Cuidado com o Rafeiro! Não é que morda, mas podes pisá-lo sem querer...

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

E o cérebro parou...

O que é que passará na cabeça daquelas pessoas que vão todas lançadas para subirem ou descerem nas escadas rolantes e, quando constatam que estas estão paradas, fazem cá com cada derrapagem e optam por utilizar as normais? Serão as mesmas que quando estão dentro da piscina e começa a chover se piram (eu já vi isto)? E pensando bem, esqueçam lá a primeira pergunta, pois é óbvio que não se passa nada, e há muito tempo!

Até sempre,
Rafeiro Perfumado

52 comentários:

the big fox disse...

é pá passar passar não passa nada aquilo é o chamado piloto automatico e quando a coisa não corre bem faz "tilt" e o pensamento é este "ora se isto está parado é porqeu não funciona por isso tenho de ir pelas outras que são iguais...mas funciona..."
abraço

Paula disse...

Sinceramente não sei. Mas posso dizer-te que em certa ocasião, tinha eu uns 11 ou 12 anos, tinha ido com uma prima e tia à praia, quando começou a chover.
Estava eu e a minha prima na água, quando ouvimos a minha tia a dizer: - Saiam da á gua para não se molharem!
Deve ter sido o mesmo que acontece a essas pessoas, digo eu...
Bom fim de semana!

Só sedas disse...

Chama-se "rabo pesado". É que os degraus das escadas rolantes são mais altos do que os das escadas normais... lol (tb me fiz essa pergunta durantemuito tempo até quedescobri a resposta)

Me,myself & I! disse...

Ó Rafeiro,pior que isso ainda são aqueles que começam a subir as escadas que descem e mesmo quando de apercebem do erro continuam a insistir!
Isso sim é de bradar aos céus e eu já vi isso mais que uma vez!
(E adultos,não crianças na brincadeira!)
Vá-se lá perceber!

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Quando as escadas rolantes estão em andamento há dois tipos de pessoas, as que param e esperam que as escadas as levem e as que andam apesar das escadas as levarem!!
As que derrapam e optam pelas escadas normais devem pertencer ao primeiro grupo referido anteriormente.... iam lá ficar paradas o dia todo, portanto mais vale ir nas outras que têm de ser eles a dar às pernas!!!

é um bug na programação!! :P

Teté disse...

Acho piada às criancinhas que sobem escadas rolantes que descem ou descem as que sobem, por mero divertimento! Quanto aos outros, achas que merecem post?!? :)))

Beijocas!

aespumadosdias disse...

Sabe tão bem andar em escadas e tapetes rolantes. Quando estão avariado(as) é lixado.

Dom disse...

Já me aconteceu ir a descer o tapete rolante com o carrinho das compras e estar alguém à espera que eu desça, para começar a subir (ao contrário, evidentemente).

Vício disse...

deve ser quase como quando vão para subir as escadas rolantes e lhes aparece um tapete rolante... para subir têm que ser escadas, não é?

Ti Coelha disse...

Eu por acaso sou uma dessas pessoas que quando vai para utilizar uma escada rolante e vejo que está parada, vou pelas normais mas explico-te porquê, mesmo que não faça sentido: os degraus das escadas rolantes são mais altos que os normais e normalmente são também escadarias mais íngremes, o que provoca um maior esforço. Assim não faz grande sentido usar as escadas rolantes que não funcionam. ;)

Quanto ao sair da piscina ou da água da praia por ter começado a chover... eh pá, só se for para tirar as coisas que deixei na areia ou na relva e evitar que se encharquem. ;)

TERESA SANTOS disse...

Rafeirito,

Mas que coisa estranha. Derrapagem em escadas paradas?!
Sim, percebi que é quando se apercebem que as escadas estão em greve, mas...?
Está bem, as criaturas iam a fazer uma prova de corta mato, logo...

Ai, ai, Rafeirito.

Olha, por este esforço, posso fazer-te uma festa na cabeça? Não mordes? De certeza?

Hum, não estou lá muito segura...

paulofski disse...

Já diz o outro: "quem anda à chuva molha-se, mesmo que seja numa piscina com escadas rolantes"

Orquídea Selvagem disse...

