Cuidado com o Rafeiro! Não é que morda, mas podes pisá-lo sem querer...

quarta-feira, 29 de julho de 2009

British Holidays

A fauna turística inglesa é das coisas mais intrigantes que existem...

Texto tão brilhante que teve de ser removido para um local mais seguro, mais precisamente o livro Agarrem-me ou dou cabo desses palhacitos!

115 comentários:

Andreia disse...

mesmo que estejam praticamente em coma eles gostam dos poucos minutos de sobriedade saberem que foram de férias, para que no regresso contem aos seus amigos do grupo dos AA onde tiveram.
mas a estadia de ingleses contribui pro desenvolvimento da economia local, a Sagres ou a Super Bock agradecem, ou a representante da Guiness em Portugal.

ahaha seria engraçado ver a cabeça da rainha ou do princepe Carlos numa bóia a fazer de pato.

beijos

Andreia disse...

e parece-me que fui a primeira a comentar...até que enfim =)

Teté disse...

Tens razão! É um filão para aqueles que quiserem tentar o turismo adequado a esses 93%. Só que os restantes 7% colocam um processo em cima da empresa, que todos os lucros se vão nas indemnizações... devidas!!! :)))

Beijocas!

KOTTA disse...

Essa do Algarve foi boa..Mas os ou as bifas/ fazem falta senão onde íamos encontrar umas ganchetas brancas que mais parecem os paus dos pauliteiros de Miranda que depois de dois dias de sol parecem pimentos vermelhos de conserva? De tão bêbados claro. Bjo

Bongop disse...

Sim as "bifas" fazem falta, senão como é o Zézé Camarinha e seguidores se safavam??

Sun Iou Miou disse...

Mas depois como eles podiam dizer que viajaram e conheceram tanto mundo, hein? E depois o inglês é uma raça incapaz de falar outra língua que não a sua, por isso não admira que também não possam prescindir de nada do que mamassem desde o berço.

Agora eu pergunto, quem te manda ir a um lugar se antes te informares do que ali vais encontrar?

Viajante disse...

Boas!
Pois sim. Essa do provar a gastronomia do local... cheira-me a comer picanha ao almoço e febras grelhadas ao jantar :)))

Depois chamam "bifes" aos ingleses, esses bêbados!

Abraço!!!

P.S. Uma à segunda, outra à quarta e AINDA outra à sexta, não sei se dá para aguentar LOOOOL

Três Tempos disse...

São de facto uma raça peculiar, facilmente possuída fora do seu habitat habitual...Os momentos mais vergonhosos pelos quais já passei deram-se em Paris com «English Gentlemen»!

CARPE DIEM disse...

Quem já conta os 3 dias que lhe faltam para ir de férias sou mesmo eu!! Sim, e vão ser aqui mesmo pelos Algarves... como algarvia que sou, continuo a considerar um bom destino de férias, tá?! Ai, ai, ai..

CPrice (once) disse...

.. ou a nova leitura do dito "Em Roma sê Romano", qualquer coisa como "mantêm-te romano onde quer que estejas"!

(I don’t really think i liked this one .. will think about it and let you know!) ;)

Felina disse...

A primeira vez que fui ao algarve em 1988 pensei que tinha chegado a uma colonia inglesa não só pela quantidade de ingleses que lá havia mas pelos letreiros em inglês (alias só em inglês) em todos os establecimentos... senti me mesmo no estrangeiro

Patrícia disse...

¡hola!
¿que tal de vacaciones?
O único sítio onde me recusei a embarcar na gastronomia local foi mesmo no Japão. Mas tento sempre aproveitar o máximo das "maravilhas" gastromicas e culturais de cada país! Mas muitas vezes... passo fome.
Mas o que sinto mesmo a falta é de um bom café!
beijinhos
pat

Gi disse...

Ó Canis tu deixa-os viajar! O Allgarve precisa deles, com mil carraças!


Sempre disse que o 13 era o meu nº de sorte. ;)

Miepeee disse...

Ainda bem que nao foste para a China, porque nao deve ser facil falar chines, nem comer baratinhas fritas regadas com molho de baba de gafanhoto (eh pa nao sei se eles se babamm mas foi o que me lembrei).
Ainda bem que aproveitas-te :)
Beijinho.

Parisiense disse...

A culpa não é deles mas de quem os recebe e os deixa actuar assim.
Manda-os para a Arábia Saudita e logo verás!!!!!!!!

E olha que quando eu vou ao algarve e na porta do restaurante alguem começa por me falar inglês eu respondo logo " Neste não comemos porque eles só aceitam ingleses".... é ver o empregado a correr e a chamar mas em português!!!
E não como mesmo.
Eles tem de aprender que aqui falasse português em primeiro lugar e depois outra lingua.... se formos a Inglaterra, França, dinamarca.... ninguem nos fala em português.
Mas estou a ver que as tuas férias são sempre divertidas....ahahhaah

Beijokitas

piggy disse...

Tinhas que malhar nos mouros, ó mau feitio !!

Blá blá blá mas veem todos cá parar.
I wonder why...

E os nativos que se aguentem!

Paula Raposo disse...

Eh eh eh boa pergunta! Porque será que eles viajam? Beijinhos.

The one you know disse...

Foste viajar e não trouxeste um bocadinho de gripe A aqui para a malta!!! que falta de consideração...

PKB disse...

Eu costumo dizer que os ingleses são como os fungos.... onde quer que vão, criam colónias!

