Cuidado com o Rafeiro! Não é que morda, mas podes pisá-lo sem querer...

segunda-feira, 14 de março de 2011

Vão chular quem vos fez as catenárias!


Confesso que, à medida que o tempo passa, tenho vindo a ficar com menos paciência para aturar comportamentos prepotentes. Num país mergulhado em dificuldades, são cada vez mais os casos em que as posições se extremam, fazendo jus ao ditado “em casa onde não há dinheiro, todos ralham até chegar o FMI”.

Neste contexto, envolvi-me recentemente numa troca de palavras com a CP, em virtude da vaga de greves que afectam os seus serviços, greve essa substituída recentemente pela expressão “perturbações”, que na prática significa “podemos fazer o que nos apetecer
quando e como quisermos”.

Não pensem por um momento que seja que sou contra o direito à greve, claro que os trabalhadores devem reivindicar melhores condições. No entanto, quando fazer greve se confunde com gozar com as pessoas e/ou prejudica não a empresa mas os seus utentes, a coisa muda de figura. Como sempre me ensinaram que a liberdade de um indivíduo termina onde começa a de outro, algo de muito errado se passa com o sistema que está implementado. Mas para que possam compreender do que falo, aqui fica a troca de e-mails com a CP:


7 de Março 2011 (Rafeiro)
Sou vosso cliente, com passe mensal CP/Metro. Em virtude das greves que têm surgido, e para as quais não são disponibilizadas alternativas de transporte, gostaria de saber o que pretendem fazer:
a) Restituir-me o dinheiro correspondente aos dias em que não consigo apanhar o comboio
b) Estenderem a duração do meu passe pelo número de dias em que não pude utilizar o mesmo
c) Borrifarem-se no assunto

Aguardo com expectativa a vossa resposta.


10 de Março 2011 (CP)
Acusamos a recepção da comunicação de V. Ex.ª, merecedora da nossa melhor atenção.

Lamentamos, desde já, as perturbações ocorridas na circulação.

Trata-se de uma situação resultante do exercício de um direito consagrado na Lei e que transcendeu a vontade da Empresa, pelo que esta ficou limitada no desenvolvimento da sua actividade normal.

Sendo a adesão à mesma uma decisão pessoal dos colaboradores, não foi possível prever com antecedência as implicações da mesma, nem assegurar qualquer serviço alternativo. Por outro lado, embora a CP continue a ter a satisfação do Cliente como uma sua prioridade, a severa contenção de custos que este contexto económico-financeiro obriga, implica uma forte racionalização a este nível.

Informamos ainda que, embora do ponto de vista legal a CP não seja directamente responsável pela situação, a questão de reembolso apenas se coloca em situação de supressão total de circulações, num determinado trajecto, e caso tenha adquirido um título de transporte para viajar especificamente no dia e comboio em causa, antes de ter conhecimento da supressão ou anúncio de greve. Estas condições apenas se aplicam aos portadores de bilhetes simples válidos para o percurso, comboio e data em que se verificou a supressão, não se aplicando às Assinaturas por serem títulos multiviagens, válidos para vários dias.

Reiterando as nossas desculpas nos impactos sofridos, apresentamos os melhores cumprimentos.


10 de Março 2011 (Rafeiro)
Vejo que optaram pela alternativa C, mas vamos ver se eu compreendi. Compro um passe para utilizar os vossos serviços, válido por 30 dias, vocês não prestam o mesmo, sejam lá quais forem os motivos, mas azar, não há cá devolução de dinheiro para ninguém nem possibilidade de usar os serviços noutro dia qualquer.

Apliquemos essa brilhante forma de gestão noutro contexto. Imaginem que eu fazia uma avença com uma casa de alterne, para poder utilizar os serviços da Etelvina, a melhor prostituta lá do sítio. Chegado ao local, era informado pelo chulo que a Etelvina estava doente, com gonorreia, pelo que não me poderia prestar os serviços contratados, sendo que também não seria possível oferecer qualquer alternativa. O que é que vocês acham que aconteceria? Devolviam-me o dinheiro, pediam para lá voltar noutro dia ou simplesmente me diziam que tivesse paciência, mas o dinheiro tinha sido gasto em vão?

E espero que tenham percebido qual o papel atribuído à CP nesta história. É que receber dinheiro de clientes, não lhes fornecer os serviços devidos e não dar qualquer alternativa (devolução do dinheiro ou prestação dos serviços em outra data) só pode ter um nome.


E agora aguardo pacientemente pela resposta.

