Cuidado com o Rafeiro! Não é que morda, mas podes pisá-lo sem querer...

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

E o burro sou eu?

Segundo as novas directrizes papais, o nascimento de Jesus, tal como sempre foi contado, não corresponde bem à verdade, pois não havia lugar para os figurantes vaca e burro. 

Podem alterar os pormenores à vontade, mas continuo convencido que esta história envolveu um animal com cornos.

Até sempre,
Rafeiro Perfumado

49 comentários:

S* disse...

ahahah seu maldoso.

ajoaninha disse...

Lá estás tu a pôr veneno rsrsrsrs ;)

Anónimo disse...

ÉS UM PORCO NOJENTO QUE NÃO RESPEITA NADA, HÁS-DE TER UM FIM TRISTE, SEU BURRO!

Rui Pascoal disse...

Já sabes, se não receberes nada este Natal...
:)

Kapikua disse...

Quando se brinca com a religião hão-de sempre aparecer uns moralistas, mal educados, a ofender o autor da piada.
Aparecem sempre camuflados, sem colhões para se identificarem.
Anónimo, olha que Deus castiga-te!

Textículos disse...

E a banda de música, as lavadeiras com roupa à cabeça, os perús, os cães e os bêbedos… ? :)

Cat disse...

O nascimento do Senhor dá sempre lugar a acesas discussões, sabes. há não sei quantos milhões de judeus que até dizem que aquilo foi uma noite como outra qualquer :P

Por acaso também escrevi sobre o assunto, demasiado palerma para ter um Papa a falar dele. Se se preocupasse com outras falhas bem mais graves da sua própria Igreja...

beijo ;)

ps - by the way, sugiro ao anónimo que peça ao Menino Jesus umas pastilhas para a azia. É capaz de lhe acalmar as entranhas.

Vício disse...

nos tempos de hoje, um nascimento desses ia ter de certeza uma vaca e um burro!
e era o burro a ter os cornos.

nêspera disse...

... que era burro e, ainda por cima, o último a saber.

Ainda bem que o sumo pontífice não pôs em causa a virgindade da senhora. Isso já era demais! Não se acaba assim, de repente e de uma de por todas, com as crenças infantis.

E peço desculpa, mas no meu presépio vai continuar a haver todas as figuras a que temos direito. Nada como a diversidade!

Bjis :)

Maria disse...

Humm, um animal com cornos?! será uma cabra?! :))

bjs

Safira disse...

Sou a única a quem o link levou para um erro? Server Error

404 - File or directory not found.
The resource you are looking for might have been removed, had its name changed, or is temporarily unavailable.

Acho tão mal!

Kapikua disse...

Safira: Pelos vistos retiraram a notícia :)

Eu ontem tb postei sobre o mesmo e apercebi-me agora que o link tb dá erro.
Censura dos tempos modernos???

Rafeiro Perfumado disse...

Não, o problema é que entre ontem e hoje ó Público alterou a sua homepage, e aquilo ainda está uma confusão...

Kapikua disse...

ok, obrigado pelo esclarecimento.

Maria Pitufa disse...

loooooll do que te lembras! Mas acho mal que me venham dizer que não burro e vaca!!Tem que haver!

elvira carvalho disse...

Ouvi a noticia no telejornal. Bom com a crise que vai por aí sempre se poupa o dinheiro dos animalitos.
Um abraço

Janita disse...

Não Rafeirito, o burro não és tu!
BURRO é o Ratzinger que teve a ideia peregrina de ir bulir com o presépio quase em vésperas de Natal!
Ou ele não fosse alemão! Isto é só para desestabilizar!
Mas a mim ninguém me tira da cabeça que em Belém havia um burro e uma vaquinha...
Beijinhos, Rafeirito.

PS. Em breve mando mail para combinar umas coisas contigo.

( não te assustes, rapaz, é por causa do teu novo livro)eheh

Teté disse...

Este Papa é muito inovador, quer mudar a Igreja ao seu jeito: primeiro aumentou os sete pecados mortais para treze, e agora quer tirar o burro e a vaca do presépio? OK, que tire no lá do Vaticano, no cá de casa fica! :)))

Beijocas!

ps - o Papa também confirma a virgindade de Maria, não sei é como! :D

Marta disse...

Concordo.
Que me cá parecer que para além disso, também era manso ;)

redonda disse...

Bem, por acaso, na semana passada estive no C.Com. Parque Nascente,e têm um presépio com uns ursos brancos e a mãe do Bambi, por isso se calhar lá é que estão certos!!

Artes e escritas disse...

