Cuidado com o Rafeiro! Não é que morda, mas podes pisá-lo sem querer...

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

É por seres jovem ou por teres a cultura geral de um prego enferrujado?

Um destes dias tive mais um exemplo de como estou a ficar velhote. Não sei se vocês também costumam chamar "orelhas" ao saca-agrafos, quanto a mim adoro essa denominação. Quis armar-me em engraçado com uma colega mais novita que tinha um desses instrumentos mas com uma das "orelhas" partida, dizendo-lhe que nesse caso ela tinha um simples "Sousa Franco".

Perante o seu olhar de espanto, tive de fazer o que é a morte de qualquer piada, contextualizá-la. No entanto, a referência a um falecido ministro das finanças que só tinha uma orelha não surtiu qualquer efeito, mantendo a colega uma expressão de quase desdém, como se o tal ministro tivesse exercido funções quando ela ainda andava no jardim-escola.

Pior foi quando ela me perguntou como se chamaria o saca-agrafos se não tivesse nenhuma das "orelhas". Niki Lauda, disse eu todo orgulhoso. O "e quem é esse" que recebi como resposta foi como se tivesse envelhecido duas décadas...

Até sempre (que já não deve ser muito),
Rafeiro Perfumado

54 comentários:

Diabba disse...

Só te deste conta agora da tua provecta idade?? hihihihihi
Quero um dos teus espelhos.
Beijo d'enxofre

S* disse...

Tziii, estás mesmo mais pra lá do que pra cá. Não fazia ideia de nenhum dos dois.

AFRODITE disse...


Meu querido amigo... como te compreendo!
Eu sempre achei que é bem mais gratificante conversar com pessoas que saibam tanto ou mais do que nós... pois sempre ainda podemos aprender mais qualquer coisinha!

Coitado do Niki Lauda!
O que ele passou não desejo a ninguém!!

Beijinhos e festinhas nas tuas orelhinhas de Rafeiro! :))

Textículos disse...

O teu problema é que envelheces em anos de cão! :)

Felina disse...

Não fiques triste ainda tens boa memória...

PortoMaravilha disse...

Ola'

Muito bom o texto. O problema da contexto é muito relevante e verifica-se, por exemplo, na tradução. O problema da cidadania é também muito importante, não conhecer o nome,não digo a politica, dum ministro da economia é também muito revelante...

Nuno

barroca disse...

oh pá, eu ria-me da do sousa franco, mas a do nikki lauda passava-me ao lado, seu caqueiro! :D

Ana disse...

Agora também me senti um dinossauro...

MisS disse...

Ahahahahah "Sousa Franco"! Muito bom...

Miú Segunda disse...

Tio Rafeiro, aprenda a lição e não volte a fazer charme para cima de garinas adolescentes, ahahah. Ou, pensando melhor, considere todo o terreno fértil (ou não tanto, depende da qualidade das sinapses) que ali há para cultivar... Não é isso o que os homens adoram fazer com as mulheres: ensiná-las? :)))

Vício disse...

ela deve ser fã do Dumbo...

lena disse...

Não sabia que o saca agrafes também se chamava orelhas. Fica registado.
Beijinhos grandes.

Rui Pascoal disse...

Acabei de abrir a carta/recibo vencimento e sabes que mais? Ainda tenho as orelhas a arder dos "agrafodeste" Gaspar...

Janita disse...

É por ser jove...claro!

Há que ser tolerante com a malta jove...Tcheeee
Que mania essa de achar que todos têm que saber tudo!!!

Até sempre, então, Rafeiro.:))

Beijocas.

Tétisq disse...

Velho!

Louco disse...

Ri com o Sousa franco mas confesso que nao sei se associaria, porquê? Porque nunca tinha ouvido chamar orelhas ao saca agrafos :D

FATifer disse...

… é tudo uma questão de referencial! Nem todos nos entendem (e ainda bem!).

Abraço ò velho,
FATifer

Kruzes Kanhoto disse...

Boa! (a história,claro)

Para a próxima, quando tiver de aparar o lápis, peça-lhe o Caguça ou o Cafia.

Cat disse...

Eheheh! Eu também lhe chamo orelhas, lá no trabalho ninguém me percebe, "sousa franco" está muito fixe!

Carolina Tavares disse...

Fui ver no oráculo (Google) o que é um saca-agrafos. Agora sim :) Por aqui se diz grampeador e removedor de grampos. É por estas e outras que o Google às vezes me pergunta, é pt ou br?

Beijoca
* devemos ter a mesma idade, pois entendi as piadas :) De fato a morte de qualquer piada é ter que contextualizá-la, muito inteligente, como de sempre.

Teté disse...

