Cuidado com o Rafeiro! Não é que morda, mas podes pisá-lo sem querer...

quarta-feira, 6 de agosto de 2008

Dó, Ré, Mi, Sol, Lá, Si, Dó!


Uma das grandes questões que certamente levarei para o outro mundo sem ter obtido uma resposta condigna prende-se com o porquê do nome das notas musicais. Já por diversas vezes tentei “perceber” o nome delas usando um piano e carregando nas teclas correspondentes. Pois o máximo que a minha imaginação consegue perceber é “plenc, plenc, ponc, ponc, pém, pim, pim, pim, pim”. Ok, talvez a utilização do piano de plástico que me ofereceram quando eu tinha 3 anitos não fosse a forma mais indicada, mas terei sempre de reconhecer que a minha cultura musical não é lá grande coisa.

Mas cultura musical à parte, continuo sem perceber o porquê do nome das notas, pois fico sempre na dúvida se o Mozart ou o Zé Cabra teriam escrito na mesma as suas obras-primas caso as notas musicais tivessem outros nomes, como Pó, Sé, Pi, Lua, Cá, Ti e Pó outra vez! E os nomes das obras, sofreriam alterações? Será que em vez de "As quatro estações" representar o Verão, Outono, Primavera e Inverno representaria Rinchoa, Barcarena, Monte Abraão e Agualva-Cacém?

Por outro lado, sempre me causou uma estranheza enorme aquelas subtilezas musicais, como quando mandam alguém cantar em “dó” ou então em “ré”, e para mim o som que sai da boca do artista é praticamente o mesmo, até a letra da música não sofre qualquer alteração! E porque motivo numa escala musical houve necessidade de repetir uma das notas? Cunha? Falta de imaginação? Ou alguma coisa deste género:
Inventor de notas musicais: Então, quantas temos?
Primeiro assistente do Inventor de notas musicais: Já vamos em 5, o “dó”, o “ré”, o “mi”, o “fá” e o “sol”
Inventor de notas musicais: Hum, estou a ficar sem ideias. Agora você, Segundo assistente, diga lá uma.
Segundo assistente do Inventor de notas musicais: Eu gosto desse “lá”...
Inventor de notas musicais: Pois então fica. O que lhe parece a si, Primeiro assistente?
Primeiro Assistente do Inventor de notas musicais: Olhe, eu agrada-me esse “si”...
Inventor de notas musicais: Porreiro, pá, estão a ver como é fácil? Vá, só mais uma!
Segundo assistente do Inventor de notas musicais: Eu já não me lembro de mais nenhuma...
Primeiro Assistente do Inventor de notas musicais: Eu também não...
Inventor de notas musicais: Então metemos o “dó” outra vez, acho que também ninguém nos vai chatear por isso. E rapidinho, que ainda tenho de ir fazer as compras para a Maria...

Acho que se leva demasiado a sério esta cena das notas. Digam lá se há assim tantas diferenças na audição de um “fá” e de um “lá”, ou entre um “si” e um “mi”? Tenham dó, pá! Até dá para imaginar o Grupo Recreativo de Paradança nos seus ensaios:
Maestro: Vá, todos juntos! Dó, Ré, Mi, Sol, Lá, Si, Dó!
Músico 7: Pssst, o Maestro não falhou o “fá”?
Músico 3: Caladinho, é que ele faltou a essa aula...

Até sempre,
Rafeiro Perfumado

123 comentários:

julie disse...

Então deram esses nomes como podiam dar outros!! Tinham que ter nomes ou não!!
Agora como escolheram não sei!!

bjs
julie

Snoopy disse...

Eu n sei o q fumas-te rafeiro!!




Mas tb quero!!!!

lol

Ninja! disse...

Boa ideia, ainda não me tinha ocorrido ficar irritado com as notas musicais. =)

O inventor ouviu conversas paralelas com certeza, que lhe deram umas ideias:

Tem dó e faz marcha à ré senão dá-me já um fánico por causa do Sol que por lá si faz sentir.

Tá-se bem! disse...

Quais demasiado a sério! Então porque andei eu a estudar o solfejo tanto tempo... livraaaaa que aquilo era pior que o deus me livre. Até fiquei com tique no dedo... naquele tempo upa upa (tinha eu uns 5 aninhos)

Abraço ;) ahahah

vita disse...

loool

Eu cá para mim acho que é um Dó num dia de Sol, ter de ouvir a Fá a cantar o Ré e ainda ir Lá aplaudir e dizer no fim "é para Si"

loool

Beijo rafeirito

Sandra disse...

:))

Lembras te de cada uma q bai lá bai lolol

oya cá pa mim tanto se me dá q seja: dó ré mi fá sol lá si dó, ó Pó, Sé, Pi,(num te falta o fá?? q tal tá??) Lua, Cá, Ti e Pó :)) mi sinto completa c qq uma e num as intendo na mesma :)))))))))))))

vejuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuus

nb - taum pah?? já num bais ber as minhas obras darte pk?? ofuscam te é?? ihihihihih

D.Antónia Ferreirinha disse...

Ai homem, do que te foste lembrar, rsrsrs.
Olha eu cá tambem não sei, mas deve ter havido uma explicação, digo eu.
Beijinho.

mjf disse...

Olá!
Para esta não tenho explicação...não tenho formação musical ;=(


Beijocas

C Valente disse...

dó, dó dó
Porque se chama computador ,e na~p ordenador ou outra coisa qualquer ao PC
Saudações amigas

Andreia do Flautim disse...

