Cuidado com o Rafeiro! Não é que morda, mas podes pisá-lo sem querer...

segunda-feira, 2 de abril de 2012

Internas-me o tanas!


Sempre que há alguém que cai numa situação abusiva e prejudicial para o seu bem-estar, uma das possibilidades que tem para voltar à normalidade é ingressar numa clínica de reabilitação. Eu sei estas cenas porque estou constantemente a ouvir casos de pessoas famosas que são internadas nestas instituições, para poderem curar os seus vícios, normalmente a dependência de droga ou álcool.
Mas, volta e três quartos, há pessoas que são internadas em Clínicas para curar uma outra obsessão: o sexo. E é aqui que a minha alma fica parva e outros adjectivos pejorativos, por dois motivos:
1º Como é que alguém pode achar que tem um problema por gostar de sexo e desejar tê-lo na maior quantidade possível (consensual, claro)? Quando um homem diz uma barbaridade destas acho que é sinal que algo começa a vacilar lá no seu íntimo. E não, não estou a falar de apêndices corporais!
2º Como é que a coisa se processa? Os médicos e enfermeiros são todos homens? Obrigam a pessoa a ver os debates das legislativas? Dão choques eléctricos no zezinho quando este sobe mais do que três graus? E como é que se sabe quando é que se deve parar, para evitar que a pessoa saia da clínica e perca todo o apetite sexual? E será que passa a ter um limite de utilização semanal, do género «Ai desculpa, querida, adoro essa tua lingerie, mas o meu contador mostra que atingi a quota mensal. Podemos adiar isto para a semana?»? Caso levem isto a sério, o último procedimento clínico poderá ser instalar um contador no bicho, sendo que atingindo um determinado valor começa a piscar e a fazer um barulho de sirene, para demonstrar que acabou de sair do serviço!
E tratando-se de um vício, é sabido que o largar tem de ser gradual. Será que quando entra na clínica corre aquilo tudo, desde o administrador até à senhora da limpeza? E na segunda semana já só come a ala sul?
E como é que é depois o seguimento? Será que aderem a grupos de Fornicadores Anónimos, onde quando chega alguém novo tem de se apresentar, dizendo:
- Olá, o meu nome é Zé Pintas, e sou um fornicador. No entanto, tenho orgulho em dizer que estou a seco há cinco meses. Perdoem-me por não me sentar, mas custa-me fechar as pernas...
 Até sempre,
Rafeiro Perfumado

59 comentários:

Rui Pascoal disse...

Não sei porquê mas lembrei-me da Maria Antonieta...
:)

FATifer disse...

(… ainda demorei um pouco a parar de rir!)

É curioso mas por mais que não seja muito dado a prestara atenção a esse tipo de “notícias”, assim de memória, só se ouve falar desse problema, ou de internamentos, em homens não é?

Abraço,
FATifer

Felina disse...

E que tal cortar logo o mal pela raíz...

Teté disse...

O único tratamento desses que vi foi num filme de Kubrik - "Laranja Mecâbica". E não me pareceu que tenha resultado... ;)

Quanto a essas assembleias de "Fornicadores Anónimos", pois, creio que os homens teriam de ficar todos de pé. Elas (noutra, evidentemente!), assim a dar para o esparramado... :D

Beijocas!

Bongop disse...

Para FATifer
A Michelle Pfeiffer esteve muito tempo internada por causa disto... para que aquilo era o exterminador implacável! Não havia homem que durasse!
:P

Vício disse...

a ala sul é melhor que as outras?

Vic disse...

Ora aí está uma problemática muito actual e premente (este premente não tem que ver com a situação de necessidade ao fim de 5 meses a seco)
Agora, eu nunca iria para uma reunião dos SA sem me cerificar que poderia ficar encostadinho a uma parede!

cassamia zaratustra das metamorfoses disse...

ahahahahaahhah
tadinho do zé pintas, até a mim me doeu a descrição ahahahahahaha

tétisq disse...

O primeiro paragrafo é tão sério, que me fez crer que estavas reabilitado...Quanto ao Zé, pobrezinho, tem que viver um dia de cada vez, que é o que dizem nessas reuniões, não sei muito bem porquê, eu também vivo um dia de cada vez e não tenho vício...*

Maria disse...

Ahahah, "fornicadores anónimos". Muito bom.

Carolina Tavares disse...

