Cuidado com o Rafeiro! Não é que morda, mas podes pisá-lo sem querer...

segunda-feira, 6 de abril de 2009

Curta 15 - A bênção, Sr. Frigorífico


Para mim o frigorífico serve actualmente como um autêntico purificador de consciência ou, visto de um prisma mais religioso, como um confessionário alimentar. Quando sobra alguma comida, tenho sempre problemas de consciência em metê-la no lixo, pelo que opto por guardá-la no frigorífico. Passados uns tempos, vejo que a dita comida já está intragável, mas aí já não me sinto tão mal ao mandá-la fora, pois se não a comi foi porque não tive oportunidade e já está estragada, não porque não quis.

Insondáveis são os caminhos da comida...

Até quarta-feira,
Rafeiro Perfumado

133 comentários:

LopesCa disse...

Também tenho problemas em deixar comida no prato mas normalmente ... como-a ;)))


Fui a primeiraaaaa

f_h disse...

Sim, é relaxante abrir a porta do frigorífico, nem que seja para olhar feito parvo para a (falta de) comida que há lá dentro. Embora esses momentos durem apenas uns segundos após perceber que está quase vazio.

L!NGU@$ disse...

Dá ao gato. :p

Ah... não fui o primeiro.

Mna. Margarida disse...

Bem pensado!

Caramela disse...

aaah esse peso na consciência é terrível ... :S e o cheirinho a podre tb ... ;P

Teté disse...

Por acaso também fazia isso: usava o frigorífico como "purificador da consciência"!

Nos últimos tempos serve para o "glutão" cá de casa se servir dos "restos" a qualquer hora do dia ou da noite, desde que não esteja a dormir. Tipo uma visita infalível, de duas em duas horas! Ele diz que está a crescer... até me admiro que não seja para os lados! :)))

Portanto, ando de consciência tranquila... :D

Beijocas!

afectado disse...

O pior é quando deixa-mos lá estragar algo que até queríamos comer...

Aí só dá vontade de meter a cabeça no congelador!

Cão(somente) disse...

Aqui em casa quando está a sobrar alguma comida, é pra mim eheheh.
Além de que acho um desperdício ocupar o frigorífico com restos e depois beber a cerveja quente. eheheh
Abraço.

julie disse...

É por estas e por outras que eu costumo tirar pouco comer pró prato, e mesmo assim por vezes não como tudo :)
Assim desperdiço pouca comida!

bjs
julie

Pronúncia disse...

É isso mesmo Rafeiro... um frigorífico também serve como purificador de consciências, mas só para quem tem a sorte de ter uma!... ;)

Emigrante disse...

Olá amigo RAFEIRO PERFUMADO

Com esses hábitos de refrigeração não se garante que os aromas do teu frigorifico sejam "channel".
Que tal comer tudo, ou fazer menos comida?

Boa semana

Teresa A

Mimo Azul disse...

Cá em casa temos uma rafeiro que trata disso :)

não me leves a mal!!! Ele adora a nossa comidinha!!!

bjcaaaaaaaaaaaaa

Zabour disse...

A minha mãe tb tem essa filosofia, mas dps ralha com a malta cá em casa pk não comemos e a comida dps estraga-se, blá, blá, blá...por isso a malta opta por dar a comida às galinhas ou aos cães sem ela ver. É para o bem de todos,rsrsrs...

Bjokas, Raufito

LoUcUrAs_dOs_22 disse...

Normalmente os "restinhos" de comer vão para as minha cadelas, sim são 4 e de alguma forma têm de ser sustentadas. Para além da ração uns restinhos da nossa comidinha não fazem mal nenhum e elas adoram! :D

beijinhos e mts LoUcUrAs

A Senhora disse...

Acaba de justificar todos os meus problemas de consciência! Eu nunca tinha pensado no frigorífico dessa forma! :))) Mas... acredito que todos os homens daqui de casa já. :(

beijinhos e boa semana!

Silvia F. disse...

O meu problema de consciência passa pelo facto de nunca deixar sobrar nada. Nem que precise de um guindaste para me levantar da cadeira, não fica nada! O que é mau, muito mau pois já sei que o que comi a mais vai direitinho para o rabo.
O meu confessionário alimentar é a §#€@#@£#$&$%# da bicicleta...
Insondáveis são os caminhos da gula... snif!

Beijinhos

Laura disse...

Bem, eu guardo o que sobra, nem sou muito de comer amanhã o que sobrou, mas, sobrando aproveita-se, e claro que acontece por vezes, aquilo já nem apetece e assim; lixo, é pena sim..deviamos cozinhar menos, mas por vezes já não sobra nem há mais, ai, já não se estraga... frigorifico é para essa função, não deixar estragar de todo, a comida no verão!...