A miúda das letras disse...

Em muitos locais do mundo existem bares ingleses e restaurantes ingleses. Eles já se habituaram a isso, já sabem que à partida para qualquer lado que vão encontram algo que os faça lembrar de casa e dos costumes. E olha que os portugueses também não são diferentes. Se estivermos na Rússia e nos cruzarmos com um restaurante que sirva feijoada entramos logo, a feijoada até tem outro sabor... temos a tendência de nos orgulharmos muito de nós quando estamos "lá fora".

vício disse...

como é que descobriste que os ovos e o leite eram ingleses?
foi pelo sotaque?

Vani disse...

Desculpa lá, mas parecia que estavam no ALLGARVE e não no Algarve. É só conhecer os sítios certos, ahahahah...albufeira, portimão, lagos...nesta altura a invasão estrangeira é total. Mas há sitios inexplorados por essa espécie turistica. E não digo onde são!:-p

Depois, temos reclamações do estilo de um senhor que foi passar férias numa região qq de espanha e que reclamou com a agencia de viagens o facto de local estar pejado de espanhóis e ele não ter gostado disso...
Ou o q dizer de quem vai prá praia e depois reclama com a agencia de viagens que esta tinha demasiada areia ou que a areia era amarela e não vermelha, como se via no prospecto turistico...
É por reclamações dessas que os rótulos das garrafas de água que tenho paisagens campestres parasidiacas têm q vir acompanhadas de algo como: condições simuladas (ou algo assim).
E é também por isso que o manual de instruções dos microondas tem de incluir "não tentar secar o gato, ou qq outro animal, no microondas"...

Vani disse...

onde se lê "que tenho" deve-se ler "que tenham".Ando muito umbilical.

Conversa Inútil de Roderick disse...

Também sempre me intrigou a atitude dos british!
Ficam no hotel, bebem, frequentam a piscina, bebem, jantam no hotel, bebem, e já está. Férias feitas! Ah, e bebem...

Olhos Dourados disse...

Esse último parágrafo era o que eu ia dizer! Tiraste-me as palavras da boca. O raio dos ingleses acham que deve ser tudo igual a eles para onde quer que vão...

francis disse...

são os gajos mais viajados do mundo, os que mais gastam e portanto querem as coisas à maneira deles.
mother-fuckers.

ps . acho que é 92%
ps . maiorca ? e a fripe ? é seguro vir aqui ?

atchim...

Rosario Andrade disse...

Ahhhhh! Os bons velhos bárbaros bretões!!!!! E no entanto, viver entre os gajos não é assim tão mau! Talvez porque o nosso pais tem o prazer de atrair o melhor do refugo...

Beijicos

MRPereira disse...

O gajo esteve de férias e ainda se queixa? Eu vou tirar dois míseros dias para a semana que vem (dia 7 e dia 10) para poder ir justamente para terras de Sua Majestade participar num torneio enquanto a babe vai uma semana e meia para os Algarves e o menino a bulir que nem um cão!

Se fosses "#$%)/ =("#!=?) "# !%(!$ ?()#$#!"/ não fazias melhor figura? Acho que sim!

Hoje tou de birra! A semana ainda vai a meio e o sol brilha demais para o meu sistema! A minha tatuagem pede sol!!!!!

Abraço

alfabeta disse...

Já agora diz lá onde parecia o Algarve?!

:)

Dragão Azul disse...

Não me parece que a culpa saja só dos ingleses..

De quem é a culpa de os menus estajam só em inglês ou os quem travalha em estabelicimentos comerciais começarem a falar inglês mesmo que o cliente saja português, espanhol..... Não me parece que a culpa saja só dos ingleses.

Já pasei fárias em varios locais, Tenerife, Ibiza, Madeira, Algarve, Paris.... entre outros..., isto á mais de 7 anos.... o que menos gostei foi o Algarve pela simples razão que achei que lá tratam mal os portugueses, mas em termos de hotel não posso dizer mal.

PS - Então o campeão já esta encontrado (Benfica) e ainda nem começou o campeonato.... parece-me que alguem vai apanhar as canas....

Carlos II disse...

Esse problema não tenho eu que, vou sempre para Peniche. O meu diálogo com as sardinhas não existe. Eu como e elas são comidas.

Um abraço

Bxana disse...

E ir a um bar no algarve, e o bartender só falar inglês? Hã? Hã?

COMO FOI POSSÍVEL???

(Ou ir ao México, e os gajos do hotel não saberem fazer margaritas...? Muito mau, também...)

Miaus!!!

Rita disse...

Eu este ano vou para Maiorca outra vez embora aquilo seja realmente uma enchente de bifes, como parece o Algarve tudo bem, ainda por cima tem água quentinha e faz calor, coisa que cá em Portugal...convenhamos que foi chão que deu uvas. De qualquer maneira os espanhois são espertos porque quando olham para nós veem logo que não somos bifes (ou não fossemos nós Rs todos morenaços) e não nos falam em inglês...
Festas

Laura disse...

atã os Ingleses no Algarve parecem o quê? e até tens razão, os gajos são loucos de todo, acho que só vêm para cá porque são as férias mais baratuchas...e tem sol à bbbontade, binho a granel, cerbejolas mais baratas, que querias? deixa lá os calções, se trouxerem a rainha no cu estampado, é problema deles, e bem deviam fazê-lo ehhhhh. Os nossos portugas só falam inglês, franciu, e já na sabem falar a nossa lingua...Beijinhos e olha que já observei que foste de férias várias vezes, calhar foste com dois donos e só ficaste a lucrar...