Sei que é engraçado, mas não é bem assim que funciona na prática. Digo-vos, a pessoa que procura ajuda o faz porque tal compulsão está a atrapalhar a vida profissional ou relacional da mesma. Então o sujeito fica só a se masturbar e não dá conta da hora, ou fica a dar em cima da primeira mulher que passa para saciar o desejo que é incontrolável. A vida profissional é altamente prejudicada, e de certo que a chefia, os supervisores irão cobrar produtividade do trabalho. Fora que o cara pode meter em rolo cantando a mulher alheia.

Um caso famoso é do ator Michael Douglas, que por ser compulsivo sexual assinou um contrato de casamento milionário, prometendo a Catherine Zeta-Jones fidelidade, como forma de segurar a pica. O dinheiro que ele irá pagar de multa caso quebre o contrato tem-lhe segurado a compulsão. E é bem certo que para haver mudança é necessário pagar o preço proporcional a mesma.

Quero ressaltar que não é há somente homens compulsivos sexuais, mas há também mulheres que apresentam o mesmo problema.

O tratamento é o mesmo que se dá a qualquer compulsão, e na verdade é bom salientar que geralmente não há uma única compulsão, mas sim várias delas em uma mesma pessoa. O tratamento é medicamentoso e com psicoterapia de forma que a pessoa possa aprender a controlar os impulsos excessivos, administrá-los, pois não há cura para compulsão.

O problema não é fazer sexo, sexo é muito bom, mas a questão é viver uma vida dominada por ele, e nada que domine o ser humano é bom para ele. A liberdade verdadeira consiste em ter a escolha de não poder fazer, e não de viver sobre o domínio de um vício. Claro que o que vicia são coisas que dão prazer, mas ter prejuízo na vida por causa de vício pode ser bem ruim.

Há um filme recente que fala sobre compulsão, e que ainda não tive oportunidade de assisti-lo, intitulado Shame.

Desculpe-me o longo comentário. Espero que possa ser útil.

Beijocas

bee disse...

nunca tinha pensado como se curava esta compulsão... e pensando bem, continuo a preferir não pensar...

Mz disse...

1º - Espero que este assunto não se alastre aos canitos.

2º - Tratamentos à parte... hoje desvio-me do teu texto...
Até porque já tens matéria que chegue em comentários deixados.

Já que falas em sexo, lembrei-me de um pequeno excerto do livro " A Marquesa de Alorna" e não resisto em deixar aqui.

No dia do seu casamento, Leonor de Almeida futura Marquesa de Alorna e Condessa d'Oeynhausen ceguinha do que lhe ía acontecer na noite de núpcias recorre a sua irmã Maria e pergunta-lhe sobre o assunto:

"-Diga-me lá o que hei-de fazer, Maria!
- A mana agora é uma senhora casada... sujeite-se ao seu marido - aconselhou Maria, baixando os olhos com recato.

Na véspera, quando se atrevera a soltar um breve gemido de bem estar, o Conde da Ribeira Grande, ameaçara-a em tom ríspido:

- Comporte-se como uma senhora e não como uma meretriz! Se geme desmonto-a de imediato!"

Este pequeno excerto tem feito risadas no meio de amigos(as)
:)

Graça Sampaio disse...

Há que perguntar ao Strauss-Kahn... Mas, ó Rafeiro, tu lembras-te de cada uma!... Ola que uma destas!!!

Rauf! Rauf!

Maria Pitufa disse...

O lado sério...a Carolina Tavares tem razão... são compulsões que impedem as pessoas de levar um dia a dia normal.
Do ou tro lado da questão...looooooll Rafeirinho do que tu te lembras!! looll looll loooll

Sexy Couple disse...

Sexo é muito bom. Eu gosto de sexo.
Acho que o problema começa no momento em que tudo na vida se concentra na procura do sexo.
Beijo sexy,
Ana

Pitanga Doce disse...

Ó Rafeiro, isto é coisa de americano que não sabe o que fazer ao dinheiro. Até fazem acordos pré nupciais e tudo... Fica sossegado que a moda não chega a Portugal. Já viste um gajo nortenho com a camisola do Porto um bocadinho mais curta que a barriga, a dizer à mulher: "Hoje não, que ficas praí a gritar e coiso, e os bizinhos bão dar parte a dizerem que sou um FA infiltrado cá no bairro. Bamos mas é assar umas sardinhas birados lá pras Fontainhas, que o fumo bai todo pra lá, e bemos o rio e esquecemos o bício...e coiso". Ná! Ele cerca daqui e dali, ajeita muito bem ajeitado e faz o gooool e ainda dança o kuduro pra comemorar. hehehe

Ó Senhor, eu devo ter andado muito ao Sol, hoje! hehehe

AvoGI disse...

há 5 meses em seco? pois tens razao muita razao nao tem chovido
kis .=)

Sandra disse...

