Cuidado com o Rafeiro! Não é que morda, mas podes pisá-lo sem querer...

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Vai uma aspiradela?

Neste blog costumo falar sobre assuntos no qual fui protagonista ou acontecimentos que me captaram a atenção, fosse por que motivo fosse. Esta introdução serve para deixar bem claro que o tema de hoje se enquadra na segunda categoria, ok?!?

Um tipo foi condenado na Arábia Saudita a 1000 vergastadas pelo facto de ter feito sexo com um aspirador. Dito isto, vou dar-vos uns segundos para dissiparem da cabeça todas as imagens que se formaram. Já está? Bem, isto levanta toda uma série de questões, condimentadas pelo pormenor de ter sido a mulher a denunciá-lo.

Esta parte para mim é confusa, pois uma vez que a maioria das sauditas são domésticas, o aspirador até poderia ser considerado uma extensão dela própria. Mas seguramente não perdoou o facto do marido ter preferido algo que nunca está com dor de cabeça, nunca finge e avisa quando está cheio.

Mas, partindo do princípio que o sexo foi consensual, qual é o problema destes falsos moralistas? Se fosse com o aspirador da vizinha, compreendo que seria problemático, mas com o próprio aspirador? Um tipo compra um aspirador e tem todo o direito a fazer com ele o que quiser, desde levá-lo a passear, dar-lhe uma trancada ou, em casos mais raros, aspirar!

E, se querem a minha opinião, isto é um rude golpe na luta pelos direitos das mulheres na Arábia Saudita! Seguramente que uma das grandes ambições das locais é que os maridos também contribuam nas tarefas domésticas, certo? Dito isto, como é possível mandar prender e açoitar o primeiro homem que quando lhe pedem para ir aspirar a casa o faz com todo o prazer?

Até sempre,
Rafeiro Perfumado

43 comentários:

Pink Poison disse...

POis, pobre mulher traída pelo seu melhor amigo mas será que o homem não estaria apenas à procura de novos prazeres e, na falta de material insuflável, usou o oposto?

Urban Cat disse...

E mais! Com o aspirador, elas ficam livres de algumas tarefas menos...como dizer...amargas de boca.
Ah ah ah!

São disse...

Também li.

Aquela parte do mundo está para lá da minha capacidade de entendimento.

Bom Fevereiro

Teté disse...

Devia ser o sonho de qualquer mulher saudita, mas pelos vistos esta aproveitou para se vingar. Vendo bem a coisa, depois de mil vergastadas o homem também não a vai chatear tão depressa e ela poderá ter todas as dores de cabeça do mundo... :P

Beijocas

► JOTA ENE ◄ disse...

A minha dúvida é: será que o aspirador chegou ao orgasmo ?

Janita disse...

E como é que a mulher soube disso? Será que o aspirador pôs a boca no trombone?
Depois de mil chibatadas, duvido que ao traidor lhe apeteça ir-se à torradeira!!

Beijocas, fica bem. :)

LopesCa Blog disse...

Acontecimentos que me captaram a atenção... Ok

Não sei mas o homem não devia ser boa peça para até ter a mulher a denuncia-lo em algo que não lhe dava trabalho, acho que era para se livrar dele.

Maria Santos disse...

Bem, estou ainda a imaginar as ordinarices que o tipo fez ao aspirador... que deveria ter feito à mulher!
Compreendo a mulher, a sua cabeça ficou demasiado enfeitada e não fica bem com uma burka enfiada!
Mas compreendo o homem, é capaz de obter um melhor desempenho com o aspirador... ahahahahah
Lá está o velho ditado, quando não há em casa, procura-se... na despensa!

Manu disse...

Ainda estou a tentar imaginar o que o homem fez com o aspirador.
Se há coisa que não me entra na cabeça é a forma de ser e pensar dessa gente.
Será que o aspirador continuou a funcionar depois de ter sido sexualmente abusado?

Beijos Rafeiro

esperto que nem um alho disse...