Oh pah, será que vou ter de te dar uma aula de formação musical?:p

Não vez que o primeiro Dó de uma escala é igual ao ultimo? Mas em oitavas diferentes!
E não sabes que o nome das notas como o descreves é assim aqui em portugal, mas na maioria dos outros paises todos as notas não têm esses nomes, mas sim C D E F G A B, respectivamente?
E cantar em determinado tom não implica mudar a letra, é só o tem, mesmo!!
Isto dava pano para mangas!:p

A. João Soares disse...

Bom tema. E porque me chamo... e tu te chamas...
Porque uma coisa se chama lápis e outra caneta?
Porquê os dias da semana têm nomes diferentes nas diferentes línguas? Nós, que até odiamos os números, usamos uma referência numérica, enquanto outros usam nomes, de astros, de DFeuses, etc.
Códigos, como os preconceitos, ou inspirações de ocasião e, depois o rebanho segue obedientemente.
Abraço
A. João Soares

David disse...

Eu acho mais facil de memorizar um portugues "do ré mi" do que um ingles "C D E" x)

E o ultimo "dó" está lá para dar uma sonoridade agradável ao "do re mim fa sol la si do", porque se acabasse em Si, tu ias achar que alguma coisa nao estava certa x) porque a musica base é feita de 4 em 4 tempos, e s incluires um dó no fim, ficas com 8 notas, logo, fica perfeito. se tiveres o si no fim ficas com 7 notas, e quero ver-te a dividir 7 notas por 8 espaços xD

sp disse...

Passei só para deixar um abraço...

Cláudia disse...

Tem dó de mim :))))

Bongop disse...

Tu tiveste a fumar coentros, não foi?
LooL

Carla disse...

tem DÓ de MI(m)! Vê Lá se com este SOL ainda te foge a RÉ para a praia e ficas todo FÁ...
beijos para Si...

eheheheh desculpa lá a patetice, mas de facto tanto podiam ser esses nomes como quaisquer outros...vá lá a gente saber o motivo da escolha!!!!
beijos

paulofski disse...

E eu que vim aqui ao cheiro das notas, mas das outras, dos aéreos...
pega lá 20 cêntimetros.

Fui.

A Grafonola disse...

"Dos: two beers, two Mexican beers/Ray: the guy who sells me beer/Me: the guy who drinks the beer/Far: A long long way to beer/So, I think I'll have a beer/La la la la la la beer/Tea? No thanks I'll have a beer/and that brings us back to dos" And some more nauseum. "

A Grafonola disse...

Ou então, o sempre actual:

Doe, a dear, a female dear
Ray, a drop of golden sun
Me, a name I call myself
Far, a long long way to run
Sew, a needle pulling thread
La, a note to follow sew
Tea, I drink with jam and bread
That will bring us back to do...oh oh oh

Para os rafeiros que não se lembram ou não reconhecem, é uma canção tirada do filme the sound of music (música no coração), onde a Maria ensina as crianças Von trapp a escala musical ;-)

Rosario Andrade disse...

...e há ainda a esquiva "blue note"!...

Beijicos

Marisa disse...

Referiste terras (ou estações de comboio) muito pouco harmoniosas! Ainda menos que o dó ré mi fá só lá si dó :P

Olá!! disse...

Estás a dar uma música do catano, para a próxima enfio-te no palco à força para te ouvir "recitar" essas notas :)

Beijosssssssss

SílviA disse...

Parece que já alguém te explicou a coisa mais ou menos. Há com toda a certeza diferença quando cantas em notas diferentes, se tiveres o ouvido treinado dás logo por isso. Se fosse tudo igual as músicas eram monocordicas, logo, uma seca e não queremos isso pois não?lol.

Beijo

Eduarda disse...

AHHHH QUASE QUE CHEGAVA A TEMPO, NA PROXIMA É QUE VAI SER :D

paulofski disse...

Já me tinha lembrado dessa que a grafonola cantarolou. Para quem quiser, especialmente dedicada ao Rafeiro, aqui está a aula musical.

Aaauuuuuuuuuu!!!

PsYcHo_MiNd disse...

Com Pó, Sé, Pi, Lua, Cá, Ti e Pó não me parece que escrevessem por que estava uma em falta.

Mas agora fiquei a saber o porquê do Dó se repetir, sempre me fez espécie! :)

A Grafonola disse...

E como quase tudo na vida tem uma explicação,e como afinal havia outra ou outro, os nomes das notas têm uma razão de ser: espreitem em http://pt.wikipedia.org/wiki/Nota

afinal ele há coisas!

GUido??? Monge??? solmização????

liamaral disse...

Mais uma daquelas à RFM... "Vale a pena pensar nisto!"

Muito bom!!
:) Beijinho

AP disse...

Sem comentários...

BlueVelvet disse...

Canito do meu coração,
eu até te podia dar umas aulitas, mas não só já explicaram aqui umas coisas antes de mim, como eu acho que estás a mangar com a gente, que é como quem diz a rosnar-nos às canelas.
Agora onde vais tu buscar tanta imaginação é que acho fantástico, a menos que cheires cola todos os dias:))
Muitos beijinhos e festinhas na cabecinha

mr_rabbit disse...

não gosto de notas musicais
gosto mais daquelas de euro, principalmente das de 500 euros

um abraço e boas notas

vsuzano disse...

nem preciso de tomar o prozac....


isto das notas tomadas aqui nestas páginas tem muito que se lhe diga.... hehehehe

abraço

Safira disse...

Volto mais tarde...Quando tiveres um piano a sério!

Pá, e os anónimos? Fizeram greve neste poste?

Mitsou disse...

Já venho tarde porque também pensei logo na Julie Andrews e sua trupe Von Trapp.

(Qual será a próxima coisa de que ele vai querer saber a causa?)
Olha, agora lembrei-me do MEC :)

Beijocas!

Paulo Tomás Neves disse...

Pois, pois, tu gostas é de dar música. :-)
E ainda assim aquelas quatro estações não me agradam seria bem melhor Valongo, Ermesinde e Pedras Rubras (são só três!? Nã, nã... É que Ermesinde vale, pelo menos, por duas)

QJ disse...