Pois... ainda bem que costumo ler o que os outros escrevem antes de redigir o meu comentário (e não é por cusquice como tu dizes) pois o que eu ia dizer já foi dito anteriormente.
É que a "ESpeCiaLmente GaSPaS" (temos de fazer um abaixo assinado para esta nossa amiga mudar este nome comprido... lol) descreveu lindamente a situação.
Convém notar que eu sou do grupo que sobe (ou desce) em simultâneo com as ditas escadas e fico piursa quando não posso prosseguir por estar à minha frente alguém a pastelar a olhar para o nada. Cambada de preguiçosos páh... e depois ainda vão gastar dinheiro para o ginásio para fazerem exercício físico... go figure!

Nessas alturas apetecia-me ter-te à minha beira para lhes dares umas rosnadelas por mim. Fazias-me isso, fazias?? :))


Quanto à chuvinha... hummm... lamento desapontar-te! Mas se estiver numa piscina e não sair da água quando começar a chover como me posso limpar depois se a toalha, que ficou esticadinha no chão à minha espera, vai ficar ensopada??

Como vês, há sempre resposta e explicação para tudo... ou quase tudo!!! :P


Beijocas e bom fim de semana, com ou sem chuva molhada!!
(eheheheh... estava mortinha por conseguir meter aqui um pleonasmo)

ADLuxor disse...

Realmente... É provável que seja do hábito.
As pessoas gostam muito de subir nas escadas rolantes mas subir as normais consegue ser mais rápido.
Abraço!

Janita disse...

Ah, meu querido...não me fales em lobotomias!

Desato logo a chorar...como se voasse sobre um ninho de cucos!

Não vês que a água da piscina arrefece com a da chuva...depois o pessoal não gosta de água por cima e por baixo.

Beijinhos
Bom fim de semana.

Utena disse...

Eu cá para mim é problema de fabrico

Patrícia disse...

Bem... eu odeio, mas odeio escadas rolantes que não rolam.
Pode parecer estranho mas se estiver a olhar para as escadas faz-me confusão (acho que tem a ver com aquelas listinhas todas) pelo que quando estou a descer as ditas escadas vou sempre com o olhar no infinito. Se me conhecesses saberias que isso é meio caminho andado para me "amandar" lá de cima.
Portanto para além de escreveres um post a gozar comigo ainda me queres "ver" toda partida.
Está mal....

S* disse...

ahahah Fugir da piscina quando chove? Uau, viva a coerência.

Bianca disse...

Mas rafeiro, agora pergunto eu, mas que importa o que passa na cabeça daqueles onde há muito não passa nada? Já pensaste nisso? É que todos estão preocupados em responder acertadamente. Mas o que me preocupa é a besta que meteu uns cornos ao brilhante cão da foto! O dono será uma grande besta? Isso sim é questionável!
Um beijo a todos os preocupados ;-) haja quem se preocupe, pelo menos , menos mal.

Kok disse...

diz-me, rafeiro: essa piscina era das cobertas ou das outras?
Como eu gostava que fosse das cobertas...

Tulipa disse...

É horrível a sensação de subir os primeiros degraus de uma escada rolante parada ;)

Henrique Marques disse...

Fizeste-me lembrar uma pergunta que fez um colega quando fiz o curso de mergulho:
- e se chover?
o instrutor respondeu-lhe logo:
- se chover é uma chatisse, um gajo fica todo molhado!
Um grande rauf para ti.

Fê-blue bird disse...

O cérebro parou e nada se passou :)

beijinhos

Rui Pascoal disse...

Eu não sou "louro". Quando vou à piscina levo sempre touca, assim já não molho a cabecinha.
:)
Também levo óculos... e calção.
:)

Teófilo Silva disse...

Quando derrapo junto de uma escada rolante a derrapagem é muito maior ao subir as escadas normais. Chego ao cimo completamente derrapado...
lol lol

Um abraço e bom fim de semana.

LopesCa disse...

LOL deve ser do hábito não funciona "vão a pé" ;)
Bom fim de semana

BlueShell disse...

Ahahahahaha...claro que não se passa nada!!!

Há uns meses uma criatura cá do burg trabalhava numa instituição, como jardineiro. Tinha de regar o jardim que circundava o difício, entre outras obrigações! Ora bem..um dia...chovia torrencialmente e o desgraçado andava de sombreiro numa mão e de mangueira na outra!

