Cuidado com o Rafeiro! Não é que morda, mas podes pisá-lo sem querer...

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

A generalização é lixada

Um tipo que trabalhe numa peixaria pode falar em "ossos do ofício"?

Até sempre,
Rafeiro Perfumado

53 comentários:

Anónimo disse...

TENS TANTA VERGONHA DISTO ESTAR ÁS MOSCAS QUE ATÉ RETIRASTE O CONTADOR DE VISITAS! MERECES, SEMPRE A GOZAR COM TUDO, PORCO NOJENTO!

Rafeiro Perfumado disse...

Para quem não gosta deste blog ser o primeiro a comentar não deixa de ser estranho, pá. Quanto ao ter retirado o contador, é um facto, estava a dar problemas, mas o blog funciona na mesma. Um bocado como tu, a quem tiraram o cérebro mas mesmo assim consegues escrever comentários tão inteligentes...

AFRODITE disse...


Bem, se não puder falar em "ossos do ofício"... pode sempre dizer que tem uma valente espinha entalada na garganta!


Beijos meu querido, espero que esteja tudo bem por aí!
(^^)

Diabba disse...

Grunfff só eu é que não tenho um anónimo decente. grrrr
Emprestas-me o teu?? Gosto dele. Aliás (generalizando) gosto de todos os anónimos, diz muito sobre o carácter de quem estás por detrás da cortina...

enxofre

Felina disse...

Na peixaria tem uma maquina que se chama serra ossos, para cortar os peixes congelados, por isso tem tudo haver, principalmente se ele serrar um dedo por engano...

Beijoca

Táxi Pluvioso disse...

Ao fim do dia doem-lhe os ossos e não as espinhas. boa semana

Matilde Jones David disse...

Ah Rafeiro, sempre com boas observações...

Beijinhos

Malena disse...

Espinhas do ofício é bem chato!!

Assinado: Mosca Malena

Brown Eyes disse...

Nesse caso deve ser mais "espinhas no congelador" :)

PortoMaravilha disse...

Ola'

Eis uma problema'tica interessanta e que toca a evolução. Ser com esqueleto e ser sem esqueleto. Depende pois em que serviço da peixaria trabalha. Se é o que vende moluscos ou não, por exemplo...

Nuno

Tétisq disse...

Espinhas...

Partilhar é bom disse...

miau!

Parabéns pelo blog!

lena disse...

As espinhas são os ossos do oficio dele...
Beijinhos.

Nuno Amado disse...

Tens um verdadeiro anónimo de estimação!
Escreve em maiúsculas e tudo!
Os meus dois de estimação não escrevem em maiúsculas... fiquei com uma certa inveja...
:(

Margarida Alegria disse...

Esse anónimo das 9h03 não tem mais que fazer?
Em que lhe afecta isso? Que tristeza.
----
Rafeiro: muito obrigada pelo apoio.
O certo é que o "Alegrias eAlergias" lá chegou a finalista na categoria de Banda desenhada. E começaram as votações na final,hoje, até dia 26/sábado inclusivé:
http://margarida-alegria.blogspot.pt/2013/01/a-minha-estrondosa-derrota-e-o.html

Quanto a este post e à questão que levanta, a minha respota é:
Não pode falar em "ossos de ofício", mas pelo menos não se pode gabar de ter um trabalho "sem espinhas"... ;)
Beijocas!

Vício disse...

só se não tiver problemas de garganta!

FATifer disse...

É uma dúvida deveras pertinente a que nos deixas e quase que me fizeste pensar um segundo mas a reposta é:

Pode! (mesmo que esteja errado :P)

Abraço,
FATifer

maria teresa disse...

"Espinha, termo vulgar para os ossos dos peixes", podes confirmar em qualquer livro de Biologia.
Estou felicíssima, resolvi o teu problema, podes "falar" não cometes erro e mostras que és erudito!
Toma lá duas beijocas, divide com a jove (estou uma mãos largas)
Os anónimos não se metem comigo buáááá

Carolina Tavares disse...

Um tipo que trabalhe no cemitério também. E o ortopedista também.

Beijoca

nêspera disse...

Só se forem equivalentes a papias da corte bizantina!

Bjis :)

Inês disse...

Aqui está uma pergunta pertinente...