Lembro-me que aqui,(portugal) quando eu era apequenita, até aos 10 anos, não tinhamos frigorifico, e quando a mãe fazia paio de chocolate, punha-o na janela da despensa durante a noite e de manhã estava pronto, a receita manda que vá ao frigorifico...e a mãe ia à praça todos os dias no Entroncamento onde moravamos e eu pela boleia, de ajudar a carregar a alcofa ou algum saquito, ganhava sempre um bolito de arroz ou natas, mas que delicia...pois a carne estragava-se no verão.Só tivemos um Bosh em Luanda, quando chegamos, ehhh que lembranças..beijinhos.

carvoeirita disse...

eu quase que me sinto mal, isto é, estou neste momento a sentir umas dores na barriga terriveis, só de pensar em pronunciar isto:
eu concordo contigo, pronto já disse...
Como é que é possível eu dizer isto, mas é a verdade...que patamar teria eu ultrapassado se isto fosse o programa da Teresa Guilherme? adiante...

Para mim o frigorífico também é uma espécie de confessionário, na verdade boa parte da minha cozinha é o meu confessionário...então a despensa bem...ainda guardo as bolachas e os chocolates na prateleira mais alta, na esperança de ter preguiça de um buscar um banco.
Que palerma, já devia saber que por um chocolate eu até escalava a despesa, quanto mais ir buscar um banquinho...
beijinhos e boa semana!

mjf disse...

Olá!
O meu frigorífico...coitado, ultimamante anda muito só e abandonado...nem a ele me confesso ;=)
O Verão está aí ;=)
Tenho tido muito juizinho ...
eheheh

Beijocas

MRPereira disse...

Por não ter problemas de consciência desses é que a minha dieta tá a correr tão bem! Já lá vão 7 kg. Tou parecido com quando me conheceste!

O frigi lá de casa é só coisas saudáveis para eu e a babe comermos!

Um abraço

Sanxeri disse...

O meu frigorifico é a companhia das horas solitarias. Visito-o muitas vezes.

Miepeee disse...

Sou exactamente como tu :)

Táxi Pluvioso disse...

Para combater a insegurança o Governo já encomendou um para cada português.

Sandra. disse...

:))

caxas de tires mazé confessar hã??

tándar tándar :))

bexuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuus

Juky disse...

Deve ficar um cheirinho mesmo agradável... :D

Laura disse...

Bem, o post nem tinha a ver com frigorificos, mas foi pró que me deu, e sabes que mais? afinal foste tu que inventaste a saudade e mai nada! Já te acusaram, agora dá a cara, anda, a ver se nã foste tu...ora, ora, e bem gostava de saber como foste capaz!...de maneira que eu e quem sabe de ti, vamos amarrar-te uma corda no rabo, e na ponta uma lata e assim ficas batizado de vira latas...ahhh, beijinhos.

Mariazita disse...

Que engraçado! sabes que comigo acontece exactamente o mesmo?
Até gozam comigo cá em casa. Quando sobra comida, perguntam-me: isto vai já para o lixo ou passa primeiro pelo frigorífico? Juro que é verdade.
E tratando-se de pão...até parece que me dói a alma de o pôr no lixo... vá-se lá saber porquê...

Beijocas
Mariazita

Carla disse...

diria mais...insondáveis são os caminhos da tua consciência!!!
beijos

claudia oliveira disse...

nao é a mm coisa?

o frigorifico passa a ser o purgatorio.

_Malinha viajante disse...

Tenho exactamente esse problema ahahah
bjs

António Sabão disse...

Detesto deitar comida fora mas estragada nem pensar ! Caganeira outra vez, nunca mais! :( Só mesmo por azar ou distracção!

Abraço

Bxana disse...

Iac! Comida a apodrecer no frigorífico!

Vocês homens são todos iguais!!! Iguaizinhos! Tirados a papel químico!

Ai, Rafeirito!!!

Felina disse...

Transitoriamente vai para o frigorifico porque se dou directamente à minha rafeira as minhas menores fazem queixa de mim ao veterinario

Teresa Durães disse...

nunca tinha visto o frigorífico por ese prisma. serve então para desenvolvimento da cultura de vermes e coisas tais? Um autêntico laboratório!

Roderick disse...

Incrivel!
Até saudades da comida tu tens!!!!!!!!!

André disse...

Por norma não guardo no frigorífico, simplesmente como logo ou mesmo que guarde, não lhe dou tempo para se estragar! Sou um gajo insaciável, fazer o quê.

Gata2000 disse...

Eu faço exactamente o mesmo. Se sobra ponho no frigorífico, mas se depois acabo por não comer, dou à cadela, sempre é menos mau do que atirar para o lixo, e mais rápido, nao fica lá dentro até estar em situação de ...degradação! LOL Miaus

C. disse...

Desde que não tenhas o hábito de beber leite do pacote e deites fora o errado.....podes continuar a sentir-te bem....... :D
Beijoca!
C.

inês disse...