Até sempre,
Rafeiro Perfumado


66 comentários:

ADLuxor disse...

Concordo plenamente! E o exemplo que lhes deste está muito bem dado!
Eu por acaso não tenho tido problema com a CP, apesar de um comboio ou outro atrasado mas já ouvi muitos casos de problemas com a CP.
Abraço!

Teté disse...

Ah, grande RAUF, escreveste isso mesmo ou estás a brincar?! :)))

Longe de mim duvidar de ti e bem que esses e outros serviços merecem respostas à "chapa nº 5" para clientes/utentes insatisfeitos, mas a tua comparação está delirante!!! Nada como uma boa gargalhada logo pela manhã! :D

Beijocas!

Anónimo disse...

Ide todos chupar-me a pila

Rafeiro Perfumado disse...

Todos, anónimo? Cá para mim isso é coisa para ser despachada por um grilo, e dos pequenitos...

Vício disse...

as coisas que aprendemos contigo!!
nunca imaginei que os comboios que usas tivessem nomes assim.
a Etelvina circula a que horas e em que sentido?

A Minha Essência disse...

Risos... és cá dos meus! ;)

Close up! disse...

Mandaste mesmo isso????????

Tulipa Negra disse...

Pelo menos neste caso é por uma greve. E quando falha a electricidade, a água, o gás, a TV Cabo...? A culpa não é de ninguém, azar o teu se a comida do frigorífico se estraga, se tomas um banho frio ou não o tomas de todo, e no fim do mês pagas o mesmo, que isto da crise toca a todos e estas empresas não podem estar a descontar os dias em que os serviços não funcionam! Olha só o trabalho que dava fazer essas contas todas? Ainda tinham de contratar mais alguém para fazer contas, ou assim...

Textículos disse...

À duas semanas a empresa que distribui TV e net lá em casa, falhou-me uma noite, no dia seguinte de manhã ainda não tinha serviço, fui a procura do número da rapaziada para os descompor e abri um envelope que julguei ser de publicidade e não tinha aberto, afinal era uma carta a dizer que não iam garantir o serviço numa determinada noite, pediam desculpa e além disso retiravam 20% na factura desse mês.

Uma farpa : Por essa ordem de ideias o SLB teria de ressarcir os adeptos que pagam bilhete para ir ao estádio ver o clube apenas fazer figura de corpo presente. :P

Patrícia disse...

Obrigada. Nada como chegar a uma segunda feira e dar uma gargalhada.
Tens toda a razão. mas não vais ter sorte nenhuma :). Greve é força maior e as empresas não podem ser responsabilizadas.
Mas deviamos todos reclamar, sem dúvida.
bjs
Pat

Ana disse...

Ai meu deus, tu és danado... lol

Cat disse...

ahahahahahah, muito bom!
a isto chama-se morder as canelas ;)

beijos

AEnima disse...

Bem, se de facto escreveste a carta, estas no Topo da minha lista de herois!

:D

Brown Eyes disse...

Excelente; aguardemos por desenvolvimentos ;-)

BE

MARGE SIMPSON disse...

Mais uma razão para mudares de cidade... vês aqui não há disso! Só chatices nas grandes cidades...nada como ser da cidade-modelo!
Bjs

Felina disse...

No próximo mês não compres passe, viaja sem bilhete, dizes que estás a fazer greve pelo mau serviço

Cat disse...

Acutilante e incisivo.

Ana Sofia Santos disse...

ainda não sei como os utentes da cp não fizeram uma greve geral a compra de bilhete/passe. Isto é, falo das pessoas que pagam. Porque andam por lá uns gabirus com ar de "vou-te assaltar" que os ditos revisores passam por eles e nada dizem (ao contrario do dia em que tem esqueces do passe vais ter multinha)
nas horas "mortas" eles tem suprimido comboios, as pessoas ficam 40 minutos a espera de um novo.
tá bonito esta

MM disse...

Muito Bom!

Tu não existes!

Acho que fizeste muito bem e para bom entendedor, meia palavra basta.

Beijocas!

Piston disse...

Há assinaturas nas casas de alterne?

Teófilo Silva disse...

Todos, anónimo? Cá para mim isso é coisa para ser despachada por um grilo, e dos pequenitos...

Esta resposta só podia ser dada por um RAFEIRO PERFUMADO. No país do Ali Baba o que se pode esperar do resto dos "componentes"?

▒▓█► JOTA ENE disse...