S* disse...

Ai Rafeiro, esse teu anónimo é assustador, cruzes credo.

luisa disse...

Ora... então a espinha (dorsal) não é feita de ossos? :)

Teté disse...

Poder pode, até porque espinhas do ofício não soa nada bem... :)))

Beijocas!

Cantinho da Bê disse...

Eu até ia comentar a tua piadinha, mas o primeiro comentário deixou-me parva...o.O

Kapikua disse...

do mesmo modo que o do talho pode ter uma espinha encravada na garganta com o seu fornecedor de carne barrosã...

Marta disse...

Porque não dizer espinha do ofício? Ou então escamas do ofício ;)

gota de vidro disse...

ehehhehhe

Terá que falar em peixes do oficio...

bjocas da gota

Lina Maria disse...

Os "nossos" anónimos são fixes. Deixam a bomba, vazam, e são sempre os primeiros a deitar faladura! Olha como ele andou a cuscar para ver o teu contador! Já ando por aqui há uns tempos e nunca o vi (por isso nem vi se a tiraste)!

Quanto às espinhas. diga-se que deve se um osso do ofício ter espinhas entaladas na garganta! ;)

Mz disse...

Numa peixaria gerida por um esqueleto perfeito que dizem ser formado por 206 ossos e se no final do dia o esforço se sentir de tantos peixes amanhar e escamar poderá falar convicto dos tais "Ossos do Ofício"

Opá!

JP disse...

O anonimo se não gosta... simplesmente... não come!!! Ou melhor porque passa por aqui?

Continua Rafeiro, fazes falta a este país... estás a prestar um serviço publico!!

Abraços

Rui Pascoal disse...

Claro que pode! Se o trabalho for muito e o ordenado pouco, o gajo sente-se escamado... e feito em postas.
:)

Ricardo Jorge disse...

Sempre ouvi dizer que é nos ossos que estão as vitaminas!

Blogadinha disse...

Se for chnês fala disso e ainda te aplica desconto! :P

P.S.: Empresta-me a tua varejeira para limpar o blog... hehehehe

Margarida Alegria disse...

olá outra vez!
Sobre a questão do concurso de blogs, dei a minha opinião/resposta lá pelos comentários naquele post.
Beijinho! :)

dinona disse...

Profundo Rafeiro, estes teus pensamentos são deveras preocupantes :-D

pássaro viajeiro disse...

Pode sim senhor! Aliás, espinhas do ofício é que está correcto.
Ninguém dobra os ossos a trabalhar, já a espinha, pois!

Margarida Alegria disse...

(Sim, mas eu concordo contigo Rafeiro! Simplesmente não acho que esteja a ser sequer o único critério a "pesar" no dito concurso... :((
Olha, daói a um par de horas lançarei mais uma emissão de dívida de humor negro, com os cartoons a regressarem ao Mercado blogosférico! A não perder..)
beijinhos e... brinda-nos com mais uns posts filosóficos como este!Vá lá! )

O Sexo e a Idade disse...

Agora fiquei escamada a pensar na resposta...

Kok disse...

Do mesmo modo quem trabalhe num talho não diz que tem cabeça de porco, nem rabo de boi, nem miolos de carneiro.

Akele abraço pah!

Especialmente Gaspas disse...

hehe :)

Canephora disse...

Bom... eu ia comentar serio e dizer
"ossos doi oficio" pq são os habitos de quem faz o oficio...
depois ia brincar e dizer que no caso seriam espinhas do oficio, dando-lhe a conotação negativa.... e claro estando eu a explicar tudo, deixa de ter piada... mas, quando abri os comentários e vi o 1º e a tua resposta eloquente... escrevi esta parvoíce que aqui deixo....


Saudações caninas...

por falar em cães... ossos do ofício é sempre uma boa sobremesa!!!!

Jaime A. disse...

E um tipo que trabalhe no Club Med, poderá falar em "ócios do ofício"?

Abraço.

Rafeiro Perfumado disse...

Afrodite, antes isso que uma costela de borrego entalada na garganta! Sim, as coisas começam a compor-se! Grande beijoca!

Diabba, lamento, este é só meu! Já tiveste um anónimo perfumado, mas desprezaste-o! Agora só pagando! Beijoca!

