Cuidado com o Rafeiro! Não é que morda, mas podes pisá-lo sem querer...

quarta-feira, 30 de julho de 2008

E tu, és um nhó-nhó?


Se por acaso és um nhó-nhó, pira-te, antes que alguma coisa pesada te atinja... corre!

Este texto, tão lindo que dá vontade de chorar, pode ser encontrado no livro
Rafeiro Perfumado - Are you ladraiting to me?!?

175 comentários:

A Grafonola disse...

PRIMEIRA PRIMEIRA!!!!

A Grafonola disse...

Agora já posso ler o poste...=D

Andy disse...

os nho nhós sao um especie a abater, ou amará-los e torturá-los com as coisas que mais abominam. do tipo comerem com a mao, tocarem nas pessoas... seria deveras divertido

A Grafonola disse...

Essa de alisar toalhas...estás-me a chamar nhónhó???????? provoco-te sentimentos espancatórios???? moi????? nhónhó?????

Bernardo Moura disse...

HEHEHEHEHEH!!
Muito bom!
Realmente os "nhó-nhós" estão por todo o lado!
Abraço

Zabour disse...

Olá! Eu disse que voltava, eh,eh,eh...
Realmente os nhó-nhós são uma praga difícil de combater e acabar com eles é uma autêntica caça aos gambuzinos. Mas sabes o que têm de "bom"? Quer dizer... isso é um bocado difícil...mas pronto...
É que servem-nos de vacina para nunca chegarmos a esse ponto, certo?

P.S.-Olha que ainda não faço ranger o chão, bem pelo contrário,eh,eh,eh ( private joke from Rafi and I).

Bjokas

Grafonola:
Para a próxima tb vou tentar ser a primeira. Girl Power!!!!

A Grafonola disse...

Zabour, faz como eu, comenta antes de leres o poste LOOOOOOOOOOOOOOL =D

Teté disse...

Eh, eh, eh, tive a mesma ideia que a Van (já que não me deixaram ser a última anteriormente, né?), mas contive-me. Será que sou nhó-nhó???

Não conhecia esse ditado célebre nem essa explicação científica, sinal que ainda tenho muito para aprender por aqui... :)))

Enfim, mas fartei-me de rir, especialmente com a cena do autocarro, que uma vez presenciei uma cena muito idêntica, com um amigo meu!!! Que não foi tão sabiamente educado, mas ainda era rapazola.

Bom, vou ser primeiras ou últimas para outro lado, que aqui já vi que não me governo!!! ;)

Beijokitas!

Tá-se bem! disse...

Pois eu acho que a senhora, lá bem no fundo, queria dizer precisamente o oposto... looool


abraço :)

_E se eu fosse puta...Tu lias?_ disse...

Sarava!

Caro Rafeiro;)

Não sei em que mundo andas tu a viver!??
Esses, cujo nome atribuis de
nhó-nhós, são, por norma, idosos ou pessoas com psicoses....lolol
Essa tua mania de criticares...vai-te sair caro...lol, já te estou a ver daqui a uns anos a disparatar com algum engraçadinho num auto-carro... ahahahah

Mas concordo contigo,
vivam nhó-nhós porque esta vida é curta demais para nos contentarmos com tubos de ensaio;)

beijinhos


p.s- podias ter escolhido um nome mais fácil, a lingua enrola-se toda quando se pronuncia:p

Marrie disse...

Essa não conhecia: nho nhó???
kkkkkkkkkkkkk
Mas, infelizmente, terei q dizer q apesar de não conhecer o termo, conheço bem o seu significado. Realmente, essa gente é digna de pena, pois são pessoas sem vida própria e por isso vivem a espreita da vida alheia, a fim de descobrirem algo q os possam alimentar os seus tão tristes e vazios egos!

bjs, rauf-rauf, e obrigada pelas felicitações!

Sun Iou Miou disse...

Senti-me plenamente identificada com essa da mão estendida. Fica-se lá com uma figura. Muitas vezes chego ao ponto de ir atrás da mão do outro até colocar por baixo a minha antes de as moedas tocar no balcão. He! E então digo, triunfante, obrigada.

eu mesma! disse...

Nhó-nhós???? não conhecia a expressão, será que sou nhó-nhó por isso? mas como sou totalmente despassarada, leia-se distraída (quando fazes um post sobre estes?), nunca reparei nos nhó-nhós, estou numa onda totalmente diferente, quero lá saber dos nhó-nhós!
Gostei da história da velha, em princípio a velha gostaria de um bom apertão, mas sendo tu um rafeiro, não sei não, talvez se fosses um cão de raça, daqueles com o pêlo encaracoladinho, tosquiado de forma a fazer um pom-pom na cabeça, mais um em cada pata e outro na caudinha ... ainda podias aspirara a roçar-te na velha!

afago na cabeça do Rafeiro!

Ka disse...

Ai que conheço tantos nhó-nhós...loool

Mas o pior não é na nossa vida privada pois aí temos total liberdade de nos descartaramos deles. Mas na vida profissional é horroroso apanharmos um nho-nhó...e basta um para nos estragar o dia!!! E se o nho-nhó fôr um chefe ou director???? Aí é mesmo o pior dos cenários (eu até nem me posso queixar pois tenho um excelente chefe)


Beijocasssss e que o dia te corra (sem nho-nhós de preferência)

Parisiense disse...

Nho-Nhó, é uma expressão do norte???? È que eu nunca tinha ouvido falar......mas que queres tambem sou parisiense!!!!!!!

Mas depois de lida a explicação tou a ver que tenho uma amiga que se enquandra precisamente nesse quadro......talvez por isso ela me irrita tanto....ahahhahah

E como se chamam os que como eu não tem medo de nada e fazem tudo o que lhes dá na real gana???????
Ah pois é olha responde lá!!!!!!!!!

Beijokitas

Cláudia disse...

A quantidade de nho nhos que passam por mim é assustadora!

Haverá algum sitio para os depositar??

Andreia do Flautim disse...

Bem, com a minha nova lista de links, apercebi-me que o teu blog tinha sido actualizado, e por isso vim cá!:p

Pois é, esses nhó-nhós, pah! Não gosto deles!

ines disse...

E tu, és um nhó-nhó?... com muito gosto!!!!


beijo, beijo, beijo!

Zé do Cão disse...

Rafeiro. Nunca acerto na totobola, totoloto, etc e a única vez que tive um premiozito na lotaria, cinquenta contitos (Já há uns anos) deixei a cautela, décimo ou vigésimo, não recordo, no bolso da camisa, foi a mesma lavada na maquina, ficando o papel desfeito e agarrado ao tecido.
Sou nhó nhó, confesso, ando para aqui a empatar os outros.
E, Rafeiro, sou ave rara, que não estando aos saltos e a esbracejar, não instalei nenhum blog.
E sabes porquê? Porque não o sei fazer.

Alguém o fez por mim. Resultado, nhó nhó a dobrar.
Um abraço, amigo

Rocket disse...

percebo-te.

normalmente o meu olhar consegue resolver exibições de nhó-nhós. passam logo a uma perfomance renhónhó prrr prrr...


abraço

Salto-Alto disse...

Querido Rafeiro: que razão tens! Eu conheço Nhó-nhós, não suporto Nhó-nhós e de cada vez que me encontro na presença de um... ai! Não são muito agradáveis as coisas que me passam pla cabeça...

Beijocas!!!

mjf disse...

Olá!
A maioria desses nho-nhos são doentes do foro psiquiatrico...
É horrivel conviver com eles no dia a dia...

Beijocas

Joaninha disse...

Não sabia que se chamavam nhó - nhós, eu chamo-lhes lesmas, peganhentas, chatas, brrrrr, detesto!

Mas gosto da tua atitude, ganda rafeirote, conhec muito boa cadelinha que ficaria encantanda ;)

Festinhas atrás da orelha.

Carla disse...

Deus que me livre, cruzes canhoto e outras coisas que tais...aliás se pudesse afastava-me não vá a nhó-nhozice (que raios será que o novo acorodo ortográfico vai aceitar esta palavra) pegar-se. É que me parece que aquilo é tão mau, tão mau...que deve ser mesmo contagioso! E vacinas anti nhó-nhós ainda não existem
belo post...com um humor a que já nos habituaste
beijos

BlueVelvet disse...

