Cuidado com o Rafeiro! Não é que morda, mas podes pisá-lo sem querer...

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Até vai fazer BZZZZAAAAAP!

Lisboa vai ter uma das maiores frotas de táxis eléctricos do mundo. Tirando o aspecto cagão da coisa, é uma notícia fantástica, pois qualquer medida que possibilite menos poluição é sempre bem-vinda.

Mas, para que tudo corra na perfeição, sugiro que se comece desde já a formar os taxistas, para que estes estejam aptos para a sua nova ferramenta de trabalho, nomeadamente na adequação dos piropos e insultos à realidade eléctrica. Aqui ficam algumas sugestões:

Piropos
- Ó boa, queres ser a tomada da minha ficha?
- Dava-te cá uma descarga que até deitavas faíscas pelos olhos!
- Deves ter carga negativa, pois sinto-me positivamente atraído por ti!
- Que se lixe a segurança, por ti meto os dedos na ficha!
- Há electricidade no ar, que achas de te agarrares ao pára-raios?

Insultos
- Vê-se logo que funcionas a corrente alternada, pá!
- Tens o contador avariado, minha espécie movida a combustível fóssil?
- Topa-se à distância que não tens mãozinhas para tanto volt!
- Eu num táxi eléctrico e tu numa cadeira eléctrica, a ver se desamparavas a via!
- Deves ter a mania que és ficha tripla, levas por todos os lados!

Pelo sim pelo não vou passar a andar com solas de borracha.

Até sempre,
Rafeiro Perfumado

27 comentários:

Seca para a Vera disse...

Rafeirinho, estás a fazer curto-circuito! ;)

Será falta de energia solar nos teus paineis faciais? :)

Beijinhos!

apenas umas letras disse...

Olá, bom dia. espero que esteja tudo bem contigo. Parti-me a rir com este texto. Um abraço e bom trabalho...ou boas férias.

Tétisq disse...

Aposto que ficaste com desejos de ser taxista...

Catarina disse...

Tb aconselho as solas de borracha! A coisa pode virar para o torto! ; ))

AFRODITE disse...


hehehe

Por falar em choques lembrei-me daquela anedota do papagaio que todos os dias atravessava um estendal de roupa que ligava a varanda da casa onde vivia à varanda do vizinho do lado onde havia uma papagaia!
Chateado com o estado em que a pobrezinha já se encontrava, toda meia depenada de tantas "tareias" levar, o dono da papagaia lembrou-se de electrificar os fios de metal por onde o "galifão" passava todas as manhãs para ir "molhar o bico".
Na manhã seguinte, mal o Dom Juan de penas põe as duas patas no fio, fica logo a tremer e só pensa: «Bolas... hoje estou nervoso! Até parece que é a primeira vez que vou às "gajas"!»



Beijinhos sem electricidade estática
(^^)

Utena Marques disse...

Bolas que até deu faisca.

Beijos Rafeiro

somaijum disse...

Vai ser um problema para aqueles taxistas que, em pleno Rossio, mijam conta o taxi. xD

lena disse...

Olá Rafeiro.
Fico a espera para ver...
beijinhos grandes.

FATifer disse...

Por mais que algumas das tuas sugestões estejam demasiado eruditas para a classe em causa, acho que de deviam agradecer o trabalho a que te deste. Alguém tem que zelar pela preservação dessa espécie imprescindível na fauna de qualquer cidade!
A ser verdade a notícia teremos mesmo de actualizar a alcunha dos senhores de fogareiros para micro-ondas!

Abraço,
FATifer

nêspera disse...

E o taxista que me deu uma lição de moral no regresso do optimus alive (por ser mulher, por estar sozinha, por ter este aspecto e por gostar de música da pesada...) vai ser electrocutado????
Boa! Torço por isso… ;)

Bjis :)

Graça Sampaio disse...

Este é um verdadeiro "post" elétrico!... Bolas que até fiquei com a voltagem acelerada com a leitura dos piropos...

Este rafeiro está completamente eletrizado!.... Coitada da jove!

Teté disse...

Não há dúvida que és um benemérito, a tentar auxiliar os táxis com um léxico mais adequado... :)))

Beijocas e não te chamusques! (dizem que alguns taxistas têm mau feitio...)