Aspirador que em japonês se chamava "xu-pó-pó", em árabe passou a chamar-se "xu-pá-pi-la". ahahahah

papoila disse...

Rentabilização total do aspirador :)))
bjs

luisa disse...

Quem contou à mulher? A vassoura? Ou foi apanhado em flagrante aspiradela?
:)

Graça Sampaio disse...

História verdadeiramente surreal!!! Como é que foi descoberto? A mulher sentiu-se traída e fez queixa? Oh valha-me deuzzzzzz, ou alázzzzzz, não havia nezezidadezzzzzz

paulofski disse...

I want to to break free
He wants to to break freeeeeee...

Miúda disse...

Claro que a mulher s sentiu ofendida, o aspirador fazia mais barulho ela.

© Piedade Araújo Sol disse...

cada cena!
surreal!
loooooooool

:)

Elvira Carvalho disse...

Com o aspirado? Bom, a mulher foi duplamente traída. É que aspirador é masculino.
Um abraço

Saltos Altos Vermelhos disse...

Já levaste um : "Só tu" na minha caixa de comentários.

Será que o aspirador teve algum prazer na coisa? :D

Teresa Durães disse...

Se fosse com a torradeira era problemático...

Maria Sem Limites disse...

Fiquei sem comentários possíveis...

Magia da Inês disse...


Isso é incrível!!!!!

Bom fim de semana!
Beijinhos.
❤ه° ·.

Mariazita disse...

Aparte o aspecto de pela Net circularem milhares e milhares de mentiras... (pessoalmente ponho sempre grandes reservas a notícias sensacionalistas) ocorre-me dizer: há gente p'ra tudo!

Bom Carnaval

Beijocas
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

Li disse...

OLá, =) daqui é a Li Menina Mulher, andei desaparecida uns aninhos mas voltei e lembrei-me de ti. Importei o blog para o sapo (não perdemos as nossas conversas) e mudei o nome. ;) Se puderes volta a acompanhar-me para metermos a conversa em dia, neste meu novo começo.
Um beijinho, Li * Boa semana _ http://aculpaedadisney.blogs.sapo.pt

Kok disse...

Um aspirador? Ao fim e ao cabo o que não entendo são as chibatadas.
Afinal em que é que (ou a quem) o palerma ofendeu?
O fabricante de aspiradores? Não creio; poderá é ter-lhe dado uma ideia para mais um aplicativo.
Pensando bem o mais certo é terem sido os espermatozóides a apresentar queixa.

1 abraço pah!

Silenciosamente ouvindo... disse...

Já tudo é possível e nada espantada...
100 vergastadas é obra!!! Aguentará?
Um abraço amigo,
Irene Alves

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde, existe cada mentalidade no mínimo retrogrado e estranha, então um homem compra um aspirador nem que seja nos chinocas e não tem o direito de ser aspirado? isto só acontece na Arábia Saudita e em outras Arábias.
AG

M. disse...

R: Compreendo o que dizes. Infelizmente referia-me a um caso específico, que me incomoda, mas tens toda a razão.

Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

lol... o que se conclui daqui? Mulheres sauditas são loucas por sexo e não perdoam que os maridos as troquem nem por electrodomesticos ;)

Diana Fonseca disse...

OMG!

Utena Marques disse...

Bem eu pelo sim pelo não continuo a optar pela vassoura ;)

Beijo Rafeiro

Cidália Oliveira disse...

Fonix! Só de ler os "mandamentos" ja me ia esquecendo do meu comentário lol
Já vi que o tasco continua igual ☺
Quanto ao aspirador, acho que a motivação provável do "gajo" é que o "aspi" engole o pó sem resmungar ou abafar lol.

Beijinho da Ci

Rafeiro Perfumado disse...

Pink Poison, ou estaria apenas a testar se o aspirador estava de facto a aspirar? O pessoal pensa logo o pior...

Urban Cat, ainda por cima consta que o aspirador engole!