Boo disse...

À medida que lia, aparecia no fundo da minha imaginação o Algarve, ou Allgarve... e tu terminas assim... então será que Portugal está Finalmente a ganhar terreno no mundo estrangeiro, ou somos mais um dos tantos destinos que são "usados", apenas como local...sem mais nenhum significado???...

beijinho,
Boo

paulofski disse...

Diz-me lá quantas vezes tiveste de recorrer ao inglês para te entenderes com o computador e nem assim levantaste o rabinho da cadeira? Pelo menos sabemo-nos safar bem quando vamos ao estrangeiro o que comparado com outras nacionalidades já todos sabemos como é!

Understand?

António Sabão disse...

Algarve não! ALLLLLLLLLLgarve, please! Heheheh

Abraço

Anónimo disse...

Juro que odeio os ingleses e o inglês. Nos meus tempos de escola já assim era...mas à medida que o tempo passa, cada vez os acho mais estúpidos, snobes, mandões e pessoas egoistas e sem escrúpulos. São, salvo raras excepções, pessoas que não se sabem portar educadamente, pois o seu estado é normalmente com os copos... Nos jogos de futebol, se o resultado não lhes corre ao gosto, desde pratos a mesas e cadeiras, vai tudo pelos ares. Têm a mania que o mundo é deles e que são seres superiores.
JUro também que fui 3 vezes a Londres. Gostei do que vi (monumentos, paisagens, etc) mas odiei a superioridade com que olhavam para nós ( e não eramos as chamadas turistas pé descalço de mochila às costas), o não tentarem ajudar-nos quando a eles recorríamos etc...etc...etc...
(e para cúmulo, da última vez, lá no hotel entenderam que não devíamos ter direito à estadia dos 8 dias que havíamos pago e um belo dia, ao chegarmos à noitinha, as nossas malas haviam sido atiradas para uma divisão onde já havia dezenas delas, umas por cima das outras...tivemos de as achar no meio daquela bagunça- sózinhos- e nem um pedido de desculpas. Assim,os últimos 3 dias foram passados noutro quarto... resumindo:não sei o que deu origem aquela confusão.Só sei que apresentamos reclamação e ainda estamos à espera da resposta....)
Mas sou da opinião que, por onde a maioria deles passa, deixa um rasto de destruição atrás.
São estúpidos como o caraças!
Arrogantes! Não posso com eles.
É por estas e por outras que não aperfeiçoo o meu inglês. É um trauma de adolescente!
Algarve .......

Já me viste por lá?
Querias! !
Pagar um dinheirão por tudo, ser tratada abaixo de cão só porque sou portuguesa...
BOlas: pego no dinheiro que pagava por nós os 4 e vou para alguns sítios do estrangeiro. Divirto-me mais e pago menos e não me chateio tanto.
bjs

turbolenta

Caramela disse...

não teve saudades do seu país?!
estamos a abusar jove! ...
e o seu inglês é como este?!
http://www.youtube.com/watch?v=NnfMKygWdwA

bjokas ;)

p.s.: yes, eu aguento ...

ci disse...

Férias...ja precisava de outras...lol

Beijo da ci

Sandra disse...

Só tenho um comentário ao teu post...foste para Maiorca?!?!?!?!?
Vê-se mesmo que és Rafeiro...

P.S. "Em Agosto é uma à segunda, outra à quarta e ainda outra à sexta..." hmmm...fraquinho... :)

Sávio Fernandes disse...

"93% do tempo"?
Lá estás tu a ser condescendente.

Um abraço.
Mas nada de me lambuzares, pá.

Je Vois la Vie en Vert disse...

Deves ter ficado no sítio onde fiquei o ano passado com os tais bêbedos ingleses a gritar durante toda a noite na rua e o hotel cheio de portugueses...particularmente crianças barulhentas. Gosto das crianças mas também gosto do sossego...e se vou para o estrangeiro, não é para estar no meio dos portugueses...
Contactei a agência de viagem e pedi para mudar e foi óptimo. Deixei um post com imagens na altura.
Foi passar dum hotel 4* que merecia 3 para um hotel 4* que merecia 5 !! Foi passar de uma piscina minúscula para uma piscina interior com SPA, uma piscina exterior grande e uma praia quase privada ! Foi passar para um buffet com meia dúzia de pratos e 3 sobremesas para dúzias de iguarias deliciosas !
Às vezes vale a pena dizer que não estamos satisfeitos...
Quem sabe sabe....

Bjs

Verdinha

Sandra. disse...

:))

ìa te dezer q debes ter a mania e mai num sei k e tumem q num é algarve q se diz mas o sabão estragou me a piadola, ahpoizé, podes ispanka lo :))))) assim bingo me dos rogões do gajo caté hoje me faz crescer áugua no biko :))))

sóhri, mas du iu sepikinguelis???

bexuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuus

nb - tou de férias (cof cof cof) per isso respeita me okis??

Tralhas com Arte disse...

Olá,
Não conhecia, mas fiquei fã deste blog!
Bjs e muita inspiração!
Sandra Carvalho

Francisco Castelo Branco disse...

Tentar envolver na cultura local

falar a lingua, experimentar a gastronomia, comprar os famosos recuerdos e nestes tempos ter cuidado com a Gripe A

Parece que o sitio mais seguro é mesmo Portugal

Andr3 disse...

