Cuidado com o Rafeiro! Não é que morda, mas podes pisá-lo sem querer...

quinta-feira, 22 de março de 2012

Posso ver o seu chip, por favor?

Com a crescente introdução das novas tecnologias no domínio da bilhética (o que eu gosto desta palavra), acho que está na altura de mudar o nome do pica para chipa.

Até sempre,
Rafeiro Perfumado

46 comentários:

Teté disse...

Credo, nem conhecia a palavra bilhética - que concordo contigo que é giríssima! - e já a queres mudar? E chipa é tão tristinho... :)))

Beijocas!

Rui Pascoal disse...

Hoje... nem pica nem chipa.
:)

Boop disse...

...e eu a pensar que eras um rafeiro livre...
Afinal estás "chipado"!

Sun Iou Miou disse...

Não tarda acabamos todos chipados. Nesta casa, só as duas mais velhas é que não temos chip. E concordo com a Teté, bilhética é uma palavra que merece um poema.

mixtu disse...

saudade do pica...
do mudar de carruagem na pampilhosa para não pagar o bilhete de coimbra até à Serra...

abrazo serrano

Textículos disse...

O chipa engole cartões.

Brown Eyes disse...

Xiiii, ao tempo que eu não ando de combóio e de metro. Ainda existe essa profissão!?

Anna^ disse...

Logo hoje que picas e chipas estão de greve??

Malena disse...

Esqueceste-te da cedilha, pá!!! :P

VdeAlmeida disse...

Há por aí bilhas (è daí que vem a tal bilhética, não é?) que valem a pena ser chipadas. E de que maneira.

Felina disse...

Com essa coisa do chip qualquer vao saber quantas vezes vamos ao WC

Bongop disse...

Conheço muita gente que devia andar chipada. Mesmo muita... e com ligação a GPS para sabermos onde andam!

:D

Abraço

conchita disse...

Lol!!, o pior é se vamos chipar, e o chipa não chipa, acho que é melhor o pica, pelo menos o pica não avaria, lol!!
Beijos:)

Patrícia disse...

Qualquer dia, após os partos, são introduzidas nas crianças um chip na nuca que servirá para tudo. Quando quiserem andar de autocarro, passam o chip por uma máquina, introduzem o dinheiro e já está. Também servirá para ir ao cinema, pagar as compras, abastecer o automóvel, entre outras utilizações.

Beijinhos,
Patrícia

P.S: Bilhética é uma palavra sensacional.

Alien David Sousa disse...

Não te assustes, mas cão...o futuro são os chips.
Lambidelas

tétisq disse...

Quando era miúda diziam-me que se me portasse mal o sr Pica me furava as orelhas, com aquele misterioso equipamento com que furava os bilhetes...agora os pais devem dizer aos filhos : - se te portas mal o sr "Chipa" atira-te com o aparelhómetro à testa...*

S* disse...

eheheh

Anónimo. disse...

Não me rio mais.Estou de greve.
Uma chipada no cucuruto.

60 Sinais disse...

Bilhética entra assim para o meu rol de palavras feias. Acho que até gosto mais da palavra "repolho"

Carolina Tavares disse...

Que língua vocês falam einnnn... Entendi nada.

Beijos

Marta disse...

Parece-me bem.
E os tipos que controlam são os chipadores ;)

AvoGI disse...

"Bilhética"? qui és esso? non comprendo
kis .=)

Didi disse...

Não tem o mesmo romantisco... o pica era muito melhor, apelava à imaginação e eram gajos barbudos e de barriga, agora são putos.

aespumadosdias disse...

Aí está uma profissão em vias de extinção.

carla disse...

Com pica ou com chipa venho te desejar um

Bom fim de semana ,beijo

Carla Granja

http://paixoeseencantos.blogs.sapo.pt/

São disse...

Qualquer dia, implantam um chip nas crianças recém-nascidas!!

Fica bem

Graça Sampaio disse...

«Bilhética»? Que palavra rafeirenta.... Nunca tal ouvi!

E, já agora, disse «chipa» ou «chispa»?
Para mim seria ainda melhor «chispa, Coelho!» ...

Rafeirenta eu sou!

NunoSioux disse...

Eu cá sou mais adepto do código de barras ou quem sabe da entrada USB de forma a podermos aceder ao nosso rafeiro programando o bicho para um tema mais calmo ou mais louco. Tendo também a vantagem de quem sabe ser usado como disco amovível de grande capacidade e rapidez.

Mas isto sou eu...

Kok disse...

Lá voltas tu ao tema da introduçõn!

White_Fox disse...

O meu cérebro teve um momento de dislexia quando leu chipa

Magia da Inês disse...