No meu frigorifico passa-se o mesmo, quer dizer, no lá de casa! Mas, infelizmente não temos outra forma de resolver o problema!

sonhos/pesadelos disse...

curioso,eu uso o frigorifico apenas como electrodoméstico, não como algo mais sublime...estarei a perder qualidades como a alface que lá habita há uns tempinhos já?
bjs endiabrados

provocação disse...

olha e quiche/omoletes/paellas não sabes fazer? óptimas para aproveitar sobras.

Joaninha disse...

Rafeiroso,

Dramatico é meter as mãos dentro do frigorifico e pegar na caixa com aquela coisa nojenta e potrefacta...Assim sendo fica lá mais uns dias, até eu ganhar coragem. Então quando são legumes podres, vai de retro satanás, tem de ser o meu gajo a tratae do assunto.

(diga-se que eu sou daquelas que se a comida está há mais de dois dias no frigorifico, digo logo que já não está boa....)

beijos

----- Jennifer ----- disse...

su blog es muy bueno.........

Inês Brito disse...

Tu, como bom cãovalheiro que és, até o frigorifico respeitas ( e respectivo conteúdo)!

Bj,
(i)

rjfvaac disse...

Não queres mandar a comida fora? Dás ao CÃO... Ah...

RAUF!

Naty disse...

Eu sempre abro a geladeira para pensar. Não sei qual é o sentido disso,mas comigo funciona.

xD

Boa semana pra vc!

vita disse...

Tu é mas é um "estragadão" pois nunca se deve deixar estragar comida, reinventa-se;)

Beijo cheiroso

turbolenta disse...

Que a coisa está feia todos sabemos. Por isso, tento- nem sempre é certo- fazer a comida de modo a que não fiquem com fome mas também não sobre.Assim,evito esse "filme" do guarda agora, deixa apodrecer e depois seita fora.
E penso muita vez, olhando para um pouquinho de boa comida que acaba por ir para o lixo: "isto, em África, alimentava 1 criança num dia".E sempre que vejo documentários sobre a fome no Mundo, isso faz-me sentir culpada por esbanjar tanto. Não só em comida, mas em roupa,sapatos,malas e artigos desnecessários para a casa. Algumas vezes já pensei que até, em vez de ir abancar num bom local ao fim de semana, onde as mordomias não faltam, não seria melhor pegar nesse dinheiro e mandá-lo para uma instituição.
Mas depois, dou comigo a pensar...a ver a coisa por outro prisma. Então penso: "Tudo bem. Eu não vou. Dou o dinheiro. E o dinheiro chega a quem precisa? Essas pessoas são mesmo ajudadas? o dinheiro reverte mesmo, na totalidade, para o fim a que se destinou? E então porque mudam de carro ( e cada vez para mais luxuosos e de maior cilindrada, as pessoas que estão à frente dessas instituições? POrque trabalham com mão de obra gratuita (voluntariado) e cada vez eles se enchem mais?
LOgo....calma aí!...
E então penso: dou o que posso, quando posso, a quem acho que devo dar (prefiro o contacto directo com quem realmente precisa). Acabo por não me privar do que me dá prazer.
Esta vida são dois dias e tenho que aproveitá-la.
AS conversas são como as cerejas e eu, quando me ligo à corrente, não desando!

Mas isto vinha a respeito do frigorífico e de estragar comida.
ultimamente tenho optado por fazer menos comida, principalmente ao jantar. Além de fazer bem à carteira, faz bem ao físico.Raramente há restos e quando os há, quer protestem quer não, têm de os comer na refeição seguintes.
Ora esta...então isto é algum hotel com ementa à la carte?
beijinhos
boa semana

Blossom disse...

E eu a pensar que era a única pessoa com este tipo de problemas em deitar comida boa fora...

não...não sou a única :D

Pax disse...

Tenta não cozinhar mais nada enquanto houver alguma coisita no frigorifico :)
Além de poupares trabalho, vais sentir-te melhor ainda!

DESIRE disse...

Realmente de vez em quando também tiro do frigorífico uns objectos verdes e bolorentos mal cheirosos...
Boa semana!
Beijos prometidos

Afrodite disse...

E beijo no pão antes de deitares fora, também dás??? Eu dou :)!

Abreijinhos e boa semana

vício disse...

espero que tenhas outro para quando recebes visitas!

nOgS disse...

Isso nem parece teu oh Rafeiro!

Rafeiro que é Rafeiro come sempre tudo até ao ponto de exaustão que adivinha o quase rebentar do estômago:P

BeijOcas

Parisiense disse...

Eu também faço isso, tambem meto os restos no frigorifico.....alivia-me a consciência e a carteira....pois esses restos dou a rafeira que tenho lá em casa (quando não comprei nada digno de lhe dar).....ahahahhaha

Beijokitas

Histérica ® disse...

