Cuidado com o Rafeiro! Não é que morda, mas podes pisá-lo sem querer...

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Isso explica muita coisa

Se o amor é cego, como é que podem deixar a Justiça entregue a uma gaija apaixonada?

Até sempre,
Rafeiro Perfumado

40 comentários:

Nuvem disse...

Essa é profunda....
e a imagem muito simbólica :)
Mas faz parte das contradições da vida

paulofski disse...

Justiça!!! Ui, e isto é tema pra durar quanto tempo?

Francisco Castelo Branco disse...

é melhor isso do que deixar entregue a juizes incompetentes.

eles é que estao ceguinhos...

Só sedas disse...

Eu diria que é porque as decisões que se tomam com o coração são as mais acertadas mas como não acredito 100% nisso... faz de conta que não passei por aqui ta?

Bj!

cassamia zaratustra das metamorfoses disse...

está apaixonada???
as coisas que tu sabes...

turbolenta disse...

anda por aí alguma novela cor de rosa com alguma juíza de algum julgamento importante e que eu não saiba?
Bem... o mais que posso dizer é que esta me passou completamente ao lado e não sei que comentar.
beijos solarengos

Kapikua disse...

e ela tem a balança na mão para quê?

Dono das galinhas disse...

Não sei quem inventou essa ideia da justiça ser cega.
Certamente alguém que tinha bengalas para vender...
Acho que a justiça deveria ter orelhas grandes e olhos destapados. Talvez assim visse e ouvisse o que se passa por aí/aqui/cá.
Quanto ao amor, seja ele cego ou não, pouco importa porque a pessoa quando está "embicada" só vê mesmo é o que lhe interessa.
Eu? é galinhas! (eheheheheheheheheh)

Abraço pah!

Blogadinha disse...

Porque é sensível ao toque...? :))

Sónia Caires disse...

Olá!
Simplesmente ela tem uma grande sensibilidade...sente a energia dos outros...
Beijocas.

Anónimo disse...

Se a Justiça é cega?
Nos tempos que correm será mais de lhe aplicar aquele ditado que diz "o pior cego é o que não quer ver"...
Mara

maria teresa disse...

O AMOR É CEGO E VÊ

No homem ou na mulher
Amor é uma cegueira
Mas só não vê quem não quer
E vê sempre a quem o queira.
Amor é cego e vê, não sei porquê,
Amor é cego e vê, não sei porquê.
Deus lhe deu esta graça
Este poder fatal
De ver dentro de nós o que se passa
Como se o peito fosse de cristal.
Se o Amor nos olha, logo a gente
Preso na alma o sente
E escuta a sua voz.
Mas o que enfim se não entende:
Aquele a quem se prende
É quem nos prende a nós.

E agora como se pode fazer a analogia?

MZ disse...

Sou loira.
É melhor ficar calada para não responder asneira.

Marta disse...

É verdade, agora que o mencionas não posso deixar de concordar. O melhor é arranjarem alguém que não tem sentimentos.
LOL

Vício disse...

por fim vamos ter um ministério equilibrado...

the big fox disse...

justiça, gaija, cega.....
cá p´ra mim estas á procura de problemas... e dos que dura e dura....
olha lá não tens maos? é que dá para as 3 coisas...
abraço

Dragão Azul disse...

Olha lá, tu andas á procura de problemas? Tu que te metas com o Papa, Socrates, F. C. Porto.... tudo bem agora vais-te meter com a justiça.... um dia o teu telemovel fica sob escuta e andam a basculhar a tua vida toda só para arranjar motivos para te levar a tribunal e depois tens que provar o que andaste a fazer no dia 10 de Abril de 1990 pelas 18h:22m:54s o que é uma trabalheira do caraças porque isso já foi á muito tempo a tras.

Abraço!

BFdS.

.I. disse...

Também, o que é que se esperava de um gaja de signo Balança? (é certo e sabido que são todas umas desequilibradas)

Olhos Dourados disse...

Very funny:p

Olhos Dourados disse...

Very funny:p

Tulipa Negra disse...

Como eu dizia há dias a uma amiga, a justiça não só é cega como é surda, muda, paraplégica, órfã de pai e mãe, e só está aqui de passagem, a fazer escala de caminho para um sítio mais quente. Nunca pensei que também pudesse estar apaixonada...

