Cuidado com o Rafeiro! Não é que morda, mas podes pisá-lo sem querer...

quinta-feira, 24 de março de 2011

Qual obrigado, estou cá para isso!

O obrigado continua em extinção, acelerada!

Texto tão brilhante que teve de ser removido para um local mais seguro, mais precisamente o livro Agarrem-me ou dou cabo desses palhacitos!

53 comentários:

centro das marradas disse...

...são as bestas deste país que, de tal vácuo cerebral, nem capacidade têm para agradecer quanto mais para ler instruções feitas para crianças de 6 anos...

Rui Pascoal disse...

"Quem não tem não pode dar".

Teté disse...

Mas estavas à espera de quê, de um tipo que não sabe ler as indicações claras num ecrã? Quer dizer, se calhar nem ler sabia, há gente que gosta de disfarçar o analfabetismo.

Mas, dito isto, já apanhei analfabetos confessos no supermercado, que agradeceram gentilmente a informação que prestei.

Depois tens os distraídos, lerdos, mal educados, aso... :)))

Beijocas!

Só sedas disse...

Loooool os teus pais não te ensinaram modos, tá visto!

the big fox disse...

por acaso não era um tal de Jose qualquer coisa não? é que esse tambem não vê uma á frente dos olhos...
mas tu querias um beijinho????
hummmmmm e a tua Santa Jove sabe ??? estranho mmmuuuuiiitttttoo estranho....
abraço

Janita disse...

Óh Rafeirito mê rico menino.
Já somos dois a quem essas coisas acontecem.

Cheguei à conclusão que há três palavras que custam a sair da goela dos portugueses:

Obrigado/a e Por favor.

Vamos ver se agora, longe da influência nefasta, começamos a melhorar.

Tem um Bom Dia meu querido.
( continuo numa fase de meiguice)

Xiiis muitos.

Táxi Pluvioso disse...

A culpa é daquelas cancelas, antigamente entrávamos sem pagar, e estava tudo ok. Na tarifa já estavam incluídas essas borlas. Hoje ainda lá estão incluídas mas já não existem.

Dragão Azul disse...

Fizeste a tua acção do dia e o tipo nem te agradeceu e quase perdias o metro.. eu ja estou abituado a isso muita gente nem "um dia" quanto mais um "obrigado" e á sempre alguem que quer passar á frentes de toda a gente.

Abraço!!!!

FATifer disse...

O tipo era assim tão grande ou será que és dos poucos seres humanos neste país em que as “doenças” – “educação” e “civismo” resistem?

(já sei, a julgar pelo último parágrafo a “educação” está a caminho da cura!)

Abraço,
FATifer

MRPereira disse...

Acho que esse senhor levaria um (muito irónico) "Não tem nada que agradecer" quando virasse costas.

Eu não sou de meias palavras, como deves ter reparado nos já muitos anos que levamos neste pequeno mundo! :)

Abraço

Vício disse...

já pensaste em passar umas horitas diarias junto dessas maquina para ajudar quem precisa?

Mal Educado disse...

besta mal educada sou eu... nada de concorrências

tvesses dado uma canelada no tipo e dizias: "então pá, está aqui um gajo a ser simpática e não se diz nada?!"

Isis disse...

LOL. Devias ter gritado a plenos pulmões ao Senhor: "OBRIGADO!" e logo de seguida: "DE NADA! EU ANDO AQUI PARA ISTO MESMO, ATURAR MAL EDUCADOS!" ;-)

Inês disse...

É tão bom ajudarmos os outros e nem um obrigado um sorriso recebermos em troca.

Patrícia disse...

Lol
Se ele tivesse agradecido não tinhas "material" para este post nem para nos tentares convencer que sabes tirar bilhetes "ida e volta" e que ajudas os outros...
Como ele te deu esta oportunidade quem lhe deve um "obrigado" és tu...
bjs

Marta disse...

Infelizmente é algo típico na metrópole. Quantas não são as vezes que entro num sitio qualquer digo bom dia e é como se nada fosse, ou quando seguro na porta para alguém passar...enfim...nada a fazer.
Tu fizeste a tua parte ;)

Sentaqui disse...

Há que considerar a hipótese de o dito cidadão te ver tão apressado que nem teve tempo de dizer fosse o que fosse...reparaste se ficou de boca aberta?:)))
Beijitos Rafeiro

Cat disse...

ahahahahahahahah, muito bom.
Mas fizeste bem, eu faria o mesmo, e com um sorriso gentil, que as pessoas até podem estar num momento menos bom.

carol disse...