Olá, depois de uma pequena pesquisa, o que encontrei:

Sobre notação musical: http://pt.wikipedia.org/wiki/Nota%C3%A7%C3%A3o_musical

Sobre as notas: http://pt.wikipedia.org/wiki/Notas_musicais

Ut queant laxis,
Resonare fibris,
Mira gestorum,
Famuli tuorum,
Solve polluti,
Labii reatum.

Tradução: "Para que os teus servos possam cantar as maravilhas dos teus actos admiráveis, absolve as faltas dos seus lábios impuros".


Saudações provocantes :-)

Vício disse...

há quem use a sequência Mi em cima de Si ao Sol sem Dó Lá na

Paula disse...

Realmente, ou foi falta de imaginação ou o Sócras já governava naquela altura e entrámos logo, em contenção... Até já o nome lhe abreviámos; Socras!
:)
Bjs!

piggy disse...

... chá de camomila...
Agora n verão recomendo-te, geladinho.
E já tens idade pa botar o coisinho plástico ao lixo... ou não??

bj...
(as coisas que tu t'alembras, cheiroso)

Francis disse...

viva xôtôr...caramba para merecer uma visita tua tem que se vir aqui dizer qualquer cisa...dasss.

oh bladi oh blada life goes on lálálá life goes on...

fá.

foryou disse...

не терпения!
она была уже видим ссылки?
как долго не спать?
ваи работы!!!!


:P

Zabour disse...

Epá, conseguiste pôr a malta toda a pesquisar na internet o significado das notas musicas...Boa!
Hoje toda a gente vai aprender 1 coisa nova. És um bom professor!
Sabes que mais? Também lá vou ver pk não faço a minima ideia do que querem dizer.

Bjokas

AnA disse...

(DO)i-me a barriga de tanto rir, sempre que (RE)lei-o as tuas historias (MI)rabolantes. (FA)z-me pensar de onde tiras tanta ideia. Será do (SOL) que apanhas??Mas que tens uma ganda (LA)ta tens, (SI)m senhor. Cá fico à espero (DO) próximo post. ;-)

hiltom disse...

Dó- é aquilo que eu sinto por muita gente, principalmente os fracos de espírito e os estúpidos(ou burros, se assim lhes quiser chamar).
Dó é - para mim- uma nota musical igual a outra qualquer.
Fui
Sou e
Serei
um, zero à esquerda no que toca a música.
Estar com uma pauta à frente ( na aula de canto coral no liceu), era a mesmíssima coisa que um boi a olhar para um palácio.
Mas o pior mesmo foi quando a "engraçadinha" da professora achou que eu tinha boa voz, me passou um livro cheio de pautas e garatujos para as mãos, pegou em mim e me colocou na fila de trás (era por alturas e eu era grande) e entendeu que eu havia de ler e cantar o que lá estava!
Foi uma atribulação para mim. Odiei a professora, a disciplina, a pauta, as aulas,e quando chegou o dia "do concerto" (que era na festa de Natal), eu estava tão preocupada , tão aterrorizada que apanhei uma carrada tão grande de febre que fiquei em casa, de cama.
Mas parece que a "cantoria" saiu bem a quem foi.
Isto quer dizer que eu não era mesmo necessária e que estava ali a mais.
Escusado será dizer que , por muito que ela insistisse, eu nunca consegui ler ou escrever as notas musicais.
A única coisa que ainda consegui distinguir e que até achei graça foi a clave de sol.
Agora para que servia? isso nunca soube.
Agora o que eu gosto mesmo é de sol/praia/passear/preguiçar.
Por isso: aqui vou eu!
bom fim de semana

Tita disse...

Cala-te e canta.

RAUF!

Zabour disse...

"O nome das notas (dó, ré, mi, fá, sol, lá, si) tem a sua origem na música coral medieval. Foi Guido d'Arezzo, um monge italiano, que criou este sistema de nomear as notas musicais - o chamado sistema de solmização. Seis das sílabas foram tiradas das primeiras seis frases do texto de um hino a São João Baptista, em que cada frase era cantada um grau acima na escala. As frases iniciais do texto, escrito por Paolo Diacono, eram:

Ut queant laxis,
Resonare fibris,
Mira gestorum,
Famuli tuorum,
Solve polluti,
Labii reatum.

Tradução: "Para que os teus servos possam cantar as maravilhas dos teus actos admiráveis, absolve as faltas dos seus lábios impuros".

Mais tarde ut foi substituído por do, sugestão feita por Giovanni Battista Doni, um músico italiano que achava a sílaba incômoda para o solfejo, e foi adicionada a sílaba si, como abreviação de Sante Iohannes ("São João"). A sílaba sol chegou a ser mais tarde encurtada para so, para uniformizar todas as sílabas de modo a terminarem todas por uma vogal, mas a mudança logo foi revertida."

Pesquisei bem, certo,eh,eh,eh?

bjs

Catwoman disse...

E ainda há o dó, ré, mi, fá, sol, lá e si bemol. E esta hem?
E acho que ainda há outras mas como as minhas aulas de música já foram há 20 anos atrás já não me lembro.

D.Antónia Ferreirinha disse...

Enviei mail.
Beijinho.

NARNIA disse...

A minha preocupação vai para a clave de sol...
sou pelas minorias.

ines disse...

ó sol ré mi(o)! Sol,lálálala!

é o Sol, a culpa é do toda do Sol!

b&abraços

Teté disse...

Bom hoje o poste saiu-te assim pró didáctico... Quer dizer, puseste toda a malta na wikipédia, a pesquisar e a vir aqui dizer o que tinha aprendido, e eu que cheguei tarde e a más horas, já nem precisei de lá ir!

"Para que os teus servos, blá, blá, blá..."