São, a maior parte do mundo está para lá do meu entendimento. Beijoca!

Teté, pelo lado negativo, terá de ser ela a aspirar a casa, ele não deve levantar-se tão cedo. Beijoca!

Rafeiro Perfumado disse...

Jota Ene, isso não sei, mas ao contrário do homem ficou com o saco cheio.

Janita, ouvi dizer que ele anda com o micro-ondas debaixo de olho ou outra parte anatómica! Beijoca!

LopesCa Blog, e ela também não devia ser grande coisa, para ele preferir um aspirador.

Maria Santos, até acho que burka com cornos era capaz de dar jeito, até podia ir acampar com os miúdos, nem precisava de comprar tenda!

Rafeiro Perfumado disse...

Manu, se funciona não sei, mas aprendeu a usar o telefone, para ligar para a APAV! Beijoca!

Esperto que nem um alho, e em árabe chama-se Al-Xupador!

Papoila, rentabilização total só se ele o ensinar a cozinhar!

Luísa, na volta foi o próprio aspirador, que se queixou de lhe doer o cano quando ela quis aspirar a casa!

Rafeiro Perfumado disse...

Graça Sampaio, ou então a mulher desconfiou ao ver a conta da electricidade!

Paulofski, por favor não metas os Queen nesta confusão!

Miúda, e nunca se recusava a nada, pelo menos oralmente.

C Piedade Araújo Sol, surreal? Diz isso às costas do tipo, depois do castigo!

Rafeiro Perfumado disse...

Elvira Carvalho, insinuas que é homossexualidade electrónica? Beijoca!

Saltos Altos Vermelhos, tu não te desgraces, pá! Se teve prazer não sei, mas que foi enganado relativamente ao serviço que o esperava lá em casa, de certeza!

Teresa Durães, tinha era de besuntar a manteiga antes de meter na torradeira. Ui, onde isto foi parar...

Maria Sem Limites, não acredito, a dificuldade aqui é escolher entre tanta coisa a dizer!

Rafeiro Perfumado disse...

Magia da Inês, mas bem possível. Beijoca!

Mariazita, neste caso até acredito, aliás acho que haverá muito aspirador traumatizado por esse mundo fora! Beijoca!

Li Menina Mulher, já lá fui meter um cheirinho! Beijoca!

Kok, também não percebo o porquê de dizerem que é adultério. Se assim fosse, sempre que o tipo esfregasse o pessegueiro também estaria a trair a mulher, certo? Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

Silenciosamente Ouvindo, se o aspirador aguentou, até pareceria mal ele não aguentar. Beijoca!

Existe sempre um lugar, é sabido que a malta daquela zona não tem os dois alqueires bem medidos, daí nada me admirar. Abraço!

M., agora pedi-me completamente....

Daniel C. da Silva, eu deduziria antes que os homens sauditas são loucos por sexo e nem os aspiradores se safam!

Rafeiro Perfumado disse...

Diana Fonseca, neste caso é mais OMM (Oh My Maomé)

Utena Marques, ia comentar algo sobre a espessura da dita, mas não quero que te chateies comigo. Beijoca!

Cidália Oliveira, e espero que o aspirador seja daqueles que não pifa se engolir líquidos... Beijoca!

Jaime A. disse...

A parte do "com todo o prazer" escaqueira completamente o possível sentido de um texto de fino recorte.

Os meus Parabéns!!

Um abraço.

Rafeiro Perfumado disse...

Jaime A., apenas deduzi o fascínio que o saudita tinha com essa tarefa doméstica em particular. Ou estás a insinuar que o aspirador o forçava? Abraço!

Táxi Pluvioso disse...

O problema é a infidelidade, se mulher é traída pelos seus próprios eletrodomésticos, se nem no lar se respira paz e confiança, será de novo Gomorra.

Rafeiro Perfumado disse...

Táxi Pluvioso, acho que será mais Sodoma, pelo menos a acreditar no testemunho do aspirador.