Cuidado com o Rafeiro! Não é que morda, mas podes pisá-lo sem querer...

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Coitado do tipo...

Uma mulher peidou-se e imediatamente colocou as culpas no marido. Porquê? Ele tem as nádegas largas.

Até sempre,
Rafeiro Perfumado

10 comentários:

Ricardo Santos disse...

Muito Boa !!! :)))

Janita disse...

Nem de propósito!
Como ando com o Bocage na cabeça, pensei logo que o marido podia ter respondido...

"O peido que a minha mulher deu, não foi ela...fui eu"!!!

Beijocas perfumadas!:))

redonda disse...

Há muitos anos contaram-me uma história de um senhor que estava a jantar com duas senhoras e tinha um cão. Uma das senhoras "descuidou-se" algumas vezes, o senhor descompunha o cão e ela insistia para que ele deixasse ficar o cãozinho...

Rui Pascoal disse...

O comentário anterior também tem muita piada.
:)

Tio do Algarve disse...

Faltou um animal de estimação para arcar com as culpas...Assim teve que ser o marido!

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Rafeiramigo



Voltei à tua companhia; o Crónicas das Minhas Teclas está em “hibernação”, mas não para; (diz-me sff se gostas deste título e ou não gostas). Se for não, alvitra um título que eu analisarei e se entender que será melhor, o aceitarei. É, pois, um desafio que te lanço. Muito obrigado.

Mas por agora quero dar-te a informação de que já acabei o texto, o Leonel Gonçalves está a ver o dito e… a Raquel também. É uma mulher de armas, sempre pronta a ajudar-me!...

No dia 16 deste mês começa a edição: capa e miolo vão entrar na impressão e, depois, pensar na distribuição que seja a melhor. E a publicidade? O editor e eu estamos carentes de euros e será a que for possível com a participação de quem queira também publicitar junto das Amigas e dos Amigos, o que desde já agradeço muito. Vou ainda tentar junto da malta amiga da comunicação social que façam o que melhor entenderem.

Está também a ser estudado o local do lançamento; tem de ser mais ou menos espaçoso e com boas condições. E não muito caro… Enfim, trabalha-se. E espero em breve dar-te uma novidade que entendo excelente…

Porém, neste interregno, voltarei a visitar-te e a comentar-te como é meu apanágio. E naturalmente a avisar-te sobre o local, o dia e a hora do lançamento. Quero-te lá: para te ver e/ou conhecer pessoalmente e ver… te comprar muitos exemplares rrrrrrsssss…

Abç

Este texto é único e vai repetir-se pelos blogues e comentadores e colabores que me têm acompanhado; infelizmente não posso avisar e comentar uma a uma ou um a um. Desculpem

Kok disse...

Quem sabe são os rafeiros que para não serem enganados "analizam" cuidadosamente a área trazeira das saídas.
1 abraço pah!

alien disse...

LOL
Muito boa

Rafeiro Perfumado disse...

Ricardo Santos, obrigado, um abraço não aerofágico!

Janita, esse Bocage era um espectáculo, adoraria ter um décimo da sua ironia. Beijoca!

Redonda, espero que não estejas a tentar fazer uma ligação desse tal cão e a minha pessoa!

Rui Pascoal, a Redonda é uma excelente comentadora, acrescenta sempre algo!

Rafeiro Perfumado disse...

Tio do Algarve, e não é quase sempre?

Henrique ANTUNES FERREIRA, só te posso desejar que essa edição seja um sucesso! Grande abraço!

Kok, pelo menos sabemos perfeitamente que pum sai de cada traseiro! Abraço!

Alien, por onde andas, moçoila? Beijoca!