Eheheh, essa jove, para além de ser novita e obviamente não conhecer os personagens em causa, ainda tem um sentido de humor igual ao do... Sousa Franco! (que por acaso era igual a zero, mas aqui façamos de conta que era só a meio gás!) =))

Beijocas, ó cota! :D

Graça Sampaio disse...

Essa do Sousa Franco foi mazinha... Para mim «orelhas» é mesmo o energúmeno do Benfica. Não, não é o treinador! Esse também é energúmeno. Mas referia-me mesmo ao diretor....

redonda disse...

Assim é difícil contar piadas :)

Kapikua disse...

Este mundo está perdido, RAuf.
daqui a uns dias já ninguém percebe que um "acelera" é um Fangio.

Abraço

Orquídea Selvagem disse...

Kapikua,
Estás a falar do argentino, do Juan Manuel... certo?

(^^)

Táxi Pluvioso disse...

Então deixo aqui uma notícia para integração no mundo moderno, e para que as referências culturais sejam adequadas ao tempo real:

http://www.uproxx.com/webculture/2013/01/the-girl-who-sucked-a-bloody-tampon-on-youtube-is-facebook-married-to-the-guy-who-ate-his-own-poop/


boa semana

Canephora disse...

Pronto, gostava de dizer que sou culturalmente estúpido também, era sinal que tinha a idade dessa colega... mas, como a compreendi e me ri do teu texto... vou levantar-me e limpar as lágrimas que me cresceram nos olhos por me lembrar por que raio é que percebi as piadas...

AmSilva® disse...

Estamos mesmo velhos....
Para nós somos apenas do século passado, mas quando nos comparam ... somos do tempo dos Afonsinhos...
Abraço!!

Lina Maria disse...

=)
Eu chamo-lhe Tira-agrafos e não devo ser mais nova que tu.

Niki Lauda? Não foi só a direita?

Cantinho da Bê disse...

Idade = maturidade. Vai por mim que entendi as piadolas! ;)

Margarida Alegria disse...

Pois... estas coisas vão acontecendo com o avançar da idad...hã... da maturidade.
Mas vamos lá a ver isto sob outro prisma: não é o autor da piada que perde a validade. é a própria piada que cede ao passar do tempo.
Quem a diz continua jovem. Quem não a entende será simplesmente ignorante ou jovem demais. Não merece escutar essas anedotas.
Nada de confusões! :)

Bjinho

Storyteller disse...

"Orelhas" nunca lhe tinha ouvido chamar... Eu cá chamo-lhe "coisa-agrafos". O verbo "coisar" é muito útil.

Jaime A. disse...

Já ouviste falar no fosso entre gerações? Pois estás a viver isso mesmo.
Eu também sei o que isso é, assim que declaro que ainda tenho lembranças do 25 de Abril, parece que os ouvintes ainda me imaginam na Rotunda durante a revolução do 5 de Outubro... caramba não sou assim tão, digamos,
Haja paciência!

Fragmentos Culturais disse...

... é por não ter cultura geral, podes crer! O que mais há! E não tem só a ver com idade(s).

Táxi Pluvioso disse...

E agora já há nome para a doença: é a peste grisalha que tomou o país.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Nem imagina quantas vezes já tive essa sensação! Quando os nossos interlocutores já não têm as nossas referências, está tudo lixado!

AFRODITE disse...

Carlos Barbosa,
Isso é o que os ingleses chamam de "generation gap".

Um abraço
(^^)

Bento disse...

Ainda o Sousa Franco vá que não vá...agora o Nikki Lauda? daqui a pouco Vão-me dizer que não sabem quem foi o Fidalgo da Casa Real, segundo alcaide-mor do reino de Portugal nascido a 25 de Maio de 1807... Falta de cultura...Jesus!

Mz disse...

Rafeiro, tu estiveste muito bem, contudo, fizeste-me lembrar a RTP Memória...

Orelhas - vocábulo novo no meu diccionário de material de escritório ;)

Ricardo Santos disse...

Pois nem Sousa Franco, nem Nikki Lauda fazima parte do imaginário da rapariga...
A mim também me acontece às vezes falar de coisas que para mim são evidentes, mas ... há muita gente nova, mesmo va, por aí !!

Idialecto de Sepúlveda disse...

Bem visto!!!

rosa-branca disse...

Olá amigo, deixaste-me pensativa...é que lembro-me perfeitamente dos dois...será da velhice? Portanto não fiques triste, porque eu acompanho-te nas finanças e no ferrari hehehe beijos com carinho

Anita disse...

Deveria encaminhar alguns amigos aqui ao teu estaminé, sempre que reclamam das minhas piadas pouco próprias sobre a desgraça alheia...

Boboquinha disse...

É natural. E hoje em dia nem é preciso esperar décadas para se ficar "velho". Basta um par de anos e a "cultura geral" de ministros, ex-automobilistas ou demais artistas cai em desuso, surgem outros. Vá lá, talvez se lembrem da Madonna??

