Cuidado com o Rafeiro! Não é que morda, mas podes pisá-lo sem querer...

quarta-feira, 2 de maio de 2012

Quando a imaginação falha...

Já repararam que o "lá-lá-lá" da música é o etc. da literatura?

Até sempre,
Rafeiro Perfumado

22 comentários:

tétisq disse...

Tens razão! Deixam a coisa em aberto e somos nós que temos que imaginar...*

Felina disse...

E o blá blá blá da expressão oral

Maria Pitufa disse...

Ainda me me fizeste sorrir nesta manhã cinzenta! Nunca tinha pensado no assunto!

Textículos disse...

E as reticências!?

the big fox disse...

olha lá, que tipos de "ruidos estranhos" tu identificas como "lá-lá-lá"?
é que depois de dia 19/04 convem esplicares...
abraço

Cristina Torrão disse...

Bem visto ;)

conchita disse...

Lol!!! e não é que tens razão!!, como (quase) sempre:)
Beijos e uma boa semana:)

Teté disse...

E em tempos já houve um "la, la, la" a ganhar um festival da canção! Achas que um livro só de etcs. tem hipótese de vencer o Nobel da Literatura?!? :)))

Beijocas!

Marta disse...

Nunca tinha pensado nisso, a sério que não. Pensei em muita coisa e etc mas nisso não!
LOL

elvira carvalho disse...

Vou contar-lhe um segredo. Quando eu emprego o etc, não é por falta de imaginação, não. É preguiça mesmo de escrever um monte de coisas que me passam pela carla e também a noção de que se não puser aquele etc ali o leitor vai adormecer antes de chegar ao fim.
Um abraço

Vera, a Loira disse...

Confesso que nunca tinha reparado, mas só tu para te lembrares disso.

Natália Augusto disse...

Tu lá sabes! Nunca tinha pensado nisso. Será que penso mesmo?

S* disse...

Óptimo para encher chouriças. :D

Nanny disse...

Olha lá Rafeirote...!

Tinhas de atirar o livro ao ar no dia da mãe? Não havia mais dias no ano, não??? Estás para aí com algum síndrome de maternidade ou quê???

Sabes que mais?
lá-lá-lá e etc. e tal

...prontes, já disse!

Rafeiro Perfumado disse...

Tétisq, como se nos pagassem para isso!

Felina, bem visto!

Maria Pitufa, ainda bem que cá estou para te mostrar estas coisas importantes!

Textículos, as reticências é o fade da música!

Rafeiro Perfumado disse...

The Big Fox, nada que se confunda com gemidos! Abraço!

Cristina Torrão, achas que me vão pagar alguma coisa por esta descoberta?

Conchita, que “quase” é esse?!? Beijocas!

Teté, já vi um livro em branco ter várias edições, pelo que não me admiraria. Beijocas!

Rafeiro Perfumado disse...

Marta, ainda vais a tempo de colmatar essa falha de cultura! ;)

Elvira Carvalho, por vezes uso quando só tenho um exemplo e fico na esperança que as pessoas pensem que tinha mais! Beijoca!

Vera, a Loira, isso é um elogio, espero.

Rafeiro Perfumado disse...

Natália Augusto, claro que pensas, que raio de dúvida é essa? ;)

S*, e quem diz chouriços diz canções!

Nanny, minha gata vadia, o dia da Mãe é um excelente dia para isto, até fazem descontos às mães e tudo! Beijoca e coisital!

Vítor Fernandes disse...

Mas quando um gajo embucha e lhe dá uma branca, são umas reticências de todo o tamanho.

Sandra disse...

hum....pois...lá lá lá etc. e coiso ou tal....
:)
sandrablogwithaview

Rafeiro Perfumado disse...

Seria estranho ver alguém cantar "cooooooooisooooooo ou taaaaaaaaaaaaal" ;)

Rafeiro Perfumado disse...

Aí também pode ser um ponto final, na sua carreira!