Bom estas informações provavelmente estão correctas, mas é preciso ter cuidado com o que se lê na wikipédia: uma fulana, num momento de tédio, resolveu ir lá actualizar uma biografia de um escritor e acrescentou "fulano X mantêm há 10 anos um tórrido romance com fulana Y (uma gaija que ela conhecia)" e depois ficou a aguardar calmamente, a verificar quanto tempo eles levavam a retirar de lá a frase... Mais de meia hora... ;)

Beijokitas, Rafeiro!

Noiva Judia disse...

Foi dos piores momentos que passei na escola, nas aulas de Educação Musical, ouvir a profe tocar notas aleatórias na flauta e eu ter de adivinhar que nota era. Tenho pouco ouvido musical e aquilo não era uma audição para o Conservatório...

Quanto às escalas, já agora há outra arbitrariedade. Porque é que nalguns países de usa dó, ré, mi e por aí em diante e nos países anglo-saxónicos, usam letras: C,D,E,F, que correspondem às mesmas notas?

Laura disse...

Meu; quando chegares ao sol, voltas pra trás!...na sabias? ficas a saber, bem, sempre percebo menos de musica que tu ehhhhhh!.....e nem sabia que ao tocar nas tecla so barulho era esse que descreves...O que tu me ensinas rapaiz!... Bigadinha e beijão da laura..

Canephora disse...

cada vez que aqui venho é só rir... que ideias que tb tens.
Mas já agora, as notas, não sei se já te apercebeste, mas nas pautas, as letras de música aparencem em C, A, e outras letras que agora não me recordo (G e E, acho)... outra coisa gira é que ao se praticar o solfejo, antigamento era tudo em Lá, lá, lás... ou seja... se o maestro pedia um "fá" o cantor tinha que dar um tom de lá que fosse exactamente um "fá"... é complicado não... afinal é um "lá" ou um "fá"?

Pronto... já baralhei que chegue vou desnadar antes que se te solte a trela e ainda saia daqui todo mordido.

jasmimdomeuquintal disse...

as coisas que tu "descobres". E até agora ninguém sabia como as notas tinham sido inventadas...
boas férias.
Estou de partida novamente.

cris disse...

Eheheheheh... a falta que te fazem umas seychelles, Rafa. Bem pior seria teres de as saber (as notas) como antigamente "Ut" e por ali fora. Acrescenta as mínimas, semínimas, colcheias fusas e semi-fusas e adormeces a seguir. :) Esqueceste o símbolo de que eu mais gosto: A clave de sol. Em salas de aula onde haja quadro pautado, já os ninos sabem que a prof, mais minuto menos minuto prega uma clave de sol ;) .

Ainda tás amuado????? :)eheheheheh (fugi pra não levar, tá bem?)


beijocas enormes e boa sexta que hoje já não conta

Rafeiro Perfumado disse...

Julie, minha cara amiga, pois é exactamente aí que reside a minha dúvida. Porque não outros? ;) Beijos!

Snoopy, isto é de trabalhar perto da Av. da Liberdade, a poluição dá cabo do juízo dum rafeiro! RAUF!

Ninja!, essa tua teoria também nos poderia dar umas dicas sobre a origem do inventor, o sotaque não engana! Abraço!

Tá-se bem!, é de macho admitir que se andou muito tempo a estudar “solfejo”, seja lá o que isso for. E então reconhecer que se ficou com tique no dedo, ui ui! ;) Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

Vita, e quem diria que quando estávamos a aprender o abecedário no fundo estávamos a aprender também música? Beijo e obrigado pelo ajuda com a Marquee!

Sandra, tu decide-te, pá, ou queres que eu vá a um blog, ou então ao outro... quanto ao dos desenhos, o médico ordenou que eu não abusasse, sabes que o coração pode não aguentar. Beijo!

D. Antónia Ferreirinha, claro que deve haver uma explicação, e se não houver inventa-se! Beijinho!

MJF, eu não tenho formação em muita coisa, o que não me impede de falar sobre elas! ;) Beijocas!

Rafeiro Perfumado disse...

C Valente, aí trata-se de diferenças de idiomas, mas a avaliar pela confusão que vai no meu PC, não sei como lhe podem chamar ordenador. Abraço!

Andreia do Flautim, cobras muito pela aula? Escala? Oitava? Eu acho que dava pano para mangas, colarinhos, coletes e o enxoval todo!

A. João Soares, já para não falar de alguns povos escreverem da esquerda para a direita, outros da direita para a esquerda, outros de cima para baixo... depois querem que a malta se entenda! Abraço!

David, dividir 7 notas por 8 espaços é simples, dá 0,875 de nota por cada espacinho. Onde está a dúvida? ;) Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

SP, pois venham daí esses ossos e pêlos!

Cláudia, porque é que hei-de ter Dó de Si?

Bongop, então é esse o nome daquelas ervinhas...

Carla, no meio do teu comentário só fiquei curioso em saber no que consiste ficar todo FÁ! ;) Beijocas!

Rafeiro Perfumado disse...

Paulofski, “toma lá 20 centímetros”?!? Isso quase que soa a assédio, pá! E gabarolice! ;)

A Grafonola, e depois eu é que sou acusado de fumar coentros... e não, não vi o “Música no Coração” até ao fim, aquilo é demasiado grande e tem 0 cenas de nudez! Custava muito a jove ir a correr toda nua pelas colinas abaixo enquanto cantava “The hills ara alive, with the sound of bubbies”? Custava?

Rosário Andrade, tu não me compliques ainda mais o esquema! Beijocas!

Marisa, para sua informação eu moro nessas terras pouco harmoniosas, não em todas, mas numa. Queres apanhar?

Rafeiro Perfumado disse...

Olá!!, e aí verás uma bela demonstração da nota muda! Beijos!

Sílvia, claro que não queremos, para isso já basta ouvir o Cavaco Silva a discursar! Beijo!

Eduarda, quase? Ó jove, o teu tempo de entrada tem de ser muito trabalhado! ;)

Paulofski, se eu soubesse que ia dar tanto trabalho, acho que não tinha tocado neste assunto! ;) Abração!