ººº
Muito bom... já agora, existe mesmo passe social p'ras casas de alterne? E eu sendo reformado, tenho algum desconto?... até pq a Etelvina não iria gostar muito da minha prestação. :))))))

Pitanga Doce disse...

E eu que nem sabia que a CP prestava serviços semelhantes aos da Etelvina? A CP te oferecer outra alternativa, como disponibilizar ônibus por conta da Companhia, ainda era um caso a se pensar. Agora, tens que ter cuidado com as alternativas que a casa, que é de alterne (ai que trocadilho do caraças!)te oferece. Não vá a Etelvina estar em "retiro" e te darem de brinde o irmão gêmeo Carlão, que com a maquiagem dela fica tal e qual!


Isto é castigo por teres arrasado com a minha poesia lá na árvore. hehehe

paulofski disse...

Tens toda a razão Rafeiro, o que se passa com a CP também acontece com a STCP, quer é ter utentes mansos e de pernas abertas. Mas caso não tenhas resposta ao teu email, tens uma alternativa, acorrentas-te à carruagem e andas pra cá e pra lá até se gastar o plafon.

Caia disse...

Ainda bem que és paciente... porque parece-me que vais continuar à espera de uma resposta!

nuvemdoce disse...

14 de Março 2011 (CP)
Acusamos a recepção da comunicação de V. Ex.ª, merecedora da nossa melhor atenção. Lamentamos, desde já, as perturbações ocorridas no seu interior mais lunático, esperando, que sejam passageiras.

Percebemos que se encontre incomodado, diria até, desagradado com a situação, mas não é caso para meter a Etelvina nisto, a minha esposa assume as suas responsabilidades e responde por todas elas, não deixa que nenhum cliente se sinta ostracizado, quanto muito, oferece os serviços mínimos, que apesar de limitados, são opções viáveis que aliviam o fluxo e minimizam a insatisfação.
A escolha passa por outras "Etelvinas", que prestam um serviço mais alternativo, ou seja;
"tudo ao molho e com bufas" ou "Ó Zé aperta o cinto, talvez no próximo entres" ou "Circuito da Picheleira com paragem nos Buraca" ou ainda, "Em Boa Hora entras, mas sais no Sr. Roubado". Não sei exactamente qual recomendaria no seu caso, todos exigem uma pequena tolerância, que noto não corresponder ao seu perfil, no entanto posso garantir que todos os serviços estão registados nas finanças de acordo com o regulamento "Etelvinas ao dispor" do decreto Lei nº 69, artigo indefinido "respire fundo" do jornal "República das Bananas" do ano três vinténs!!

...Assim, no seguimento da sua brilhante mente de Rafeiro empertigado, informo que não existe qualquer semelhança entre as duas situações, mais ainda, informo que caso pretenda continuar com estas acusações de má índole contra a minha Etelvina, vou ter que tomar medidas extremas, e quem sabe, não lhe espeto com uma gonorreia entre os t........
Bom, não vamos apressar os desenvolvimentos, acredito que irá repensar e que ficará eternamente grato por este esclarecimento. Encontro-me ao dispor,

José Etelvino


p.s. Quanto à CP , sabia que já pode transportar a sua bicicleta??...não paga mais por isso...FANTÀSTICO não é??....e ainda pode alugar uma carruagem, a preços reduzidos para grupos, fazer uma visita a vários locais em família..ESPECTACULAR não é??...
e ainda…existe um pacote especial estudante que...

RAUF..Rauf...não, infelizmente animais ainda não são permitidos, mas estamos a crescer nesse sentido, inclusive um passe animalar não está totalmente posto de parte e ...Blá..blá...blá...


Ahahah...se te fecharem o blog eu chamo a Etelvina e ....LOLL...

conchita disse...

Lol!!muito bem, tens cá uma imaginação para qualquer assunto, és o máximo :)
E já agora...o teu facebook?!!
Beijos :)

redonda disse...

Será que esta última carta irá ter uma resposta?
Depois de ler o que escreveste, parece-me que seria muito justo compensar todos os terceiros alheios às reivindicações dos grevistas (até agora, nas vezes em que fiquei prejudicada, pensei apenas que era uma seca e pronto...)
beijinho

centro das marradas disse...

...por falar em medidas...desmedidas e total arrogância...é melhor nem te falar que o I.V.A. do golfe vai passar de 23% para 6%...oops! Já falei...
Abraços.

Rafeiro Perfumado disse...

Conchita, o meu FB está porreiro, à terceira tentativa. Se me quiseres visitar tens o link ali do lado direito! Beijoca!