Uh..por acaso faço o mesmo! Agora mesmo, ao almoço, sobrou alguma comida mas não vou deitá-la ao lixo...sinto-me mal as fazê-lo, mas sei que logo a noite não vou querer comer a mesma coisa e amanhã vou prefeirir uma comida acabada de fazer!!
Tormentos de uma mente histérica... lol

;D

Rafeiro Perfumado disse...

LopesCa, até tremo só de pensar em ti num rodízio! Beijo!

F_H, podes sempre ficar a olhar para o vazio, muitas ideias brilhantes surgem assim. ;)

Línguas, não posso, o sacana é fino, só pode comer Royal Canin...

Mna. Margarida, simples observação dos comportamentos! ;) beijoca!

Rafeiro Perfumado disse...

Caramela, não costumo demorar assim tanto tempo a mandar para o lixo, normalmente um bocadinho antes de nascerem larvas! Beijo!

Teté, e já experimentaste meter esse glutão a lavar a roupa? ;) Beijos!

Afectado, especialmente quando são sobremesas! O horror! O arrependimento! A gritaria histérica!

Cão(somente), na prática funcionas como a trituradora local. ;) Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

Julie, e se quiseres ser ainda mais radical, começas a meter no prato da pessoa ao lado, e vais petiscando. Assim tudo o que possa sobrar não é da tua responsabilidade! ;) Beijos!

Pronúncia, eu tenho, e uma bem chata, que por vezes me impede de fazer o que realmente me apetece. A estúpida...

Emigrante, felizmente não tenho por hábito fazer muita comida, mas há sempre aquela altura em que sobra um pedacinho, e é aí que o frigorífico veste a batina. Beijo!

Mimo Azul, como é que poderia levara mal, eu também adoro a nossa comida! ;) Beijoca!

Rafeiro Perfumado disse...

Zabour, eu quando era puto e a comida era peixe com puré de batata, só deixava um montinho de puré. Lixado era quando a minha mãe despejava isso no lixo e descobria que o montinho estava recheado com o peixe! Beijocas!

Loucura dos 22, claro que não, isso de dizerem que faz mal dar os restos aos animais é tanga, para isso até nós começávamos a comer ração, não? Beijos!

A Senhora, espero que este problema não esteja no cromossoma Y! Beijos!

Sílvia F., então sendo assim qualquer dia é a tua bicicleta que tem uma conversinha com o teu frigorífico! ;) Beijinhos!

Rafeiro Perfumado disse...

Laurinha, os meus pais ainda têm um frigorífico que é mais velho que eu. E da última vez que o abri, encontrei lá coisas que acho que são mais velhas que os meus pais! Beijo!

Carvoeirita, o que mais me surpreende não é concordares comigo mas sim sobrar alguma coisa. Pelo menos da bola nunca cheguei a ver fotografias... Beijocas!

MJF, depois admira-te se no Inverno ele estiver amuado contigo! ;) Beijocas!

MRPereira, então estás porreiro, quando te conheci eras um moço esbelto e bem parecido, assim como eu! ;) Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

Sanxeri, e ele não se importa, de estar constantemente a ser incomodado? ;)

Miepeee, também tens o corpo todo coberto por pêlo?!? E eu a pensar que eras uma moçoila toda jeitosa.... ;)

Táxi Pluvioso, aquilo é muito à Guerra das Estrelas / Robocop, mas o bicho parece-me um bocado desajeitado. Abraço!

Sandra., não quero matar nenhum padre do coração! Beijo!

Rafeiro Perfumado disse...

Juky, eu de vez em quando atiro um fósforo para dentro do frigorífico. Quando alguma coisa começa a entrar em combustão, é quando vai para o lixo! ;)

Laurinha, o Roderick é um bufo, a atirar as culpas para cima de mim! Qualquer dia ainda diz que fui eu que inventei o fado! Beijinhos!

Mariazita, acredita que eu tinha o texto com “nós”, mas depois pensei que poderia ser o único com esta pancada e mudei para “eu”. Fico contente em ver que me enganei... Beijos!

Carla, na minha consciência não há GPS que resista! Beijos!

Rafeiro Perfumado disse...

Cláudia Oliveira, é mais o limbo, porque apesar de tudo ainda há esperança de salvação! Beijo!

Malinha Viajante, temos de fundar um grupo de terapia. A frase de apresentação seria “Olá, eu sou o Rafeiro Perfumado e tenho um problema com o meu frigorífico. AJUDEM-ME!”. Beijos!

António Sabão, por vezes até a comida boa nos causa isso! Abraço!

Bxana, não digas isso, gosto de pensar que um ou outro faz de forma diferente. De uma forma amaricada, mas diferente! ;) RAUF!

Rafeiro Perfumado disse...

