Cuidado com o Rafeiro! Não é que morda, mas podes pisá-lo sem querer...

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Iscas à moda do Porto

Um bom blogue deve ser versátil, ou em linguagem simples, dar para muitos lados (salvo seja). Aqui na casota do rafeiro já se fez música, poesia e outras coisas, mas sinto que ainda estou longe da excelência, pelo que hoje vou aventurar-me no reino da culinária.

E aqui fica uma receita muito simples de fazer, pois para a sua preparação apenas é necessário um anzol, uma isca e um portuense.

Caçar a isca. Aqui as possibilidades são imensas, mas pessoalmente prefiro as minhocas, pois não só são abundantes como fáceis de colocar no anzol.

Espetar a isca, neste caso a minhoca, no anzol. Apesar de ser fácil, não está ao alcance de todas as pessoas. A minhoca tende a contorcer-se e, em alguns casos, pode mesmo dar a sensação de gritar alucinadamente. Coloque de lado as emoções, centre-se no importante e empale o raio da bicha, pois de outra forma esta receita não avança.

Arranje agora um portuense (ligado à moda, como um alfaiate ou modelo), coloque-lhe o anzol com a minhoca na mão (que deverá ter previamente atado a uma linha) e mande-o para a Ribeira, tentar a sua sorte, devendo este ter paciência q.b.

E pronto, eis uma receita muito fácil, com a vantagem de manter entretido alguém durante umas horas, à espera que um peixe (que pode ser dourado) se resolva a morder na minhoca. Ah, o portuense pode ser substituído por outro tipo qualquer, mas aí já não se poderá dar este nome à receita, seria estúpido.
Até sempre,
Rafeiro Perfumado

35 comentários:

Sun Iou Miou disse...

Enfim, é só de esperar ante tanta carne, o peixe saiba em qual das minhocas deve morder.

Vício disse...

se não se encontrar um portuense ligado à moda pode-se usar uma minhoca que seja modelo, não pode?

the big fox disse...

nem quero saber a tua receita do bife tartaro....
abraço

Teté disse...

Quase nem parava aqui, só pelo título. Iscas?! Blargh! :p

Minhocas fáceis e encontrar, que gritam e se contorcem antes de serem espetadas num anzol? Hummm... já vi que és um entendido, tanto em culinária como em pescarias! :)))

Beijocas!

Kapikua disse...

nem imagino o que terás a dizer acerca do Bacalhau à Gomes Sá!!!!!!

Grande abraço!

paulofski disse...

Ora deixa cá bêre. Tu quando cá bieste à Imbicta fizeste a experiença e deste banho à minhoca no Rio Douro, foi? Bom, se a taínha não te mordeu a minhoca, das duas uma, ou era por gritar com o sotaque da Linha do Estoril ou a tua uma minhoca é minorca!

Se fosse para dar uma trinca nas iscas de bacalhau do Dom Tonho até eu ativara o anzol, carago!

Louise disse...

Ai, e esta receita serve para tantas coisas na vida...

Inês disse...

Aplicava essa receita a umas quantas pessoas,nem era necessário que fossem do Porto.

Maria disse...

Pá eu sou de Coimbra, não vou comentar essa regionalissessss de minhocas do norte.

Se bem que há umas minhocas no Dragão que...bem...não vou acrescentar nada à ementa.

PS/CDS/PCP: espero que tenhas um ar mais simpático que a Maria de Lourdes Modesto

OSverdes/PSD: Não achas que uma receita de conquilhas era assim...mais adequada a um homem, vá ihihi

Janita disse...

1º- Tenho a certeza que essa receita de culinária teria maior sucesso, e aí sim, a tua casota atingiria o pico da excelência, se em vez de um portuense tivesses escolhido um alfacinha.

2º- O dito cujo poderia e deveria, estar ligado a outra área artistica mais in, que não a moda.

3º- O mesmo deveria ir, devidamente,
atado com a minhoca e o anzol, para o Cais do Sodré.
Aí não faltariam peixes graúdos a morder a isca...e o nosso alfacinha sentir-se-ia plenamente realizado...que tal???