Rafeiro Perfumado disse...

Psycho Mind, faltava uma? Repetia-se pela terceira vez o “Pó”, até daria sensação de estarmos em pleno engarrafamento no IC19!

A Grafonola, essa explicação é demasiado pornográfica, as palavras assemelham-se demasiado com “dildo”, “pedofilia” e “Sodomização”. ;)

Liamaral, felizmente consegui apanhar outra estação que não a RFM, já me andavam a dar cabo do juízo, é que as músicas são repetidas até à náusea! Beijo!

AP, “sem comentários” é um comentário. Não sei, acho que não estás a apanhar bem o espírito deste blog.

Rafeiro Perfumado disse...

Blue Velvet, então tu pensas uma coisa dessas de mim? Achas que eu colocaria aqui dúvidas que não outras que me tiram o sono e a vontade de viver? Estou deveras ofendido com essa tua suspeição... :D Beijo!

Mr. Rabbit, ao menos podias gostar de coisas reais, toda a gente sabe que essas notas são um mito, quase ao nível dos centauros, unicórnios e políticos honestos. Abraço!

Vsuzano, para ti tenho três palavrinhas apenas: acabaram, acabaram, acabaram! :D Grande abraço!

Safira, nunca mais te vejo, então. E parece que sim, estou a ver que tenho de voltar a fazer um poste com conotações religiosas, para reacender as fogueiras da Inquisição e da intolerância!

Rafeiro Perfumado disse...

Mitsou, nem te passa pela cabeça as dúvidas que assolam a minha paz de espírito! :D Beijocas!

Paulo Tomás Neves, vais-me desculpar, mas uma estação com o nome de “Rinchoa” mete no bolso qualquer Ermesinde. É que até a pronunciar, dá logo vontade de relinchar! Abraço!

QJ, quando a explicação oficial envolve monges com lábios impuros, está tudo dito! Um abraço e obrigado pelas informações!

Vício, lá na ré? Voltamos ao assunto sodomia, estou a ver...

Rafeiro Perfumado disse...

Paula, queres tu afirmar, sem Dó nem Piedade, que tudo isto não passa de um Simplex musical? Beijos!

Piggy, denoto nas tuas palavras uma certa incerteza sobre o meu estado mental... ;) Beijo!

Francis, e eu lá tenho culpa que o Xô Engenhêro resolva meter o blog em pausa e depois não avisar que carregou no play outra vez? Abraço!

Foryou, и вы думаете что я реально забочу о этом? Большой поцелуй!

Rafeiro Perfumado disse...

Zabour, se ser bom professor significar lançar uma fagulha e divertir-se a ver os outros a atiçar o fogo, então sim, estou nessa categoria. Beijo!

AnA, venDO o teu comentário, pREssinto que as MInhas invenções te FAzem rir, o que me conSOLa pelo tempo que dispenso a LArgar aqui textos, pois assim SInto-me mais realizaDO. Beijo!

Hiltom, também tive uma experiência menos positiva nas aulas de música, no preparatório. O eu professor era invisual e conhecia os alunos pelas suas vozes. Pois bem, um dos rufias da turma (na altura eu pertencia ao grupo dos sossegados) tinha a voz parecida com a minha, pelo que frequentemente ia parar à rua ou era chamado à atenção sem ter feito nada. Não era propriamente um grande incentivo para estar com prazer na aula. Beijoca e bons passeios!

Tita, como é que se canta estando calado? Mmmmm-mmmm-mmmmm? ;)

Rafeiro Perfumado disse...

Zabour, mas que rica pesquisa. Se tu neste caso fosses uma rafeira, era gaijo para te dar umas festas na cabeça e dizer “Good girl! Agora deixa lá isso e vai-me buscar o jornal e os chinelos, anda!”. ;) Beijoca!

Catwoman, a palavra “bemol” diz-me alguma coisa, mas sinceramente já fico contente em saber o nome das 7 notas musicais. Perdão, 8! ;)

D. Antónia Ferreirinha, e eu fiz “reply all” em vez de “reply”... ups! Beijo!

Narnia, qual minoria, uma privilegiada, é sempre a primeira da fila! Beijo!

Rafeiro Perfumado disse...

Inês, é tão feio gozar com quem não está de férias... Beijos!

Teté, mais uns postes como este e entro com o processo para tornar o blog em Instituição de Utilidade Pública! E é preciso ter cuidado com tudo o que se lê, pois não te esqueças que algumas pessoas vão procurar o significado das coisas a blogs como este! Beijokitas!

Noiva Judia, conheço a sensação, não só com flauta mas com outros instrumentos. Who really cares? Eu gosto é de Queen, e essa música já está feita! Beijo!

Laura, vou tentar voltar para trás um bocadinho antes, é que eu conheço bem a história do Ícaro! Beijoca!

Rafeiro Perfumado disse...

Canephora, se eu já estava confuso, com a tua explicação só não cortei os pulsos porque não tinha nada cortante à pata. E pára de me ofereceres a faca, pá!

Jasmim do meu Quintal, ainda me fazem uma estátua, “por grandes contributos em prol da cultura dos bloguistas” ;) Beijocas e boas férias!

Cris, colcheias?!? E um edredão, achas que também dava uma boa sonoridade? Beijocas e mantém-te a uma distância de segurança! ;) Beijo!

Dragão Azul disse...

Andas a fumar cigarros de chocolate só pode....eheheheheh

Poseste o pessoal a pesquisar essa é que foi essa....

Tentaste dar musica ao pessoal, mas nem uma musiquinha colocaste no post.... nem dos Queen.

Vou ouvir os Queen..... Abraço!

António de Ramalho Rijo disse...

anda uma égua à espera de ser montada em
http://malhorijo.blogspot.com/

não deixe de dar uma cavalgada

saudaçoes rijas

espirra canivetes disse...

Rafeiro desta vez enganaram-te...