Não conhecia a expressão mas adorei.
Tanto que estou a pensar virar nhó-nhó:))))
Mas tens mesmo a certeza que a senhora disse isso?
Não estaria a renhónhócar-te?
Beijinhos e veludinhos azuis

São disse...

Enfim, como posso não te dar razão?...
Saudações.

Maga disse...

ai nhó-nhó é isso? eu tinha uma visão um pouco diferente, mas está bem, aceito essa. e sim, são insuportáveis, coitados... uns tristes!
beijufas

Paula disse...

Rafeiro, acho que espancá-los com alguma coisa pesada e ferrugenta, não servíria de muito, visto terem a vacina do tétano em dia, de certeza absoluta. Do tétano, da raiva, malária, dengue, carne de porco mal passada e bactérias que-se-transmitem-através-do-contacto-com-o-dinheiro-desse-pessoal-porco-que-não-lava-as-mãos-cada-vez-que-anda-de-autocarro.
Por isso, rafeirito de mi corazon, só nos resta bater-les com alguma coisa pesada.
A não ser, que a ferrugem lhes faça nódoa na roupa. Aí, já é outra história...
:)
Bjs!

Minhoca disse...

Confesso que nhó-nhós é uma espécie de gente que também me irrita, da vontade de os abanar para acordarem para vida e se mexerem.
A resposta à velhota esta muito boa.

Olá!! disse...

Eu gosto de nhó-nhó's serei diferente????? LOL

Claro que também gosto de ió-ió's, dá-me um certo prazer perverso vê-los baralhados sem saber se vão para cima ou para baixo. ;)

Mas os meus preferidos são os songa-monga, nada como um destes para me completar o dia :)))

Homem tu pára de ir a estabelecimentos comerciais onde prolifera gente mal educada e acima de tudo LARGA os transportes públicos, acabas por enlouquecer... tarado !!!!

Beijo dos grandes :))))

Moi disse...

Essa estirpe de gente é fabulosa: deveria ser preservada através da criogenia durante 1.000.000.000.000milhões de anos!!

E foste demasiado educado com a velhota! Eu respondia-lhe logo: "Minha senhora, jamais tocaria numa antiguidade. Sei quão preciosas e caras podem ser!"

Festinha no dog

PsYcHo_MiNd disse...

Pior são os ditos nhó-nhós que são como dizes, mas depois muitas vezes acabam por fazer certas coisas com as quais tem que embirrar e que lhes parecem mal. Esses sim são uns tristes da vida ou melhor, o facto de não terem ainda arranjado uma vida! E infelizmente conheço alguns que só apetece é dar-lhes com um pau todos os dias.

nile santos disse...

Olá amigo.Bom dia.Realmente os nho nhos estão por todo os lados deixando a vida passar ou seja vegetando.bjtos.Nile.

liamaral disse...

Como eu te compreendo!! Há realmente muitos NHÓS-NHÓS por aí!! Têm a mania da perseguição e nunca, ninguém, jamais, tem o intuito de levar com eles! Enfim...

Quanto à senhora dos Transportes Públicos, deixa lá, deve ser daquelas em que ninguém toca há muitos anos...

:) Beijinho.

Noiva Judia disse...

Como essa gentinha me irrita. As pessoas que levaram uma lavagem cerebral tal, que se tornaram escravos das regras ao estilo "Metrópolis". Conheço quem me ache corajosa por cortar o cabelo curto... Duh, é cabelo, volta a crescer! (Isto é dito por pessoas que têm o mesmo visual desde os 15 anos e agora têm 30!) Ou por às 19h me recusar a pôr moedas nos parquímetros em Lisboa. É preciso desafiar as regras, fazer umas diabruras, judiar um pouco, pois então!

Skynet disse...

Já tive um encontro de 1º grau com uma nhó-nhó no comboio intercidades. Eu estava entretido com o portátil a ouvir música e a matar o tempo com um joguito, a nhó-nhó enrosca-se no banco para dormir, eu tive cuidado redobrado para não a acordar, mas como é evidente não posso ficar feito estátua durante 2h30, sempre que me mexia ela resmungava entre os dentes "não pára quieto" ou qualquer coisa do género, se calhar pensava que eu não a ouvia porque tinha os phones nos ouvidos.

Isso continuou até que perdi a paciência e disse-lhe: "minha senhora para a próxima compre dois bilhetes e já pode dormir à vontade", ela lançou-me um olhar cortante como quem me ia esganar, mas em vez disso agarrou nas coisas e foi-se embora não sei para onde lol

Tretoso Mor disse...

Caro Rafeiro,

Avaliando a opinião das tuas leitoras, e considerando que estamos perante uma amostra significativa da opnião feminina, ainda bem que há nhó-nhós!...

Fénix!...

TM

Peter of Pan disse...

Os nhó-nhós são fundamentais para a nossa sociedade, caro rafeiro. Eu, por exemplo, como não tenho guito para ir ao ginásio, exercito-me batendo em nhó-nhós.

Por falar nisso, não há por aqui nenhum nhó-nhó? (oh, que bela aliteração!) É que eu esta semana ainda não fiz exercício...

Mitsou disse...

Caramba, até que enfim que alguém desanca nessa sub-espécie humana!

O pior é que eles não se vêem como nhó-nhós e, como dizes, vão piorando com a idade.

(Essa de ficar com a mão à espera do troco também me irrita solenemente.)

Parabéns por outra magnífica posta, bem temperada e sem nhónhózices :)

Anónimo disse...

Olha lá o que é que queres dizer com "... que insistem em alisar até à exaustão as toalhas das mesas.."??? Vamos lá ver se tenho que passar do anónimato critico, à critica fisica!!!!

Tenho dito!!
Anónima

turbolenta disse...

Dava dinheiro para ter visto a cena do autocarro e do menino a meter a velhota na ordem.
Sabes..por isso é que não viajo em transportes públicos.E se me apalpam?
Se calhar até nem era má ideia!
Faziam-me as massagens e eu ficava sem celulite!
lol lol
ai.....ai.......haja alegria!
bom dia!

riquelme disse...

Cada qual sabe da sua vida!

Atlantys disse...

Xiça... Nem sei que te diga... Conheci alguém que costumava chamar-me de nhónhó embora só se referisse aos meus gostos (desgostos segundo essa pessoa) musicais... Será que também te provoco sentimentos espancatórios??? Medoooooooooooooo =/

Beijokas Rafeirito ;-)***

vita disse...

Pois, basta virar a esquina.

Aconteceu-me algo semelhante mas foi no elétrico em que a minha resposta foi igual há tua no entanto não surgiu o mesmo efeito visto que a senhora me chamou todos os nomes e mais alguns..loool

Beijooo

AnA disse...

Ora deixa-me cá limpar os pés antes de entrar e comentar.
Então cá vai......Pior do que ficar com a mão estendida à espera do troco, é numa passadeira parares o carro e depois de estar parado, o nhó nhó que está à espera de passar, mandar-nos avançar. A esses sim, apetece espancar ou mesmo passar por cima.

Rafeiro Perfumado disse...

A Grafonola, mesmo considerando o facto de teres sido a primeira, vou ter de te chamar de nhó-nhó...

Andy, esse tipo de tortura parece-me ser francamente contrária à Convenção de Genebra. Refiro-me aos direitos dos torturadores, claro... Beijo!

Bernardo Moura, por todo o lado é favor, são uma autêntica praga! Abraço!

Zabour, não sei se nos servem de vacina. Aquilo é uma raça que tende a conquistar muitos adeptos, nem que não seja pelo avançar da idade, em que pessoas normais como tu tendem a evoluir para nhó-nhós. É a lei da vida... Bjokas!

Rafeiro Perfumado disse...

Teté, mas ainda tinhas dúvidas que tens muito a aprender com o Ti Rafeiro? Quanto à cena do autocarro, também ainda era um rafeirito sem barba na altura. Beijoca!

Tá-se bem!, o olhar que ela me mandou era mesmo de nhó-nhó, acredita que não havia ali qualquer conotação sexual! Abraço!

E se eu fosse puta, tu lias?, a escolha do nome foi propositada, eu adoro dizer “nhó-nhó”, porque representa isso mesmo que disseste, uma pessoa enrolada e complicada! Quanto aos meus refilanços futuros, acredito que devo dar um reformado jeitoso, devo... Beijo!