Não!...é perfeitamente "normal" mas como lhe haviam dito que tinha de regar o jardim todos os dias...assim fez.

Bj

gota de vidro disse...

Com a paragem das escadas acham que não é para subir eheh ....E as da piscina fogem talvez para não se molharem não?

Gostei da derrapagem...Condiz com o país.

Bom fim de semana

bjocas da gota

centro das marradas disse...

...vês como no fim chegaste à conclusão sem ajuda de ninguém? Estiveste bem, como não é de admirar. Abraço..

AmSilva® disse...

Hummm serão as mesmas pessoas que vão de escadas rolantes e/ou elevador para o ginásio ??

Abraço

Malena disse...

Como estou completamente paradinha hoje, só te desejo um bom fim-de-semana! De preferência, sem caíres por nenhuma escada abaixo! Rolante ou não rolante! :)

redonda disse...

Bem, por acaso, quanto às escadas, eu subiria pelas rolantes paradas, mas já quanto à piscina, aí teria um problema porque não gosto de molhar o cabelo :)

Carolina Tavares disse...

Simples... ligam o automático e quando desmonta a cena, parecem que acordam do desligamento. Penso que há relação com o diálogo entre sistema nervoso autônomo e o sistema nervoso central. Melhor dizendo, é quando se dá um curto cicuito no tico e teco.

André Miguel disse...

Por acaso já assisti às duas cenas e pergunto exactamente o mesmo.
Quem faz dessas tem sequer cérebro para que ele possa parar?!

Patrícia disse...

Realmente não sei... Acho que só mesmo elas é que entendem...
Haha e sim, também já vi isso de quando chove as pessoas saírem das piscinas! :D

elvira carvalho disse...

E o que é que passa pela cabeça de alguém que fica parado a meio das escadas rolantes quando estas avariam à espera de que alguém as arranje?
Um abraço e uma boa semana

jorge vicente disse...

hahahahaha!

tu adivinhaste mesmo aquilo que eu ia responder: não se passa nada!!!

auf!
jorge

Táxi Pluvioso disse...

Também não percebo porque será que a malta contra o acordo ortográfico não diz os "cês" e "pês", escrevem-nos, mas depois ao falar, tá quieto.

Nem se pode chamar escadas rolantes quando elas estão paradas. good week

diana gonçalves disse...

UI

Rafeiro Perfumado disse...

The big fox, por outras palavras, o cérebro pára. Abraço!

Paula, espero que não gastes muito dinheiro na prenda de Natal dessa tia... Beijoca!

Só Sedas, eu acrescentaria ao “rabo pesado” o “cérebro leve”, e também ficarei satisfeito com a explicação.

Me, Myself & I, quando era puto fui apanhado (após uma fuga aos pais) à conta duma dessas escadas rolantes. Não, não quero desenvolver o tema...

Rafeiro Perfumado disse...

Especialmente Gaspas, espero que esse bug não leve esse grupo a colocar-se nas escadas normais e esperar que elas rolem.

Teté, os outros merecem porrada no lombo, porque normalmente a derrapagem provoca encontrões na minha pessoa, que costumo usar as escadas rolantes quando elas estão paradas! Beijocas!

Aespumadosdias, qual lixado, poupa-se na conta do ginásio!

Dom, espero que nessa descrição o tapete rolante pelo qual desceste não estivesse a subir...

Rafeiro Perfumado disse...

Vício, então e se o tapete rolante tiver uma certa inclinação?

Ti Coelha, isto dito por uma pessoa que faz centenas de quilómetros numa bicicleta...

Teresa Santos, claro que podes fazer uma festa, não mordo mãos sem saber se estão esterilizadas.

Paulofski, isso faz-me lembrar outro ditado “mais vale uma piscina na mão do que duas escadas a rolar”

Rafeiro Perfumado disse...

Orquídea Selvagem, sobre esse tema, das pessoas que não se encostam à direita nas escadas rolantes, já dissertei em tempos longínquos. São umas bestas. Beijocas pleonasmadas!

ADLuxor, posso dizer-te que na estação do Rossio devo ser o único que sobe as escadas normais, ainda levando com os olhares de gozo dos “roladores”. Abraço!