Cá para mim...eu acho que é só uma forma mais fácil de serem reportados, caso sejam encontrados em coma numa valeta bem perto de nós!
Será?
(com tanto motivo, simbolo e referência do seu país, n seria dificil de identificar a origem!)

Mas o que sei eu, né!?

(e gosto do seu conceito de viajem)

Até Depois

storming disse...

A meio da leitura do post, perguntava eu de mim para comim: mas porque não foi ele para Albufeira?...Depois quando te vi chegar a essa conclusão...~
NÃO GOSTEI, TÁ?

VIVA O ALGARVE E A MAIS ALMUFÊRA, para onde vou hoje matar saudades dessa corja toda que já me chateou mas que agora me mata de saudades!

I'm ladrating to u! :)

Gi disse...

Ora deixa cá ver o que hei-de dizer hoje só para tu me ires, cortêsmente, comentar uns certos pensamentos: Parece que o British Hospital vai fechar ... se calhar é por falta de British people holidaying em Portugal. Já viste se eles viessem cá com a Gripá?!!!

Rafeiro Perfumado disse...

Andreia, mas a malta dizia-lhes que tinham estado, até podiam adquirir postais dos sítios e tudo. Tudo o resto seria desnecessário, porque um elefante é rosa tanto em Inglaterra como em Espanha. Beijos!

Teté, mesmo assim, acho que compensaria, nem que não fosse por livrar determinados locais das manadas de grunhos. Beijocas!

Kotta, da última vez que passei férias no Algarve era eu a vir da praia e eles a irem (para a torreira). Algo me diz que o álcool lhes tolda a percepção dos efeitos do sol. Beijo.

Bongop, dedicavam-se, literalmente, à pesca, ou então a escreverem as memórias.

Rafeiro Perfumado disse...

Sun Iou Miou, o mal reside em eu ser um ingénuo, e pensar que quando vou para determinado local vou ver os hábitos locais. Mas isto mais década menos década acaba por passar-me. Abracinho!

Viajante, mas garantidamente as febras são provenientes de reses locais, ou pelo menos a batata frita parecia-me ser da região! Abraço! PS: não aguentas?!? Então não sei como é que te vais safar nas férias, jove. ;)

Três Tempos, tinham-me dito que os franceses eram arrogantes, mas ou tive sorte ou as pessoas a quem pedi ajuda foram super prestáveis.

Carpe Diem, já estava a estranhar nenhuma algarvia vir defender a sua dama. Mas confesso que perdi um bocado o respeito por essa região desde que aceitaram a mudança de nome para Allgarve, sem ao menos incendiarem uns carros ou defenestrar uns quantos políticos. ;)

Rafeiro Perfumado disse...

CPrice (once), então ainda bem que eu não falei do dispensador de protector solar com a cara da Camila... ;)

Felina, ainda me lembro das longas caminhadas que fiz em Portimão por me recusar a entrar num restaurante no qual a ementa não estivesse primeiro em português. Tratar bem os turistas sim, menosprezar a nossa língua, nunca.

Patrícia, eu já uma vez comi um escaravelho, e acredita que só tive pena de não repetir, o sacana era excelente, ligeiramente picante! Beijinhos!

Gi, os pavilhões poderiam ser no Algarve, assim como a bebida. Simplesmente só os deixavam sair lá de dentro para o Aeroporto! ;)

Rafeiro Perfumado disse...

Miepee, não sei falar chinês mas sei apontar, se bem que nesse caso arriscava-me a vir de lá numa maca. Beijinho!

Parisiense, estas férias já ocorreram há uns anos, o texto foi escrito na altura, mas felizmente continua actual. E concordo contigo, não se pode confundir acolhimento caloroso com subserviência. Beijoca!

Piggy, todos o catano, que este rafeiro prefere paisagens mais tranquilas e desinfestadas de turistas, independentemente da origem! Beijo!

Paula Raposo, só pode ser para espalharem a sua cultura, quais evangelistas de Sua Majestade! Beijinhos.

Rafeiro Perfumado disse...

The One You Know, o correio ainda não chegou? Não ligues ao facto do pacote ir peganhento...

PKB, eu não iria tão longe, mas diria que são o inverso do camaleão, onde chegam o meio ambiente tem de se moldar a eles!

A miúda das letras, mas aí mais por uma questão de saudades, penso eu. Agora ir para locais longínquos e apenas ter a preocupação de manter a ligação com a pátria é perder quase toda a piada de viajar.

Vício, os ovos tinham o selo da rainha na casca, o leite tinha cheiro a cerveja! ;)

Rafeiro Perfumado disse...

Vani, egocentrismos à parte, fico à espera do teu e-mail com a lista dos locais onde o turismo não destruiu a cultura local. E não reclama! Quanto ao micro-ondas, começo a perceber a taxa de mortalidade dos teus bichos. Beijo!

Conversa Inútil de Roderick, esqueceste-te de dizer que além disso tudo também bebem!

Olhos Dourados, é o chamado “síndroma do imperialismo umbilical”. Beijoca!

Francis, claro que – sniiiiif- é seguro, achas que – cof, cof, cof – eu iria colocar em perigo as minhas visitas? E não, é mesmo 92,83%, logo arredonda-se a 93%. Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

Rosário, sim, quero pensar que nem todos os ingleses são assim, não acredito que por exemplo os príncipes se metam em noitadas e copos. ;) Beijos!