Felina, não será porque a tua rafeira gosta dos alimentos fresquinhos? ;)

Teresa Durães, aí é já um prisma biológico, eu por enquanto gosto de manter este assunto no ramo teológico!

Roderick, eu sou assim, um autêntico sentimentalão! Mas olha que faz um sucesso com as gaijas! ;)

André, és arraçado de debulhadora, estou a ver... Lambão!

Rafeiro Perfumado disse...

Gata2000, espero que essa distribuição obedeça a critérios de validade adequados à saúde da cadela! ;) RAUF!

C., isso pareceu-me um discurso na primeira pessoa. ;) Beijoca!

Inês, não te sintas mal com isso, é um comportamento socialmente aceite.

Sonhos / Pesadelos, nem tu sabes a sabedoria que pode residir numa simples folha de alface. Beijos!

Rafeiro Perfumado disse...

Provocação, e se depois a quiche / omoletes / paellas sobrar, faço o quê? Ainda fico com um problema maior, porque são restos de restos!

Joaninha, então és cá dos meus, mas em todo o caso, também a fazes passar um estágio no frigorífico, antes do destino final. Beijos!

Jennifer, o teu também deve ser, pelo menos a avaliar pelo grito que o meu servidor deu quando lá tentei entrar.

Inês Brito, eu respeito tudo, desde a obra mais sublime da natureza até ao electrodoméstico mais ranhoso (desde que da categoria energética A, claro). Beijo!

Rafeiro Perfumado disse...

RJVAAC, o único cão lá de casa trata-se bem, pá... RAUF!

Naty, será porque gostas de arejar as ideias? ;) Beijo!

Vita, claro que se reinventa, mas olha que alguma comida até dava para descobrir novas espécies de fungos! Beijo!

Turbolenta, também já pensei nisso, mas é uma área em que tenho a consciência tranquila por aquilo que faço (não vou estar aqui a dizer o quê porque não faz o meu género). Depois olho para certas campanhas que são feitas e penso como é possível termos em Portugal pessoas a passarem fome, quando supostamente o Estado deveria provir o sustento básico para todos. Mas isso é tema demasiado sério. Agora acertar com a dose certa é complicado. Por exemplo, quando vou comer a casa da minha mãe. Se deixo, é porque estou doente e não tenho apetite, se como tudo, é porque até comia mais e ela devia ter feito maior quantidade! ;) Beijo!

Rafeiro Perfumado disse...

Blossom, “não, não sou o único, não sou o único a olhar para o frigorífico”. Isto era capaz de dar uma letra gira para uma canção... ;)

Pax, acho que morria à fome, é que há uns cubos de gelo lá dentro que acho que vieram da fábrica!

Desire, e depois eles voltam para o seu planeta? :D Beijos!

Afrodite, a minha jove também me tentou impingir esse costume, mas parou quando eu dei um linguado na broca. ;) Beijo!

Rafeiro Perfumado disse...

Vício, claro que tenho, um muito mais espaçoso, gosto que as visitas se sintam confortáveis!

Nogs, este rafeiro é rafeiro mas não é parvo, pá. E a minha elegância tem de ter alguma explicação! Beijos!

Parisiense, francamente, aposto que se tivesses um caniche daqueles todos rasgadões até caviar lhe davas! Beijo!

Histérica, bem-vinda ao meu mundo! :D Beijo!

Roderick disse...

!!!!!!!!!!!!!Mas não foste tu que inventaste o fado???????????????????????????????????????????????????

AmSilva® disse...

O que faz isso é que tens um frigorifico grande...
experimenta usar um de apenas 27 litros... tenta "equilibrar" todas as coisas necessárias aí dentro... verás que nada se estraga, porque não terás espaço dispensável!!

Insondáveis ou nem tanto eheheh
Abraço

Maria disse...

Tu és fino, pensavas que eu ia ter pena de ti ou ia achar que tu estavas com problemas de consciência?
Ná ná tu como rafeirito que és, sabes-la toda, ora vê lá se não é esta a tua tática...

http://www.youtube.com/watch?v=IBRL7D0wcXM

Lambidela

Blondewithaphd disse...

Hmm... ora aqui está uma coisa em que Blondes e Rafeiros partilham opiniões. Interessante.

Felina disse...

O que a minha rafeira gosta é mesmo de comida caseira nem que seja a ferver

Bongop disse...

Mau...
Qual frigorífico!
Então os rafeiros não preferem comer do caixote mesmo?
:D

lima ou limão disse...

Mais um aspecto que os citrinos têm de extraordinário: não necessitam de frigorífico. (e tantas criancinhas a definhar de inanição... devias ter vergonha no focinho!).

Solita disse...

Hahahahahaha!!!!!!!!!!!!


Rafeiro não estou a acreditar, Eu tbm faço isso.



Qt conto isto todo mundo acha um disparate, mas finalmente encontrei alguém k me entende.