Pois é: somos mesmo umas bestas (sem ofensas para as ditas, claro!) É que a educação não se aprende pelo computador - nem a educação, nem nada. E, a certa altura, começou a dar-se tudo às criancinhas por computador. It's a shame!

Tulipa Negra disse...

O quê, tu não és funcionário do metro pago para dar instruções aos passageiros? Se não és, tens aí uma vocação escondida! :)
A boa educação deve ter começado a pagar imposto com um destes PEC e ninguém deu por nada...
Beijinhos

ψ Psimento ψ disse...

Às tantas confundiu-te com um assistente do metro. O que não justifica a falta de educação ehehheh. Pelo menos agatanharam o metro já não é mau. Mas devias ter-te sentido bem com a tua boa acção :)
Um abraço

Orquídea Selvagem disse...

Depois de ler o teu post e os vários "raufs" que recebeste, posso concluir que todos nós, teus fiéis leitores, é que devemos um agradecimento a esse senhor/jovem (não especificaste a idade) por ter sido tão pouco "polite" contigo.
Sempre é melhor ler sobre um "fait diver" do teu quotidiano do que das asneiras de um senhor que está a esta hora em Bruxelas a fazer contas de cabeça e a congratular-se da "mise en scene" que perpetrou.

Beth/Lilás disse...

Pobre Rafeiro, tão gentil e encontra um idiota sem educação.
Mas, não liga não, o importante é que fizestes a tua parte e quem ficou com o "Karma" foi o sujeito.
grande abraço, carioca

Pitanga Doce disse...

Olha que às vezes me acontece encontrar umas figuras assim nas repartições públicas. Ali acontece o contrário do teu caso: eles me atendem com umas trombas do caraças, eu, por fim agradeço, eles mal levantam a cabeça pra me verem e como eu "não valho nada", dou dois passinhos a frente, volto atrás e digo: "Continue sorrindo. A senhora é muito simpática."

Olha, tu não te envergonhas de dizer, em público, que trazes a jove de rastos??? Isto cabe um processo!

Felina disse...

A culpa é do acordo ortográfico às tantas além das letras também cortaram palavras... digo eu

LOURO disse...

Então querias receber de quem não tinha nada para dar...Tu até estavas com pressa para apanhares o metro!!!
Abraço
Lourenço

Fábio Paulos disse...

um simples obrigado não ficava mal ao senhor, eu por vezes também me esqueço de agradecer ou até dizer um simples se faz favor, não é por mal, mas também não acho que deva dizer isto a cada pedido. abraço

Petra Pink disse...

E perdeste o metro que estava a chegar?

Não falta pessoal assim....
O que vale é que não são todos se não mais valia ir viver para o Pantanal.

Petra Pink disse...

Sim conheci o teu blog agora...
Gostei!
BEIJINHOS

Nenúfar Cor-de-Rosa disse...

Lindo cãozinho :-))) foste impecável!! (agora mesmo a sério) obrigada por pessoas assim como tu existirem :-)...ahhh desculpa, pessoas deveria ser "cãezinhos". Beijinho

Luis disse...

Meu Bom Amigo,
De que estava à espera? Então não sabe que a boa educação é coisa rara e pouco vista?
Um abraço amigo e solidário.

Cat disse...

Eu já fiz isso. Como a pessoa não se deu ao trabalho de agradecer, fi-lo por ela, disse-lhe obrigado. Ficou a olhar com ar de estupido.
Também já usei o "ora essa, não tem de quê".

Petra Pink disse...

Rafeiro desculpa estar a responder aqui neste post...
Não te preocupes com isso.... é normal ou pelo menos encaro como tal...
Nunca deixei de fazer nada do que queria e tudo, mas tudo que tentei atingir consegui....
Não te preocupes com isso.... beijinhos...
Vou voltar ca este blog é deveras hilariante.

Laura disse...

Quem sabe ele só sabe pronunciar a palavra; está! o agradecimento vinha de seguida mas nem lhe deste tempo de abrir a boca...tens cá uma lata rapaz, ahhhhhhh..

beijitos.

laura

Multiolhares disse...

Mas ele também estava de olho na jove por isso te distraiu e como estava raivoso não de agradeceu rsrsrs
bjs

pink poison disse...

Fizeste o teu papel... Portanto, podes estar sossegado com a tua consciência, os outros que continuem com a má-educação.
Kiss

turbolenta disse...