:)
Muito Bom Rafeiro...raramente fico sem algo para dizer...mas desta vez calo-me porque as gargalhadas não me deixam pensar, nem falar, nem escrever!!!...

Inês disse...

Pobre Zé!!!!

Anónimo disse...

Não te preocupes rafeiro.
Nada melhor que a idade, para curar
a compulção.E nesse caso nem com
Viagra o Zézinho se endireita.
Um abraço.

Teresa disse...

Que boa ideia tiveste em trazer esta discussão. Mas parece-me que isto não se pode aplicar aos latinos. Trata-se de uma questão de identidade cultural.

Maria Flausina disse...

Não te preocupes Rafeiro, a ti ninguém te tira a liberdade... no teu caso isso cura-se com uma mangueirada de água fria pelo lombo.

TERESA SANTOS disse...

Oh, valha-me Santo António (com o devido respeito pelo santinho...), os problemas que te afligem!...

Estou quase a subscrever a sugestão da Felina. É que para grandes males, grandes remédios!

Vou-me embora!...

conchita disse...

Lol!!! É uma desculpa esfarrapada para aqueles que gostam de trair.
Agora se é doença ou não, vá o diabo saber, lol!!

Alien David Sousa disse...

LOL AMEI CÃO

"por gostar de sexo e desejar tê-lo na maior quantidade possível (consensual, claro)? "

Se calhar o problema de alguns é gostarem de fazer muito sexo com a mulher , com a vizinha, com a porteira, com a namorada do filho, com a peixeira lá do mercado, enfim, ficaste com uma ideia ;)
Kisses caozito perfumado

nêspera disse...

:D :D :D

Adoro textos sérios :)

aespumadosdias disse...

Parece que o Dominique Strauss Kahn precisa de ir para uma clinica dessas. Não param as notícias sobre a vida que leva.

Black Angel disse...

Corei!!! :) :)

É aproveitar o bom da vida..e mai nada..sem exageros ;)

*Gostei deste cantinho..beijokas

60 Sinais disse...

Eu vejo essas clinicas como um grande bordel onde podem fazer tanto que se cansam e quando saem de lá preciso é de gelo...matar por cansaço é resolver o problema. Já em conversas nem das drogas se safam!
Bom fim de semana*

60 Sinais disse...

Depois de uma longa conversa sobre suicidios e homicidios antes de escrever o texto, escrevi homicidio e nem reparei. Obrigado pelo reparo, tens toda a razão ;)

danadinho disse...

DANOU-SE!!!
...Longe vá o agoiro!
Cumps
Dan

White_Fox disse...

Tive que me rir a ler isto.
Acho que é tudo uma questão de controlo e de não tornar esse gosto numa tremenda obsessão.

Kok disse...

eheheheh... lembras-te de cada assunto!
Afinal essa coisa do "crescei e multiplicai-vos" foi somente uma forma publicitária?
um "supônhamos"?
não foi para ser praticada sempre que possível?
fim do comentário; tenho que ir ali...
Inté!

Kruzes Kanhoto disse...

Isto é realmente uma doença. Das piores. E para nosso azar os casos mais graves tem ido todos para o governo...

Boboquinha disse...

E já pensaste no contrário?
Será que existem clínicas para ajudar a querer ter sexo?
Olha que são mais os casos :D

elvira carvalho disse...

Depois dos ultimos anúncios do Coelho só um certo Rafeiro para me fazer a cura da raiva, não de sexo que eu nasci na primeira metade do sec. passado...
Bom depois de parar de rir, deixo a mensagem que vinha trazer.

_♥♥_♥♥
_♥♥___♥♥
_♥♥___♥♥_________♥♥♥♥
_♥♥___♥♥_______♥♥___♥♥♥♥
_♥♥__♥♥_______♥___♥♥___♥♥
__♥♥__♥______♥__♥♥__♥♥♥__♥♥
___♥♥__♥____♥__♥♥_____♥♥__♥_____
____♥♥_♥♥__♥♥_♥♥________♥♥
____♥♥___♥♥__♥♥
___♥___________♥
__♥_____________♥
_♥____♥_____♥____♥
_♥____/___@_____♥
_♥______/♥__/___♥
___♥_____W_____♥
_____♥♥_____♥♥
_______♥♥♥♥♥

Passei para desejar uma Santa e feliz Páscoa. Que o espirito da Páscoa perdure em toda a humanidade, para que se construa um mundo mais justo.
Abraço

carla disse...

Só tu mesmo para me fazeres rir :)

Passo para te desejar um bom fim de semana e uma Santa ´Páscoa!