Gostei do seu blog. Tenho que te contar José e Maria procuraram o refúgio para o nascimento de Jesus montados num burrico. Não teria lógica eles abandonarem o animal depois de chegarem ao local seguro e bastante humilde. A vaca é ainda mais fácil de se justificar: até hoje se encontram vacas nas estradas entre as cidades pequenas, por que, naquela época, não haveria de existirem animais de criação soltos nas estradas? As vacas vão em busca de pasto quando a seca atinge os campos dos donos. :))) Um abraço, Yayá.

Felina disse...

Mas ainda insistem que ela era virgem?

JP disse...

Aqui está uma evidência empírica de que o burro não podia estar no presépio: ele só apareceu 2012 anos depois a colocar comentários anónimos e intolerantes nos blogs alheios. :)

Ricardo Jorge disse...

Esta tua história faz-me lembrar um caso que eu tive em Santarém...
terra de touros e de toureiros. O que será que acontece a quem não é toureiro?

Nanny disse...

Oh! A sério?

Seria o cordeirinho...?

Sei Lá!

Beijocas rafeirote

A Lei da Rolha disse...

É logico que é um pouco ridiculo...mas!?
abraço

Magia da Inês disse...

♡¸.•°
Olá, rafeiro!
Alterar pormenores ou não é indiferente.
O que me dana mesmo é o coração do ser humano!...
Meu vizinho jogou veneno no muro e matou o meu cão.
Qual é o pormenor... então?
Estou triste e com raiva e queria que ele passasse pela mesma tristeza que eu estou sentido...
E daí, se meu cachorro latia?
Ele também punha músicas altas (com conotações pornográficas) até quando ele queria, de madrugada, e eu nunca reclamei!
Amimais com corno ou sem cornos são os malditos seres humanos. Desculpe-me o desabafo!... mas eu estou triste e com muita raiva.
Amo você, bom fim de semana!
Beijinhos.
Brasil.

Bom fim de semana!
Beijinhos do Brasil

✿ °•.¸♡¸.•°✿

AvoGI disse...

Juro meu amigo rafeiroso, este mundo anda perdido
kis .=)

Anónimo disse...

"A virgindade da mãe de Jesus Cristo é uma verdade “inequívoca” da fé."

...e não uma verdade inequívoca da anatomia.

rrrssssssss

"No local do nascimento de Jesus “não havia animais”, diz ..."

...aqui, temos de discordar...havia sim, três até à chegada dos reis magos. Eu sei, eu sei que o Senhor criou a luz, o céu e os animais, e só depois o Homem. Mas nem nesse livro sagrado diz que o Homem não é um animal (que eu saiba). Ah, pois!

"...pede aos leitores para deixarem de olhar para Deus como alguém que limita a liberdade individual..."

É complicado depois de ler o Antigo Testamento. Aliás, lendo o Novo Testamento também (perdoai-me entidade divina) dá para nos interrogarmos como é que Deus ficou tãaaooo diferente...os rios já não se transformam em sangue, não se aniquilam cidades de libertinos, enfim...

Sic transit gloria mundi (não sei pôr isto em itálico).


Mz disse...

Com quantas mentiras mais nos iludiram? É que vou ficar traumatizada...

^..^

Táxi Pluvioso disse...

É uma afronta, tiraram os portugueses do presépio.

Magda E. disse...

Os historiadores conseguiram já há vários anos chegar a muitas contradições encontradas na bíblia, palavras mal traduzidas, factos que à medida q passavam os anos ficavam cada vez mais divinos, enfim... que isso só venha à luz agora não me espanta, afinal a igreja católica tem vindo sempre a tentar abafar essas "falhas" que a eles nada beneficia.

Catherine disse...

...o Papa bem que podia ter dito que eram os camelos que não faziam parte da história porque o burro e a vaca do presépio eu tenho inteirinhos, os camelos dos Reis Magos é que se estão sempre a partir... Já que era para mudar a história pelo que troxesse alguma mais valia.

Maria Flausina disse...

Rafeiro, podes ser burro e até um porco nojento (espero que tomes um banho de vez em quando, se não for para honrar o nome do blog, pelo menos que seja para bem da Jove), mas, independentemente da quantidade de animais que tenhas em ti, continua assim, que eu de vez em quando preciso de me rir até às lágrimas. Estamos combinados?

Alien David Sousa disse...

Apenas um: looooooooooooooooooooooL

L.Maria disse...

E lá se foi mais uma tradição... a crise já chegou a presépio!!
E à cabeça de alguns anónimos tristes e ressabiados.

Pérola disse...

Vais-me dizer que não acreditas na Virgem Maria?

Jesus também não nasceu a 25 de dezembro.
Porque não acabam com o feriado e a época natalícia?????
Faz mais sentido do que acabar com o 1º de dezembro.
Pelo menos celebravamos a realidade histórica e factual de não sermos espanhóis.