Reza a história que o inventor de notas musicais tinha UMA assistente...
as primeiras notas inventadas foram MI sobre SI sem DÓ no soFÁ!
As restantes notas é melhor não esclarecer por aqui...

Olha se ainda não foste de férias visita http://www.azideias.blogspot.com/
pode ser que te agrade.

Aaaatchiim

GK disse...

O piano de plástico que me deram quando eu tinha 3 anos e que cabiam na palma de uma mão (que saudades!!!) fazia um som metálico e alado tipo "piummm", "piammm"... LOLOLOLOL

Kok disse...

Toiiiiing..., toiiiiiing...,
Esta é das poucas músicas que toco, e é simultaneamente a que toco melhor. E tanto podem ser 7 toing's seguidos como 5 ou 12 ou...

ps.: não sei porquê mas acho que naõ escrevi nada de jeito; mas aqui fica!

Stuckinha disse...

Lembro-me numa das minhas aventuras académicas quando me inscrevi para juntamente com outros colegas (alguns grandes experts do mundo musical) para formarmos a TUNA lá da faculdade e me pediram para "cantar" as notas musicais. Lá me saiu um dó,ré,mi,...,dó e me voltaram a pedir para repetir (é que uma vez não foi suficiente para verem oquão "génio" musical eu sou - desta vez deveria ter sido eu que devia ter ficado em casa a fazer tricô) e de repente soltaram um -pela tua voz és soprano. Pronto, não sei o que é que quiseram dizer com isso, se era bom ou não. Mas como a faculdade era de rotinas fixas e se existia há tantos anos sem tuna, sem tuna ficou pois com as entraves que nos foram colocadas pela direcção acabamos por não conseguir organizar tuna nenhuma. Não sei se por sorte ou não, se calhar até se perderam com isso grandes talentos escondidos. Pronto e lá estou eu a alargar-me novamente.
Beijokas

Lord of Erewhon disse...

Geometria e Matemática.

Hands of Time disse...

A mim dá-me Dó, só de pensar nisso lololololol

Dualidades disse...

Se ouvirmos cantar qualquer um dos principais cantores pimba da nossa praça percebe-se claramente a distinção das várias notas! :o)

Bom fds.

Gata Verde disse...

E agora ao contrário...

Dó,Si,Lá,Sol,Mi,Ré,Dó!!!

mundo azul disse...

...ahahaha!!! Só você para implicar com as notas musicais...

Também não entendo nada de música, mas, algumas pessoas lhe deram algumas explicações...

Gosto de vira aqui!

Beijos de luz e o meu carinho...

leo valmont disse...

Encontrei agora o teu blog por acaso... Isto vai demorar, porque merece ser visto com atenção.
Quando terminar volto.

Isabel-F. disse...

Está soberbo este teu texto.
adorei.

do que te foste tu lembrar ....


beijinhos e bom fim de semana

Papoila disse...

Acabo sempre por rir quando por aqui passo ... e como não sou nada afinadinha não te deixo uma única nota ....
Um beijo apenas
BF

São disse...

Haja o teu bom humor para alegrar dias menos bons...
Bom domingo!

Laura disse...

Pois atão eu vou esperar para ouvir primeiro e depois verei do que falas!...ícaro? no no entiendo nadica..deixa que depois aprendo, ou pensas que se ouvir fico lorota? vou aprender muita coisa mais e nem darei pela velhice chegar ehhhhhh. Beijinhos grandes pa ti e gatita..laura..

Salto-Alto disse...

LOL! Andas lindo andas... :p

Ainda agora vim de férias e já me fizeste rir imenso, mesmo com o sono que ando!

Beijocas!

Rafeiro Perfumado disse...

Dragão Azul, longe de mim dar música ao pessoal, nem tenho coisas dessas aqui no blog. Agora se isto serve para o pessoal aumentar a sua cultura e consequentemente a minha, não tenho culpa. ;) Abraço!

António de Ramalho Rijo, eu é mais rafeiras, pá. Abraço!

Espirra Canivetes, histórias que rezam não são de confiança, costumam ter a censura da Igreja. E nem fui nem vou tão cedo, infelizmente. Um grande RAUF para ti!

GK, o meu tinha as teclas às cores, tão lindo. E três perninhas, quase a imitar os verdadeiros! Beijocas!

Rafeiro Perfumado disse...

Kok, é sempre um prazer ver que não sou o único a não ter a menor queda para a música. Abraço!

Stuckinha, quando entrei na faculdade uma das coisas em que pensei foi entrar para uma Tuna, mas vendo como os meus pais reagiam quando eu cantava no banho, achei por bem privar o mundo desse espectáculo. Beijocas!

Lord of Erewhon, o que explica bastante a minha falta de jeito...

Hands of Time, e dizes-me isso a mim, pá?

Rafeiro Perfumado disse...

Dualidades, especialmente ao nível do cachet que levam! Abraço!

Gata Verde, faltou-te o fá, jove. Também falhaste essa aula, foi?

Mundo Azul, implicar não, questionar, está-me no sangue e no pêlo gostar de saber a origem das coisas! Beijocas!

Leo Valmont, quando terminares o quê, jove? Cuidado com o pó que existe lá para baixo não me responsabilizo por alergias!

Rafeiro Perfumado disse...

Isabel-F., obrigado, é sempre um gosto ver-te por aqui. Beijinhos!

Papoila, “chuac” também daria uma bela nota músical! Beijo!

São, fico contente que este espaço possa servir para isso. Beijo.

Laura, Ícaro foi um palhacito que para fugir do labirinto do minotauro fez umas asas com cera, mas como se aproximou demasiado do sol, tungas, mar com ele. Beijos!

