Cuidado com o Rafeiro! Não é que morda, mas podes pisá-lo sem querer...

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Não puxes demasiado pela cabeça, que ainda se solta

Tarados. Eu bem vi o olhar com que clicaram no link que vos trouxe a este blog. Estou envergonhado, por pensar que vocês pensaram que eu era capaz de pensar numa coisa dessas. Francamente. Não, seus pretendentes a arder eternamente no fogo do inferno, ao que eu me quero referir com este título é à expressão utilizada quando as pessoas são convidadas a fazerem um esforço cerebral mais exigente, vulgarmente conhecido por “puxar pela cabeça”.

Quer dizer, eu espero que seja este o sentido da expressão, ou então tenho vivido estes anos todos num tremendo logro! Mas sinceramente, não entendo a expressão. Fiz a experiência e a única coisa que consegui foram duas mão-cheias de cabelos arrancados e o pescoço vincado e avermelhado. E não é contraproducente impedir o fluxo de oxigénio ao cérebro quando se quer pensar, ou mesmo destacar a dita do corpo? A não ser que... Ná, não vou descer ao vosso nível. Tarados.

Até sempre,
Rafeiro Perfumado

42 comentários:

Vício disse...

já pensaste que podes estar a fazer isso mal?
tenta pedir ajuda a alguém para te puxar por ela...

Manuela disse...

Rafeirinho, a puxar-te a pata, para o chinelo... eheheheh ;)
Beijinhos e um ossinho.

the big fox disse...

pareces o saudoso Diacono Remedios...
e com tanta lenga lenda nem quero saber o que dirias de "puxar pela cabeça no cu de Judas"...
abraço

Rui Pascoal disse...

A não ser que…
Havia um menino, com cabeça de abóbora, que ao entrar em ruas muito apertadas já não conseguia sair. A mãe ao vê-lo naquela aflição gritava-lhe:
- Faz força Juliopardo Floriano, puxa pela Cabecinha!

Cat disse...

Também nunca entendi essa expressão.
E não, Rafeiro, não vou entrar de cabeça em segunda intenções :P

beijos

paulofski disse...

Puxa, só de pensar o que seria de ti se a expressão fosse um quebra cabeças!

Teté disse...

Tarados e palhaços não faltam por aí! E puxam por todas as cabeças que têm à mão... Tarados, mesmo! :)))

Beijocas!

Tulipa disse...

Há cabeças cheias de maus pensamentos :)

Mia disse...

Venho eu aqui, na maior das inocências e depois sou apelidada de perversa! Olha esta!!! xD

ADLuxor disse...

Sim pode dizer-se que o meu blog é o teu blog privado visto que és o meu único leitor ahahahahahahah!

Abraço!

Felina disse...

Sou tarada sim ... e com muito gosto...

Pitanga Doce disse...

"Estou envergonhado, por pensar que vocês pensaram que eu era capaz de pensar numa coisa dessas."

Agora parecias aquele gajo do programa O Dia Seguinte (SIC) que manda a pérola: "Você ouça bem o que estou a dizer que é pra não dizer aquilo que eu não disse".

Quanto a puxar a cabeça pelo pescoço, não sei se ajuda a pensar, mas faz um bem danado à coluna. Põe tudo no lugar certo. Vai por mim!

Me,myself & I! disse...

Lol!
Tarados!
:)

Orquídea Selvagem disse...

Ok. Eu vou confessar o que pensei quando li o título e vi a imagem dos "perritos".

É que o meu pai (em tempos idos, mesmo muito idos) tinha um cão na chapeleira do seu automóvel, daqueles que abanava a cabeça com o movimento da viatura. (e com o estado das estradas da altura... abanava mesmo!)

Ora eu costumava brincar com o bicho e arrancava-lhe a cabeça inúmeras vezes para perceber o mecanismo da coisa. Era só puxar e aquilo soltava-se mesmo!!

Está feito o esclarecimento. :)

Amelie disse...

Eu devo ser muito inocente porque tive mesmo que puxar pela cabeça (não literalmente) para perceber que duplo sentido é que isto poderia ter.

A Minha Essência disse...

Só de imaginar já faz confusão! LOOL

Laura disse...

Tamém tava a ver que a outra cabeça é a única que não pode ser arrancada, sob risco que... cala-te boca.

beijinhos e não puxes não que depois em vez de cão, viras burro, deixa lá..
laura

Daniel Silva (Lobinho) disse...

A resposta está no lado mais quente do inferno.

Abraço

carol disse...

Por momentos e pelo título, até pensei que estava a referir-se ao Cavaco...

Anjo De Cor disse...

Ora Ora venho aqui toda cheia de boas intenções e levo com esta ;).. heheheheheh ;)

Janita disse...

Credo...abrenúncio, Rafeirito!

Parece-me que tu é que não andas a querer puxar muito pla cabeça...ou dormiste com os pés de fora??))

Olha que eu, quando li o título, vi logo o tu querias dizer! Até pensei: querem ver que ele me está a mandar uma indirecta, que é como quem diz, não vou puxar mais pla cabeça pra descobrir o teu e-mail...mas não! É doudice mesmo.