_♥♥_♥♥
_♥♥___♥♥
_♥♥___♥♥_________♥♥♥♥
_♥♥___♥♥_______♥♥___♥♥♥♥
_♥♥__♥♥_______♥___♥♥___♥♥
__♥♥__♥______♥__♥♥__♥♥♥__♥♥
___♥♥__♥____♥__♥♥_____♥♥__♥_____
____♥♥_♥♥__♥♥_♥♥________♥♥
____♥♥___♥♥__♥♥
___♥___________♥
__♥_____________♥
_♥____♥_____♥____♥
_♥____/___@_____♥
_♥______/♥__/___♥
___♥_____W_____♥
_____♥♥_____♥♥
_______♥♥♥♥♥



beijo,Carla Granja

http://paixoeseencantos.blogs.sapo.pt

lua prateada disse...

Passando apenas para desejar uma Páscoa muito Feliz e, que jamais esqueçamos Aquele que morreu na cruz por nós...Felicidades, beijo meu...

SOL

George Sand disse...

Vinha eu desejar uma Santa Páscoa...agora...já nem sei.

Paula disse...

Pois... Nãpo faço a mínima ideia mas aí está um tema para ser debatido no próxi mo Prós e Contras!
Boa Páscoa!

Magia da Inês disse...

Kkkkkkkkkkkk Fornicadores anônimos... muito boa!!!

Boa Páscoa!!!
Com muitos coelhinhos de chocolate.
Kkkkkkkkkk


       ( ),,( )
       (=':'=)
  ﻶﻉჱﻶﻉ═¤═(,,)♥(,,)═¤═ﻶﻉჱﻶﻉ

Carolina Ferreira disse...

Eu também me questionava sobre a natureza de tal vício, até ter visto uma entrevista com uma mulher que tinha deixado de trabalhar (ou de fazer o que quer que seja de produtivo) porque vivia obcecada com sexo. Só tinha sexo com estranhos e chegava a estar com 6 a 10 pessoas diferentes num dia. Tinha começado a perceber que o caso era grave quando alguns homens que ela abordava a reconheciam de já terem dormido com ela, e ela não se lembrava minimamente deles.

O Corvo disse...

Sexo compulsivo, ainda que vos custe a acreditar, é nos meios rurais, como passo a mostrar.
Estudo levado a efeito sobre sexo praticado nesses meios.
Jornalista: "Dona Adozinda com que frequência a senhora faz sexo por semana?"
D. Adozinda: "Por dia, senhor"
Jornalista: "Por dia? E como?"
D.Adozinda: " Bem, eu levanto-me às seis horas, faço o pequeno aloço para o meu Manel e tenho logo duas horas ce sexo. Depois ando na minha vida, o meu Manel vem almoçar e tenho mais três horas de sexo e depois vou à minha vida. O meu Manel vem jantar e tenho mais duas horas de sexo, depois..."
Jornalista já em pânico: " Mas mas, D. Adozinda! A senhora faz esse sexo todo? Mas compreendeu bem o que lhe perguntei?"
D. Adozinda, impávida e serena: "Olhe meu senhor, sexo é tudo aquilo que me fode. Fazer o comer ao meu Manel, cuidar dos ganapos, sachar as couves, lavar a roupa na celha, engomar e remendar as roupas, pastar a vaquinha, cevar o reco, etc etc...

AFRICA EM POESIA disse...

De AVEIRO envio um cestinho de amêndoas

Páscoa

Um café...
Um momento de inspiração...

Um beijo...
Uma saudade...

Uma Páscoa...
Um momento...

Umas amêndoas...
Um coelhinho...

Um morrer...
Um Ressuscitar...

Jesus morreu...
Porque nos quis mostrar...

O valor do Amor...


LILI LARANJO

AmSilva® disse...

Olha que esa fez-me lembrar a da ninfomaníaca que apanhou o anão e foi logo encostado á porta, meia hora depois ela dá-se por satisfeita e larga o anão, contudo este continua a gemer e a contorcer-se...
comenta ela: Inacreditável, és pior do que eu...
Resposta do anão, vê é se me tiras daqui, estou com o puxador entalado no cú ...

Abraço

Táxi Pluvioso disse...

Eis uma boa ideia para o empreendedorismo português, em vez de clínicas, vir para Portugal, como não há massa, não há vícios, toda a gente fica curada.

Rafeiro Perfumado disse...

Rui Pascoal, por perder a cabeça facilmente?

FATifer, porque na volta os homens têm mais dificuldade em satisfazer o vício! Abraço!

Felina, credo, jove, que radical!

Teté, e de preferência com arame farpado no meio dos dois grupos! Beijoca!