MRPereira, dois míseros dias, só pelo facto de reclamares das minhas férias, já são dois dias a mais! Abraço!

Alfabeta, Palma de Maiorca. Dir-te-ia o nome da povoação, mas estava demasiado bêbedo para o decorar. ;)

Dragão Azul, eu desde que tomei conhecimento que fica mais barato ir a Inglaterra e marcar férias no Algarve do que fazê-lo directamente decidi abster-me de fazer férias aí. Não podem andar a chorar que o turismo nacional não ajuda quando são os primeiros a não o incentivar. Quanto ao campeonato, desde que as canas não me caiam em cima, tudo bem. Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

Carlos II, se a Associação de Defesa Linguística Sardinhal te descobre estás feito. Abraço! PS: já passei excelentes férias em Peniche, no parque de campismo!

Bxana, há a possibilidade de em ambos os casos as pessoas não terem simpatizado contigo e terem tentado despachar-te... RAUF!

Rita, em Tenerife andavam lá uns vendedores de Time Sharing que nos perguntavam se éramos franceses, italianos e por fim portugueses. Só quando lhes respondia que éramos romenos é que nos deixavam em paz. Xenófabos... Beijos!

Laurinha, e se tudo correr bem, ainda voltarei a ir este ano. Mas nem só os ingleses fazem isto, em Maiorca também há uma grande colónia alemã, pelo que é tudo igual, só muda a língua. Beijo!

Rafeiro Perfumado disse...

Boo, essa é a parte que me causa estranheza, o deitar fora uma parte fundamental do enriquecimento que é viajar, pois na prática apenas tentam aproveitar as condições climatéricas, evacuando no resto. Se bem que no Algarve há as festas do nosso jet-set, pelo que até compreendo o afastamento. Beijinho.

Paulofski, sempre que algum programa me pergunta em que idioma deve ser instalado, prefiro o inglês. E porquê? Porque são raras as máquinas feitas cá, pelo que também nisso estou a tentar conviver com a cultura local! Amêijoas?

António Sabão, a utilização dessa palavra pela minha pessoa está na mesma categoria do Acordo Ortográfico, ou seja, resistente até ao fim! Abraço!

Turbolenta, nada me move contra os ingleses (excepto quando jogam contra o Benfica), mas realmente tenho ouvido vários relatos sobre como tentam ludibriar quem vai de férias para hotéis em Inglaterra. São excepções, espero, ainda mais porque conto um dia lá ir, assim que a Gripá abrandar. Quanto às férias no Algarve, acho no mínimo indecente venderem para fora os pacotes turísticos ao preço da uva mijona enquanto para nós fica ao preço (ou mais caro) de uma viagem ao Brasil ou outro destino onde o clima é bem melhor. Beijo!

Rafeiro Perfumado disse...

Caramela, tenho pena de não conseguir reproduzir aqui o diálogo que tive com o grego que me alugou um carro. Ia ficando com o lábio em ferida de tanto o morder para não me desmanchar a rir! Beijo!

CI, a mim faltam 54 dias, bem pesados. Beijo!

Sandra, fui para Maiorca há uns quatro anos, acho eu, e gostei muito, mesmo com esta particularidade. Fraquinho? Com o calor que está?!?

Sávio Fernandes, agora com a mania da malta espirrar para os braços, é o mais certo... Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

Je Vois la Vie en Vert, relativamente ao local, nem me lembro bem, mas também costumo passar muito pouco tempo no hotel. Recordo-me que fiz a asneira de ter alugado uma scooter em vez de um carro, e o raio da ilha é grande como tudo! Beijo!

Sandra., ai a menina está de férias? Pois tomara que os rojões te preguem cá uma caganeira e que os peidos saiam em inglês! : Beijo!

Tralhas com Arte, muito obrigado, uma beijoca para ti!

Francisco Castelo Branco, eu acho que neste momento o mais seguro é dentro da minha despensa, porque cá os casos também crescem a olhos vistos, já para não falar da quantidade de engripados que virão cá passar as férias. Abraço!

Rafeiro Perfumado disse...

Andr3, não seria preciso tanta coisa, basta ver se têm uma cerveja na mão! Abraço!

Storming, iu cán ladraite óle uát iu uante, ái donte quer. ;) Kiss!

Gi, quando se trata de animais doentes, proíbem-se logo as importações. Estando alguns países a caminho da contaminação global, não seria de esperar que fossem proibidas as viagens? Ai vil metal, a quanto obrigas!

André disse...

São Ingleses, explicações para quê! E quem não gosta de uma boa bifa.

Peter of Pan disse...

Continuação de boas férias, Rafa.

P.S.: fónix, finalmente consegui comprar o teu livro!!!!

Vani disse...

Ancão. E mais não digo :D.

Eli disse...

Concordo! Só lamento não haver dinheiro para conhecer essas culturas, pois não há jove que me atrapalhe!

lol

:P

Noiva Judia disse...

E quem diz Maiorca, diz Benidorm. Os bifes como turistas são do piorio. É enfiá-los já no barracão de areia.

Nanny disse...

Quando recebermos o 13º mês vamos a Inglaterra e montamos um negócio desses... bora?!

Eu dou a areia do meu caixote, tu vais juntando garrafas de água do mar, de cada vez que fores à praia... compramos umas lampadas e alugamos um barracão, e já está!