Janita, então e se estiverem a fazer mergulho, também fogem da chuva? Beijoca!

Utena, das escadas ou das pessoas?

Rafeiro Perfumado disse...

Patrícia, longe de mim querer ver-te toda partida, se bem que um vídeo desse malhanço era capaz de render uns cobres no Youtube. Onde é que costumas andar, mesmo?

S*, já vi esta cena mais do que uma vez. Tenho pena que não tenham fotografado a minha cara de espanto, ao ver-me sozinho na piscina...

Bianca, importa pelo facto de pessoas normais como tu e possivelmente eu termos de interagir com essas cavalgaduras... Beijoca!

Kok, era uma piscina ao ar livre, lamento desiludir-te.

Rafeiro Perfumado disse...

Tulipa, é puramente psicológico. Faz isso 28 vezes seguidas e vais ver como deixa de te incomodar. Já o mesmo não posso dizer de quem te estiver a ver...

Henrique Marques, espero que esse teu colega não tenha insistido muito nesse desporto, era gaijo para confundir a botija de gás com a botija de oxigénio. Abraço!

Fê-blue bird, a minha preocupação é que seja um estado permanente. Beijocas!

Rui Pascoal, fico admirado por não levares um atleta, para ser ele a apanhar os pés. ;)

Rafeiro Perfumado disse...

Teófilo Silva, tens de pensar seriamente em comprar sapatos com sola mais aderente. Abraço!

LopesCa, neste caso o hábito não faz a escada. Beijoca!

BlueShell, isso é que é seguir as instruções à risca. Acredito que se um dia substituírem o jardim por um parque infantil ele vai regar os escorregas e baloiços. Beijoca!

Gota de Vidro, derrapagem não é bem o nosso estado, é mais queda livre. Beijoca!

Rafeiro Perfumado disse...

Centro das Marradas, eu peço ajuda só para disfarçar, nestes assuntos básicos a maior parte das vezes chego lá sozinho. Abraço!

AmSilva, já vi uma imagem dessas na net, num ginásio dos EUA. O cúmulo da ironia, sem dúvida. Abraço!

Malena, ainda mais porque se a escada rolante estiver a subir, arriscava-me a cair para cima!

Redonda, espero que não sejas daquelas que quando chove anda na rua com um saco do Pingo Doce na cabeça. Ainda mais sabendo que os do Continente são melhores.

Rafeiro Perfumado disse...

Carolina Tavares, acho que no caso destas pessoas ou o Tico ou o Teço já emigraram faz muito tempo.

André Miguel, acho que não, são pessoas em quem a função de pensar é desempenhada por outro órgão qualquer.

Patrícia, é sempre bom ter um segundo testemunho, não que quem vem aqui duvide de mim, claro!

Elvira Carvalho, aí o caso é bem mais grave, e não é só o cérebro que parou, deve ter sido também o coração. Beijoca!

Rafeiro Perfumado disse...

Jorge Vicente, a conclusão é simples, mas as consequências para quem vive na mesma sociedade são complexas! Abraço!

Táxi Pluvioso, estás a referir-te a exemplos como o Egipto? Sim, sou contra o Acordo! Abraço!

Diana Gonçalves, minha querida sobrinha, eu que saiba que já fizeste algo do género e saltas logo do testamento! ;)

redonda disse...

Por acaso não (porque normalmente eu vou ter o guarda-chuva algures na mala :) Ah e os sacos do pingo doce são muito melhores que os do continente...mas os do continente são grátis...

AR disse...

O que é que passará na cabeça de quem não percebe que os degraus das escadas rolantes são mais altos do que os das normais? Se a pessoa opta por ir pelas rolantes é porque não se quer cansar, nomeadamente. (até aqui tudo bem?) Então por que raio é que há-de pensar no ginásio quando elas estão paradas? (isto sim seria alta derrapagem... mas acompanhaste? mesmo?)

Rafeiro Perfumado disse...

Redonda, por vezes o grátis sai caro!

AR, acompanhei, acho, sabes que o meu cérebro não está habituado a raciocínios tão complexos. Só não percebo como é que essa teoria se aplica nas passadeiras rolantes, pois a reacção das pessoas é exactamente a mesma.