Pica, chipa e bilhética!...
Isso dá samba!
Boa semana!
Beijinhos.
Brasil

♫♫.•*¨*•♫♫¸

elvira carvalho disse...

E acha muito bem...
Bom Domingo.
Um abraço

_E se eu fosse puta...Tu lias?_ disse...

Sarava!

Com os novos ritmos e tecnologias...os nomes que nós teríamos que mudar!!

.Carmen disse...

ahahah why not? :D

Matilde disse...

Olá Rafeiro.
Este post vai fazer-me ficar-te grata eternamente. Muito obrigada.
Olha eu que pensava que tinha pouco menos do que um monstro ao meu lado, acabei de verificar que tenho a maior maravilha de gajo.
Não repara no meu cabelo, nunca se lembra de uma data importante para nós, vista o que vestir nem sabe que me mudei, se lhe peço para trazer ovos traz-me batatas, casaco na sala, gravata numa cadeira mas nada do post se lhe aplica.
Meu adorado Príncipe o que a Maltidinha te vai adorar daqui para a frente.
Até mereces um beijo só por me abrires os olhos. :)

Matilde

Rafeiro Perfumado disse...

Teté, e achas que os actuais picas são alegres? Beijocas!

Rui Pascoal, hoje é mais penantes!

Boop, nem chip nem piercing, o único metal que tenho é nos dentes!

Sun Iou Miou, “bilhética” é daquelas palavras que me faz ferver o sangue e a alma. Abracinho!

Rafeiro Perfumado disse...

Mixtu, por causa de esquemas como esses é que se fartam de encerrar linhas de comboio! Abraço!

Textículos, engolir não digo, mas gosta de os esfregar.

Brown Eyes, claro, comboio e metro é que não sei se duram muito mais tempo.

Anna^, acho que o timing foi excelente!

Rafeiro Perfumado disse...

Malena, malandra, ainda por cima não apanhei à primeira!

VdeAlmeida, e há por aí bilhas que mereciam ser picadas, a ver se desinchavam!

Felina, e achas que já não sabem?

Bongop, e com sensor de proximidade, para nos dar tempo de fugir!

Rafeiro Perfumado disse...

Conchita, não avaria mas enferruja! Beijocas!

Patrícia, eu nem no meu gato meti chip, garantidamente não permitiria um num filho meu. Vão controlar quem lhes fez as orelhas! Beijocas!

Alien David Sousa, eu sei, felizmente já não será o meu. Beijocas!

Tétisq, ou então “passa-te o MP4 naquilo e limpa-te as músicas todas”. Bem mais assustador, não achas?

Rafeiro Perfumado disse...

S*, não te rias que o assunto é dramático!

Anónimo, não vás é para os lados do Chiado, os grevistas são um alvo apetecível!

60 Sinais, “repolho” é uma palavra fofa, mas longe do glamour de “verdilhão” ou mesmo “bizarro”.

Carolina Tavares, “pica” é o nome que se dá aos revisores, isto é, os empregados dos transportes públicos que verificam a validade dos bilhetes. Como agora a maior parte dos bilhetes tem um chip, daí o “chipa”. Beijoca!

Rafeiro Perfumado disse...

Marta, prefiro “chipas”, é mais carinhoso.

AvoGI, yo tan poco!

Didi, estás a dizer-me que preferes gajos barbudos e barrigudos a jovens esbeltos?

Eespumadosdias, são eles e os portageiros.

Rafeiro Perfumado disse...

Carla, obrigado, hoje desejo eu! Beijocas!

São, se é que já não o fazem. Beijoca!

Graça Sampaio, eu acho que já a li algures, mas não é de excluir a hipótese de a ter inventado.

NunoSioux, se bem que a implantação de uma entrada USB é capaz de ser mais dolorosa que um chip.

Rafeiro Perfumado disse...

Kok, sinto-me um rafeiro com a cauda na boca!

White_Fox, eu foi nos dedos, felizmente corrigi a tempo.

Magia da Inês, e se não estiver em ordem dá multa. Beijoca!

Elvira Carvalho, alguém que concorde comigo, finalmente! Beijoca!

Rafeiro Perfumado disse...

E se eu fosse puta, tu lias? Até eu teria de passar a ser o autómato perfumado!

Carmen, por mim já está mudado!

Matilde, o teu comentário faria sentido se o teu jove fosse pica! Beijoca!

carpe vitam! disse...

bilhética é giro mesmo, a par com iogurtar ;)

Rafeiro Perfumado disse...

Carpe Vitam!, e se for "iogurtar a bilhética"? Lindo!