Rafeiro Perfumado disse...

Bongop, a sério?!? Raios, e eu tão longe...

Vício, consta que as enfermeiras são mais roliças.

Vic, ou mesmo com aquelas cuecas que inventaram para os soldados ingleses que estão no Afeganistão!

Cassamia zaratustra das metamorfoses, até a ti?!? Ai...

Rafeiro Perfumado disse...

Tétisq, e será que também tem de andar a pedir desculpa a quem melgou para ter sexo?

Maria, não foi esse o nome que coloquei inicialmente, mas depois lembrei-me que os meus sobrinhos podem ler isto...

Carolina Tavares, longo comentário? São comentários assim que dão valor a um blog, pois trazem luz a um assunto que foi abordado de forma leiga, como eu faço quase sempre. E sim, sexo em demasia, a toda a hora, é demais. E como diz o povo, “o que é demais é moléstia”. Beijoca!

Bee, eu costumo pensar nisso umas horas por dia...

Rafeiro Perfumado disse...

Mz, no campo oposto, fizeste-me lembrar do movimento “Mães de Bragança”, que de tanto se portarem como senhoras levavam os maridos a procurarem animação nas meretrizes! Beijoca1

Graça Sampaio, e eu lá me aproximo desse senhor? Aquilo marcha tudo! Beijoca!

Maria Pitufa, o que vale é que eu aqui apenas me refiro ao lado escabroso da questão! ;)

Sexy Couple, é como dizes, aplicando-se tanto ao sexo como a tudo, quando a vida se resume a um único objectivo, algo está muito errado. Beijoca!

Rafeiro Perfumado disse...

Pitanga Doce, felizmente tenho sido poupado na minha vida a esse género de visões, e para bem da minha sanidade mental espero continuar assim!

AvoGI, mas quando cair a primeira, vai ser uma enxurrada! Beijoca!

Sandra, com essa impotência toda não te aproximes do Zé Pintas!

Inês, já lhe fiz pior...

Rafeiro Perfumado disse...

Anónimo, e que esses tempos venham longe!

Teresa, se bem que muitos latinos me parecem ser mais garganta do que acção. E isso também é cultural.

Maria Flausina, antes isso que uma visita ao veterinário...

Teresa Santos, porque é que achas que o Santo António se dedicou ao celibato?

Rafeiro Perfumado disse...

Conchita, cheira-me que para alguns é um mero sintoma!

Alien David Sousa, para esses sem dúvida que a solução é a tal clínica, com sorte a vizinha trabalha lá e tudo! Beijoca!

Nêspera, também eu, quem disse que eu só escrevo a gozar?

Aespumadosdias, esse, a acreditar no que dizem, precisava era de ser castrado.

Rafeiro Perfumado disse...

Black Angel, como tudo, é aproveitar, mas com moderação e sempre com o aval do médico. Neste caso da parceira! Beijocas!

60 Sinais, gelo e enxertos de pele em certas zonas...

Danadinho, mas mesmo longe! Abraço!

White Fox, nunca tremenda, fiquemo-nos pela obsessão simples!

Rafeiro Perfumado disse...

Kok, “sempre que possível” iria tornar muito mais interessante certos trabalhos! Abraço!

Kruzes Kanhoto, e ainda por cima aí não há clínicas que os curem!

Boboquinha, nesse caso não se chamam clínicas, chamam-se bordéis!

Elvira Carvalho, obrigado pelo Coelho, mais simpático do que o dos anúncios. Beijoca!

Rafeiro Perfumado disse...

Carla, já vi esse coelho algures, devem ser primos. Beijoca!

Lua prateada, uma boa Páscoa para ti (de 2013, pois a deste ano foi-se). Beijoca!

George Sand, um dos símbolos da Páscoa é o coelho, tem tudo a ver com o tema!

Paula, esperemos que sem demonstrações práticas, atendendo aos intervenientes!

Rafeiro Perfumado disse...

Magia da Inês, aposto que muitos coelhos frequentam esse grupo dos FA! Beijoca!

Carolina Ferreira, chiça, espero que ao menos fizesse sexo seguro...

O Corvo, a D. Adozinda seguramente que gostaria de ir para a Clínica, mas para fugir à vida que leva!

Rafeiro Perfumado disse...

África em Poesia, volta a mandar, pois só cá chegou a poesia, amêndoas nem vê-las!

AmSilva, espero que fosse um daqueles puxadores de armário, pois se fosse um daqueles antigos ainda hoje deve andar com a perna aberta. Abraço!

Táxi Pluvioso, mas olha que o que não falta por aí é malta a ser fecundada.