Hihihih!!!!!!!!!!!



Jinhos

BlueVelvet disse...

Cá para mim tens um trauma com frigoríficos.
Que tal começares a guardar os alimentos em arcas de banha ou azeite como os nossos antepassados?
Festinhas

LopesCa disse...

Não tremas que eu partilho o rodízio contigo ;)

PKB disse...

Realmente é uma boa técnica de adiar o desperdício de comida. Mas eu faço o mesmo. Às tantas vai fora porque se estragou...

piggy disse...

Desculpas!
O que chamas intragável ainda dava uma bela duma roupa velha ou uma omelete!

Esbanjador, é o que és!

Diabba disse...

Mãe!!! tens um blog e andas disfarçada de Rafeiro??

hihihihihihi

enxofre

Rafeiro Perfumado disse...

Roderick, caladinho, claro que fui, mas se a malta sabe, nunca mais me largam!

AmSilva, sempre me fez confusão essa cena dos litros. Como é que os conseguiam lá enfiar com a porta aberta, será que o deitam? Abraço!

Maria, se aquilo fosse a minha técnica, ainda hoje era um cachorrinho da mamã... ;)

Blonde with a PHD, sabes que eu descendo duma família em que o louro imperava, deve ser por isso. ;)

Rafeiro Perfumado disse...

Felina, a ferver?!? Vou já ligar para a União Zoófila, sua cruel!

Bongop, nem por isso, no máximo morder umas embalagens de vinho! ;)

Lima ou limão, não precisam o tanas, uma vez esqueci-me de um cá fora e quando dei com ele parecia um figo passado!

Solita, qual disparate, isto é sabedoria urbana! Manda esses gozões falar comigo, anda! Beijoca!

Rafeiro Perfumado disse...

Blue Velvet, estava mais a pensar numa gamela com sal, à romano style! Beijos!

LopesCa, pões isso por escrito? Espera, já puseste. ;)

PKB, e nesse adiamento reside a salvação, irmã! Aleluia! Louvado seja o frigorífico! Beijo!

Piggy, ou de uma sopinha para uma, caso um dia cá venhas a casa... ;)

Diabba, cala-te, filha, que isto anda a correr tão bem! Beijo e vaiu-te deitar, que já se faz tarde!

PKB disse...

vou-te deixar aqui uns links para dares à tua prima. São de blogues de pessoas que passaram por essa luta e que a podem ajudar em muita coisa. A desabafar, a tirar dúvidas, tudo o que ela realmente precisar.

Ei-los:

http://bichinhofazdeconta.blogs.sapo.pt

http://maisumbocadinho.blogspot.com/

http://www.projectoluz.com/

Estes três sites dão acesso a outros tantos e é um ponto de partida. Espero que corra tudo pelo melhor!

Beijoca!

Felina disse...

Nãoooo espera não ligues eu explico,eu sou a pessoa mais importante para a minha rafeira por isso é que ela nao me larga quando estou na cozinha, um dia estava eu a fritar pataniscas e sem querer caiu uma bem quente ao chão (juro não foi de proposito) e aquela burrinha apanhou a logo, eu fiz tudo para que ela não tocasse mas só consegui apanhar metade a outra metade ela não comeu... engoliu...pela expressão dela custou lhe um pouco, mas mesmo assim ainda olhou para mim a pedir o resto.. ainda achas que sou cruel?

PreDatado disse...

Aos nossos afilhados gatos e teus seculares inimigos que pululam lá na nossa terra na província quando lá vamos levamos sempre sacos de ração, latas de comida de gato e também a carne (excepto porco) ou peixe que quando nos sobra congelamos de imediato a pensar naquela vadiagem meiga que nos vai visitar mal sente o cheiro a pneu. Neste caso desígnios sondáveis.
:)

rouxinol de Bernardim disse...

Há empresários que descobriram o poder dos frigoríficos: até colocam os salários lá... para os conservarem...

Andreia do Flautim disse...

Mas é que depois cheira mal...

DANTE disse...

Também funciona assim que coincidencia...
Mas realmente mandar comida fora é feio pois , despejar um tupperware com comida estragada e lavá-lo é muito mais...ético! ahahah

Um abraço

Táxi Pluvioso disse...

Espero que este seja o êxito de Verão, não temos um desde a ano dos lusos, o mítico 2004, com o país scolarizado, bandeiras substituiram os manjericos, Fátima recebeu milhões e milhões de preces, o Fado soltava-se nas gargantas, o Freeport passinhava e, nos carros tunning, ouvia-se "Dragostea din tei" dos, também míticos, O-Zone. Papaya.

governador disse...

Por isso é que eu não tenho frigorifico...

Abraço

Luísa disse...