Carolina Tavares disse...

Desde que ande, já é alguma coisa :)

A sério, gostei muito do taxi preto e verde, cheguei a fotografar, e penso que deveriam ser todos assim, pois são lindos, super estilosos.

Beijocas

Rui Pascoal disse...

Isso, isso, a borrachinha pode fazer toda a diferença.
:)

Inês disse...

É tudo muito bonito,mas meia volta apanho choques nas portas dos carros. Muito sinceramente não quero ser electrocutada.

nuvemdoce disse...

estás todo queimadinho..lol

piropo: encosta-te a mim e põe-me os cabelos em pé.

insulto: ri-te lá ó palhaço, mas cuidado com a descarga de energia.

Rauf, tens cá um potencial, tens tens...

Táxi Pluvioso disse...

Uma coisa é certa: o preço da eletricidade vai aumentar. boa semana

S* disse...

Estás cada vez mais tolo.

Kok disse...

Solas de borracha?
Porquê?
Tens dúvidas da tua corrente?

Abraço pah!

Catarina disse...

Devia sentir-me preocupada por nunca ter recebido nenhum piropo ou insulto vindo de um taxista? Eis a questão :p

Quanto às tuas sugestões, essas estão à altura :)

Catarina disse...

Quer dizer... Piropos/insultos nunca recebi, mas eu e uma amiga já fomos de taxi para um determinado sitio de animação nocturna em Lisboa, que o taxista sabia que estava fechado e não nos disse nada... Mas fez questão de ao deixar-nos no destino depois de voltinhas para aqui e para acolá, nos deixar bem claro que sabia que estava fechado... Será um insulto ou um elogio?

DC disse...

"Se eu metesse os dedos nessa ficha, não eram só os cabelos que ficavam em pé..."

Rafeiro Perfumado disse...

Seca para a Vera, estás viva, miúda! Isso é alguma boca ao facto de eu ser a única pessoa não bronzeada deste país? Beijoca!

Apenas umas letras, e eu espero que esteja tudo bem contigo. Essas vendas, estão a correr bem? Grande abraço!

Tétisq, é um dos meus desejos mais recalcados. Felizmente.

Catarina, se ela tirar a carta, é virar para o torto e especialmente para o zig-zag!

Rafeiro Perfumado disse...

Afrodite, querem ver que esse casal de papagaios é que vai interpretar “As 50 sombras de Grey”? Beijoca sem borracha!

Utena Marques, quem manda não calçar borracha? Beijoca!

Somaijum, vendedores de cerejas já vi a fazerem isso, taxistas é uma novidade. E aposto que é contra a porta dos passageiros.

Lena, ou para sentir! Beijoca!

Rafeiro Perfumado disse...

FATifer, bem pensado! Se bem que micro-ondas é demasiado evoluído, talvez fogão eléctrico seja mais acertado. Abraço!

Nêspera, nem pensar, qualquer pessoa que coloque em causa o direito de outra em se divertir precisa é de um ombro amigo, não de choque. E os Depeche, ganda som! Beijoca!

Graça Sampaio, confessa, electrizado é a palavra simpática para parvo, certo? ;)

Teté, desde que eu fuja para fora do alcance da tomada eléctrica, devo safar-me. Beijoca!

Rafeiro Perfumado disse...

Carolina Tavares, supostamente esse é o modelo antigo, os actuais são cremes. Por outro lado já vi táxis pretos e verdes com matrículas recentes. Pois, não percebo. Beijoca!

Rui Pascoal, tanto mal que evitaria vir ao mundo se mais usassem esse método! ;)

Inês, também eu, tive um carro que até tinha medo de lhe tocar, com receio que as cuecas me voassem!

Nuvemdoce, queimadinho mas alinhas na brincadeira, gosto disso!

Rafeiro Perfumado disse...

Táxi Pluvioso, como se fosse necessário um motivo para que isso acontecesse. Abraço!

S*, obrigado, faço por isso!

Kok, não, da corrente dos outros! Abraço, pá!

Catarina, qual preocupada, uma privilegiada! No caso que referes, claramente é um insulto à vossa inteligência mas ao mesmo tempo um convite, a que lhe dessem com um caixote de lixo no pára-brisas.

DC, excelente contribuição!