Marrie, como podes ver a denominação pode variar mas o género em causa é igual em todo o lado. Beijos!

Rafeiro Perfumado disse...

Sun Lou Miou, isso é coisa que não faço, já é humilhação suficiente ficar ali de mão estendida, quanto mais andar a tentar acertar no sítio onde o troco é largado! Beijos!

Eu Mesma!, “despassarada” também é um termo giro, digno efectivamente de um poste! E se eu fosse um cão desses, este blog seria chamado de “Lulu Perfumado”. Acho que não seria muito bonito de se ver, ainda mais porque os temas deveriam andar sempre pela escolha do verniz, marcas de roupa, etc. Beijo!

KA, é fácil? Ensina-me, Mestre do descartamento nhó-nhózal, pois eu de vez em quando apanho com cada um que são piores que pisar uma pastilha elástica! Beijo! E o dia corre-me sempre, obrigado. ;)

Parisiense, é uma expressão utilizada por mim mesmo, mas que está livre de direitos de autor (ainda mais porque não fui eu a inventá-la). Quanto à tua questão, a resposta é óbvia: rafeiros! Beijos!

Rafeiro Perfumado disse...

Cláudia, enquanto não criarem um nhó-nhózão, tem de ser no contentor de lixo orgânico!

Andreia do Flautim, vês como é útil a listinha? Aposto que os nhó-nhós não têm coisas dessas! ;)

Inês, vê lá se queres levar com algo pesado e ferrugento! Beijo!

Zé do Cão, se fosses efectivamente um nhó-nhó, sempre que jogasses na Lotaria guardarias o talão dentro duma gaveta, fechada à chave e dentro duma protecção de plástico. Espero não ter visto ninguém a corar... Grande abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

Rocket, onde estavas tu para fulminares o raio da velha? “Renhónhó” também é giro, sem dúvida! Abraço!

Salto-Alto, sabes que aqui tens carta branca para desabafar essas coisas que te passam pela cabeça, ainda mais se as mesmas envolverem artigos em látex! Beijocas!

MJF, deve ser por isso que os psiquiatras são uma classe onde a crise monetária não chega! Beijocas!

Joaninha, há várias expressões para designar os nhó-nhós, como por exemplo “és um pilinhas”, mas esta é sem dúvida a minha preferida! Beijocas! E são giras, as cadelinhas? ;)

Rafeiro Perfumado disse...

Carla, o novo acordo certamente que não impedirá o aparecimento de novas palavras, mas é um assunto que me angustia, pelo que fico por aqui. Quanto às vacinas anti-nhó-nhó, já existem, a mais vulgar chama-se “bastão de baseball”. Beijos!

Blue Velvet, qual renhónhócar-me, ela estava era completamente nhó-nhózada! E não te atrevas, aí é que se acabavam as hipóteses da adopção! ;) Beijo!

São, isso nem pode ser colocado a discussão, o eu ter ou não razão! :D Beijos!

Maga, conta lá então a tua visão, jove, contribuições para o conhecimento nhó-nhózal são sempre bem-vindas! Beijufas!

Rafeiro Perfumado disse...

Paula, excelente raciocínio, não tinha pensado por esse prisma. Talvez o mesmo seja oferecer-lhes uns sapatitos de cimento, se bem que os peixes não têm culpa de nada! Beijo!

Minhoca, alguns que eu pressinto que ainda haja uma réstia de humanidade lá dentro ainda os abano, mas raramente surte efeito. E depois ainda tenho de os ouvir porque lhes toquei! Beijo!

Olá!!, isso não me parece muito lisonjeiro para o teu jove, pá! E que queres tu, eu dependo dos transportes públicos, se não para ir trabalhar para arranjar inspiração para escrever estar nhó-nhózices! Beijo! Tu chamaste-me tarado?

Moi, não sou grande coisa em astronomia, mas quero crer que nessa altura o Sol já terá o aspecto do cérebro do Sócrates, negro e gelado. Quanto à tua alternativa de resposta, é francamente melhor que a minha! Beijo!

Rafeiro Perfumado disse...

PsYcHo MiNd, todos os dias também me parece exagerado, dá-lhes ao menos o FDS de intervalo, para os deixar recuperar um bocadinho. Claro que na segunda-feira levavam com dose dupla de pau... Abraço!

Nile Santos, e muitos deles ainda se queixam se os regamos! Beijos!

Liamaral, só pode ser essa a explicação, mas já tinha idade para saber que não é a rosnar e a mostrar os dentes que consegue modificar a situação. Beijinho!

Noiva Judia, pois a mim chateiam-me pelo oposto, por deixar o cabelo crescer bastante. Tenho lá culpa de só gostar de cortar o dito quando começo a tropeçar nele? Dá-me um ar radical e tudo, além de que tenho este hábito desde os 15 anos! Ups...

Rafeiro Perfumado disse...

Skynet, isso era fácil de resolver. Era sugerires usarem um phone cada um, assim em modo de partilha. Só a ideia de meter o teu cerume na orelha seria suficiente para a nhó-nhó saltar do comboio em andamento! Abraço!

Tretoso Mor, se não existissem nhó-nhós, como é que malta gira e inteligente como nós conseguiriam sobressair no meio da multidão? Abraço!

Peter of Pan, se havia nhó-nhós, acabaste de os espantar para parte incerta! Mas olha que é uma boa forma de aproveitamento, quase como a energia obtida através da biomassa! Abraço!

Mitsou, se é para desancar em subespécies, podes contar sempre comigo! Beijoca e obrigado!

Rafeiro Perfumado disse...

“Anónima”, qual crítica física, basta convidar-te para almoçar e amarrotar a toalha toda que te dá logo uma coisinha má! Beijo!

Turbolenta, ainda estás a tempo de dar dinheiro, se for muito até convido a minha avó para recriar a cena e tudo! Quanto às “massagens” nos transportes públicos, ficavas sem celulite e sem carteira! Beijo!

Riquelme, e mais vale um nhó-nhó a voar que dois na mão!

Rafeiro Perfumado disse...

Atlantys, conhecendo alguns dos teus gostos musicais (QUEEN FOREVER!), custa-me a acreditar que sejas uma nhó-nhó. Logo ainda não é desta que fico com sentimentos espancatórios por ti, se bem que se voltas a ir de férias antes de mim... Beijo!

Vita, quando a resposta não resulta, o passo seguinte é a cabeçada. Da próxima já sabes! Beijoooo!

AnA, concordo, nessa situação dá mesmo vontade de sair do carro e gritar-lhe “Não, agora vais atravessar a porcaria da passadeira! E é já!”. Beijo!

Laura disse...

Bem, os nhonhós ainda passa, mas a da velhota lixou-me..se fosse às escuras ainda se agarrava a ti, mas às claras, ó menino mal educado, afaste-se ehhh e que bela resposta, mas nem acredito que te aconteceu ehhhh inventas cada uma meu rapaiz!....ji.

Joaninha disse...

Hummm, rafeiro então podemos dizer que os Nhó-nhós são os vulgos "coninhas"?
Ou esse são outra especie?

As cadelinhas são liiindas de morrer, á minha volta só há gajas boas as bipedes e as quadrupedes...

Bxana disse...

Normalmente chamo-lhes "atrofiados", mas "nhó-nhós" é bem mais carinhoso, assumo...:)

Miaus!!!

Safira disse...

Para mim o pior nhó-nhó é o que se acha o máximo e nos olha com soberba...e depois a gente sopra-lhe ao de leve e ele grita por mamãe. Detesto nhó-nhós sem substância. Os outros, passam...mesmo as velhinhas chatas e os 'anónimos' e os que medem a distância entre o prato e os talheres. Taditos...
Mas há por aí muito chatinho, há...chiça. è por isso que eu acho que o estalo devia ser adoptado como linguagem corrente contra nhó-nhós.
Ex: 'Ah e tal, a música tá muito alta' PIMBA, toma lá um estalo!
'E agora, tá melhor?'
'Não, tá alta na mesma'
PIMBA, toma lá outro.
Se o cão do Pavlov aprendeu, o nhó-nhó eventualmente chegaria lá, e parava de nos chatear. A não ser, claro, que fosse um nhó-nhó masoquista. Aí, era mais chato e teríamos de o abater a tiro.

