Cuidado com o Rafeiro! Não é que morda, mas podes pisá-lo sem querer...

segunda-feira, 25 de março de 2019

Solomoon ou Somente parvos?

Parece que anda por aí uma nova moda, que consiste nos membros de um casal irem de lua de mel separados. Ora bem, quando as palavras “casal” e “separados” aparecem na mesma frase, o que me vem à cabeça é divórcio, não casamento.

Claro que em todas as relações tem de haver espaço para cada indivíduo, mas na lua de mel?!? E não sei se notaste, mas estas últimas palavras não foram tecladas, foram marteladas, tal é a fúria que isto me provoca! Epá, se um “casal” não consegue chegar a acordo numa coisa tão básica como o lugar onde vão consumar o casamento (antes disso seria pecado e não acredito que haja quem o faça), como é que farão com os dilemas a sério que cada casal enfrenta ao longo da vida? E aqueles casais que se separam, começam a ir de férias juntos?!?

Uma coisa são modas com as quais posso simpatizar mais ou menos, outras são tendências que no meu entender apenas degradam o que deve ser a união entre duas pessoas. Que eu no fim de semana queira ir ver o Benfica e ela queira ficar em casa a tricotar, tudo bem, cada um faz aquilo que o faz feliz, mas acabarmos de casar e eu ir para as Seychelles e ela para o Seixal, não me parece de todo normal.

Faz-me lembrar aquele indivíduo que se lembrou de colocar um fio num telemóvel, para poder ter sempre rede e bateria. É o mesmo que esta malta que acha brilhante irem de férias separados: o conceito já existe e chama-se vida de solteiro!

Até sempre,
Rafeiro Perfumado

5 comentários:

noname disse...

Ui, a coisa é a nova banga do pessoal? Não sabia, estou/ando por fora destas patacoadas ditas moderninhas e muito IN

PS:"e eu ir para as Seychelles e ela para o Seixal" O contrário também é válido. :-)

Boa semana, gosto em sabê-lo bem disposto


Janita disse...

...quando me casar, se o noivo não quiser ir p´rás Maldivas, vou sozinha. Tá decidido!! ahahahahaha

Beijocas, Rafeirito.

PS- Não te chateies muito, que isto são modas passageiras e tu já fizeste a tua lua-de-mel, num belo sítio que eu cá sei...:)

PS 2- Meteste-te no Face e quejandos e votaste-nos ao esquecimento?
Isso sim, é grave e imperdoável...;)

Inté!

Catarina disse...

Sim, parece que o “unimoon” está a ficar cada vez mais popular devido a compromissos de trabalho, segundo alguns.
Eu diria – estou a especular – que esses casais já viviam juntos há muito anos, decidiram oficializar a união , uma oportunidade para conviverem com um grande grupo de pessoas durante umas horas e receber algumas prendas. A lua-de-mel para eles deixou de ter o mesmo significado de “antigamente”
: )))

Elvira Carvalho disse...

Desconhecia por completo. Mas também não admira, para luas-de-mel já estou fora de prazo.
Abraço e bom regresso.

Teresa Durães disse...

- Adoro estar contigo aqui amor. A nossa lua de mel nas caraíbas foi a melhor opção. Este sol magnífico. A água de cortar a respiração. Estás a ouvir?! Larga a nerda do telemóvel!