Beijinho

Rafeiro Perfumado disse...

S*, maldoso nunca, crítico. ;)

Ajoaninha, sou um rafeiro, não uma cobra!

Anónimo, claro que vou ter um fim triste, deves pensar que cá vais ficar para semente.

Rui Pascoal, cumprir-se-á a tradição!

Rafeiro Perfumado disse...

Kapikua, ele tomates deve ter, estão é acompanhados de material muito pequenito e incompetente.

Textículos, bêbedos também deveriam existir, nem que não fosse quem escreveu estas histórias.

Cat, o que querias, que o Papa falasse da pedofilia que grassa na Igreja? Da discriminação que fazem desde sempre às mulheres? Da ostentação de riqueza do Vaticano ? Não, é muito mais simples abater um burro e uma vaca. Beijoca!

Vício, ainda mais que com a manipulação genética até o puto era capaz de vir com a cara do papa.

Rafeiro Perfumado disse...

Nêspera, estou em crer que, à semelhança do Santo Sudário, a Igreja Católica deve ter guardado algum lençol com o sangue virginal de Maria. Beijocas!

Maria, boa, afinal haviam dois! Beijocas!

Safira, já corrigi, obrigado pela dica.

Kapikua, não, bronca do Público! E nada a agradecer, estou cá para isso!

Rafeiro Perfumado disse...

Maria Pitufa, claro que tem de haver! Até acho que a União Zoófila deveria protestar contra este abate a sangue frio!

Elvira Carvalho, é uma notícia triste feita por um homem triste. Beijoca!

Janita, só o nome dele me causa arrepios. E nunca me assusto contigo, jove. Beijoca!

Teté, já viste a pinta do papa? Ele esteve lá! Beijoca!

Rafeiro Perfumado disse...

Marta, bota manso nisso, ao pé dele os pinheiros eram todos selvagens!

Redonda, ursos ainda vá, agora vacas e burros será um sacrilégio!

Artes e Escritas, há muita coisa que não faz sentido na religião católica, estas não pertenciam a esse grupo. Curiosamente foi com o burro e com a vaca que o papa foi marrar. Beijoca!

Felina, na volta continuou virgem mesmo depois de ter tido o puto. Teria sido cesariana?

Rafeiro Perfumado disse...

JP, isso não, que eu acho os burros fofinhos, aquele está mais na categoria de político. Abraço!

Ricardo Jorge, é confundido com um touro?

Nanny, lá está,havia um cordeiro inocente na história... Beijocas!

A Lei da Rolha, um pouco? O tipo anda a chutar para a veia e com material da pesada! Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

Magia da Inês, pessoas que são capazes de fazer mal a um animal são os verdadeiros animais. Uma beijoca e lamento pelo sucedido.

AvoGI, e algumas pessoas mais perdidas do que outras, justamente quem deveria servir de guia. Beijoca!

Anónimo dos bons, uma das machadadas que o meu catolicismo sofreu foi quando descobri que havia vários evangelhos, tendo sido apenas aproveitados os que interessavam à imagem da Igreja. A partir daí deixei de acreditar no que esses senhores dizem. Abraço!

Mz, não vale a pena, não merecem a nossa preocupação.

Rafeiro Perfumado disse...

Táxi Pluvioso, a vaca parece-me ser mais alemã.

Magda E., se querem repor a verdade, toca a trocar a data do nascimento de Jesus, pois está provado que não foi em Dezembro. Só que dessa forma não se lixava uma comemoração pagã.

Catherine, e se os reis magos tivessem chegado em cima de uma vaca e de dois burros? Como é que o papa descalçava a bota?

Maria Flausina, tive de ler várias vezes o comentário para ter a certeza que não me estavas a insultar... ;) Sim, estamos combinados!

Rafeiro Perfumado disse...

Alien David Sousa, nem uma beijoca?!? Canga!

L. Maria, à cabeça dos anónimos a crise sempre chegou, aliás nunca chegou a partir. Quanto às tradições, só acabam se deixarmos.

Pérola, essa revelação deve estar guardada para o quarto volume. Beijoca!

Anónimo disse...

"Magda E., se querem repor a verdade, toca a trocar a data do nascimento de Jesus, pois está provado que não foi em Dezembro. Só que dessa forma não se lixava uma comemoração pagã."

BINGO!

E viva o solstício de Inverno, nascimento do Sol invicto.





Rafeiro Perfumado disse...

Anónimo, e lixar uma tradição comercial com tantos anos? Nem pensar!

Rafeiro Perfumado disse...

Anónimo, as incongruências desta história são tantas que nem vale a pena chover no molhado.