Roxanne disse...

Esta terceira carta está espectacular, sem dúvida que fizeste uma excelente comparação. Não sei se irás obter ou não uma resposta, mas que a tua queixa tem uma boa razão de ser lá isso tem.

Beu, a Ruiva. disse...

Só tenho uma palavra para o que fizeste: BRILHANTE!

Janita disse...

Ó Rafeirito mai-lindo!
Logo hoje que eu tenho andado num vira-vento, sem tempo pra te vir ver, senão agora, é que tu apresentas aqui montes de literatura??
Deixa lá vir o FMI a ver se os gajos deixam de explorar os velhos e entram nos eixos.
Quanto à CP tenho tido sorte. Lá vou usando o Intercidades de tempos a tempos, até à capital e mai nada. Mas, sim, reclama que tens razão, lá por seres rafeiro não deixas de ter os teus direitos.

Olha lá, atão fechavam-te o blog porquê...já agora.

Hoje estou sem inspiração nenhuma, desculpa lá.

Aí vão uns Xis bem apertadinhos e...pra outra vez será melhor.

Nuvem disse...

Eu gostei da forma polida e da quantidade de texto que eles te enviaram para dizer que escolhiam a opção c).
Mas, meu querido Rafeiro, as empresas de transporte são apenas os bordeis do sítio... mas neste caso quem é encavado todos os meses é o belo do utente.
Adorei a frase em que sabiam da greve, mas não calculavam a adesão e por isso não previram transportes alterantivos...
Antigamente não funcionava assim, mas pelos vistos agora é tudo a gozar com o povinho...
Vamos ver se te respondem :)

Marta disse...

Eu cá reclamo sempre que tenho direito e mesmo que não receba nada de volta pelo menos sinto-me feliz por não me ter calado.

Eu disse...

Muito bom, um grande aplauso da minha parte.
Realmente o custo do passe doi! Adquiro o L123 para fazer diariamente o percurso Lisboa/Oeiras. Vamos lá ver...se não houver comboios vou como? a pé? apanho a carreira da vimeca que passa de hora(s) a hora(s) e cujo trajecto não é coberto pelo passe? vai a CP pagar-me o bilhete? não me parece... (como já aconteceu a um amigo meu, e sim ele perguntou ao sr. da bilheteira se lhe pagava o bilhete do transporte alternativo).

Sim, dá vontade de fazer boicote e andar na CP sem bilhete, o revisor aparece e mandamo-lo para um certo sítio.

O mal disto são os monopólios! Os bolsos cheios, porque o dinheiro dos passes já lá canta, o utente que se lixe.
Tivessem eles concorrência a ver se não piavam fininho, era ver a clientela a decher.
Fazem de nós gato-sapato.

XULOS!

aespumadosdias disse...

Ao último mail não te vão responder. Envia também estes mails ao sindicato.
Hoje é o metro.

Sandra. disse...

:)))

LOL iskeci me do q tía dezer :D

mas de qq das formas pah, n podias ter arranjado um nome mailindu kesse?? Etelvina...bahhhhhhhhhhhh!!!

Cátia Banessa?? népias??

besuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuus

Tirsense disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dragão Azul disse...

Se mandaste essa mail tal e qual como escreveste... tu tem cuidado que eles ainda te soltam os cães... eheheheh

Tenho uma má noticia para te dar hoje á greve no metro....

http://noticias.sapo.pt/lusa/artigo/12283840.html

gota de vidro disse...

Adorei em particular o exemplo que deste....
Era de prever que não ias ter o dinheiro de volta, pois a vigarice é prática comum neste país.

Os esxemplos de cima também não são os melhores.

Agora viajas à borla por estares tu de greve a pagamentos.

Boa semana

bjitos da gota

carol disse...

Pois! E agora pode esperar sentado pela resposta... Isto aqui é assim: pagas e não bufas! O mesmo me tem acontecido com o serviço da Internet que está em baixo cada vez que lhes apetece e, quando reclamo, dizem que sou a 1ª a queixar-me, que não tiveram ainda outras queixas. Enfim: pagas e não bufas!...

Kok disse...

Queres tu dizer que a CP é o chulo?
Com franqueza... Isso nem se pergunta pois a resposta está implícita.
Acredito que a CP (e outras) deve apresentar lucros maiores nos meses em que os trabalhadores fazem greve.
É só fazer as contas...

Abraço pah!

Laura disse...

