Cuidado com o Rafeiro! Não é que morda, mas podes pisá-lo sem querer...

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Entrevistas do Etelvino - A minha mão direita é gay!

Etelvino: Olá, baratos telespectadores, e sejam bem-vindos a mais um programa As madrugadas do Etelvino, o programa de eleição das pessoas que confundiram a garrafa de sumo com o termo do café! Hoje temos um programa tão bom que até me dói falar nele. Ah, esperem, estava sentado em cima do auricular... mas mesmo assim temos um programa fabuloso, com a actuação do Rancho Folclórico Os Bimbos da Beira Quase Litoral e a apresentação do novo livro do famoso escritor de que agora não me lembro o nome. Mas antes vamos falar com o nosso entrevistado, o senhor Idalécio Pamonha, que tem uma história curiosa para nos contar!

Idalécio: Boa madrugada, Etelvino. Eu não lhe chamaria curiosa, é bastante dramática...

Etelvino: Dramática é se fosse comigo, como se passa consigo é automaticamente curiosa. Mas diga-nos lá o que o aflige...

Idalécio: É que eu tenho uma mão gay.

Etelvino: Uma mão?!? A mesma que me estava a acariciar o joelho na maquilhagem?

Idalécio: Essa mesma, a malvada.

Etelvino: Então e quando é que se deu conta disso?

Idalécio: Eu era um tipo perfeitamente normal, sabe, mandava os meus piropos, dava umas chapadas nas namoradas, só que um dia ia a passear de bicicleta na rua, vi uma peidola toda apetitosa e nem pensei duas vezes, TUNGA, o apalpão da praxe! Só quando passei pela tipa é que lhe olhei para a tromba, a ver se tinha gostado. Qual não foi o meu espanto quando vi que a gaija tinha barba! Devia ser proibido, homens usarem cabelo daquela maneira, é que enganam pessoas sérias como eu!

Etelvino: Mas foi só isso? Eu farto-me de cometer esse erro...

Idalécio: Eu também pensei que não tinha sido nada de mais, afinal errar é humano, só que a sacana da mão gostou, não sei se da consistência da nádega, se do quê, e desde então não quer outra coisa que não gaijos!

Etelvino: E em que medida é que isso lhe perturbou a vida?

Idalécio: Está a dar cabo de mim! Deixei de poder ir a urinóis, por exemplo, pois a sacana da mão em vez de segurar o meu instrumento tenta segurar o que está ao lado! E nos balneários? É um vê se te avias! Amigos meus começaram a olhar-me de lado, pois é normal haver certas brincadeiras, só que a partir do 18º apalpão até eu desconfiava, não é? Ir às compras é outro martírio, a esquerda a meter no carrinho de compras a GQ e Playboy enquanto a direita tenta comprar cremes, exfoliantes e outras mariquices!

Etelvino: E não consegue controlar a mão? E pare de me mexer no joelho!

Idalécio: Então e acha que eu não tentei? Ao princípio a esquerda ainda mantinha quieta a direita, mas quando esta lhe começou a fazer festinhas pirou-se, agora passa a vida ou no bolso ou atrás das costas, com medo. Então se uma começa a tentar agarrar a outra, dou por mim pareço um pião!

Etelvino: É grave, sem dúvida, não tão grave como o que lhe acontecerá se me volta a apalpar...

Idalécio: Peço desculpa, é esta tarada, que não respeita nada nem ninguém.

Etelvino: Mas agora estava-me a mexer com a esquerda!

Idalécio: Está a ver? Isto pega-se!

Etelvino: Vamos então para intervalo, não saia daí que nós voltamos já, é só o tempo de ir fazer uma mijinha e encontrar uma motosserra!

Até sempre,
Rafeiro Perfumado


37 comentários:

Sun Iou Miou disse...

Mas o Etelvino vai cortar com a moto-serra o quê? Não quero nem pensar.

Paula disse...

Caramba, o Idalécio está mesmo tramado...
Olha se os pés começam a ir pelo mesmo caminho?
:)

Felina disse...