Em suma, e como se vê, gosto muito de nhó-nhós.
Beijocas

cris disse...

Rais parta que nunca mais sou a primeira... xxxxxxxxxxxxxxx.

Bem, aposto que a velha tinha.... tsharannnnnnnnnnnn: BIGODE! ahahahahahahahahah Rafa, tás cada vez melhor. Nhó nhó ! Esta expressão irrita-me como o caraças. Um dia a minha nina chegou a casa e agarrada ao meu braço só dizia o que aprendeu com amigos: - Nhó nhóooooooooooooooooooo. Argh!!!!!! Tive que ser tra vex autoritária e acabou-se! Olha se a belha se agarrasse ao teu braço e dissesse o mesmo: Nhó nhóoooooooooooooooooooo

ahahahahahahah não me batas, ok? Beijocas larocas e boa semana de TRA-Ba-LHO ahahahahahah

Teresa disse...

LOLOLOL ... ainda estou a limpar as lágrimas! Acho que encontraste uma nova categoria patológica - os nhó-nhós :)))). Para a próxima que me apareça um obsessivo-compulsivo, o que eu direi é "sabe o que você tem meu caro ? É um comportamento patológico, conhecido por nhónhózice que afecta alguns espécimes da sociedade moderna, o problema é que tende a agravar-se com a idade, portanto, olhe ... AMANHE-SE e tente não chatear muito os outros!”. Beijocas .. é sempre muito divertido visitar o teu cantinho

David disse...

como disse o presidente da Virgin "brave people live short lives, coward people don't live at all"

Catwoman disse...

Ehehehe!!!

Francisco Salgueiro disse...

Olá,

Cheguei até ao seu blog através de uma amiga comum: Teresa Paula Marques. Ela disse-me que o blog era muito divertido e que eu ia gostar muito. E acertou. Desde que vi a última fotografia do rabo da Jennifer Lopez em tamanho Monte Fuji horizontal que não me ria tanto.
Vou colocar um link ao seu blogue no meu. Apareça por lá, porque ando a relatar as minhas aventuras na publicação do meu próximo livro: www.franciscosalgueiro.blogspot.com

Abraço,
FranciscoSalgueiro

Nuno disse...

Olá! Adorei o post. Ainda bem que eu não sou nenhum desses, mas conheço pessoas dessas, paranóicas com as limpezas e que para se comer um iogurte era preciso uma grande bandeja, com medo que sujasse o chão...lol. Existem pessoas malucas para tudo! um abraço e uma boa semana!

piggy disse...

Fizeste corar uma velhota...
Parece mentira!

Tu esqueces-te que vais a caminho da nhónhózice, é o que é ...

E "reclamão" como andas deves dar um nhónhó jeitoso, deves.

bj

Bejanas disse...

muito bem! é mesmo assim para a velha aprender a nao ser nhó-nhó

AP disse...

Epá então e aqueles que não fazem nenhum no trabalho, só armarem-se em coitadinhos, enquanto dão graça ao chefe, e plas costas vão lixando com F grande todos os colegas????? "Ah e tal ninguém gosta de mim... Pois isso não sei fazer..." Fónix!!!!!!!!!

Paulo Tomás Neves disse...

Morra o nhó-nhó, morra! Pim!
:-)
(ainda assim, toma cuidado nos buses, em algumas linhas convém viajar encostado à parede, por causa das coisas :-P

A Grafonola disse...

Ti Rafeiro???? Ti Nhónhó,é o que é?? nhónhó!! bem, vou para o canto nhónhózar...remeto-me à minha nhónhózice...

Sunshine disse...

Olá Rafeiro !!!

Depois de tanto ler sobre os nhó-nhós qq coisa é pura repetição ... e eu que tropeço em nhó-nhós todos os dias. (nem imaginas o que me passa pela cabeça ... ai se eu pudesse dizer o que penso a esses nhó.nhósssss)

Ando em falta ctg desde o "cheirinho" ... é do cansaço, mais um dia e ESTOU DE FÉRIAS ... depois venho ler-te com a devida atenção.

Bjkoas e festinhas ;)

NARNIA disse...

Eu para além dos
nhós-nhós também "embirro" com os panhonhas, tal como tu fico com uma vontade de chibatadas :))

joana disse...

A velhota não teve foi coragem para dizer"desculpe pode encostar se mais um bocadinho,não ha problema nenhum":)
Resto de boa semana
Beijinhos

Atever disse...

São aqueles que por estarem na casa dos cinquenta acham que "isto" já não é para eles. Por "isto" entenda-se o estado evolutivo a que a sociedade chegou, porque se o homem descende do macaco, o nhó-nhó ainda é primo direito.
Abraço.

Ninja! disse...

Sem querer de maneira alguma desprestigiar, mas parece que me leste a mente e muito eloquentemente a passaste para "papel", em muitas circunstâncias descritas. O troco, por exemplo. Eu se tenho que lá voltar por motivos de força maior, tenho uma técnica, que consiste em amarrotar bem a nota, ou pagar em trocos e espalha-los no balcão "sem querer". Gostei muito do post, senti-me apoiado. =P =)

tulipa disse...

OLÁ AMIGO

Dos nhó-nhós eu quero distância.

Ando tensa
grito
fujo de mim
de todos;
ignoro o mundo
fecho os olhos
tento dormir
esquecer...

Convido-te para umas férias na Isla Canela, queres vir?

Beijinhos

cosmic girl disse...

hahaha boa resposta... e conseguiste evitar termos como "velhota", "dasse", "carago"...
uma resposta digna de um verdadeiro "cãovalheiro"

Laura disse...

tás a ver? já te convidaram a passar férias lá nems ei onde! olha a sorte que nãos eja como a de uma amiga minha do Brásiu que está aqui a trabalhar e convidou um senhor de Viana e...ele foi todo pimpão e...fez as férias à custa dela sem desembolsa rum tostão..boa o nosos pessoau de cá! e ainda teve lata de dizer que ela é que o convidou...Assim quem vai ao mar previne-se em terra e pergunta se tens direito a osso, coxa de galinha, penas no edredon e por ai fora... claro, não vá o diabo tecê-las...sem desprimor para quem convidou, só estou a dar um conselho ehhhhhh...
Beijinho nino rafeirito.

JPT disse...

nhó-nhós (porra que é difícil escrever isto à primeira) há muitos sim senhor, mas olha que nem são os que mais me irritam. prefiro um nhó-nhó a colocar-me o dinheiro na bancada do café que um imbecil que faz trocos e mexe em dinheiro antes de ajeitar a montra de bolos sem lavar as mãos. (hum... serei eu nhó-nhó?).

repara que os nhó-nhós dáo equilíbrio á coisa. Se não os houvesse, não poderia haver comparações com os não nhó-nhós, certo? é qq coisa como a teoria do anti-heroi.
O café está a arrefecer. até já.

Silvia F. disse...

Aos nhó-nhós, chamo-os de nhènhes... alguns são tão nhenhentos mas tão nhenhentos...quando começam as nenhices, que nhervos!! Nhosga-se!

Mas não é de todo a especie da variente humana que mais me irrita!

Nheijos :))

expressodalinha disse...

Defendes, portanto, o transporte individual. Acho muito bem que esta coisa dos transportes públicos é uma pouca vergonha.
TERTÚLIA VIRTUAL A 15 DE AGOSTO.
NOVO SISTEMA DE REGISTO NO BLOGUE. É desta?

Rafeiro Perfumado disse...

Laura, tens-me em demasiada boa conta, acredita que quando me chateiam a ironia pode ser ajustada a um nível desagradável. Beijo!

Joaninha, podemos perfeitamente, se bem que eu uso outra expressão, os “pilinhas”. Bem vistas as coisas, a tua expressão e a minha complementam-se na perfeição! Beijo!

Bxana, “atrofiado” é coisa para terem de passar mais meia hora com o conselheiro espiritual, já “nhó-nhó” quase que chega a ser fofo. RAUF!

Safira, desconhecia que o cão de Pavlov tinha aprendido à conta de chapada. Em todo o caso, a intensidade da chapada teria de ser ajustada ao grau de nhó-nhózice, variando entre o simples estalo até à manápula puxada atrás e com balanço de 8 metros. Voltando ao pavlov, achas que ele gostava de Hot Pause? Beijo!