(E o que raio fizeste tu aqui ao estaminé que não actualiza em lado nenhum?)

Beijinhos

Janita disse...

Que pensamentos profundos e filosóficos te ocorrem Rafeiro! Não páras de me surpreender e...extasiar.

Mas, se queres saber a minha opinião, dir-te-ei que a Justiça tem os olhos vendados, não por ser cega e muito menos estar apaixonada.
É por vergonha, das sem-vergonhices que a obrigam a fazer.
Vai por mim...
Beijiiinhos

Caia disse...

Que Justiça? bah

Tulipa disse...

O maior cego é aquele que não quer ver...

Felina disse...

Agora também colocas fotos de mulheres semi nuas...

De que gaja estas a falar?

Mas pela tua teoria a maioria dos juizes portugueses devem andar todos apaixonados

Pedro Pisco disse...

Ai é cega? Só finge acreditar nisso, quem a vende. Eu sempre achei que tem os olhos bem abertos para quem tem muito dinheiro para pagar a bons advogados.

Teófilo Silva disse...

Se o Amor É Cego então temos uma Justiça muito Amorosa...
E para certos cavalheiros até que é um Amor de justiça!

Maria Santos disse...

Não sei, não me interessa e tenho raiva de quem sabe!
E estou danada, porque estou apaixonada e devia levar 3 murros certeiros no meio dos dentes... partia-os de vez e ficava destentada!
Fogo... tou farta disto!

Há.dias.assim disse...

Tendo em conta o actual estado da justiça no nosso país, ouso afirmar que é o ramo da nossa sociedade onde a paixão mais impera!

aespumadosdias disse...

Ai a justiça que anda pelas ruas da amargura. Soluções procuram-se!

Sandra disse...

Não te esqueças que em terra de cego, quem tem um olho é rei...e há sempre aqueles que só amam pela metade.

Hummm...li isto que escrevi e até me pareceu bem...mas não sei qual a plicabilidade prática aqui!

Deixa lá.
O amor que continue a ser cego...é que se não fosse, muitas vezes passaria a outros sentimentos menos agradáveis mais facilmente. Quem amaria os egoístas, os abomináveis, os burlões, os cabr..., os prepotentes e arrogantes? Hummm...isto também não correu lá muito bem...porque esses realmente não merecem ser amados.

Quanto à justiça...tem vezes que ela é mesmo cega, ceguinha de todo...e deve pensar que todos nós somos....e voltamos ao início...há quem veja, nem que seja só de um olho e como disse, em terra de cego quem tem um olho é rei,o que no caso da justiça faz do rei um bobo da corte, que é o que parecemos todos às vezes, com estes casos de "justiça" a que assistimos diariamente.

(afinal sempre encontrei a aplicabilidade do que disse acima...fiquei mais contente, agora)

bj
sandrablogwithaview

centro das marradas disse...

...tudo se resolve através da eco-localização...

Sofia disse...

Ó Rafeiro, se faz favor, já viste a injustiça da tua penúltima frase? "Até sempre"?! Nada disso, volta é rápido que as saudades moem!
Beijinhos,Sofia

ψ Psimento ψ disse...

Ui há muita gente apaixonada por esse mudo da justiça então…

ROMA disse...

Sinceramente a perunta de KapiKua deixou-me espantada!
Então a Justiça não é do signo Balança?
Palo menos antigamente era.
O fiel tinha de estar perfeitamente equilibrado.
Como mudam ... os conceitos de "justiça"!

Rita, a dogmática disse...

Fica a questão no ar para reflexões futuras *-)
Beijinho

Fernanda Caprichosa disse...

Não explicaste tudo. A balança na mão da gaija apaixonada, para que serve?

P.S Onde está a foto com um cão? Ah!?

Beijinhos Rafeiro :)

AmSilva® disse...

Justiça cega... gaijas apaixonadas...
Que a justiça é cega, já sabemos, e até hà quem diga que tem as mãos atadas, eu sou mais da opinião de que tem as mãos "untadas"...
Quanto á gaija... isso passa, vais notar pela entrada na época de choro...
Abraço

MEU DOCE AMOR disse...

Não concordo com o post.

Táxi Pluvioso disse...

É cego mas não é invisual.