Rafeiro Perfumado disse...

Diabba, continuo a fazer o tal teste com os degraus na casa da minha sogra, enquanto não malhar... Beijocas!

S*, vou ter de te chamar “prego enferrujado”!

Afrodite, normalmente aprende-se mais com pessoas mais velhas do que mais novas, é um facto. Mas de que outra forma podemos ir sabendo como o mundo se movimenta actualmente? Mesmo que esse conhecimento não vala a ponta de um chavelho... Beijocas!

Textículos, o meu problema é que suspiro demasiado...

Rafeiro Perfumado disse...

Felina, quem és tu? ;)

PortoMaravilha, eu não digo conhecer o nome de todos os ministros, mas aqueles com apenas uma orelha deveria ser obrigatório!

Barroca, o Nikki Lauda pertenceu à geração de pilotos da altura em que eu era fã de Fórmula 1, daí o meu conhecimento. Se me perguntares o nome dos pilotos actuais, não devo saber mais do que sete ou oito.

Ana, anda, vamos emigrar para sul, que o inverno aproxima-se.

Rafeiro Perfumado disse...

MisS, todo e qualquer escritório tem pelo menos um!

Miú Segunda, longe de mim fazer charme para cima de colegas, ainda mais garinas adolescentes. Agora como antes, prefiro meter-me com quem me possa ensinar algo!

Vício, o que deve dar jeito, para aqueles agrafos gigantes!

Lena, esta é de borla. Beijoca!

Rafeiro Perfumado disse...

Rui Pascoal, e ainda teres sensibilidade nas orelhas é uma sorte!

Janita, tolerante até sou, o grau de tolerância é que é pequenino. Beijocas!

Tétisq, pita!

Louco, juro que não fui eu que inventei!

Rafeiro Perfumado disse...

FATifer, mas ganhariam tanto em compreender-nos. Abraço, ó semi-novo!

Kruzes Kanhoto, ups, agora fui eu quem ficou tipo burro a olhar para um palácio!

Cat, tens de arranjar colegas de trabalho mais cultos!

Carolina Tavares, são essas pequenas diferenças que tornam as nossas línguas tão originais. Percebes o porquê de eu embirrar com o Acordo Ortográfico? Eliminará estas subtilezas tão divertidas. Beijoca!

Rafeiro Perfumado disse...

Teté, acho que o sentido de humor do Sousa Franco estava instalado na orelha que se foi... Beijoca!

Graça Sampaio, faz favor de mostrar respeito, é o Sr. Presidente Orelhas!

Redonda, difícil não, impossível!

Kapikua, ou que uma peça para rapar os tachos é um Salazar. Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

Táxi Pluvioso, ora aí está o tipo de contextualização na qual prefiro manter-me ignorante! Abraço!

Canephora, levanta-te devagarinho, não vás deslocar alguma coisa... ;)

AmSilva, quando querem ser maus podem mesmo dizer que somos do milénio passado!

Lina Maria, não, o coitado do Nikki nunca mais pode usar óculos.

Rafeiro Perfumado disse...

Cantinho da Bê, olha que os meus pais não acreditam nisso, especialmente quando se trata do filho mais novo. Sim, sou eu.

Margarida Alegria, querem ver que tenho de ir ao google ver um actor dos Morangos com Açúcar que só tenha uma orelha, para actualizar a piada? Beijoca!

Storyteller, isso é demasiado stressante para o agrafo, pois nunca sabe o que lhe vai acontecer!

Jaime A., isto não é um fosso, é uma trincheira, pois o fosso serve para separar, a trincheira para resistir!

Rafeiro Perfumado disse...

Fragmentos Culturais, sim, conheço inúmeras cavalgaduras com mais idade do que eu, tal como conheço pessoas mais novas com mais cultura no dedo mindinho do que eu no corpo inteiro.

Táxi Pluvioso, acho que estou a ser apanhado por essa doença, os sacanas não param de se multiplicar!

Carlos Barbosa de Oliveira, pior é quando não mostram qualquer interesse em aproximar as referências.

Bento, ou mesmo quem foi a professora da terceira classe desse tipo tão conhecido que referiste. Era pendurá-los a todos!

Mz, obrigadinho por me teres feito sentir ainda mais idoso. Acho que até encolhi um centímetro e tudo!

Rafeiro Perfumado disse...

Ricardo Santos, por um lado é bom, alguém tem de trabalhar para nos pagar as reformas!

Idialecto de Sepúlveda, faltou acrescentares o “como sempre”.

Rosa-Branca, tu tens um Ferrari?!? Beijoca!

Anita, é um favor que me farias. Podes é deixar de ter amigos...

Boboquinha, em que clube é que essa jogou?