Rafeiro Perfumado disse...

Cris, bigode não me lembro, mas tinha um daqueles carrapitos que dá vontade de pegar e desmanchar todo, só para criar algum caos naquela ordem! Ater-te? Nunca, mas não perdes pela demora, reza para que não haja net no sítio para onde eu vou de férias! Beijo!

Teresa, quando assim for, por favor grava a expressão do nhó-nhó, garanto que ficarias rica só por exibi-la no Youtube! Grande beijoca! Ah, e obrigado por andares a recomendar o meu blog! ;)

David, claro que para pertencer à categoria “brave people” ajuda ser milionário!

Catwoman, também apanhaste essa velhota? ;)

Rafeiro Perfumado disse...

Francisco Salgueiro, obrigado pela visita e pelo elogio, se bem que comparar o meu blog ao traseiro da Jennifer Lopez... Vou retribuir a linkadela e a visita, mas ficas desde já avisado que aqui o “você” é uma espécie extinta! Abraço!

Nuno, e o pessoal que forra os sofás com plástico, para não se sujarem? Ena tanta gente a ficar vermelha... :D Abraço!

Piggy, por acaso durante muito tempo tive uma pontinha de remorso, mas como os bombeiros a conseguiram reanimar passou. ;) Beijo!

Bejanas, naquela idade só há uma cura para a nhó-nhózice, e não me parece que ela a queira experimentar!

Rafeiro Perfumado disse...

AP, esses são os falsos nhó-nhós, que parecem não fazer mal a uma mosca mas depois pela calada é só facadas! Abraço!

Paulo Tomás Neves, em algumas linhas convém viajar colado ao tecto, por causa das coisas e loisas! Abraço!

A Grafonola, caladinha, ó alisadora de toalhas! Shame on you, shame on you!

Sunshine, se for metade do que eu imagino, já te coloca na categoria dos tarados! E não andas nada em falta, isto (ainda) não é uma obrigação, pelo menos até eu conseguir um cargo qualquer no Ministério Blogueiro! ;) Beijocas!

Rafeiro Perfumado disse...

Narnia, ficas com vontade de chibatadas? Ó minha cara amiga, chega-te cá que trata-se já disso! ;) Beijo!

Joana, aí a resposta teria de ser “vai-me desculpar, mas a minha relação com avós é monogâmica!” Beijo!

Atever, infelizmente não é assim. Há muitas pessoas acima dessa idade que continuam jovens de espírito, da mesma forma que há por aí muito jove que são nhó-nhós precoces! Quanto à descendência, totalmente de acordo! Abraço!

Ninja!, não é nada de desprestigiante ter-te lido a mente, mas olha que a tua colega ruivaça é bem mais gira do que aquela que usa o fio dental. Quanto ao espalhar o troco, já pensaste em levá-lo em moedas de 1 e 2 cêntimos? Abraço!

Tulipa, Isla Canela? Essa ilha deve ser lixada quando se levanta o vento, eu já por várias vezes me vou engasgando ao comer arroz doce! Beijinhos!

Rafeiro Perfumado disse...

Cosmic Girl, talvez, se bem que um cãovalheiro a sério tinha-lhe era dado uma dentada na nádega para deixar de ser parva...

Laura, acho que neste caso não há perigo, a não ser duma valente alergia! Beijoca!


JPT, no teu caso não te atribuiria nhó-nhózice, mas sim regras básicas de higiene. Quanto à existência dos contrários, isso iria conduzir-nos para discussões que terminariam com referências pouco abonatórias a quem não é do SLB. Abraço!

Sílvia F., nhé-nhé? Que raio de expressão é essa, jove? Queres comparar o estilo de dizer “nhó-nhó” a dizer “nhé-nhé”? Até se enrola na boca, pá... Bnhóijos! ;)

Expresso da Linha, nunca, defendo sempre o transporte colectivo, de preferência livre de nhó-nhós! E não será desta, caro Expresso da Linha, sabes que esta mania que eu tenho de postar à quarta-feira limita um bocado. Mas talvez haja outra forma... Abraço!

espirra canivetes disse...

Concordo plenamente!
O mundo está povoado de "nhós nhós" como tu dizes com todas essas características nhonhozentas... que reconheço naqueles a quem apelido de "có nós".
Os "cónós" são a espécie equivalente aos "nhós nhós"´só desconhecia a tua expressão. Fazem-me arrepiar os cabelos da nuca de nervos e apetece-me abaná-los até lhes fazer saltar a dentadura...

Aaaatchiiim

Rosario Andrade disse...

Ola Rafeiro!
NHO-NHÓS! Não lhes sabia o nome mas encontro vários todos os dias!... nheda-se! é de perder a paciencia... não sabia era que eram eles que reenviam a merda daqueles emails com ameaças se a gente não reenviar a cena. Eu nem sequer abro essas merdas... vai tudo para o lixo... devo ter mais de mil sentenças eminentes!...

Beijicos

Rita disse...

Nem sei como é que há tanto nhó-nhó, será que eles nascem por geração espontanea (sexo não praticam com certeza) ou será um ser mutante que nasce normal e muta ou serão extraterrestes que ocuparam uma carcaça humana??? Penso que a National Geographic está a preparar um documentário "Nhó-nho, esse ser enigmático"...
Festas

Tretoso Mor disse...

Rafeiro Mor,

Com as respostas este inquérito, agora não tenho dúvidas em começar a incentivar a malta a ser nhó-nhós!....

yesssssss

Abraço

Sandra disse...

:))

eiiiiii psiuuuuuuuuu num tás a fikar nhónhinhas nim nada?? mas debe ser normal, tás cada veix mais kota :)))))))))

Onte antes donte apanhei um nhónhó na bertrand, pffffff pó gajo, perguntei:

- boa tarde :) já têm o livro do Gonçalo Amaral??
-hã??!! não não, já tivemos...
- e vão boltar a ter??
- ahhh não sei, sabe q esse tipo de leitura n é o nosso género...
- okis, xau ataum.

axas q o nhónhó fikou neste estado por ter entrado em transe c o meu decote??

ihihihihihi

besuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuus pa tu de moi meme

GK disse...

Conhecço alguns desses... Conheço até muito bem... Ou bem demais... :(

Sunshine disse...

Ai Ai Ai Sr. Rafeiro !!!

Rafeiro que se preze, e ainda por cima perfumado, dá umas lambidelas, hehehehe (brincadeirinha)...

Pronto, vá lá, um beijinho apenas ...

Bongop disse...

Eu sou um verdadeiro renhó-nhó-nhó!
heheheheh

rouxinol de Bernardim disse...

Ele há tantos por aí... sei lá... alguns políticos até!...

paulofski disse...

"nhó-nhó"!!! (dito por mim com uma expressão sarcástica e de nariz torcido) "nhó-nhó"!!!... azeiteiros é o que são!

Snoopy disse...

Passei pa dizer q curti o blog! ta muito fixe! Ya, os nhó-nhós são uma raça q jasus!! aconselho as vitimas desse virus "nhó-nhózice" q deve ser a unica vacina q eles se eskecem de tomar, a verem a pub da frize, "akela do Ri-te murcão, ri-te n sei quê...etc etc"

Snoopy disse...

hei!! fui o Rauf 100!! impacááábél!!!

Marisa disse...

Ja me cruzei com alguns nhó-nhós! Só dá vontade de lhes dar uns valentes abanões para ver se acordam.

Diabba disse...

Mau, queres chegar-te para lá?? Estás a amarrotar-me o pêlo todo! E já agora... convinha que mantivesses as mãozinhas nos bolsos... NOS TEUS BOLSOS!!

grunfff

beijo enxofrado

Gata Verde disse...

Esticar a dobra do lençol quando me deito faz de mim uma nhó-nhó??
Se sim, por favor avisa-me!!!

Rafeiro Perfumado disse...

Espirra Canivetes, só um conselho: quando os abanares até saltar a dentadura, é conveniente que estejas atrás deles. RAUF!

Rosário Andrade, pelas minhas contas, vou ter azar ao amor nas próximas 28 reencarnações. Acho que até deviam colocar ameaças para pessoas como eu “se apagar isto em 3 segundos, vai ter 87 anos de azar; se apagar em 2 minutos, vai pisar bosta de vaca”... Beijos!