Quando os meus filhos eram pequenos eu dizia-lhe que havia 2 palavras importantes. Uma ía à frente e a outra atrás e que eram o S.F.F. e o Obrigado.
Aprenderam a lição mas diziam-me muita vez: os outros meninos não dizem...
Mas nestes tempos modernos, nem sei se é pela grande pressa com que todos andam, mas o certo é que me parece que , decididamente, já não fazem parte do vocabulário do pessoal.
É isso e entrarem aos saltos e espavoridos num elevador cheio de gente ,forçando muitas vezes a porta já meio fechada e nem bom dia nem boa tarde.
Depois admiram-se que alguns dos viajantes que já lá estavam se lembre de dizer: Bom dia também para si!
Então, fazem ar de espanto coram mas nada respondem, na maior parte das vezes.
O Português é muito educado!
E amanhã como é?
Vens de combóio? A CP já respondeu à tua carta?
(eu vou de carro a Coimbra....)

Nuvem disse...

hahahahahaha
querias um obrigado por o ter ajudado?
ao menos apanhaste o Metro?
as pessoas já nem sabem o que é dizer obrigado(a)... acham que todos temos a obrigação de ajudar porque sim...
beijocas

Fragmentos Culturais disse...

... pois! É a assim que vai esta 'sociedade' portuguesa :(
Educação?! Não se sabe o significado quanto mais o acto...

Vera, a Loira disse...

Eu acho que essa sensação de vazio foi mesmo por não lhe teres dito no final: "Volte sempre"

Tio do Algarve disse...

Caro Rafeiro,
Olhaste bem o tipo (a)? Não seria um político conhecido?
Abraço

aespumadosdias disse...

O metropolitano de Lisboa podia contratar-te a recibos verdes para ajudares lisboetas a tirar o bilhete das máquinas. Se não te pagassem podias fazer voluntariado.

Nuno Medon disse...

olá! Aqui no Norte, não tenho razões de queixa quanto a isso. Quando ajudo alguém, recebo sempre um obrigado. Há uns meses, em Lousada uma senhora que dizia ver mal, pediu-me para carregar o telemóvel dela no multibanco. A senhora meteu o multibanco dela na máquina e eu lá carreguei o telemóvel dela. E agradeceu-me no fim. Mas é tudo assim, em Lisboa, ou só algumas pessoas? abraço e um bom fim de semana

Anjo De Cor disse...

Parece que fazemos a nossa obrigação ajudar...
bjs*

Roxanne disse...

Como se tu estivesses lá para dar informações a pessoas que não sabem fazer uma coisa tão simples como seguir indicações suficientemente claras. Como se não fizesses mais do que a tua obrigação, pois só assim se justificaria a falta de um acto tão simples como o de agradecer.

► JOTA ENE ◄ disse...

ººº
Atenção amigo, que os senhores da Blogger tb se pelam por remover blogues, aconteceu-me durante esta semana.

Maria Santos disse...

Lá fizesre a tua boa acção do dia!
Bjcas

palavrasasolta disse...

"Faz o bem, não olhes a quem", foi o que sempre ouvi dizer.
Às tantas o "home" ficou atrapalhado por ser uma coisa tão simples e ele não o ter descortinado que acabou por não te conseguir agradecer.
Mas eu agradeço-te. Porque já houve alturas em que olhei para as máquinas e pensei "onde é que me vim meter?"
Bom fim de semana

Me,myself & I! disse...

A mim costumam agradecer-me...ajudo as velhinhas do meu prédio e levo-lhes as compras até à porta e o pior mesmo é o depois ter que fugir rapidamente,que se querem pôr à conversa...
Ás vezes chego mesmo a preferir que não me agradecessem e fossem mais como esse tipo...

Mz disse...

Só prova que tu és educado, sensível e prestável.
Olha, talvez a pessoa que ajudaste, quando lhe passou o stress da máquina é que se lembrou que nem "por favor, nem obrigado" se calhar nem dormiu bem de noite a pensar nisso... (eu sou assim, ingénua)
bjs

LopesCa disse...

As pessoas cada vez estão mais estúpidas e mal educadas :s

Ana disse...

AhAhAh Foi isso mesmo! Eu também fico meio parva quando me pedem informações ou ajuda quando estou a trabalhar em promoções e, mal respondo, viram costas e nem um agradecimento!

Sandra. disse...

:))

óhhh calindu, né tum bom ajudar o próximo raf?? cousinha mailinda memo :))))sempre cajudo, magradecem :) só pa te sentires mal!!

eu por norma quando preciso dajuda tento encontrar um gajo bestidinhu dazul primeiros e só óspois matiro aos demais :))) mas agradeço sempre O:)

besuuuuuuuuuuuuuuuus