Etelvinoooooooooo a moto serra é para quem ? também foste contagiado? va nao faças loucuras é bem pior ser fodido pelo governo

Orquídea Selvagem disse...

(...) que a tua mão esquerda não saiba o que faz a tua direita (...)
São Mateus, 6

Bem se vês que o Idalécio não lê as escrituras!!


Beijocas santas!!
:))

Ana disse...

Faço minhas as palavras da Orquídea. Amén!

Teté disse...

Ahahah, esse programa do Etelvino tem tudo para dar certo na televisão nacional! Aliás, os programas da manhã e da tarde, dos dias úteis, bem que lhe tentam chegar aos calcanhares! Sem conseguir, porque lhes falta essa pitada de humor e sinceridade que é imagem de marca do Etelvino... :)))

Aposto ainda que não fariam um entrevista tão profunda com o Idalécio! Ali é tudo a sério, ainda o entrevistado estaria a explicar o seu curioso caso, e lá viria a interrupção necessária e relevante: a previsão astrológica, o momento culinário, o rancho folclórico, o intervalo para anúncios e o que mais viesse. Quando voltassem ao entrevistado, já seriam as duas mãos e os dois pés com o inexplicável problema... :D

Beijocas!

Maria disse...

Para que diabo estava a moto-serra guardada...
LOLOLOLOLOL!!!!!!

Vício disse...

por falar em urinóis públicos, sabes quantos buracos tem cada um?

Marta disse...

OMG! Esse tipo arranjou uma bela desculpa para as suas tendências de corpo inteiro ;)

conchita disse...

Lol!!, dava um bom programa de humor "As madrugadas do Etelvino", e outras que já escreveste também. Junta-as todas e manda para algum canal televisivo, assim ao menos temos alguma coisa de jeito para ver nos canais nacionais!
Beijos e uma boa semana de trabalho:)

Bianca disse...

Acho simpática essa mãozinha. Fará certamente tanta gente feliz. Sou assim, uma querida compreensiva... tudo pelo amor.

Fê-blue bird disse...

Uma mão que até pode dar jeito :))
Cortá-la é que não!!!

beijinhos :D

Utena disse...

Sádico moço...

Teresa Durães disse...

ehehehehhe sempre hilariante!

José Durães disse...

Soberbo delírio literário. Espero que não se propague ao pé, iria originar situações embaraçosas à mesa.

carol disse...

Isso terá alguma coisa a ver com o estripador de Lisboa? Não sei se ele usava o motoserra! Credo que desfecho de ... cão!

Mz disse...

Isso de gays já não choca ninguém, agora a mão direita que anda por caminhos proíbidos, disso não temos a menos dúvida... principalmente quando vai ao bolso do contribuinte e rouba à descarada!

Uma festinha ao Rafeiro:)

redonda disse...

:))muito perigoso entrevistar alguém assim :)
um beijinho

Speedy disse...

Ah mão malandra. Sempre é melhor do que culpar o álcool

Luis disse...

Caríssimo Amigo,
Este Etelvino quer justificar-se e inventou esta história da mão... Ele deve é ser mesmo gay e o resto é conversa!
Se não se põe a pau com a moto-serra fica é sem ele...
Um abraço amigo.

BlueShell disse...

Uma coisa assim...e vai cortar??? LOL...querido, só tu para me fazeres rir numa manhã de nevoeiro cerrado e com um dia de trabalho pela frente!
BEIJO

aespumadosdias disse...

E aasim se destrói a vida de uma pessoa quando se decide andar de bicicleta.
:)

Rafeiro Perfumado disse...

Sun Iou Miou, e eu não quero estar perto para descobrir!

Paula, e quem diz os pés diz outros apêndices!

Felina, pelo Governo já começa a estar habituado.

Orquídea Selvagem, desconfio que o Idalécio nem ler sabe. Beijocas!

Rafeiro Perfumado disse...

Ana, e ela empresta-as?!?