Boa Tarde,

Vim parar a este magnifico espaço, através dum comentário teu noutro bom blogue e vou ter de te perseguir:)

Qto ao frigorifico... por acaso lá em casa até nem se estraga muita coisa, mas sucede ficar uma ou outra coisa e qdo se abre a caixa... é mtooooooo mau!

Boa Páscoa caso eu já não possa por cá passar

Luisa

Mariazita disse...

Caro Rafeiro
Obrigada pela tua visita e comentário ao "Toque de Silêncio".
De facto os mexicanos são bastante "efusivos" nas suas homeagens, o que não acontece com este "Toque". Mas...foi a única informação que consegui recolher.

Aproveito para te lembrar que por ser QUARTA-FEIRA, amanhã vou contar outra "História"...

E já agora...aproveito também para informar que, devido a divergências de opinião, deixei de colaborar no Sempre Jovens.

Até amanhã, cá e lá :)))

Beijocas
Mariazita

Casemiro dos Plásticos disse...

O pessoal da Etiopia quer falar contigo! HAHAHAH
abraço

Roderick disse...

Eu comecei a guardar a comida no micro ondas.
E agora guardo os casacos no frigorifico.

Rafeiro Perfumado disse...

PKB, obrigado, jove, uma grande beijoca para ti, e outra da Marina, que seguramente irá apreciar o teu gesto.

Felina, acho, cruel pelo lado de teres deixado que ela comesse algo a escaldar e cruel por não lhe teres dado a outra metade quando já estava a uma temperatura boa!

PreDatado, eu sou um rafeiro que só não tenho assento na ONU, porque tenho uma convivência perfeita com todas as raças (excepção aos políticos e outros subgrupos do género). Abraço!

Rouxinol de Bernardim, o pior é se ficam com os salários congelados.

Rafeiro Perfumado disse...

Andreia do Flautim, anda por aí tanta coisa que cheira mal, e a correrem, fora do frigorífico!

Dante, “mais ético” também é uma forma gira de definir a coisa! Quem diria que o frigorífico teria um papel tão importante na sociedade? Abraço!

Táxi Pluvioso, a primeira parte é que faz lembrar as filmagens do Projecto Blair Witch...

Governador, és mais adepto de matar e consumir na hora? Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

Luísa, bem me pareceu à hora de almoço ver alguém a seguir-me no metro, até fui na direcção contrária para te despistar e tudo! Uma beijoca e até à próxima!

Mariazita, não tens de agradecer os meus comentários, jove, e realmente achei estranha a discrepância cultural. Beijoca!

Casemiro dos Plásticos, bem podem querer, primeiro têm de me agarrar! Abraço!

Roderick, nem quero saber em que electrodoméstico guardas os sapatos.

Felina disse...

... mas eu dei-lhe a outra parte depois de fria...

Leonor disse...

curiosamente tamb+ém faço isso... é que com comida estragada já nem penso duas vezes, mas realmente o raciocínio é pouco lógico!!

MEU DOCE AMOR disse...

Olá:

Também faço o mesmo.O pior é que ralham comigo.Não entendo porquê!!!
Hoje comi muito para não ralharem tanto comigo.

Beijinho doce e boa Páscoa:)

Tenho lá umas amendoas para ti

Francisco Castelo Branco disse...

Mas nao era suposto o frigo conservar a comida?

Faze-la congelar?

Para depois voltar a usar? lol

Inconstante disse...

será que quem deixa aqui um comentário lê tudo o que está para trás para ter a certeza que não se está a repetir??? tirando os 10 primeiros, é algo impossível, certo?

é às 4ªas? tem hora marcada?

posso marcar consulta? aceitam-se cunhas?

Violeta disse...

o meu frigorífico parece de gajo solteiro: só tem cerveja e água das pedras.
Ah! tem uma embalagem de tofu e um iogurte que estou atsta ro tmepo d eduração: 5 meses após o término da data no topo d amebalagem e ainda não empolou.

Girilim disse...

deixas mais uns dias, até ganhar bolor, e voilá,... antibiótico caseiro!

Rafeiro Perfumado disse...

Felina, tarde miaste...

Leonor, a nossa consciência leva-nos por vezes a fazer com cada figura de urso... Beijocas e as melhoras da pernoca!

Meu Doce Amor, mas quem é que se atreve a ralhar contigo? Da próxima vez que fizerem isso, prepara-lhes um pratinho com os restos, para aprenderem. Beijo!

Francisco Castelo Branco, conservar sim, já ressuscitar a comida à Lázaro style é mais improvável! Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

Inconstante, espero bem que não, eu pelo menos quando vou a um blog raramente leio os comentários anteriores, para não influenciar o meu. E é sempre às 00:01. Cunhas? Depende do que tenhas para oferecer! ;)

Violeta, os frigoríficos de gaijos solteiros têm água das pedras? Isso é muito roto, macho que é macho arrota e sofre! ;)

Girilim, depois poderá é dar-se o caso da cura ser pior que a doença!