Depois fazemos uma recepção num qqr bar, tipo para início da viagem, um Porto de boas vindas e tal..., enfrascamos os gajos e enfiamo-los no barracão, bem atestadinho de grades de cerveja e garrafas de whisky...

:P

Beijocas, cachorro

JP disse...

Se fosse o Zezé Camarinha para o estrangeiro, não teria que fazer muito esforço para saber falar, pois a única coisa que ele dirá em todos os paises de todos continentes é apenas isto: I put cream on you loool

Ka disse...

já me aconteceu estar de férias na bretanha e ver uma família inglesa (vertente algarve) e levarem o filho com trela. Nem imaginas o que o miudo fez mesmo tendo uma trela eu se fosse o dono do castelo tinha-o afogado no fosso :S

Vanda Paz disse...

Realmente os Ingleses espalham-se nesta altura pelas praias do mundo, penso que é um processo que usam de destilação para poder beber de noite ehehe

Por essa razão, e para quem gosta de praia e não quer andar em confusões de aviões, gripes, bombas, sei lá..., o melhor ainda é o Algarve

Beijos

Laura disse...

Ahhh, olha a treta da Ka, credo, o rapaiz devia ser turbolento demais ehhhh, o nuno teve direito a trela quando viajamos para cá, entre o sentar no avião e o cais de embarque, o rapaz meteu-se nos sitios menos inimaginaveis, devias ver-me a correr por todo o lado à procura dele e ele a rir. escondidinho na passadeira das malas a andar com a bagagem...enfim, próxima vez? trela até ao avião...mas há putos e putos,se há..Beijinhos.

Andreia disse...

não, elefante rosa é em inglaterra, elefante vermelho escaldão em espanha. porque inglaterra não tem sol, espécie de sol. beijos

sonhos/pesadelos disse...

não falaste foi da espécie animal que criaram...a lula\lagosta,abunda cá nas minhas bandas,o Algarve é o máximo. adorava ver uma bóia com a cara da Camila ou do Carlos...não havia puto que não chorasse!!! loooool
acho que vou inventar uma e cada vez que a minha Ventoinha fizer alguma mostro-a,problema resolvido sem recurso à violência eh eh eh
bjs endiabrados

paula disse...

Pois eu apesar de concordar que o clima ainda é o que de melhorzinho cá temos, de cada vez que me ausento mais do que 10 dias tenho sempre imensas saudades de casa.
Boa férias
Beijinhos

CF disse...

He he... Sempre o máximo este rafeiro...

Ritinha disse...

isso é q é uma praga de ingleses!!!

▒▓█► JOTA ENE ® disse...

ºº

Só me ocorre uma coisa, essas férias correram bem?

Abraço

Teresa Durães disse...

não gosto de fazer turismo sem que perceba as pessoas do país que visito. Nunca visto é a necessiadde dos ingleses, em Portugal, procurarem os bares ingleses para passarem a noite

Tisha disse...

Sim... as minhas piores férias de sempre foram em Maiorca! Já não conseguia ver a bifalhada à minha frente.. foi mesmo um suplício... sempre bebedos e a atirar lixo para o mar e a fazer barulho a noite toda ( e o dia todo também). Bem, um desespero!!!

Solteira de Salto Alto disse...

Para solteiras ou não, aqui fica o mais recente link:

http://odiariodesolteiras.blogspot.com/

Tixa disse...

bem... nem comento!!!


* espero que tenhas gozado umas boas férias ;) eu vou continuar a usar a minhas férias para descobrir o nosso jardim à beira-mar plantado... e este ano o destino é Leiria (Praia do Pedrogão)

** beijocas

Pedra Filosofal disse...

Sesimbra... o melhor mesmo é Sesimbra. Não há quase estrangeiros, a maioria das casas comerciais não tem empregados que falem inglês (comprovado por ter estado de férias com uns amigos americanos que precisaram de interprete). Ok, a água é gelada e, se vieres cá quando eu cá estou, é garantido que chove. Mas, no geral, é bastante bom.
Beijos

White_Fox disse...

A boia com a cabeça da rainha teria a sua piada. Um verdadeiro sucesso! Se num futuro próximo fosse com a cara da camila seria para assustar os putos.
Realmente a oportunidade de mercado que apresentas parece ser bastante interessante.
abraço e boas férias

Paula disse...

Pelo menos, sempre deu para te distraires um bocadinho e esqueceres o Sócrates e companhia!
Estás melhor que eu...
Ai, ai!
Boas férias!!!
:)

Mikas disse...

Albufeira é um excelente exemplo de como eles sentem necessidade de criar o país deles naqueles onde estão de férias!!! Aqui no golfe nem vale a pena tentar fazer comidinhas cá das nossas que são tão boas!! Só querem aquilo que comem lá. Enfim. Deixa-os estar ;-)

Diabba disse...

Saudadinhas das férias?? hihihihi Até as partes menos boas te parecem fixes.

Lá vou euuuuu (de férias, claro)

enxofre

GK disse...

Descreveste aqui a minha passagem por Benidorm. LOL

AEnima disse...

ihihih

Olha eu nao me importava dessas ferias. Eu aqui estou no meio dos ingleses, e cheia de chuva e frio pelas raizes do cabelo (juro-te... ate esta a escurecer!!)

Claro que para esses sitios 'rascas' onde vais so podiam estar ingleses ainda mais rascas... sem $$ para umas ferias de jeito... onde ja se viu rafeiros em sitios chiques?