Ó nino achas que te iam devolver alguma coisa? é mais um dos serviços que temos, uma grande merda mesmo...
Já não sei quem tem a culpa de vivermos assim, ele é comboios é os camiões, é tudo, daqui nada mais vale nem trabalhar, não haverá combóios, autocarros, gasoleo para os carros, enfim...ficamos em terra ou vamos a pé...ou de barquito a remos..sei lá. mas que via a da nossa gente.

Beijinho.
laura

Malena disse...

As greves são fodidas... Mas essa é a intenção... Caraças!

Rui Pascoal disse...

A tua pergunta e a resposta deles lembram-me as linhas paralelas...(onde supostamente deveriam circular os comboios...) que nunca se encontram.
:)

Luis disse...

Amigo Rafeiro Perfumado,
Como o compreendo! E tendo em conta o comentário do Tulipa Negra, lembrei.me de uma coisa que aconteceu comigo. Por engano da EDP trocaram o meu NIB pelo qual pagava a minhas contas por débito directo, por tal motivo não paguei essa conta, e cortaram-me a energia. Resultado disso tudo quanto estava no frigorifico "foi à vida". Quando reclamei fiquei sabendo do erro cometido pela EDP mas não consegui ser ressarcido dos prejuízos sofridos por serem únicos fornecedores poderem tomar tais atitudes prepotentes! É este o Portugal em que vivemos!

Lima e Tequilla disse...

O pior é que não é só na CP...ando sem serviço de MEO devido a uma tempestade que fritou os cabos de telefone da PT e que me fritou a mother board do meu computador fixo. Eles dizem que não vão reembolsar ou ajudar na compra de um computador novo e vão cobrar pagamento dos dias em que estive sem o serviço. Além disso os técnicos chegam quando lhes dá jeito e quando lhes apetece tendo uma pessoa que ficar o dia todo à espera que eles se dignem a arranjar um tempinho para nós.
É sempre a mesma coisa, eles querem é receber. Agora quando exigimos os nossos direitos como clientes pagantes eles simplesmente mandam-nos, e desculpa pela expressão, apanhar no cu e cagam-se nos nossos direitos.

Piston disse...

Lima, até à data eles não podem ser responsabilizados pelas acções de São Pedro.
Eles não dizem que aparecem à hora X simplesmente porque o tempo ocupado nas outras assistências é de previsão muito difícil.

Não, não trabalho na PT. É tudo uma questão de ser razoável nas exigências.

Anónimo disse...

Tou amuada...como raio deixei eu de ter o Rafeiro Perfumado nos meus amigos do Facebook? Como raio desapareceste? Ai mau mau...logo eu que tava adicionado nos dois perfis e mais...ai ai Amuei...

Jocas caninas
Lena

Ana disse...

LOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL

PÁAAAAAAAAAAAAAA!!!!!!!!!!!!! tu disseste-lhes mesmo issooooooooooooooo???????????

a resposta, a resposta???

Anjo De Cor disse...

Xiiii .... tá mau.
Bjs*

palavrasasolta disse...

Oi!
É só para te dizer que apoio o teu estado de espirito em relação aos da CP, que adorei as tuas cartas - a última, então!... - e que fico à espera que transcrevas a resposta.
Beijos

Charlotte disse...

Concordo! Façam greve à vontade mas quando isso implica prejudicar-nos a nós (leia-se os utentes) que não temos culpa de nada e usamos esse como o nosso meio de transporte... é mau! Muito mau!

ψ Psimento ψ disse...

Ahahahh espero que te respondam de facto. Anda tudo numa de greve! De caminho até os desempregados fazem greve! Claro que nunca foi contra a greve, aliás uma greve dos psicólogos até vinha a calhar(será que alguém ia reparar).
Quanto à prestação de serviços da Cp como todos os transportes públicos, deixam muito a desejar…
Abraços.

Laura Ferreira disse...

Por amor de deus, publica a resposta deles! Please!

turbolenta disse...