Rita, até tenho pena do repórter que estiver encarregado de fazer a pesquisa. Coitado, dificilmente conseguirá voltar a ser normal, isso se não se tornar ele próprio um nhó-nhó! Beijos!

Tretoso Mor, incentivar?!? Mas queres apanhar ou quê? Eles não precisam de incentivos, crescem em número todos os dias! Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

Sandra, só tendo fotografias do tal decote é que posso emitir uma opinião válida e segura, tudo o que diga sem essas provas é pura especulação! Beijos!

GK, acho bem que conheças, se calhar querias que andassem todos à minha volta, não?

Sunshine, sou muito selectivo relativamente aos locais onde meto a minha língua. Chiça, isto não soa nada bem... ;) Beijoca!

Bongop, imagino os cuidadinhos que tens com os teus livros, podes ser considerado um nhó-nhó da BD! E nada de puxar as moedas para a conversa! Abraço!

Rouxinol de Bernardim, alguns políticos?!? Todos!

Rafeiro Perfumado disse...

Paulofski, diz lá que também não gostas de dizer “nhó-nhó”, é uma sensação engraçada sentir a língua a tocar nos dentes excepto os da frente! Abraço!

Snoopy, a publicidade da Frize é destinada exactamente ao público que não quer ser nhó-nhó, ou então aos nhó-nhós que ainda acalentam esperança de serem normais! Um grande RAUF para ti!

Marisa, experimenta um daqueles bastões de dar choques, além de ser mais eficaz é bem mais divertido!

Diabba, e eu a pensar que a velhota enrugada e caquéctica tinha bengala, afinal era um tridente! Beijo e desculpa lá o encosto, escusavas era de me tentares meter as algemas!

Gata Verde, eu não queria lavar roupa suja aqui, mas sim, nisso és uma grande nhó-nhó, especialmente quando me obrigas a levantar porque a secção D6 do lençol tem uma ruga com 0,37 milímetros de altura!

Sunshine disse...

""Chiça, isto não soa nada bem... ;)""

Não soa não!!! (e nem imaginas a gargalhada que me fizeste dar)

Boa Noite ;))

Sérgio Pontes disse...

Bela resposta!

Abraço

ps: diz-me só uma coisa, fazem corridas para postarem aqui? lol

Salto-Alto disse...

Bem, uma vez que vou de viagem, só vim aqui deixar um grande voto de BOAS FÉRIAS!!!

Rafeiro, espero contar com muitas gargalhadas quando regressar e puder ler todos os teus textos!

Beijão!!

caditonuno disse...

"Arrisquem, nhó-nhós, vivam!"

agora fizeste-me lembrar aquele anúncio da frize.

em relação aos nhó-nhós, eu aqui em cima chamo cromos ou cocós. nada mais simples.

Dragão Azul disse...

Grande resposta que desta a essa nhó-nhó.

Bom fim de semana.

Animal Candy Sugar disse...

fica algures na parte de trás da China :o

Laura disse...

Eu não te tenho em boa conta; sei o que posso contar da tua parte ehhhh...se te pisarem os calos acho bem que te defendas, ora essa! Eu também o faço, mas por vezes remoo remoo e depois trato da coisa, se for em local onde a pessoa esteja sempre... mas nunca me aconteceu apalparem-me, pelo menos aquimas na áfrica do sul sim...no rabo ehhh numa grande casa de modas o Edgars..a gente era tanta tão apertada a sair e pimba... mas refilei em inglês asneiras pois... e o safado a fazer-se de desentendido...mas ouviu...
Beijinho.

Animal Candy Sugar disse...

posso sempre não te pagar nada e tu ficas caladinho (a)

pois, mas eu num sou como a minha mãe, e neste caso sou eu que estou farta dele, não o contrário.

obrigada, beijinho *

Eduarda disse...

ADOREI ... preciso mesmo dizer que não suporto essa raça??

Nem queria acreditar quando pensei, deixa-me la ir espreitar o rafeiro a ver se ja tem nova publicação!! ando a dormir ou que??? ja tens e ja esta mais que comentado!! vou por.me aqui em sentinela a espera de voltar a ser a 1º a comentar, como se isso fosse um nobel qualquer :)

festinhas rafeiro

Rafeiro Perfumado disse...

Sunshine, sabes que por vezes só quando a frase está escrita é que a leio a sério, logo de vez em quando surgem coisas como esta! Beijo!

Sérgio Pontes, acho que sim, qualquer dia ainda tenho de chamar a GNR, é que os vizinhos já se começaram a queixar. Abraço!

Salto-alto, gargalhadas não sei, mas que podes contar com um texto semanal durante os próximos meses, prometo. Beijoca e boas férias!

Caditonuno, “cromos” é um grupo mais vasto, que engloba os nhó-nhós. E aqui em “baixo” também existem aos pontapés, chato é que ninguém os quer trocar! Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

Dragão Azul, há momentos de inspiração, e a alternativa seria dar-lhe uma cabeçada, o que poderia motivar demasiado pó dentro dum espaço fechado. Abraço!

Animal Candy Sugar, de que lado da Grande Muralha? Quanto ao não me pagares e esperares que eu fique calado, só te digo que é uma estratégia muito arriscada!

Laura, nesses casos de apalpões não sei se protestar verbalmente será o mais indicado, é que o gostinho já ninguém tira ao animal. Assim, nada como dar-lhe uma outra recordação, de preferência nas duas faces. Beijinho!

Eduarda, mas então ainda não marcaste na tua agenda que os textos por aqui são sempre à quarta-feira, às 00:01? Podes ficar aí de sentinela mas nada de te meteres com o carteiro, esse é meu! Beijocas!

Stuckinha disse...

Bem ele há com cada nhónhó por aí, que me fazem subir ondas esbofeteantes pelos poros acima que não sei como me contenho. A história da mão esticada ainda hoje se passou comigo e ainda não refeita da situação, pronto lá vens tu tocar na ferida, isso não vale :( Mas depois de tanto rir lendo o teu conceito desta espeíe que por infortunio do destino não se encontra em extinção, já me sinto melhor.

Beijokas

irneh disse...

Olá

Os nho nhós!! Só mesmo tu! Isso é que é imaginação, não por não haver nho nhós, mas por te lembrares de escrever sobre eles!!
Também os detesto e aquela de porem o dinheirito ao lado da minha mão esticada também já me aconteceu. E nunca compreendi porque agem assim aquelas mentes brilhantes!
Beijinhos

eu mesma! disse...

para quando um post sobre os grunhos??

bom fim de semana!

Eduarda disse...

ahhhh tinha isso apontado em qualquer lado ... :)

Gabriela disse...

K espécie triste! K desperdício de vidas! Fuf!
Festinha na orelhinha!

Sol disse...

Bom fim-de-semana e sem nho-nhós!!

miriamdo mar disse...

Este rafeiro, é mesmo estudioso e minucioso! Confesso-me sempre surpreendida, com os teus posts!
Então agora deu-te, para o estudo da Nhonhozisse?
ehehehhe:)) O que eu me ri com a resposta que deste á srª !
Para ela corar é porque tinha algum desejo oculto, lá no alter-ego!
Deve ser horrivel, ser nhó.nhó!
Xiiiii !
Bjs e bom fim de semana

dri disse...

Ai rafeiro,se isso é um nhó-nhó quero já um para mim.
Lindo,sedoso,com umas ternas preguinhas que nos puxam a mão à carícia e solitário,está bem de ver que a minha cobiça está sentada na... pontinha dos pés.
Au!Auuu!

a casa da mariquinhas disse...

Nhó-nhós??? Bela alcunha.
Não conhecia, o nome, claro, mas nhó-nhós é o pão nosso de cada dia!
Atacam por todos os lados e de todas as formas.
Descreves aqui vários tipos, cada qual com sua característica.
Alguns levam-me a pensar se não serão assim, como os descreves) só na aparência...
A velhota, coitadita...o que quereria, de verdade???
Más línguas! Mentes sujas!!!
Fica bem, com os teus nhó-nhós...
Beijocas
Mariazita

carla granja disse...

nossa! só mesmo tu para ires buscar estes assuntos :) ainda bem que nao sofro desse problema ,pois so de ler que existe pessoas assim
me dá um arrepio na espinha :)
te desejo um bom final de semana
e cá te espero ..não sei porque,mas espero lol lol :)
bjo
carla granja

jasmimdomeuquintal disse...

pronto, já tinha saudades. Voltei, e tmabém encontrei alguns nhos nhós. Ah! as crianças tb me hã-de achar nhoó-nho, sobretudo quando só os deio beber um copo de coca-cola 2 vezes por semana. MAs que fazer...