Beijinhos gajo. Tenho a certeza que por muito mas que sejam, ferias sao sempre melhores que trabalho! Beijocas 'a gata!

Pintora disse...

Eu sou da opinião de que a tua jove te devia deixar entrar no espirito da coisa... a contenção e a vergonha envelhecem!

:)

Pax disse...

Eu acho é que eles se fingem bêbedos para nós acharmos que os podemos enganar com a gastronomia!
Espertinhos!

;)

lia disse...

É... tudo bem... mas muita culpa aos Portugueses que tratam os estrangeiros em geral e os ingleses em particular, de uma forma diferenciada na indústria hoteleira...
Vingo-me! A última vez no Algarve, há uns bons 6 anos, perante uma situação dessas, em que me receberam logo a falar em inglês,resolvi entrar no esquema e falei o tempo todo em inglês e era vê-los derreterem-se no atendimento (tolos... como se os portugueses não merecessem bom atendimento!!!) No fim gozei o pagode: ao receber o troco resolvi encetar conversa num português tão perfeito como o inglês com que os ludibriara!! Ficaram com um ar confuso...
Logo eu que até tenho crises de nacionalidade... não sou, mas sinto-me portuguesa, orgulhosamente!
PS: Estou é com medo de vir a cruzar-me com a turbolenta do comentário agressivo... iaics!

julie disse...

Já tinha ouvido e lido histórias dessas que lá pró Allgarves tratam melhor os ingleses do que os portugueses. E eu que nunca fui de férias para esses lados (nem para lado nenhum), tou aqui a pensar no que faria se tivesse numa situação dessas, a única conclusão que tiro é que não iria acontecer coisa boa.

Já percebi que este post fala de umas férias passadas em Maiorca, e as férias deste ano?

"Em Agosto é uma à segunda, outra à quarta e ainda outra à sexta, aguentas?" Sim aguento, e tu aguentas?

bjs
julie

Gata Preta disse...

Ora biem Rafeiro! E ainda me perguntam porque raio não estou eu em casa (albufeira) a esta altura do ano?!? Confusões? Nã...
Beijocas a hutedes e á la juove

ps. Quanto á diferença de tratamento tuga/estrangeiros - é como em tudo na vida, a estupidez e a ignorancia está espalhada por todo o lado, o algarve não é diferente. Ja estive dos dois lados a atender e a ser atendida e já passei as passinhas dos dois lados. Beijocas a todos***

marco disse...

cuidado com a gripe...ai os rafeiros estao imunes...estou a regressar as lides

Maga disse...

a parte da "bebida à descrição" agradou-me bastante... mas barracão?
ihihih é mesmo mauzinho, oh rafeiro!

ainda não falei do teu livro porque ainda não comprei, mas não perdes pela demora!

beijufas!

Blayer disse...

Mais ridiculo. A gastronomia Inglesa é hedionda.
Estômago de cabra recheado
Peixe com batatas fritas
Bacon e ovos mechidos de manhã
etc...

Inês Brito disse...

Esses individuos tem uma certa piada. Parecem quase que automatos. Comportam-se de forma estandardizada e tudo!

Bj,
(i)

Capriccio disse...

São uns malucos esses ingleses!
Abraço :)

Rafeiro Perfumado disse...

André, por acaso não fazem muito o meu género. Se ainda fosse uma italiana... bica, nada de confusões!!!

Peter of Pan, qual continuação, pá, onde elas já vão. E olha que boa notícia, depois gostava que me desses um comentário sincero, jove. Abraço e obrigado!

Vani, tu é mais. E mais não digo. ;)

Eli, acho que em certas culturas se tu pedisses eles vinham cá buscar-te! ;)

Rafeiro Perfumado disse...

Noiva Judia, de preferência com pouca ventilação, com sorte...

Nanny, vais-me desculpar mas tão cedo não me apanham em Inglaterra, é que eles andam mais ranhosos do que o costume. Lá para 2015, ok? Beijo!

JP, eu acho que ele é mais “do iu bróchemi?” :D

Ka, e a coleira, era daquelas com bicos? É que nitidamente estiveste na presença dum boy terrier. Beijo!

Rafeiro Perfumado disse...

Vanda Paz, Algarve? Pois se é para lá que eles vão, mais as suas bebedeiras, destilações e gripes! Em casinha, isso sim, pelo menos até chegar o meu próximo período de férias! Beijos!

Laurinha, certos putos não só mereciam trela como uma cadeira e chicote. Ou então uns bons tabefes (aos pais), para o saberem educar. Beijinhos!

Andreia, infelizmente ou felizmente, o elefante rosa é uma espécie internacional, e em amplo processo de disseminação pelo mundo! Beijos!

Sonhos / Pesadelos, acho que isso seria motivo para muitos psicólogos terem o sustento garantido para o resto da vida! Beijo!

Rafeiro Perfumado disse...

Paula, eu costumo ter saudades de casa, por muito boas que sejam as férias. E isto porque, por muito estúpido que esta terra seja, gosto imenso dela. Beijinhos.

CF, bondade tua, jove.

Ritinha, e nós sem um insecticida à altura!

Jota Ene, tão curtinhas que até fazem o Enrique Iglesias parecer um tipo potente!

Rafeiro Perfumado disse...

Teresa Durães, eles é que perdem, penso eu, pois ficam a pensar que estiveram de férias em Portugal mas estiveram foi no Bar do John.