Como são felizes e bem aventurados os habitantes da minha zona.
Nunca na vida se podem queixar de coisas que sabem nunca irão ter: qual combóio... qual metro!?
Andem mas é nas camionetas que as empresas monopolistas da zona foram buscar em 55ª mão à Alemanha.
E mais...nunca sabem a que horas elas passam. Nunca sabem quando param.
Sim,porque muitas vezes têm imensos lugares mas o motorista, por sua iniciativa, resolve não parar, só porque olha pelo espelho...vem atrás uma camioneta de outra empresa e na paragem está apenas 1 pessoa.
Que importa se essa pessoa tem passe nessa empresa?
Então ele vai dar-se ao trabalho de meter um passageiro... deixar a outra camioneta ultrapassar a sua, quando sabe que nas paragens seguintes costumam estar muitas pessoas á espera de transporte.
Pois é...
por aqui não há o meio termo.
Ou tudo, ou nada!
No Verão é uma maravilha...ar condicionado (janela aberta). Parece a aldeia dos macacos com o pessoal todo em pé a desequilibrar-se nos corredores quando o transporte para. O pessoal de braços levantados e o tal cheirinho a catinga...
Um mimo!
e O raio da A8 que era para estar pronta em Novembro e não anda nem desanda...
Mas o certo é que somos um povo brando.
Por aqui ninguém protesta.
O presidente da câmara é da cor do governo e está calado que nem um rato.
Nem sei como concretizaram a obra do Hospital. Pelo menos já está a ser construído.
Pois está....mas não arranjem alternativas ao actual acesso aqui da minha parvónia, que eu quero ver com as ambulâncias a subir aos zigzagues pela serra acima e nas velocidades loucas como costumam andar...acho que muitos doentes vão logo para a morgue sem passarem pelo hospital.
Fugi ao tema, mas a escrita fluiu e , como de costume, tinha de descambar para o lado da crítica...do dizer mal.
Mas se não está bem...

Táxi Pluvioso disse...

Devolver dinheiro? era bom era! acho que isso horroriza mais do que pedir aos judeus que peçam desculpa pela morte de Cristo.

ianita disse...

Há uma t-shirt do Cão Azul que diz "Come a sopa ou chamo o FMI" :D

(tenho só pena que veja cada vez mais pessoas a esmorecer e a saber que não vale a pena reclamar... vale sempre a pena... e quantos mais formos mais vale a pena)

Diabba disse...

Gostei muito da troca de e-mails, e aguardo quase tão impaciente como tu, a resposta deles.

Na minha passagem pela Holanda descobri uma coisa sobre greves: Nunca prejudicam o utente.

Vou explicar:
1 - Não há passes, há carregamento de dinheiro num cartão, que vai descontando rigorosamente as viagens que fazes (os trasnportes lá não são caros, comparados com os preços dos bilhetes de cá).
2 - Nos dias de greve, tudo circula normalmente, mas OS UTENTES NÃO PAGAM, ou seja, não descarregam nenhum valor do cartão, o utente é servido, e a empresa é prejudicada, e o trabalhadores podem fazer a empresa medir o prejuízo diário.
3 - As greves são feitas quando são necessárias, não são às sextas, segundas, ou por forma a fazerem "ponte", até porque os grevistas cumprem o horário de trabalho, no local de trabalho, só não trabalham.
4 - Aos grevistas, só é pago o dia, pelo sindicato a que pertencem, se provarem que cumpriram o horário de trabalho, no local de prestação do mesmo, apesar de não terem trabalhado.

Infelizmente em Portugal as greves só servem para prejudicar os utentes dos serviços. E os grevistas nem se importam de perder o dinheiro dos dias de trabalho, aproveitam para ir "à terra" (quem a tem, claro) buscar batatas e azeite, quem a não tem vai beber jolas e comer tremoços para a praia.

Hummm este comentário é qse um post. hihihihihi

beijos d'enxofre (nem vou corrigir, pelo que, provavelmente, há erros)

Cão Sarnento disse...

Proponho uma revolução (desta vez, verdadeira e substituindo a merda dos cravos por armas de fogo, ou o que quer que possa ser considerado arma com pouco esforço de raciocínio). OUPA! Quem está comigo?

Petra Pink disse...

Recebeste alguma resposta ao outro e-mail?
Olha tem é cuidado com a Etelvina porra.

Sunrise disse...

ahahaha até eu estou impaciente com a chegada da resposta da CP!!!!! É que eu tb sou utilizadora de cp/carris e fiquei lesada, tal como tu!

bjs

Narizinho Lunático disse...

Eu não acredito que escreveste isso, dessa forma, para a CP!!!! Homem, tivesses tu postado isso no dia 1 de Abril e eu pensaria que era uma brincadeira do dia das mentiras!!!! :p LOL Bjs

Barroca disse...

Muito fixe! :)

Vou já divulgar o link entre amigos!

Sai um ossinho recheado de carninha de maquinista da CP para o rafeiro pelo humor acutilante, ui. ;P

Barroca

Anónimo disse...

E deixem-me adivinhar... a resposta nunca chegou e o dinheio então nem pensar....