Salto-Alto, até faz confusão esse teu bronze, pá. Vai lá branquear-te um bocadinho para não fazeres tanta inveja, vá! Beijo!

mariam disse...

lamento, mas não posso ajudá-lo! adoro música, ela me acompanha em quase todos os momentos... mas academicamente sou uma analfabeta musical!
"dó, ré...........si, dó"!
só mesmo vc p'ra por isto em causa!
obrigada p'la boa disposição...

boa semana
um sorriso musical :)

carla granja disse...

Tu e as tuas ideias brutais lol
se todos cantaassem em dó só o que mudava era a letra da canção e ouvias sempre o mesmo :) bem... tenho amigos cantores logo-lhes pergunto :) tenho um amor em alto mar par te vires afogar eh,eh,eh
bjos
carla granja

ines disse...

e como é, "bamo" lá outravez, todos juntos????

Sol, dó, lá, fá, mi, ré dó!

Beijo e uma excelente semana! :))) sim ainda estou!

Capriccio disse...

Dois post seguidos!? Nem tive tempo de comentar o anterior!

Tu não percebes nada de música, vai mas é para a praia apanhar o sol de lá.
Abraço para o meu cachorro preferido :)

eu mesma! disse...

sou demasiado desafinada para conseguir ouvir qualquer diferença entre elas!!! ehehheh
qaunto aos nomes eu acho que tavam na moda na época....

Marta disse...

Foi tudo planeado! Se não houvessem essas notas tu hoje não podias ver a Musica no Coração em todos os Natais!

beijinhos

Amsilva disse...

eh pah tu também te alembras de cada uma....
ao dizeres isto apenas me recordo de uma pauta musical que se pode dizer á vizinha:
"mi" em cima de "si" sem "dó"!!!
Também podes dizer á jove, mas convém ser com muito jeitinho, senão ela nem dó terá de ti!!
Abraço canino!

Skynet disse...

Também gostava de saber quem inventou isso. Porquê apenas 7 notas e não mais? Os chineses tem menos 2 ou 3 notas do que nós, já não sei ao certo quais, as aulas de música já lá vão.

Rafeiro Perfumado disse...

Mariam, como é possível teres por companhia uma perfeita desconhecida? Vê lá com quem andas! ;) Beijo!

Carla Granja, afogo nada, que desde que li umas coisas sobre o aquecimeto global tive aulas de natação e comprei uma bóia! Beijo!

Inês, só te quero voltar a ver aqui depois de estares a trabalhar, pá, pela saúde do teu lombo! Beijo!

Capriccio, de vez em quando acontece, não tão raro como a passagem do cometa Hulley (acho que é assim que se escreve, se não for é outro cometa qualquer) mas acontece! Beijo!

Rafeiro Perfumado disse...

Eu Mesma!, felizmente a escala não foi inventada na pré-história, ou tínhamos uma escala cheia de grunhidos! Beijo!

Marta, estás viva!!! IÉEE!!!! E eu não vejo a Música no Coração, nem no Natal nem noutra altura, fosca-se! Beijocas!

AMSilva, desde que eu não diga isso à jove relativamente à vizinha, pode ser que me safe! Abraço!

Skynet, em compensação os chineses têm um alfabeto que ainda hoje continuam a inventar letras. Abraço!

Laura disse...

Nossa Senhora, acho que me meti numa camisa de onze varas, esse é que era o Ícaro? e eu que pensava que seria um ganda Filósofo, ou homem da lua, maestro dos melhores, mas...enfim, ganhaste e eu aprendi com o palhacito que me trasnformou em palhaça ehhhhhhhh. Beijinhos adoro a ti sempre, mesmo os anos passando e falando tanta besteira, continua a adorar-te..laura..

ka disse...

Espantoso, vinha eu aqui cumprir o meu "dever" de boa cidadã da blogosfera e dou-me conta que aprendi quase mais nos comentários que no teu post....looool

E claro ainda por cima tive de brinde a verdadeira história das notas musicais :P

Quanto a cantorias é coisa que estou totalmente proibida sob risco de me aparecer a ASAE a pregar uma multa por poluição sonora :D

Beijocas

ci disse...

ai que cantas tao bem...:)

beijo da ci

Mariazita disse...

A minha colaboração no SEMPRE JOVENS é às Terças-Feiras.
No meu blog, A CASA DA MARIQUINHAS, faço postagens Aos Domingos e Quintas Feiras.
Como no próximo dia 15 vou ausentar-me, para férias, gostaria de contar com a tua presença e comentário nestes dois últimos posts, o que antecipadamente agradeço.
Felicidades. Até Setembro.
Beijinhos
Mariazita
PS – Guarda esta informação, que é preciosa -:)))

bjecas disse...

Já percebi que um dia ainda vais questionar o nome dos 7 anões...

Abraço pá

\m/

Marta disse...

Ah se não vÊs a musica no coração então é porque vês o sozinho em casa!

looooooooool

vivinha! :)))

jinhos

Papinhas disse...

olha rafeiro talvez me esteja a repetir...mas lembrei-me desta:
"Dó, é fácil de cantar,
Ré, também, ou talvez não,
Mi, é música no ar,
Fá, dentro do coração,
Sol, vontade de chegar,
Lá, logo a seguir ao sol,
Si, está quase a acabar,
E volta de novo ao dó!
Dó, ré, mi, fá, sol, lá, si, dó!
Dó, dó!"

ou então:

Dó, é pena de alguém
Ré, a popa de um navio
Mi, sou eu e mais ninguém
Fá, logo a seguir ao mi
Sol, o astro lá no céu
Lá, sítio longe daqui
Si, algúem que está a ouvir
E volta de novo ao dó!
Dó, ré, mi, fá, sol, lá, si, dó!
Dó, dó!

hãaa gostaste!??!? Catita né??isto afinal das notas tem muito que se lhe diga! e a falta delas tambem... ;)

Fartei-me de rir com o teu coméntário lá no meu "tasco", se vais de férias em finais de Setembro, cheira-me a umas gandes férias...hein?? diz lá, em que paraiso vais dar uma braçadas?!?