Tisha, por acaso tive mais sorte, só os apanhava na praia e às refeições, no hotel, à noitinha, havia poucos e estavam domesticados.

Solteira de Salto Alto, em cheio no meu género. Mas estás à vontade para fazer publicidade, ok? Já agora, uns tremoços?

Tixa, estas férias revi um dos paraísos do nosso país, as ilhas de São Miguel e São Jorge, e é algo de que não me canso. Beijocas!

Rafeiro Perfumado disse...

Pedra Filosofal, espero que não ganhas a vida como operadora turística, porque falta-te um nadinha de poder de argumentação! ;) Beijos!

White Fox, com a cara da Camila até os tubarões fugiam, coitados! Abraço!

Paula, quem é esse Sócas de que falaste? ;) Beijo!

Mikas, deixa-os lá comer os ensopados deles, ou outra mixórdia do género, mais sobra para nós! ;)

Rafeiro Perfumado disse...

Diabba, viste a chuva que caiu no Sábado? Volta a gabar-te que estás de férias e já sabes! Beijo!

GK, por aí nunca desbundei, e desconfio que nunca lá irei, é que ao menos Maiorca tem paisagens fantásticas, e algumas english free!

AEnima, essa dos rafeiros era comigo? Pois fique sabendo que... pois, por acaso até tens razão, eu nunca vou a sítios chiques, mas porque não quero! ;) Beijocas, e cuidado com a gripá!

Pintora, queres o e-mail dela, para lhe enviares esse pedido? Pode ser que ela seja sensível às tuas palavras! ;)

Rafeiro Perfumado disse...

Pax, eles por vezes estão tão bêbedos que até podiam ser cozinhados, sem necessidade de regar com vinho!

Lia, já me aconteceu algo do género mas em Espanha, de quererem gozar com o nosso grupo falando em espanhol. Lixaram-se, pois tínhamos connosco uma bilingue. Quanto à Turbolenta, não te preocupes, posso garantir que é um doce de menina!

Julie, o melhpr a fazer nesses casos é desprezo, e passar ao local seguinte. As férias este ano foram nos Açores, sítio onde procuro ir regularmente, pois sinto aquele local como um segundo lar. E claro que aguento, nem que tenha de tomar esteróides! Beijos!

Gata Preta, nem por sombras quero meter no mesmo saco (que teria de ser enorme) todas as pessoas que estão na indústria do turismo, pois tenho quase a certeza que ainda haverão duas ou três que não se venderam. Beijos!

Rafeiro Perfumado disse...

Marco, estamos? Quer dizer que ando há não sei quantas semanas a tomar banho em desinfectante para nada?!?

Maga, barracão mas forrado com pósters da Samantha Fox, da Camila e coisas do género, ou pensavas que aquilo era só metal cru e nu? E despacha-te, suspeito que mais dia menos dia SLUUUURP, lá vai o livro para o armazém! Beijo!

Blayer, a parte do bacon até escapa, já a cabra recheada, era coisa para deitar as tripas cá para fora. Abraço!

Inês Brito, daí a ideia do barracão, era apenas uma questão de reproduzir, num ambiente controlado, as variáveis que eles consideram como férias! Beijo!

Capriccio, esses não eram os romanos? Beijo!

animalcandysugar disse...

antes isso do que estar no alentejo a ver as ovelhas a fazerem uma bela camada de fumo que resolve sempre por te ir visitar a casa.

Pax disse...

E se estiverem na praia, até já estão meio assadinhos!
(Um dia destes dou uma trinquinha num, a ver se presta)

;)

eu mesma! disse...

Para mim a pior coisa dos bifes é não tomarem banho! a segunda é adorarem estar bebados. Por isso concordo em certa medida que os gajos podiam ficar todos na terra deles, mas pensando bem onde é que o universo masculino se ia distrair e fazer de Zézé Camarinha em dias de sol no nosso Allgarve? era chato porque sem inglesas nós tinhamos que vos aturar de monco caído por não terem paisagem adequada e lá iam jogar á bola para a beira mar o que ainda é bem pior.

Miss Slim disse...

Ehhhhhhh ... Rafeirito deduzo que Agosto no Algarve, ehhhhh ...

Bjo

Rafeiro Perfumado disse...

Animalcandysugar, e não reparaste se as ovelhas tinham sotaque inglês?

Pax, espero que tenhas farmácias na zona...

Eu Mesma!, não generalizes, repara bem que o texto apenas se refera AOS ingleses, em momento algum referi as inglesas!

Miss Slim, só se até lá apanhar demasiado sol na cabeça e desapareça o pouco juízo que ainda me resta! Beijoca!

Miriamdomar disse...

Eu prefiro falar portunholês em Maiorca do que no Algarve!
O Allgarve no verão é só mesmo para Inglês ver, comer, beber e ... venham muitos deles ao Allgarve!;)
Beijocas

bjecas disse...

Já vi que isso não foi no Arenal. Aí são mais germânicos e tendo já lá ido 3 vezes, nunca vi nenhuma bóia com a cabeça da Bundeskanzler. Quanto a bezanas fica ela por ela.

\m/

Rafeiro Perfumado disse...

Miriam do Mar, eu no meu país (e o Algarve ainda faz parte dele) só falo línguas estrangeiras para dar informações, mais nada! Beijoca!

Bjecas, sim, sei que em Maiorca há duas tribos predominantes, do mal o menos, os ingleses ainda os percebo!