Cuidado com o Rafeiro! Não é que morda, mas podes pisá-lo sem querer...

segunda-feira, 19 de março de 2018

Eu perdoo-te, seu monte de esterco fétido!

Quero apenas dizer à pessoa que ontem trocou "acidentalmente" os nossos chapéus- de-chuva que não lhe guardo qualquer rancor.

Bem vistas as coisas, a confusão é totalmente compreensível, pois o meu chapéu azul de dezasseis varetas é praticamente igual ao chapéu preto de sete varetas e meia que me foi deixado.

Mas sabes de uma coisa? Ficaste a perder. O meu actual chapéu é uma fonte de risota e diversão! Haverá melhor forma de meter conversa nos transportes públicos do que ter um chapéu que se abre sozinho, quando menos se espera? As gargalhadas que já tenho dado, juntamente com os outros utentes a quem quase furei um olho! E a cascata privativa que tenho dentro do chapéu sempre que chove? Estou a pensar em instalar um aquário, pois é sabido que os peixes gostam de água em permanente renovação.

E para que não fiquem dúvidas sobre o meu não ressentimento, até desejo que tenhas electricidade grátis! Seguramente que a ponta em metal do teu novo chapéu será capaz de a atrair, ao contrário da madeira lascada que encima o meu!
 
Até sempre,
Rafeiro Perfumado

9 comentários:

Janita disse...

Vá lá, a ti ainda te deixaram um velho em troca de um novo, mas comigo deixaram-me um corno e a ponta de outro, no C.S....vim, até ao carro, sob um aguaceiro de deitar abaixo uma casa.
Apeteceu-me mandar essa cabra ladrona para a "mulher de vida airada que por acaso também é sua progenitora"...conheces esta anedota? ehehehe

Beijocas e olha, compra outro guarda-chuva!!
Com esse não te safas.

Fica bem.

Miúda disse...

LOOOOOL
pensa positivo pelo menos deram-te algo em troca ja aconteceu cmg e nem uma unica vareta me deixaram :p

Patife disse...

Obrigado pela primeira gargalhada do dia. ;)

MEU DOCE AMOR disse...

Olá:

Deixa lá.As acçoes são de quem as praticam.Levam um chapéu...nãp há-de ser nada.

Beijinho doce

Brown Eyes disse...

Não há direito Rafeiro; cambada de gente "distraída"!

redonda disse...

:)))) estou-me mesmo a ver-me a rir depois de um estranho quase me furar um olho no autocarro :)

Boa Páscoa!

Vanessa Flor disse...

Confesso que me ri com o texto. Acontecem tantas vezes essas trocas. Deixar velho e levar novo, ihhihihi
.
* GERONTOFILIA: Sabe do que se trata, sexualmente falando?. *
.
Beijinhos doces.

A Nossa Travessa disse...

Meu caro Rafeiramigo

Ganda umbrelada! E esta, hem? Ainda continuo a rebolar-me a rir e ainda há pouco tive de me apoiar na ponta da minha secretária (de madeira, ó meu sacana deixa de sorrisinhos insidiosos refiro-me ao móvel fabricado em Paços de Ferreira) para me levantar.

Chapéus há muitos e se for de chuva agora ainda há mais. É por isso que não uso tal artefacto. Embora me desse jeito ter um que tirasse pelo menos um olho a alguns que eu bem conheço. Adiante a ver se consigo parar de rir...

Um abração deste teu amigo
Henrique, o Leãozão
_________
Venho dedicando nestes últimos tempos bastante atenção aos monumentos megalíticos, nomeadamente aos que existem em Portugal que são muitos e pouco conhecidos do grande público. Daí que a Nossa Travessa publique um novo artigo que aborda o Cromeleque dos Almendres que é o maior da Península Ibérica e fica situado a cerca de 11 quilómetros de Évora

Oscar Fernandez disse...

Awesome! We’re looking forward your blog