depois não saiba bem o que querem dizer! Beijo!

Afrodite, essa desculpa só funcionava se conseguisses que o alien te passasse uma declaração, de outra forma estarias feita na mesma! Ai insistes? Pois então da próxima vez vou abusar de ti! Nos up-grades, que eu sou um rafeiro sério! Mesmo que me peçam uma lambidela! Quanto ao tempo, continuo a apostar no farrusco! Beijo!

Rafeiro Perfumado disse...

Pacanherros, ou tens os bolsos grandes e com espaço (o que poderia levar a conclusões pouco abonatórias sobre o material que habita entre ambos) ou viajas com pouca bagagem, pá!

Lucy, demasiado tarde. E que bom aspecto tinha aquela baba de camelo...

Viajante, se a turbulência foi assim tão grande, até podia ser contra a tua vontade. Sim, que eu já apanhei um temporal tão grande que ia trocando de lugar com o piloto! Abraço!

Francis, a “nossa” encomenda? Hum, isso explica o facto da minha jove ter ficado retida na alfândega, é que material comprometedor meto sempre na mala dela! Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

AcidoCloridrix, pois então brindemos, comamos e outras coisas que se fazem no teu blog! Parabéns!

Expresso da Linha, estamos então esclarecidos. Mas continuo a pensar que, por muitos obstáculos que me coloquem, irei sempre optar por viajar, só não o fazendo mais por limitações de dinheiro e tempo de férias. E quando as limitações forem quase castradoras, vou a pé! Grande abraço!

São, felizmente não, apenas umas férias cá por dentro. Mas obrigado pela preocupação. Beijo!

Restelo, diz isso muitas vezes e ainda peço transferência! ;)

Rafeiro Perfumado disse...

Silêncio Culpado, pior seria se saísses cá de verão e chegasses a um país com temperaturas negativas. É que tirar roupa, mesmo sem lojas, ainda se pode! Beijo!

Sofia, onde é que achas que eu me inspirei? Mas não devias ter batido ao senhor naquele sítio, pá...

Um Momento, infelizmente nem tudo se perde, os eurodeputados fartam-se de viajar e continuam a conseguir voltar... Beijo!

Storm, põe-te a fazer pirraça por ires de férias e vais ver, eu agora tenho conhecimentos no ramo! ;) Beijo!

Carvoeirita, atendendo ao facto de eu me ter começado a relacionar contigo, o teu comentário não é muito abonatório para ti... e alto lá, que me chames de velha ainda vá, agora fofoqueira?!? Mau...

A Grafonola disse...

LOOOOOOOOOOOL, eu já volto qd conseguir parar de rir...

Xisko the kid disse...

Não sei do que me hei-de rir mais...se do teu post, bem construido, ou se dos comments.
Já tens aqui material para outro livro. Uma compilação entre os posts e os comments.
Digo eu, que cheguei agora.

A Grafonola disse...

Estás é a fazer-te ao piso para um tachinho no novo aeroporto, como investigador de malas perdidas...

E olha lá, que cena é essa do anokas???? Difamação?????

Laura disse...

Ai nino...cá tou eu devagarzinho a mandar-te milhões de beijos de saudades e a rir e a lembrar que quando vim de Pretória aqui os meus ilustres conterraneos perderam a sminhas malas e so as recebei aqui em Braga passados 2 dias e ainda me fizeram ir ao aeroporto (vê-me bem a coisa) para descrever a mala e dizer o que trazia dentro na fosse ter contrabando (so se foi de chocolates ehhh e vinha gravida da neide..xi mano nem te digo como é que eles perdiam malas e mais coisas com tanta etiqueta e eu etiquetava-as por dentro e fora...
Ora sabemos bem que e gente desleixada que não faz o trabalho que lhes compete, ora essa... Beijinhos a ti da laura..

Safira disse...

Eu não me queixo. Até já tive bagagem de formato especial a viajar em primeira classe, bem entregue ao simpático comissário de bordo. Dá sempre jeito ter background em companhias aéreas, como sabes...
A única coisa estúpida qe me aconteceu foi ter de arrancar a minha mala da mão de uma débil mental que, apesar de ver que a etiqueta tinha escrito um nome que não era o dela, insistia em que a mala era dela, porque era o mesmo modelo. Eu tenho mais medo dos passageiros burros do que dos operadores de handling, na verdade.

melga disse...

Digamos que é o momento Kinder duma viagem, nunca sabemos se vão chegar as bagagens. :)

Cati disse...

Só para dizer OLÁ! (e engrossar o número para 181)

Hihi!
Beijinho!

Rafeiro Perfumado disse...

A Grafonola, caladinha, pá, anda aqui a malta a fazer lobbies e halls e tu queres avacalhar a coisa? Começas a viajar no trem de aterragem que te lixas!

Xisko the Kid, nunca começo o segundo prato antes de ver o fundo ao primeiro. Abraço!

Laurinha, como é bom ver-te novamente por aqui! Que se lixem as malas, que se lixem os aviões, eu gosto é de te “ver”. Beijo enorme!

Safira, mas pelo menos aos operadores eu posso chamar nomes, auto-insultar-me não faz o meu género! Beijo!

Melga, com a diferença que o Kinder traz sempre prenda, já a nossa bagagem... Talvez seja mais parecido com uma roleta! ;)

Cati, então um grande olá para ti e uma beijoca!

veni_vidi_scribi disse...

Óh Rafeirito... não andas a ficar muito religioso, pois não?! É que neste post também falaste em a malta se benzer... começo a desconfiar que te estás a virar para o outro lado! :p

Beijufas

Rafeiro Perfumado disse...

Veni, vidi, scribi, Deus me livre de começar a ficar religioso! Beijufas!

Hotaskim disse...

Gostei...mas acho que andas com a imaginação pouco fértil...

Rafeiro Perfumado disse...

Hotaskim, é difícil de dizer, uma vez que estes textos já têm mais de um ano! Se calhar a imaginação nunca foi é grande coisa! ;) Beijoca!