Dragão Azul disse...

E eu a pensar que hoje ias dar a receita da paella mista, mas pelos vistos viraste para as iscar...

Iscas não gosto, hoje é mais cozido á portuguesa... deixo-te agora uma receita que se serve de vez enquando aqui no Porto...

http://www.youtube.com/watch?v=K2hCziEEte4

... pode ser feito também assim:


http://www.youtube.com/watch?v=QTRyurl7Y3s

... tem uma contra indicação, em algumas pessoas mais senciveis causa azia.

Dona Sra. Urtigão disse...

Häuff!

Cat disse...

A bem dizer, o que tu nos estás a dar é uma receita para a vida... :)

Sandra. disse...

:))

Tanta imbejaaaaaaa q tu tens de num bires kemer umas belas umas iskas cá cus portuenses :O)))

té xorabas per mais pah!!!

ólhá bela iska de bacalhauuuuuuuuuuuuuuuuuuuu!!!

besuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuus

Vera, a Loira disse...

Um dos meus planos para a vida é aprender a cozinhar, mas agora já não me apetece.

Kássia Kiss disse...

Mas se a receita inclui um portuense, ou outro tipo qualquer (vá lá), para que precisas da minhoca, coitadinha, que se contorce e grita?

Louco disse...

E que tal prender o tripeiro ao anzol e meter a minhoca a segurar a cana ?

conchita disse...

LOL!! Adorei o texto e a receita claro!!, criatividade não te falta, lol!!
Uma boa semana :)

Felina disse...

Um bom isco saíste me tu para a pesca do tubarão

jaime disse...

essa engorda?

Carlos II disse...

Ninguém pode imaginar o sofrimento das minhocas, coitadas! Eu também não imagino.

Um abraço.

Kok disse...

Desta vez safei-me! É sempre mais agradável para mim falares em minhocas gritantes do que de arrozes de cabidelas ou de frangos no espeto!

Abraço pah!

hesseherre disse...

Conheces a minha receita de almondegas com linguiça?
Se não tiveres almondegas põe dois ovos - mas nunca de codorna - em seu lugar.
Podem ser cozidos ou quentes (na água tonto, nunca nas mãos que vai pegar mal...)

TM disse...

Aqui está um post interessante de se ler quando se tem que estudar artes de pesca e afins....

redonda disse...

:)

Vani disse...

LOOOOOOOOOOOOOL o meu lool foi aumentado pelo comentário da Sun AHAHAHAHAH!

Marta disse...

O meu dá sempre para o mesmo lado, não há volta a dar. A ver vamos se lhe dou uma lufada :)

MZ disse...

Dá para muitos lados dá...
Oh se dá...
Sádico!
Olha só os verbos que usaste neste post:
Espetar
Contorcer
Gritar
Empalar
Morder

Hummmmmmmm

Malena disse...

Como é que sabes que a minhoca se contorce? Já espetaram a tua? :P

Rita, a dogmática disse...

Sim, substituir o portuense seria estúpido. Pensar no sofrimento da minhoca é bastante lógico LOOOL
;** Bjs!

Táxi Pluvioso disse...

O Pinto da Costa também pesca muito só com uma minhoca (dizem).

ThreeTense disse...

Adoro iscas à moda do Porto, não há igual...

hesseherre disse...

MUITO ÚTEIS ESTAS RECEITAS DO RAFEIRO (DESODORANTE ACABOU)MAS ESQUECES-TE DE ANUNCIAR A EQUIPA MAS NÃO NOS MOSTRA O JOGO...

hesseherre disse...

Deverias por justa causa substituir Jamie, Olivier ou Troigros nas televisões, menos as do Irã, por perigoso...Fantástica receita, amigo...não leva umas baratinhas torradas pois não?

Anónimo disse...

http://prixviagragenerique50mg.net/ viagra generique
http://prezzoviagraitalia.net/ costo viagra
http://precioviagraespana.net/ precio viagra