Cat Fire disse...

:)

http://www.acatarcomestimaoinsulto.blogspot.com/

nOgS disse...

ahahahahaha!

pensei que a explicação fosse a tua jove te cortasr na ração, hihi!

escarlate.due disse...

é por isso que não como na tua casa!!!
já tu... não comes na minha porque tens medo :P

Gata Verde disse...

No meu já nasceram cogumelos...

;)

Rafeiro Perfumado disse...

Cat Fire, um grande RAUF para ti!

Nogs, ai dela, corto-lhe as guloseimas! Beijo!

Escarlate.due, nunca ouviste o ditado "rafeiro que sabe o que a casa gasta, de aperitivos tem cagufa"? Beijoca!

Gata Verde, e no outro dia um deles pareceu-me que piscou-me o olho!

Gi disse...

Tenho que me juntar ao clube;

Feliz grande fim-de-semana que dizem que é de Páscoa.

Rafeiro Perfumado disse...

Gi, aproveita agora que a jóia está com um desconto de 22,37%! Beijoca, estou a ver que também és fã deste feriado! ;)

Little Box disse...

Bem, o comentário já vem com algum atraso, mas tem sido difícil ter "rede" aqui para Trás-os-Montes xD

Devo confessar que lá em casa também acontece o mesmo... Se deitamos comida fora logo acabada de fazer, fica aquele peso na consciência... =/ Ah e tal, há pessoas a morrer à fome no Mundo e "coisas"... Enfim... pelo menos não me podem acusar de não ter coração 8)

Beijos

Blondie disse...

Hummm....sounds familiar:)
Beijocas

Anjo Negro disse...

O frigo sem duvida é desculpa para muita coisa ... tadinho dele !!!!

Se ajuda ou não a nossa consciencia, acho que tá mais que provado que ajuda, sobretudo com a comidinha que guardamos, mas que não comemos ...

Mas o frigo tem muitos mistérios ainda não desvendados neste tão sabio post ... Faço-te o desafio Rafeirinho, tens k me dizer pelo menos 3 ... Que tal???? eheheheh

Beijocas Anjo Negro

Rafeiro Perfumado disse...

Little Box, falta de rede nessa zona? Nem parece coisa de um país tão evoluído tecnologicamente como o nosso! ;) Beijo!

Blondie, assustadoramente familiar, não achas? ;)

Anjo Negro, deixa-me ver. O primeiro, mais comum, é saber onde se esconde o senhor que acende e apaga a luz. O segundo é saber como é que num espaço tão pequeno convivem tantas espécies animais e vegetais sem se matarem umas às outras. A terceira é saber porque raio a cor dominante é o branco!

Blondie disse...

Bastante, até parece que instalaste uma câmera na minha cozinha :)
Kiss

Oliver Pickwick disse...

Um belo exemplo de combate ao desperdício. Deviam ensinar isso nas escolas.
Um abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

Blondie, não me digas que ainda não tinhas desconfiado daquela luzinha vermelha a piscar atrás do saleiro? ;) Kiss!

Oliver Pickwick, eu já fico contente se as escolar ensinarem (como deve de ser) os actuais programas. Abraço!

Donnola disse...

olha nem mais nem menos :DDDD mas tu como bom rafeiro devias era comê-los e aliviar as consciência do teu dono (quiçá a tão famosa jove)

Rafeiro Perfumado disse...

Donnola, sou rafeiro mas não sou parvo, aliviava a consciência mas podia meter um peso mortal na barriga!

Anjo Negro disse...

Adorei ... Como sempre, foi respondido com mestria e graça ...

Mas olha, Já existem frigos de mtas cores ... e vi um frigo de cor Bordeux LINDO ...

Beijos Anjo Negro

eu mesma! disse...

pois é cá estou para te dizer que também embalo sempre em caixas de plástico o pré-lixo!

Rafeiro Perfumado disse...

Anjo Negro, bordeux?!? Isso faria lembrar-me o meu primeiro carro, ainda abria a porta do frigorífico para ver se a correia de distribuição estava bem! ;) Beijo!

Eu Mesma!, e sabe tão bem pertencer à multidão, não sabe? Anda cá, prima carneira!

bjecas disse...

Cá em casa o 'rapa tupperwares' sou eu...

\m/

Rafeiro Perfumado disse...

Bjecas, da próxima vez que nos encontrarmos levo-te uns que tenho ali de parte, isto se me conseguir aproximar deles...

Rita disse...

Tem piada que lá em casa é a mesmíssima coisa, a comidinha nunca vai para o lixo sem fazer uma primeira passagem pelo frigorífico...
Jokas

Rafeiro Perfumado disse...

Rita, se o governo descobre isto, ainda inventa um "imposto de trânsito alimentar" qualquer... Beijoca!