Olha mor, eu agora é que não encontro o teu. Parece bruxedo...
vai ao blog da Laurita, tens lá o meu.

Xis apertadinhos...

Je Vois la Vie en Vert disse...

Já me está a doer o pescoço de olhar para cima para ver o que estás a ver !
Tens resposta ao que escreveste no meu blog...

Beijinhos para ti e para a tua Jove

Verdinha

► JOTA ENE ◄ disse...

ººº
Sinto-me ridiculo aqui ... porque de tarado não tenho nada, desculpa a minha sinceridade.

Cadáver Esquisito disse...

Eu até já perdi a cabeça, mas isso agora não interessa nada.

Anónimo disse...

E escreveres coisas mais pequenas? Nem todos têm paciência para ler testamentos. Puxa pela cabeça, Rafeiro!

Nuvem disse...

Eu sou tão inocente... não conseguia perceber onde se era tarado por causa da expressão :)
Mas depois pensei pela cabeça do pai da minha pipoca e... fez-se luz :)
Mas continuo a preferir puxar pela cabeça...maior... serve para alinhar a coluna :)
beijocas

Andreia disse...

gosto especialmente da Label deste post

sentaqui disse...

Gosto muito de puxar pela cabeça...é que de vez em quando vem-me cada ideia(louca);)

Eli disse...

Eu só tive pensamentos maldosos quando comecei a ler o texto. Os piores foram os que não estão lá escritos! ahahah

Se calhar nem devia ter escrito isto, mas pronto, mas que é no teu blogue que mais disparates escrevo! Ao menos, é mais em alguma coisa!

hehehehe

:P

Táxi Pluvioso disse...

Então um exemplo de como puxar pela cabeça não resolve a questão:

Um velhote tinha que fazer um espermograma. Foi à farmácia e comprou o frasco.

Chega a casa, vai para a casa de banho e tentou com a mão direita, tentou com a esquerda e até com as duas, e nada! Então, chamou a mulher.

Ela tentou com a mão direita, tentou com a esquerda, com as duas e até com a boca, mas também não conseguiu.

Não vendo outra opção, ela chamou a vizinha. Esta, querendo ajudar, mesmo bastante constrangida, tentou com a direita, com a esquerda, com as duas mãos, e muito embaraçada, pediu licença e tentou com a boca, mas não obteve sucesso!

A vizinha, não se dando por vencida, chamou a filha de 18 anos, uma rapariga encantadora provida de fortes carnes. E mais uma vez repetiram-se as tentativas... uma mão, outra, as duas, com a boca, mas... não conseguiu...

O velhote triste, cabeça baixa, voltou à farmácia e devolveu o frasco dizendo:

- Dá pra me trocar este frasco. Porque lá em casa, ninguém conseguiu abrir este!

bfds

ROSINHA disse...

A tua onde está?

Rafeiro Perfumado disse...

No fuso horário em que já é Sábado.

Orquídea Selvagem disse...

Ó Rafeiro, isso é que é proeza... porque neste planeta ainda ninguém chegou a Sábado... hehehe

Rafeiro Perfumado disse...

E desde quando a imaginação tem limites planetários? ;)

ROSINHA disse...

Criatura reles e perfumada!

Orquídea Selvagem disse...

De facto não tem... por isso lhe chamei proeza. Ser-se um sonhador é uma proeza nos dias que correm! :)

éMe disse...

Serei a unica a achar que considerar puxar pela cabeça como algo digno de de conotação sexual, um bocado estranho? Sado-maso...Rafeiro...nunca pensei.

nuvemdocce disse...

Não, de todo Rafeiro, juro pela saúdinha das minhas pulgas, pela vidinha das minhas carraças, pela queda do meu pelo, pelos dentes que já perdi, pelos ossos que me restam e a última pata, aquela que levou o implante, que não pensei em nada daquilo que tu pensaste que iria pensar e que todos os pensamentos que pensei foram pensados sempre com pensares de encontro aos teus pensamentos.
Não sei se me fiz entender ou se pensaste que estava a pensar noutra coisas, mas estes meus pensamentos por vezes deixam-me a pensar que duas cabeças pensam sempre melhor e que ...

Desculpa, estou para aqui a divagar, mas...estavas a pensar dizer alguma coisa??...é que eu pensei..oh..deixa lá, não puxes mais pela cabeça, é sexta-feira e como está um solinho tão quentinho, pensei que talvez o teu pensamento estivesse em sintonia com o meu e ...

Não te zangues, já fui...só pensei que...LOLLL...o raio desta cabeçinha pensadora...BOM FIM DE SEMANA!!...:)

Beijokas

Castanheira Pera disse...

Sem dúvida nenhuma que não parecem coisas de um Rafeiro Perfumado.
As pessoas iam lá puxar por uma coisa que não têem?
Nem parecem coisas tuas.

MARGE SIMPSON disse...

Fácil falar.. mas e quem não tem cabeça? como pode puxar? Não faças aqui posts difíceis...que há gente limitada!

Maria Santos disse...

Puxas pela cabeça????
Olha... é bom sinal!
É sinal que a tens...

Miss Kitty disse...

Sou loira, rafeiro...

Não puxo pela cabeça!:P

**