Bj

Iveta disse...

A qualidade do teu humor é tão surpreendente quanto as escalas musicais, e respectivas explicacoes...

beijoca (obrigada por nos pores a sorrir)

P.S. - mas não gostares de "Musica no coração" é praticamente imperdoável... oh! Rafeiro...

Rafeiro Perfumado disse...

Laura, longe de mim fazer-te passar por palhaça, o único com nariz vermelho aqui sou eu. Tomaria eu ter metade da tua experiência de vida, cara amiga, nunca tenhas dúvidas sobre a admiração que tenho por ti. Beijo!

KA, acho que é a grande mais valia deste blog, os comentários têm muitas vezes mais conteúdo que o texto em si, o que tanto pode significar que o autor é pouco inteligente ou então que tenho uns visitantes para lá de brilhantes! Beijocas!

CI, e então quanto tenho o sabonete e a esponja na mão, sou um autêntico soprano! Beijo!

Mariazita, é uma informação que ficará aqui até que o blogger resolva terminar! Beijocas e boas férias!
Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

Bjecas, obrigadinho por me estragares um tema excelente, pá! Abraço!

Marta, ok, talvez tenha visto o filme, mas como estava sozinho em casa não há testemunhas! Beijo!

Papinhas, eu já me custou a decorar o hino do Benfica, achas que tinha paciência para decorar essas letras gigantes? Quanto ao paraíso para Setembro, acho que não vai dar para grandes braçadas! Beijocas!

Iveta, mas pelo menos eu sei a origem da minha personalidade, já as escalas musicais... e eu não desgosto do filme, não tenho é pachorra para o ver. Beijocas!

Mariazita disse...

Olá, Rafeiro
Para além de agredecer a tua presença Lá no Sempre Jovens, venho também deixar aqui a minha Nota (não confundir com "notas", que andam escassas...)
Certamente conheces a origem das notas musicais. Mas deixa-me recordar-te como nasceram.
Pergunta o Fá: Dó(m) Ré(Mi), Fá Sol Lá?
Responde o Domrémi: Si!
E prontos! Adeus até ao meu regresso.
Beijinhos
Mariazita
PS - A tua explicação não lhe fica atrás -:)))

Laura disse...

Euzinha sei que na me tavas a fazer passar por isso, sei mesmo, so tava a tentar ser engraçadinha!...É que tu me pões a rir perdida e assim nem te quero perder de vista!... Beijão enorme cheio de carinho da laura..

Joana do Açúcar disse...

ahuahuaah
lindo!
é preciso sensibilidade p'rá coisa!

Haere Mai disse...

Olá Rafeiro perfumado. É a primeira visita que faço ao teu espaço. Não te vou comentar... não posso...ainda! Prometo voltar quando conseguir ver bem tudo o que aqui tens... é do melhor que já vi (li).Bem já gastei um maço de lenços de papel a limpar as lágrimas de tanto rir.
Beijo azul
Vou voltar...ai se vou! ;0))

Girafa cor de rosa disse...

Rafeirito amigo já há um século que não passava por aqui!! Continuas super concorrido e eu ainda vim a tempo de comentar este post, já que amanhã (quase hoje) vais colocar mais um!! QUanto às notas musicais, o nome delas tb não sei a origem, mas que deve existir uma razão, lá isso deve...aprendi que tudo tem o seu "Q" de ser. Mas, tu tinhas que ter assunto não era?! E divertido, como sempre!! Beijocas e quando tiveres férias...excelentes férias.

Rafeiro Perfumado disse...

Mariazita, esse tal de Dom Rémi deve ter sido uma das vítimas da revolução francesa, aposto... Beijocas!

Laura, ainda bem que percebeste, é que não quero por aqui mal-entendidos, já me bastam as cavalgaduras dos anónimos que conseguem vislumbrar nos meus textos o sinal do anticristo. Beijocas!

Joana do Açúcar, isso é que foi uma forma delicada de me chamar “insensível”. ;)

Haere Mai, já vi que voltaste, sinal de que já leste tudo. Espero que a opinião se tenha mantido! Beijoca!

Girafa cor-de-rosa, há um século não digo, mas que já não te via por aqui há uns tempos, é verdade. Mas eu não reclamo, pois é sinal que também não passava pelo teu. Beijocas e boas mudanças!

KNOPPIX disse...

Rafeirão, pior do que as notas é aprenderes o método Bona, é uma seca, acredita, vi-me e desejei-me para passar isso, tb ng me mandou querer tocar saxofone :p

Abraço em dó menor

Rafeiro Perfumado disse...

Knoppix, mas também quem é que te manda aprender a tocar coisas esquisitas? Há que ser selectivo naquilo que se mete à boca, amigo! Abraço em fá sustido!

Oliver Pickwick disse...

E como se não bastasse duas notas Dó, atribuíram dois nomes para uma mesma nota. Por exemplo: Fá sustenido é a mesma Sol bemol; Sol sustenido, é a mesma Lá bemol, e assim por diante. Por um erro de fabricação, ao construírem o primeiro piano do mundo, esqueceram de colocar a tecla correspondente ao Si sustenido. Por este motivo, não existe tal nota.
Esses músicos são uns caras esquisitos. Fizeste bem ao abandonar o piano de plástico.
Um abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

Oliver Pickwick, qual abandonar, tenho uma estimação de morte por ele! Afinal, foi a minha introdução (e conclusão) ao fantástico mundo da música! Abraço!

Anónimo disse...

Seu blog é bem bacana...
de onde todas essas pessoas são?
Achei suas notas musicais pois comecei a estudar violino...

Até...

LecãoFurioso
www.vamosnessa.blogspot.com

Rafeiro Perfumado disse...

Lecão Furioso, se estás a começar a estudar, é apenas justo dizer-te que falta uma nota na minha escala! ;) Abraço!

PS: tentei comentar no teu, mas não tens essa opção.