Ácido Cloridrix HCL disse...

Putzzzz amigo rafeiro,,, há mesmo cada nhó-nhó por aí que até enjoa,,,, ao contrario dos "gambuzinios" que passam despercebidos mesmo em hora de pnta no metro do Rossio!!!
Agradeço-te que me lembres da sua existencia, se é que a vida deles poderá ter algo de existencial, pois andava um "bocado" distraido e apático ao ponto de me ter esquecido que realmente existem,,, mas não deviam,,, ou antes deveriam ser transformados em gambuzinios,,,, não achas???
Um abraço ácido,,,, HCL

Sorrisos em Alta disse...

LOL

Apanhado em flagrante, hein?
A aproveitares a confusão para te roçares na nhó-nhó...
;o)

Mais a sério. Concordo a 100%. Essa gente é uma praga. Num ápice lembro-me de uns quantos assim, com tiques desses

Abraço

mariam disse...

rsrsrs
que "giro" uma amiga costuma dizer "tó nhó" rsrsrs, mas é a mesmíssima coisa...
ele há por aí "carradas" deles e delas.... só mesmo à vassourada!

bom fim-de-semana
deixo-lhe um pedacito do "meu" mar...

um sorriso :)

A Lei da Rolha disse...

Como sempre em grande!
Considero esses "nhós" como os detergentes que são soluveis com a água, não achas?
abraço
obs:peço descupa pela minha ausência nos ultimos tempos...

Ácido Cloridrix HCL disse...

Convidamos-te a participar em mais um desafio sobre Sexo.
Desafio: Faça a sua “Bucket List” sobre Sexo. Liste as 5 coisas ou fantasias sexuais que gostaria de fazer, no que respeita a sexo, nesta vida, antes de morrer. Para quem pretenda aceitar o “desafio”, sugerimos se concentre sobre a questão e responda antes de ler os comentários dos outros intervenientes. Gratos antecipadamente pela participação,,,, HCL e H2Oh!
Link: http://sexohumorprazer.blogspot.com/2008/08/faa-sua-bucket-list-sobre-sexo.html

f_h disse...

Por momentos não estava a perceber o que raio era um "nhónhó". Depois de ler, lembrei-me de todas as vezes que quis triturar um "nhónhó" em pedaços e mandá-los pela sanita abaixo.

C Valente disse...

Bom fim de semana com saudações amigas

conchita disse...

LOL!!!! Nhó-nhós, gostei do nome!!, e "sentimentos espancatórios", o máximo!!, como quase sempre concordo contigo e se precisares da minha ajuda para o espancamento, é só chamar, é que eu ando com uma vontade de descarregar em alguém, e então se forem nhó-nhós, melhor!!!!
Um bom fim de semana :)

fotógrafa disse...

Passando para desejar bfds!
se estieres de férias, aproveitaas bem, porque passam depressa...
abraço

mundo azul disse...

Não conhecia esse termo...Achei bem engraçado... Conheço algumas pessoas que poderiam se enquadrar na sua definição!!!
Gosto de vir aqui... Você é muito bem humorado!

Beijos de luz e um domingo feliz!!!

handsoftime disse...

Moiiiii?? nhó-nhó???? lol claro que nãooooo! Adorei a resposta à senhora no autocarro!Parti-me a rir!

Filipa Sousa disse...

Longe com os nhó-nhós lol.

Bjinhos Rafeiro.

ψ Psimento ψ disse...

LOool :p Pois de nho nhós está o mudo cheio! E o pior é que encontramos pelo menos um todos os dias. Lá estão ao virar da esquina o no meu caso a nível proficional, do outro lado da linha telefónica. Resta-nos tentar viver em pás e harmonia com esta espécie tão estranha lol. Um abraço

Laura disse...

snif, snif, snif...o mê rapaiz já se foi pa longe!... Mandou mensagem a dizer que já estava em terra e que ia apanhar o comboio..Bem, tem de ser, assim é a vida já que aqui anda tudo á procura de emprego e trabalha naquilo que nem gosta, enfim...

És tu que reclamas com a tua (tua) gatinha por causa da dobra do lençol? ai, ai, ai... ehhhhhhh...
Beijinho.

D.Antónia Ferreirinha disse...

NHÓ-NHÓS é o que de facto há mais.
Ó pá, já há muito tinha vontade de comentar mas estive impossibilitada.
Eu acho que não sou nhó nhó. A mim podes-me tocar só com o dedito, rsrsrs.
Beijoca em ti.

Miki disse...

Olá! Bom domingo, mesmo com este rico calor…
Se quiseres refrescar-te um pouco, passa pelo meu cantinho e refresca-te com o que por lá está postado…
Kisu

Capriccio disse...

Passam por mim tantos nhós-nhós, e fico aflita. - Será que sou uma nhó-nhó?
Não me des porrada!
Uma festinha na cabeça perfumada :)
Lindo!

Rafeiro Perfumado disse...

Stuckinha, se toquei na ferida garanto que tinha luvas e esterilizadas! E da próxima já sabes, bolinha com o dinheiro e tungas, na narina esquerda! Beijos!

Irneh, até é bom nós não percebermos, só demonstra o quanto a nossa maneira de ser é diferente da nhonhozal! Beijinhos!

Eu Mesma!, já fiz tantos sobre os grunhos, chamo-lhes é outras coisas! ;) Beijo!

Eduarda, tá ali ao lado! Tenho eu um trabalhão a manter aquilo actualizado e só me ignoram! ;)

Rafeiro Perfumado disse...

Gabriela, também acho, aliás os nhó-nhós até ficariam contentes se não vivessem tanto, pois cada dia deve ser uma tortura... Beijo!

Sol, obrigado, e posso dizer-te que o objectivo foi alcançado!

Miriam do Mar, claro que tinha um desejo oculto, e esse desejo era um autocarro só para ela. Lixou-se... Beijos!

Dri, se te estás a referir ao bicho da imagem, tens de concordar que tem um ar muito nhó-nhó! RAUF!

Rafeiro Perfumado disse...

A Casa da Mariquinhas, pois se são assim em tudo, não sei, mas no que toca ao relacionamento com a sociedade, é um facto que muitos têm comportamentos absolutamente nhó-nhós! Beijocas!

Carla Granja, não sabes porquê?!? E eu a pensar que era por causa das minhas críticas altamente construtivas! Beijo!

Jasmim do Meu Quintal, duas vezes já me parece demasiado. Aguinha, porque eu conheço uma pessoa que bebia muita coca-cola e agora tem uma doença nos ossos! ;)

Ácido Cloridrix HCL, se os nhó-nhós fossem transformados em gambozinos, então teria mesmo de haver uma época de caça aos mesmos! Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

Sorrisos em Alta, só se eu estivesse com uma grande comichão, que a nhó-nhó tinha cá um aspecto de fazer inveja a muita blindagem de tanque de guerra! Abraço!

Mariam, são pequenas variações, mas o sentido está lá todo, uns tristes que não sabem aproveitar a vida. Beijo!

A Lei da Rolha, se assim fosse, uma chuvinha a tínhamos o problema resolvido! Ou então uma valente mangueirada! Abraço!

Ácido Cloridrix HCL, lá irei! Um abraço! 5 fantasias, só?

Rafeiro Perfumado disse...

F_h, nem penses nisso, porque já devias saber que quando se mete lixo pela sanita abaixo há sempre o perigo de entupir e voltar!

C Valente, grande abraço!

Conchita, pois fica descansada, que da próxima vez que quiser organizar um bando com sentimentos espancatórios, serás convidada! Beijo!

Fotógrafa, obrigado. Quanto às férias, só daqui a 41 dias! Beijo!

Rafeiro Perfumado disse...

Mundo Azul, o não conheceres é muito bom sinal, de que ainda tiveste pouco contacto com essa espécie visceral! Beijos!