Teté, não sei se vou considerar as tuas palavras como um elogio. É que para dar certo na televisão nacional é preciso ser bastante básico, a roçar o grunho! Beijocas!

Maria, não sei nem quero saber, ó pra mim a colocar-me a uma distância segura!

Vício, nuca consigo contar, é que a potência do jacto é tanta que faço de muito longe.

Rafeiro Perfumado disse...

Marta, engana-me com a mentira, diria o outro.

Conchita, só se o Etelvino entrevistasse gaijas com cinco quilos de silicone nas glândulas mamárias ou tipos com mais esteróides por centímetro cúbico do que os jogadores de futebol americano.

Bianca, és um coração mole, é o que é.

Fê-blue bird, a direita ou a esquerda? Beijocas!

Rafeiro Perfumado disse...

Utena, não chames nomes ao Etelvino, pá.

Teresa Durães, hilariante não sei, mas que me divirto a escrever estas parvoíces, sem dúvida.

José Durães, soberbo? Mais um elogio e o meu ego estoira, como se fossem as finanças da Madeira!

Carol, o Idalécio é mais do género de ver “As Madrugadas do Etelvino”, não “A Casa dos Segredos”. ;)

Mz, nos tempos que correm sinto que são as duas mãos que nos roubam à descarada, independentemente da orientação sexual! Beijoca!

Rafeiro Perfumado disse...

Redonda, e igualmente perigoso ser entrevistado por alguém assim!

Speedy, ou a infância traumatizada, junto com o Senhor Prior.

Luís, ou sem ela, pois tem tantos nomes que é complicado dizer-lhe o género. Abraço!

BlueShell, olha que nos tempos que correm o simples facto de ter trabalho pela frente deve ser suficiente para sorrir!

Aespumadosdias, ou passear com o cabelo demasiado comprido!

ψ Psimento ψ disse...

Bem se o Etelvino que quis ir fazer uma mijinha tiver ido acompanhado pelo idalécio e a sua mão, não sei se o programa voltará ao ar rapidamente... Cheira-me que será um intervalo muito prolongado.

Diabba disse...

]:-D
Gostei desta. Verdadeiramente re-tri-retorcida.

enxofre

Táxi Pluvioso disse...

Isso sucede com muito bom português, é da comida, mas não é a mão.

turbolenta disse...

ah..ah..ah..
Boa!
Gostei de tudo , mas esta "tirada" do Idalécio....

"Então e acha que eu não tentei? Ao princípio a esquerda ainda mantinha quieta a direita, mas quando esta lhe começou a fazer festinhas pirou-se, agora passa a vida ou no bolso ou atrás das costas, com medo. Então se uma começa a tentar agarrar a outra, dou por mim pareço um pião!"
beijos rafeirosos e perfumados

Rafeiro Perfumado disse...

Psimento, se o Etelvino não for só garganta, é capaz de ser um atraso definitivo! Abraço!

Diabba, és uma sádica... Beijocas!

Táxi Pluvioso, estás a dizer que os hábitos alimentares têm influência nos hábitos sexuais?!?

Turbolenta, um peão e sem necessidade de lhe darem corda! Beijoca!

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Rafeiramigo

Havia um senhor chamado Etelvino que tinha uma charcutaria e foi quando entrou um senhor de seu, dele, nome Idalécio: Olhe meu querido, quero aquele paio, tá a ver?, aquele grande... E o senhor Etelvino: Vai assim ou quer fatiado? E o senhor Idalécio: Você julga que eu tenho cara de mealheiro?...

Abç

LopesCa disse...

Ui mãos atrevidas LOL

Kok disse...

Mãozinha marota....

Gata2000 disse...

Confesso que já ouvi desculpas mais esfarrapadas

Rafeiro Perfumado disse...

Henrique Antunes Ferreira, espero que no fim de usar o paio não o metesse na sopa, era capaz de ficar com um sabor estranho. Abraço!

LopesCa, aquilo já está para lá das mãos, cheira-me que é psicológico!

Kok, se fosse só a mãozinha...

Gata2000, também eu, e também algumas muito mais bem vestidas!