Felina, mais um motivo para não me aproximar desses locais estranhos, chamados “peixarias”. Beijoca!

Táxi Pluvioso, então e se tiver uma colega boa, não lhe quererá saltar para a espinha? Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

Matilde Jones David, elas surgem especialmente quando como qualquer coisas mais indigesta. Beijoca!

Malena, mais do que os ossos? Assinado: Melga Rafeiro

Brown Eyes, e o que dirias em vez de “esqueleto no armário”, “espinhas no armário”?

PortoMaravilha, digamos que a pessoa trabalha na parte administrativa, só para complicar.

Rafeiro Perfumado disse...

Tétisq, logo concordas que a generalização é lixada...

Partilhar é bom, muito obrigado! Rauf!

Lena, cada estrutura no seu corpo, certo? Beijoca!

Nuno Amado, podes sempre copiar para o Word e aumentar o tamanho da letra!

Rafeiro Perfumado disse...

Margarida Alegria, coitadinho, deve viver numa cave escura, ter pilinha pequena e poucos ou nenhuns amigos, deixa-o passear por aqui. Beijocas!

Vício, então não pode ser fumador.

FATifer, “pode, mesmo que esteja errado”. Tens consciência que a tua argumentação tem umas quantas espinhas pelo meio, não tens? Abraço!

Maria Teresa, para que querias tu anónimos? Olha, mete um texto a insinuar que Jesus era gay, vais ver que tens anónimos até ao resto da vida. Beijoca!

Rafeiro Perfumado disse...

Carolina Tavares, e um veterinário que trate de peixes? Beijocas!

Nêspera, isso de meter palavras que me fazem ir investigar é mau! Beijocas!

Inês, como sempre, retirando a modéstia.

Luísa, realmente nunca ouvi um tipo a dizer que quer saltar ao osso de uma gaija.

Rafeiro Perfumado disse...

Teté, mas que estaria mais correcto, sem dúvida! Beijocas!

Cantinho da Bê, não ligues a tristes, eles alimentam-se da pouca atenção que recebem.

Kapikua, então se nos lembrarmos da estrutura óssea que esse tipo de bicho tem na cabeça, que grande espinha seria!

Marta, “escamas” do ofício parece-me pouco prático, pois não saberíamos se estavam a falar de peixes, répteis ou políticos.

Rafeiro Perfumado disse...

Gota de Vidro, então será “espinhas do ofício”, pois tirando os chulos ninguém diz “as vacas do ofício”. Beijoca!

Lina Maria, sempre que alguma coisa me começa a dar erro vai com os cães, qualquer dia nem textos tenho. O anónimo ainda não percebeu é que só ando aqui pelo gozo, tive os meus momentos de glória mas mesmo agora continuo a divertir-me.

Mz, então e se a pessoa em causa for maneta, reduzindo os tais 206 ossos para menos de 200, já se poderá falar em espinhas?

JP, serviço público não digo (ainda mais porque agora dizem que o Sócrates na RTP é serviço público), mas garanto que andarei por aqui enquanto me apetecer e divertir, não ligando a mínima a palhacitos anónimos. Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

Rui Pascoal, especialmente se não tiver nervo para ir à procura de melhor!

Ricardo Jorge, não olhes assim para mim, com apetite, os meus ossos são muito pobres em vitaminas!

Blogadinha, pouca coisa compro no chinês, então comida só mesmo em restaurantes!

Margarida Alegria, já fui cuscar. Espero que tenhas compreendido o meu ponto de vista. Beijoca!

Rafeiro Perfumado disse...

Dinona, se soubesses as horas de sono que tais pensamentos me roubam...

Pássaro Viajeiro, fala por ti, que me farto de dobrar ossos a trabalhar!

Margarida Alegria, assim tentarei. Beijoca!

O Sexo e a Idade, não fiques, olha que isso lixa-te o cálcio dos ossos!

Rafeiro Perfumado disse...

Kok, se não diz essas coisas então vai à falência em dois tempos! Abraço!

Especialmente Gaspas, ;)

Canephora, no que toca a cães acho que os ossos, sendo ou não do ofício, são sempre uma boa sobremesa. Já eu prefiro baba de camelo.

Jaime A., depende, se for massagista até pode falar nas “febras do ofício”. Abraço!