Cuidado com o Rafeiro! Não é que morda, mas podes pisá-lo sem querer...

sábado, 12 de fevereiro de 2011

Ditados Rafeirosos 2

Se tens telhados de vidro não atires pedras ao vizinho, a não ser que tenhas pontaria e o deixes inconsciente!

Até sempre,
Rafeiro Perfumado
Published with Blogger-droid v1.6.7

26 comentários:

Louco disse...

O ditado podia muito bem acabar com "a não ser que o cabrão esteja distraído e não veja de onde a pedra veio"

Inês disse...

Eu não tenho pontaria e não sou adepta da violência.
Para além disso gosto dos meus vizinhos.

Je Vois la Vie en Vert disse...

NÃO NÃO NÃO, a violência não passará !
Bom FDS

Beijinhos
Verdinha

Cat disse...

ahahahahahahah
ou "a não ser que o apanhes de costas" :P

beijos

Gonçalo disse...

G3 resolve!

:)

Tio do Algarve disse...

Aquela possibilidade do vizinho não ver de onde veio a pedra, também é válida...

Hugo de Oliveira disse...

Gostei muito do ditado...muitas pessoas esquecem suas vidas, para vive a dos outros.

abraços
de luz e paz.

Frida disse...

Olha! dependendo do vizinho. Tem vizinho que você tem vontade é de jogar uma bomba, pedra é muito pouco. Principalmente, quando fazem festas barulhentas pelas altas horas da madrugadas e você tem que levantar cedo no dia seguinte. Todo mundo que já passou por isso, teve essa vontade lá no seu inconsciênte maldoso. Beijos

Paloma disse...

Dependendo do vizinho, quando nos
perturba, ao extremo, um pedregulho
seria o ideal.

maria teresa disse...

E há o perigo de ser aplicado o efeito de boomerang...Safa!

Pitanga Doce disse...

Eu já sou mais sofisticada. Acho que há vizinhos que merecem mísseis de longo alcance.

Bom fim de semana e boa praia. hehehe

Rui Pascoal disse...

Se em vez do vizinho for aquela vizinha acalorada, uma pedrita de gelo, só para a refrescar, não deve ter consequências de maior… digo eu.

Malena disse...

Moro num apartamento, no 4º andar! Posso atirar à vontade porque não tenho telhado!!;)

Cuca disse...

Era isso que me apetecia fazer ao meu vizinho do lado que deixa o seu querido cãozinho preso o dia todo na marquise a fazer barulho (a ladrar, a uivar e a atirar-se contra as persianas)e quando vai à rua com ele enche a estrada de merda e nem apanha. Dassss! Só me apetece partir-lhe a cabeça à pedrada!

Janita disse...

Ter telhados de vidro
É uma grande economia
Vai entrando o sol por elas
Poupa-se na energia...

Olha lá Rafeirito, há outro ditado popular muito pertinente nos dias que correm.
Sabes qual é?
É aquele de atirar a pedra e esconder a mão...já ouviste falar??
Beijos e bom Domingo

Libel disse...

Ah...depende do vizinho né, supondo que o vizinho era um gentilmant que nem um rafeiro que conheço por essas bandas, tenho certeza absoluta que na volta receberia lindas flores, acertei??...

cuidadooooo...
track..pim..PUMMM...crack...uiii...aiii...ok..podes parar, hoje de facto não devia ter abusado da sorte!!....loll...

p.s. Quem não arrisca não petisca...(sabias este?)

Bom fim de semana

Lima e Tequilla disse...

"a não ser que tenhas pontaria e o deixes inconsciente!" ah ah ah Concordo plenamente =)

Marta disse...

Eu tenho telhado de zinco por causa dessas coisas. O pessoal que me rodeia tem uma apontaria do caraças.

Kok disse...

Pedras não, mas umas porradas por cada vez que o gajo às 4 da manhã me acorda ao subir as escadas, bêbado (acho eu) e a cantar: "vou beber até que a voz me doa"!

Porque não me calhou uma gaja morenaça e boa mesmo que cantasse às 4 da madrugada???

Oh sorte!!!!!!!!!

1 abraço pah!

Teté disse...

Hummm... nunca é grande ideia essa de atirar pedras ao vizinho, mesmo que se tenha pontaria e ele fique inconsciente! Nunca se sabe se ele não é vingativo e não resolve retaliar com as mesmas pedras... :)))

Beijocas!

A Minha Essência disse...

Muito bom!! (Risos)

Laura disse...

Oh, se a coisa fosse na real como se diz; imagina os vidros pelas ruas a todo o momento, tínhamos de andar de socos de pau...


feliz dia, mesmo estando a trabalhar.

Beijinho aos dois

laura

Táxi Pluvioso disse...

Já há o vidro balístico para atiramos pedras à vontade.

Felina disse...

Dás te mal com os vizinhos depois eles não querem saber de ti, morres e eles nem dão pela tua falta

Besta Artista disse...

Pah, adorei a beleza e eloquência desse ditado :)
E aceito umas bejecas ahah
Adorei o blog, estou a seguir! :)

http://notasacentuadas.blogspot.com/

Me,myself & I! disse...

Convém,convém!