Hands of Time, e eu a pensar que iriam cair-me em cima, afinal acharam que fiz bem. Mas não tenho coragem de dizer a resposta que dei a outra, há menos tempo!

Filipa Sousa, até é caso para dizer, Vade Retro Nhó-Nhó! Beijinhos!

Psimento, pelo que eu li no teu blog, tu levas com cada um que até te deves benzer quando desligas. Gabo-te a paciência, jove! Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

Laura, o teu rapaz está a fazer pela vida, tens de ficar contente, mesmo que as saudades apertem. E não defendas a gata, porque já estou eu quase a dormir e vou cama fora só para ela poder arranjar um vinco! Beijo!

D. Antónia Ferreirinha, eu tenho a certeza que não és uma nhó-nhó! E nem vou precisar de fazer o teste do dedito! Beijoca!

Miki, agora já está mais fresquinho, mas mesmo assim irei lá espreitas! Beiju!

Capriccio, isso só a tua consciência poderá explicar. Mas se cais em algum dos comportamentos que referi, há boas hipóteses! Beijo!

julie disse...

Bem... acho que não sou nhó-nhó, mas já me chamaram de tónhó , por ser um tanto teimosa!!

Sobre os exemplos que dás dessa espécie, devo dizer que há uma doença qualquer em que as pessoas evitam o contacto físico com outras pessoas com medo de apanhar doenças, bactérias e afins.

bjs
julie

aorta disse...

ah ah ah ah

Eu conheço um "nhó nhó"... só não sabia o que lhe chamar. Agora já sei.

Beijocas.

Canephora disse...

Uau, gostei desta apreciação a esses seres estranhos que parece que caiem do mesmo sitío que aquela coisa peganhenta que teima em acertar no casaco novo ali na praça dos pombos.
E realmente é irritante essa cena do troco... dá vontade de perguntar se o empregado é cego.

Boa Raffy... gosto mesmo destas dissertações.

Dualidades disse...

Pior que um nhó-nhós, só mesmo os nhó-nhós da terceira idade! :o)

bjecas disse...

O que tu inventas para te roçares em velhas no autocarro...
Que virá a seguir? Apalpance em trintonas trolarós no metro?

Abraço pá

\m/

Queruby disse...

Passei para te deixar um beijoca

Rafeiro Perfumado disse...

Julie, nunca confundir teimosia com nhó-nhózice, por esse caminho eu era um super-nhó-nhó! Quanto à tal doença, e por puro recato linguístico, vou abster-me de dar sugestões para o nome da mesma. Beijo!

Aorta, vê lá se o dito não leu isto (pouco provável, uma vez que por aqui só anda malta cool) e não reage violentamente! Beijocas!

Canephora, no casaco novo? Estás cheio de sorte, a mim costuma ser na moleirinha, mesmo. Raffy? Um dia ainda vou fazer um inventário da quantidade de nomes que me chamam, asneiras excluídas! Abraço!

Dualidades, mas esses, coitados, já têm dificuldade em suster os fluidos, quanto mais as atitudes! Abraço!

Bjecas, olha que isto passou-se no autocarro da tua terra, logo não digas “neste nhó-nhó não me roçarei”! Abraço, pá!

Queruby, pois é sempre bem recebida! Beijoca para ti também!

D.Antónia Ferreirinha disse...

Rafeiro, enviei um mail. Faz-me o favor de ires ver e dizer alguma coisa.
Beijinho.

Laura disse...

Ná, ná, a gata quer mas é que lhe dês lambidelas e tu é que pensas que é prárranjar o lençol..nada disso, aprende ó homi...
Eu sei que ele está a afzer pela vida e tou orgulhosa dele e muito... e qualquer dia lá vou conhecer mais uma terra nova...beijinhos.

a casa da mariquinhas disse...

Esta minha visita de hoje destina-se a fazer um convite:

A partir do dia 5 de Agosto tenho o prazer de colaborar com o
SEMPRE JOVENS
Espero e agradeço, desde já, a vossa visita e comentário.

Voltarei tão breve quanto possível.

Beijinhos

Mariazita

Kok disse...

Podem ser considerados como uma espécie de fungos, pois só existem se existirem outros seres em quem se apoiam?
E não é possível exterminá-los?
Akele abraço, pah!

Pássaros Perdidos disse...

Rafeiro P.: a nho-nhozice está entranhada em todos nós e por trás dela está uma das maiores forças que regem as nossas vidas: os hábitos.

Por isso, de uma forma ou de outra, todos somos nhó-nhós e se olhares bem, vês que toda a gente é nhó-nhó aos olhos de alguém. Um tipo de nhó-nhózice, por exemplo, é o medo de o ser.

Iveta disse...

sentimentos espancatórios?!?!
Oh! Rafeiro tu tem cuidado, olha que ainda te metem num canil cheio de nhó-nhós!
Quanto à Senhora Dona Nhó-nhó a culpa é toda tua... é que sendo uma velha cliente deste blog, leu o teu post sobre andar de táxi e assustou-se! (não fosse estragar o penteado)
Rauf! Rauf! beijinho, beijinho!

KNOPPIX disse...

Coitada da velhota, se calhar ela queria era ser tocada, aos anos que ela não sabia o que era ser tocada por um home todo jeitoso e perfumado como tu looooooooool

Um abraço e boa semana

KNOPPIX disse...

P.S.: Não sejas mau para os nhós-nhós, temos um que é 1º Ministro...

a casa da mariquinhas disse...

Caro Rafeiro

Agradeço muito teu comentário no
SEMPRE JOVENS
embora, em boa verdade, o post comentado não seja de minha autoria, mas sim do meu grande amigo João Soares.
O meu só foi colocado hoje, dia 5.
Se quiseres e puderes voltar lá...ficarei muito grata.
Beijo com muito carinho
Mariazita

Vício disse...

revi-me em certas situações como vitima da nhonhozice!
essa do troco então...
mas pior ainda é pagar algo de 0.60€ com 1.10€ e o empregado a olhar para nós dizer (com cara de quem nos está a chamar burros) :
- Está aqui dinheiro a mais!

Rafeiro Perfumado disse...

D. Antónia Ferreirinha, mail recebido e respondido. Over and Out! Beijinho!

Laura, dizes isso porque não vês a fúria com que sou projectado para fora da cama... beijo!

A Casa da Mariquinhas, pois claro que passarei por esse teu novo espaço! Beijoca! PS: para ficarem sempre jovens, recorrem a plásticas ou ao embalsamamento?

Kok, é mais na categoria dos vírus, pois alguns fungos, como os cogumelos, ainda os podemos comer! Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

Pássaros Perdidos, tão profundas como verdadeiras as tuas palavras. Mas também acho que tomar consciência que temos características de nhó-nhó é meio caminho andado para procurarmos não cair tanto na nhó-nhózice. Abraço.

Iveta, num canil, eu? Não adiantava nada, vi a sério Prision Break, e até estou a pensar fazer umas tatuagens, saltava de lá em dois tempos. Pronto, talvez em três tempos! Beijo!

Knoppix, por muito que eu seja irresistível às velhotas nhó-nhó (e outras), esta vai ter de trabalhar a sua técnica de engate! Quanto ao nosso Primeiro nhó-nhó, lá voltam os sentimentos espancatórios em força. Abração!

Mariazita, não precisas de ficar grata, irei (fui) com todo o gosto! Beijo!

Vício, nessa situação impunha-se a resposta “qual a mais, é para você ou ir aprender a fazer contas ou para ajudar a comprar um cérebro, mas daqueles que funcionem”. Abraço!

Blondie disse...

Não sabia que se deixava os canitos viajar de trasnportes públicos :-D

Também concordo que todos temos a nossa percentagem de nhonhozice, uns mais, outos menos. O que se pretende é que haja, como em tudo na vida, um equilíbrio.

Rafeiro Perfumado disse...

Blondie, nem imaginas o que um canito desenrascado pode fazer. Quanto ao equilíbrio, concordo, desde que seja entre a testa dos nhó-nhós e um bastão de baseball! beijo!

Inês e Buba disse...

Realmente...

Mais um espécime que se encontra não só nos transportes como por todo o lado... MESMO!!!

:-)))

Rafeiro Perfumado disse...

Inês e Buba, e com tendência a aumentarem de número. Será que se reproduzem em cativeiro? ;)